Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.500.500.736.215 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 106 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 11 ir para página                         

  1 / 106 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
ARAÚJO, Jackson Victor de
Texto completo
Id: lil-571142
Autor: Araujo, Juliana Milani; Braga, Fabio Ribeiro; Araújo, Jackson Victor de; Benjamin, Laércio dos Anjos.
Título: The ovicidal activity of fungi Pochonia chlamydosporia and Paecilomyces lilacinus on Taenia saginata eggs in laboratory trial / Atividade ovicida dos fungos Pochonia chlamydosporia e Paecilomyces lilacinus sobre / ovos de Taenia saginata em condições laboratoriais
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;69(2):165-169, abr.-jun. 2010. tab.
Idioma: en.
Resumo: The ovicidal activity (type 3 effect) of fungi Pochonia chlamydosporia (VC1 and VC4 isolated) and Paecilomyces lilacinus (PL1) on Taenia saginata eggs was compared in an experimental trial. T. saginata eggs were fixed onto Petri dishes containing 2% water-agar (2% WA) and fungal isolates, and onto Petridishes without fungus as control. The ovicidal activity of these fungi was evaluated after being incubated for 5, 10 and 15 days. From the beginning of the interaction to the end of the trial, both P. chlamydosporia(VC1 and VC4) and P. lilacinus (PL1) fungi demonstrated ovicidal activity (p<0,05) when compared to the control. However, after 15 days of incubation the P. lilacinus fungus showed higher ovicidal activity (effect of type 3) when compared to P. chlamydosporia. This study showed that both fungi P. chlamydosporia (VC1and VC4) and P. lilacinus (PL1) are capable in killing eggs of T. saginata, therefore these fungi might be considered as potential candidates for biological control of this cestoda.

A atividade ovicida (efeito tipo 3) dos fungos Pochonia chlamydosporia (isolados VC1 e VC4) e Paecilomyceslilacinus (PL1) sobre os ovos de Taenia saginata foi investigada, em condições laboratoriais. Os ovos de T. saginata foram colocados em placas de Petri contendo o meio agar-água 2% (AA 2%) com os isolados fúngicos e, também, em placas de Petri sem fungos, como controle. A atividade ovicida desses fungos foi avaliada depois de 5, 10 e 15 dias de incubação. Ao final do experimento, os fungos P. chlamydosporia (VC1 e VC4) e P. lilacinus (PL1) demonstraram atividade ovicida (p<0,05) quando comparados com o controle. Contudo, aos 15 dias de incubação o fungo P. lilacinus demonstrou maior atividade ovicida (efeito do tipo 3) em relação ao P. chlamydosporia. Este estudo demonstrou que os fungos P. chlamydosporia (VC1 e VC4) e P. lilacinus (PL1) possuem a capacidade de destruir os ovos de T. saginata e, portanto, podem ser considerados como potenciais candidatos no controle biológico deste cestoda.
Descritores: Paecilomyces
Taenia saginata
Cestoides
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  2 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-795085
Autor: Gomez-Puerta, Luis Antonio; Alarcon, Virgilio; Pacheco, Joel; Franco, Francisco; Lopez-Urbina, Maria Teresa; Gonzalez, Armando Emiliano.
Título: Molecular and morphological evidence of Taenia omissa in pumas (Puma concolor) in the Peruvian Highlands / Evidência molecular e morfológica de Taenia omissa em onça-pardas (Puma concolor) dos Andes Peruanos
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;25(3):368-373, July-Sept. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract A total of 41 cestodes were collected during necropsy examination on 2 pumas (Puma concolor) that were found in 2 communities in Canchis province, Cuzco region, Peru, at 4500 meters above sea level (Peruvian Andes). The cestodes were evaluated morphologically and molecularly. A fragment of the mitochondrial cytochrome c oxidase subunit 1 gene (cox1) was used as a genetic marker. All the cestodes were identified as Taenia omissa. In the present report, we give a brief description by molecular and morphological diagnosis of the cestodes and compare nucleotide sequences with previous isolates from GenBank. Upon comparison, the sequences showed a difference in the cox1 gene of 5.1 to 5.3% with other teniids sequences. This finding constitutes the first report of T. omissa in Peru and expands the geographic distribution of this parasite.

Resumo Um total de quarenta e um cestóides foram coletados durante a necropsia de duas onça-pardas (Puma concolor) encontradas em duas comunidades na província de Canchis, em Cuzco, a 4500 metros acima do nível do mar, nos Andes peruanos. Os cestóides foram avaliados morfologicamente e molecularmente. Um fragmento do gene citocromo C oxidase subunidade 1 (cox1) foi utilizado como marcador genético. Todos os cestóides foram identificados como Taenia omissa. No presente relato, dá-se uma breve descrição dos cestóides e compara-se sequências de nucleotídeos com isolados anteriores presentes no GenBank. Após a comparação, as sequências mostraram uma diferença de 5,1-5,3% entre o gene cox1 e outras sequências de tênias. Esse achado constitui o primeiro relato de T. omissa no Peru e amplia a informação sobre a distribuição geográfica deste parasita.
Descritores: Taenia/isolamento & purificação
Puma/parasitologia
-Peru
Taenia/genética
Sequência de Bases
Cestoides/classificação
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-899295
Autor: Vaz, Frederico Fontanelli; Silva, Lidiane Aparecida Firmino da; Ferreira, Vivian Lindmayer; Silva, Reinaldo José da; Raso, Tânia Freitas.
Título: Gastrointestinal helminths of two populations of wild pigeons (Columba livia) in Brazil / Helmintos gastrointestinais de duas populações de pombos de vida livre (Columba livia) no Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;26(4):446-450, Oct.-Dec. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The present study analyzed gastrointestinal helminth communities in 265 wild pigeons (Columba livia) living in the municipalities of São Paulo and Tatuí, state of São Paulo, Brazil, over a one-year period. The birds were caught next to grain storage warehouses and were necropsied. A total of 790 parasites comprising one nematode species and one cestode genus were recovered from 110 pigeons, thus yielding an overall prevalence of 41.5%, mean intensity of infection of 7.2 ± 1.6 (range 1-144) and discrepancy index of 0.855. Only 15 pigeons (5.7%) presented mixed infection. The helminths isolated from the birds were Ascaridia columbae (Ascaridiidae) and Raillietina sp. (Davaineidae). The birds' weights differed according to sex but this did not influence the intensity of infection. The overall prevalence and intensity of infection did not differ between the sexes, but the prevalence was higher among the birds from Tatuí (47.8%). The gastrointestinal helminth community of C. livia was characterized in the two areas studied and parasite homogeneity was observed over the 12 months analyzed at both locations. These results make contributions to the current literature on health aspects of wild C. livia populations.

Resumo O presente estudo analisou comunidades gastrointestinais de helmintos em 265 indivíduos de Columba livia de vida livre nos municípios de São Paulo e Tatuí, estado de São Paulo, Brasil, durante um ano. As aves foram capturadas em áreas de armazenamento de grãos e sementes e necropsiadas. Um total de 790 parasitos representando uma espécie de nematódeo e um gênero de cestoide foram recuperados de 110 pombos com uma prevalência geral de 41,5%, intensidade média de infecção de 7,2 ± 1,6 (amplitude 1-144) e índice de discrepância de 0,855. Somente 15 (5,7%) pombos tiveram uma infecção mista. Os helmintos isolados das aves foram Ascaridia columbae (Ascaridiidae) e Raillietina sp. (Davaineidae). O peso das aves foi diferente entre os sexos, mas não influenciou a intensidade de infecção. A prevalência geral e a intensidade de infecção não foram diferentes entre sexo, mas a prevalência foi maior nas aves de Tatuí (47,8%). A comunidade gastrointestinal de helmintos de C. livia foi caracterizada nas duas áreas estudadas e uma homogeneidade de parasitos foi observada nos 12 meses analisados, em ambas localidades. Os resultados contribuem para a literatura atual sobre aspectos sanitários de populações de C. livia em vida livre.
Descritores: Ascaridia/isolamento & purificação
Ascaridíase/veterinária
Doenças das Aves/parasitologia
Cestoides/isolamento & purificação
Infecções por Cestoides/veterinária
Trato Gastrointestinal/parasitologia
-Columbidae
Brasil
Animais Selvagens
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Multicêntrico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-899310
Autor: Rodríguez-Ibarra, Erick; Pulido-Flores, Griselda; Violante-González, Juan; Monks, Scott.
Título: A new species of Acanthobothrium (Eucestoda: Onchobothriidae) in Aetobatus cf. narinari (Myliobatidae) from Campeche, México / Uma nova espécie de Acanthobothrium (Eucestoda: Onchobothriidae) em Aetobatus cf. narinari (Myliobatidae) de Campeche, México
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;27(1):66-73, Jan.-Mar. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CONACyT Scholarship.
Resumo: Abstract The helminthological examination of nine individuals of Aetobatus cf. narinari (spotted eagle ray; raya pinta; arraia pintada) revealed the presence of an undescribed species of cestode of the genus Acanthobothrium. The stingrays were collected from four locations in México: Laguna Términos, south of Isla del Carmen and the marine waters north of Isla del Carmen and Champotón, in the State of Campeche, and Isla Holbox, State of Quintana Roo. The new species, nominated Acanthobothrium marquesi, is a category 3 species (i.e, the strobila is long, has more than 50 proglottids, the numerous testicles greater than 80, and has asymmetrically-lobed ovaries); at the present, the only category 3 species that has been reported in the Western Atlantic Ocean is Acanthobothrium tortum. Acanthobothrium marquesi n. sp. can be distinguished from A. tortum by length (26.1 cm vs. 10.6 cm), greater number of proglottids (1,549 vs. 656), a larger scolex (707 µm long by 872 µm wide vs. 699 µm long by 665 µm wide), larger bothridia (626 µm long by 274 µm wide vs. 563 µm long by 238 µm wide). This is the first report of a species of Acanthobothrium from the Mexican coast of the Gulf México.

Resumo O exame helmintológico do trato digestivo de nove espécimes de Aetobatus cf. narinari (arraia pintada) revelou a presença de uma nova espécie de cestódeo do gênero Acanthobothrium. As arraias foram coletadas de quatro locais no México: Laguna Términos, ao sul de Isla del Carmen e nas águas marinhas ao norte de Isla del Carmen e Champotón, no estado de Campeche, e Isla Holbox, estado de Quintana Roo. A nova espécie foi denominada Acanthobothrium marquesi, pertencente a uma espécie da categoria 3 (estrobilo longo, tendo mais de 50 proglotes, numerosos testículos, superiores a 80, e ovários assimetricamente lobados). Apenas outra espécie deste gênero, Acanthobothrium tortum pertence a categoria 3, no Oceano Atlântico Ocidental. Acanthobothrium marquesi n. sp. se distingue de A. tortum por ser mais longo (26,1 cm vs. 10,6 cm), possuir maior número de proglotes (1.549 vs. 656), ter um escolex maior (707 µm de comprimento por 872 µm de largura vs. 699 µm de comprimento por 666 µm de largura), e botridias maiores (626 µm de comprimento por 274 µm de largura vs. 563 µm de comprimento por 238 µm de largura). Este é o primeiro relato de uma espécie de Acanthobothrium do Golfo do México.
Descritores: Rajidae/parasitologia
Cestoides/isolamento & purificação
Cestoides/anatomia & histologia
Infecções por Cestoides/veterinária
Doenças dos Peixes/parasitologia
-Microscopia Eletrônica de Varredura
Infecções por Cestoides/parasitologia
México
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1057977
Autor: Oliveira, João Victor Ferreira de; Kuraiem, Bianca Porto; Fonseca, Michelle Cristie Gonçalves da; Gomes, Delir Corrêa; Knoff, Marcelo.
Título: Trypanorhynch cestodes parasitizing Mugil liza (Mugiliformes: Mugilidae) commercialized in the state of Rio de Janeiro, Brazil / Cestoides Trypanorhyncha parasitando Mugil liza (Mugiliformes: Mugilidae) comercializados no estado do Rio de Janeiro, Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;28(4):773-778, Oct.-Dec. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CIEE; . CNPq.
Resumo: Abstract The aim of the present study was to identify, through morphological and morphometric analyses, the species of trypanorhynch cestodes found as plerocerci in the intestinal serosa of Mugil liza and to determine their parasitic indices. One hundred and fifty specimens of this mullet collected off the coast of the state of Rio de Janeiro were necropsied and the trypanorhynch cestodes found were fixed and preserved as whole mounts for morphological analysis. The plerocerci were identified as Callitetrarhynchus gracilis and Pterobothrium crassicole, both with a prevalence of 0.67%, an intensity of 1 and abundance of 0.0067, in single infections. This is the first record of a trypanorhynch cestode parasitizing M. liza in Brazil. Although the parasitic indexes were low, from a hygienic-sanitary perspective the plerocerci of these species are visible to the naked eye, and thus can disgust consumers and make marketing the fish unfeasible.

Resumo O presente estudo objetivou determinar taxonomicamente as espécies de plerocercos de cestoides Trypanorhyncha encontradas na serosa intestinal das tainhas Mugil liza, através do estudo morfológico e morfométrico e indicar seus índices parasitários. Foram coletados 150 espécimes desta espécie de tainha do litoral do estado do Rio de Janeiro. Após as necropsias, os cestoides Trypanorhyncha encontrados foram fixados e preservados em montagens permanentes para permitir a análise de suas estruturas morfológicas. Os plerocercos foram identificados como Callitetrarhynchus gracilis e Pterobothrium crassicole e ambas as espécies apresentaram prevalência de 0,67%, intensidade de 1 e abundância de 0,0067, em infecções únicas. Este é o primeiro registro de cestoides Trypanorhyncha parasitando M. liza no Brasil. Quanto ao aspecto higiênico-sanitário, vale ressaltar que, embora os índices parasitários registrados tenham sido baixos, os plerocercos dessas espécies estavam visíveis a olho nu, podendo causar repugnância ao consumidor e inviabilizar a comercialização do pescado.
Descritores: Cestoides/anatomia & histologia
Cestoides/classificação
Peixes/parasitologia
-Brasil
Cestoides/isolamento & purificação
Comércio
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-951581
Autor: Cardoso, L; Lacerda, A C F; Gonçalves, E L T; Cadorin, D I; Bonfim, C N C; Oliveira, R L M; Martins, M L.
Título: Gill metazoan parasites of the spotted goatfish Pseudupeneus maculatus (Ostheichthyes: Mullidae) from the Coast of Pernambuco, northeastern Brazil / Metazoários parasitos de brânquias do saramunete Pseudupeneus maculatus (Ostheichthyes: Mullidae) da costa de Pernambuco, Nordeste do Brasil
Fonte: Braz. j. biol;78(3):414-420, Aug. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq.
Resumo: Abstract This study evaluated the parasite fauna on the gills of spotted goatfish Pseudupeneus maculatus captured in the dry and rainy seasons in the coast of the State of Pernambuco, Brazil. Eight parasite species were identified belonging to the following taxa: Monogenea (Haliotrema caraïbensis, Haliotrema caballeroi and Haliotrema golvani); Crustacea (Rocinela signata, Hamaticolax scutigerulus and Caligidae gen. sp.) and Cestoda (Nybelinia indica and Pseudolacistorhynchus noodti). The most prevalent parasites were: Monogenea (100%), H. scutigerulus (35%), N. indica (11.7%), R. signata (8.3%), Caligidae gen. sp. (3.33%) and P. noodti (0.83%). Values of infestation are compared to other studies, and the uncommon occurrence of Trypanorhyncha on the gills suggests that the spotted goatfish could be an intermediate host for the parasite.

Resumo O presente estudo investigou a fauna parasitária das brânquias do peixe conhecido como saramunete Pseudupeneus maculatus, capturados nas estações seca e chuvosa na costa do estado de Pernambuco, Brasil. Oito espécies de parasitos foram identificadas, pertencentes aos seguintes táxons: Monogenea (Haliotrema caraïbensis, Haliotrema caballeroi e Haliotrema golvani); Crustacea (Rocinela signata, Hamaticolax scutigerulus e Caligidae gen. sp.) e Cestoda (Nybelinia indica e Pseudolacistorhynchus noodti). Os parasitos mais prevalentes foram: Monogenea (100%), H. scutigerulus (35%), N. indica (11,7%), R. signata (8,3%), Caligidae gen. sp. (3,33%) e P. noodti (0,83%). Os valores de infestação são comparados a outros estudos, e a ocorrência incomum de cestóides Trypanorhyncha sugere que o saramunete pode ser um hospedeiro intermediário para o parasito.
Descritores: Perciformes/parasitologia
Cestoides/crescimento & desenvolvimento
Doenças dos Peixes/parasitologia
Peixes/parasitologia
-Parasitos
Estações do Ano
Especificidade da Espécie
Brasil/epidemiologia
Prevalência
Copépodes
Peixes/classificação
Brânquias/parasitologia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-121520
Autor: Tantaleán, Manuel; Gonzalo, Alfonso.
Título: Nota sobre algunos helmintos para el Perú / Note about some helmintes for Peru
Fonte: Rev. peru. med. trop;6:85-6, 1992.
Idioma: es.
Resumo: Se da conocer por primera vez en el Perú, la presencia de algunos helmintos. Cestoda: Ophiotaenia calmetti (Barros, 1858) La Rue, 1911. Trematoda: Athesmia heterolecithoides (Braun, 1899) Looss, 1899; Nematoda: Molineus nasuae Lent & Freitas, 1938; Uncinaria stenocephala (Railliet, 1884) Railliet, 1885; Uncinaria sp. y Hastospiculum onchocercum Chiwood, 1932
Descritores: Helmintos/análise
-Peru
Trematódeos/isolamento & purificação
Trematódeos/classificação
Trematódeos/parasitologia
Cestoides/análise
Cestoides/classificação
Cestoides/parasitologia
Helmintos/classificação
Helmintos/parasitologia
Nematoides/análise
Nematoides/classificação
Nematoides/parasitologia
Limites: Animais
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  8 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1013738
Autor: Al Quraishy, Saleh; Dkhil, Mohamed Abdel Monem; Abdel-Gaber, Rewaida; Al-Shaebi, Esam; Jaffal, Ahmad Abu; Morsy, Kareem.
Título: Morphological and molecular insights of a new species of trypanorhynchid cestode parasite, Nybelinia exostigmi, in the Narrowstripe cardinal fish Apogon exostigma / Abordagens morfológicas e moleculares de uma nova espécie de parasito cestóide tripanorrinquídeo, Nybelinia exostigmi, no peixe cardinal Narrowstripe Apogon exostigma
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;28(2):266-282, Apr.-June 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Forty specimens of the Narrowstripe cardinal fish Apogon exostigma were examined for gastrointestinal helminthes, and 62.5% were infected with a new trypanorhynchid larval cestode parasite. The morphology of its larval stage was studied based on light and scanning electron microscopy. The data revealed plerocercoid larvae characterized by a pyriform body lined with prominent microtriches; the acraspedote scolex had four overlapping bothridia; four tentacles protruded through the pars bothridialis; the armature of the tentacles was homeocanthous, homeomorphous, and consisted of falcate compact rose-thorn-shaped tentacular hooks; four oval-shaped bulbs in pars bulbosa; and short appendix at terminal end of the body. Molecular analysis of the 18S rRNA sequences verified the taxonomy of this parasite and supported its morphology. We discovered that there was a close identity (up to 87%) with alternative species obtained for comparison from GenBank. The data also showed that there were high blast scores and low divergence values between this parasite and other Tentaculariidae species. The phyletic analysis showed that parasite sequences in conjunction with existing data places this trypanorhynchid species among the Tentaculariidae. This species is deeply embedded within genus Nybelinia with close relationships to Nybelinia queenslandensis as a putative sister taxon.

Resumo Quarenta espécimes do peixe cardinal Apogon exostigma da Narrowstripe foram examinados para identificar helmintos gastrointestinais, destes 62,5% foram infectados com um novo parasito larval cestóide tripanorrinquídeo. A morfologia de seu estágio larval foi estudada na microscopia de luz e eletrônica de varredura. Os dados revelaram larvas plerocercoides caracterizadas por uma forma piriforme com um corpo revestido por microtrícinos proeminentes; o escolex acraspedótico tinha quatro sobreposições; quatro tentáculos se projetavam através da pars botridialis; a armadura dos tentáculos era homeocante, homeomorfa e consistia de ganchos tentaculares em forma de espinhos, em forma de falcão; quatro bulbos ovais em pars bulbosa; e apêndice curto na extremidade terminal do corpo. A análise molecular das sequências de RNAr 18S verificou a taxonomia desse parasita e apoiou sua morfologia. Descobrimos que havia uma identidade próxima (até 87%) com espécies alternativas obtidas para comparação do GenBank. Os dados também mostraram que houve altos escores de brusone e baixos valores de divergência entre este parasita e outras espécies de Tentaculariidae. A análise filética mostrou que as sequências de parasitas em conjunto com os dados existentes colocam esta espécie de tripanorimidídeo entre os Tentaculariidae. Esta espécie está profundamente enraizada no gênero Nybelinia, tendo relações próximas com Nybelinia queenslandensis como um putativo táxon irmão.
Descritores: Perciformes/parasitologia
Cestoides/isolamento & purificação
Infecções por Cestoides/parasitologia
Doenças dos Peixes/parasitologia
-Filogenia
Perciformes/classificação
RNA Ribossômico 18S/genética
Cestoides/anatomia & histologia
Cestoides/classificação
Cestoides/genética
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1095916
Autor: Napoleão, S. R; Antonucci, A. M; Amorim, A. F; Takemoto, R. M.
Título: Occurrence of Rhinoptericola megacantha (Cestoda, Trypanorhyncha) in new host and new location / Ocorrência de Rhinoptericola megacantha (Cestoda, Trypanorhyncha) em novo hospedeiro e nova localidade
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;67(4):1175-1177, July-Aug. 2015. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Relata-se a ocorrência de Rhinoptericola megacantha (Cestoda, Trypanorhyncha) parasitando duas raias da espécie Rhinoptera brasiliensis, de um total de sete espécimes analisados. Foram encontrados três espécimes do cestóide, que havia sido descrito ocorrendo apenas no hospedeiro Rhinoptera bonasus capturado em Virginia (EUA), Golfo Venezuelano e Golfo do México. Este é o primeiro relato da ocorrência de R. megacantha no hospedeiro R. brasiliensis e primeira ocorrência no Brasil deste cestóide.(AU)
Descritores: Rajidae/parasitologia
Cestoides
-Brasil
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 106 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1006602
Autor: Silva, Giane Serafim da; Romera, Daiane Mompean; Prado, Maykon Bichoffi do; Soares, Vando Edésio; Meireles, Marcelo Vasconcelos.
Título: Mello and Campos (1974) method adapted for the recovery of cestodes in birds ( Gallus domesticus ) / Método Mello e Campos (1974) adaptado para recuperação de cestódeos de aves (Gallus domesticus)
Fonte: Arq. Inst. Biol;83:e0752015, 2016. ilus, tab.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP.
Resumo: The specific diagnosis and evaluation of the intensity of avian helminth infections are essential for efficacy studies and the determination of drug doses targeted to their control. This study evaluated the Mello and Campos method, originally described for parasitological diagnosis in dogs, in the recovery of scolices from cestode parasites of poultry (Gallus domesticus ). A total of 52 naturally infected birds obtained from farms underwent parasitological necropsy using the Mello and Campos method. The method consisted of four steps: content, soaking, scraping and evaluation. The number of scolices recovered per bird ranged from 1 to 4,345, and the highest number of scolices was recovered from material derived from the soaking step. The cestodes species diagnosed were Amoebotaenia cuneata , Choanotaenia infundibulum , Hymenolepis sp., Raillietina tetragona , Raillietina echinobothrida and Raillietina cesticillus . The Mello and Campos method, originally used to test for helminths in dogs, was effective in avian cestode testing because it includes a soaking step, which enables a more efficient recovery of scolices.(AU)

O diagnóstico específico e a avaliação da intensidade da infecção helmíntica em aves são fundamentais em estudos de eficácia e determinação de doses de medicamentos direcionados ao seu controle. O presente trabalho avaliou a aplicação e adaptação da metodologia de Mello e Campos, descrita originalmente para diagnóstico parasitológico em cães, na recuperação de escólices de cestódeos parasitos de aves domésticas (Gallus domesticus ). Foram empregadas 52 aves naturalmente infectadas e oriundas de produções rurais, as quais foram submetidas à necropsia parasitológica, adaptando-se a metodologia Mello e Campos. O método consistiu na realização de quatro etapas: conteúdo, imersão, raspado e avaliação. O número de escólices recuperadas por ave variou de 1 a 4.345, e o maior número de escólices foi recuperado do material oriundo da etapa de imersão. As espécies de cestódeos identificadas foram Amoebotaenia cuneata , Choanotaenia infundibulum , Hymenolepis sp., Raillietina tetragona , Raillietina echinobothrida e Raillietina cesticillus . Os resultados foram avaliados estatisticamente, concluindo-se que a metodologia adotada é eficaz para a recuperação de cestódeos de aves, uma vez que possui a etapa de imersão, que permite a recuperação mais eficiente de escólices.(AU)
Descritores: Aves Domésticas
Cestoides
Helmintíase/diagnóstico
Helmintos
-Métodos de Análise
Limites: Animais
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação



página 1 de 11 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde