Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.500.500.736.215 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 100 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 10 ir para página                        

  1 / 100 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1095916
Autor: Napoleão, S. R; Antonucci, A. M; Amorim, A. F; Takemoto, R. M.
Título: Occurrence of Rhinoptericola megacantha (Cestoda, Trypanorhyncha) in new host and new location / Ocorrência de Rhinoptericola megacantha (Cestoda, Trypanorhyncha) em novo hospedeiro e nova localidade
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;67(4):1175-1177, July-Aug. 2015. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Relata-se a ocorrência de Rhinoptericola megacantha (Cestoda, Trypanorhyncha) parasitando duas raias da espécie Rhinoptera brasiliensis, de um total de sete espécimes analisados. Foram encontrados três espécimes do cestóide, que havia sido descrito ocorrendo apenas no hospedeiro Rhinoptera bonasus capturado em Virginia (EUA), Golfo Venezuelano e Golfo do México. Este é o primeiro relato da ocorrência de R. megacantha no hospedeiro R. brasiliensis e primeira ocorrência no Brasil deste cestóide.(AU)
Descritores: Rajidae/parasitologia
Cestoides
-Brasil
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1006602
Autor: Silva, Giane Serafim da; Romera, Daiane Mompean; Prado, Maykon Bichoffi do; Soares, Vando Edésio; Meireles, Marcelo Vasconcelos.
Título: Mello and Campos (1974) method adapted for the recovery of cestodes in birds ( Gallus domesticus ) / Método Mello e Campos (1974) adaptado para recuperação de cestódeos de aves (Gallus domesticus)
Fonte: Arq. Inst. Biol;83:e0752015, 2016. ilus, tab.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: The specific diagnosis and evaluation of the intensity of avian helminth infections are essential for efficacy studies and the determination of drug doses targeted to their control. This study evaluated the Mello and Campos method, originally described for parasitological diagnosis in dogs, in the recovery of scolices from cestode parasites of poultry (Gallus domesticus ). A total of 52 naturally infected birds obtained from farms underwent parasitological necropsy using the Mello and Campos method. The method consisted of four steps: content, soaking, scraping and evaluation. The number of scolices recovered per bird ranged from 1 to 4,345, and the highest number of scolices was recovered from material derived from the soaking step. The cestodes species diagnosed were Amoebotaenia cuneata , Choanotaenia infundibulum , Hymenolepis sp., Raillietina tetragona , Raillietina echinobothrida and Raillietina cesticillus . The Mello and Campos method, originally used to test for helminths in dogs, was effective in avian cestode testing because it includes a soaking step, which enables a more efficient recovery of scolices.(AU)

O diagnóstico específico e a avaliação da intensidade da infecção helmíntica em aves são fundamentais em estudos de eficácia e determinação de doses de medicamentos direcionados ao seu controle. O presente trabalho avaliou a aplicação e adaptação da metodologia de Mello e Campos, descrita originalmente para diagnóstico parasitológico em cães, na recuperação de escólices de cestódeos parasitos de aves domésticas (Gallus domesticus ). Foram empregadas 52 aves naturalmente infectadas e oriundas de produções rurais, as quais foram submetidas à necropsia parasitológica, adaptando-se a metodologia Mello e Campos. O método consistiu na realização de quatro etapas: conteúdo, imersão, raspado e avaliação. O número de escólices recuperadas por ave variou de 1 a 4.345, e o maior número de escólices foi recuperado do material oriundo da etapa de imersão. As espécies de cestódeos identificadas foram Amoebotaenia cuneata , Choanotaenia infundibulum , Hymenolepis sp., Raillietina tetragona , Raillietina echinobothrida e Raillietina cesticillus . Os resultados foram avaliados estatisticamente, concluindo-se que a metodologia adotada é eficaz para a recuperação de cestódeos de aves, uma vez que possui a etapa de imersão, que permite a recuperação mais eficiente de escólices.(AU)
Descritores: Aves Domésticas
Cestoides
Helmintíase/diagnóstico
Helmintos
-Métodos de Análise
Limites: Animais
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  3 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Rego, A. Arandas
Texto completo
Id: lil-623909
Autor: Rêgo, A. Arandas.
Título: Cestóides proteocefalídeos de "cachara", Pseudoplatystoma fasciatus (L. ) (Pisces, Pimelodidae) de Mato Grosso / Proteocephalid cestodes from Pseudoplatystoma fasciatus (L. ) (Pisces, Pimelodidae) from Mato Grosso State, Brazil
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;84(supl.4):455-461, 1989. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: The author describes three species of protcocephalid cestodes from the Pimelodid fish, Pseudoplatystoma fasciatus (L.) from rivers of Mato Grosso, Brazil: Nomimoscolex lopesi sp. n., Peltidocotyle rugosa Diesing, 1850 and Spatulifer rugosa (Woodland, 1935). P. rugosa is for the first time referred in this fish species. One hyperparasite nematode specimen was found in a strobila of S. rugosa.
Descritores: Linguado/parasitologia
Cestoides/parasitologia
-Parasitologia/estatística & dados numéricos
Peixes/parasitologia
Interações Hospedeiro-Parasita
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-933657
Autor: Vieira, Miguel Alipio(aut).
Título: Infecção experimental com Hymenolepis nana var. fraterna (Stiles, 1906) em camundongos, seleção III, bons (Hiii) e maus (Liii) produtores de anticorpos.
Fonte: São Paulo; s.n; 1990. 73 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Instituto de Ciências Biomédicas para obtenção do grau de Mestre.
Descritores: Anticorpos/imunologia
Cestoides/crescimento & desenvolvimento
Cestoides/imunologia
Cestoides/parasitologia
Camundongos/crescimento & desenvolvimento
Camundongos/imunologia
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; 616.962 TE, V657i, 1990. 010607


  5 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Alves, Leucio Câmara
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-913750
Autor: Macedo, Lucia Oliveira de; Santos, Marcos Antônio Bezerra; Alves, Leucio Câmara; Ramos, Rafael Antonio Nascimento; Carvalho, Gílcia Aparecida de.
Título: Reliability of different methods of diagnosing intestinal parasites in horses
Fonte: Rev. patol. trop;46(4):331-338, dez. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Parasitism by intestinal nematodes may cause serious injuries to equines affecting their performance, given that the parasites compete for food and cause irritation, internal bleeding and anaemia. The diagnostic methods currently available are not efficient in detecting all the species of parasites simultaneously, hampering reliable diagnosis. Therefore, the purpose of this study was to evaluate four diagnostic methods for detecting equine intestinal parasites in the southern hinterland of Pernambuco, Brazil. Fecal samples (n = 87) were collected and examined through flotation based methods (Willis-Mollay, modified centrifugal flotation and EPG/OPG) and sedimentation (Hoffman). Of the total number of samples examined, 77.0% (67/87) were positive by modified centrifugal flotation; 44.8% (39/87) were positive by the Willis-Mollay method; 34.5% (30/87) by the Hoffman method and 28.7% (25/87) by the EPG/ OPG method. The Kappa index indicated moderate concordance between the Willis-Mollay and modified centrifugal flotation techniques (K= 0.477); Willis-Mollay and EPG/OPG (K= 0.466); EPG/OPG and Hoffman (K= 0.425). In conclusion, modified centrifugal flotation presented high sensitivity for detection of parasites of the Strongylida order and Parascaris spp. It may, therefore, be used in association with the Willis-Mollay technique as a safe and accurate method of diagnosis.
Descritores: Estrongilídios
-Cestoides
Enteropatias Parasitárias
Responsável: BR816.9


  6 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Takemoto, Ricardo Massato
Texto completo
Id: biblio-831616
Autor: Graça, Rodrigo Junio da; Fabrin, Thomaz Mansini Carrenho; Gasques, Luciano Seraphim; Prioli, Sônia Maria Alves Pinto; Prioli, Alberto José; Takemoto, Ricardo Massato.
Título: Molecular markers in studies on fish parasites (Platyhelminthes): Review / Marcadores moleculares aplicados a estudos de Platyhelminthes parasitos de peixes: revisão
Fonte: Acta sci., Biol. sci;38(4):495-500, oct.-dec. 2016. ilus.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT. Studies with molecular markers are currently more common for all groups of living organisms. Molecular techniques used in Platyhelminthes parasites of fishes do not merely reveal complex life cycles, but are important for species distinction and the elucidation of the phylogenetic hypothesis. Current research verified which molecular markers were mainly used phylogenetic studies on Platyhelminthes parasites of fish so that subsidies for further phylogenetic studies in Icthyoparasitology could be provided. Data base of CAPES Journals platform was employed for bibliometric analysis comprising the keywords "fish" and "phylogeny" associated with "Cestoda", "Digenea" or "Monogenea". Information retrieved was quantified and tabulated. Most studies were on Monogenea (43%), followed by Digenea (37%) and Cestoda (18%). Ribosomal molecular markers were the most used in the phylogenetic studies for fish parasites. Due to the advance of molecular biology techniques and of bioinformatics, with more robust phylogenetic analysis, the use of these techniques in other areas such as Ichytioparasitology is on the increase. In fact, molecular phylogenetics and morphological structures analysis have efficiently contributed towards the understanding of phylogenetic relationships among the groups.

Estudos com marcadores moleculares são cada vez mais comuns em todos os grupos de seres vivos. Para os platelmintes parasitos de peixes, as técnicas moleculares possibilitam desvendar ciclos de vida complexos, sendo importantes também na distinção de espécies e na elucidação de hipóteses filogenéticas. Neste sentido, este trabalho teve como objetivo verificar quais são os principais marcadores moleculares utilizados nos estudos de platelmintos parasitos de peixes, visando fornecer subsídios para futuros estudos filogenéticos na Ictioparasitologia. Para a análise bibliométrica foi utilizado o banco de dados dos Periódicos da CAPES, tendo como palavras-chave "fish" e "phylogeny" associadas a "Cestoda", "Digenea" e "Monogenea". As informações obtidas nos trabalhos foram tabuladas e quantificadas. Dos 143 trabalhos obtidos 43% foram com monogenéticos, 37% com digenéticos e 18% com cestoides. Os marcadores moleculares ribossomais foram os mais utilizados nos estudos filogenéticos com estes parasitos de peixes. Com o avanço das técnicas de biologia molecular e da bioinformática, com análises filogenéticas mais robustas, é crescente a utilização destas técnicas na Ictioparasitologia. A filogenética molecular, juntamente com a análise de estruturas morfológicas tem contribuído de maneira mais eficiente para o entendimento das relações de parentesco, entre estes grupos de parasitos de peixes.
Descritores: Cestoides
DNA Ribossômico
Peixes
Parasitos
Platelmintos
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  7 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Silva, Amalia Verônica Mendes da
Texto completo
Id: lil-766273
Autor: LOPES, Valeriana Valadares; SANTOS, Hudson Andrade dos; SILVA, Amália Verônica Mendes da; FONTES, Gilberto; VIEIRA, Gabriela Lisboa; FERREIRA, Arilton Carlos; SILVA, Eduardo Sergio da.
Título: FIRST CASE OF HUMAN INFECTION BY Bertiella studeri (Blanchard, 1891) Stunkard,1940 (Cestoda; Anoplocephalidae) IN BRAZIL / Primeiro caso de infecção humana por Bertiella studeri (Blanchard, 1891) Stunkard,1940 (Cestoda; Anoplocephalidae) no Brasil
Fonte: Rev. Inst. Med. Trop. Säo Paulo;57(5):447-450, Sept.-Oct. 2015. graf.
Idioma: en.
Resumo: SUMMARY Cestodes of the Bertiella genus are parasites of non-human primates found in Africa, Asia, Oceania and the Americas. Species Bertiella studeri and Bertiella mucronatacould, accidentally, infect human beings. The infection occurs from ingestion of mites from the Oribatida order containing cysticercoid larvae of the parasite. The objective of this report is to register the first case of human infection by Bertiella studeri in Brazil. Proglottids of the parasite, found in the stool sample of a two-and-a-half-year-old child, were fixed, stained and microscopically observed to evaluate its morphological characteristics. Eggs obtained from the proglottids were also studied. The gravid proglottids examined matched the description of the genus Bertiella. The eggs presented a round shape, with the average diameter of 43.7 µm, clearly showing the typical pyriform apparatus of B. studeri. The authors concluded that the child was infected with Bertiella studeri,based on Stunkard's (1940) description of the species. This is the fifth case of human Bertiellosis described in Brazil through morphometric analysis of the parasite, the third in Minas Gerais State and the first diagnosed case of Bertiella studeriin Brazil.

RESUMO Os cestódeos do gênero Bertiellasão parasitos de primatas não humanos, os quais são encontrados na África, Ásia, Austrália, Oceania e Américas. As espécies Bertiella studeri e Bertiella mucronata podem, eventualmente, vir a infectar os seres humanos e a infecção acontece pela ingestão acidental de ácaros da ordem Oribatida infectados com larvas cisticercóides do parasito. O objetivo deste estudo foi relatar o primeiro caso humano por Bertiella studeri no Brasil. Proglotes do parasito, encontrado na amostra de fezes de uma criança com idade de 2,5 anos, foram fixados, corados e observados ao microscópio para avaliar as suas características morfológicas. Ovos, obtidos a partir dos proglotes também foram estudados. As proglotes grávidas examinadas estavam de acordo com a descrição do gênero Bertiella. Os ovos apresentam forma arredondada com diâmetro médio de 43,7 µm, demonstrando claramente aparelho piriforme típico de B. studeri. Os autores concluíram que a criança estava infectada com Bertiella studeri, de acordo com a descrição da espécie por Stunkard (1940). Este é o quinto caso de Bertiellose humana descrita no Brasil por meio de análises morfométricas do parasito, o terceiro em Minas Gerais e o primeiro caso de diagnóstico por Bertiella studeri no Brasil.
Descritores: Cestoides/classificação
Infecções por Cestoides/epidemiologia
Fezes/parasitologia
-Brasil/epidemiologia
Cestoides/isolamento & purificação
Infecções por Cestoides/diagnóstico
Infecções por Cestoides/parasitologia
Limites: Animais
Pré-Escolar
Feminino
Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-691450
Autor: Romaní, Elizabeth Luz Sánches.
Título: Análise molecular e filogenética de Echinococcus granulosus isolados de hospedeiros das áreas endêmicas do Peru / Molecular and phylogenetic analysis of Echinococcus granulosus isolates from hosts of endemic areas of Peru.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2011. xvii, 98 p. ilus, tab, mapas.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Echinococcus granulosus, o menor cestóide, é distribuído por todo o mundo. Este parasito, sob a forma de larva, é responsável pela equinococose cística (EC) ou hidatidose, uma das zoonoses de maior importância médica e veterinária que ocasiona grandes pernas econômicas nas regiões pecuárias e agrícolas. E. granulosus é caracterizado por apresentar uma alta variabilidade intra-específica que é associada com hospedeiros intermediários diferentes. Dez variantes intra-específicas ou genótipos distintos (G1-G10) foram definidos com base na diversidade genética. A identificação de variantes ou genótipos circulantes em diferentes hospedeiros das regiões endêmicas da EC é epidemiologicamente importante, porque diferentes características biológicas entre as variantes individuais podem influenciar no padrão de ciclo de vida, especificidade do hospedeiro, o tempo de desenvolvimento, antigenicidade, dinâmica de transmissão, sensibilidade a agentes quimioterápicos e patogênese, com implicações importantes para a epidemiologia, diagnóstico, tratamento e controle de endemia. A região andina do Peru, que inclui as áreas de Puno, Junín, Arequipa, Cusco, Huanacavelica e Ayacucho, tem uma alta prevalência de EC. Para determinar as variantes ou genótipos de E. granulosus circulantes em hospedeiros intermediários das regiões endêmicas do Peru, foram coletadas amostras de cistos hidáticos de bovinos (44), ovinos (41) e humanos (14). Cistos hidáticos de alpaca (4) de Puno e porcos (8) de Ayacucho também foram incluídos neste estudo. DNA de todos os isolados (protoscólices e/ou camadas germinativas) de E. granulosus foram extraídos e usados para amplificar duas regiões de genes mitocondriais que codificam o citocromo C oxidadase subunidade1 (CO1) e NADH desidrogenase subunidade 1 (ND1). Produtos de PCR CO1 (450bp) e ND1 (550bp e 800bp) foram seqüenciados e as seqüências comparadas com as referencias para E. granulosus encontrados na base de dados do GenBank. Análises filogenéticas também foram desenvolvidas. Seqüências parciais do gene CO1 (375bp) e ND1 (483bp e 747bp) mostraram que todos os isolados de bovinos, ovinos, alpaca e 4/8 isolados de porcos correspondem ao genótipo G1 (linhagem da ovelha comum). Três isolados de ovelhas de Ayacucho mostraram polimorfismo de apenas um nucleotídeo indicando a preseça de uma microvariante do genótipo G1 de E. granulosus, a G14. Quatro de oito seqüências isoladas de porco de Ayacucho mostraram identidade com o genótipo G7 (linhagem suína) de E. granulosus. As análises filogenéticas das seqüências dos genes CO1 e ND1 mostraram árvores semelhantes para ambos os genes, onde há um grupo albergando a maioria das seqüências com o genótipo G1 e outro de quatro seqüências isoladas de porco com o genótipo G7. Além disso, um grupo particular de três seqüências isoladas de ovelhas provenientes de Ayacucho é agrupado com a microvariante G14. Os resultados obtidos neste estudo mostram a predominância do genótipo G1, em bovinos, ovinos, alpacas, porcos e seres humanos nas regiões endêmicas do Peru. A microvariante G14 foi identificada pela primeira vez na América do Sul. Dois genótipos G1 e G7 podem infectar porcos de Ayacucho. Os dados mostrados devem ser considerados para que as medidas de prevenção e controle de EC sejam verdadeiramente eficazes nessas regiões.
Descritores: Cestoides
Echinococcus granulosus
Doenças Endêmicas
Equinococose/epidemiologia
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas
BR15.1


  9 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Matos, Edilson
Texto completo
Id: lil-688707
Autor: Videira, Marcela; Velasco, Michele; Dias, Lilian; Matos, Patricia; Almeida, Henrique Diniz Ferreira de; Costa, Marcondes Lima da; Sao Clemente, Sergio Carmona de; Matos, Edilson.
Título: Gobioides broussonnetii (Gobiidae): a new host for Pterobothrium crassicolle (Trypanorhyncha) on Marajó Island, northern Brazil / Gobioides broussonnetii (Gobiidae): um novo hospedeiro para Pterobothrium crassicolle (Trypanorhyncha) na Ilha do Marajó, Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;22(3):398-401, Jul-Sep/2013. graf.
Idioma: en.
Resumo: In the present study, the cestoid Pterobothrium crassicolle Diesing, 1850 (Trypanorhyncha), was observed parasitizing specimens of the violet goby (Gobioides broussonnetii Lacepède, 1800) collected from the estuary of the Paracauarí River on Marajó Island in the north of the Brazilian state of Pará, between January 2009 and December 2010. Tissue samples were analyzed, which led to identification of blastocysts containing plerocercoid larvae. These larvae were processed for scanning electron microscopy. Sixty G. broussonnetii specimens were dissected, and P. crassicolle was found in 48 (80%) of them. The violet goby, G. broussonnetii, is a new host for P. crassicolle.

No presente estudo, o cestóide Pterobothrium crassicolle Diesing, 1850 (Trypanorhyncha) é descrito parasitando espécimes do Peixe-dragão (Gobioides broussonnetii Lacepède, 1800), coletados no estuário do rio Paracauari na Ilha de Marajó no Norte do Estado do Pará, entre janeiro de 2009 e dezembro de 2010. Amostras de tecidos foram analisadas e blastocistos contendo larvas plerocercóides foram identificados. Estas larvas foram processadas para microscopia eletrônica de varredura. Sessenta espécimes de G. broussonnetii foram analisados, e P. crassicolle foi encontrado em 48 indivíduos (80%). Este é o primeiro registro de P. crassicolle parasitando o Peixe-dragão, G. broussonnetii.
Descritores: Cestoides/isolamento & purificação
Perciformes/parasitologia
-Brasil
Cestoides/anatomia & histologia
Microscopia Eletrônica de Varredura
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 100 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-674378
Autor: Leite, Patrícia V. B; Leite, Luiza B; Cunha, Arildo P. da; Silva, Marcos X; Bello, Ana Cristina P. P; Domingues, Luísa N; Leite Jr, Antônio; Leite, Romário C.
Título: Clinical aspects and dynamics of auricular parasitosis in Gir cattle / Aspectos clínicos e dinâmica de parasitoses auriculares em bovinos da raça Gir
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;33(3):319-325, Mar. 2013. ilus, graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: We evaluated the dynamics of ear infestations caused by Rhabditis spp. and Raillietia spp., which were correlated with animal age, intensity of clinical signs and climate factors. Sixty-four Gir cattle were distributed into three groups: GA - 23 calves with 4 to 6 months of age; GB - 18 calves with 7 to 12 months of age; and GC - 23 heifers with 13 to 33 months of age. Five samplings, defined as S1, S2, S3, S4 and S5 were performed every three months from August 2008 to August 2009. The ear secretion was collected using the auricular washing method for the right ear and a swab for the left ear. A clinical assessment of the animals was performed, and they were classified according to the presence and severity of otitis. The highest relative frequency of rhabditosis was 52.2% in GC at the last sampling. In the first sampling, 42.2% of the animals were infested by Raillietia spp. The older cattle were more susceptible to infestations by both parasites. No correlation of Rhabditis spp. and Raillietia spp. parasitism with climate factors was found. The results showed that both parasites could infest Gir cattle, and in most cases, there was no co-infestation. Only older animals parasitized by the nematode showed clinical signs of the disease.

Avaliou-se a dinâmica da infestação auricular causada por Rhabditis spp. e por Raillietia spp., relacionando-a com a idade dos animais, com a intensidade dos sinais clínicos e com os fatores climáticos. Utilizaram-se 64 bovinos Gir, distribuídos em três grupos: GA - 23 bezerros de quatro a seis meses de idade, GB - 18 bezerros de sete a 12 meses e GC - 23 novilhas de 13 a 33 meses. Foram feitas cinco coletas a cada três meses. A secreção auricular foi coletada utilizando o método de lavagem auricular na orelha direita e um swab na orelha esquerda. Fez-se avaliação clínica dos animais classificando-os de acordo com a presença e gravidade da otite. A maior frequência relativa da rhabditiose encontrada foi de 52,2%, no GC na ultima coleta. Na primeira coleta, 42,2% dos animais estavam infestados pela Raillietia spp. Os bovinos mais velhos foram mais suscetíveis às infestações de ambos os parasitos. Não foi encontrada correlação entre o parasitismo por Rhabditis spp. e por Raillietia spp. e os fatores climáticos. Concluiu-se que ambos os parasitas podem infestar bovinos da raça Gir e na maioria dos casos, não ocorreram infestações simultâneas. Apenas os animais mais velhos, parasitados pelo nematóide, apresentaram sinais clínicos da doença.
Descritores: Cestoides/isolamento & purificação
Infecções por Cestoides/veterinária
Infecções por Rhabditida/veterinária
Rhabditoidea/isolamento & purificação
-Labirintite/veterinária
Otite Média/veterinária
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 10 ir para página                        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde