Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.650.940.800.575.912.063.199.666 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 15 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 15 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-976489
Autor: Boabaid, Fabiana M; Oliveira, Luiz G. S; Dalto, André G. C; Bandarra, Paulo M; Souza, Felipe S; Sonne, Luciana; Driemeier, David.
Título: Achados clínico-patológicos e métodos de controle da intoxicação por Pteridium (aquilinum) arachnoideum em uma propriedade do Rio Grande do Sul / Clinical and pathological findings and control methods of the poisoning by Pteridium (aquilinum) arachnoideum in a farm of Rio Grande do Sul, Brazil
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;38(8):1584-1596, Aug. 2018. graf.
Idioma: pt.
Resumo: A infestação de pastagens por Pteridium arachnoideum é um problema que afeta a pecuária em diversas partes do mundo, ocasionando perdas produtivas e mortalidades nos rebanhos, bem como a redução das áreas de pastagens. Devido aos prejuízos na bovinocultura, foi proposto o acompanhamento de uma propriedade no Rio Grande do Sul com perdas por Pteridium arachnoideum. Realizou-se um levantamento das mortes associadas à intoxicação por samambaia na propriedade durante o período de janeiro de 2007 a janeiro de 2015. Adicionalmente, testou-se a viabilidade de ovinos como ferramenta de controle biológico de samambaia e se acompanhou as tentativas de controle da planta através do uso dos herbicidas metilsulfuron-metil e picloram, os quais eram associados ou não à roçada prévia. Das mortes por intoxicação natural acompanhadas na propriedade, observou-se 22 casos de quadro agudo de diátese hemorrágica e seis de quadro crônico de carcinomas do trato digestório superior. Em cinco bovinos jovens com diátese hemorrágica, além de hemorragias disseminadas e infartos, observou-se acentuado edema laríngeo, que cursava, clinicamente, com dispneia e estertores respiratórios característicos. Os carcinomas do trato digestório superior, apesar de menos frequentes, causaram perdas expressivas, devido à mortalidade anual de reprodutoras. Notou-se que a introdução de bovinos jovens em áreas recentemente roçadas pode resultar no consumo de grandes quantidades de samambaia e na ocorrência de surtos da enfermidade aguda. O controle das populações de samambaia pelo pastejo por ovinos não foi eficiente, devido ao baixo consumo observado com a lotação de quatro ovinos por hectare, embora mortalidade de ovinos por consumo da planta não tenha sido registrada. Após a retirada do potreiro infestado por samambaia, ao final do experimento, oito dos ovinos foram acompanhados, clinicamente, por três anos e não apresentaram nenhuma alteração. A utilização dos herbicidas resultou em uma redução da cobertura de P. arachnoideum. No entanto, essa prática necessita de estudos adicionais, já que algumas áreas não tiveram recuperação satisfatória da pastagem e o seu uso pode causar impactos ambientais e aquisição de resistência de P. arachnoideum aos herbicidas.(AU)

The infestation of pastures by populations of Pteridium arachnoideum has been a considerable and global problem to the livestock production, due to animal mortality and pasture coverage reduction. Given the impact of P. arachnoideum on cattle production, it has been proposed to monitor a beef cattle farm in Rio Grande do Sul, to assess some of the losses associated with the plant consumption and the methods employed for the plant control. A survey of cattle deaths associated with fern poisoning on the farm was carried out from January 2007 to January 2015. In addition, the viability of sheep as a biological control tool was tested. Attempts to control the plant through the use of the herbicides methylsulfuron-methyl and picloram associated or not with previous mowing were monitored. Cases of natural poisoning observed in the farm included the acute form (22), known as hemorrhagic diathesis as well as the chronic form, consisting in digestive carcinomas (6). Five cases of hemorrhagic diathesis in young cattle went along with marked laryngeal edema, which was clinically manifested as dyspnea and roaring, in addition to the classic pathological changes of widespread hemorrhages and infarcts. Even though less frequent, upper digestive tract carcinomas caused significant losses, due to annual mortality of mature cows. In occasions, when cattle were moved to newly mowed infested areas, outbreaks of acute poisoning were observed. The attempted control by sheep introduction showed to be unpractical, due to the little consumption seen at a stocking rate of four sheep per hectare. However, sheep mortality due to P. arachnoideum consumption was not recorded. The plant control method applied at the farm is based on both, the mowing of densely populated areas and the use of herbicides, namely metylsulfuron-methyl and picloram, in all paddocks. The reduction of P. arachnoideum coverage showed to be varied in different paddocks, however allowed the recovery of some grazing areas. This practice needs further studies, as some areas have not had satisfactory pasture recovery, and its indiscriminate use could lead to environmental impacts and resistance of P. arachnoideum to herbicides.(AU)
Descritores: Envenenamento/diagnóstico
Bovinos/anormalidades
Pteridium/toxicidade
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-911524
Autor: Hojo-Souza, Natália Satchiko; Carneiro, Cláudia Martins; Santos, Rinaldo Cardoso dos.
Título: Pteridium aquilinum: o que sabemos e o que ainda falta saber / Pteridium aquilinum: what we know and what is yet to be learnt
Fonte: Biosci. j. (Online);26(5):798-808, Sept.- Oct. 2010.
Idioma: pt.
Resumo: A samambaia Pteridium aquilinum encontra-se amplamente distribuída no planeta, sendo considerada um problema ambiental, além de representar perigo para a saúde tanto de animais quanto da espécie humana. A taxonomia do gênero Pteridium tem sido objeto de discussão e novas propostas de classificação elevam variedades à categoria de espécies ou subespécies. Ao longo da história muito já se aprendeu sobre suas características biológicas, o que permitiu a adoção de medidas de prevenção de sua habilidade invasora e de seus efeitos tóxicos. Não obstante, ainda há aspectos a serem esclarecidos sobre como tais efeitos são exercidos, sobre seu(s) princípio(s) ativo(s) e respectivo mecanismo de ação, com o ptaquilosídeo sendo o composto mais estudado. Importantes efeitos desta substância foram demonstrados no nível molecular. Estudos epidemiológicos realizados com consumidores do vegetal revelaram elevação do risco para câncer de esôfago e estômago em associação à sua ingestão.

Bracken fern (Pteridium aquilinum) is present in practically all parts of Earth's surface, being considered a serious environmental problem besides representing a hazard for both animals and human beings. The taxonomy of the genus Pteridium has been discussed and former varieties are now proposed to be considered as species or subspecies. Along history much has been learnt about its biological characteristics, what has allowed the adoption of preventive measures against its encroaching ability and its toxic effects. Nevertheless there are still aspects to be clarified about how these effects are exerted, about its active principle(s) and respective mechanism of action, with ptaquiloside being the most studied compound. Important effects of this substance have been demonstrated at the molecular level. Epidemiological studies performed with consumers of the plant revealed an increase of the risk for esophageal and stomach cancer associated with its ingestion
Descritores: Saúde
Pteridium
Pteridium/toxicidade
Risco Relativo
Responsável: BR396.4


  3 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Marçal, Wilmar Sachetin
Texto completo
Id: biblio-833325
Autor: Watanabe, André Hiroshi Quadros; Marçal, Wilmar Sachetin.
Título: Resultados laboratoriais comparativos em fêmeas nelore de diferentes categorias provenientes de fazendas com e sem a presença de Pteridium arachnoideum nas pastagens / Comparative laboratory results of female nelore cattle in different farm categories with and without the presence of Pteridium arachnoideum in pastures / Resultados de laboratorio comparativos en hembras nelore de diferentes categorías provenientes de granjas con y sin la presencia de Pteridium arachnoideum en pastajes
Fonte: Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR;19(1):5-10, jan.-mar. 2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A Pteridium arachnoideum, anteriormente classificada como Pteridium aquilinum, popularmente conhecida por samambaia, é um dos vegetais tóxicos mais preocupantes em vários países, incluindo o Brasil. No estado do Paraná há várias regiões onde a planta possui característica endêmica. Pesquisadores brasileiros caracterizaram, experimentalmente, três formas clínicas das doenças causadas pela samambaia aos bovinos: diátese hemorrágica, hematúria enzoótica dos bovinos e carcinomas epidermoides do trato digestório superior. No presente trabalho, estudaram-se os valores hematológicos, bioquímicos e de urinálise em duas diferentes fases do desenvolvimento animal, sendo 58 novilhas e 55 vacas, originadas de propriedades rurais com características zootécnicas semelhantes e com a presença ou não da samambaia. A finalidade foi estabelecer um protocolo para triagem e adotar medidas na melhoria do manejo, evitando-se mais prejuízos. Neste estudo, houve uma queda no número de hemácias de vacas e novilhas provenientes de propriedades rurais com presença de samambaia. O número de plaquetas foi significativamente superior em ambas as faixas etárias nos bovinos provenientes de propriedades rurais com samambaia. Por outro lado, não houve alterações significativas no leucograma, indicando que não havia em nenhuma das duas categorias, resposta inflamatória sistêmica.(AU)

Pteridium arachnoideum, previously classified as Pteridium aquilinum, popularly known as bracken fern, is one of the most preoccupying poisonous vegetables in several countries, including Brazil. Brazilian researchers experimentally characterized three clinical forms of diseases caused by bracken fern in cattle: bleeding diathesis, bovine enzootic hematuria and squamous cell carcinoma in the upper digestive tracts. This work studies the hematological, biochemical and urinalysis values of two different phases of the animal development, being 58 heifers and 55 cows from farms with similar zootechnical characteristics, with and without the presence of bracken fern. In this study, there was a fall in the number of red blood cells in the cows and heifers from farms with the presence of bracken fern. The number of platelets was significantly higher in all of the age groups of animals from farms with bracken fern. There were no significant changes in the leucocyte count, indicating there was no systemic inflammatory response in any of the two categories.(AU)

El Pteridium arachnoideum, previamente clasificado como Pteridium aquilinum, popularmente conocido como helecho, es una de las plantas tóxicas más preocupantes en varios países, entre ellos Brasil. En el estado de Paraná hay varias regiones en las que la planta tiene característica endémica. Investigadores brasileños han caracterizado, experimentalmente, tres formas clínicas de la enfermedad causada por el helecho en la especie bovina: diátesis hemorrágica, hematuria enzoótica de ganado y carcinomas de células escamosas del tracto digestivo superior. En este trabajo se ha estudiado los valores hematológicos, bioquímicos y análisis de orina en dos etapas diferentes del desarrollo animal, compuesto por 58 novillas y 55 vacas, pertenecientes a granjas con características zootécnicas similares y con presencia o no de helecho. El objetivo ha sido establecer un protocolo para la detección y adoptar medidas para mejorar la gestión, evitando pérdidas. En este estudio se observó una disminución en el número de hematíes de vacas y novillas de propiedades rurales con la presencia de helecho. El recuento de plaquetas fue significativamente mayor en ambas edades de bovinos provenientes de propiedades con helecho. Por otro lado, no hubo cambios significativos en el recuento de glóbulos blancos, señalando que no había en ninguna de las dos categorías, respuesta inflamatoria sistémica.(AU)
Descritores: Técnicas de Laboratório Clínico/estatística & dados numéricos
Técnicas de Laboratório Clínico/veterinária
Hematologia/métodos
-Pteridium
Triagem/métodos
Urinálise/veterinária
Limites: Animais
Feminino
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  4 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-774505
Autor: Xavier, R. O.; Alday, J. G.; Marrs, R. H.; Matos, D. M. S..
Título: The role of Pteridium arachnoideum(Kaulf) on the seed bank of the endangered Brazilian Cerrado / Impacto de Pteridium arachnoideum(Kaulf) no banco de sementes do Cerrado
Fonte: Braz. j. biol;76(1):256-267, Feb. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The native bracken (Pteridium arachnoideum) often occurs in mono-specific stands in the Brazilian Cerrado, and this dominance can impact on both the above-ground vegetation and soil seed bank. This study investigated how invasion by this species over a 20-year period changed the seed bank and the relationship between the seed bank and litter mass. We extracted soil samples from three replicated invaded and uninvaded sites, and followed seedling emergence for six months. We collected the above-ground biomass and litter of P. arachnoideum in ten 1m2 plots from three invaded sites. There was no difference between invaded and uninvaded areas in seed bank richness, diversity or overall abundance. The most abundant family was the Melastomataceae, followed by the Poaceae. The Melastomataceae was more abundant in uninvaded sites, but the most common species of this family (Tibouchinastenocarpa) was not affected. The grasses were more common in invaded sites in the rainy season and were affected by heterogeneity in the litter layer. The seed bank could play a role in the recovery of these invaded areas, but the presence of weeds and invasive grasses could constrain their use as a management strategy.

Resumo O samambaião (Pteridium arachnoideum) frequentemente domina áreas de cerrado, e pode alterar tanto a vegetação estabelecida quanto o banco de sementes do solo. Nesse estudo investigamos como áreas de cerrado invadidas por essa espécie a mais de 20 anos alteraram o banco de sementes, e também a relação entre banco de sementes e quantidade de serapilheira. Extraímos amostras de solo em três invadidas e em áreas controle adjacentes, e monitoramos a emergência de plântulas por seis meses. Coletamos a biomassa aérea e a serapilheira de P. arachnoideum em dez parcelas de 1m2 nas áreas invadidas. Ariqueza, diversidade e abundância totalnão diferiram entre áreas invadidas e controle. A família mais abundante foi Melastomataceae, seguida por Poaceae. Melastomataceae foi mais comum em áreas controle, mas não a espécie mais comum nessa família (Tibouchina stenocarpa). Gramíneas foram predominantes em áreas invadidas durante a estação chuvosa, e foram afetadas pela heterogeneidade da camada de serapilheira. O banco de sementes pode ser importante para a recuperação dessas áreas invadidas, mas esse uso pode ser prejudicado pela presença de ervas daninhas e gramíneas invasoras.
Descritores: Biodiversidade
Plantas
Pteridium/fisiologia
Sementes/fisiologia
-Brasil
Estações do Ano
Solo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-735784
Autor: Mendes, R. E; Schwertz, C. I; D'Agostini, L. G; Pilati, C; Edwards, J. F.
Título: Timpanismo ruminal crônico secundário à hipoplasia de pregas de omaso em dois bovinos / Chronic ruminal bloat secondary to omasal laminae hypoplasia in two cattle
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;66(6):1638-1642, 12/2014. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Um novilho normando e outro charolês apresentando distensão abdominal, diarreia intermitente e timpanismo ruminal crônico, que iniciaram após desmame, foram enviados para necropsia. Observou-se ausência de pregas omasais associada à hipoplasia do órgão, assim como redução de tamanho das papilas ruminais e reticulares. Com base nas lesões e histórico, conclui-se que o timpanismo ruminal foi ocasionado pela falha no desenvolvimento do omaso...

Two emaciated juvenile steers, one Normande and one Charolaise breed with abdominal distension, intermittent diarrhea and chronic ruminal bloat that had begun at weaning were necropsied. Absence of the omasal laminae with omasal hypoplasia were found together with loss of ruminal papillae and reticular folds. Based on the lesions and history we concluded that the ruminal bloat was due to a development failure of the omasum...
Descritores: Diarreia/veterinária
Omaso/lesões
Rúmen/anormalidades
-Abomaso/anormalidades
Abomaso/lesões
Autopsia/veterinária
Pteridium/toxicidade
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-723194
Autor: Furlan, Fernando Henrique; Costa, Flávio Lisboa da; Torres Júnior, Silvio C. S; Kerber, Flávio Luíz; Damasceno, Everson dos Santos; Salino, Alexandre; Riet-Correa, Franklin.
Título: Perfil de propriedades rurais com pastos invadidos por Pteridium arachnoideum na região norte de Mato Grosso e prevalência de hematúria enzoótica bovina / Profile of farms with pastures invaded by Pteridium arachnoideum in northern Mato Grosso and prevalence of bovine enzootic hematuria
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;34(8):753-759, Aug. 2014. ilus, tab.
Idioma: pt.
Projeto: Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia; . Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso.
Resumo: Descreve-se o perfil de 40 propriedades rurais com pastagens invadidas por Pteridium arachnoideum na região norte de Mato Grosso, bem como a prevalência de hematúria enzoótica bovina (HEB) em bovinos de leite e corte nessa região. A HEB foi observada em 15/40 propriedades com prevalências variando entre 0,8 e 16,6%. Aspectos relacionados à implantação das pastagens e manejos utilizados foram discutidos. A maior parte das propriedades que apresentaram HEB possuíam pastagens altamente invadidas pela planta, enquanto que a maioria das propriedades que nunca apresentaram animais acometidos por HEB possuíam pastos com áreas invadidas abaixo de 10%. O desmatamento e a utilização de queimada foram fatores determinantes na invasão de piquetes por P. arachnoidem...

The profile of 40 farms with pastures invaded by Pteridium arachnoideum in northern Mato Grosso as well as the prevalence of bovine enzootic haematuria (BEH) in dairy and beef cattle in the region are described. The BEH was observed in 15/40 properties with prevalence rates ranging from 0.8 to 16.6%. Aspects related to the deployment of pastures and management are discussed. In most farms where BEH occurs, the pastures were highly invaded by the plant, whereas in most farms where HEB does not occur the pastures had less than 10% of Pteridium arachnoideum. Deforestation and the use of fire were determinant factors in the invasion of the paddocks by P. arachnoideum...
Descritores: Bovinos/urina
Doenças Endêmicas/veterinária
Hematúria/veterinária
Pteridium
-Conservação dos Recursos Naturais/efeitos adversos
Intoxicação por Plantas/veterinária
Pastagens
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-715577
Autor: Silva Matos, DM; Xavier, RO; Tiberio, FCS; Marrs, RH.
Título: A comparative study of resource allocation in Pteridium in different Brazilian ecosystems and its relationship with European studies / Estudo comparativo da alocação de recurso em Pteridium em diferentes ecossistemas brasileiros e sua relação com estudos na europa
Fonte: Braz. j. biol;74(1):156-165, 2/2014. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Pteridium is a cosmopolitan genus that acts as an invasive species in many parts of the world. Most research on this genus has occurred in Europe, and there is a lack of data on it from South America, in spite of causing considerable conservation problems. We compared the biomass allocation of P. esculentum subsp. arachnoideum in two ecosystems in Brazil - Atlantic forest and Brazilian savanna. We measured the biomass of fronds, rhizomes and above-ground litter. We also compared the density, length and biomass of fronds from this Brazilian study with similar data of P. esculentum subsp. arachnoideum derived from Venezuela and P. aquilinum from Europe. P. esculentum subsp. arachnoideum showed a wide response range. We found a negative relationship between frond and necromass, indicating a negative feedback effect, while a positive relationship was observed between frond and rhizome biomass. The continental comparison of relationships showed that Pteridium responds in a different way in both Brazil and Europe, and that in Brazil fronds tend to be longer and heavier, presumably as a result of the continuous growing season in South America while is shortened in Europe by frost. The paper shows the ability of Pteridium to adapt to different ecosystems.

Pteridium é um gênero cosmopolita que inclui espécies invasoras em várias partes do mundo. Os estudos sobre o gênero têm ocorrido principalmente na Europa, e existem poucas informações para as espécies que ocorrem na América do Sul. Nesse estudo comparamos a alocação de biomassa de P. esculentum subsp. arachnoideum em dois ecossistemas brasileiros – Mata Atlântica e Cerrado - em cada um dos quais medimos a biomassa nos rametas, nos rizomas e na serapilheira. Comparamos, também, a densidade, comprimento e biomassa dos rametas com informações obtidas sobre P. esculentum subsp. arachnoideum na Venezuela e P. aquilinum na Europa. P. esculentum subsp. arachnoideum apresentou respostas distintas. Encontramos uma relação negativa entre a biomassa de rametas e da serapilheira, indicando uma retro-alimentação negativa, enquanto houve uma relação positiva entre a biomassa dos rametas e dos rizomas. A comparação das relações entre os continentes indicou que Pteridium responde diferentemente no Brazil e na Europa, e também que no Brasil os rametas são maiores e contêm mais biomassa, possivelmente devido à estação de crescimento contínua, enquanto na Europa o crescimento é limitado pelas baixas temperaturas. Esse estudo demonstra o sucesso adaptativo de Pteridium em diferentes ecossistemas.
Descritores: Biomassa
Pteridium/fisiologia
-Brasil
Ecossistema
Europa (Continente)
Estações do Ano
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-712723
Autor: Furlan, Fernando Henrique; Mendes, Evelyn R. S; Ducatti, Kassia R; Marcon, Gefferson C; Dombrosky, Tiago; Amorim, Tássia M; Riet-Correa, Franklin.
Título: Intoxicação aguda por Pteridium arachnoideum e Pteridium caudatum em bovinos e distribuição das plantas em Mato Grosso / Acute poisoning by Pteridium arachnoideum and Pteridium caudatum in cattle and distribution of the plants in Mato Grosso
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;34(4):343-348, abr. 2014. ilus, mapas, tab.
Idioma: pt.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso.
Resumo: São descritos os aspectos epidemiológicos, clínicos e patológicos de um surto de intoxicação por Pteridium arachnoideum e Pteridium caudatum em bovinos no Estado de Mato Grosso. A distribuição dessas plantas no Estado, a intensidade de invasão de pastagens e alguns fatores associados à invasão das pastagens por Pteridium spp. são também descritos. Pteridium spp. foi observada em 83 propriedades de nove municípios de Mato Grosso e deste total, amostras de 22 propriedades foram coletadas para identificação taxonômica. Em 22 propriedades identifica-se P. arachnoideum e em duas dessas havia também P. caudatum. O desmatamento e a realização de queimadas parecem estar relacionados com a invasão de Pteridium spp. nas pastagens. Na propriedade em que ocorreu a doença, 306 bovinos foram introduzidos em uma pastagem formada por Brachiaria brizantha intensamente invadida por P. arachnoideum e P. caudatum e desses 22 bovinos adoeceram e morreram. Os principais sinais clínicos foram febre alta, apatia, fadiga, fraqueza e decúbito. Na necropsia havia graus variáveis de hemorragias em vários órgãos e cavidades e infartos ocasionais. Microscopicamente, a alteração mais importante consistiu em aplasia severa da medula óssea vermelha. Os achados epidemiológicos, clínicos e patológicos associados à identoificação taxonômica da planta fundamentam o diagnóstico de intoxicação aguda por P. arachnoideum e P. caudatum em bovinos. O crescente desmatamento e a frequente utilização de queimadas em Mato Grosso podem contribuir para que esta doença venha a ser uma importante fonte de prejuízos para a pecuária do Estado.

Epidemiological features, clinical signs and pathological findings of a spontaneous acute poisoning by Pteridium arachnoideum and Pteridium caudatum in cattle in the State of Mato Grosso, Brazil, are described. The plant distribution, magnitude and some aspects about the pasture invasion by P. arachnoideum and P. caudatum in the State are also described. Pteridium spp. were found in 83 farms from nine counties and 22 of them were submitted to taxonomic identification. P. arachnoideum was found in 22 farms and in two farms also P. caudatum. Deforestation and burning appear to be associated with pasture invasion by Pteridium spp. On the farm where the poisoning occurred 306 cattle were introduced into a pasture of Brachiaria brizantha intensely invaded by P. arachnoideum and P. caudatum. Twenty two cattle were poisoned by the plants and died. The main clinical signs were hemorrhages, high fever, apathy, fatigue, weakness and recumbency. Gross findings included variable degrees of hemorrhages in several organs and cavities with occasional infarcts. The most consistent histological finding was marked bone marrow aplasia. Epidemiological, clinical and pathological findings associated with the taxonomic identofication of the plant support the diagnosis of acute poisoning by P. arachnoideum and P. caudatum in cattle. The increasing rate of deforestation and frequent burning in Mato Grosso can contribute to this disease which becomes a major cause of economic losses to livestock production in the State.
Descritores: Avaliação de Sintomas/veterinária
Bovinos
Medula Óssea/fisiopatologia
Pastagens/efeitos adversos
Pteridium/envenenamento
-Síndrome Hemorrágica Bovina
Intoxicação por Plantas/veterinária
Dispersão Vegetal
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  9 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-680791
Autor: Pessoa, Clarice R. M; Medeiros, Rosane M. T; Riet-Correa, Franklin.
Título: Importância econômica, epidemiologia e controle das intoxicações por plantas no Brasil / Economic impact, epidemiology and control poisonous plants in Brazil
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;33(6):752-758, June 2013.
Idioma: pt.
Resumo: A importância econômica, epidemiologia e controle das intoxicações por plantas em animais domésticos no Brasil são revisadas. Com os dados dos laboratórios de diagnóstico de diferentes regiões do país, as perdas anuais por mortes de animais foram estimadas em 820.761 a 1.755.763 bovinos, 399.800 a 445.309 ovinos, 52.675 a 63.292 caprinos e 38.559 equinos. No Brasil, atualmente, o número de plantas tóxicas é de 131 espécies e 79 gêneros e aumenta permanentemente. No entanto, a maioria das perdas são causadas por poucas plantas, incluindo Palicourea marcgravii, Amorimia spp., Senecio spp., Pteridium aquilinum, Ateleia glazioviana e Cestrum laevigatum em bovinos, Brachiaria spp em bovinos e ovinos, Nierembergia veitchii, Mimosa tenuiflora e Ipomoea asarifolia em ovinos, plantas que contêm swainsonina (Ipomoea carnea, Turbina cordata e Sida carpinifolia) em caprinos e Brachiaria humidicola e Crotalaria retusa em equinos. Os principais fatores epidemiológicos relacionados às intoxicações por plantas incluem palatabilidade, fome, sede, facilitação social, desconhecimento da planta, acesso a plantas tóxicas, dose tóxica, período de ingestão, variações de toxicidade e resistência/susceptibilidade dos animais às intoxicações. Quanto aos métodos de controle e profilaxia descrevem-se os resultados obtidos no Brasil com métodos recentemente desenvolvidos, incluindo controle biológico, aversão alimentar condicionada, utilização de variedades não tóxicas de forrageiras, utilização de animais resistentes às intoxicações e técnicas de indução de resistência.

The economic impact, epidemiology and control of plant poisonings in Brazil are reviewed. With the data obtained from diagnostic laboratories from different Brazilian regions, annual losses due to animal deaths are estimated in approximately 820.761 to 1.755.763 cattle, 399.800 to 445.309 sheep, 52.675 to 63.292 goats, and 38.559 horses. In Brazil toxic plants include 131 species within 79 genera, but this number is increasing continuously. However, most economic losses are caused by few plants including Palicourea marcgravii, Amorimia spp., Senecio spp., Pteridium aquilinum, Ateleia glazioviana and Cestrum laevigatum in cattle, Brachiaria spp. in cattle and sheep, Nierembergia veitchii, Mimosa tenuiflora and Ipomoea asarifolia in sheep, swainsonine-containing plants (Ipomoea carnea, Turbina cordata and Sida carpinifolia) in goats, and Brachiaria humidicola and Crotalaria retusa in horses. The main factors that determine the occurrence and frequency of plant poisoning include palatability, hunger, thirst, social facilitation, unawareness of the plant, access to toxic plants, toxic dose, ingestion period, variations in toxicity, and animal resistance/susceptibility. The results obtained in Brazil with the use of biological control, conditioned food aversion, selection of non-toxic varieties of forages, use of resistant animals to poisoning, and techniques to induce resistance are described.
Descritores: Economia/estatística & dados numéricos
Epidemiologia/economia
Plantas Tóxicas
-Brachiaria/toxicidade
Cestrum/toxicidade
Pteridium/toxicidade
Rubiaceae/toxicidade
Senécio/toxicidade
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  10 / 15 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-654370
Autor: Galvão, Alexandre; Brito, Marilene de Farias; Aragão, Ana Paula; Yamasaki, Elise Miyuki; Peixoto, Paulo Vargas; Tokarnia, Carlos Hubinger.
Título: Sobrevivência/viabilidade de bovinos com Hematúria Enzoótica após transferência para região livre de Pteridium arachnoideum / Survival/viability of cattle with Bovine Enzootic Hematuria after transfer to area free of Pteridium arachnoideum
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;32(9):887-902, set. 2012. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: With the objective of explaining the question of survival of cattle affected by Enzootic Hematuria, when transferred to areas free of Pteridium arachnoideum, the study was accomplished in two parts: a) by a questionnaire regarding the epidemic aspects of that illness, which was answered by the proprietors of 73 cattle establishments visited in the areas of Southeast of Brazil, where P. arachnoideum is prevalent. The applied questionnaire to the proprietors indicates that enzootic hematuria is responsible for serious socioeconomic problems; b) clinical and laboratorial attendance of 51 cattle of this area affected by Enzootic Hematuria, between 2007 and 2011, transferred to area free of P. arachnoideum. More than 90% of the affected animals by HEB died before two years after removal from areas free of P. arachnoideum.

Com o objetivo de esclarecer a questão da sobrevida de bovinos afetados por Hematúria Enzoótica, quando transferidos para áreas livres de Pteridium arachnoideum, o estudo foi realizado em duas partes: a) aplicação de questionário versando sobre os aspectos epidemiológicos dessa enfermidade, respondido por proprietários de 73 estabelecimentos pecuários visitados nas áreas da Região Sudeste onde P. arachnoideum é prevalente. O questionário aplicado aos proprietários indica que a HEB é causa de sérios problemas sócio-econômicos. b) acompanhamento clínico e laboratorial de 51 bovinos desta região, afetados pela Hematúria Enzoótica entre 2007 e 2011, transferidos para região livre de P. arachnoideum. Verificou-se que mais de 90% dos animais afetados por HEB morre antes de dois anos após serem transferidos para áreas indenes de P. arachnoideum.
Descritores: Bovinos/metabolismo
Hematúria/veterinária
Pteridium/toxicidade
-Doenças Endêmicas/veterinária
Inquéritos Epidemiológicos
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde