Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.300.107 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 124 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 13 ir para página                         

  1 / 124 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1025923
Autor: Zanella, Cláudia de Souza; Gavassoni, Walber Luiz; Bacchi, Lilian Maria Arruda; Formagio, Anelise Samara Nazari.
Título: Atividade de óleos e extratos vegetais sobre germinação carpogênica e crescimento micelial de Sclerotinia sclerotiorum / Activity of plant extracts on the carpogenic germination and mycelial growth of Sclerotinia sclerotiorum
Fonte: Arq. Inst. Biol;82:1-8, 2015. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A germinação carpogênica e o crescimento micelial de Sclerotinia sclerotiorum foram avaliados sob extratos metanólicos de Annona cacans, A. coriacea, A. crassiflora, A. dioica, A. sylvatica, Geophila repens, Guettarda viburnoides, Palicourea crocea, Schinus terebinthifolius e Trichilia silvatica, e sob as frações hexânica, hidrometanólica, clorofórmica e acetato de etila de A. cacans e óleo essencial de S. terebinthifolius. A concentração utilizada foi de 1.000 ppm para os extratos e de 100 ppm para as frações. Os extratos vegetais e as frações foram incorporados em meio ágar-água, que foi vertido em caixas gerbox com 20 escleródios. O crescimento micelial foi avaliado em óleo essencial de S. terebinthifolius, nas concentrações de 0, 100 e 1.000 ppm, incorporado ao meio BDA (Batata-Dextrose-Ágar). A germinação carpogênica apresentou-se menor sob os extratos de G. repens, P. crocea e S. terebinthifolius e sob as frações acetato de etila e clorofórmica de A. cacans. O número de apotécios formados por gerbox foi menor com o extrato de A. cacans. O crescimento micelial apresentou 10% de inibição na maior concentração do óleo essencial de S. terebinthifolius.(AU)

The efect of methanolic extracts of Annona cacans, A. coriacea, A. crassiflora, A. dioica, A. sylvatica, Geophila repens, Guettarda viburnoides, Palicourea crocea, Schinus terebinthifolius e Trichilia silvatica, and A. cacans hexane, ethyl etila, aqueous and chloroform fractions and the essential oil of S. terebinthifolius on mycelial growth and carpogenic germination of Sclerotinia sclerotiorum was evaluated. Te concentrations are 1,000 ppm for the extracts and 100 ppm for the fractions. To evaluate the germination, carpogenic, extracts and fractions were incorporated in agar-water that was poured into gerboxes where 20 sclerotia were distributed. To evaluate the mycelial growth, essential oil of S. terebinthifolius in concentrations of 0, 100 and 1,000 ppm was incorporated into the PDA and then poured into Petri dishes, to where pathogen mycelial discs were transferred. Extracts of G. repens, P. crocea and S. terebinthifolius and fractions ethyl acetate and chloroform of Annona cacans reduced the carpogenic germination of sclerotia of S. sclerotiorum and the extract of A. cacans reduced the number of apothecia formed. Mycelial growth showed 10% inhibition at the highest concentration of essential oil of S. terebinthifolius.(AU)
Descritores: Plantas
Plantas Medicinais
Ascomicetos
Óleos Voláteis
Fungos
-Controle de Pragas
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  2 / 124 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-967317
Autor: Martins, Juliana Araújo Santos; Alves, Augusto Borges e; Garcez, Michel; Juliatti, Fernando Cezar.
Título: Partial resistance of soybean lines to asian rust and white mold / Resistência parcial de linhagens de soja à ferrugem asiática e mofo branco
Fonte: Biosci. j. (Online);34(5):1281-1286, sept./oct. 2018.
Idioma: en.
Resumo: Soybean Asian rust and white mold stand out to cause great problems to soybean producing regions in Brazil. The aim of this study was to evaluate the partial resistance of soybean lines to Asian rust and white mold. In order to assess the resistance of soybean to Asian rust, 19 early maturing soybean lines were used in an experiment in a greenhouse. Four severity evaluation were carried and the area under the disease progress curve was calculated. The productivity of those lines was evaluated in the field. In a second experiment, the resistance to Sclerotinia sclerotiorum was assessed under greenhouse conditions. When the plants were in the V2 stage, the inoculation was carried by cutting the main stem and inserting a ferrule containing the fungal mycelium. Seventeen soybean lines and the controls Emgopa 316 and Nidera RR 7255 were evaluated. The averages were grouped by the Scott Knott test by using the software Assistat. The lines L203 and L279 showed partial resistance to Phakopsora pachyrhizi and good productivity. The inoculation method was efficient in assessing the resistance to S. sclerotiorum. The lines L203, L268, L266, L226, L144 and L267 were resistant to the infection of S. sclerotiorum.

A Ferrugem Asiática e o Mofo-Branco da soja se destacam por causar grandes problemas em regiões produtoras de soja do Brasil. O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência parcial de linhagens de soja à ferrugem asiática e ao mofo branco da soja. Para avaliação da resistência à ferrugem asiática da soja foram utilizadas 19 linhagens de ciclo precoce em ensaio em casa de vegetação. Foram realizadas quatro avaliações de severidade e calculada a área abaixo da curva de progresso da doença. Avaliou-se a produtividade dessas mesmas linhagens a campo. Em um segundo ensaio, avaliou-se a resistência à S. sclerotiorum em casa de vegetação. Quando as plantas estavam em V2 realizou-se a inoculação através do corte da haste principal e inserção de ponteira contendo o micélio do fungo. Foram avaliadas 18 linhagens de soja e duas testemunhas, Emgopa 316 e Nidera RR 7255. As médias foram comparadas pelo teste de Scott Knott, através do Assistat. As linhagens L203 e L279 demonstraram resistência parcial à P. pachyrhizi e apresentaram boa produtividade. O método de inoculação mostrou-se eficiente na avaliação da resistência à S. sclerotiorum. As linhagens L203, L268, L266, L226, L144, L267 mostraram-se resistentes à infecção por S. sclerotiorum.
Descritores: Ascomicetos
Feijão de Soja
Micélio
Resistência à Doença
Phakopsora pachyrhizi
Fungos
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  3 / 124 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-966611
Autor: Santos, Roberto Resende dos; Morais, Tâmara Prado de; Juliatti, Fernando Cezar.
Título: Detection of Sclerotinia sclerotiorum on soybean and common bean seeds by modified neon-s test / Detecção de Sclerotinia sclerotiorum em sementes de soja e de feijão pela técnica neon-s modificada
Fonte: Biosci. j. (Online);34(1):67-74, jan./feb. 2018.
Idioma: en.
Resumo: The Neon-S method has been used for detection of Sclerotinia sclerotiorum on soybean and common bean seeds since the 2010 crop season. However, this method can lead to identification of false-positives due to the presence of other fungi that change the medium pH. Thus, this study evaluated the effect of increasing incubation period on the reliability of Neon-S test in detecting S. sclerotiorum infection on soybean and common bean seeds. A randomized block design was set up with three replicates in a 3x3 factorial scheme, consisting of three detection methods (germination paper test, Neon-S, and modified Neon-S2) and three seed material (naturally infected common beans, naturally infected and artificially inoculated soybean seeds). The three methods were compared by evaluating 400 seeds per replication, after incubating them for seven days in Neon-S, for 15 days in Neon-S2, and for 30 days in germination paper, determining the presence of the fungus and of sclerotia adhered to the seeds. The data were submitted to the analysis of variance and the averages compared by the Tukey test at 5% probability. From 2008 to 2012, 637 lots were evaluated. Among the seed material, artificially inoculated soybean presented the greatest pathogen infection index. The germination paper test led to 2.8% of positive samples, contrasting 29.7% of Neon-S. The modified method Neon-S2 increased detection sensitivity of S. sclerotiorum in seed lots (31.2%); however, did not significantly differ from the Neon-S method, despite its greater averages. We concluded that detection of S. sclerotiorum by the Neon-S method can be optimized by incubation for 15 days (Neon-S2), due to the formation of sclerotia near the infect seeds which confirms the presence of the pathogen avoiding false-positive results.

O método de Neon-S tem sido utilizado para a detecção de Sclerotinia sclerotiorum em sementes de soja e de feijão desde a safra de 2010. Porém, esse método possibilita a leitura de falsos-positivos devido ao aparecimento de fungos que também alteram o pH do meio. O objetivo deste trabalho foi verificar se o aumento do período de incubação melhora a confiabilidade do teste Neon-S em detectar o patógeno S. sclerotiorum em sementes de soja e de feijão. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos casualizados, em esquema fatorial 3x3, sendo três métodos de detecção (rolo de papel, Neon-S e o meio modificado Neon-S2) e três tipos de sementes (feijão infectado naturalmente e sementes de soja infectadas natural ou artificialmente), totalizando nove tratamentos, com três repetições. Os três métodos foram comparados avaliando 400 sementes por repetição: em meio Neon-S com incubação de sete dias, Neon-S2 com incubação de 15 dias e em rolo de papel por 30 dias, anotando-se a presença do fungo e de escleródios aderidos às sementes. Realizou-se a análise de variância dos dados e teste de comparação de médias (Tukey 5%). No período de 2008 a 2012, 637 lotes foram testados. Dentre os tipos de sementes, a soja inoculada artificialmente apresentou os maiores índices de infecção pelo patógeno. O teste de rolo de papel apresentou 2,8% de amostras positivas, enquanto o Neon-S 29,7%. O método Neon-S2 aumentou a sensibilidade de detecção de S. sclerotiorum nos lotes de sementes analisadas (31,2%); porém, não foi detectada diferença significativa comparativamente ao método Neon-S, ainda que com maiores médias. Conlui-se que a detecção de S. sclerotiorum pelo método Neon-S pode ser otimizada com a incubação por 15 dias (Neon-S2), em virtude da formação de escleródios próximos às sementes infectadas, o que confirma a presença do patógeno e evita a leitura de falsos-positivos.
Descritores: Ascomicetos
Sementes
Feijão de Soja
Phaseolus
Fungos
Noxas
-Fabaceae
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  4 / 124 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-964885
Autor: Wutzki, Carlos Rafael; Jaccoud Filho, David de Souza; Vrisman, Cláudio Maurício; Juliatti, Fernando Cezar; Nascimento, Aguinaldo José do.
Título: Alternative products to control Sclerotinia sclerotiorum in soybean / Produtos alternativos no controle de Sclerotinia sclerotiorum na cultura da soja
Fonte: Biosci. j. (Online);31(5):1423-1431, sept./oct. 2015.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this study was to evaluate different alternative products, foliar sprayed either alone or in combination with fungicide fluazinam, to control white mold in soybean at three locations: Arapoti, Mauá-da-Serra, and Pinhão, in Paraná state, southern Brazil. The following chemical products were used: sodium dichloroisocyanurate, benzalkonium chloride, pyroligneous extract, sodium hypochlorite, cobalt + molybdenum, sucrose, sodium bicarbonate and acibenzolar-S-methyl. Incidence, severity, yield, and number of sclerotia produced were analyzed. The majority of the variables did not follow the normal distribution of the data according to the Kolmogorov-Smirnov test; therefore, the use of non-parametric analysis was necessary. The analysis of all the treatments individually revealed no significant effects so it was decided to separate the analysis into the following groups of treatments: 'control', treatments using alternative products ('alternatives'), treatment only with fungicide ('fungicide') and treatments with alternative products and fungicide ('alternatives + fungicide'). In Arapoti, no significant differences for any variables were observed. In Mauá-da-Serra, the 'fungicide' and 'alternatives + fungicide' had the lowest incidence and number of sclerotia, with higher yield when compared to 'control' and 'alternatives'. No differences were observed for severity. In Pinhão, the 'fungicide' and 'alternatives + fungicide' were superior for incidence, number of sclerotia produced, and yield when compared to the 'control' and 'alternatives'. The 'alternatives + fungicide' showed significantly lower severity when compared to the control, 'alternatives' and 'fungicide' in Pinhão experiment. In conclusion, the alternative products applied in combination with fluazinam resulted in lower severity of white mold in soybean in the experiment conducted in Pinhão, and the application of fluazinam alone or in combination with alternative products, was efficient to control white mold in soybean in locations with high disease incidence.

O objetivo deste estudo foi avaliar diferentes produtos alternativos pulverizados via foliar, isoladamente ou em combinação com o fungicida fluazinam para o controle do mofo branco na cultura da soja, em três locais: Arapoti, PR, Mauá-da-Serra, PR e Pinhão, PR, Brasil. Os produtos utilizadas foram: dicloroisocianurato de sódio, cloreto de benzalcônio, extrato pirolenhoso, hipoclorito de sódio, cobalto + molibdenio, sacarose, bicarbonato de sódio e acibenzolar-S-metil. As variáveis analisadas foram incidência, severidade, rendimento e o número de escleródios produzidos. A maioria das variáveis não segue a distribuição normal dos dados conforme o teste Kolmogorov-Smirnov, assim sendo, o uso de testes não-paramétricos se fez necessário. A análise de todos os tratamentos individualmente não revelou efeitos significativos, onde optou-se por separar a análise em grupos de tratamentos, onde a testemunha foi denominada "controle"; os tratamentos com os produtos alternativos como "alternativos", o tratamento com o fungicida isolado como "fungicida" e os tratamentos com produtos alternativos e fungicida foi denominado "alternativos + fungicidas". Em Arapoti, não foram observadas diferenças estatisticamente significantes em nenhuma das variáveis analisadas. Em Mauá-da-Serra, os grupos 'fungicida' e 'alternativos + fungicida', apresentaram a menor incidência e número de escleródios, com maior rendimento quando comparados aos grupos 'controle' e 'alternativos'. Não foram observadas diferenças na severidade. Em Pinhão, os grupos 'fungicida' e 'alternativos + fungicida' foram estatisticamente superiores para incidência, número de escleródios produzidos e rendimento, quando comparados aos grupos 'controle' e 'alternativos'. O grupo 'alternativo + fungicida' apresentou severidade significativamente menor quando comparado aos grupos 'controle', 'alternativos' e 'fungicida' no experimento conduzido em Pinhão. Como conclusões, observou-se que os produtos alternativos aplicados em associação com o fungicida fluazinam proporcionaram menor severidade do mofo branco na cultura da soja no experimento conduzido em Pinhão, PR, e a aplicação do fungicida fluazinam isolado ou em associação com os produtos alternativos foi eficiente no controle do mofo branco na cultura da soja nos locais com alta incidência da doença.
Descritores: Ascomicetos
Feijão de Soja
Cloro
Estatísticas não Paramétricas
Fungos
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  5 / 124 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-964570
Autor: Zancan, Willian Luis Antonio; Steadman, James R; Higgins, Rebecca; Jhala, Rachana; Machado, José da Cruz.
Título: Genetic and aggressiveness variation among Sclerotinia sclerotiorum dry bean isolates from Brazil fields / Variação genética e agressividade entre isolados de Sclerotinia sclerotiorum provindos de campos de feijão do Brasil
Fonte: Biosci. j. (Online);31(4):1143-1151, july/aug. 2015.
Idioma: en.
Resumo: Sclerotinia sclerotiorum, infection of bean fields, has increased in Brazil. Fungicides application is the control strategy used due to lack of cultivars with complete disease resistance. To guide the use of isolates in resistance screening 25 S. sclerotiorum isolates from Brazilian dry bean fields were characterized using microsatellite markers, mycelial compatibility groups (MCGs) and aggressiveness. Microsatellite primer pairs were used to identify polymorphisms among the S. sclerotiorum isolates and MCGs were determined from interaction of all isolates grown sideby-side. Aggressiveness was derived from a straw test where fungal mycelium was placed over a cut bean stem and rated for disease progress. Data from microsatellite profiles grouped the 25 isolates into four clusters and seven MCGs were identified. No association among host cultivar and cluster or MCG of isolates was observed. For MCGs, 57% contained isolates sampled frequently over multiple locations and 43% contained isolates unique to locations. There were significant differences among isolates in aggressiveness within and between MCGs. The most aggressive isolates in resistance screening will be helpful in the identification of higher levels of resistance in bean germplasm/lines.

A infecção de Sclerotinia sclerotiorum em campos de feijoeiro tem aumentado no Brasil. A aplicação de fungicidas é a estratégia de controle utilizada devido à falta de cultivares com resistência completa á doença. Para orientar o uso de isolados visando resistência, 25 isolados de S. sclerotiorum coletados em campos de feijoeiro no Brasil foram caracterizados utilizando marcadores microssatélites, grupos de compatibilidade micelial (MCGs) e agressividade. Pares de primers de microssatélites foram utilizados para identificar polimorfismo entre os isolados de S. sclerotiorum e MCGs foram determinados a partir de interação dos isolados crescendo lado-a-lado. O teste de agressividade foi derivado a partir do straw test onde o micélio do fungo foi depositado sobre a haste cortada de feijoeiro e avaliado o progresso da doença. Os dados de microssatélites dos 25 isolados de S. Sclerotiorum foram agrupados em quatro grupos e identificados sete MCGs. Não foi observada associação entre a cultivar hospedeira e o cluster ou MCG dos isolados. Para MCGs, 57% continham isolados amostrados em vários locais e 43 % continham isolados de apenas um local. Houve diferença significativa entre os isolados na agressividade dentro e entre os MCGs. O isolado mais agressivo no screening de resistência será útil na identificação de níveis mais elevados de resistência em germoplasma/linhagens de feijoeiro.
Descritores: Ascomicetos
Variação Genética
Repetições de Microssatélites
Fungos
Fabaceae
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 124 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-964552
Autor: Beruski, Gustavo Castilho; Pereira, André Belmont; Jaccoud Filho, David Souza; Sartori, Felipe Fadel; Sentelhas, Paulo Cesar.
Título: Incidence and severity of white mold for soybean under different cultural practices and local meteorological conditions / Incidência e severidade de mofo-branco em soja sob diferentes práticas culturais e condições meteorológicas locais
Fonte: Biosci. j. (Online);31(4):1004-1014, july/aug. 2015.
Idioma: en.
Resumo: The Sclerotinia sclerotiorum (Lib.) de Bary fungus is a necrotrophic and polyphagous pathogen with soybean crop as one of its most important hosts. However in order to occur epidemics caused by such a pathogen it is necessary that the climatic conditions, mainly air temperature and relative humidity be favorable to the occurrence and development of the disease. The current research aimed to assess the incidence and severity of S. sclerotiorum in soybean plants grown in Arapoti, PR, Brazil, as a function of different plant populations, row spacing, and microclimate. The experiment was conducted in a naturally infested area. The experimental design adopted was a randomized block in a factorial combination with 4 row spacing (0.35, 0.45, 0.60, 0.75 m) and 4 plant populations (150, 200, 250; 300 thousand plants per hectare), totaling 16 treatments and 4 replications. Throughout the current study we performed 4 assessments of incidence and severity. Local climatic conditions were favorable for the incidence and severity of the pathogen. Mean air temperature, rainfall, relative humidity and leaf wetness duration, monitored during all experimental period, favored the development of the pathogen in the experimental field. Yield and 100 seed weight did not show fluctuations as a function of variations on the incidence and severity of white mold in soybean crop fields. Nevertheless, crop yield was higher under a reduced spacing, whereas the 100 seed weight showed the highest values under the lowest plant population treatment.

O fungo Sclerotinia sclerotiorum (Lib.) de Bary é um patógeno necrotrófico, polífago que tem a planta da soja como um dos seus principais hospedeiros. Porém, para que ocorram epidemias em decorrência desse patógeno é necessário que as condições climáticas, principalmente de umidade e temperatura do ar, sejam favoráveis para a ocorrência e o desenvolvimento da doença. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a incidência e severidade de S. sclerotiorum em plantas de soja cultivadas em Arapoti, PR, Brasil, em função de diferentes densidades populacionais, espaçamentos entrelinhas e microclima. O experimento foi conduzido em área naturalmente infestada. O delineamento experimental adotado foi o de blocos casualizados em esquema fatorial, combinando 4 espaçamentos entrelinhas (0,35; 0,45; 0,60; 0,75 metros) e 4 densidades populacionais (150, 200, 250, 300 mil plantas ha-1), totalizando 16 tratamentos e 4 repetições. Ao longo do experimento foram efetuadas 4 avaliações de incidência e severidade. A temperatura média do ar, precipitação, umidade relativa do ar e a duração do molhamento foliar, monitoradas durante todo o período experimental, foram favoráveis para o desenvolvimento do patógeno na área experimental. A produção e a massa de 1000 grãos não apresentaram oscilações em função das variações nos níveis de incidência e severidade de mofo-branco na cultura da soja cultivada na condição climática estudada. Contudo, a produtividade da cultura foi maior nos tratamentos com espaçamentos reduzidos. Já a massa de 1000 grãos apresentou maiores valores em tratamentos com reduzida densidade populacional.
Descritores: Plantas
Ascomicetos
Feijão de Soja
Fungos
Noxas
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  7 / 124 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-966280
Autor: Leite, Monik Evelin; Figueiredo, Izabel Cristina Rodrigues de; Dias, Juliana Andrade; Alves, Filipe Couto; Santos, João Bosco dos.
Título: Reaction of common bean lines derived from recurrent selection for white mold resistance and aggressiveness of Sclerotinia sclerotirum isolates / Reação de linhagens de feijão comum derivadas de seleção recorrente para resistência ao mofo branco e agressividade de isolados de Sclerotinia sclerotiorum
Fonte: Biosci. j. (Online);33(5), sept./oct. 2017. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: The objectives of this study were to verify the resistance of common bean lines derived from recurrent selection for white mold resistance and to identify those more stable to different isolates; to compare the aggressiveness of different Sclerotinia sclerotiorum isolates; and to verify isolates x lines interaction. Fifteen common bean lines were evaluated, twelve derived from recurrent selection for white mold resistance, one non-adapted source of resistance (Cornell 605), one moderately resistant and adapted (VC-16) and one susceptible to white mold (Corujinha). Ten isolates were used to inoculate the common bean lines through the straw test. A total of ten experiments were performed, one for each isolate. The randomized complete block design with three replications was used in each experiment. Each plot had five plants inoculated in two main branches, therefore the plot data was the average of the ten evaluations through a scale of nine grades. Diallel analysis were used to estimate the general reaction capacity (lines) and general aggressiveness capacity (isolates) to measure the resistance to white mold and the aggressiveness of the isolates, respectively. The GGE biplot analysis was used to group the common bean lines based on their resistance alleles and identify those more instable to the isolates. The resistance of the lines P4 and P10 was similar to Cornell 605, and they had stable reaction to different isolates and "Carioca" grain type. The lines of the advanced cycles of recurrent selection accumulated more favorable alleles than those of the first cycles, confirming the efficiency of the recurrent selection to increase white mold resistance in common bean. In addition, it was identified more aggressive isolates, UFLA 109 and UFLA 116, and a small magnitude of isolates x lines interaction, indicating a predominance of the horizontal resistance of the lines.

Os objetivos deste estudo foram verificar a resistência de linhagens de feijoeiro derivadas de diferentes ciclos de seleção recorrente para resistência ao mofo branco e identificar aquelas mais estáveis quando inoculadas com diferentes isolados; comparar a agressividade de diferentes isolados de Sclerotinia sclerotiorum e verificar se há interação isolados x linhagens. Quinze linhagens de feijoeiro comum foram avaliadas, doze derivadas de seleção recorrente para mofo branco, uma fonte de resistência não adaptada (Cornell 605), uma moderadamente resistente e adaptada (VC-16) e uma suscetível ao mofo branco (Corujinha). Dez isolados foram utilizados para inocular as linhagens de feijoeiro através do straw test. Foram realizados dez experimentos, um para cada isolado. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com três repetições. Em cada parcela, cinco plantas foram inoculadas em dois ramos principais, portanto, os dados da parcela foram a média de dez avaliações utilizando uma escala de nove notas. A análise dialélica foi utilizada para estimar a capacidade geral de reação (linhagens) e capacidade geral de agressividade (isolados) para medir, respectivamente, a resistência das linhagens e a agressividade dos isolados. A análise GGE biplot foi utilizada para agrupar as linhagens baseado em seus alelos de resistência e identificar as mais estáveis aos isolados. A resistência das linhagens P4 e P10 foi semelhante à Cornell 605, com reação estável e grãos tipo "Carioca". Como esperado, as linhagens dos ciclos mais avançados de seleção recorrente acumularam mais alelos favoráveis que aquelas dos primeiros ciclos confirmando a eficiência da seleção. Além disso, foram identificados isolados mais agressivos, UFLA109 e UFLA 116 e interação isolados x linhagens de pequena magnitude, indicando um predomínio da resistência horizontal.
Descritores: Ascomicetos
Phaseolus
Genes
Genótipo
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  8 / 124 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-963880
Autor: Zancan, Willian Luis Antonio; Machado, José da Cruz; Baute, Nayara Lima; Sousa, Bruno Figueiredo Moretti de.
Título: Relationship between mycelial inoculum of Sclerotinia sclerotiorum and performance of sunflower seeds under controlled conditions / Relação entre inóculo micelial de Sclerotinia sclerotiorum e o desempenho de sementes de girassol em condições controladas
Fonte: Biosci. j. (Online);31(3):775-784, may./jun. 2015.
Idioma: en.
Resumo: The cultivated area of sunflower in Brazil is expanding considerably over the last years as the result of the great interest in the biodiesel production derived from that crop. One consequence of that expansion is the occurrence of several diseases some of devastating nature in part of the growing areas with sunflower. This study evaluated the effects of the association of sunflower seeds infected by Sclerotinia sclerotiorum and the pathogen transmission rates from these infected seeds, considering some factors which may interfere in that interaction. Four inoculum potentials, two isolates of the cited fungus, two sunflower cultivars, 'Helio 250' and 'Helio 253' and two environmental temperatures, 20°C and 25°C, were used for the purpose in this work. Seed germination and health, emergence speed index, and plant populations were variables analyzed. From the results, increased levels of inoculum potentials led to gradual reduction of the mean values of germination, emergence rate index and plant populations, regardless the genotype, fungal isolates and temperatures. Transmission rates were higher at the highest levels of inoculum potential, the maximum reaching 80%. These results show the significance of S. sclerotiorum inoculum associated with sunflower seeds both in the establishment of plants in fields and also in spreading the pathogen inoculum between crop fields.

A área cultivada de girassol no Brasil tem se expandido consideravelmente, nos últimos anos, como resultado do elevado interesse na produção de biodiesel. Como consequência do crescimento da cultura, a ocorrência de várias doenças vem devastando as áreas plantadas com girassol. Este estudo avaliou os efeitos da associação de sementes de girassol infectadas por Sclerotinia sclerotiorum e as taxas de transmissão do patógeno a partir destas sementes infectadas, considerando os fatores que podem interferir nesta interação. Foram utilizados, neste trabalho quatro potenciais de inóculo, dois isolados de fungo, duas cultivares de girassol, 'Helio 250' e 'Helio 253', e duas temperaturas de crescimento, 20°C e 25°C. Sanidade e germinação das sementes, índice de velocidade de emergência e população de plantas foram as variáveis analisadas. A partir dos resultados, o aumento do nível do potencial de inóculo levou a uma redução gradual nos valores de germinação, índice de velocidade de emergência e população de plantas, independente da cultivar, do isolado fúngico e da temperatura. As maiores taxas de transmissão foram observadas nos níveis de potencial de inóculo mais elevados, atingindo níveis próximos de 80%. Estes resultados são indicativos sobre a importância do inóculo de S. sclerotiorum associado com sementes de girassol, tanto na disseminação do inóculo do patógeno, quanto como causa de possíveis danos em condições de campo.
Descritores: Ascomicetos
Sementes
Germinação
Fungos
Helianthus
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  9 / 124 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-966254
Autor: Beloti, Igor Forigo; Juliatti, Breno Cezar Marinho; Juliatti, Fernando Cezar.
Título: Evaluation of the gelatin technique for the preservation of phytopathogenic fungi / Avaliação da técnica da gelatina para preservação de fungos fitopatogênicos
Fonte: Biosci. j. (Online);33(4):923-932, july/aug. 2017. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: The preservation methods for fungi have great importance in ex situ collections, representing important biological heritage, useful for mycologists and plant pathologists in several scientific works. However, there is a lack of studies for a suiTable and efficient preservation method for the different groups of fungi. Although, the most appropriate is the one that maintain, even after long periods, the original characteristics of culture: viability, sporulation and pathogenicity, excluding mutations and undesirable contamination. The choice will depend of the laboratory infrastructure, microorganism, objectives, preferences and knowledge of the researcher. We conducted this study inside the Laboratory of Mycology and Plant Protection (LAMIP) in UFU (Universidade Federal de Uberlândia), localized in Uberlândia (MG), Brazil. The objective was to evaluate the gelatin preservation method (17 cultures), never used before for phytopathogenic fungi. Other classical methods were concomitantly evaluated, such as sterile soil (68 cultures), resistant structures (Sclerotinia sclerotiorum) in 4°C (10 strains) and mineral oil (31 cultures). We examined the time for maintaining the viability, sporulation and colonization in host tissues preserved in different dates. The gelatin method remained viability in 10 cultures; this method is suiTable for preservation of the genera and species: Colletotrichum spp., Septoria spp., Fusarium spp., F. moniliforme var. subglutinans, Macrophomina spp., Phomopsis spp. and Verticillium spp. The viability remained in 38 strains of sterile soil, three of mineral oil, and one strain of sclerotia reached a maximum preservation time in 4°C of four years.

Os métodos de preservação de fungos têm grande importância em coleções ex situ, representando importante patrimônio biológico, útil para micologistas e fitopatologista como suporte para vários trabalhos científicos. Não existe um método de preservação adequado e eficiente para os diferentes grupos de fungos, entretanto, o mais apropriado é o que mantém, mesmo após longos períodos, as características originais da cultura: viabilidade, esporulação e patogenicidade, excluindo mutações e contaminação indesejável. A escolha dependerá da infra-estrutura laboratorial, microorganismo, objetivos, preferências e conhecimentos do pesquisador. Este trabalho foi realizado no Laboratório de Micologia e Proteção Vegetal (LAMIP) da UFU (Universidade Federal de Uberlândia), localizado em Uberlândia (MG), Brasil. O objetivo foi avaliar o método de preservação da gelatina (17 culturas), nunca testado antes para fungos fitopatogêncios. Concomitantemente foram avaliados métodos clássicos, como solo estéril (68 culturas), escleródios (Sclerotinia sclerotiorum) em 4 ° C (10 isolados) e óleo mineral (31 culturas). Avaliou-se a manutenção na viabilidade, esporulação e patogenicidade dos isolados. O método da gelatina manteve a viabilidade em 10 culturas, sendo adequado para a preservação dos gêneros e espécies: Colletotrichum spp., Septoria spp., Fusarium spp., F. moniliforme var. subglutinans, Macrophomina spp., Phomopsis spp. e Verticillium spp. A viabilidade foi mantida em 38 isolados em solo estéril, três isolados em óleo mineral e um apenas um isolado de escleródio atingiu um tempo máximo de preservação de quatro anos.
Descritores: Preservação Biológica
Ascomicetos
Virulência
Fungos
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  10 / 124 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Rozental, Sonia
Alviano, Celuta Sales
Texto completo
Id: biblio-955114
Autor: Pinto, Lysianne; Granja, Luiz Fernando Zmetek; Almeida, Mariana Amorim de; Alviano, Daniela Sales; Silva, Maria Helena da; Ejzemberg, Regina; Rozental, Sonia; Alviano, Celuta Sales.
Título: Melanin particles isolated from the fungus Fonsecaea pedrosoi activates the human complement system
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;113(8):e180120, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: BACKGROUND Melanin production has been associated with virulence in various pathogenic fungi, including Fonsecaea pedrosoi, the major etiological agent for chromoblastomycosis, a subcutaneous fungal disease that occurs in South America. OBJECTIVE The aim of this study was to evaluate the effects of acid-basic extracted F. pedrosoi melanin particles and fungal cell ghosts obtained by Novozym 234 treatment on their ability to activate the human complement system. METHODS The ability of melanin particles and fungal cell ghosts to activate the human complement system was evaluated by complement consumption, immunofluorescence, and enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA). FINDINGS Unsensitised melanin particles and melanin ghosts presented complement consumption of 82.67 ± 2.08% and 96.04 ± 1.13%, respectively. Immunofluorescence assays revealed intense deposition of the C3 and C4 fragments on the surface of melanin particles and ghosts extracted from F. pedrosoi. Deposition of the C3, C4, and C5 fragments onto melanin samples and zymosan was confirmed by ELISA. Deposition of small amounts of C1q and C9 onto melanin samples and zymosan was detected by ELISA. CONCLUSION Fonsecaea pedrosoi melanin particles and fungal cell ghosts activated the complement system mainly through an alternative pathway.
Descritores: Ascomicetos/química
Ativação do Complemento
Melaninas/isolamento & purificação
Melaninas/biossíntese
-Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Imunofluorescência
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 13 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde