Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.500.500.736.215.895 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 113 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 12 ir para página                         

  1 / 113 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Brod, Claudiomar Soares
Texto completo
Id: lil-776165
Autor: Teixeira, José Luís Rodrigues; Recuero, Ana Lúcia Coelho; Brod, Claudiomar Soares.
Título: Estudo ambispectivo de coorte da cisticercose bovina em abatedouros com Serviço de Inspeção Municipal (SIM) na região sul do Rio Grande do Sul, Brasil / Ambispectivo cohort study of bovine cysticercosis in slaughterhouses with municipal inspection service (SIM) in southern Rio Grande do Sul, Brazil
Fonte: Rev. patol. trop;44(2):146-154, 2015. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: No período de 2009 a 2013, os abatedouros com Serviço de Inspeção Municipal (SIM) do municípiode Pelotas-RS abateram 15.408 bovinos, identificando-se 389 com cisticercose, o que representou aprevalência média de 2,5 por cento. A distribuição temporal da prevalência revelou as maiores frequências,com diferenças significativas, nos meses de maio e dezembro, com uma razão de chances (OR) de1,35 (1,06 < OR < 1,71), ?2 = 6,32 e valor de p = 0,0113. Retornando 18 semanas dos períodos demaior prevalência para investigar as causas de contaminação ambiental, identificou-se que os mesesde julho, janeiro e fevereiro, no período 2009 a 2013, tiveram precipitações pluviométricas superioresa 100 mm, o que constitui um fator de dispersão de ovos de Taenia saginata. Os abatedouros comSIM são abastecidos com poucos animais provenientes de pequenas propriedades, principalmentede agricultura familiar. Estas propriedades incrementam a mão de obra especialmente nos meses dejulho, dezembro, janeiro e fevereiro, quando os filhos dos agricultores se encontram em período deférias escolares e ajudam no manejo dos animais e também na agricultura. Eles auxiliam na colheitada soja (janeiro a maio), do milho (dezembro a junho), do fumo (dezembro a fevereiro) e do feijão(outubro a março). Portanto, aumenta a concentração de provável fonte de infecção no campo.No cálculo do índice endêmico da cisticercose bovina por meio do critério do quartil, baseadonos dados retrospectivos do período de 2009 a 2013, o terceiro quartil (zona de alerta) apresentouprevalências esperadas refletindo a descrição acima. Ou seja, além das maiores precipitações emjulho, janeiro e fevereiro, também nesta época identificamos maior concentração de estudantes emférias, representando potenciais fontes de infecção.
Descritores: Doenças dos Bovinos
Estudos de Coortes
Cisticercose
Taenia
-Fatores de Risco
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  2 / 113 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-769506
Autor: Hamamoto Filho, Pedro Tadao; Zanini, Marco Antônio; Botta, Fabio Pires; Rodrigues, Marianna Vaz; Bazan, Rodrigo; Vulcano, Luiz Carlos; Biondi, Germano Francisco.
Título: Development of an experimental model of neurocysticercosis-induced hydrocephalus. Pilot study
Fonte: Acta cir. bras;30(12):819-823, Dec. 2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT PURPOSE: To develop an experimental model of neurocysticercosis-induced hydrocephalus METHODS: There were used 17 rats. Ten animals were inoculated with Taenia crassiceps cysts into the subarachnoid. Five animals were injected with 0.1ml of 25% kaolin (a standard solution for the development of experimental hydrocephalus) and two animals were injected with saline. Magnetic resonance imaging (MRI) was used to evaluate enlargement of the ventricles after one or three months of inoculation. Volumetric study was used to quantify the ventricle enlargement. RESULTS: Seven of the 10 animals in the cyst group developed hydrocephalus, two of them within one month and five within three months after inoculation. Three of the five animals in the kaolin group had hydrocephalus and none in the saline group. Ventricle volumes were significantly higher in the 3-months MRI cyst subgroup than in the 1-month cyst subgroup. Differences between cyst subgroups and kaolin group did not reach statistical significance. CONCLUSION: The developed model may reproduce the human condition of neurocysticercosis-related hydrocephalus, which exhibits a slowly progressive chronic course.
Descritores: Modelos Animais de Doenças
Hidrocefalia/induzido quimicamente
Neurocisticercose/parasitologia
-Ventrículos Cerebrais/efeitos dos fármacos
Ventrículos Cerebrais/patologia
Caulim
Imagem por Ressonância Magnética
Neurocisticercose/patologia
Projetos Piloto
Ratos Wistar
Taenia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 113 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-683429
Autor: Silva, Rafael Denadai Pigozzi da; Lopes, Dionísio Figueiredo; Vilela, Stevão Freitas; Miranda, Eduardo Queiroz; Cavalcante, Renata Brasileiro de Faria; Silva, Ledismar José da; Cavalcante, José Edson da Silva.
Título: Neurocisticercose: evolução incomum para forma gigante intraventricular / Neurocysticercosis: unusual evolution to giant intraventricular form
Fonte: RBM rev. bras. med;70(4), abr. 2013.
Idioma: pt.
Resumo: Neurocisticercose é a parasitose mais frequente do sistema nervoso central. Os cisticercos se localizam principalmente no córtex do parênquima cerebral, menos frequentemente no espaço subaracnoideo, ou no sistema ventricular. Geralmente possuem 4 a 20 mm de diâmetro e, ocasionalmente, quando maiores que 50 mm determinam sua forma gigante de apresentação. Reportamos um caso incomum de neurocisticercose por cisto gigante intraventricular. Comentamos sobre os aspectos diagnósticos e terapêuticos...
Descritores: Sistema Nervoso Central
Cisticercose
Neurocisticercose
Taenia
Limites: Seres Humanos
Feminino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  4 / 113 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-669098
Autor: Duque, Biviana Andrea; Aranzazu, Diego; Agudelo-Flórez, Piedad; Londoño, Andrés F; Quiroz, Víctor H; Rodas, Juan D.
Título: Rattus norvegicus como indicador de la circulación de Capillaria hepatica y Taenia taeniaeformis en la Plaza Minorista de Medellín, Colombia / Rattus norvegicus as an indicator of circulation of Capillaria hepatica and Taenia taeniaeformis on a groceries trade center of Medellín, Colombia
Fonte: Biomédica (Bogotá);32(4):510-518, oct.-dic. 2012. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción. Rattus norvegicus cumple un papel epidemiológico en el mantenimiento y dispersión de agentes zoonóticos bacterianos, virales y parasitarios de interés en salud pública. La presencia de infección por helmintos en especies Rattus cercanas a poblaciones expuestas en condiciones ambientales propicias, puede convertirse en un factor de riesgo de transmisión. Objetivo. Reportar la frecuencia de infección con Capillaria hepatica y formas larvarias de Taenia taeniaeformis en ratas silvestres (R. norvegicus) capturadas en una zona urbana de Medellín. Materiales y métodos. Se capturaron 254 ejemplares de R. norvegicus. Los hígados de 54 ejemplares que presentaron lesión hepática macroscópica durante la necropsia, fueron examinados por histopatología convencional. Resultados. La frecuencia de infección por C. hepatica fue de 20,1 % (51/254). Seis hígados fueron también positivos para larvas de T. taeniaeformis con una frecuencia de 2,4 % (6/254). Los hígados infestados con C. hepatica exhibían parásitos en el estadio adulto o juvenil y huevos ovalados con opérculos bipolares, asociados con hepatitis granulomatosa leve a moderada multifocal y acompañada por infiltrado leucocitario. Se observaron lesiones granulomatosas en resolución y fibrosis residual o calcificada que contenía huevos. Donde se encontraron cisticercos de T. taeniaeformis, el hallazgo más frecuente fueron quistes hepáticos que contenían larvas, y lesiones inflamatorias y fibróticas. Conclusión. Estos resultados indican que helmintos de potencial zoonótico circulan en R. norvegicus de ambientes urbanos. Debe investigarse la verdadera distribución de estos parásitos, para determinar el riesgo potencial que corren las poblaciones animales y humanas expuestas a adquirir este tipo de infecciones.

Introduction. Rattus norvegicus, the Norway rat, plays a pivotal role in the maintenance and spread of several zoonotic bacterial, viral and parasitic pathogens of public health interest. The presence of helminthic infections near susceptible human populations can, under appropriate environmental conditions, become a risk factor for their transmission. Objective. Frequencies of infection were reported for Capillaria hepatica and larval forms of Taenia taeniaeformis in wild rats (R. norvegicus) captured in an urban area. Materials and methods. Two hundred and fifty-four adult specimens of R. norvegicus were collected in an urban zone of Medellín, Colombia. The livers of 54 specimens that showed macroscopic hepatic lesions during necropsy were examined by conventional histopathology. Results. The frequency of infestation with C. hepatica was 20.1% (51/254). Six livers (2.4%) were also positive for larvae of T. taeniaeformis. Livers infested with C. hepatica exhibited adult or juvenile parasites and oval eggs with bipolar opercula, and were associated with mild to moderate multifocal granulomatous hepatitis with leucocyte infiltrate. Granulomatous lesions and calcified residual fibroses were found with eggs but without adult parasites. Those animals with cysticerci of T. taeniaeformis showed a high frequency of hepatic cysts containing larvae as well as inflammed and fibrotic lesions. Conclusion. Zoonotic helminths circulate at high frequency in R. norvegicus that occur in urban environments. Further research about the distribution of these parasites will determine the level of health threat they present for susceptible human and domestic animal populations.
Descritores: Animais Selvagens/parasitologia
Capillaria/isolamento & purificação
Reservatórios de Doenças
Infecções por Enoplida/veterinária
Hepatite Animal/epidemiologia
Fígado/parasitologia
Ratos/parasitologia
Doenças dos Roedores/epidemiologia
Taenia/isolamento & purificação
Teníase/veterinária
-Capillaria/crescimento & desenvolvimento
Colômbia/epidemiologia
Cistos/parasitologia
Cistos/veterinária
Infecções por Enoplida/epidemiologia
Infecções por Enoplida/parasitologia
Infecções por Enoplida/transmissão
Granuloma/parasitologia
Granuloma/veterinária
Hepatite Animal/parasitologia
Larva
Óvulo
Doenças dos Roedores/parasitologia
Taenia/crescimento & desenvolvimento
Teníase/epidemiologia
Teníase/parasitologia
Teníase/transmissão
Saúde da População Urbana
Zoonoses
Limites: Animais
Feminino
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: CO332 - Facultad de Medicina


  5 / 113 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-663465
Autor: Aluja, Aline S. de; Escobar, Alfonso; Escobedo, Francisco; Flisser, Ana; Laclette, Juan Pedro; Larralde, Carlos; Madrazo, Ignacio; Velázquez, Valente; Willms, Kaethe.
Título: Cisticercosis: una recopilación actualizada de los conocimientos básicos para el manejo y control de la cisticercosis causada por Taenia solium / Cysticercosis: an updated compilation of basic knowledge for the management and control of cysticercosis caused by Taenia solium.
Fonte: México; Fondo de Cultura Econômica; 1987. 115 p. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Cisticercose
Taenia
Taenia solium
Limites: Seres Humanos
Animais
Responsável: BR58.1 - Biblioteca
BR58.1; 616.995.1, A471c. 614


  6 / 113 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-653713
Autor: Cañon-Franco, William Alberto; Henao-Agudelo, Ricardo Andrés; Pérez-Bedoya, José Leandro.
Título: Recovery of gastrointestinal swine parasites in anaerobic biodigester systems / Recuperação de parasitas gastrintestinais de suínos em biodigestores anaeróbicos
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;21(3):249-253, July-Sept. 2012. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Solid and liquid wastes from livestock operations represent important challenges for animal production regarding their impact in the environment and public health. Parasitological tests performed on 80 samples of affluent and effluent waters from three anaerobic biodigestors with flexible structure from swine farms of Caldas - Colombia, showed the presence of Isospora suis (45%), Eimeria suis (42.5%), E. espinosa (35%), Strongyloides ransomi (28.8%), E. perminuta (12.5%), E. cerdonis (3.8%), and E. porci (2.5%). The additional finding of eggs of Taenia spp. in 10% of the samples was probably caused by a connection between the human sewage system and the biodigester. Although we observed a mean decrease of 65.6% of parasites, these levels were insufficient to meet the minimum requirement set by Engelberg's guidelines regarding water quality. This study demonstrates the serious environmental impact that an inadequately treated animal wastewater represents, and has important implications for water resources and human health.

Resíduos sólidos e líquidos oriundos da suinocultura representam desafios importantes para a produção animal no que diz respeito ao impacto do meio ambiente e em saúde pública. Testes parasitológicos foram realizados em 80 amostras de águas afluentes e efluentes de três biodigestores anaeróbicos com estrutura flexível em granjas de Caldas - Colômbia, demonstrando a presença de Isospora suis (45%), Eimeria suis (42,5%), E. espinosa (35%), Strongyloides ransomi (28,8%), E. perminuta (12,5%), E. cerdonis (3,8%) e E. porci (2,5%). A constatação adicional de ovos de Taenia spp. em 10% das amostras foi provavelmente causada pela conexão entre o sistema de esgoto humano e o biodigestor. Embora fosse observada uma diminuição média de 65,6% dos parasitas, estes níveis são insuficientes para atender ao requisito mínimo estabelecido pelas diretrizes Engelberg em relação à qualidade da água. Este estudo demonstra o grave impacto ambiental que águas residuais animais inadequadamente tratadas representam, bem como as implicações nos recursos hídricos e na saúde humana.
Descritores: Criação de Animais Domésticos
Eimeria/isolamento & purificação
Isospora/isolamento & purificação
Esgotos/parasitologia
Strongyloides/isolamento & purificação
Taenia/isolamento & purificação
-Anaerobiose
Intestinos/parasitologia
Suínos
Estômago/parasitologia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 113 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-638249
Autor: Reinhard, Karl Jan.
Título: Os achados na América do Norte / The findings in North America
Fonte: In: Ferreira, Luiz Fernando; Reinhard, Karl Jan; Araújo, Adauto. Fundamentos da paleoparasitologia. Rio de Janeiro, Editora Fiocruz, 2011. p.353-375, tab. (Temas em saúde).
Idioma: pt.
Descritores: Arqueologia
Controle de Infecções/história
Doenças Parasitárias/parasitologia
Fósseis
Fezes/parasitologia
Paleopatologia
Parasitos
Parasitologia
-Acantocéfalos/parasitologia
Ancilostomíase/parasitologia
Ascaris lumbricoides/parasitologia
Diphyllobothrium/parasitologia
Echinococcus granulosus/parasitologia
Enterobius/parasitologia
Fasciolidae/parasitologia
Hymenolepis/parasitologia
MIGRATION
Moniliformis/parasitologia
América do Norte
Paragonimus/parasitologia
Estrongiloidíase
Taenia/parasitologia
Trichinella spiralis/parasitologia
Limites: História Antiga
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; 616.9, F383f


  8 / 113 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-626163
Autor: Freitas, Aline de Araújo.
Título: Caracterização da resposta inflamatória local e sistêmica em camundongos infectados com cisticercos de Taenia crassiceps no tecido subcutâneo / Characterization of local and systemic inflammatory response in mice infected with Taenia crassiceps in the subcutaneous tissue
Fonte: Rev. patol. trop;41(1):113-114, jan.-mar. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: A forma larval de Taenia crassiceps tem sido empregada como modeloexperimental da cisticercose humana em razão de possuir similaridades antigênicas com o cisticerco de T. solium. A cisticercose humana por T. crassiceps foi relatada em pacientes imunodeprimidos e imunocompetentes. A resposta imunológica ante a T. crassiceps ainda não está totalmente esclarecida, por isso o presente estudoobjetivou a caracterização da resposta inflamatória local e sistêmica em linhagens de camundongos C57BL/6 convencionais e deficientes do gene do IFN-gama (IFN-gama-KO) após a infecção subcutânea por cisticercos de T. crassiceps. Para tanto, foram avaliados o hemograma, as alterações anatomopatológicas no tecido subcutâneo, a presença de macrófagos alternativamente ativados (célulasCD301positivo) e a dosagem sérica de citocinas (IFN-gama, IL-12p40 e IL-4). Nenhuma das linhagens apresentou alteração no hemograma após a infecção. Em ambas as linhagens, foi observada a formação de granulomas no sítio inflamatório com presença de neutrófilos e macrófagos. No entanto, a reação granulomatosa foi mais precoce, intensa e com maior quantidade de colágeno na linhagem IFN-gama-KO. As concentrações séricas de IFN-gama, IL12p40 e IL-4 nos camundongos C57BL/6 convencionais infectados aumentaram quando comparadas aos camundongos convencionais não infectados. Na linhagem IFN-gama-KO, o aumento da concentração sérica de IL-4 observado deveu-se à infecção, porém a concentração desta citocina foi menor quando se compara com a outra linhagem. Foi observada também na linhagem C57BL/6 convencional a presença de células CD301positiva noinício da infecção; na linhagem IFNgama-KO, estas células estavam presentes nofinal da infecção. Conclui-se que a resposta imune dos camundongos C57BL/6, induzida por cisticercos de T. crassiceps, pode ser caracterizada por um perfil misto Th1/Th2. A resposta mista é capaz de promover a destruição do parasito de maneira dependente de IFN gama, o que resulta em menor lesão e menor produção de colágeno. Na deficiência de IFN gama, apresenta um perfil que tende para a respostaimune Th2 com presença de células CD301positiva e aumento da produção de colágeno.
Descritores: Experimentação Animal
Cisticercose
Inflamação
Taenia
Limites: Animais
Camundongos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  9 / 113 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-622598
Autor: Matos-Silva, Hidelberto; Reciputti, Bruno Pereira; Paula, Élbio Cândido de; Oliveira, André Luiz; Moura, Vânia Beatriz Lopes; Vinaud, Marina Clare; Oliveira, Milton Adriano Pelli; Lino-Júnior, Ruy de Souza.
Título: Experimental encephalitis caused by Taenia crassiceps cysticerci in mice / Encefalite experimental causada por cisticercos de Taenia crassiceps em camundongos
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;70(4):287-292, Apr. 2012. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVES: To present the experimental model of neurocysticercosis (NCC) caused by Taenia crassiceps cysticerci, to describe the inflammatory process, susceptibility, or resistance of BALB/c and C57BL/6 mice to this infection, and to describe the host-parasite relationship. METHODS: The animals were intracranially inoculated with initial stage T. crassiceps cysticerci. They were euthanized at 7, 30, 60, and 90 days after the inoculation. Their encephala were removed for the histopathologic analysis, classification of the parasites, and inflammatory lesions. RESULTS: Experimental NCC was observed on both mice lineages. BALB/c mice presented inflammatory lesions with greater intensity, inducing necrosis on late stage parasites, and with an acute inflammation pattern, while C57BL/6 mice showed greater capability on provoking early necrosis in the cysticerci, which showed a chronic inflammation pattern. CONCLUSIONS: This experimental model induced NCC on mice with characteristic inflammation and lesions. C57BL/6 mice were able to induce precocious necrosis of the parasites presenting inflammatory lesions with lower intensity.

OBJETIVOS: Apresentar o modelo experimental de neurocisticercose (NCC) com cisticercos de Taenia crassiceps, descrever a inflamação, suscetibilidade e resistência em camundongos BALB/c e C57BL/6, caracterizando melhor a relação parasito-hospedeiro. MÉTODOS: Os animais foram inoculados intracranialmente com cisticercos de T. crassiceps em estádio inicial e eutanasiados aos 7, 30, 60 e 90 dias após a infecção. Retiraram-se os encéfalos para análise histopatológica, classificação dos parasitos e lesões inflamatórias. RESULTADOS: Foi possível induzir NCC nas duas linhagens de camundongos utilizados como modelo experimental. Os animais BALB/c apresentaram lesões inflamatórias mais intensas do que os camundongos C57BL/6 e induziram nos parasitos necrose na fase tardia com padrão inflamatório agudo. Os C57BL/6 mostraram-se mais hábeis em provocar necrose precocemente nos cisticercos, mas com padrão inflamatório crônico. CONCLUSÕES: Este modelo experimental induziu NCC nos animais com inflamações e lesões. Os camundongos C57BL/6 foram hábeis em induzir precocemente necrose nos parasitos, apresentando lesões inflamatórias com menor intensidade.
Descritores: Encefalite/parasitologia
Interações Hospedeiro-Parasita
Neurocisticercose/parasitologia
Taenia/fisiologia
-Modelos Animais de Doenças
Encefalite/patologia
Camundongos Endogâmicos BALB C
MICE, INBRED CABDOMENABDOMINAL INJURIESBL
Neurocisticercose/patologia
Índice de Gravidade de Doença
Limites: Animais
Feminino
Camundongos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 113 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-622584
Autor: Bueno, Ednéia Casagrande.
Título: Cysticercosis and the immunossupression: what are the mechanisms involved? / Cisticercose e a imunossupressão: quais os mecanismos envolvidos?
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;70(4):243-244, Apr. 2012.
Idioma: en.
Descritores: Calcinose/líquido cefalorraquidiano
Encefalite/parasitologia
Proteína de Domínio de Morte Associada a Fas/líquido cefalorraquidiano
Interações Hospedeiro-Parasita
Neurocisticercose/líquido cefalorraquidiano
Neurocisticercose/parasitologia
Convulsões/líquido cefalorraquidiano
Taenia/fisiologia
Limites: Animais
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Comentário
Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 12 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde