Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.050.500.500.736.215.895.643 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 24 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 24 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
ARAÚJO, Jackson Victor de
Texto completo
Id: lil-571142
Autor: Araujo, Juliana Milani; Braga, Fabio Ribeiro; Araújo, Jackson Victor de; Benjamin, Laércio dos Anjos.
Título: The ovicidal activity of fungi Pochonia chlamydosporia and Paecilomyces lilacinus on Taenia saginata eggs in laboratory trial / Atividade ovicida dos fungos Pochonia chlamydosporia e Paecilomyces lilacinus sobre / ovos de Taenia saginata em condições laboratoriais
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;69(2):165-169, abr.-jun. 2010. tab.
Idioma: en.
Resumo: The ovicidal activity (type 3 effect) of fungi Pochonia chlamydosporia (VC1 and VC4 isolated) and Paecilomyces lilacinus (PL1) on Taenia saginata eggs was compared in an experimental trial. T. saginata eggs were fixed onto Petri dishes containing 2% water-agar (2% WA) and fungal isolates, and onto Petridishes without fungus as control. The ovicidal activity of these fungi was evaluated after being incubated for 5, 10 and 15 days. From the beginning of the interaction to the end of the trial, both P. chlamydosporia(VC1 and VC4) and P. lilacinus (PL1) fungi demonstrated ovicidal activity (p<0,05) when compared to the control. However, after 15 days of incubation the P. lilacinus fungus showed higher ovicidal activity (effect of type 3) when compared to P. chlamydosporia. This study showed that both fungi P. chlamydosporia (VC1and VC4) and P. lilacinus (PL1) are capable in killing eggs of T. saginata, therefore these fungi might be considered as potential candidates for biological control of this cestoda.

A atividade ovicida (efeito tipo 3) dos fungos Pochonia chlamydosporia (isolados VC1 e VC4) e Paecilomyceslilacinus (PL1) sobre os ovos de Taenia saginata foi investigada, em condições laboratoriais. Os ovos de T. saginata foram colocados em placas de Petri contendo o meio agar-água 2% (AA 2%) com os isolados fúngicos e, também, em placas de Petri sem fungos, como controle. A atividade ovicida desses fungos foi avaliada depois de 5, 10 e 15 dias de incubação. Ao final do experimento, os fungos P. chlamydosporia (VC1 e VC4) e P. lilacinus (PL1) demonstraram atividade ovicida (p<0,05) quando comparados com o controle. Contudo, aos 15 dias de incubação o fungo P. lilacinus demonstrou maior atividade ovicida (efeito do tipo 3) em relação ao P. chlamydosporia. Este estudo demonstrou que os fungos P. chlamydosporia (VC1 e VC4) e P. lilacinus (PL1) possuem a capacidade de destruir os ovos de T. saginata e, portanto, podem ser considerados como potenciais candidatos no controle biológico deste cestoda.
Descritores: Paecilomyces
Taenia saginata
Cestoides
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  2 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Mathias, Luis A
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-895523
Autor: Alves, Wellington C; Rossi, Gabriel A. M; Lopes, Welber D. Z; Almeida, Henrique M. S; Mathias, Luis A; Vidal, Ana Maria C; Soares, Vando E.
Título: Geospatial distribution and risk factors for bovine cysticercosis in the state of Rondônia, Brazil / Distribuição espacial e fatores de risco para a cisticercose bovina no Estado de Rondônia, Brasil
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(9):931-936, Sept. 2017. tab, mapas.
Idioma: en.
Resumo: This study focused on assessing the prevalence, geospatial distribution and risk factors for bovine cysticercosis in cattle from the state of Rondônia, Brazil, through the years 2012 to 2015. The prevalence established was 0.014% (95% C.I. 0.013-0.014), with a higher detection of unviable cysticerci (84.80%). The municipalities of Itapuã do Oeste, Candeias do Jamari, Nova Brasilândia D'Oeste, Pimenteiras do Oeste, Porto Velho, Nova Mamoré, Urupá and Guajará-Mirim had higher risk (OR>1; p<0.05) for cysticercosis occurrence compared with the municipality of Castanheiras (OR=1). The Administrative Regions of Porto Velho, Guajará-Mirim, Colorado D'Oeste, Cacoal, Ji-Paraná had higher risk (OR>1; p<0.05) for cysticercosis occurrence in the slaughtered animals than those reared in Ariquemes Administrative Region (OR=1). Some variables such as human population density (OR=2.15; 2.15-2.16), percentage of urban houses with inappropriate sewage system (OR=1.91, 1.91-.1.92) and percentage of inappropriate rural sewage system (OR=1.14, 1.14-1.14) were significantly associated (p<0.05) with the occurrence of bovine cysticercosis. In conclusion, the prevalence of bovine cysticercosis in the state of Rondônia was 0.014% (95% C.I. 0.013-0.014) and higher-risk areas were identified, providing useful information to Official Sanitary Inspection System in order to improve cysticercosis detection. Also, human population density and the lack of appropriate sewage system in urban and rural areas are closely related to bovine cysticercosis occurrence in this state.(AU)

Este estudo objetivou avaliar a prevalência, distribuição espacial e fatores de risco para a ocorrência de cisticercose bovina em animais abatidos oriundos do Estado de Rondônia, Brasil, entre os anos de 2012 a 2015. A prevalência observada foi de 0,014% (I.C. 95% 0,013-0,014), com maior detecção de cisticercos inviáveis (84,80%). Os municípios de Itapuã do Oeste, Candeias do Jamari, Nova Brasilândia D'Oeste, Pimenteiras do Oeste, Porto Velho, Nova Mamoré, Urupá e Guajará-Mirim apresentaram maior risco (OR>1; p<0.05) para a ocorrência da enfermidade quando comparadas ao município de Castanheiras (OR=1). As Regiões Administrativas de Porto Velho, Guajará-Mirim, Colorado D'Oeste, Cacoal, Ji-Paraná, respectivamente, apresentaram maior risco (OR>1; p<0.05) para a ocorrência de cisticercose nos bovinos abatidos comparadas à Região Administrativa de Ariquemes (OR=1). Algumas variáveis como a densidade populacional humana (OR=2,15; 2,15-2,16), percentual de domicílios urbanos com saneamento inadequado (OR=1,91, 1,91-1,92) e percentual de saneamento rural inadequado (OR=1,14, 1,14-1,14) apresentaram-se como fatores de risco significativos (p<0.05) para a ocorrência de cisticercose bovina. Conclui-se que a prevalência de cisticercose bovina no Estado de Rondônia foi 0,014% (I.C. 95% 0,013-0,014) e que áreas de maior ocorrência puderam ser identificadas, fornecendo informações a serem utilizadas pelo Serviço de Inspeção Federal para melhorar a detecção dos casos. Ainda, a densidade da população humana e a deficiência de sistemas de tratamento de esgotos urbanos e rurais estão intimamente relacionadas com a ocorrência da cisticercose bovina neste estado.(AU)
Descritores: Cisticercose/epidemiologia
Surtos de Doenças/veterinária
Taenia saginata
-Brasil
Zoonoses
Fatores de Risco
Sistemas de Informação Geográfica
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1015920
Autor: Bürger, Karina Paes; Buzza, Pedro Luiz Torres; Buzza Neto, Edmur; Santos, Leonardo Ribeiro dos; Rossi, Gabriel Augusto Marques; Martins, Ana Maria Centola Vidal.
Título: Complexo teniose-cisticercose: ocorrência em abatedouro de bovinos e conhecimento de estudantes do ensino médio e consumidores no Estado de São Paulo, Brasil / Taeniosis-cysticercosis: occurrence during cattle slaughter and students and consumers knowledge in the Central Region of São Paulo State, Brazil
Fonte: Rev. bras. ciênc. vet;22(1):23-27, jan.-mar.2015. il..
Idioma: pt.
Resumo: O complexo teniose-cisticercose bovina é considerado uma zoonose de grande impacto em saúde pública e animal, que acarreta em importantes perdas econômicas decorrentes da condenação de vísceras e carcaças durante o abate desses animais. O presente trabalho objetivou realizar o diagnóstico de situação do complexo teniose-cisticercose na Região Central do Estado de São Paulo através da determinação da ocorrência da enfermidade em um abatedouro, e também pela avaliação do perfil dos consumidores e do conhecimento de alunos do ensino médio sobre a epidemiologia do complexo teniose-cisticercose. Quanto á ocorrência de cisticercose na região observou-se a frequência de 3,06% entre os 1.667 bovinos abatidos. Quanto aos consumidores entrevistados, observou-se grande desconhecimento sobre a enfermidade, e também sobre os perigos oriundos do consumo de alimentos de origem desconhecida ou indevidamente preparados. O mesmo desconhecimento foi observado através da aplicação dos questionários aos estudantes. Conclui-se que a região carece de medidas efetivas para o controle da enfermidade, principalmente no tocante à educação da população sobre a importância da enfermidade, seus aspectos epidemiológicos e métodos de prevenção.

The bovine taeniosis-cysticercosis complex is considered a zoonosis of major impact on public and animal health, resulting in economic losses resulting from carcasses condemnation during these animals slaughter. This study aimed to perform a diagnosis of the situation of the taeniosis-cysticercosis complex in the Central Region of São Paulo State by establishing the occurrence of the disease in a slaughterhouse, establishing the consumer and profile and high school students knowledge about the disease. There was 3.06% for cysticercosis in 1.667 cattle slaughtered during the study. About the consumers, it was observed ignorance about the disease, and the risks on the consumption of foods with unknown origin or improperly cooked. The same ignorance was observed in high school students. It can be concluded that the region cares effective measures to control the disease, especially regarding public education about the importance of the disease and prevention
Descritores: Bovinos
Taenia saginata
-Zoonoses
Inspeção de Alimentos
Saúde Pública
Matadouros
Limites: Bovinos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR409.1 - Biblioteca


  4 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-895425
Autor: Aragão, Samuel C; Ito, Pier K. R. K; Paulan, Silvana C; Utsunomyia, Yuri T; Grisi Filho, José H. H; Nunes, Cáris M.
Título: Animal movement network analysis as a tool to map farms serving as contamination source in cattle cysticercosis / Rede de movimentação animal como ferramenta para mapear fazendas fontes de contaminação para a cisticercose em gado
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(4):319-324, Apr. 2017. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Bovine cysticercosis is a problem distributed worldwide that result in economic losses mainly due to the condemnation of infected carcasses. One of the difficulties in applying control measures is the identification of the source of infection, especially because cattle are typically acquired from multiple farms. Here, we tested the utility of an animal movement network constructed with data from a farm that acquires cattle from several other different farms to map the major contributors of cysticercosis propagation. Additionally, based on the results of the network analysis, we deployed a sanitary management and drug treatment scheme to decrease cysticercosis' occurrence in the farm. Six farms that had commercial trades were identified by the animal movement network and characterized as the main contributors to the occurrence of cysticercosis in the studied farm. The identification of farms with a putative risk of Taenia saginata infection using the animal movement network along with the proper sanitary management and drug treatment resulted in a gradual decrease in cysticercosis prevalence, from 25% in 2010 to 3.7% in 2011 and 1.8% in 2012. These results suggest that the animal movement network can contribute towards controlling bovine cysticercosis, thus minimizing economic losses and preventing human taeniasis.(AU)

A cisticercose bovina é um problema distribuído mundialmente e que resulta em perdas econômicas, principalmente devido à condenação de carcaças infectadas. Uma das dificuldades em se controlar esta zoonose no Brasil é a prática de aquisição de bovinos de múltiplas fazendas, tornando quase impossível a identificação da fazenda de origem do gado infectado, onde as medidas de controle devem ser aplicadas. Objetivou-se avaliar uma rede de movimentação animal construída com dados de uma fazenda de gado de corte que adquire animais de diferentes locais, com o objetivo de mapear as fazendas que mais contribuíam para a propagação da cisticercose. Adicionalmente, com base na análise da rede de movimentação, manejo sanitário e protocolo de tratamento adequados foram aplicados para diminuir a ocorrência de cisticercose na fazenda em estudo. Seis propriedades que tinham trocas comerciais foram identificadas pela rede de movimentação de bovinos e caracterizadas como as principais contribuintes para a ocorrência da cisticercose na fazenda em estudo. A identificação de fazendas com risco de infecção por Taenia saginata por meio da rede de movimentação animal juntamente com o manejo sanitário e protocolo de tratamento adequados resultaram em diminuição gradual da prevalência da cisticercose de 25%, em 2010, para 3,7% em 2011 e 1,8% em 2012. Estes resultados sugerem que a estratégia de análise da rede de movimentação do gado, associadas ao manejo sanitário e tratamento adequados podem contribuir para o controle da cisticercose bovina, minimizando assim as perdas econômicas e prevenindo a teníase humana.(AU)
Descritores: Cisticercose/veterinária
Cisticercose/epidemiologia
Programas de Rastreamento/veterinária
Taenia saginata
Fazendas/estatística & dados numéricos
-Brasil/epidemiologia
Controle de Doenças Transmissíveis/instrumentação
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  5 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Mathias, Luis Antonio
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-997913
Autor: Rossi, Gabriel Augusto Marques; Garnica, Maria Fernanda; Almeida, Henrique Meioz de Souza; Ribeiro, Laryssa Freitas; Martins, Ana Maria Centola Vidal; Bürger, Karina Paes; Prata, Luiz Francisco; Mathias, Luis Antonio.
Título: Cisticercose suína e bovina - ocorrência em abatedouros do Estado de São Paulo, Brasil / Swine and bovine cysticercosis ­ occurrence in slaughterhouses located at São Paulo State, Brazil
Fonte: Rev. bras. ciênc. vet;22(3-4):202-205, jul.-dez.2015. il..
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se determinar a frequência de ocorrência da cisticercose em carcaças suínas e bovinas em 56 abatedouros sob fiscalização do Serviço de Inspeção do Estado de São Paulo (SISP) durante os anos 2008 a 2013. Para os 1.305.723 suínos abatidos no período foram detectados cisticercos em apenas 125 (0,01%) animais, dos quais 116 (92,80%) estavam calcificados. Determinou-se que dos 1.434.445 bovinos, 24.278 (1,69%) apresentaram cisticercos, dos quais 19.826 (81,67%) apresentavamse calcificados. Também se observou uma relação inversa (P < 0,05) entre as variáveis tempo e frequência de ocorrência. A maior ocorrência nessa espécie evidencia que são necessárias melhorias nas práticas sanitárias preventivas durante a criação desses animais, como a adoção das Boas Práticas Agropecuárias (BPA) para reduzir a ocorrência da cisticercose a níveis baixos igualmente observados para os suínos.

This study was focused on the determination of cysticercosis prevalence in swine and cattle carcasses in 56 slaughterhouses under supervision from Inspection Service of São Paulo State (SISP) between the years 2008 and 2013. Amongst the 1,305,723 pigs slaughtered, cysticercosis was present in only 125 (0.01%) of them in which, 116 (92.80%) were calcified. Nonetheless, cysticercosis was present in 24,278 (1.69%) of the 1,434,445 bovine carcasses evaluated; 19,826 (81.67%) were calcified. An inverse relationship (P <0.05) between time and the disease occurrence variable was observed. Sanitary preventive practices improvements, such as the Good Agricultural Practices, are required during the cattle rearing in order to decrease the cysticercosis occurrence to low prevalence levels as observed in swine rearing.
Descritores: Cisticercose
Taenia saginata
Taenia solium
-Suínos
Bovinos
Zoonoses
Limites: Animais
Responsável: BR409.1 - Biblioteca


  6 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-911964
Autor: Strutz, Danielli; Penachioni, Ricardo Dias; Oliveira, Janderson Ananias de; Santos, Rafael dos; Castro, Bruno Gomes de.
Título: Estudo retrospectivo da ocorrência da cisticercose bovina em matadouro frigorífico de Sinop-MT, Brasil, 2009 A 2014 / Restrospective study of cattle cysticercosis in a slaughterhouse in Sinop, Mato Grosso state, Brazil 2009-2014
Fonte: Rev. patol. trop;44(3):295-302, out. 2015. tab, graf.
Idioma: pt.
Descritores: Cysticercus
-Parasitologia
Estudos Transversais
Taenia saginata
Responsável: BR816.9


  7 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-895540
Autor: Peixoto, Rafaella Paola M. Guimarães; Pinto, Paulo Sérgio A; Santos, Tatiane O; Silva, Letícia F; Acevedo-Nieto, Emílio C; Silva, André Ricardo.
Título: Perfil da implantação de cisticercos de Taenia saginata em sítios musculares não usuais e sua importância para a Saúde Pública / Profile of Taenia saginata cysticerci implantation in unusual sites and its importance for public health
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;38(1):23-28, Jan. 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A cisticercose bovina é uma zoonose de distribuição mundial. No Brasil, o controle é realizado através do diagnóstico anatomopatológico durante a inspeção post-mortem nos matadouros. Objetivou-se neste estudo determinar a localização de cisticercos nos tecidos rotineiramente inspecionados e sobretudo nos tecidos não rotineiramente inspecionados, verificando a viabilidade dos cisticercos em bovinos infectados de forma experimental (grupo 1) e natural (grupo 2) com ovos de Taenia saginata. Em ambos os grupos foram analisados os tecidos rotineiramente inspecionados nas linhas de inspeção, de acordo com os padrões estabelecidos na legislação do Brasil. Adicionalmente, no grupo 1 foram selecionadas outras regiões anatômicas, representadas por quatro cortes comerciais (acém, alcatra, contrafilé, paleta), além do fígado, esôfago, diafragma e pilares. Com relação à frequência dos cisticercos no grupo 1, nos cortes comerciais, foram encontrados 8,2% de cisticercos no acém, 6,6% na paleta, 6,2% no contrafilé e 5,8% na alcatra. Outros tecidos não rotineiramente inspecionados para a exclusiva pesquisa por cisticercos que apresentaram lesões foram o diafragma, fígado e o esôfago, com 2,7%, 12,0% e 1,2% respectivamente. No grupo 1, os sítios rotineiramente inspecionados predominantes foram o coração (37,7%), músculos mastigatórios (17,1%) e língua (2,3%). No grupo 2 foram encontrados 61,8% dos cisticercos totais no coração, seguido dos músculos mastigatórios (38,2%) e fígado (10,2%). Com relação à viabilidade dos cisticercos no grupo 1, os viáveis predominaram na alcatra (80,0%), diafragma (71,4%) e esôfago (66,7%), já os cisticercos inviáveis predominaram nos músculos mastigatórios (77,3%), coração (76,3%), fígado (71,0%) e língua (50%). No grupo 2, o fígado apresentou 87,5% de cisticercos inviáveis, seguidos da língua (66,7%) e coração (63,2%), e nos tecidos mastigatórios foram encontrados 68,3% de cisticercos viáveis (68,3%). O alto percentual de cisticercos viáveis encontrado nos cortes comerciais, inclusive nos bovinos naturalmente infectados, representa um alerta para a Saúde Pública, pois, no Brasil, são frequentemente consumidos sem sofrer o devido tratamento térmico para inativação do cisticerco, aumentando consideravelmente a chance de infecção por teniose. Os resultados revelaram amplo perfil da manifestação anatomopatológica da cisticercose em diferentes tecidos de bovinos experimentalmente e naturalmente infectados, considerando-se tecidos musculares rotineiramente inspecionados ou não. Assim, o aprimoramento da inspeção sanitária das carcaças bovinas pode incrementar o controle do complexo teniose-cisticercose, diminuindo os riscos para a saúde pública.(AU)

Cysticercosis is a worldwide zoonosis, which demands proper control and monitoring during all beef production chain. In Brazil, the key point for controlling this zoonosis is the anatomopathological exam conducted in slaughterhouses during the post-morten inspection. This study aimed to describe the cysticerci location in tissues not usually examined during the inspection, and to check their viability in bovines infected with Taenia saginata eggs (group 1: experimental; group 2: natural). After slaughtering, animal from both groups were routinely examined for cysticercosis, according official Brazilian standards; group 1 animals were also examined in additional anatomic regions: end cuts (chuck, rump, strip loin, and shoulder), liver, esophagus, diaphragm and pillars. In group 1, cysticerci were identified in chuck (8.2%), shoulder (6.6%), strip loin (6.2%), and rump (5.8%), and also in tissues that are not usually considered during routine inspection, such as diaphragm (2.7%), liver (12.0%) and esophagus (1.2%). Still in group 1, the routine inspection identified cysticerci in hearth (37.7%), head muscles (17.1%), and tongue (2.3%). In group 2, cysticerci were identified in hearth (61.8%), head muscles (38.2%), and liver (10.2%). The viability of cysticerci were predominant in rump (80.0%), diaphragm (71.4%) and esophagus (66.7%) in animals from group 1, while non-viable cysticerci were more frequent in head muscles (77.3%), hearth (76.3%), liver (71.0%), and tongue (50.0%). In group 2, head muscles presented 68.3% of the viable cysticerci, while non-viable cysticerci were identified in liver (87.5%), tongue (66.7%), and hearth (63.2%). The high frequencies of viable cysticerci in end cuts available for consumers, including natural infected bovines, is a Public Health concern, once in Brazil these products were usually consumed without proper heat treatment, increasing the risks of T. saginata infection. The obtained results demonstrated the anatomopathological distribution of cysticercosis in different tissues in experimental and natural infected bovines, considering tissues that are routinely and not routinely examined during inspection. Then, the inspection procedures could be improved by adding such analysis in its routine procedures, in order to increase the proper control of the taeniasis-cysiticercosis complex and to decrease the Public Health risks.
Descritores: Cisticercose/diagnóstico
Cisticercose/prevenção & controle
Cisticercose/veterinária
Inspeção de Alimentos/métodos
Taenia saginata
-Brasil
Controle de Doenças Transmissíveis/métodos
Tecidos/parasitologia
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  8 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-829310
Autor: Duarte, Camilla T. Ducas; Pinto, Paulo Sérgio A; Silva, Letícia F; Santos, Tatiane O; Acevedo-Nieto, Emílio C; Almeida, Laerte P.
Título: Perfil da transmissão e prevalência da cisticercose bovina em propriedades rurais do Triângulo Mineiro / Transmission and prevalence profile of bovine cysticercosis in rural properties of Triangulo Mineiro, Brazil
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;36(9):793-797, set. 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A cisticercose pode acometer o bovino, que desenvolve a larva da Taenia saginata. Apesar da importância da cisticercose para a saúde pública, para a saúde animal e para economia, a realidade epidemiológica da ocorrência dessa zoonose no Brasil é pouco conhecida. No estado de Minas Gerais a maioria dos dados é obtida dos serviços oficiais de Inspeção Sanitária nos matadouros-frigoríficos, sendo poucas as informações baseadas em dados de campo oriundos de animais vivos. Com o objetivo de avaliar a situação epidemiológica da cisticercose bovina em pequenas e médias propriedades rurais de quatro municípios, situados na região do Triângulo Mineiro, se pesquisou a ocorrência e os principais fatores de risco associados à transmissão da doença nessas propriedades. Dessa forma, foi realizado um estudo epidemiológico de corte transversal envolvendo as 68 propriedades localizadas nas zonas rurais dos quatro municípios, onde foram coletadas 1002 amostras de sangue bovino e aplicado um questionário epidemiológico. O diagnóstico sorológico da cisticercose foi realizado por triagem pelo teste ELISA indireto e os casos suspeitos foram submetidos ao Imunoblot para confirmação. Este estudo revelou a prevalência de 4,7% de cisticercose bovina nas propriedades da zona rural dos municípios amostrados, no período de julho a agosto de 2013. Os fatores que se mostraram estatisticamente significantes para a transmissão da cisticercose foram a expertiness do responsável pela propriedade (RC 5,81 IC 1,87-8,66), a renda familiar (RC 6,02 IC 1,33-8,77) e a qualidade da água da propriedade (RC 9,40 IC 1,97-9,59). Outros fatores foram observados com menor significância. Esses resultados identificaram os principais fatores que interferem na transmissão da cisticercose bovina, permitindo subsidiar medidas de prevenção e controle dessa importante zoonose na região do Triângulo Mineiro.(AU)

Cysticercosis can affect cattle which develop the larvae Taenia saginata. Despite the importance of cysticercosis for public animal health and for the economy, the epidemiological reality of such zoonosis in Brazil is little known. In the southeastern region of the State of Minas Gerais most of the data are obtained from the official Sanitary InspectionServices in slaughterhouses, but little information based on field data from live animals. In order to assess the epidemiological situation of bovine cysticercosis in small and medium-sized rural properties of four municipalities, located in the region of Triângulo Mineiro, we searched the occurrence and the major risk factors associated with transmission of the disease in those properties. We conducted a cross-sectional epidemiological study involving 68 properties located in rural areas of the four municipalities, where there were collected 1002 bovine blood samples and applied an epidemiological questionnaire. The serological diagnosis of cysticercosis was conducted by sorting through indirect ELISA test, and the suspected cases were subjected to Immunoblot for confirmation. This study revealed the prevalence of 4.7% of bovine cysticercosis in rural properties of the municipalities sampled from July to August 2013. The factors which were statistically significant for the transmission of cysticercosis were the expertise of those responsible for the property (OR 5.81 IC 1,87-8.66), the family income (OR 6.02 IC 1.33-8.77) and the water quality of the property (OR 9.40 IC 1.97-9.59). Other factors observed were of lower significance. These results identified the main factors which interfere in the transmission of bovine cysticercosis, allowing to subsidize preventive measures and to control this important zoonotic disease in the region of Triângulo Mineiro.(AU)
Descritores: Cisticercose/epidemiologia
Cisticercose/transmissão
Cisticercose/veterinária
Zona Rural
-Controle de Doenças Transmissíveis
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática/veterinária
Taenia saginata
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-753928
Autor: Silva, L F; Pinto, P S A; Ducas, C T S; Santos, T O; Nieto, E C A; Peixoto, R P M G.
Título: Relevant peptides of Taenia crassiceps for the diagnosis of bovine cysticercosis by immunoblot / Peptídeos relevantes de Taenia crassiceps para o diagnóstico da cisticercose bovina pelo immunoblot
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;67(3):891-898, May-Jun/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Given the limited knowledge about the diagnosis of bovine cysticercosis by immunoblot, the aim of this study was to assess the applicability of this test, identifying key peptides with diagnostic value. Immunoblot assays were performed using total larval antigen of Taenia crassiceps and 60 sera of positive bovines for cysticercosis (30 naturally and 30 experimentally infected with T. saginata eggs), 30 sera of negative bovines for cysticercosis and 30 sera of bovines with other diseases (fascioliasis, hydatidosis and tuberculosis). The peptides of greater diagnostic importance, in descending order of accuracy (%), were as follows: 6-8kDa (90.8%), 129-143kDa (74.2%), 99-105kDa (71.7%) and 14-19kDa (71.1%). Cross-reactions, due to fascioliasis and hydatidosis, were observed in the four intervals of peptides highlighted. The results demonstrate that the total antigen of T. crassiceps has peptides with a high diagnostic potential; therefore, the immunoblot is useful in the diagnosis of bovine cysticercosis.

Tendo em vista o conhecimento limitado sobre o diagnóstico da cisticercose bovina pelo immunoblot, o objetivo deste trabalho foi avaliar a aplicabilidade desse teste, identificando os principais peptídeos com valor diagnóstico. Foram realizados ensaios de immunoblot, utilizando antígeno total de larva de Taenia crassiceps e 60 soros de bovinos positivos para a cisticercose (30 naturalmente e 30 experimentalmente infectados com ovos de T. saginata), 30 soros de bovinos negativos para a cisticercose e 30 soros de bovinos com outras patologias (fasciolose, hidatidose e tuberculose). Os peptídeos de maior importância diagnóstica, em ordem decrescente de acurácia (%), foram os seguintes: 6-8 kDa (90,8%), 129-143 kDa (74,2%), 99-105 kDa (71,7%) e 14-19 kDa (71,1%). Reações cruzadas, em decorrência da fasciolose e hidatidose, foram observadas nos quatro intervalos de peptídeos ressaltados. Os resultados demonstram que o antígeno total de T. crassiceps possui peptídeos com alto potencial diagnóstico, sendo, portanto, o immunoblot útil no diagnóstico da cisticercose bovina.
Descritores: Bovinos/parasitologia
Cisticercose/veterinária
Immunoblotting/veterinária
Taenia saginata/parasitologia
-Antígenos
Cisticercose
Peptídeos
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 24 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Barros, Claudio S. L
Texto completo
Id: lil-683230
Autor: Tessele, Bianca; Brum, Juliana S; Barros, Claudio S. L.
Título: Lesões parasitárias encontradas em bovinos abatidos para consumo humano / Parasitic lesions observed in cattle slaughtered for human consumption
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;33(7):873-889, jul. 2013. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: During a period of 28 months (January 2011-April 2013) periodical visits were made to four cattle slaughter houses to collect samples of lesions found in cattle slaughtered for human consumption. Three hundred and three lesions were collected, 25% of which were caused by six different parasites: The metacestodes of Echinocccus granulosus (hydatid cysts), Fasciola hepatica, the metacestodes of Taenia saginata (Cysticercus bovis), Oesophagostomum radiatum, Eurythrema coelomaticum, and Paramphistomum cervi. Gross and microscopic aspects of the lesions caused by these worms are profusely illustrated and a detailed description of both pathological aspects, gross and microscopic, are provide in the hopes that the neophyte veterinary meat inspector can benefit from them in the task of recognition and interpretation of the significance of these lesion both to human and animal health. In regard to the two latter objectives, the life cycle, and the pathogenicity to the animal and human hosts, and the destination of the affected carcass or organ in the line of inspection are discussed for each parasite.

Durante um período de 28 meses (janeiro 2011-abril 2013) foram feitas visitas periódicas a quarto abatedouros frigoríficos de bovinos para colher lesões regularmente encontradas em bovinos abatidos para consumo humano. Trezentas e três lesões foram colhidas, 25% das quais eram causadas por seis parasitas diferentes: o metacestoide de Echinocccus granulosus (cisto hidático), Fasciola hepatica, o metacestoide de Taenia saginata (Cysticercus bovis), Oesophagostomum radiatum, Eurythrema coelomaticum e Paramphistomum cervi. Os aspectos macro e microscópicos causados por esses vermes são profusamente ilustrados e uma descrição macro e microscópicadas lesões é fornecida na esperança de auxiliar o inspetor de carnes iniciante na tarefa de reconhecer e interpretar o significado dessas lesões tanto para a saúde animal quanto para a saúde humana. Com respeito a esses últimos objetivos, o ciclo evolutivo, e os efeitos nos hospedeiros animal e humano, e ainda a destinação da carcaça ou órgão afetado na linha de inspeção, são discutidos para cada parasita.
Descritores: Matadouros
Doenças dos Bovinos/parasitologia
Doenças dos Bovinos/patologia
Equinococose/parasitologia
Equinococose/veterinária
Oesophagostomum/parasitologia
Taenia saginata/parasitologia
-Cisticercose/veterinária
Fasciola
Paramphistomatidae/parasitologia
Parasitos/parasitologia
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde