Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.650.940.800.575.912.250.300.140 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 15 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 15 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1130089
Autor: Pereira, Rosane Rodrigues da Costa; Barbosa, Roneres Deniz; Ferreira, Luciana Diniz; Silva, Douglas Marcelo Pinheiro da; Zaché, Ronelza Rodrigues da Costa; Pereira, Carlos Eduardo.
Título: Biological aspects and feeding behavior of cotton aphid in watermelon cultivars submitted to silicon application / Aspectos biológicos e comportamento alimentar do pulgão-do-algodoeiro em cultivares de melancia submetidas à aplicação de silício
Fonte: Arq. Inst. Biol;87:e0132020, 2020. tab.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: This research aimed to evaluate the biological aspects and the feeding behavior of Aphis gossypii in watermelon cultivars submitted to silicon application. The experiment was conducted at the Institute of Education, Agriculture and Environment of the Federal University of Amazonas, Humaitá, Brazil. The experimental design was completely randomized in a 2×3 factorial (with and without silicon; cultivars Crimson Sweet, Fairfax and Charleston), with ten replications. The application of silicic acid (1%) was carried out directly on the substrate using dose equivalent to 1 ton SiO2·ha-1, 25 days after sowing. The rearing of aphids was kept in cucumber plants, cultivar Caipira. Insect biology tests were conducted to evaluate the duration of the prereproductive, reproductive and postreproductive periods, longevity, number of nymphs, and feeding behavior using the honeydew secretion technique. Analysis of variance was performed using the statistical program SISVAR and the means were compared by the F and Scott­Knott test (p ≤ 0.05). The silicon application to watermelon plants affects the reproduction and feeding of A. gossypii. The watermelon plants cultivar Crimson Sweet treated with silicon has high resistance to feeding by A. gossypii.(AU)

Nesta pesquisa objetivou-se avaliar os aspectos biológicos e o comportamento alimentar de Aphis gossypii em cultivares de melancia submetidas à aplicação de silício. O experimento foi conduzido no Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente da Universidade Federal do Amazonas, Humaitá, Brasil. Utilizaram-se o delineamento experimental inteiramente ao acaso e o esquema fatorial 2×3 (sem silício e com silício; cultivares Crimson Sweet, Fairfax e Charleston), com dez repetições. A aplicação do ácido silícico (1%) foi realizada diretamente no substrato, com dose equivalente a 1 ton SiO2·ha-1, 25 dias após a semeadura. Os pulgões da criação foram mantidos em plantas de pepino, cultivar Caipira. Foram conduzidos ensaios de biologia do inseto para avaliação da duração dos períodos pré-reprodutivo, reprodutivo e pós-reprodutivo, longevidade, número de ninfas e comportamento alimentar por meio da técnica de secreção de honeydew. Realizou-se a análise de variância dos dados utilizando-se o programa estatístico SISVAR e as médias foram comparadas pelo teste de F e Scott­Knott (p ≤ 0,05). A aplicação de silício em plantas de melancia afeta a reprodução e a alimentação de A. gossypii. Plantas de melancia do cultivar Crimson Sweet tratadas com silício apresentam alta resistência à alimentação por A. gossypii.(AU)
Descritores: Afídeos
Ácido Silícico
Gossypium
Citrullus
-Controle de Pragas
Pragas da Agricultura
Cucurbitaceae
Comportamento Alimentar
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  2 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-401280
Autor: Niizu, Patrícia Y; Rodriguez-Amaya, Delia B.
Título: A melancia como fonte de licopeno / Watermelon as source of lycopene
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;62(3):195-199, 2003. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho teve como objetivo a quantificação dos principais carotenóides da melancia, variedade Crimson Sweet, produzida nos estados de São Paulo e Goiás. As amostras foram colhidas durante o ano da Central de Abastecimento (CEASA) de Campinas, em um total de cinco frutas analisadas individualmente para cada região. As análises foram realizadas em duplicata, consistindo-se na extração com acetona, partição para éter de petróleo e quantificação por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) com uma coluna C18, Spherisorb ODS2,3um, 4,6 mm x 150 mm, usando eluição isocrática em fase móvel de acetonitrila contendo 0,05 por cento de trietilamina:metanol:acetato de etila (60:20:20), com uma vazão de 0,8 mL/min, utilizando padronização externa. Os cromatogramas demonstraram que a melancia contém quase exclusivamente licopeno, com uma pequena quantidade de B-caroteno. Os teores (ug/g) de licopeno e B-caroteno foram, respectivamente, de 36 + ou - 5 e 4,7 + ou - 2,4 para as frutas de São Paulo e de 35 + ou - 2 e 2,6 + ou - 1,7 para as de Goiás. As concentrações destes dois carotenóides são semelhantes às encontradas em tomate cultivar Carmen (35 + ou - 10 ug/g para licopeno e 3,2 + ou - 0,6 ug/g para B-caroteno), evidenciando a melancia como uma importantre fonte de licopeno. As diferenças em termos do local de produção não foram significativas
Descritores: Carotenoides
Citrullus
-Pigmentos Biológicos
Cromatografia Líquida de Alta Pressão
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  3 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-989438
Autor: Long, Y L; Qiao, F; Jiang, X F; Cong, H Q; Sun, M L; Xu, Z J.
Título: Screening and analysis on the differentially expression genes between diploid and autotetraploid watermelon by using of digital gene expression profile / Triagem e análise da expressão diferencial dos genes entre melancia diplóide e autotetraplóide através do perfil de expressão gênica digital
Fonte: Braz. j. biol;79(2):180-190, Apr.-June 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: National Natural Science Foundation of China; . Key Technologies Program of Haikou; . Science Research Foundation for High Education by Educational Commission of Hainan Province.
Resumo: Abstract Synthetic polyploids are key breeding materials for watermelon. Compared with diploid watermelon, the tetraploid watermelon often exhibit wide phenotypic differences and differential gene expression. Digital gene expression (DGE) profile technique was performed in this study to present gene expression patterns in an autotetraploid and its progenitor diploid watermelon, and deferentially expressed genes (DEGs) related to the abiotic and biotic stress were also addressed. Altogether, 4,985 DEGs were obtained in the autotetraploid against its progenitor diploid, and 66.02% DEGs is up-regulated. GO analysis shows that these DEGs mainly distributed in 'metabolic process', 'cell' and 'catalytic activity'. KEGG analysis revealed that these DEGs mainly cover 'metabolic pathways', 'secondary metabolites' and 'ribosome'. Moreover, 134 tolerance related DEGs were identified which cover osmotic adjustment substance, protective enzymes/protein, signaling proteins and pathogenesis-related proteins. This study present the differential expression of stress related genes and global gene expression patterns at background level in autotetraploid watermelons. These new evidences could supplement the molecular theoretical basis for the better resistance after the genome doubling in the gourd family.

Resumo Poliploides sintéticos são materias fundamentais para melhoramento genético da melancia. Comparativamente ao seu homólogo diploide, a melancia tetraploide apresenta amplas diferenças genotípica e fenotípica e diferença de expressão gênica. A expressão gênica digital ou DGE (digital gene expression) foi utilizada neste estudo para representar o perfil de expressão gênica da melancia autotetraploide e seu progenitor diploide e a expressão diferencial de genes relacionados ao estresse biótico e abiótico. Os resultados mostraram que 4.985 DEGs foram observados no organismo autotetraploide, sendo que, deste total, 66.02%foram supra-regulados. A análise de ontologia gênica (GO) mostrou que estes DEGs estão relacionados principalmente com processos metabólicas, célula e atividade catalítica, abrangendo de acordo com a análise de genes e genoma (KEGG) rotas metabólicas, metabolismo secundário e ribossomos. Além disso, 134 genes de defesa foram identificados, abrangendo substâncias de ajuste osmótico, enzimas/proteínas de proteção, proteínas sinalizadoras e proteínas relacionadas à patogênese. Este estudo mostrou a expressão diferencial de genes relacionados ao estresse e o perfil global de expressão gênica de melancia autotetraploide, estes resultados podem complementar, a nível molecular, o entendimento do fator resistência após a duplicação do genoma em cucurbitáceas.
Descritores: Poliploidia
Genes de Plantas/genética
Regulação da Expressão Gênica de Plantas/genética
Citrullus/genética
Citrullus/metabolismo
Transcriptoma/genética
-Perfilação da Expressão Gênica
Diploide
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1049052
Autor: Dalorima, Tahir; Khandaker, Mohammad Moneruzzaman; Zakaria, Abd Jamil; Mohd, Khamsah Suryati; Sajili, Mohammad Hailmi; Badaluddin, Noor Afiza; Hasbullah, Mohammed.
Título: Organic matter and moringa leaf extract's effects on the physiology and fruit quality of red seedless watermelon (Citrullus lanatus) / Efeitos da matéria orgânica e do extrato da folha de moringa sobre a fisiologia e qualidade do fruto da melancia vermelha sem sementes ( Citrullus lanatus )
Fonte: Biosci. j. (Online);35(5):1560-1574, sept./oct. 2019. tab, ilus, graf.
Idioma: en.
Resumo: This study was designed to assess the effects of different types of organic matter on the quality and biochemical properties of red seedlesswatermelon.The research was a single factor experiment, which involved six (6) treatments and four (4) replications. Watermelon grown and harvested from five (5) different organic matter sources, namely; vermicompost (VC), poultry manure (PM), cow dung (CD), goatdung (GD), and moringa leaf extract (MLE), at the rates of 10 ton, 20 ton, 30 ton, 30 ton, and 3000 L ha-1, respectively, were used in this study. The results revealed that the treatment of vermicompost improved the chlorophyll content, chlorophyll fluorescence, stomatal conductance, internal carbon dioxide, net photosynthetic rate, fruit weight and mineral nutrient content of watermelon. The application of cow dung reduced the rind thickness and increased the TSS and antioxidant activity of the watermelon. The goat dung treatment significantly affected fruit size, juice content and the pH content of the watermelon's fruit juice. The poultry manure (PM) and moringa extract (MLE) treatments resulted in the highest anthocyanin content of all the watermelon. Although all the organic matter, in their unique ways, improved the quality of red seedless watermelon, the study shows that the vermicompost application had better growth, yield and improvement in the quality of watermelon.

Este estudo foi desenhado para avaliar os efeitos de diferentes tipos de matéria orgânica sobre a qualidade e propriedades bioquímicas da melancia vermelha sem sementes. A pesquisa foi um experimento de fator único, que envolveu seis (6) tratamentos e quatro (4) repetições. Melancia cultivada e colhida de cinco (5) diferentes fontes de matéria orgânica, nomeadamente; vermicomposto (VC), esterco de galinha (PM), estrume de vaca (CD), esterco de cabra (GD) e extrato de folhas de moringa (MLE), nas doses de 10 ton, 20 ton, 30 ton, 30 ton e 3000 L ha-1, respectivamente, foram utilizados neste estudo. Os resultados revelaram que o tratamento do vermicomposto melhorou o teor de clorofila, a fluorescência da clorofila, a condutância estomática, o dióxido de carbono interno, a taxa fotossintética líquida, o peso do fruto e o teor de nutrientes minerais da melancia. A aplicação de esterco bovino reduziu a espessura da casca e aumentou o TSS e a atividade antioxidante da melancia. O tratamento com esterco de cabra afetou significativamente o tamanho do fruto, o teor de suco e o teor de pH do suco de fruta da melancia. Os tratamentos com esterco de galinha (PM) e extrato de moringa (MLE) resultaram no maior teor de antocianina de todas as melancias. Apesar de toda a matéria orgânica, em seus meios únicos, melhorar a qualidade da melancia vermelha sem sementes, o estudo mostra que a aplicação do vermicomposto apresentou melhor crescimento, rendimento e melhora na qualidade da melancia.
Descritores: Fisiologia
Citrullus
Moringa
Matéria Orgânica
Esterco
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  5 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1048571
Autor: Steiner, Fábio; Zuffo, Alan Mario.
Título: Drought tolerance of four vegetable crops during germination and initial seedling growth / Tolerância de quatro espécies de hortaliças ao déficit hídrico durante a germinação e crescimento inicial das plântulas
Fonte: Biosci. j. (Online);35(1):177-186, jan./fev. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Seeds of arugula (Eruca sativa Miller, cv. Cultivada), carrot (Daucus carota L., cv. Nantes), eggplant (Solanum melongena L., cv. Embú) and watermelon [Citrullus lanatus (Thunb.) Matsum. & Nakai cv. Crimson Sweet] were submitted to different osmotic potentials induced by polyethylene glycol(PEG) with the objective of evaluate the effects of drought stress on seed germination and initial seedling growth. Seeds were distributed in plastic boxes containing blotter paper, soaked with PEG solutions prepared with osmotic potentials 0.0 (control), ­0.2, ­0.4, and ­0.8 MPa and kept into a seed germinator, at 25 °C for 14 days. A completely randomized design in a 4 × 4 factorial scheme with four replicates of 50 seeds each was used. The results showed that by increasing of the osmotic potential level, germinated seeds number, germination rate index, root and shoot length, shoot and root dry matter, and seedling vigor indices decreased, while mean germination time and root: shoot ratio increased in all four vegetable crops. Additionally, the carrot and watermelon are more susceptible than arugula and eggplant to drought stress, with germination response declining more rapidly with the rise of osmotic potential level. Arugula and eggplant crops tolerate water stress of up to ­0.2 MPa, without reducing germination of the seeds; however, the growth of shoots and roots are inhibited. The germination process of eggplant and watermelon seeds are completely inhibited at ­0.8 MPa osmotic potential, whereas germination of carrot seeds is completely inhibited at ­0.4 MPa osmotic potential. Severe drought stress limits the process of seed germination and initial seedling growth of vegetable crops.

Sementes de rúcula (Eruca sativa Miller, cv. Cultivada), cenoura (Daucus carota L., cv. Nantes), berinjela (Solanum melongena L., cv. Embú) e melancia [Citrullus lanatus (Thunb.) Matsum. & Nakai cv. Crimson Sweet] foram submetidas a diferentes potenciais osmóticos simulados com polietileno glicol (PEG 6000) com o objetivo de avaliar os efeitos do estresse hídrico na germinação e no crescimento inicial das plântulas. As sementes foram distribuídas em caixas plásticas tipo Gerbox® contendo papel mata-borrão, o qual foi umedecido com diferentes soluções de PEG preparadas com quatro níveis de potenciais osmótico [0 (controle); ­0,2; ­0,4; e ­0,8 MPa]. As caixas plásticas foram então mantidas em câmara de germinação à 25 °C por 14 dias. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4 × 4, com quatro repetições de 50 sementes cada. Os resultados mostraram que o aumento do nível de potencial osmótico da solução reduziu a porcentagem de germinação das sementes, o índice de velocidade de germinação, o comprimentos da parte aérea e da raiz principal, a produção de matéria seca da parte aérea e das raízes e os índices de vigor das plântulas, enquanto que o tempo médio de germinação e a relação entre a matéria seca da raiz/parte aérea aumentou em todas as quatro espécies de hortaliças. As culturas de cenoura e melancia são mais susceptível que a rúcula e a berinjela ao estresse hídrico, com resposta de germinação declinando mais rapidamente com o aumento do nível de potencial osmótico. A rúcula e a berinjela toleram estresse hídrico de até ­0,2 MPa, sem reduzir o processo de germinação das sementes; no entanto, o crescimento da parte aérea e das raízes são inibidos. O processo de germinação das sementes de berinjela e melancia são completamente inibidos em potencial osmótico de ­0.8 MPa, ao passo que a germinação das sementes de cenoura é completamente inibida em potencial osmótico de ­0.4 MPa. O estresse hídrico severo limita o processo de germinação das sementes e crescimento inicial de plântulas das quatro espécies de hortaliças.
Descritores: Sementes
Daucus carota
Brassicaceae
Citrullus
Desidratação
Solanum melongena
-Verduras
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-966511
Autor: Ootani, Marcio Akio; Aguiar, Raimundo Wagner de Souza; Maciel, Gabriela Priscila de Sousa; Carvalho, Francisca Luana de Araújo; Lopes, Larissa Alves; Evangelista, Marielle Peres.
Título: Susceptibility assessment of watermelon and pumpkin cultivars to potyvirus in Tocantins / Avaliação da susceptibilidade de cultivares de melancia e abóbora a potyvirus obtidos do estado de Tocantins
Fonte: Biosci. j. (Online);33(6):1535-1543, nov./dec. 2017. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Cucurbits cultivation has great importance in the food industry. However, in the main producing regions of curcubits, the increase of cultivation areas has been limited by viral infections. Among the most prevalent viruses there is the Watermelon Mosaic Virus (WMV), Papaya Ringspot Virus (PRSV-W) and Zucchini Yellow Mosaic Virus (ZYMV). The aim of this study was to evaluate the reaction of watermelon genotypes (Crimson sweet and Charleston Gray) and pumpkin (Jacarezinho and Caserta) to isolate watermelon strains in the following cities: Palmas (PYP-12), Gurupi (PYG-14 and PYG-19), Formoso do Araguaia (PYF-6), and Porto Nacional (PyPn-36 and PyPn-39). The experiment was performed in a greenhouse, in a completely randomized design, with 5 testing plants for each repetition to measure the response of these strains to cucurbit genotypes. The inoculated strains were obtained from leaves of watermelon cv Crinson sweet with symptoms The plants were rated by severity of viral symptoms in intervals of four days during 32 days. It was verified that the cucurbit genotypes showed different susceptibility to the viral strains. However, Caserta and Charleston gray were the ones which had greater sensitivity due to their high severity variation among the tested strains. Thus, it can be observed that the reaction among strains depends on the host and this reaction can be antagonistic or synergistic, depending on the mixed infection. Charleston gray watermelon was the most susceptible to most of the viral strains. Thus, this cultivar should be avoided in these regions.

O cultivo de cucurbitáceas tem grande importância no que diz respeito à alimentação, mas o aumento das áreas de plantio tem sido limitado por infecções virais nos principais pólos produtores de cucurbitáceas. Entre os mais prevalentes destacam-se o vírus do mosaico da melancia (WMV), o vírus da mancha anelar do mamoeiro estirpe melancia (PRSV-W) e o vírus do mosaico amarelo da abobora (ZYMV). Este estudo teve como objetivo avaliar a reação dos genótipos de cucurbitácea Melancia Crimson sweet e Charleston gray; Abóbora: Jacarezinho e Caserta, para isolar variedades de safra de melancia nas cidades de Palmas (PYP-12), Gurupi (PYG-14 e PYG-19), Formoso do Araguaia (PYF-6) e Porto Nacional (PyPn-36 e PyPn-39). O experimento delineamento inteiramente casualizado (DIC), foi conduzido em estufa e foram utilizadas 5 plantas de teste para cada repetição para medir a resposta dessas cepas aos genótipos de cucurbitáceas. A inoculação dos vírus em plantas realizada a partir de folhas com a infecção de melancia Crimson sweet. As plantas inoculadas foram avaliadas por graus de severidade em quatro dias de intervalo durante 32 dias após a inoculação. Verificou-se que os genótipos de cucurbitaceas analisadas apresentaram susceptibilidade diferente às cepas virais testadas. No entanto, o genótipo de abóbora de Caserta e Charleston gray foram as que apresentou maior sensibilidade, devido à sua alta variação de severidade entre as cepas. Assim, podemos ver que a reação entre as estirpes depende do hospedeiro e a reação pode ser antagonista ou sinérgica dependendo da infecção mista. A melancia Charleston gray foi o mais suscetível à maioria das cepas virais. Assim, esta cultivar deve ser evitada nessas regiões.
Descritores: Viroses
Potyvirus
Citrullus
Cucurbita
Genótipo
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  7 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965481
Autor: Santos, Gil Rodrigues dos; Sousa, Samilla Candida Rodrigues; Juliatti, Fernando Cezar; Rodrigues, Artenisa Cerqueira; Dalcin, Mateus Sunti; Bonifácio, Aurenivia.
Título: Control of gummy stem blight in watermelon through different management systems / Controle da podridão gomosa em melancia através de diferentes sistemas de manejo
Fonte: Biosci. j. (Online);32(2):371-377, mar./abr. 2016. tab, ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Gummy stem blight, caused by Didymella bryoniae (Auersw.) Rehn, is a disease that affects the productivity of watermelon leading to losses exceeding 40%. This study aimed at evaluating the efficiency of different production systems in the control of watermelon gummy stem blight in order to establish effective methods to combat the disease. The following treatments were applied: conventional management, integrated management and organic production. Mineral fertilizer was applied to conventional and integrated management, whereas in organic production was used the cattle manure. There was application of fungicides and insecticides in commercial doses in conventional and integrated management, and the application was according to monitoring in integrated management. No fungicide or insecticide was applied to organic production. The disease severity was assessed by rating scale. The experimental design was randomized blocks. The severity of gummy stem blight increased substantially during fruit formation. Watermelon plants grown with integrated management showed lower levels of disease severity, while plants in organic production exhibited higher severity levels. We conclude that the management based on judicious monitoring in field is the best way to attain appropriate phytosanitary quality for the watermelon crop in Tocantins State, Brazil.

A podridão gomosa (Didymella bryoniae) é uma doença que afeta a produtividade da melancia levando a perdas superiores a 40%. Objetivou-se avaliar a eficiência de diferentes sistemas de produção no controle da podridão gomosa em melancia visando estabelecer métodos eficientes de combate à doença. Aplicou-se os seguintes tratamentos: manejo convencional, manejo integrado e cultivo orgânico. A adubação mineral foi aplicada em manejo convencional e no manejo integrado, enquanto que no cultivo orgânico foi utilizado o esterco bovino. Houve aplicação de fungicidas e inseticidas em doses comerciais no manejo convencional e manejo integrado, sendo que no manejo integrado a aplicação foi conforme monitoramento. A severidade da doença foi avaliada por escala de notas. O delineamento experimental foi blocos ao acaso. A severidade da podridão gomosa aumentou substancialmente na fase de formação dos frutos. Plantas de melancia cultivadas com o manejo integrado apresentaram menores níveis de severidade da doença, enquanto as plantas em cultivo orgânico exibiram maiores níveis de severidade. Conclui-se que o manejo baseado em acompanhamentos criteriosos em campo representa a melhor maneira de atingir o aspecto fitossanitário adequado para o cultivo de melancia no Estado do Tocantins, Brasil.
Descritores: Citrullus
Fungos
Fungicidas Industriais
Esterco
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  8 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-967371
Autor: Aguiar, Raimundo Wagner de Souza; Evangelista, Mariele Peres; Ramos, Antonio Carlos Costa; Pascoal, Patricia Verdugo; Barros, Helio Bandeira; Santos, Manoel Mota dos.
Título: Danos e sintomatologia de vírus associado à cultura da melancia no estado do Tocantins / Damage and symptoms associated with watermelon virus in Tocantins state
Fonte: Biosci. j. (Online);29(5-Supplement 1):1632-1639, nov. 2013. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A baixa produtividade e a qualidade dos frutos de melancia estão quase sempre associadas à ocorrência de fitopatogenos, dentre estes destacam as doenças de etiologia viral. Visando o entendimento do complexo vírus/planta de melancia, este trabalho teve o objetivo de avaliar os danos e sintomas induzidos pelos vírus PRSV-W, CMV, ZYMV e WMV, quando inoculados em plantas de melancia, cv. 'Crimson sweet', aos 5, 12 e 19 dias após a emergência (DAE). Os vírus PRSV-W, CMV, ZYMV e WMV influenciaram significativamente (p<0,05) na redução do peso da matéria fresca da parte aérea, na coloração da polpa e redução no peso dos frutos da melancia. Assim como, no teor de sólidos solúveis (ºBrix). Sendo mais significativa em plantas inoculadas com CMV. De modo geral, os vírus PRSV-W, WMV, CMV e ZYMV afetaram o desenvolvimento, a produção da planta da melancia e consequentemente, limita a qualidade do fruto.

Watermelon is one of the most important vegetables grown in Brazil. However, there are several factors responsible for low productivity of crops. Among these stands out the occurrence of associated virus culture. Thus, this study aimed to assess the damage and symptoms of PRSV-W, CMV, ZYMV and WMV inoculated at 5, 12 and 19 days after emergence (DAE). According to the results, PRSV-W viruses, CMV, ZYMV and WMV influenced significantly (p <0.05) reduction in the fresh weight of shoots and on pulp and reduction of fruit weight of inoculated plants. As noted on pulp plants inoculated with PRSV-W, at 5 DAE. With regard to the soluble solids content (° Brix) was dramatically reduced by the virus and inoculation period, in this case being more significant fruits of plants inoculated with CMV presented Brix 3.67 to 5.11 depending on the inoculation period. In general, viruses PRSV-W, WMV, CMV, ZYMV and influence the development and consequently the production of watermelon. Thus, an important factor for the reduction in the quality of fruit produced.
Descritores: Doenças das Plantas
Cucumovirus
Citrullus
Responsável: BR396.4


  9 / 15 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-946521
Autor: Sousa, Samilla Candida Rodrigues; Santos, Gil Rodrigues dos; Rodrigues, Artenisa Cerqueira; Bonifácio, Aurenivia; Dalcin, Mateus Sunti; Juliatti, Fernando Cezar.
Título: Escala diagramática para avaliação da severidade do crestamento gomoso do caule em melancia / Diagrammatic scale for evaluation of gummy stem blight severity in watermelon
Fonte: Biosci. j. (Online);30(5):1314-1324, sept./oct. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: O crestamento gomoso do caule, causado pelo fungo Didymella bryoniae, é uma doença comumente encontrada na melancia cultivada em vários países. No Brasil, são inúmeras as pesquisas relacionadas à doença, porém não há métodos padronizados de quantificação da severidade da doença em campo. Assim, foi desenvolvida uma escala diagramática com base em padrões de fotos digitalizadas de folhas de melancia infectadas com D. bryoniae. A escala desenvolvida apresentou níveis de 0; 10; 20; 45; 65 e 90% de severidade. A validação da escala foi dividida em duas partes: inicialmente, 10 avaliadores (metade com experiência e a outra metade sem experiência) estimaram a severidade da doença com base na observação inicial de 100 fotos de folhas de melancia com sintomas da doença em diferentes níveis de severidade. Em seguida, os mesmo avaliadores estimaram a severidade da doença com o auxílio da escala confeccionada a partir do programa Quant. Os dados foram analisados a partir de regressão linear e obtidos os coeficientes angular, linear e de correlação. A partir dos dados obtidos, determinou-se a acurácia e precisão das avaliações. Os coeficientes de determinação (R2) variaram entre 0,88 - 0,97 para os avaliadores experientes e de 0,55 - 0,95 para os avaliadores inexperientes. O coeficiente angular (A) médio para os avaliadores inexperientes foi de 20,42 e 8,61 sem e com o auxílio da escala diagramática, respectivamente. Os avaliadores experientes apresentaram valores de A médios de 5,30 e 1,68 sem e com o uso da escala diagramática, respectivamente. A análise dos erros absolutos indicou que o uso da escala diagramática contribuiu para minimizar as falhas na estimativa dos níveis de severidade. A escala diagramática proposta mostrou-se adequada para avaliação da severidade do crestamento gomoso do caule em melancia.

The gummy stem blight, caused by the fungus D. bryoniae, is a disease commonly found in watermelon cultivated in several countries. In Brazil, there are numerous studies related to the disease, but there are not uniform methods for quantifying of disease severity in the field. Thus, we developed a diagrammatic scale based on scanned photos of watermelon leaves infected with D. bryoniae. The scale developed showed levels of 0; 10; 20; 45; 65 and 90% of severity. The scale validation was divided into two parts: initially, 10 evaluators (half with experienced and other half without experience) estimated the disease severity based on the initial observation of 100 photos of watermelon leaves with symptoms of the disease at different severity levels. Before, the same evaluators estimated the disease severity with the support of the scale prepared from the Quant program. Data were analyzed using linear regression and were obtained angular, linear, and correlation coefficients. Based on these data, we determined the accuracy and precision of the evaluations. The correlation coefficients (R2) ranged from 0.88 - 0.97 for the experienced evaluators and from 0.55 - 0.95 for the inexperienced evaluators. The average angular coefficient (A) for inexperienced evaluators was 20.42 and 8.61 with and without the support of diagrammatic scale, respectively. Experienced evaluators showed values of average linear coefficient of 5.30 and 1.68 with and without the support of diagrammatic scale, respectively. The absolute errors analysis indicated that the use of diagrammatic scale contributed to minimize the flaws in the severity levels estimation. The diagrammatic scale proposed shown adequate for gummy stem blight severity evaluation in watermelon.
Descritores: Caules de Planta
Citrullus
Confiabilidade dos Dados
Fungos
Responsável: BR396.4


  10 / 15 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-912571
Autor: Leão, Evelynne Urzêdo; Santos, Gil Rodrigues dos; Sarmento, Renato Almeida; Reis, Marcelo Rodrigues dos; Chagas Júnior, Aloísio Freitas.
Título: Crescimento micelial e produção de conídios de Ascochyta cucumis em diferentes meios de cultura e regimes de luz / Mycelial growth and conidial production of Ascochyta cucumis in different culture media and light regimen
Fonte: Biosci. j. (Online);28(2):325-331, mar./apr. 2012. tab, ilus, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A planta da melancia pode ser infectada por diversos patógenos que podem provocar perdas na produtividade e qualidade dos frutos. Entre estes, o fungo Ascochyta cucumis, que é o agente causal do crestamento gomoso do caule em plantas de melancia pode ser considerado um grande problema. Para estudos de laboratório e de campo é importante ter um crescimento e esporulação abundante do patógeno em estudo. No entanto, estudos sobre a esporulacao de A. cucumis em diferentes meios de cultura são escassos na literatura nacional e internacional. O objetivo deste trabalho foi estudar a influência de diferentes meios de cultura e do regime de luz no crescimento micelial e produção de conídios de A. cucumis. Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 7 x 3, com cinco repetições. Os meios testados foram: BDA; BDA modificado; V8 modificado; aveia; cenoura; folha de melancia e folha de melancia+CaCO3. Todos os meios foram submetidos à luz contínua, fotoperíodo 12 hr e escuro contínuo. Os meios que mais favoreceram o crescimento micelial foram folha de melancia + CaCO3, folha de melancia e BDA modificado, respectivamente, sob regime de luz contínua. Maior produção média de conídios foi obtida nos meios folha de melancia e folha de melancia+CaCO3. O meio folha de melancia+CaCO3 foi o que mais favoreceu a produção de conídios mesmo em diferentes regimes de luz.

Watermelon plants can be infected by different pathogens that can cause losses in yield and fruit quality. Among these, the fungus Ascochyta cucumis, which is the causal agent of gummy stem blight in watermelon plants can be considered the major problem. To laboratory and field studies it is important to have an abundant growth and sporulation of the studied pathogen. However, studies on the sporulation of A. cucumis at different culture media are scarce in the national and international literature. Thus, the objective of this work was to study the effect of different culture media and the light regimens on the mycelial growth and conidial production of A. cucumis. The experiments were performed in a completely randomized design in a factorial 3 x 7, with five replicates. The media tested were the following: BDA, modified BDA, modified V8, oatmeal, carrot, watermelon leaf and watermelon leaf + CaCO3. All media were submitted to continuous light, 12 hr photoperiod and continuous darkness. The media that most favored the mycelial growth were the watermelon leaf + CaCO3, watermelon leaf and modified BDA under continuous light regimen. Increased average production of conidia was afforded by watermelon leaf media and watermelon leaf + CaCO3 media. The watermelon leaf + CaCO3 media was the one that most favored the production of conidia, even at different levels of light regimens.
Descritores: Esporos Fúngicos
Citrullus
Fungos
Noxas
-Cucumis
Responsável: BR396.4



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde