Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.650.940.800.575 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 3 [refinar]
Mostrando: 1 .. 3   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 3 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-781376
Autor: Neves, S P S; Funch, R; Conceição, A A; Miranda, L A P; Funch, L S.
Título: What are the most important factors determining different vegetation types in the Chapada Diamantina, Brazil? / Quais são os fatores mais importantes na determinação de diferentes tipos de vegetação na Chapada Diamantina, Brasil?
Fonte: Braz. j. biol;76(2):315-333, Apr.-June 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq; . FAPESB.
Resumo: Abstract A transect was used to examine the environmental and biological descriptors of a compact vegetation mosaic in the Chapada Diamantina in northeastern Brazil, including the floristic composition, spectrum of plant life forms, rainfall, and soil properties that defined areas of cerrado (Brazilian savanna), caatinga (seasonally dry tropical forest thorny, deciduous shrub/arboreal vegetation) and cerrado-caatinga transition vegetation. The floristic survey was made monthly from April/2009 to March/2012. A dendrogram of similarity was generated using the Jaccard Index based on a matrix of the species that occurred in at least two of the vegetation types examined. The proportions of life forms in each vegetation type were compared using the chi-square test. Composite soil samples were analyzed by simple variance (ANOVA) to examine relationships between soil parameters of each vegetation type and the transition area. The monthly precipitation levels in each vegetation type were measured and compared using the chi-square test. A total of 323 species of angiosperms were collected distributed in 193 genera and 54 families. The dendrogram demonstrated strong difference between the floristic compositions of the cerrado and caatinga, sharing 2% similarity. The chi-square test did not demonstrate any significant statistical differences between the monthly values of recorded rainfall. The organic matter and clay contents of the soilsin the caatinga increased while sand decreased, and the proportions of therophyte, hemicryptophyte, and chamaephyte life forms decreased and phanerophytes increased. We can therefore conclude that the floristic composition and the spectrum of life forms combined to define the cerrado and caatinga vegetation along the transect examined, with soil being the principal conditioning factor determining the different vegetation types, independent of precipitation levels.

Resumo Foi estabelecida uma transecção para examinar descritores ambientais e biológicos em uma área compacta de vegetação em mosaico na Chapada Diamantina, Nordeste do Brasil. A composição florística, espectro de formas de vida, precipitação e propriedades do solo foram avaliadas na transecção entre cerrado (savana brasileira) e caatinga (floresta tropical sazonalmente seca espinhosa, vegetação arbustivo-arbórea decídua), separados por vegetação de transição cerrado-caatinga. O levantamento florístico foi realizado mensalmente de abril de 2009 a março de 2012. Foi feita análise de agrupamento a fim de determinar a similaridade entre as fisionomias de cerrado, a caatinga e a transição cerrado-caatinga. As proporções de formas de vida foram comparadas utilizando o teste qui-quadrado. Amostras compostas de solo foram analisadas por variância simples (ANOVA) testando a existência de diferenças entre os solos de cada tipo de vegetação. A precipitação mensal em cada tipo de vegetação foi mensurada e os resultados comparados com o teste qui-quadrado. Coletamos 323 espécies de angiospermas pertencentes a 193 gêneros e 54 famílias. A análise de agrupamento demostrou diferença entre a composição florística do cerrado e da caatinga, com apenas 2% de similaridade. O teste qui-quadrado não demonstrou diferença estatística entre os valores registrados para cada mês. À medida que os conteúdos de matéria orgânica e argila aumentaram e o de areia diminuiu na caatinga, a proporção das formas de vida terófito, hemicriptófito e caméfito diminuiu e a de fanerófitos aumentou. Podemos considerar que a composição florística e o espectro de formas de vida delimitaram o cerrado e a caatinga na transecção estudada e que o solo foi o principal fator condicionante para determinação dos diferentes tipos de vegetação, independentemente da precipitação.
Descritores: Solo/classificação
Florestas
Embriófitas/classificação
-Chuva
Brasil
Estatística como Assunto
Ecossistema
Parques Recreativos/estatística & dados numéricos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 3 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-755015
Autor: Barbosa, MD; Becker, DFP; Cunha, S; Droste, A; Schmitt, JL.
Título: Vascular epiphytes of the Atlantic Forest in the Sinos River basin, state of Rio Grande do Sul, Brazil: richness, floristic composition and community structure / Epífitos vasculares em Floresta Atlântica da bacia do Rio dos Sinos, estado do Rio Grande do Sul, Brasil: riqueza, composição florística e estrutura comunitária
Fonte: Braz. j. biol;75(2,supl):25-35, May 2015. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo:

The Atlantic Forest, which has a vast epiphytic richness, is a priority area for preservation, listed as one of the five most important world hotspots. Vascular epiphyte richness, composition and community structure were studied in two fragments, one of the ombrophilous (29º43'42"S and 50º22'00"W) and the other of the seasonal (29º40'54"S and 51º06'56"W) forest, both belonging to the Atlantic Forest biome in the Sinos River basin, Rio Grande do Sul, Brazil. In each fragment, 40 trees, divided into four ecological zones, were analyzed. In each zone, the occurrence of the species was recorded, and the importance value of each species was calculated according to the frequency of phorophytes and intervals, and cover scores. The Shannon index was calculated for the two communities. In the fragment of the ombrophilous forest (F1), 30 epiphytic species were recorded, and in the seasonal forest (F2), 25. The highest importance value was found for Microgramma squamulosa (Kaulf.) de la Sota in both fragments. The diversity indexes for F1 (H'=2.72) and F2 (H'=2.55) were similar and reflected the subtropical location of the areas. The decrease in mean richness in both fragments in zone 3 (internal crown) to zone 4 (external crown) may be associated with time and space availability for epiphyte occupation and microclimate variations. Exclusive species were found in the areas, which suggest that a greater number of preserved fragments may result in a greater number of preserved epiphytic species in the Sinos River basin.

.

A Floresta Atlântica apresenta uma grande riqueza de epífitos e é considerada uma área prioritária para preservação listada entre os cinco mais importantes hotspots mundiais. A riqueza, a composição e a estrutura comunitária de epífitos vasculares foram estudadas em um fragmento de floresta ombrófila (29º43'42"S e 50º22'00"O) e outro de floresta estacional (29º40'54"S e 51º06'56"O), ambos pertencentes ao Bioma Floresta Atlântica, na bacia do Rio dos Sinos, Rio Grande do Sul, Brasil. Em cada fragmento foram analisadas 40 árvores divididas em quatro zonas ecológicas. Em cada zona, foi registrada a ocorrência das espécies e o valor de importância de cada uma delas foi calculado a partir da frequência nos forófitos e nos intervalos e das notas de cobertura. O índice de Shannon foi aplicado para as duas comunidades. No fragmento de floresta ombrófila (F1) foram registradas 30 e no de floresta estacional (F2) 25 espécies epifíticas. O maior valor de importância foi observado para Microgramma squamulosa (Kaulf.) de la Sota, em ambos os fragmentos. Os índices de diversidade para o F1 (H'=2,72) e o F2 (H'=2,55) foram próximos e refletem a posição geográfica mais subtropical das áreas. A diminuição na riqueza média em ambos os fragmentos da zona 3 (copa interna) para a zona 4 (copa externa) pode estar relacionada com a disponibilidade de tempo e de espaço para a ocupação de epífitos e com variações microclimáticas. Considerando que as áreas apresentaram espécies exclusivas, ficou evidenciado que um maior número de fragmentos conservados conduzirá à manutenção de um maior número de espécies epifíticas na bacia do Rio dos Sinos.

.
Descritores: Biodiversidade
Embriófitas/fisiologia
Florestas
-Brasil
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 3 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-208692
Autor: Saito, Maria Lucia.
Título: Revisäo da fitoquímica de Annonaceae Jussieu / Review of phytochemistry of annonaceae Jussieu
Fonte: Lecta-USF;13(1/2):101-86, 1995. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Considerando a importância da família Annonaceae Jussieu do ponto de vista de sua composiçäo quÝmica e atividades biológicas, foram levantadas informaçöes sobre os componentes químicos já isolados de espécies desta família.
Descritores: Plantas/química
-Embriófitas/classificação
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde