Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.500.131.365.070 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 7 [refinar]
Mostrando: 1 .. 7   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 7 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-977928
Autor: Rocha, Maria Juliete Souza; Jerônimo, Gabriela Tomas; Costa, Oscar Tadeu Ferreira da; Malta, José Celso de Oliveira; Martins, Maurício Laterça; Maciel, Patricia Oliveira; Chagas, Edsandra Campos.
Título: Changes in hematological and biochemical parameters of tambaqui (Colossoma macropomum ) parasitized by metazoan species / Alterações nos parâmetros hematológicos e bioquímicos de tambaqui (Colossoma macropomum) parasitado por espécies de metazoários
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;27(4):488-494, Oct.-Dec. 2018. tab.
Idioma: en.
Projeto: Embrapa; . CNPq.
Resumo: Abstract The aim of this study was to evaluate the impacts of metazoan parasites on hematological and biochemical parameters and relative condition factor of tambaqui (Colossoma macropomum ) farmed in northern Brazil. A total of 32 juvenile fish were captured from a commercial fish farm located in the municipality of Rio Preto da Eva, Amazonas state, Brazil. Parasite prevalence was 100% for Anacanthorus spathulatus, Mymarothecium boegeri and Notozothecium janauachensis, 100% for Neoechinorhynchus buttnerae and 53.13% for Dolops geayi. The greatest mean parasite intensity was found in acantocephalans followed by monogeneans and branchiuran crustaceans. A negative correlation was observed between abundance of N. buttnerae and hematocrit percentage, hemoglobin concentration, total thrombocyte count and glucose and between abundance of the monogenean and glucose concentration. Parasitic infections caused damage in tambaqui in terms of the observed hematological parameters that were characterized by hypochromic anemia and thrombocytopenia, which are important parameters to be used in parasitic diagnosis. This study is the first record of the occurrence of Dolops geayi in farmed tambaqui in the Amazon.

Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar o impacto do parasitismo por metazoários sobre os parâmetros hematológicos, bioquímicos e fator de condição relativo de tambaquis (Colossoma macropomum) cultivados na região Norte do Brasil. Foram coletados 32 tambaquis em fase de engorda numa piscicultura comercial no município de Rio Preto da Eva, estado do Amazonas, Brasil. A prevalência de parasitos foi de 100% para Anacanthorus spathulatus, Mymarothecium boegeri e Notozothecium janauachensis, 100% para Neoechinorhynchus buttnerae e 53,13% para Dolops geayi. A maior intensidade média foi de acantocéfalos, seguida por monogenéticos e branquiúros. Correlação negativa significativa foi observada entre abundância de N. buttnerae e os parâmetros de hematócrito, concentração de hemoglobina, trombócitos totais e glicose, bem como entre a abundância de monogenéticos e glicose. A infecção por parasitos metazoários foi capaz de debilitar os tambaquis como observado por meio das alterações hematológicas; sendo este quadro de anemia hipocrômica e trombocitopenia importante para ser utilizado no diagnóstico destas parasitoses. Este estudo foi o primeiro registro da ocorrência de Dolops geayi em tambaquis cultivados na Amazônia.
Descritores: Arguloida
Caraciformes/parasitologia
Doenças dos Peixes/parasitologia
Helmintíase Animal/parasitologia
Helmintos/classificação
-Aquicultura
Caraciformes/sangue
Doenças dos Peixes/sangue
Helmintíase Animal/sangue
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1042516
Autor: Neves, Ligia Rigôr; Tavares-Dias, Marcos.
Título: Low levels of crustacean parasite infestation in fish species from the Matapi River in the state of Amapá, Brazil / Baixos níveis de infestação de parasitos crustáceos em espécies de peixes do Rio Matapi no estado do Amapá (Brasil)
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;28(3):493-498, July-Sept. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq.
Resumo: Abstract This first study investigated the crustacean parasite fauna in 66 species of fish from the Matapi River basin, state of Amapá (Brazil). Fish were collected every two months between March 2012 and August 2013, encompassing dry and rainy seasons. Among the 66 species examined (corresponding to 722 fish specimens) only 11 species were parasitized. The infestation prevalence was 2.2%, and a total of 48 specimens of parasites were distributed between three different parasite groups. These included Argulus elongatus, Dolops reperta and Argulus multicolor (Branchiura), Ergasilus xinguensis and Gamidactylus sp. (Copepoda), and Isopoda (Braga patagonica), but branchiuran species were predominant. This was the first report of these parasite species for Leporinus fasciatus, Astyanax bimaculatus, Curimata incompta, Pygocentrus nattereri, Crenicichla cincta, Crenicichla johanna, Geophagus camopiensis, Pterophyllum scalare, Plagioscion squamosissimus, Hypostomus plecostomus and Propimelodus eigenmanni. Lastly, this study expands the range of occurrence of these six parasite species to the Matapi River basin in eastern Amazon.

Resumo Este primeiro estudo investigou a fauna parasitária de crustáceos em 66 espécies de peixes da bacia do Rio Matapi, estado do Amapá (Brasil). Os peixes foram coletados bimestralmente no período de março de 2012 a agosto de 2013, nas estações de estiagem e chuvosa. Entre as 66 espécies (correspondendo a 722 espécimes) somente 11 espécies estavam parasitadas. A prevalência de infestação foi 2,2% e um total de 48 espécimes foram distribuídos em três grupos de parasitos. Esses incluem Branchiura (Argulus elongatus, Dolops reperta e Argulus multicolor), Copepoda (Ergasilus xinguensis e Gamidactylus sp.) e Isopoda (Braga patagonica), mas a dominância foi de espécies de branchiuras. Este foi o primeiro relato dessas espécies de parasitos para Leporinus fasciatus, Astyanax bimaculatus, Curimata incompta, Pygocentrus nattereri, Crenicichla cincta, Crenicichla johanna, Geophagus camopiensis, Pterophyllum scalare, Plagioscion squamosissimus, Hypostomus plecostomus e Propimelodus eigenmanni. Por fim, este estudo expande a ocorrência dessas seis espécies de parasitos para a bacia do Rio Matapi na Amazônia oriental.
Descritores: Arguloida
Copépodes
Isópodes
Doenças dos Peixes/parasitologia
-Estações do Ano
Brasil
Rios
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1042505
Autor: Pagliarini, Cibele Diogo; Franceschini, Lidiane; Ribeiro, Cristiéle da Silva; Delariva, Rosilene Luciana; Amorim, João Paulo de Arruda; Ramos, Igor Paiva.
Título: Dolops carvalhoi as a vector of Epistylis sp. between cultivated and wild specimens of Oreochromis niloticus in Brazil / Dolops carvalhoi como vetor de Epistylis sp. entre espécimes cultivados e silvestres de Oreochromis niloticus no Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;28(2):325-329, Apr.-June 2019. graf.
Idioma: en.
Projeto: CAPES; . FAPESP; . CNPq.
Resumo: Abstract Epistyliasis has been characterized as an emergent disease which has a great impact on fish farms, especially on Oreochromis niloticus production systems. Although epidemiological important, information about the dispersion of these parasites and their mechanical vectors is scarce. The present study reported the cooccurrence of Epistylis sp. as an epibiont of Dolops carvalhoi, a parasitic crustacean of cultivated/wild specimens (from accidental release) of O. niloticus from a cage fish farm area in the Ilha Solteira Reservoir, Grande River, SP, Brazil. The co-occurrence of Epistylis sp. and D. carvalhoi, and their epibiont relationship registered in this study suppose that the Epistylis may use the crustaceans for dispersion and as mechanical vectors for the dissemination of diseases in wild and cultivated hosts. Moreover, exchange of parasites between wild and cultivated hosts is possible, considering both organisms (protozoan and argulid). Furthermore, the results of the present study demonstrate the need to monitor the areas adjacent to cage fish farms as a preventive measure for the dispersion of pathogens. This is the first report of epibiosis between Epistylis sp. and argulid parasites of cultivated and wild O. niloticus, contributing to knowledge about host-parasite specificity, geographical distribution, dispersion of etiological agents and epidemiology in aquaculture.

Resumo Epistilíase tem sido caracterizada como uma doença emergente de grande impacto nas pisciculturas, especialmente em sistemas de produção de Oreochromis niloticus. Embora seja importante epidemiologicamente, informações sobre a dispersão desses parasitas e seus vetores mecânicos são escassos. O presente estudo relata a coocorrência de Epistylis sp. como um epibionte de Dolops carvalhoi, um crustáceo parasita de espécimes cultivados e silvestres (de escapes acidentais) de O. niloticus em área de piscicultura de tanques-rede no reservatório de Ilha Solteira, Rio Grande, SP, Brasil. A coocorrência de Epistylis sp. e D. carvalhoi, e sua relação epibionte registrada neste estudo, supõem que Epistylis sp. possa utilizar os crustáceos para dispersão e como vetores mecânicos para a disseminação de doenças em hospedeiros silvestres e cultivados. Além disso, a troca de parasitas entre hospedeiros silvestres e cultivados é possível, considerando ambos os organismos (protozoários e argulídeos). Os resultados deste estudo, também demonstram a necessidade de monitorar as áreas adjacentes às pisciculturas como medida preventiva para a dispersão de patógenos. Este é o primeiro relato de epibiose entre Epistylis sp. e parasitas argulídeos de O. niloticus cultivados e silvestres, contribuindo para o conhecimento da especificidade parasitária do hospedeiro, distribuição geográfica, dispersão de agentes etiológicos e epidemiologia na aquicultura.
Descritores: Aquicultura
Ciclídeos/parasitologia
Arguloida/classificação
Doenças dos Peixes/parasitologia
-Brasil
Arguloida/anatomia & histologia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Takemoto, Ricardo Massato
Texto completo
Id: lil-653610
Autor: Fontana, Márcio; Takemoto, Ricardo Massato; Malta, José Celso de Oliveira; Mateus, Lúcia Aparecida de Fátima.
Título: Parasitism by argulids (Crustacea: Branchiura) in piranhas (Osteichthyes: Serrasalmidae) captured in the Caiçara bays, upper Paraguay River, Pantanal, Mato Grosso state, Brazil
Fonte: Neotrop. ichthyol;10(3):653-659, Sept. 2012. graf, mapas, tab.
Idioma: en.
Resumo: In this study, 446 fishes were analyzed: 190 Pygocentrus nattereri, 193 Serrasalmus maculatus, and 63 S. marginatus.They were captured in two bays, upper and lower Caiçara, in the upper Paraguay River basin, during one hydrological cycle from May 2008 to April 2009. Six species of Branchiura were found: Dolops bidentata, D. longicauda, Dolops sp., Argulus multicolor, A. chicomendesi, and Dipteropeltis hirundo. All fish species were infested by more than one species of Branchiura and the overall prevalence was 33.4%. The following prevalences were observed: 52.6% in P. nattereri; 20.3% in S. maculatus, and 15.8% in S. marginatus. The relative condition factor (Kn) differed significantly between parasitized and non parasitized individuals only in P. nattereri and S. maculatus. There was no correlation between Kn and abundance of parasites nor between body length (Ls) and intensity of infestation, in all three host species.

Foram analisados 446 peixes: 190 Pygocentrus nattereri, 193 Serrasalmus maculatus e 63 S. marginatus, capturados nas baías Caiçara superior e inferior na bacia do alto rio Paraguai, durante um ciclo hidrológico nos meses de maio de 2008 a abril de 2009. Foram encontradas seis espécies de Branchiura: Dolops bidentata, D. longicauda, Dolops sp., Argulus multicolor, A. chicomendesi e Dipteropeltis hirundo. Todos os peixes estavam parasitados por mais de uma espécie de Branchiura e a prevalência geral foi 33,4%. As prevalências foram: P. nattereri 52,6%, S. maculatus 20,3% e S. marginatus 15,8%. O fator de condição relativo (Kn) diferiu significativamente entre indivíduos parasitados e não parasitados apenas em P. nattereri e S. maculatus. Não houve correlação significativa entre Kn e abundância de parasitos, nem entre comprimento padrão (Ls) e intensidade de infestação, nas três espécies de piranhas analisadas.
Descritores: Arguloida/parasitologia
Caraciformes/parasitologia
Doenças Parasitárias em Animais/classificação
-Parasitologia/análise
Doenças Parasitárias
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  5 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Moraes, Flávio Ruas de
Texto completo
Id: lil-606766
Autor: Schalch, Sergio Henrique Canello; Moraes, Flávio Ruas de; Soares, Vando Edésio.
Título: Praziquantel, levamisol e diflubenzuron no controle de Dolops carvalhoi (Crustacea: Branchiura) e Anacanthorus penilabiatus (Monogenea: Dactylogyridae) em Piaractus mesopotamicus Holmberg, 1887 (Osteichthyes: Characidae) / Praziquantel, levamisole and diflubenzuron in the control of Dolops carvalhoi (Crustacea: Branchiura) and Anacanthorus penilabiatus (Monogenea: Dactylogyridae) in Piaractus mesopotamicus Holmberg, 1887 (Osteichthyes: Characidae)
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;18(1):53-59, Mar. 2009. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Neste trabalho, avaliou-se a eficácia antiparasitária do praziquantel, levamisol e diflubenzuron administrados via oral, adicionados à ração, para pacus (Piaractus mesopotamicus) infectados por Anacanthorus penilabiatus e Dolops carvalhoi. Foram utilizadas 19 caixas d'água de 300 L de capacidade, comportando 28 peixes cada. Os tratamentos foram feitos misturando os princípios ativos nas dietas. A intensidade parasitária e eficácia foram avaliadas 1 dia antes e 3, 7 e 15 dias após o início da alimentação com ração contendo diflubenzuron, levamisol e praziquantel isolados ou associados em diferentes concentrações por 7 dias. Os resultados da eficácia terapêutica sugerem que, isoladamente ou associado com levamisol e praziquantel, o diflubenzuron é eficiente contra o crustáceo D. carvalhoi, demonstrando que a eficácia dos tratamentos nos dias 3, 7 e 15 variou de 96,2 a 100 por cento. Contra os monogenóides, as drogas não apresentaram eficácia satisfatória. Os resultados sugerem o uso do diflubenzuron para o controle de D. cavalhoi em peixes de cativeiro e em condições de quarentenário.

This assay evaluated the control efficacy of diflubenzuron, praziquantel and levamisole added to the diet of pacu (Piaractus mesoptamicus) infected with Anacanthorus penilabiatus and Dolops carvalhoi. 19 water tanks of 300 L capacity were utilized with 28 fish in each one. The treatments were made by mixing the active principles in the diet. The experiment was evaluated in four harvests done 1 day before and 3, 7 and 15 days after the treatment. The medicated feeding was applied for 7 days. The results of efficacy suggest that the diflubenzuron alone or associated with levamisole and praziquantel was efficient against the crustacean D. carvalhoi and the efficacy in the 3, 7 and 15 days evaluations ranged from 96,2 to 100 percent. Against the monogenean the drugs did not present efficacy. The results suggest the use of diflubenzuron for the control of D. carvalhoi in captive fishes in special conditions.
Descritores: Anti-Helmínticos/farmacologia
Antinematódeos/farmacologia
Arguloida/efeitos dos fármacos
Controle de Doenças Transmissíveis
Diflubenzuron/farmacologia
Peixes/parasitologia
Helmintos/efeitos dos fármacos
Levamisol/farmacologia
Praziquantel/farmacologia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-578410
Autor: Silva-Souza, AT; Abdallah, VD; de Azevedo, RK; da Silva, FA; Luque, JL.
Título: Expanded description of Dolops bidentata (Bouvier, 1899) (Branchiura: Argulidae) based on specimens collected on Pygocentrus nattereri Kner, 1858 (Characiformes) from Poconé Wetland, MT, Brazil / Descrição expandida de Dolops bidentata (Bouvier, 1899) (Branchiura: Argulidae) baseada em espécimes parasitos de Pygocentrus nattereri Kner, 1858 (Characiformes) do Pantanal de Poconé, MT, Brasil
Fonte: Braz. j. biol;71(1):145-149, Feb. 2011. ilus.
Idioma: en.
Resumo: The current information on the branchiuran Dolops bidentata, a species described more one hundred years ago, is valid but incomplete; hence, an expanded description is given herein. Additional morphological information was obtained by light and scanning electron microscopy from specimens collected on Pygocentrus nattereri from the Poconé Wetland, MT, Brazil. Description of the appendages and other structures such as respiratory area, mouth, details and ornamentation of antennules and maxillae are provided for the first time.

O branquiúro Dolops bidentata foi descrito há mais de 100 anos, e a descrição original é válida, mas incompleta. Uma descrição expandida é dada, então, aqui. Informação morfológica adicional foi obtida por microscopia de luz e eletrônica de varredura para espécimes coletados de Pygocentrus nattereri do Pantanal de Poconé, MT, Brasil. Descrição dos apêndices e de outras estruturas tais como áreas respiratórias, boca, detalhes e ornamentação das maxilas e da antênula são apresentadas pela primeira vez.
Descritores: Arguloida
Peixes/parasitologia
-Arguloida/anatomia & histologia
Arguloida/classificação
Arguloida/ultraestrutura
Brasil
Microscopia Eletrônica de Varredura
Limites: Animais
Feminino
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 7 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-526121
Autor: Uruburu, Mónica; Granada, Mabel; Velásquez, Luz Elena.
Título: Distribución parcial de Paragonimus (Digenea: Troglotrematidae) en Antioquia, por presencia de metacercarias en cangrejos dulciacuícolas / Distribution of Paragonimus (Digenea: Troglotrematidae) in Antioquia Province, Colombia, based on metacercariae counts in freshwater crabs
Fonte: Biomédica (Bogotá);28(4):562-568, dic. 2008. ilus, mapas, tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción. La paragonimosis, o distomatosis pulmonar, es una enfermedad con sintomatología similar a la observada en la tuberculosis. Es causada por parásitos del género Paragonimus (Digenea: Troglotrematidae). Las personas se infectan al consumir cangrejos crudos o mal cocidos, con metacercarias del parásito. El primer foco de paragonimosis humana en Colombia se registró durante 1995 en Urrao, Antioquia, donde se hallaron dos especies de cangrejos que hospedaban el parásito. En el 2005 se capturaron cangrejos con metacercarias de Paragonimus en Medellín, lo que motivó la búsqueda del parásito en otras localidades, mediante su presencia en estos crustáceos. Objetivo. Establecer la distribución de Paragonimus en Antioquia, evaluando la presencia demetacercarias en macrocrustáceos braquiuros, dulciacuícolas. Materiales y métodos. Desde 2005 hasta 2007 se capturaron cangrejos en 13 municipios antioqueños. Se relajaron y sacrificaron para la búsqueda del digeneo y la identificación taxonómica. Resultados. En nueve municipios se capturaron 52 cangrejos, 42 (80,76 por ciento) con metacercarias de Paragonimus. Todos los crustáceos se determinaron como Pseudothelphusidae, de los géneros Hypolobocera y Strengeriana, y se asignaron a cuatro especies. Tres se registran por primera vez como huéspedes del parásito. Conclusión. Se inicia la construcción de un mapa con la distribución de Paragonimus en Antioquia que incluye por primera vez zonas urbanizadas. Se ratifican el consumo y la manipulación de los cangrejos crudos y mal cocidos como factores de riesgo para la infección humana. Se propone a los cangrejos como agentes focalizadores de paragonimosis por ser asequibles y de fácil diagnóstico.
Descritores: Arguloida
Braquiúros
Localização Geográfica de Risco
Interações Hospedeiro-Parasita
Paragonimus
-Trematódeos
Responsável: CO42.1 - Biblioteca Nacional de Salud José Celestino Mutis



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde