Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.650.940.800.575.912.250 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 94 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 10 ir para página                        

  1 / 94 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-964662
Autor: Basualdo, Isabel; Soria, Nélida; Degen, Rosa; Ortiz, Mirtha; Zardini, Elsa.
Título: Catálogo de la flora vascular de Tavai, Dpto. Caazapa, Paraguay / Catálogo de la flora vascular de Tavai, Dpto.Caazapa, Paraguay
Fonte: Rojasiana;7(1):27-99, 2005.
Idioma: es.
Descritores: Florestas
Flora
Magnoliopsida
Zonas Úmidas
Pteridófitas
-Paraguai
Responsável: PY37.1 - Biblioteca


  2 / 94 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-964163
Autor: Degen de Arrúa, Rosa; González Salema, G; Céspedes de Zárate, Claudia; Gonzalez, Yenny; Vogt, Cristhian; Delmás de Rojas, Gloria.
Título: Flora y vegetación de la compañía Pikysyry, Ca´acupe, Departamento de Cordillera, Paraguay / Flora and vegetation of the company Pikysyry, Ca'acupe, Department of Cordillera, Paraguay
Fonte: Rojasiana;8(2):65-80, 2009.
Idioma: es.
Descritores: Árvores
Flora
Magnoliopsida
Pteridófitas
Responsável: PY37.1 - Biblioteca


  3 / 94 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-946944
Autor: Aidar, Isabel Farias; Santos, Alexandre Oliveira Rezende; Bartelli, Bruno Ferreira; Martins, Giselle Alves; Ferreira, Fernanda Helena Nogueira.
Título: Nesting ecology of stingless bees (Hymenoptera, Meliponina) in urban areas: the importance of afforestation / Ecologia da nidificação de abelhas sem ferrão (Hymenoptera, Meliponina) em áreas urbanas: a importância da arborização
Fonte: Biosci. j. (Online);29(5):1361-1369, sept./oct. 2013. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Studies on nesting ecology have proven to be extremely important for stingless bees conservation. This kind of study is scarce in urban landscapes. Our study aimed to analyze the abundance, density, diversity, spatial distribution and nesting habits of species belonging to the Meliponina subtribe in an urban area of the Uberlândia municipality, Minas Gerais state. We checked potential nesting sites by searching for nests from October 2009 until April 2010. We collected six worker bees from each detected nest to identify species, and estimated diversity and analyzed the spatial distribution pattern of the nests using the Shannon­Wiener and Nearest Neighbor index, respectively. We found fifty nests belonging to seven species, with Nannotrigona testaceicornis being the most abundant species (44%). The density of nests was 2.17 nests/ha, the Shannon­Wiener diversity index was H'=1.58 and the clumped distribution was the detected dispersal pattern. The height of the nests in relation to the ground varied from 0 to 12 m: Trigona spinipes had the highest nests and the highest variation for this parameter. Hollow trees were the preferred substrate occupied by the observed bees species (70%): Caesalpinia peltophoroides was the preferred plant species for nesting. Our results suggested that urban landscapes can sustain a high diversity of stingless bees, and maintaining trees species and urban forestry projects are important tools for the conservation of this group of animals. This type of study provides relevant information to the development of management and conservation plans for Meliponina species.

Estudos sobre ecologia de nidificação tem se mostrado extremamente necessários para a conservação de espécies de abelhas sem ferrão. Em ambientes urbanos, estudos desse tipo são escassos. O presente trabalho teve como objetivo analisar a abundância, densidade, diversidade, distribuição espacial e os hábitos de nidificação de espécies da subtribo Meliponina em uma área urbana do município de Uberlândia-MG. No período de outubro de 2009 a abril de 2010, os possíveis locais de nidificação foram vistoriados. Seis operárias de cada ninho foram coletadas para identificação das espécies e os índices de Shannon-Wiener e do vizinho mais próximo foram aplicados para estimativa da diversidade e análise do padrão de distribuição espacial dos ninhos, respectivamente. Foram encontrados 50 ninhos de abelhas sem ferrão pertencentes a sete espécies, sendo Nannotrigona testaceicornis a mais abundante (44%). A densidade de ninhos foi de 2,17 ninhos/ha, o índice de diversidade de Shannon-Wiener foi H'=1,58 e a distribuição espacial dos ninhos ocorreu de forma agregada. A altura da entrada dos ninhos em relação ao solo variou, de modo geral, de 0 a 12 m, sendo Trigona spinipes a espécie com os ninhos mais altos e com a maior variação. O tipo preferencial de substrato ocupado pelas espécies encontradas foram ocos de árvores (70%), sendo Caesalpinia peltophoroides a espécie vegetal mais utilizada. Os resultados obtidos sugerem que ambientes urbanos podem apresentar uma alta diversidade de abelhas sem ferrão e que a manutenção de espécies arbóreas e projetos de arborização são importantes para a conservação de espécies desse grupo de animais. Trabalhos nesse sentido fornecem informações relevantes para a elaboração de planos de manejo e conservação de espécies de Meliponina.
Descritores: Florestas
Área Urbana
Magnoliopsida
Biodiversidade
Himenópteros
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  4 / 94 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-948773
Autor: Degen, Rosa; Zardini, Elsa M; Basualdo, Isabel.
Título: Catálogo de la flora vascular de la meseta ybytu silla serranía de Tobati, Departamento de Cordillera, Paraguay / Catalog of vascular flora of the plateau Ybytu silla Serrania de tobati, Department of Cordillera, Paraguay
Fonte: Rojasiana;6(1):7-42, 2004.
Idioma: es.
Descritores:
Plantas
Florestas
Flora
Magnoliopsida
Pteridófitas
Responsável: PY37.1 - Biblioteca


  5 / 94 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-912382
Autor: Silva, Neuza Pereira; Araujo, Eliezer Beleza; Mielke, Olaf H; Morais, Helena Castanheira.
Título: Aspectos biológicos de Heliopetes arsalte (Linnaeus, 1758) (Hesperiidae, Pyrginae) em cerrado do Distrito Federal / Biological aspects of Heliopetes arsalte (Linnaeus, 1758) (Hesperiidae, Pyrginae) in cerrado of Federal District
Fonte: Biosci. j. (Online);28(1):114-117, jan./feb. 2012. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Heliopetes arsalte (Linnaeus, 1758) (Hesperiidae, Pyrginae) é uma espécie com ampla distribuição, especialmente em vegetação aberta, e suas larvas utilizam diversas espécies de Malvaceae como plantas hospedeiras. Larvas de H. arsalte foram encontradas em inflorescências de Pavonia rosa-campestris St. Hil. (Malvaceae), sendo este um novo registro de planta hospedeira desta espécie de borboleta no cerrado do Brasil central. Ilustrações de ovo, da larva e da pupa, e a ocorrência de parasitismo da larva por Braconidae (Hymenoptera) são apresentadas.

Heliopetes arsalte (Linnaeus, 1758) (Hesperiidae, Pyrginae) is a widespread skipper butterfly, commonly found in open sites. The larvae may utilize several species of Malvaceae as host plants. In this study, larvae of H. arsalte were observed on inflorescences of Pavonia rosa-campestris St. Hil. (Malvaceae), which represents a new record of host plants for this butterfly in cerrado of central Brazil. Illustrations of the immature and adult stages, as well as the occurrence of parasitism by Braconidae (Hymenoptera) are presented.
Descritores: Vespas
Fenômenos Biológicos
Borboletas
Magnoliopsida
Pradaria
Larva
-Inflorescência
Responsável: BR396.4


  6 / 94 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-911828
Autor: Rezende, Gláucia Aparecida Andrade; Terrones, Manuel Gonzalo Hernandez; Rezende, Douglas Messias Lamounier Camargos.
Título: Estudo do potencial alelopatico do extrato metanolico de raiz e caule de Caryocar brasiliense Camb. (Pequi) / Study allelopathic effects of methanol extracts of root and stem of Caryocar brasiliense Camb. (Pequi)
Fonte: Biosci. j. (Online);27(3):460-472, may./jun. 2011. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho foi realizado com o objetivo de testar a ação herbicida dos extratos metanólicos de caule e raiz de Caryocar brasiliense, popularmente conhecido como pequi, em ensaios de germinação de sementes de Panicum maximum, uma planta daninha monocotiledônea conhecida por capim-colonião, analisando sua germinação, elongação do caule e da raiz. Os dois extratos testados apresentaram potenciais herbicidas, onde o extrato bruto de raiz de pequi apresentou melhor ação herbicida quando comparado com o extrato bruto de caule. A fração hexânica e as subfrações 8, 11 e 13, extraídas da fração acetato/metanol (7:3) também apresentaram bons potenciais herbicidas.. Os testes de reconhecimento de classes de metabólitos secundários revelaram a presença de alcalóides e saponinas na fração hexânica, cumarinas voláteis e saponinas na subfração 8, saponinas e flavonóides e saponinas na subfração 11 e taninos condensáveis e saponinas na subfração 13. A atividade herbicida dos extratos brutos de caule e raiz de pequi, bem como das frações e subfrações estão associadas ao fenômeno de sinergismo entre os compostos presentes nestes.

The methanolic stem and root's extracts were tested in order to certificate their herbicide potential in germination test, which analyzed germination rate, stem and root's length of Panicum maximum weeds. It was observed that the both extracts, of stem and root. The both extract presented herbicide potentials and the root's extract were better than stem's extract. The hexanic fraction and the subfractions 8, 11 e 13 (extracted from acetate/methanol 7:3) also presented inhibition. The recognition of secondary metabolites' tests showed the presence of alkaloids, volatile coumarins, flavonoids and condensed tannins in the hexanic fraction and 8, 11 e 13 subfractions, respectively. In all of them, it was found saponins too. The herbicide activity of root and stem extracts, their fractions and subfractions were associated of synergy phenomenon among the compounds were there.
Descritores: Alelopatia
Herbicidas
Magnoliopsida
Panicum
Feromônios
Responsável: BR396.4


  7 / 94 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-907535
Autor: Zamora-Burbano, Angel M; Arturo-Perdomo, David E.
Título: Composición química del aceite esencial de hojas de hedyosmum translucido cuatrec., chloranthaceae (granizo) / Chemical composition of essential oil leaves hedyosmum translucidum cuatrec., chloranthaceae (granizo)
Fonte: Bol. latinoam. Caribe plantas med. aromát;15(3):192-198, May. 2016. tab.
Idioma: es.
Resumo: En el presente trabajo se realizó el análisis de la composición del aceite esencial de hojas de “Granizo”, Hedyosmum translucidum Cuatrec., Chloranthaceae, con certificado de identificación del Herbario PSO, recolectado en el corregimiento de Santa Bárbara, Pasto, Colombia. Este género es reportado con un índice de valor de importancia eco sistémico. El aceite esencial se obtuvo mediante hidrodestilación asistida por microondas, con un rendimiento de 1,2 por ciento. Los componentes presentes en el aceite esencial se identificaron mediante cromatografía de gases acoplada a espectroscopia de masas GC-MS. Los componentes mayoritarios fueron: alfa- eudesmol (11,4 por ciento), germacreno D (8,9 por ciento), trans-beta-cariofileno (7,8 por ciento), elemol (5,8 por ciento) y óxido de cariofileno (5,3 por ciento). Estos compuestos se clasifican como sesquiterpenos. La proporción de los componentes mayoritarios del aceite esencial de H. translucidum presenta diferencias con las reportadas para otras especies del género Hedyosmum en Bolivia, Venezuela y Brasil. Este trabajo constituye un conocimiento inicial para definirse como una especie promisoria.

Essential oil composition of granizoʼs leaves, Hedyosmum translucidum Cuatrec., Chlorantaceae, certified identification Herbarium PSO, collected in town Santa Barbara, Pasto, Colombia were analyzed in this work. This genus is reported with an index value of eco systemic importance. The essential oil was obtained by means of microwave radiation-assisted hydro distillation, extraction yield was 1.2 percent. The components in the essential oil were identified by gas chromatography-mass spectrometry (GC-MS). The most abundant components were: alpha-eudesmol (11.4 percent), germacrene D (8.9 percent), trans-beta-caryophyllene (7.8 percent), elemol (5.8 percent) and caryophyllene oxide (5.3 percent). These compounds are classified as sesquiterpenes. The observed relative amounts of the most abundant constituents of H. translucidum, were different to those reported for other species of genus Hedyosmum in Bolivia, Venezuela and Brazil. This paper is a starting knowledge to be defined as a promising species.
Descritores: Magnoliopsida/química
Óleos Voláteis/química
Folhas de Planta/química
Sesquiterpenos/análise
-Cromatografia Gasosa-Espectrometria de Massas
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  8 / 94 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-906807
Autor: Pires, Juliana Gonçalves.
Título: Effect of Myracrodruon urundeuva and Qualea grandiflora extracts on viability and activity of microcosm biofilm and prevention of enamel demineralization in vitro / Efeito de extratos de Myracrodruon urundeuva All. e Qualea grandiflora Mart. sobre a viabilidade e atividade de biofilme microcosmo e na prevenção da desmineralização do esmalte in vitro.
Fonte: Bauru; s.n; 2018. 132 p. tab, graf, ilus.
Idioma: en.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia de Bauru para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: The objective of this study was to evaluate the antimicrobial and anti-caries effects of two plant extracts. The first chapter dealt with a review of the literature whose objective was to discuss the antimicrobial potential of Brazilian natural agents on the biofilm related to dental caries and gingivitis/periodontal disease. The research of the articles was carried out using PubMed. We found a total of 23 papers. Most of the studies were performed using planktonic microorganisms or under clinical trials. Nineteen articles were focused on cariogenic bacteria. From these nineteen articles, eleven were also about periodontopathogenic bacteria. Four studies addressed only periodontopathogenic bacteria. The most tested Brazilian natural agents were green propolis, essential oils of Lippia sidoides and Copaifera sp. Most of the tested agents showed similar results when compared to positive control (essential oils and extracts) or better effect than negative control (green propolis). More studies involving protocols closer to the clinical condition and the use of response variables that allows understanding the mechanism of action of natural agents are necessary before the incorporation of these natural agents into dental products. The second chapter aimed to test the effect of the hydroalcoholic extracts of Myracrodruon urundeuva All. and Qualea grandiflora Mart. leaves on the viability of the microcosm biofilm and on the prevention of enamel demineralization. The microcosm biofilm was produced on bovine enamel, using human saliva pool mixed with McBain saliva (0.2% sucrose) for 14 days. The biofilm was treated daily with the extracts for 1 min. M. urundeuva at 100, 10 and 0.1 µg/ml and Q. grandiflora at 100 and 0.1 µg/ml reduced cell viability similarly to the positive control and significantly more than negative control. M. urundeuva at 1000, 100 and 0.1 µg/ml were able to reduce the counting formation unit-CFU counting of lactobacilli sp. and Streptococcus mutans, while Q. grandiflora at 1000 and 1.0 µg/ml significantly reduced the S. mutans CFU counting. On the other hand, the natural extracts did not reduce the production of extracellular polyssacharides, lactic acid and the development of enamel caries lesions. The third chapter aimed to evaluate the effect of hydroalcoholic extracts of M. urundeuva and Q. grandiflora (alone or combined) on the viability of S. mutans biofilm and the prevention of enamel demineralization. S. mutans strain (ATCC 21175) was reactivated in BHI broth. Minimum inhibitory concentration, minimum bactericidal concentration, minimum biofilm inhibitory concentration and minimum biofilm eradication concentration were determined to choose the concentrations to be tested under the biofilm model. S. mutans biofilm (5x105 CFU/ml) was produced on bovine enamel using McBain saliva with 0.2% sucrose for 3 days. The biofilm was treated daily with the extracts for 1 min. M. urundeuva (isolated or combined) at concentrations equal or higher than 0.625 mg/ml was able to reduce the bacteria viability, whereas Q. grandiflora extract alone showed antimicrobial effect at 5 mg/ml only (p<0.05). On the other hand, none of the extracts was able to reduce the development of enamel caries lesions. Despite the tested natural extracts have antimicrobial effect; they are unable to prevent caries in enamel.(AU)

O objetivo foi avaliar os efeitos antimicrobiano e anti-cárie de dois extratos de plantas. O primeiro capítulo se referiu a uma revisão da literatura cujo objetivo foi discutir o potencial antimicrobiano dos agentes naturais brasileiros sobre o biofilme relacionado à cárie dentária e à gengivite/doença periodontal. A pesquisa dos artigos foi realizada usando o PubMed. Foram encontrados 23 trabalhos. A maioria dos estudos foi realizada utilizando microorganismos na fase planctônica ou ensaios clínicos. Dezenove artigos foram focados em bactérias cariogênicas. Dos dezenove artigos, onze também eram sobre bactérias periodontopatogênicas. Quatro estudos abordaram apenas bactérias periodontopatogênicas. Os agentes naturais brasileiros mais testados foram própolis verde, óleos essenciais de Lippia sidoides e Copaifera sp. Os agentes testados apresentaram resultados similares quando comparados ao controle positivo (óleos essenciais e extratos) ou melhor efeito que o controle negativo (própolis verde). Mais estudos próximos da condição clínica e o uso de variáveis de resposta que permitam entender o mecanismo de ação são necessários, para permitir a incorporação desses agentes naturais em produtos odontológicos. O segundo capítulo teve como objetivo testar o efeito dos extratos hidroalcoólicos de Myracrodruon urundeuva All. e Qualea grandiflora Mart. sobre a viabilidade do biofilme microcosmo e na prevenção da desmineralização do esmalte. O biofilme microcosmo foi produzido em esmalte bovino, utilizando pool de saliva humana misturada à saliva de McBain (0,2% de sacarose) durante 14 dias. O biofilme foi tratado diariamente com os extratos durante 1 min. M. urundeuva a 100, 10 e 0,1 µg/ml e Q. grandiflora a 100 e 0,1 µg/ml reduziram a viabilidade dos microrganismos de forma semelhante ao controle positivo e significativamente maior do que o controle negativo. M. urundeuva a 1000, 100 e 0,1 µg/ml foi capaz de reduzir a contagem de Unidade formadora de colônia-UFC para Lactobacilos totais e Streptococcus mutans, enquanto a Q. grandiflora a 1000 e 1,0 µg/ml reduziu significativamente a contagem de UFC para S. mutans. Os extratos naturais não conseguiram reduzir a produção de polissacarídeos extracelulares-PEC, ácido lático e o desenvolvimento da lesão cariosa em esmalte. O terceiro capítulo teve como objetivo avaliar o efeito dos extratos hidroalcoólicos de M. urundeuva. e Q. grandiflora (sozinhos ou combinados) sobre a viabilidade do biofilme de S. mutans e na prevenção da desmineralização do esmalte. Cepa de S. mutans (ATCC 21175) foi reativada em caldo BHI. Concentração inibitória mínima, concentração bactericida mínima, concentração inibitória mínima de biofilme e concentração de erradicação mínima de biofilme foram determinadas para escolher as concentrações a serem testadas sob o modelo de biofilme. O biofilme de S. mutans (5x105 CFU/ml) foi produzido em esmalte bovino, utilizando saliva de McBain com 0,2% de sacarose durante 3 dias. O biofilme foi tratado diariamente com os extratos durante 1 min. M. urundeuva (isolada ou combinada) nas concentrações iguais ou superiores a 0,625 mg/ml foi capaz de reduzir a viabilidade das bactérias, enquanto que o extrato da Q. grandflora apresentou efeito antimicrobiano somente a 5 mg/ml (p<0,05). Nenhum dos extratos reduziu o desenvolvimento da lesão da cárie. Apesar dos extratos naturais terem efeito antimicrobiano, são incapazes de prevenir o desenvolvimento da lesão cariosa em esmalte.(AU)
Descritores: Anacardiaceae/química
Anti-Infecciosos/farmacologia
Biofilmes/efeitos dos fármacos
Esmalte Dentário/microbiologia
Magnoliopsida/química
Extratos Vegetais/farmacologia
Desmineralização do Dente/prevenção & controle
-Testes de Sensibilidade Microbiana
Microrradiografia
Reprodutibilidade dos Testes
Saliva/microbiologia
Streptococcus mutans/efeitos dos fármacos
Streptococcus mutans/crescimento & desenvolvimento
Fatores de Tempo
Limites: Seres Humanos
Animais
Bovinos
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR28.1 - Serviço de Biblioteca e Documentação Professor Doutor Antônio Gabriel Atta
BR28.1, P665e


  9 / 94 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-880015
Autor: Fabris, Rita de Cassia.
Título: Concentração inibitória mínima e concentração bactericida mínima de extratos hidroalcoólicos das folhas de Myracrodruon urundeuva All. e Qualea grandiflora Mart. sobre Streptococcus mutans e Lactobacillus casei / Minimum inhibitory concentration and minimum bactericidal concentration of hydroalcoholic extracts of Myracrodruon urundeuva All. and Qualea grandiflora Mart. leaves on Streptococcus mutans and Lactobacillus casei.
Fonte: Bauru; s.n; 2017. 104 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia de Bauru para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A cárie dentária é uma doença bucal de alta prevalência e impactante em países em desenvolvimento. É causada pela presença de biofilme dentário rico em bactérias acidogênicas e acidúricas, como Streptococcus mutans e Lactobacillus casei. Neste sentido, a fitoterapia tem sido aplicada na odontologia devido ao seu conhecido efeito antimicrobiano, tendo potencial para prevenir doenças como a cárie dentária. Portanto, o presente estudo tem como objetivo testar o potencial antimicrobiano de extratos bruto e etanólico das folhas de Myracrodruon urundeuva (M. urundeuva.) e Qualea grandiflora (Q. grandiflora) sobre S.mutans e L. casei. Para tal, determinaram-se a Concentração Inibitória Mínima (CIM) e a Concentração Bactericida Mínima (CBM). A CIM foi definida como a menor concentração do agente antimicrobiano capaz de inibir 100% o crescimento microbiano (absorbância) em relação aos controles negativos. Para a CBM, alíquotas foram removidas dos poços que não apresentaram nenhuma absorbância (viabilidade, concentrações CIM) e semeadas em placas de ágar BHI, incubadas por 24 h a 37°C em estufa de CO2 5%. A CBM foi determinada considerando a menor concentração dos extratos capaz de impedir o crescimento bacteriano visível. Cepas de S. mutans (ATCC 21175) e L. casei (ATTC 334) foram ativadas em BHI e caldo Rogosa, respectivamente. A CIM foi determinada pela técnica de diluição em microplacas de 96 poços (100 l de extrato + 80 l BHI/Rogosa + 20 l da bactéria diluída em BHI/Rogosa equivalente a 5x105 UFC/mL), as quais foram incubadas por 24 h (S. mutans) e 48 h (L. casei) a 37°C em estufa de CO2 5%. Os extratos de M. urundeuva e Q. grandiflora inicialmente foram diluídos em BHI/Rogosa variando as concentrações entre 2 mg/ml a 0,00012207 mg/ml e os mesmos extratos diluídos em álcool foram avaliados nas concentrações entre 20 mg/ml a 0,00244 mg/ml para S. mutans e L. casei. Não foi possível determinar a CIM e a CBM para os extratos diluídos no BHI/Rogosa. Foram utilizados como controle positivo a clorexidina e como controles negativos BHI/Rogosa com e sem álcool a 5%. As CIMs (CBMs) da M. urundeuva e Q. grandiflora, diluídas em álcool, e clorexidina contra S. mutans foram 2,5 mg/ml (2,5 mg/ml), 5,0 mg/ml (--) e 0,00468 mg/ml (0,00937 mg/ml), respectivamente. Em relação ao L. casei, as CIMs (CBMs) da M. urundeuva e Q. grandiflora, diluídas em álcool, e da clorexidina foram 0,156 mg/ml (0,312 mg/ml), 0,156 0,625 mg/ml (0,312 0,625mg/ml) e 0,00468 mg/ml (0,3 mg/ml), respectivamente. Como conclusão, nosso estudo mostrou que L. casei (ATTC 334) é mais susceptível aos extratos que S. mutans (ATCC 21175) e o extrato M. urundeuva apresenta melhor efeito antimicrobiano que a Q. grandiflora em S. mutans (ATCC 21175), porém os dois extratos apresentam efeito similar sobre L. casei (ATTC 334) e ambos foram inferiores à CHX.(AU)

Dental caries is an oral disease of high prevalence and impact in developing countries. It is caused by the presence of a dental biofilm rich in acidogenic and aciduric bacteria, such as Streptococcus mutans and Lactobacillus casei. Accordingly, phytotherapy has been applied in dentistry due to its known antimicrobial effect, having potential to prevent diseases such as dental caries. Therefore, the present study aims to test the antimicrobial potential of crude and ethanolic extracts of Myracrodruon urundeuva (M. urundeuva) and Qualea grandiflora (Q. grandiflora) leaves on S. mutans and L. casei. For this, the Minimum Inhibitory Concentration (MIC) and Minimum Bactericidal Concentration (MBC) were determined. MIC was defined as the lowest concentration of the antimicrobial agent capable of inhibiting 100% the microbial growth in comparison to the negative controls. For MBC, aliquots were removed from the wells that did not show any absorbance (viability, concentrations than MIC) and seeded on BHI agar plates, incubated for 24 h at 37°C and 5% CO2. The MBC was determined considering the lowest concentration of extracts capable of preventing visible bacterial growth. Strains of S. mutans (ATCC 21175) and L. casei (ATTC 334) were activated in BHI and Rogosa broth. MIC was determined by the dilution technique in 96-wells microplates (100 l of extract + 80 l BHI/ Rogosa + 20 l of bacterium diluted in BHI/Rogosa equivalent to 5x105 CFU/ml), which were incubated for 24 h (S. mutans) and 48 h (L. casei) at 37°C and 5% CO2. The extracts were firstly diluted in BHI/Rogosa varying the concentrations between 2 mg/mL and 0.00012207 mg/ml; the same extracts were also diluted in alcohol at concentrations ranging from 20 mg/ml to 0.00244 mg/ml and both tested against S. mutans and L. casei. It was not possible to determine the MIC and MBC for the extracts diluted in BHI/Rogosa. Chlorhexidine was used as positive control, while BHI/Rogosa with or without 5% alcohol were used as negative controls. The MICs (MBCs) of M. urundeuva and Q. grandiflora diluted in alcohol, and clorexidine against S. mutans were 2.5 mg/ml (2.5 mg/ml), 5.0 mg/ml (--) and 0.00468 mg/ml (0.00937 mg/ml), respectively. In respect to L. casei, the MICs (MBCs) of M. urundeuva and Q. grandiflora, diluted in alcohol, and chlorhexidine were 0.156 mg/ml (0.312 mg/ml), 0.156 0.625 mg/ml (0.312 0.625 mg/ml) and 0.00468 mg/ml (0.3 mg/ml), respectively. In conclusion, our study showed that L. casei (ATTC 334) is more susceptible than S. mutans (ATCC 21175) to the extracts and the extract of M. urundeuva has a better antimicrobial effect than Q. grandiflora against S. mutans (ATCC 21175), but both extracts have similar effect on L. casei (ATTC 334) and they were inferior to CHX.(AU)
Descritores: Anacardiaceae/química
Lactobacillus casei/efeitos dos fármacos
Magnoliopsida/química
Extratos Vegetais/farmacologia
Streptococcus mutans/efeitos dos fármacos
-Cárie Dentária/prevenção & controle
Solução Hidroalcoólica
Testes de Sensibilidade Microbiana
Valores de Referência
Reprodutibilidade dos Testes
Fatores de Tempo
Responsável: BR28.1 - Serviço de Biblioteca e Documentação Professor Doutor Antônio Gabriel Atta
BR28.1, F115c


  10 / 94 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-849076
Autor: Souza, Marcos Magalhães de; Pires, Epifânio Porfiro; Elpino-Campos, Abner; Louzada, Júlio Neil Cassa.
Título: Nesting of social wasps (Hymenoptera: Vespidae) in a riparian forest of rio das Mortes in southeastern Brazil / Nidificação de vespas sociais (Hymenoptera: Vespidae) em floresta ripária do rio das Mortes no Sudeste do Brasil
Fonte: Acta sci., Biol. sci;36(2):189-196, abr.- jun. 2014. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: The survival of social wasp species depends on the success in founding new nests. These species can use plant species with different specific characteristics for nesting, with nest architecture varying according to the habits of those plant species. The nesting of social wasps in natural environments was studied in the period from October 2005 to September 2007 in the rio das Mortes riparian forest, municipal district of Barroso, Minas Gerais State, Brazil, with the objective of evaluating the different types of plant substrate used by social wasps for nesting, and to investigate whether there is a relationship between nest construction type and the habits of plant species. A total of 171 colonies of social wasps belonging to 29 species were recorded, which used 78 plant species as nesting substrate (76 Angiosperms and two Pteridophytes) of arbustive, herbaceous, arboreal, epiphyte and liana habits. Species with phragmocyttarus and gymnodomous nests were observed nesting, with higher incidence, in arboreal plants and their deciduousness did not affect the nesting. The preservation of natural areas is suggested in order to guarantee a higher availability of nesting places for the social wasp species, ensuring their higher efficiency in the environmental services and biological control of agricultural pests.

A sobrevivência das espécies de vespas sociais depende do sucesso na fundação de novos ninhos. Essas espécies podem utilizar para nidificação de diferentes espécies vegetais com características específicas, com a arquitetura dos ninhos que variam em relação aos hábitos dessas espécies vegetais. A nidificação de vespas sociais em ambiente natural foi estudada no período de outubro de 2005 a setembro de 2007 em uma floresta ripária do rio das Mortes, município de Barroso, Estado de Minas Gerais, Brasil, com o objetivo de avaliar os diferentes tipos de substratos vegetais utilizados por vespas sociais para nidificação, e investigar se há relação entre o tipo de construção dos ninhos com os hábitos das espécies vegetais. Foram registradas 171 colônias de vespas sociais pertencentes a 29 espécies, que utilizaram como substrato de nidificação 78 espécies vegetais (76 Angiospermas e 2 Pteridófitas) de hábitos arbustivo, herbácea, arbóreo, epífita e liana. Espécies com ninhos fragmocítaros e giminódomos nidificaram, com maior incidência, em plantas arbóreas e a deciduidade das mesmas não afetou a nidificação. Sugere-se a preservação das áreas naturais de modo a garantir maior disponibilidade de locais de nidificação para as espécies de vespas sociais, assegurando maior eficiência nos serviços ambientais e no controle biológico de pragas na agricultura.
Descritores: Insetos
Magnoliopsida
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central



página 1 de 10 ir para página                        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde