Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.650.940.800.575.912.250.341.968 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 9 [refinar]
Mostrando: 1 .. 9   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 9 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1118820
Autor: CONCEIÇÃO, Jônathan Brito Fontoura; FERREIRA, Sidney Alberto do Nascimento; LIMA, Natália Neves de.
Título: Vegetative rescue potential of Brazil nut through epicormic shoots on detached branches
Fonte: Acta amaz;50(3):199-203, jul. - set. 2020.
Idioma: en.
Resumo: Obtaining juvenile material may favor the clonal propagation of Brazil nut, Bertholletia excelsa. We aimed to assess the emission of epicormic shoots on detached branches of Brazil nut trees as a function of the mother tree and branch diameter, in order to provide juvenile material for use in clonal multiplication. The experimental design was completely randomized in a 6 (mother trees) x 3 (stem diameter: < 20 20-40 and 40-80 mm) factorial design, with four replicates. Every five days the number of shoots emitted was counted and the sprouting speed index and average sprouting time were calculated. The number of epicormic shoots and the sprouting speed index were dependent on the interaction between mother tree and branch diameter. Branches with larger diameter (20-40 and 40-80 mm) showed higher potential for obtaining propagules for use in Brazil nut clonal multiplication (cutting, grafting and in vitro cultivation). (AU)
Descritores: Reprodução Assexuada
Agricultura Florestal
Lecythidaceae
-Bertholletia
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  2 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-914342
Autor: Carvalho, Izabela Maria Montezano de; Queirós, Lívia Dias; Brito, Larissa Froede; Santos, Fernando Almeida; Bandeira, Ana Vládia Moreira; Souza, Agostinho Lopes de; Queiroz, José Humberto de.
Título: Caracterização química da castanha de sapucaia (Lecythis pisonis Cambess. ) da região da zona da mata mineira / Chemical characterization of sapucaia nuts (Lecythis pisonis Cambess. ) from zona da mata mineira region
Fonte: Biosci. j. (Online);28(6):971-977, nov./dec. 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Atualmente as castanhas têm recebido atenção especial, pois são fontes naturais de vitaminas, minerais, proteínas e ácidos graxos essenciais, podendo assim contribuir para a dieta humana e de animais. Pesquisas recentes confirmam que esses alimentos são fontes ainda de compostos bioativos, os quais podem trazer benefícios significativos à saúde humana. Este trabalho teve como objetivo avaliar a composição química de castanhas da espécie sapucaia (Lecythis pisonis Cambess.) localizadas na zona da mata mineira. Foram analisadas a composição centesimal (lipídios, proteínas, carboidratos, cinzas e umidade), teor de minerais por espectrometria de plasma e perfil lipídico por cromatografia gasosa. A composição centesimal revelou 54,8% de lipídios; 26,82% de proteínas; 5,01% de carboidratos; 3,17% de cinzas e 10,2% de umidade. Quanto ao perfil lipídico, 43,1% eram ácidos graxos polinsaturados, 41,7% ácidos graxos monoinsaturados e 15,2% ácidos graxos saturados. Os minerais fósforo, magnésio e manganês se destacaram pelos elevados teores, 941; 343 e 4,8 mg.100-1, respectivamente. A castanha de sapucaia é uma potencial fonte energéticoprotéica e de minerais importantes para a saúde, mas deve ter sua toxicidade avaliada.

Currently the nuts have received special attention of researchers because they are natural sources of vitamins, minerals, protein and essential fatty acids, could also contribute to the diet of humans and animals. Recent research confirms that these foods are also sources of bioactive compounds, which can bring significant benefits to human health through regular consumption. This study evaluated the chemical composition of sapucaia nut (Lecythis pisonis Cambess.) of the state of Minas Gerais. We analyzed the chemical composition (lipids, proteins, carbohydrates, ash and moisture), and the mineral content by mass spectrometry, and the lipid profile by gas chromatography. The chemical composition showed 54,8% lipids; 26,82% protein; 5,01% carbohydrates; 3,17% ash and 10,2% moisture. The lipid, 43,1% were polyunsaturated fatty acids, monounsaturated fatty acids 41,7% and 15,2% saturated fatty acids. The minerals phosphorus, magnesium and manganese are highlighted by high levels, 941; 343 and 4,8 mg.100-1, respectively. Sapucaia nut is a potential protein-energy and minerals source, but its toxicity must be evaluated.
Descritores: Propriedades Químicas
Lecythidaceae
Responsável: BR396.4


  3 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-616597
Autor: Silva, Ana Lucia Angelo da; Oliveira, Ivaneide de Nascimento; Dias, Vera Lúcia Neves; Mouchrek Filho, Victor Elias; Carvalho, Natale Cristine Costa; Pinheiro, Érica Mendonça.
Título: Estudo anatômico e determinação dos princípios ativos da folha da espécie sapucaia (Licythis pisones) / Anatomical study and determination of the active leaf species sapucaia (Licythis Pisones)
Fonte: Hig. aliment;25(196/197):42-46, maio-jun. 2011. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A Lecythis pisones é uma planta da família Lecythidacea ocorrente da Mata Atlântica, originária da América do Sul e Madagascar, popularmente conhecida como sapucaia. O presente trabalho aborda aspectos descritivos da anatomia foliar e determinação dos princípios ativos da espécie. As folhas de L. pisones foram coletadas na Zona Urbana de Imperatriz, onde foi conduzida pesquisa de campo e laboratorial. As técnicas utilizadas para estudo anatômico foram cortes a mão livre, e montagem de lâminas temporárias e permanentes, de acordo com a metodologia de Oliveira (1989). Das substâncias secundárias foi realizada a prospecção do extrato hidrofílico, segundo a metodologia de Matos (1987). A lâmina foliar reúne várias informações que não apenas descreve suas características, mas serve de suporte para classificação taxonômica. Analisando as amostras estudadas verificou-se a presença de substâncias ergásticas em grandes quantidades, e variação no número de estômatos. Quanto a determinação dos metabolitos secundários as classes de substâncias encontradas foram, taninos catequéticos, flavonóides (flavanonas, flavonóis e xantonas).
Descritores: Flavonoides/farmacologia
Folhas de Planta/anatomia & histologia
Lecythidaceae
-Plantas Medicinais
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  4 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-601038
Autor: Cury, G; Tomazello-Filho, M.
Título: Caracterização e descrição da estrutura anatômica do lenho de seis espécies arbóreas com potencial medicinal / Characterization and description of wood anatomical structure in six tree species with medicinal potential
Fonte: Rev. bras. plantas med;13(3):311-318, 2011. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A caracterização morfoanatômica e a correta identificação das plantas medicinais são fundamentais para o controle de qualidade dos fitoterápicos. No presente trabalho é caracterizada a anatomia do lenho visando à identificação de seis espécies arbóreas com potencial medicinal. As amostras do lenho foram extraídas por método não destrutivo do tronco das árvores das espécies desenvolvidas em áreas de preservação. Em laboratório as amostras do lenho foram processadas para análises microscópicas do lenho, aplicando as metodologias para estudos de anatomia. Os resultados mostraram que o parênquima axial foi o parâmetro anatômico mais efetivo para a distinção das espécies através da análise do seu lenho. No trabalho discute-se a importância da aplicação da anatomia do lenho como ferramenta na identificação de espécies arbóreas medicinais.

The morphoanatomical characterization and the correct identification of medicinal plants are fundamental for the quality control of phytotherapics. In the present work, wood anatomy was characterized in order to identify six tree species with medicinal potential. Wood samples were collected through a non-destructive method from the trunk of trees developed in conservation areas. In the laboratory, wood samples were processed for microscopic analysis by applying the methods for anatomical studies. Axial parenchyma was the most effective anatomical parameter to distinguish species through wood analysis. In this work, the importance of wood anatomy as a tool for the identification of medicinal tree species was discussed.
Descritores: Madeira/análise
Madeira/fisiologia
Estruturas Vegetais
Plantas Medicinais/fisiologia
-Fabaceae/anatomia & histologia
Lecythidaceae/anatomia & histologia
Especificidade da Espécie
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas


  5 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-589898
Autor: Santos, Edson N; Lima, Joaquim C. S; Noldin, Vânia F; Cechinel-Filho, Valdir; Rao, Vietla S. N; Lima, Evangelista F; Schmeda-Hirschmann, Guillermo; Sousa Júnior, Paulo T; Martins, Domingos T. O.
Título: Anti-inflammatory, antinociceptive, and antipyretic effects of methanol extract of Cariniana rubra stem bark in animal models
Fonte: An. acad. bras. ciênc;83(2):557-566, June 2011. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: Cariniana rubra Miers (Lecythidaceae), popularly known as "jequitibá-vermelho'', is a large Brazilian tree whose bark is used in infusion and decoction for the treatment of inflammatory conditions. This study aims to assess the anti-inflammatory, antinociceptive, and antipyretic effects of Cariniana rubra methanolic stem bark extract (EM Cr) using experimental animals. Anti-inflammatory activity of EM Cr was tested on carrageenan and dextran-induced rat paw edema, carrageenan-induced pleurisy in rats and acetic acid-increase vascular permeability in mice. Antinociceptive and antipyretic activities were evaluated using acetic acid-induced writhing, formalin and hot-plate tests in mice, as well as brewer's yeast-induced pyrexia in rats. The extract inhibitied carrageenan and dextran-induced edema, reduced exudate volume and leukocyte migration on the carrageenan-induced pleurisy and on the vascular permeability increase induced by acetic acid. The EM Cr inhibited nociception on the acetic acid-induced writhing and in the second phase of formalin test, and decreased rectal temperature. It was, however, inactive against thermal nociception.Phytochemical analysis with EM Cr showed the occurrence of saponins, triterpenes, sterols and phenolic compounds. Phytosterols (β-sitosterol, stigmasterol), pentacyclic triterpenes (α- and β-amyrin as a mixture), arjunolic acid, a phytosterol glycoside (sitosterol 3-O-β-D-glucopyranoside), and triterpenoid saponins (28-β-glucopyranosyl-23-O-acetyl arjunolic acid; 3-O-β-glucopyranosyl arjunolic acid and 28-O-[α-L-Rhamnopyranosyl-(1→2)-β-glucopyranosyl]-23- O-acetyl arjunolic acid) were the main identified compounds. It can be presumed that EM Cr caused their effects by inhibiting the liberation and/or action of different inflammatory mediators. These findings support the traditional use of Cariniana rubra preparations to treat inflammation.

Cariniana rubra Miers (Lecythidaceae), popularmente conhecido como "jequitibá-vermelho'', é uma árvore brasileira de grande porte, cuja casca é utilizada nas formas de infusão e decocção para o tratamento de condições inflamatórias. Os efeitos antiinflamatório, antinociceptivo e antipirético do extrato metanólico da casca do caule de Cariniana rubra (EM Cr) foram avaliados em animais experimentais. A atividade antiinflamatória do EM Cr foi testada nos modelos de edema depata induzido por carragenina e dextrana em ratos, pleurisia induzida por carragenina em ratos e permeabilidade vascular aumentada por ácido acético em ratos. As atividades antinociceptiva e antipirética foram avaliadas utilizando os modelos de nocicepções induzidos por ácido acético e formalina, placa quente em camundongos e de pirexia, pela injeção de levedura de cerveja em ratos. O extrato inibiu o edema induzido porcarragenina e dextrana, reduziu o volume de exsudato e a migração de leucócitos na pleurisia induzida por carragenina eo aumento da permeabilidade vascular induzida por ácidoacético. O EM Cr inibiu a nocicepção nas contorções induzidas por ácido acético e na segunda fase do teste de formalina e diminuiu a temperatura retal. No entanto, foi inefetivo no teste da placa quente. A análise química por via úmida deu resultados positivos para saponinas, triterpenos, esteroides e compostos fenólicos. Fitosteróis e triterpenóides pentacíclicos (β-sitosterol, estigmasterol, α and β-amirinas em mistura e ácido arjunólico) e as saponinas triterpenoidais: 3-O-β-D-glucopiranosideo de sitosterol; ácido arjunólico 28-β-glucopiranosila-23-O-acetila; ácido arjunólico 3-O-β-glucopiranosila e ácido arjunólico 28-O-[α-L-rhamnopiranosil-(1→2)-β-D-glucopiranosila]-23-O-acetila. Pode-se presumir que os efeitos do EM Cr foram causados pela inibição da liberação e/ou ação de diversos mediadores inflamatórios. Estes resultados validam o uso tradicional das preparações caseiras de Cariniana rubra para tratar a inflamação.
Descritores: Analgésicos/uso terapêutico
Anti-Inflamatórios/uso terapêutico
Antipiréticos/uso terapêutico
Edema/tratamento farmacológico
Lecythidaceae/química
Extratos Vegetais/uso terapêutico
Pleurisia/tratamento farmacológico
-Analgésicos/isolamento & purificação
Anti-Inflamatórios/isolamento & purificação
Antipiréticos/isolamento & purificação
Carragenina
Permeabilidade Capilar/efeitos dos fármacos
Edema/induzido quimicamente
Casca de Planta/química
Caules de Planta/química
Pleurisia/induzido quimicamente
Ratos Wistar
Limites: Animais
Camundongos
Ratos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-519365
Autor: Gumier-Costa, Fabiano.
Título: First record of the coffee berry borer, Hypothenemus hampei (Ferrari) (Coleoptera: Scolytidae), in Pará nut, Bertholletia excelsa (Lecythidaceae) / Primeiro registro da broca-do-café, Hypothenemus hampei (Ferrari) (Coleoptera: Scolytidae), em castanha-do-Pará, Bertholletia excelsa (Lecythidaceae)
Fonte: Neotrop. entomol;38(3):430-431, May-June 2009.
Idioma: en.
Resumo: We report the occurrence of Hypothenemus hampei (Ferrari) attacking Pará nuts stored in the southeast of Para state. The coffee berry borer successfully colonized and reproduced using Pará nuts as a food source. Based on this observation, the Pará nuts can be used as an alternative food source in rearing the coffee berry borer. Also, attention should be brought to need of proper storage of these nuts to avoid infestation by this pest.

Este trabalho registra a ocorrência de Hypothenemus hampei (Ferrari) em amêndoas armazenadas da castanha-do-Pará, no Sudeste do Pará. O inseto obteve sucesso na infestação e reprodução na castanha-do-Pará. Com base nessa constatação, o uso da castanha-do-Pará pode ser uma alternativa para a criação da broca-do-café. Além disso, cabe alertar para os cuidados com armazenamento dessas amêndoas para se evitar a infestação pelo inseto.
Descritores: Besouros/classificação
Besouros/fisiologia
Lecythidaceae/parasitologia
-Brasil
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-486021
Autor: Aguiar, Willian Moura; Gaglianone, Maria Cristina.
Título: Comportamento de abelhas visitantes florais de Lecythis lurida (Lecythidaceae) no norte do estado do Rio de Janeiro / Behavior of flower visiting bees of Lecythis lurida in the north of Rio de Janeiro state
Fonte: Rev. bras. entomol;52(2):277-282, 2008. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Projeto: CNPq.
Resumo: Este estudo descreve e analisa o comportamento dos visitantes florais de L. lurida em fragmentos de mata de tabuleiro. Esta espécie monóica floresceu de outubro a janeiro. As flores abriram-se entre 5h30 e 10h00 e a antese floral não ultrapassou um dia. Durante amostragens padronizadas foram coletadas 172 abelhas visitantes florais, pertencentes a 10 gêneros e 18 espécies. As maiores freqüências foram de Epicharis flava (42,3 por cento), Xylocopa frontalis (16,3 por cento) e Eufriesea surinamensis (11,6 por cento), com atividade principalmente de 7h00 às 11h00. Abelhas Centridini, Euglossina e Xylocopini buscam néctar nas flores e foram considerados polinizadores efetivos. Megachile coleta pólen e também é potencial polinizador. Oxaea flavescens atuou como pilhador de néctar, perfurando o capuz da flor. Experimentos de polinização indicaram ausência de autopolinização espontânea e baixa taxa de frutificação (0,48 por cento) sob condições naturais. Como observado para outras espécies zigomórficas de Lecythidaceae, a complexa morfologia floral restringe os visitantes a abelhas de grande porte ou abelhas robustas que conseguem entrar pelo capuz floral. Entretanto, Centridini foi principal grupo de polinizadores de L.lurida, o que difere dos polinizadores indicados em outros trabalhos sobre Lecythis e outros gêneros de Lecythidaceae na região amazônica.

This study describes and analyses the behavior of L. lurida flower visitors in fragments of tabuleiro lowland forest. This monoecious species flowered from October to January. The flowers opened between 5:30 and 10:00 a.m. and floral anthesis did not exceed one day. Standardizing samples on flowers resulted in 172 bees, belonging to ten genera and 18 species. Epicharis flava (42,3 percent), Xylocopa frontalis (16,3 percent) and Eufriesea surinamensis (11,6 percent) performed the highest relative frequencies, mainly occuring between 7:00 and 11:00a.m. Centridini, Euglossina and Xylocopini bees took nectar on flowers and were considered effective pollinators. Megachile collected pollen and also was potential pollinator. Oxaea flavescens acted as nectar thief by piercing the flower hood. Experiments of spontaneous autopollination indicated no fruit set and low fruit set (0,48 percent) was observed in flowers under natural conditions. As discussed for other zygomorphic flowers of Lecythidaceae, the complex floral morphology restrict visitors to large or robust bees that can get into the flower through the floral hood. Nevertheless Centridini was the main pollinator group of L. lurida, which differs from the pollinators indicated in other studies on Lecythidaceae in the Amazonian region.
Descritores: Abelhas
Comportamento Alimentar
Flores
Lecythidaceae
Pólen
-Brasil
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Responsável: BR3.1 - Biblioteca Central


  8 / 9 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-393538
Autor: Souza, G. M; Ribeiro, R. V; Santos, M. G; Ribeiro, H. L; Oliveira, R. F.
Título: Functional groups of forest succession as dissipative structures: an applied study
Fonte: Braz. j. biol;64(3b):707-718, ago. 2004. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Este estudo testou a hipótese de que maior eficiência dissipativa de espécies arbóreas tropicais poderia apresentar vantagem ecológica no processo de sucessão florestal. Medidas diárias de trocas gasosas de uma espécie pioneira (Guazuma ulmifolia) e de uma espécie secundária tardia (Cariniana legalis) foram realizadas em plantas irrigadas e com deficiência hídrica. Análises da conectância da rede de trocas gasosas (Cg) e da autonomia (At) da planta em relação ao ambiente foram realizadas com o objetivo de verificar mudanças metabólicas na rede em resposta à deficiência hídrica. Como estimativa global da dissipação de calor latente, foi avaliada a capacidade de manutenção e resfriamento da temperatura foliar diante das mudanças na temperatura do ar (deltaT = TºC ar - TºC folha). As mudanças observadas nos parâmetros sistêmicos (Cg e At) e fisiológicos em resposta à perturbação ambiental, associadas à discrepante taxa de crescimento entre as espécies, sugeriram que a formação inicial do dossel de uma clareira por espécies pioneiras poderia ser resultado das maiores taxas de fotossíntese dessas espécies, e não necessariamente decorrentes do fato de as espécies secundárias tardias não suportarem o ambiente heterogêneo da clareira. Nossos resultados indicam que os maiores valores de assimilação de CO2 das espécies pioneiras são conseqüência da maior eficiência da estrutura dissipativa como um todo, envolvendo os processos de degradação e dissipação de energia, desde que não haja restrição hídrica. Como resultado prático, nosso estudo sugere a análise de DT para avaliar a eficiência da estrutura dissipativa e auxiliar na caracterização dos grupos funcionais.
Descritores: Lecythidaceae
Malvaceae
Temperatura
Árvores
-Aclimatação
Análise de Variância
Dióxido de Carbono
Modelos Biológicos
Fotossíntese
Folhas de Planta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 9 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-331140
Autor: Costa, Patrícia M. da; Carvalho, Mário G. de.
Título: New triterpene isolated from Eschweilera longipes (Lecythidaceae)
Fonte: An. acad. bras. ciênc;75(1):21-25, Mar. 2003. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: The phytochemical studies of Eschweilera longipes Miers (Lecythidaceae) have led to the identification of a new triterpene 3beta, 24-dihydroxyfriedelane, the known 1beta, 2beta, 3beta, 19beta-tetrahydroxyurs-12-en-28-oic acid (1beta-hydroxyeucaphic acid) besides the saponin sitosterol 3betaO-betaD-glucopyranoside. The structures were established from the IR, NMR and mass spectra data including 2D NMR experiments of natural substances and of the acetyl derivative of the new triterpene
Descritores: Lecythidaceae/química
Triterpenos
-Espectroscopia de Ressonância Magnética
Espectrometria de Massas
Folhas de Planta
Análise Espectral
Triterpenos
Madeira
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde