Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.500.131.166.803 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 123 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 13 ir para página                         

  1 / 123 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-621427
Autor: Martins, Francislene Juliana; Andrade, Natália da Silva; Vieira, Augusto Alves Pinho; Vieira, Rita de Cássia Padula Alves; Raposo, Nádia Rezende Barbosa.
Título: Perfil dos acidentes causados por aranhas na área de abrangência sanitáriado município de juiz de fora - MG / Parachnidism epidemiology in Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Fonte: Rev. APS;14(3), jul.-set. 2011.
Idioma: pt.
Resumo: = 348), com evolução para a cura em 82,3% (n = 357) doscasos. Os indivíduos acometidos eram, frequentemente,O araneísmo constitui um problema de saúde pública. Osgêneros Phoneutria, Loxosceles e Latrodectus são referenciadosna literatura como responsáveis por cerca de 81,0% dosacidentes causados por animais peçonhentos que ocorremem nosso país, representando cerca de 5000 acidentes/ano. O município de Juiz de Fora/MG situa-se em áreaendêmica para estes animais. Assim, o objetivo deste estudofoi verificar o perfil dos acidentes causados por aranhasna área de abrangência sanitária do município de Juiz deFora. Tratou-se de um estudo descritivo e retrospectivodo araneísmo entre janeiro de 2002 e dezembro de 2007.Os dados foram obtidos a partir do Sistema de Informaçãode Agravos de Notificação (SINAN), disponíveis noDepartamento de Vigilância Epidemiológica de Juiz deFora e analisados com o auxílio do Programa StatisticalPackage for the Social Sciences, versão 14.0. Foram registradas1500 notificações de acidentes causados por animaispeçonhentos, dos quais 28,9% (n = 434) foram provocadospor aranhas. O gênero Phoneutria foi responsável por 45,4%(n = 197) dos casos e Loxosceles, por 5,1% (n = 22) e, em39,2% dos casos, o gênero do animal foi ignorado. A maioriados acidentes (80,2%) ocorreu no município sede, compredominância da zona urbana (50,0%, n = 217) sobre arural (46,5%; n = 202). A maior parte das vítimas (52,1%;n = 226) foi atendida em até 3 horas após o acidente. Osmembros superiores foram os mais atingidos (44,6%; n =193), com destaque para os dedos da mão (24,7%; n = 107).A soroterapia foi realizada em apenas 3,2% (n = 14) doscasos. Os acidentes leves foram mais frequentes (80,2%, ndo sexo masculino (66,6%; n = 289), raça branca (23,7%;n = 103) e possuíam de 4 a 7 anos de estudo em 8,1% (n= 348), com evolução para a cura em 82,3% (n = 357) doscasos. Os indivíduos acometidos eram, frequentemente,= 35) das notificações. Indivíduos com idades entre 16 e60 anos foram acometidos em 72,6% (n = 315) dos envenenamentos.O número de acidentes por aracnídeos naregião indica a necessidade de elaboração de estratégias decontrole e programas de prevenção de acidentes.
Descritores: Aranhas
Animais Venenosos
-Venenos de Aranha
Perfil de Saúde
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  2 / 123 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-979856
Autor: Silveira, Adriano Lima; Souza, Maria Nelman Antunes de.
Título: Ocorrência sinantrópica da aranha-marrom Loxosceles laeta (Araneae, Sicariidae) em áreas serranas no Estado de Minas Gerais, Brasil, e notas sobre loxoscelismo / Synanthropic occurrence of the brown-spider Loxosceles laeta (Araneae, Sicariidae) in mountainous areas of Minas Gerais State, Brazil, with notes on loxoscelism
Fonte: Rev. méd. Minas Gerais;27:[1-7], jan.-dez. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: Dentre as aranhas-marrons, Loxosceles laeta é responsável por casos de loxoscelismo de maior gravidade, com maior taxa de letalidade. A espécie é invasora, sinantrópica e encontra-se amplamente disseminada, incluindo alguns estados brasileiros. Objetivos: São apresentados novos registros geográficos de L. laeta em Minas Gerais e dados epidemiológicos de loxoscelismo. Metodologia: Os registros foram obtidos com amostragens faunísticas e análise de coleção científica e foi consultado o banco de dados epidemiológicos do Sinan Net. Resultados e Discussão: Loxosceles laeta foi registrada na região do Quadrilátero Ferrífero (extremo sul da Serra do Espinhaço), nos municípios de Ouro Preto e Belo Horizonte (registro prévio em literatura); e na Serra da Mantiqueira (incluindo seu extremo noroeste e o sul do estado), nos municípios de Barbacena, Carandaí e Jacutinga. Em todas as coletas as aranhas estavam no intradomicílio e as localidades de registro compartilham características ambientais, especialmente elevadas altitudes (acima de 1.000 m). Loxosceles laeta é apontada como espécie de elevada importância médica nas serras do Quadrilátero e da Mantiqueira. Acerca da epidemiologia dos acidentes, ao longo de nove anos foram notificados 446 casos de loxoscelismo nos cinco municípios de ocorrência de L. laeta, incluindo um óbito em Jacutinga e outro nas proximidades de Barbacena. É possível que ao menos parte desses caso tenha sido causada por L. laeta, especialmente os óbitos. Conclusão: Conclui-se que L. laeta foi introduzida e encontra-se estabelecida em regiões serranas do sudeste e sul de Minas Gerais, onde há risco de graves casos de loxoscelismo. (AU)

Introduction: Among brown spiders, Loxosceles laeta is responsible for the most severe cases of loxoscelism and the highest lethality rate. The species is invasive, synanthropic and widely disseminated, including occurrences in some Brazilian states. Objectives: We present new geographical records of L. laeta for the state of Minas Gerais, and epidemiological data on cases of loxoscelism. Methods: The records were obtained from faunistic sampling and analysis of scientific collections, while epidemiological data were acquired from consulting the Sinan Net database. Results and Discussion: Loxosceles laeta was recorded in the Iron Quadrangle, municipalities of Ouro Preto and Belo Horizonte; and the Mantiqueira Mountain Range (including its extreme northwest, and southern extensions of the State), municpalities of Barbacena, Carandaí and Jacutinga. In all cases the spiders were inside houses, and the recorded localities shared a set of environmental characteristics, especially being at high elevations (over 1,000 m). Loxosceles laeta is considered to be a species of high medical importance in the Iron Quadrangle and Mantiqueira mountains. Over a period of nine years, 446 cases of loxoscelism were reported from the five municipalities where L. laeta occurs, including a death in Jacutinga and another in the vicinity of Barbacena. It is possible that at least some of these cases were caused by L. laeta, but particularly the deaths. Conclusion: We conclude that L. laeta was introduced to the mountainous regions of southeastern and southern Minas Gerais, where it has become established and now poses a is a risk of severe cases of loxoscelism. (AU)
Descritores: Aranhas
Epidemiologia
Aranha Marrom Reclusa
-Zoologia
Brasil
Distribuição Animal
Limites: Animais
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  3 / 123 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-914359
Autor: Lima Junior, Izidro dos Santos de; Degrande, Paulo Eduardo; Bertoncello, Thiago Ferreira; Melo, Elmo Pontes de; Suekane, Renato.
Título: Avaliação quantitativa do impacto do algodão-Bt na população de Araneae, Carabidae e Formicidae predadores ocorrentes sobre o solo / Quantitative assessment of bt-cotton impact on ground-dwelling predators, Araneae, Carabidae and Formicidae
Fonte: Biosci. j. (Online);29(1):32-40, jan./feb. 2013. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A recente autorização do algodão-Bt para cultivo comercial no Brasil leva à necessidade de estudos de monitoramento de impacto ambiental, inclusive para avaliar os potenciais riscos sobre os predadores. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do cultivo do algodoeiro (Gossypium hirsutum L) Bollgard® sobre os predadores ocorrentes sobre solo. O delineamento experimental foi de grupos pareados, com dois tratamentos e onze repetições. Os tratamentos foram: 1) cultivar NuOpal Bollgard® (que expressa a proteína Cry1Ac), e 2) cultivar isogênico não-transgênico DeltaOpal® . A variedade e a variabilidade dos predadores ocorrentes sobre o solo foram quantificadas durante todo o ciclo da cultura, através de captura em armadilhas do tipo pitfall. No estudo, predominaram capturas de artrópodes Formicidae, Carabidae e Araneae. Não foram encontradas diferenças quantitativas significativas entre as populações dos predadores Carabidae e Araneae nas áreas cultivadas com o algodão convencional e o transgênico Bollgard® ; entretanto, a população de predadores da família Formicidae foi significativamente menor em algodão transgênico Bollgard® do que no seu isogênico não-transgênico, nas avaliações realizadas aos 35 e 42 dias após a emergência da cultura.

The recent commercial launch of Bt-cotton has created the need to study and evaluate its impact on non-target arthropods, especially predators; it may influence these beneficial. The main objective of this work was to evaluate the effect of Bt-cotton NuOpal Bollgard® on ground-dwelling arthropods concentrating on predators. The experimental design was two treatments grouped in pairs with eleven replications. The treatments were: 1) Bt-cotton NuOpal Bollgard® (cultivar which expresses the Cry1Ac protein), and 2) isogenic non-transgenic DeltaOpal® cultivar. The abundance and diversity of the predators on the soil surface was evaluated during the entire growing season using pitfall traps. In the study the predators most commonly captured were Formicidae, Carabidae and Araneae. There were no significant differences found between the transgenic and non-transgenic cottons for carabids and Araneae species; however, the number of predators of the Formicidae family was significantly lower in Bt-cotton (NuOpal Bollgard®) than in the non-transgenic cotton (DeltaOpal® ) in the sampling at 35 and 42 days after cotton emergence.
Descritores: Solo
Aranhas
Coleópteros
Meio Ambiente
Gossypium
Himenópteros
Responsável: BR396.4


  4 / 123 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-892690
Autor: Angulo-Castañeda, Nancy Yaneth; Castaño-Arias, Paula Andrea.
Título: Loxoscelismo cutáneo: paciente con múltiples picaduras y con contraindicación para sulfas. Reporte de un caso / Cutaneous Loxoscelism: Patient with multiple bites and contraindication to sulfa drugs. Case report
Fonte: Iatreia;31(1):86-92, ene.-mar. 2018. graf.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN Presentamos el caso clínico de un paciente adulto joven que consultó por picaduras de araña loxosceles y sus crías, con antecedentes personales importantes de trastorno de ansiedad generalizada y alergia tipo anafilaxia severa por sulfas y AINES. El proceso presentó evolución tórpida inicial con aparición de nuevas lesiones incluso 15 días después del accidente y a pesar de haber utilizado varias alternativas farmacológicas reportadas en la literatura como útiles (colchicina, antihistamínicos, esteroides, anticoagulantes, antibióticos) no había tenido respuesta, hasta la utilización de oxigeno por cámara hiperbárica con la cual frenó la aparición de nuevas lesiones y mejoró la reepitelialización sin necesidad de intervenciones quirúrgicas, con evolución exitosa.

SUMMARY We report the case of a young adult patient who presented bites by Loxosceles spider and its hatchlings with a history of importance of such allergy anaphylaxis severe by sulfa drugs and NSAIDs, generalized anxiety disorder, who presented initial torpid with new lesions even 15 days after the accident and despite having used several pharmacological alternatives reported in the literature as useful (colchicine , antihistamines, steroids, blood thinners, antibiotics) had not been answered, to the use of oxygen for hyperbaric chamber with which brake the appearance of new and improved reepithelialization injury without surgery, with successful evolution.
Descritores: Picaduras de Aranhas
Venenos de Aranha
Aranhas
-Sintomas Toxicológicos
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CO304.1 - Biblioteca Arturo Aparicio Jaramillo


  5 / 123 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-933218
Autor: Martins, Rosana.
Título: Estudo taxonômico das espécies não-amazônicas do gênero Phoneutria perty, 1833 (Araneae, Ctenidae).
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. 149 p. ilus, map, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: As espécies não-amazônicas do gênero Phoneutria perty, 1833, são revisadas. Essas aranhas são conhecidas no Brasil como aranhas-armadeiras ou "armed spider", "Brazilian wandering spider" ou "banana-spider" em países de língua inglesa. São ctenídeos caracterizados por apresentar escópula ventral na tíbia e no tarso dos palpos. O veneno possui ação neurotóxica e são responsáveis por grande parte dos acidentes notifidacos no Brasil, considerados uma das formas mais comuns de araneísmo. Phoneutria luederwaldti Mello-Leitção, 1927 é considerada "nomen dubium". As espécies P. keyserlingi e P. pertyi que haviam sido sinonimizadas com P. nigriventer são consideradas válidas. São apresentadas a re-descrição de macho e fêmea das espécies não-amazônicas e a descrição do macho P. pertyi. As espécies P. nigriventer, P. Keyserlingi, P. pertyl e P. bahiensis são re-diagnosticadas. Uma espécie nova é descrita para o Brasil: P. eickstedtae. O gênero Phoneutria, passa a incluir oito espécies: P. fera Perty, 1833, P. reidyi Pickard-Cambridge, 1897, P. boliviensis Pickard-Cambrige, 1897, P. bahiensis Simó & Brescovlit, 2001, P. pertyi sp. rev (Pickard-Cambrige, 1897), P. keyserlingi sp. rev. (Pickard-Cambrige, 1897), P. nigriventer Keyserling, 1891 e Phoneutria eickstedtae sp. nov. Mapas com a distribuição geográfica das espécies não-amazônicas são apresentados. Essas espécies ocorrem em, áreas florestadas da Mata Atlântica e fragmentos de mata do Cerrado. A distribuição de P. bahiensis é ampliada para o norte do Estado do Espírito Santo e de P. pertyi para o Estado do Espírito Santo e sul da Bahia. Uma nova chave de identificação é apresentada para todas as espécies de Phoneutria.
Descritores: Aracnídeos
Picaduras de Aranhas/epidemiologia
Venenos de Aranha/toxicidade
Aranhas/classificação
Limites: Animais
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, M386e, 2007


  6 / 123 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Labruna, Marcelo Bahia
Texto completo
Id: biblio-933048
Autor: Camargo-Neves, Vera Lucia Fonseca de(coord); Vieira, Adriana Maria Lopes; Souza, Celso Eduardo de; Labruna, Marcelo Bahia; Mayo, Renata Caporalle; Souza, Savina Silvana Lacerra.
Título: Manual de vigilância acarológica.
Fonte: São Paulo; SES/SP;Sucen; 2004. 62 p. ilus, map, tab, graf.
Idioma: pt.
Descritores: Escorpiões
Aranhas
Tipo de Publ: Manuais
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; QX473, C172m, 2004


  7 / 123 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-882220
Autor: Nóbrega, Vanessa Medeiros da; Albuquerque, Saemmy Grasiely Estrela de; Rodrigues, Mayara Muniz dias; Barros, Iris Mariana da Costa; Marques, Maria de Fátima Leandro.
Título: Epidemiologia do Araneísmo de 2005 a 2013 no Centro de Assistência Toxicológica, João Pessoa-PB, Brasil / Epidemiology of Araneism between 2005 and 2013 at the Toxicological Assistance Center, João Pessoa-PB, Brazil
Fonte: Rev. bras. ciênc. saúde;22(1):21-26, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Registros de araneísmo no nordeste do Brasil são escassos e, possivelmente, subestimam a verdadeira situação de risco. Objetivo: analisar o perfil clínico-epidemiológico do araneísmo no período de 2005 a 2013 notificados no Centro de Assistência Toxicológica da Paraíba. Materiais e métodos: estudo descritivo com dados coletados no banco de dados do Centro de Assistência Toxicológica da Paraíba e em suas fichas de notificação dos acidentes. Resultados: Ocorreram 484 notificações de acidentes com aranhas, nos quais dos 202 casos com identificação de gênero, prevaleceu os acidentes com caranguejeira (57,9%) e Loxosceles (33,2%). Quanto à sazonalidade, os meses com maior número de ocorrências foram agosto, março, janeiro e junho, respectivamente. A maioria dos acidentes ocorreu em zona urbana; o sexo feminino e a faixa etária entre os 21 aos 30 anos foram os mais acometidos; e os membros superiores e os inferiores foram os locais mais atingidos. As principais manifestações clínicas foram dor, eritema, edema e prurido. Conclusão: Os resultados indicam que a prevalência do araneísmo pode apresentar relação com o urbanismo, não ocorreu predominância de casos graves. (AU)

Araneism records in northeastern Brazil are scarce and possibly underestimate the actual risk situation. Objective: to analyze the clinical and epidemiological profile of araneism during the 2005-2013 period reported in the Toxicological Assistance Center of Paraíba. Material and Methods: This is a descriptive study using data collected from the database of the Toxicological Assistance Center of Paraíba and from accident notification files. Results: There were 484 notifications of accidents with spiders, amongst which only 202 cases identified the spider genus, with a high prevalence of Brazilian spider "caranguejeira" (57.9%) and Loxosceles (33.2%). Regarding seasonality, August, March, January and June, were the months with the highest number of occurrences, respectively. Most accidents occurred in urban areas; females and 21-30 age groups were the most affected ones; and the upper and lower limbs were the most affected parts of the body. The main clinical manifestations were pain, redness, swelling and itching. Conclusion: The results indicate that the prevalence of araneism can be related to urbanism. There was no predominance of severe cases. (AU)
Descritores: Animais Venenosos
Aranhas
Toxicologia
-Prevenção de Acidentes
Epidemiologia Descritiva
Estudos Retrospectivos
Limites: Seres Humanos
Animais
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR8.1 - Biblioteca Central


  8 / 123 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-849274
Autor: Barbosa, Isabelle Ribeiro.
Título: Aspectos clínicos e epidemiológicos dos acidentes provocados por animais peçonhentos no estado do rio grande do norte / Clinical and epidemiological aspects of accidents caused by venomous animals in the Rio Grande do Norte State
Fonte: Rev. Ciênc. Plur;1(3):2-13, 2015. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: Anualmente ocorrem milhares de casos de acidentes por animais peçonhentos, sendo importante problema de saúde pública nas regiões tropicais do mundo. Objetivo: analisar as principais variáveis epidemiológicas e clínicas relacionadas aos acidentes por animais peçonhentos ocorridos no estado do Rio Grande do Norte. Métodos: foram analisados os acidentes por animais peçonhentos registrados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação no período de 2007 a 2011. Resultados: dos 15.694 registros, os escorpiões causaram 65,4% dos acidentes. O ano de 2011 e os meses de Maio a Setembro foram os de maior incidência; as extremidades dos membros foram as mais atingidas. A faixa etária de 15 a 24 anos (19,2%) e o sexo feminino (53,5%) foram os mais acometidos. Os acidentes ocorreram com mais frequência nas zonas urbanas (79,8%). A taxa de letalidade foi de 0,12%; 77,9% dos óbitos foram provocados por serpentes. O tempo entre o acidente e o atendimento foi entre 0 a 3h para 55,5% dos pacientes. Conclusões: O estado do Rio Grande do Norte revela um perfil de elevada incidência e letalidade em acidentes por animais peçonhentos, mostrando a necessidade de se estabelecer serviços em quantidade e qualidade suficientes para o atendimento precoce aos acidentados (AU).

Introduction: Every year there are thousands of cases of envenomations, be a significant public health problem in tropical regions of the world. Objective: To analyze the main epidemiological and clinical variables related to envenomations occurred in the state of Rio Grande do Norte. Methods: analyzed the envenomations registered in the Information System for Notifiable Diseases from 2007 to 2011. Results: of 15 694 records, scorpions caused 65.4% of accidents. The year 2011 and the months of May to September had the highest incidence; the extremities were the hardest hit. The age group 15-24 years (19.2%) and females (53.5%) were the most affected. The accidents occurred more frequently in urban areas (79.8%). The case fatality rate was 0.12%; 77.9% of the deaths were caused by snakes. The time between the accident and the attendance was between 0 to 3 hours for 55.5% of patients. Conclusions: The Rio Grande do Norte state shows an incidence high profile and lethality of these envenomations, showing the need to establish services in sufficient quantity and quality for early care for the victims (AU).
Descritores: Animais Venenosos
Brasil
Epidemiologia
Sistemas de Informação em Saúde/estatística & dados numéricos
Vigilância em Saúde Pública/métodos
-Interpretação Estatística de Dados
Epidemiologia Descritiva
Saúde Pública
Escorpiões
Serpentes
Aranhas
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  9 / 123 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-848591
Autor: Barbosa, Isabelle Ribeiro; Nunes, Aryelly Dayane da Silva; Amador, Ana Edimilda.
Título: Araneísmo no município de natal, rio grande do norte no período de 2007 a 2014 / Spider bits in Natal, Rio Grande do Norte state in the period 2007- 2014
Fonte: Rev. Ciênc. Plur;3(1):22-34, 2017. tab, graf, map.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Apresentar o perfil do araneísmo no município de Natal-RN, no período de 2007 a 2014. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo, utilizando dados secundários do SINAN. Analisou-se a distribuição dos acidentes de acordo com as principais variáveis epidemiológicas e clínicas e a distribuição geográfica dos acidentes por bairro do município de Natal. Resultados: Foram registrados 490 acidentes provocados por aranhas no município de Natal; 52% dos acidentados eram do sexo masculino; 25% acidentes ocorreram com indivíduos entre 15 e 35 anos; os pés e o tronco foram as áreas anatômicas mais afetadas; 96% dos acidentados apresentaram manifestações locais, sendo a dor a manifestação mais comum (76% dos casos). Em 96% dos casos o acidente foi classificado como leve; 37% dos acidentados foram atendidos até 6 horas após o acidente; em 21,5% dos casos, o atendimento foi em mais 24 horas após o acidente. Os bairros que registraram as maiores incidências foram Alecrim, Quintas, Bom Pastor, Felipe Camarão, Pitimbu e Potengi. Conclusões: O araneísmo vem aumentando em Natal, indicando a necessidade de estratégias de controle e prevenção dos acidentes nas áreas mais afetadas, além da organização do serviço de saúde para o atendimento aos acidentados em um menor tempo (AU)

Objective: To present the spider bites profile in the city of Natal, Brazil, from 2007 to 2014. Methods: This is a descriptive study using secondary data notifications Diseases Information System available on Datasus website. We analyzed the distribution of accidents according to the main epidemiological and clinical variables and the geographic distribution of accidents by Natal neighborhood. Results: Were recorded 490 accidents caused by spiders in Natal; 52% of the victims were male; 25% accidents occurred in individuals between 15 and 35 years; legs and trunk were the most affected anatomical areas; 96% of the victims had local manifestations, the most common manifestation of pain (76% of cases). In 96% of cases the accident was classified as mild and only 1.4% as moderate; 37% of the victims were seen within six hours after the accident; in 21.5% of cases, treatment was for 24 more hours after the accident. The neighborhoods that recorded the highest incidences were Alecrim, Quintas, Bom Pastor, Felipe Camarão, Pitimbu and Potengi. Conclusions: Spider bites is increasing in Natal, indicating the need for development of control strategies and prevention of accidents in the most affected areas, in addition to the health service organization to care for the victims in a shorter time (AU)
Descritores: Animais Venenosos
Brasil
Sistemas de Informação em Saúde
Aranhas
-Epidemiologia Descritiva
Limites: Animais
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  10 / 123 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-762647
Autor: de la Barra, Paula; Vial, Verónica; Labraña, Yenis; Álvarez, Ana María; Seguel, Helena.
Título: Loxoscelismo cutáneo predominantemente edematoso: a propósito de un caso / Cutaneous loxoscelism mainly edematous: a case report
Fonte: Rev. chil. infectol;32(4):467-471, ago. 2015. ilus.
Idioma: es.
Resumo: In Chile, loxoscelism is caused by the bite of the Loxosceles laeta spider. The clinical presentation has two different forms: cutaneous loxoscelism (CL) and vicero-cutaneous loxoscelism, which is less frequent. Cutaneous loxoscelism includes an uncommon clinical variation (4%), called CL with edematous predominance (CLEP). We present a 5-year-old patient with sudden pain and edema on his right eyelid associated with fever, which progressed rapidly involving the right hemifacial area, frontal region, and left eyelid. Angioedema and pre-orbital cellulitis were discarded and CLEP was suspect. Cutaneous loxoscelism with an edematous predominance is self-limited, benign and with little or no necrotic injury due to the edema, which dilutes the toxin-induced enzymatic process causing necrosis. As in the reported cases it usually responds well to medical treatment and does not cause visceral involvement.

El loxoscelismo en Chile es un cuadro producido por la mordedura de la araña Loxosceles laeta. Las formas de presentación son: loxoscelismo cutáneo (LC) y loxoscelismo cutáneo-visceral (LCV), el último menos frecuente. Dentro del LC existe una variante poco común (4%) conocida como loxoscelismo cutáneo predominantemente edematoso (LCPE). Nuestro caso es un paciente de 5 años que consultó por cuadro de inicio súbito de dolor y edema palpebral derecho, asociado a fiebre el cual evolucionó con rápida progresión extendiéndose en la hemicara derecha, región frontal y párpado izquierdo. Se descartó un angioedema y una celulitis periorbitaria, sospechándose un LCPE. Se manejó con hidrocortisona y clorfenamina. El LCPE es un cuadro benigno, autolimitado, en que no está presente la lesión necrótica o ésta es insignificante. Predomina el edema, el cual abortaría la necrosis al diluir el proceso enzimático producido por el veneno. Tiene buena respuesta al tratamiento médico, con ausencia de compromiso visceral.
Descritores: Edema/etiologia
Doenças Palpebrais/etiologia
Dermatopatias/etiologia
Picaduras de Aranhas/complicações
-Chile
Venenos de Aranha/envenenamento
Aranhas/classificação
Limites: Animais
Pré-Escolar
Seres Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 13 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde