Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.650.560 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 3248 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 325 ir para página                         

  1 / 3248 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1148259
Autor: Perú. Ministerio de Salud; .Dirección General de Intervenciones Estratégicas en Salud Pública; .Instituto Nacional de Salud.
Título: Guía técnica para la colecta de plantas medicinales / Technical guide for the collection of medicinal plants.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud; 20210200. 14 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El documento contiene la orientación técnica al personal de salud para la estandarización de los procedimientos y métodos para la colecta y recopilación de plantas medicinales e información de su uso tradicional a nivel nacional.
Descritores: Orientação
Plantas Medicinais
Registros
Métodos
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central


  2 / 3248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-393855
Autor: Costa, Flávia Regina Capellotto.
Título: Structure and composition of the ground-herb community in a terra-firme Central Amazonian forest
Fonte: Acta amaz;34(1):53-59, 2004. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: A comunidade herbácea das florestas tropicais é pouco conhecida, havendo poucos estudos quantitativos de sua estrutura. Mesmo com esta quantidade escassa de informações, é possível afirmar que as ervas terrestres são um grupo rico, representando 14 a 40% das espécies encontradas em contagens totais de espécies em florestas tropicais. O presente estudo teve como objetivo aumentar o conhecimento sobre a estrutura e composição da comunidade de ervas terrestres e comparar as localidades para as quais há estudos similares. O estudo foi desenvolvido em uma floresta tropical não-inundada, 90 km ao norte de Manaus, AM. As ervas terrestres foram amostradas em 22 transectos de 40 m2, distribuídos em cinco plots de 4 ha. A comunidade foi composta de 35 espécies, distribuídas em 24 gêneros e 18 famílias. As angiospermas foram representadas por 8 famílias e as pteridófitas por 10 famílias. Marantaceae (12 sp) e Cyperaceae (4 sp) foram as famílias mais ricas em espécies. Marantaceae e Poaceae foram as famílias com maior abundância e cobertura. A cobertura de Marantaceae, Poaceae, Heliconiaceae e pteridófitas somou 96% de toda a cobertura herbácea, e assim estes 4 grupos foram responsáveis por quase toda a cobertura da comunidade. As 10 espécies mais abundantes somaram 83,7% dos indivíduos. Em geral as espécies mais abundantes foram também as mais freqüentes. A riqueza por transecto variou de 7 a 19 espécies, e a abundância variou de 30 a 114 indivíduos. A estrutura da comunidade foi bastante similar à encontrada em 3 outras localidades na América do Sul e uma na Ásia.
Descritores: Plantas Medicinais
Ecossistema Amazônico
Biota
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  3 / 3248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-767257
Autor: Silva, AAS; Alexandre, JB; Vieira, LG; Rodrigues, SP; Falcão, MJC; Morais, SM.
Título: Estudo fitoquímico e atividades leishmanicida, anticolinestarásica e antioxidante de extratos de Annona glabra L. (araticum panã) / Phytochemical study and leishmanicidal, anticholinesterase and antioxidant activities of Annona glabra L. (araticum panã) extracts
Fonte: Rev. ciênc. farm. básica apl;36(2), jun. 2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste estudo foi investigar as principais classes de compostos químicos presentes em Annona grabra L. (Araticum panã), e avaliar o seu potencial biológico analisando suas atividades antioxidante, antiacetilcolinesterase e leishmanicida. Para tanto, a entrecasca e sementes foram submetidas à extração em aparelho de soxhlet com os solventes orgânicos hexano, clorofórmio, acetato de etila e metanol, obtendo-se os respectivos extratos. Com os extratos foram realizados testes de prospecção fitoquímica, determinação da atividade antioxidante pelo método de inibição do radical livre DPPH e inibição da acetilcolinesterase em ensaio de cromatografia em camada delgada. Os testes de atividade leishmanicida in vitro em formas promastigotas de Leishmania infantum chagasi foram realizados em placa de 96 poços em aparelho ELISA. Os extratos foram testados a 100 ?g/ mL. Os testes fitoquímicos revelaram a presença de esteroides, triterpenos, alcaloides, compostos fenólicos e saponinas. Todos os extratos apresentaram inibição da acetilcolinesterase e os extratos hexânicos de ambas partes mostraram maior percentual de inibição de L. infantum chagasi. Nestes extratos, compostos apolares como esteroides e triterpenos podem contribuir para a atividade leishmanicida. Os extratos de melhor atividade antioxidante foram o acetato de etila e metanólico da entrecasca e metanólico das sementes que correspondem aos que contem compostos fenólicos. Conclui-se que A. glabra constitui uma fonte potencial de agentes leishmanicida com possível mecanismo de ação pela inibição da enzima acetilcolinesterase das membranas da L. infantum chagasi, causador da leishmaniose visceral.(AU)

The aim of this study was to investigate the main types of chemical constituents present in Annona grabra L. (araticum panã) and evaluate its biological potential by analyzing the antioxidant, antiacetylcholinesterase and antiLeishmanial activities. For this, the sapwood and seeds were subjected to extraction in soxhlet apparatus using the following organic solvents: hexane, chloroform, ethyl acetate and methanol for obtaining the respective extracts. These extracts were submitted to phytochemical prospection, antioxidant tests by scavenging the free radical DPPH, acetylcholinesterase inhibition assay on TLC plates. The in vitro antiLeishmanial assay in Leishmania infantum chagasi promastigotes were performed in a 96 well plate in an ELISA instrument. The extracts were tested at 100 ?g/ mL. Phytochemical investigation revealed the presence of sterols, triterpenes, alkaloids, phenolic compounds and saponins. All extracts showed inhibition of acetylcholinesterase, and hexane extracts of both parts presented more action in L. infantum chagasi. The extracts with better antioxidant action were ethyl acetate and methanol extracts of the sapwood and methanol extract of seeds, which correspond to those, which contains phenolic compounds. In conclusion, A. glabra constitutes a potential source of antiLeishmanial agents with possible mechanism of action by inhibiting the acetylcholinesterase in the membranes of L. infantum chagasi responsible for visceral Leishmaniasis.(AU)
Descritores: Extratos Vegetais
Annona
Leishmaniose Visceral
-Plantas Medicinais
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  4 / 3248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-767261
Autor: Santos, ES; Hoscheid, J; Mata, PTG.
Título: Atividade antibacteriana do extrato bruto e fracionado de cascas dos frutos de Punica granatum Linn / Antibacterial activity of crude ethanolic and fractionated extracts of Punica granatum Linn. fruit peels
Fonte: Rev. ciênc. farm. básica apl;36(2), jun. 2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: Currently it is clear the need to develop new antimicrobial seeking to solve problems such as antibiotic resistance, in this context medicinal plants has been using a prominent place, and knowledge of popular medicine shows itself to be a promising search tool. Peel of Punica granatum fruits are popularly used for the treatment of diarrhea, eye and upper airway inflammation, and in the external treatment of infectious sores. Thus, this study had the objective to evaluate the in vitro inhibitory effect of the crude ethanol extract of peels of P. granatum, three organic fractions and also fractions obtained by column chromatography, on reference microorganisms (Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Salmonella typhimurium and Pseudomonas aeruginosa) by disk diffusion method. The obtained results evidenced that the ethyl acetate and aqueous fractions facing S. aureus and E. coli showed significant antimicrobial activity, close to the antimicrobial gentamicin and penicillin, respectively. In its turn the crude ethanolic extract of P. granatum and aqueous fraction showed inhibitory effect similar to the antimicrobial tetracycline facing P. aeruginosa. It was observed an increase in the inhibition of the microorganisms with increasing extract volume (from 10 to 30 ?L), being S. aureus and P. aeruginosa the most susceptible microorganisms. Differences in activity between the extracts and fractions can be partly explained by qualitative and quantitative variations in the secondary metabolites present in the extracts and fractions.(AU)

Atualmente está clara a necessidade do desenvolvimento de novos antimicrobianos buscando resolver problemas como a resistência a antibióticos, neste contexto, as plantas medicinais vem utilizando um lugar de destaque, e os conhecimentos da medicina popular mostram-se uma ferramenta de busca promissora. Cascas dos frutos de Punica granatum são utilizadas popularmente para o tratamento de diarreias, inflamações oculares e das vias aéreas superiores, e no tratamento externo de feridas infecciosas. Assim, este estudo teve o objetivo de avaliar o efeito inibitório in vitro do extrato bruto etanólico de cascas de P. granatum, três frações orgânicas e de frações obtidas por cromatografia em coluna, sobre microrganismos referência (Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Salmonella typhimurium e Pseudomonas aeruginosa) pelo método de disco difusão. Os resultados obtidos evidenciaram que as frações acetato de etila e aquosa frente a S. aureus e E. coli demonstraram atividade significativa, próximo ao antimicrobiano gentamicina e penicilina, respectivamente. Já o extrato bruto etanólico de P. granatum e a fração aquosa apresentaram efeito inibitório semelhante ao antimicrobiano tetraciclina frente a P. aeruginosa. Observou-se um aumento na inibição dos microrganismos conforme o aumento do volume de extrato (de 10 para 30 ?L), sendo que S. aureus e P. aeruginosa foram os microrganismos mais suscetíveis. Diferenças na atividade entre os extratos e frações podem ser parcialmente explicadas por variações qualitativas e quantitativas de metabólitos secundários presentes no extrato e frações.(AU)
Descritores: Romã (Fruta)
Antibacterianos/uso terapêutico
-Plantas Medicinais
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  5 / 3248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-877634
Autor: Puentes, Jeremías Pedro; Hurrell, Julio Alberto.
Título: Plantas andinas y sus productos comercializados con fines medicinales y alimentarios en el área metropolitana Buenos Aires-La Plata, Argentina / ndean plants and its products commercialized for food and medicinal purposes in the metropolitan area Buenos Aires-La Plata, Argentina
Fonte: Blacpma;14(3):206-236, 2015. tab, ilus.
Idioma: es.
Resumo: Este trabajo incluye 50 taxones (especies, subespecies, variedades, cultivares) de plantas vinculadas al acervo andino, cuyos productos se comercializan con fines alimentarios y terapéuticos en el Área Metropolitana Buenos Aires-La Plata, Argentina. Para cada taxón se indican sus productos, los usos asignados y sus efectos científicamente estudiados, a los fines de evaluar su correlación. Asimismo, se discute su difusión desde el ámbito restringido del segmento de inmigrantes bolivianos (contexto "ligado a tradiciones") hacia el circuito comercial general (contexto "no tradicional"). De este modo, la dinámica del conocimiento botánico local es evaluada a través de la circulación de distintos productos.

This paper includes 50 taxa (species, subspecies, varieties, cultivars) of plants linked to the Andean context whose products are marketed for food and medicinal purposes in Metropolitan Buenos Aires-La Plata, Argentina. For each taxon its products are indicated, as well as its assigned uses and scientifically studied effects, in order to evaluate their correlation. Also, the products diffusion from the restricted ambit of the Bolivian immigrants segment ('linked to traditions' context) to the general commercial circuit ('not traditional' context) is discussed. Thereby, the dynamics of local botanical knowledge is assessed through the different products circulation.
Descritores: Plantas Comestíveis
Plantas Medicinais
Etnobotânica/economia
-Argentina
Área Urbana
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 3248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-877608
Autor: Ladio, Ana Haydee; Molares, Soledad.
Título: Complejos vegetales comestibles y medicinales en la Patagonia Argentina: sus componentes y posibles procesos asociados / Edible and medicinal plant complexes in Patagonia Argentina: components and possible associated processes
Fonte: Blacpma;14(3):237-250, 2015. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Este trabajo presenta resultados de un estudio sobre la presencia de complejos vegetales en la flora medicinal y comestible mapuche de la Patagonia Argentina. A partir de una revisión bibliográfica y datos de campo, se reconocieron diez complejos recurrentes en la región, conformados por especies nativas y exóticas. Los nombres de cada complejo llevan la etiqueta de sus componentes exóticos. En la mayoría de los casos las especies exóticas son plantas cultivadas, con mayor versatilidad utilitaria y disponibilidad ambiental que las nativas. Sin embargo, la mayoría de los componentes nativos son plantas de gran consenso de uso a nivel regional. Los componentes de cada complejo comparten características morfológicas, organolépticas, utilitarias y, en seis casos, pertenecen a la misma familia. Se discute la dinámica y complejidad de los sistemas clasificatorios tradicionales en interacción con elementos exóticos a lo largo del tiempo. Se concluye que los complejos estudiados son el resultado de factores tanto quimio-taxonómicos como socioculturales y ambientales.
Descritores: Plantas Comestíveis
Plantas Medicinais
Etnobotânica/classificação
-Argentina
ADENOMAACCREDITATION
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Relatório Técnico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 3248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1147866
Autor: Costanza Torri, Maria.
Título: A medicina tradicional na América do Sul e as relações complexas entre os valores culturais, espirituais e terapêuticos das plantas / A traditional medicine in South America and the complex relationship between cultural values, and spiritual therapeutic plants
Fonte: Rev. Geogr;30(3):6-23, 2013. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Apesar de estudos farmacológicos darem uma contribuição importante para o entendimento da medicina tradicional dos povos indígenas em termos de valor terapêutico das diferente plantas, eles nem sempre conseguem retratar os vários aspectos socioculturais e simbólicos deste tipos de medicamentos. Este estudo pretende colmatar esta lacuna através da análise dos valores sócioculturais e religiosos das plantas medicinais em comunidades indígenas no Chile e no Equador, com especial atenção para a medicina tradicional. Os dados mostram que a eficácia terapêutica da medicina tradicional não é apenas baseada em ingredientes biologicamente ativos, mas também está relacionada com o significado simbólico e religioso atribuído aos tratamentos por médicos tradicionais e pacientes. O estudo conclui que, a fim de compreender a eficácia terapêutica das plantas, é necessário compreender o contexto sociocultural em que elas são utilizadas.
Descritores: Plantas Medicinais
Medicina Tradicional
-Brasil
Etnobotânica
Competência Cultural
Povos Indígenas
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 3248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1147847
Autor: Barboza, Augusto Cezar; Miranda Amador, Maianne do Socorro; Portal Gomes, Paulo Weslem; Brito, Jade da Silva; Gonçalves Miranda, Thyago; Martins Junior, Alcindo da Silva; Nascimento Pontes, Altem; Tavares Martins, Ana Cláudia Caldeira.
Título: Percepção dos alunos a respeito do uso de plantas medicinais em escolas públicas de Salvaterra / Perception of students regarding the use of medicinal plants in public schools in Salvaterra
Fonte: Biota Amazôn;10(1):24-30, 2020. graf, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O conhecimento tradicional sobre as plantas medicinais foi repassado de geração a geração e estabeleceu a base da ciência terapêutica tradicional. O presente trabalho objetivou analisar a percepção sobre o uso de plantas medicinais entre os alunos do 1º ano do ensino médio em duas escolas públicas do município de Salvaterra, Pará. Realizou-se uma pesquisa ativa, a qual foram aplicados 191 questionários aos alunos. Os resultados indicam que 85,86% dos entrevistados conhecem os benefícios da fitoterapia. Contudo, ficou evidente que a sabedoria da medicina popular está se perdendo entre os estudantes que residem no espaço urbano, visto que 60% dos jovens relatam que priorizam o uso de medicamentos industrializados ao invés de fitoterápicos caseiros. No espaço rural, observou-se que 86,29% dos educandos apresentam conhecimento mais abrangente sobre a medicina natural, revelando que os saberes se mantêm através da oralidade e da prática. Portanto, notou-se que a fitoterapia está presente no cotidiano da maioria dos alunos em suas comunidades, cuja população ainda usufrui dos recursos naturais para fins terapêuticos.
Descritores: Plantas Medicinais
Ensino Fundamental e Médio
-Brasil
Zona Rural
Inquéritos e Questionários
Fitoterapia
Medicina Tradicional
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 3248 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1147838
Autor: Saborit Rodríguez, Adrián.
Título: Presencia de la Medicina Natural y Tradicional en la batalla contra la COVID-19 / Presence of Natural and Traditional Medicine in the battle against the COVID-19
Fonte: Rev. 16 abril;59(277):1-1, 2020.
Idioma: es.
Resumo: Ante la actual crisis por la cual atraviesa la humanidad a consecuencia de la pandemia provocada por la COVID-19 (Coronavirus Disease 2019), se ha hecho evidente el creciente uso de la Medicina Natural y Tradicional (MNT) en muchos países del mundo. En la actualidad, el SARS-CoV-2 (Severe Acute Respiratory Syndrome Coronavirus-2), al ser un virus recientemente identificado, presenta opciones de tratamiento farmacológico limitadas.
Descritores: Infecções por Coronavirus/epidemiologia
Medicina Tradicional
-Plantas Medicinais
Acupuntura
Artemisia annua
Homeopatia
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 3248 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1147797
Autor: Fabro, Matheus; Arruda Ramos, Fernando; Israel, Ana Paula; Alves de Souza, Patrícia.
Título: Identificação das plantas medicinais utilizadas pelos moradores da região da Serra Catarinense / Identification of medicinal plans used by residentes of the Serra Catarinense region
Fonte: Res., Soc. Dev;9(7):1-10, 2020. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: identificar o uso das plantas medicinais para o tratamento e prevenção de doenças utilizadas pelos moradores da região da AMURES (Associação dos Municípios da Região Serrana). Metodologia: foi realizada uma pesquisa qualitativa e quantitativa do tipo exploratório descritiva, no local de atendimento do Consórcio da Saúde da AMURES em Lages, SC, totalizando cem entrevistas no total. Resultados: Foi analisado que 67% dos entrevistados eram do sexo feminino e 33% do sexo masculino. As plantas medicinais foram citadas como forma de utilização devido a tradição da família por 43,6% dos entrevistados. Houveram 200 citações sobre quem lhes ensinou a pratica, sendo que 32% citaram que quem lhes ensinou a prática foram seus avós. Os entrevistados 75% afirmaram que ensinaram suas práticas de utilização de plantas medicinais para seus filhos. As plantas medicinais mais utilizadas pelos entrevistados foram: marcela 11,41%, cidreira 10,51%, hortelã 9,61%, losna 4,8%, alcachofra 4,5%, camomila 3,6%, sendo que 55,56% foram outras plantas. Dos entrevistados 94 pessoas citaram que utilizam as plantas medicinais em formato de chá, 5 utilizam aplicando na pele e 1 citou que utiliza aplicando em couro cabeludo. Conclusão: Com isso, observou-se que a utilização das plantas medicinais é ainda presente pelos moradores da Região da AMURES.
Descritores: Plantas Medicinais
População Rural
-Brasil
Inquéritos e Questionários
Medicina Tradicional
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 325 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde