Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.500.131.617.720.500.500.875.900 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 158 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 16 ir para página                         

  1 / 158 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-488744
Autor: Silveira, Orlando Tobias; Costa Neto, Salustiano Vilar da; Silveira, Odete Fátima M. da.
Título: Social wasps of two wetland ecosystems in brazilian Amazonia (Hymenoptera, Vespidae, Polistinae) / Vespas sociais de duas áreas úmidas na Amazônia brasileira (Hymenoptera, Vespidae, Polistinae)
Fonte: Acta amaz;38(2):333-344, 2008. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: In Brazilian Amazonia, 20 genera and more than 200 species of polistine wasps are recorded. Local faunas with 70 to 80 species are usually found in non floodable forest environments. However, a variety of wetlands exist in the region, the most expressive in surface area being varzea systems. In this paper, information is presented on polistines from two areas of wetlands in the Brazilian states of Amazonas and Amapá. These are reciprocally compared and also with nearby terra firme locations. Collecting methods consisted of active search for nests, handnetting and automatic trapping of individuals. Forty-six species of 15 genera were collected in Mamirauá, AM, most being widespread common wasps. However, five species deserve special mention in virtue of rarity and/or restricted distribution: Metapolybia rufata, Chartergellus nigerrimus, Chartergellus punctatior, Clypearia duckei, and Clypearia weyrauchi. In Região dos Lagos, AP, 31 species of 9 genera were collected, nearly all being common species with the exception of some Polistes, like P. goeldi and P. occipitalis. Even though less rich than vespid faunas from terra firme habitats, the Mamirauá fauna proved to be quite expressive considering limitations imposed by the hydrological regime. In Região dos Lagos, however, the very low diversity found was below the worst expectations. The virtual absence of otherwise common species in environments like tidal varzea forests along Araguari River is truly remarkable. The causes of low diversity are probably related to isolation and relative immaturity of the region, allied to strong degradation of forested habitats.

Vinte gêneros e mais de 200 espécies de vespas sociais são registrados na Amazônia brasileira. Faunas locais com 70 a 80 espécies são usualmente encontradas em florestas não inundáveis. Entretanto, uma grande variedade de áreas úmidas existe na região, com destaque para os sistemas de várzea. Neste artigo, apresentamos dados sobre vespas de duas áreas úmidas nos estados brasileiros do Amazonas e Amapá. Estes são também comparados às informações de áreas de terra firme adjacentes. Métodos de coleta consistiram em busca ativa por ninhos e coleta manual e com armadilhas de indivíduos. Quarenta e seis espécies de 15 gêneros foram coletadas em Mamirauá, AM, a maioria delas comuns e amplamente distribuídas. Entretanto, cinco merecem destaque por sua raridade ou distribuição restrita, ou ambas: Metapolybia rufata, Chartergellus nigerrimus, Chartergellus punctatior, Clypearia duckei e Clypearia weyrauchi. Na Região dos Lagos, AP, 31 espécies de 9 gêneros foram encontradas, quase todas comuns, exceto por algumas de Polistes, como P. goeldi and P. occipitalis. A fauna de Mamirauá é muito expressiva, embora menos rica que as de florestas de terra firme, a despeito dos limites impostos pelo regime hidrológico. Por outro lado, na Região dos Lagos, a diversidade encontrada esteve abaixo das piores expectativas. Verdadeiramente notável foi a virtual ausência na várzea estuarina do Rio Araguari de espécies comuns em outros lugares e ambientes no Neotrópico. As causas dessa baixa diversidade são provavelmente relacionadas ao isolamento e relativa imaturidade da região, aliadas à forte degradação dos ambientes florestados.
Descritores: Vespas
Ecossistema Amazônico
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  2 / 158 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-504714
Autor: Morato, Elder F; Amarante, Sérvio Túlio; Silveira, Orlando Tobias.
Título: Avaliação ecológica rápida da fauna de vespas (Hymenoptera: Aculeata) do Parque Nacional da Serra do Divisor, Acre, Brasil / Rapid ecological assessment of wasp fauna (Hymenoptera: Aculeata) of the Serra do Divisor National Park, Acre, Brazil
Fonte: Acta amaz;38(4):789-797, dez. 2008. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O Parque Nacional da Serra do Divisor (PNSD), localizado a noroeste do Estado do Acre, é considerado uma das áreas de maior diversidade da Amazônia. A importância de se considerar insetos em programas de conservação tem sido muito enfatizada. Vespas solitárias e sociais são componentes muito importantes dos ecossistemas, devido à posição que ocupam nas redes alimentares. Esse trabalho teve como objetivo realizar uma avaliação ecológica rápida da fauna de vespas do PNSD, para subsidiar a elaboração de um plano de manejo do referido parque. A amostragem foi realizada em 12 sítios de coleta, situados no interior de oito tipologias de vegetação. Os insetos foram coletados através de armadilhas Malaise, as quais foram expostas em todos os sítios por 24 horas, totalizando 288 horas de amostragem. Foram consideradas nas análises vespas das famílias Chalcididae, Eucharitidae, Evaniidae, Mutillidae, Pompilidae, Crabronidae e Vespidae. Ao todo, foram coletados 366 indivíduos distribuídos em 40 gêneros e 85 espécies. Os gêneros Ephuta (Mutillidae), Trypoxylon (Crabronidae) e Conura (Chalcididae) foram os mais ricos em espécies. Os sítios localizados na região norte do PNSD, considerada zona intangível e zona primitiva, foram os mais ricos em espécies. Cerca de 65 por cento das espécies foram exclusivas a um único sítio, o que significa que as amostras possuem pequena similaridade faunística. Algumas espécies coletadas são consideradas raras.

The Serra do Divisor National Park (PNSD), located at the northwest of Acre State, Amazonia, is considered an area of great biodiversity. The question of considering insects in conservation programs. Solitary and social wasps are important components of the terrestrial ecosystems due to their position in trophic webs. The present study aimed at making a rapid ecological assessment of the wasps from the PNSD in order to support the elaboration of a conservation and management plan for that park. The insects were sampled in 12 sites located in eight forest types by Malaise traps that operated in each for 24 hours, totaling 288 hours of sampling. The results on the families Chalcididae, Eucharitidae, Evaniidae, Mutillidae, Pompilidae, Crabronidae and Vespidae are presented here. On the whole, 366 wasps were collected representing 40 genera and 85 species. The genera Ephuta (Mutillidae), Trypoxylon (Crabronidae) and Conura (Chalcididae) were the most specious. The sites situated at the northern region of the PNSD, the intangible and primitive zones, were the most species rich. Some collected species were considered rare and about 65 percent of species were exclusive to only one site. This means that the samples have little faunal similarity.
Descritores: Vespas
Himenópteros
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  3 / 158 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886770
Autor: MARTINELLI, ARTURO B; WAICHERT, CECILIA; BARBOSA, DIEGO N; FAGUNDES, VALÉRIA; AZEVEDO, CELSO O.
Título: The use of Proteinase K to access genitalia morphology, vouchering and DNA extraction in minute wasps
Fonte: An. acad. bras. ciênc;89(3):1629-1633, July-Sept. 2017. graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: ABSTRACT Genitalia are rich source of characters in insect taxonomy. Usually, they are examined after dissection and cleaning with potassium hydroxide (KOH), procedure that may damage both genital morphological structures and intracellular molecular contents. Enzymatic procedure with Proteinase K has been used to clean muscle off the genitalia while extract DNA, but its damage to the genital structures has not been evaluated. Herein, we qualitatively compare the use of KOH and Proteinase K to prepare genital structures in minute insects (Hymenoptera: Bethylidae). We show that Proteinase K is better to preserve the genital structure and provides quality DNA.
Descritores: Vespas/anatomia & histologia
DNA/isolamento & purificação
Endopeptidase K/administração & dosagem
Genitália/anatomia & histologia
-Vespas/classificação
Vespas/genética
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 158 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Costa Rica
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1098365
Autor: Rodríguez Lara, Andrés Gerardo; Aguilar Pérez, Jorge.
Título: Accidente por himenópteros: reporte de caso / Hymenoptera accident: case report
Fonte: Med. leg. Costa Rica;37(1):6-11, ene.-mar. 2020. graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Los himenópteros es una de las clasificaciones de los insectos, constituida por principalmente tres tipos, la abeja, la avispa y la hormiga de fuego, que provocan picaduras con veneno, generando desde efectos locales hasta sistémicos, con repercusiones leves o mortales sino reciben una atención médica oportuna. Las reacciones sistémicas son dependientes de la respuesta inmunológica, así como de la cantidad de las picaduras. Se presentaran dos casos de fallecimiento a causa de accidente por himenópteros tipo abejas, diagnosticados por la historia médicolegal, hallazgos de autopsia relacionado al efecto sistémico del veneno de las abejas y circunstancias relacionadas a la muerte.

Abstract Hymenoptera is one of the classifications of insects, consisting mainly of three types, the bee, the wasp and the fire ant, which cause pitting with venom generating from local to systemic effects, with slight or fatal repercussions but receive timely medical attention. Systemic reactions are dependent on the immune response, as well as the number of bites. There will be two cases of death due to an accident by hymenopterans type bees, diagnosed by medical-legal history, autopsy findings related to the systemic effect of bee venom and circumstances related to death will be presented.
Descritores: Venenos de Vespas
Vespas
Mordeduras e Picadas de Insetos/complicações
-Costa Rica
Himenópteros
Limites: Humanos
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CR1.1 - BINASSS - Biblioteca Nacional de Salud y Seguridad Social


  5 / 158 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-951563
Autor: Almeida, R P; Stouthamer, R.
Título: Phylogeny of the Trichogramma endosymbiont Wolbachia, an alpha-proteobacteria (Rickettsiae) / Filogenia do endosimbionte Wolbachia em Trichogramma, an alpha-proteobacteria (Rickettsiae)
Fonte: Braz. j. biol;78(3):421-428, Aug. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Wolbachia (Hertig) endosymbionts are extensively studied in a wide range of organisms and are known to be transmitted through the egg cytoplasm to the offsping. Wolbachia may cause several types of reproductive modifications in arthropods. In Trichogramma species, parthenogenesis-inducing Wolbachia bacteria allow females wasps to produce daughters from unfertilized eggs and these bacteria are present in at least 9% of all Trichogramma species. Phylogenetic studies have led to the subdivision of the Wolbachia clade in five supergroups (A, B, C, D and E) and Wolbachia from Trichogramma belong to supergroup B. Here, using the wsp gene, four groups of Wolbachia that infect Trichogramma species were distinguished and the addition of a new group "Ato" was suggested due to the addition of Wolbachia from Trichogramma atopovirilia (Oatman and Platner). Specific primers were designed and tested for the "Ato" group. Seventy-five percent of all evaluated Wolbachia strains from Trichogramma fell within "Sib" group.

Resumo Endosimbiontes do gênero Wolbachia (Hertig) são extensivamente estudados em uma ampla gama de organismos e são conhecidos por serem transmitidos via citoplasma do ovo hospedeiro para seu descendente. Wolbachia pode causar vários tipos de alterações reprodutivas nos artrópodes. Nas espécies de Trichogramma, a reprodução partenogenética induzida por Wolbachia, possibilita as fêmeas dos parasitoides a produção de fêmeas a partir de ovos não fertilizados e estas bactérias estão presentes em pelo menos 9% de todas as espécies de Trichogramma. Estudos filogenéticos têm levado a subdivisão do clado Wolbachia em cinco supergrupos (A, B, C, D and E). Wolbachia em Trichogramma pertence ao supergrupo B. Com o gene wsp foi possível se distinguir quatro grupos de Wolbachia que infectam Trichogramma e adicionar um novo grupo (Ato) devido a inclusão de Wolbachia detectada em Trichogramma atopovirilia (Oatman and Platner, 1983). Primers específicos foram construídos e testados para o grupo "Ato". Setenta e cinco por cento de todas as linhagens de Wolbachia que infectam Trichogramma se enquadraram dentro do grupo "Sib".
Descritores: Proteínas da Membrana Bacteriana Externa/metabolismo
Vespas/microbiologia
Primers do DNA/genética
Alphaproteobacteria/metabolismo
Wolbachia/genética
Genes Bacterianos/genética
-Filogenia
Reprodução
Especificidade da Espécie
Simbiose
Vespas/genética
Limites: Animais
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 158 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Barraviera, Benedito
Id: lil-407458
Autor: Ferreira Junior, Rui Seabra; Barraviera, Benedito.
Título: Acidentes por animais peçonhentos / Accidents by venomous bites and stings
Fonte: In: Cimerman, Sérgio; Cimerman, Benjamim. Condutas em infectologia. São Paulo, Atheneu, 2004. p.605-616, tab, graf.
Idioma: pt.
Descritores: Aranhas
Vespas
Abelhas
Elapidae
Mordeduras e Picadas de Insetos
Animais Venenosos
Escorpiões
Limites: Humanos
Animais
Masculino
Feminino
Responsável: BR31.1 - SIDC - Serviço de Informação e Documentação Científica
BR31.1; WC100, C49c, 2004


  7 / 158 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Barraviera, Benedito
Id: lil-344633
Autor: Barraviera, Benedito.
Título: Acidentes por animais peçonhentos / Venomous animals
Fonte: In: Cimerman, Sérgio; Cimerman, Benjamin. Medicina tropical. São Paulo, Atheneu, 2003. p.615-628, ilus, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Mordeduras e Picadas
Mordeduras e Picadas de Insetos
-Picaduras de Aranhas
Mordeduras de Serpentes
Vespas
Abelhas
Escorpiões
Responsável: BR31.1 - SIDC - Serviço de Informação e Documentação Científica
BR31.1; WC680, C49m, 2003


  8 / 158 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-511779
Autor: Santoni, Mariana Marchi; Brescovit, Antonio Domingos; Del Lama, Marco Antonio.
Título: Ocupação diferencial do habitat por vespas do gênero Trypoxylon (Trypargilum) Latreille (Hymenoptera, Crabronidae) / Differential occupation of the habitat by Trypoxylon (Trypargilum) Latreille wasps (Hymenoptera, Crabronidae)
Fonte: Rev. bras. entomol;53(1):107-114, 2009. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Vespas do gênero Trypoxylon apresentam comportamento solitário e aprovisionam seus ninhos de forma massiva com aranhas paralisadas. Algumas espécies utilizam cavidades preexistentes para nidificação, o que facilita sua amostragem e estudo. Neste trabalho, dados sobre a biologia de nidificação de quatro espécies de Trypoxylon (Trypargilum) - T. rogenhoferi, T. lactitarse, T. aurifrons e T. nitidum - são apresentados. As espécies foram amostradas por meio de ninhos-armadilha durante três anos em Araras e dois anos em Rifaina e São Carlos (São Paulo). As localidades de estudo foram subdivididas em sítios de amostragem. Foram obtidos 2.698 ninhos de himenópteros solitários, dos quais 2.268 foram fundados por espécies de Trypoxylon. Intensa atividade de nidificação foi observada principalmente na estação quente e chuvosa (outubro-março). Os ninhos-armadilha utilizados para nidificação pelas diferentes espécies apresentaram dimensões significativamente diferentes. A família de aranhas mais utilizada para aprovisionamento foi Araneidae; no entanto, as espécies de vespas diferiram quanto às espécies forrageadas. O principal parasitóide das quatro espécies foi Melittobia, mas indivíduos das famílias Chrysididae, Ichneumonidae, Chalcididae e Sarcophagidae também foram verificados. Observou-se que as espécies de Trypoxylon coexistem temporalmente e que nas três localidades cada espécie nidificou com maior freqüência em um sítio particular, sugerindo uma ocupação diferencial do habitat. A partição do habitat aparentemente homogêneo pode ser resultado de "competição aparente" mediada por inimigos naturais comuns.

Wasps of the genus Trypoxylon are solitary and females mass-provision their nests with paralyzed spiders. Some species use successfully trap-nests for nesting foundation, making easier their sampling and study. This paper reports data about nesting biology of four species of Trypoxylon (Trypargilum) - T. rogenhoferi, T. lactitarse, T. aurifrons and T. nitidum. These species were sampled by trap-nests during three years in Araras and two years in São Carlos and Rifaina (São Paulo). These areas were subdivided into sampling sites. A total of 2,698 nests of solitary hymenopterans were collected and most of them (2,268) were founded by Trypoxylon species. Nesting activity was higher in the warm, rainy season (October-March). The trap-nests used by the different species showed significantly different dimensions. Araneidae was the spider family mainly used for provision, but a species-specific provisioning was observed. The most important parasitoid of the four species was Melittobia, but adult chrysidids, ichneumonids, chalcidids and sarcophagids also attacked their nests. In the three areas, the different species of Trypoxylon coexist temporally but each of them built their nests frequently in a specific site. This result may suggest differential occupation of the habitat. This habitat partition of an apparently homogeneous area may be a result of an "apparent competition" shaped by shared natural enemies.
Descritores: Comportamento de Nidação
Ecossistema
Vespas
-Brasil
Estações do Ano
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Responsável: BR3.1 - Biblioteca Central


  9 / 158 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-555264
Autor: Buschini, M. L. T; Borba, N. A; Brescovit, A. D.
Título: Prey selection in the trap-nesting wasp Trypoxylon (Trypargilum) opacum Brèthes (Hymenprtera; Crabronidae) / Seleção de presas por vespa que nidifica em ninhos-armadilha Trypoxylon (Trypargilum) opacum Brèthes (Hymenprtera; Crabronidae)
Fonte: Braz. j. biol;70(3):529-536, Aug. 2010. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: The purpose of our research was to document and discuss the temporal patterns of prey use shown by the trap-nesting wasp Trypoxylon opacum in two different habitats in Southern Brazil. It was carried out from December 2001 to December 2004. Twenty nine species belonging to five families of spiders were captured by T. opacum. Araneidae was the most captured family and has been strongly represented by the genus Eustala. Through Bray-Curtis´s coefficient and the unweighted pair group method average (UPGMA), the spiders can be divided into three groups: the smaller group includes the most abundant species (Alpaida sp2, Bertrana rufostriata, Eustala sp1, Eustala sp2, Eustala sp3 and Eustala sp4), the second group includes species with intermediate abundance (Alpaida, Alpaida gracia and Mangora sp2), and the third and largest group includes the less abundant species, (Acacesia villalobosi, Alpaida argenata, Alpaida sp1, Araneus blumenau, Araneus sicki, Crysometa boraceia, Crysometa sp3, Eustala sp8, Eustala sp11, Larinia t-notata, Mangora sp1, Ocrepeira aff gnomo, Sanogasta sp., Sanogasta sp2, Sanogasta sp3, Salticidae sp2, Theridion sp1, Theridion sp2, Wagneriana eupalaestris, Wagneriana iguape). Of 1,053 identified spiders, 362 were captured in the grassland areas and 691 in the swamp, since T. opacum built nests only in these two habitats. The diversity, richness and evenness of spiders in T. opacum nests were higher in grassland than in the swamp.

O objetivo desta pesquisa foi documentar e discutir o padrão temporal de uso de presas por Trypoxylon opacum em dois ambientes diferentes no Sul do Brasil. Ela foi realizada de dezembro de 2001 a dezembro de 2004. Vinte e nove espécies de aranhas pertencentes a cinco famílias foram capturadas por Trypoxylon opacum. Araneidae foi a família mais capturada e foi fortemente representada pelo gênero Eustala. Pelo coeficiente de Bray-Curtis e pela análise de agrupamento, (UPGMA) as aranhas foram divididas em três grupos: o menor deles, incluindo as aranhas mais abundantes na dieta de T. opacum (Alpaida sp2, Bertrana rufostriata, Eustala sp1, Eustala sp2, Eustala sp3 and Eustala sp4); o segundo com as espécies cujas abundâncias foram intermediárias (Alpaida, Alpaida gracia and Mangora sp2); e o terceiro e maior grupo com as espécies pouco abundantes (Acacesia villalobosi, Alpaida argenata, Alpaida sp1, Araneus blumenau, Araneus sicki, Crysometa boraceia, Crysometa sp3, Eustala sp8, Eustala sp11, Larinia t-notata, Mangora sp1, Ocrepeira aff gnomo, Sanogasta sp., Sanogasta sp2, Sanogasta sp3, Salticidae sp2, Theridion sp1, Theridion sp2, Wagneriana eupalaestris, Wagneriana iguape). Das 1.053 aranhas identificadas, 362 foram capturadas em área de campos naturais e 691 em área de várzea, visto que T. opacum fundou ninhos apenas nestes ambientes. A diversidade, a riqueza e a equitabilidade de aranhas nos ninhos de T. opacum foram maiores nas áreas de campos do que naquelas de várzeas.
Descritores: Comportamento Predatório/fisiologia
Aranhas/classificação
Vespas/fisiologia
-Brasil
Ecossistema
Estações do Ano
Limites: Animais
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 158 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-493569
Autor: Buschini, M. L. T; Borba, N. A; Brescovit, A. D.
Título: Patterns of prey selection of Trypoxylon (Trypargilum) lactitarse Saussure (Hymenoptera: Crabronidae) in southern Brazil / Padrões de seleção de presas por Trypoxylon (Trypargilum) lactitarse Saussure (Hymenoptera: Crabronidae) no sul do Brasil
Fonte: Braz. j. biol;68(3):519-528, Aug. 2008. ilus, graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: This study was carried out in the Parque Municipal das Araucárias, in the municipality of Guarapuava, southern Brazil. A total of 449 T. lactitarse nests were collected using trap-nests of different diameters. Fifty three species of spiders belonging to 7 families were captured by T. lactitarse. Araneidae was the most captured family and has been strongly represented by the genus Eustala. Through Bray-Curtis's coefficient and the unweighted pair group method average (UPGMA), the spiders species can be divided into 3 groups: the smaller group includes the most abundant species (Eustala sp1, Eustala sp2, Acacesia villalobosi, Alpaida sp1 and Araneus corporosus), the second group includes species with intermediate abundance (Wagneriana iguape, Araneus omnicolor, Eustala sp4, Alpaida grayi, Eustala sp3, Larinia t-notata, Mangora sp1 and Wagneriana iguape), and the third and largest group includes the least abundant species (Aysha gr. brevimana 1, Eustala sp5, Wagneriana eupalaestra, Alpaida scriba, Alpaida veniliae, Araneus aff. omnicolor, Araneus sicki, Eustala sp8, Mangora sp2, Mangora sp3, Wagneriana juquia, Alpaida sp2, Araneus blumenau, Eustala sp6, Eustala sp7 and Ocrepeira galianoae). Of 2,029 identified spiders, 1,171 were captured in the Araucaria forest, 612 in grassland areas and 246 in the swamp. Grassland and swamp areas evidenced greater similarity between them than to the Araucaria Forest, regarding presence-absence of spider species in T. lactitarse's diet, as well as regarding species abundance in these habitats. The juvenile number (56 percent) was significantly higher than the female (38 percent) and male (6 percent) percentages.

Este estudo foi realizado no Parque Municipal das Araucárias, município de Gurarapuava, Sul do Brasil. Através de ninhos armadilhas de diferentes diâmetros, foram coletados 449 ninhos de Trypoxylon lactitarse. Cinqüenta e três espécies de aranhas pertencentes a 7 famílias foram capturadas por T. lactitarse. Araneidae foi a família mais freqüente, sendo fortemente representada pelo gênero Eustala. Através do índice de Bray-Curtis e do método de agrupamento (UPGMA), as espécies de aranhas foram divididas em três grupos: o primeiro e menor deles, formado pelas espécies abundantes (Eustala sp1, Eustala sp2, Acacesia villalobosi, Alpaida sp1 e Araneus corporosus); o segundo, pelas espécies intermediárias (Wagneriana iguape, Araneus omnicolor, Eustala sp4, Alpaida grayi, Eustala sp3, Larinia t-notata, Mangora sp1 e Wagneriana iguape); e o terceiro e maior deles, pelas espécies menos abundantes (Aysha gr. brevimana 1, Eustala sp5, Wagneriana eupalaestra, Alpaida scriba, Alpaida veniliae, Araneus aff. omnicolor, Araneus sicki, Eustala sp8, Mangora sp2, Mangora sp3, Wagneriana juquia, Alpaida sp2, Araneus blumenau, Eustala sp6, Eustala sp7 e Ocrepeira galianoae). Das 2.029 aranhas identificadas, 1.171 foram capturadas na mata de araucárias, 612 no campo e 246 na várzea. As áreas de campo e várzea foram as mais similares entre si, tanto com relação à presença e ausência, quanto com relação à abundância de espécies de aranhas na dieta de T. lactitarse. O número de jovens (56 por cento) foi significativamente maior que a de fêmeas (38 por cento) e de machos (6 por cento).
Descritores: Comportamento Predatório/fisiologia
Aranhas/classificação
Vespas/fisiologia
-Brasil
Estações do Ano
Vespas/classificação
Limites: Animais
Feminino
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 16 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde