Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.650.940.800.575.912.250.401.194 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 20 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 20 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-420228
Autor: Gonçalves, José Francisco de C; Vieira, Gil; Marenco, Ricardo A; Ferraz, João Baptista S; Santos Junior, Ulysses Moreira dos; Barros, Francisco Cleber F.
Título: Nutritional status and specific leaf area of mahogany and tonka bean under two light environments
Fonte: Acta amaz;35(1):23-27, 2005.
Idioma: en.
Resumo: Estudou-se a nutrição mineral e as características foliares de duas espécies arbóreas tropicais Switenia macrophylla King (mogno) e Dipteryx odorata Aubl Willd (cumaru) plantadas sob dois ambientes de luz em Presidente Figueiredo - AM, Brasil. Folhas de S. macrophylla e de D. odorata, com três anos de idade, crescidas em plantio a céu aberto (sol) com cerca de 2000 µmol m-2 s-1 e sob cobertura natural (sombra) de plantas de pau-de-balsa (Ochroma pyramidale Cav. Ex Lam. Urb) com cerca de 260 µmol m-2 s-1, foram analisadas quanto à área foliar (AF), a massa da matéria seca (MMS), a área foliar específica (AFE) e aos teores de nutrientes foliares. Verificou-se que, folhas de S. macrophylla, crescidas a pleno sol, apresentaram AF 35% menor quando comparadas com as folhas crescidas na sombra. Por outro lado, nas folhas de D. odorata, não foram observadas diferenças para AF entre os ambientes. Adicionalmente, observou-se que folhas de sombra de S. macrophylla, com base na MMS, foram 50% menores que as folhas de sol, enquanto que no D. odorata não foram observadas diferenças para MMS entre os ambientes. Quanto a AFE, nas folhas de S. macrophylla, verificou-se que as folhas de sol foram três vezes menores quando comparadas com as folhas de sombra, e não houve diferença nas folhas do D. odorata. Quanto aos teores dos nutrientes verificou-se que, independentemente do ambiente, folhas de S. macrophylla apresentaram maiores teores de P e Ca do que aqueles encontrados nas folhas do D. odorata. Os teores de N, K, Fe e Mn diminuíram nas folhas de S. macrophylla crescidas a sombra. Por último, nós sugerimos que a diminuição no teor dos nutrientes foliares pode ter influência negativa sobre o crescimento foliar. Os resultados demonstram que a hipótese testada é verdadeira para características foliares, D. odorata, classificada como clímax, exibiu menor plasticidade para características foliares quando comparada com S. macrophylla, classificada como intermediária.
Descritores: Nutrientes
Dipteryx
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  2 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-504696
Autor: Pinto, Antonio Moçambite; Morellato, L. P. C; Barbosa, Antenor Pereira.
Título: Fenologia reprodutiva de Dipteryx odorata (Aubl. ) Willd (Fabaceae) em duas áreas de floresta na Amazônia Central / Reproductive phenology of Dipteryx odorata (Aubl. ) Willd (Fabaceae) in two forest areas in the Central Amazon
Fonte: Acta amaz;38(4):643-649, dez. 2008. graf, tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Estudos fenológicos de longa duração em florestas tropicais são raros. Foi realizado o acompanhamento fenológico de Dipteryx odorata, no período de 1974 à 2000, em duas áreas de floresta amazônica: a Reserva Florestal Ducke (RFD) e Estação Experimental de Silvicultura Tropical (EEST). O objetivo foi observar os padrões fenológicos nas duas áreas, verificar a regularidade da floração e frutificação num período de 27 anos e a influência dos fatores climáticos nestes eventos. Foram marcados cinco indivíduos na RFD e cinco na EEST e observados quanto à produção de flores, frutos imaturos e maduros. A floração e a produção de frutos imaturos apresentaram padrão irregular nas duas áreas observadas, variando quanto a época de ocorrência e a duração entre anos e estações, mas apresentaram freqüência de ocorrência similar nos 27 anos observados. Para a fenofase frutos maduros este padrão foi diferente, com intervalos de até três anos sem ocorrência de frutos maduros, na RFD e de sete anos na EEST. Conclui-se que a freqüência de ocorrência das fenofases de floração e frutos imaturos foi anual e a de frutos maduros supra-anual, todas com padrão irregular e duração de intermediária a prolongada. Ocorreu variação de um a três anos entre episódios de floração e frutos imaturos e de um a sete anos entre episódios de frutos maduros, não ficando evidente, nesta análise, a influência dos fatores climáticos nos padrões observados. Sugere-se o uso racional dos produtos derivados de Dipteryx odorata, o cumaru, especialmente quanto à exploração de seus frutos e o desenvolvimento de mais estudos de longa duração, fundamentais para entender os padrões fenológicos reprodutivos e de oferta de recursos em florestas tropicais.

Long term phenological studies in tropical forests are scarce. A phenological study of Dipteryx odorata was carried out from 1974 to 2000 in two areas of Amazon Forest: Reserva Florestal Ducke (RFD) and Estação Experimental de Silvicultura Tropical (EEST). The objective was to compare the phenological patterns between the two areas, to verify the regularity of flowering and fruiting over a period of 27 years, and to verify the influence of climatic factors in these events. Five trees were marked in the RFD and five in the EEST; and were observed monthly for the presence of flowers, unripe and ripe fruits. The flowering and unripe fruiting presented an irregular pattern in both areas, and also varied with regard to duration and period of occurrence between years and seasons. Nevertheless, they presented similar frequency of occurrence during the 27 years of observation. On the other hand, the production of ripe fruits presented a different pattern, with three year intervals without ripe fruits in the RFD, and seven year intervals in the EEST. We concluded that the frequency of flowering and unripe fruiting was annual, and the frequency of occurrence of ripe fruiting was supra-annual, with an irregular pattern, and a duration from intermediate to extended. We also observed the occurrence of one to three year intervals between flowering and unripe fruiting episodes, and one to seven year intervals between episodes with ripe fruiting. The influence of climatic factors in the patterns observed was not clear. We suggest the rational use of natural products extracted from Dipteryx odorata, the "cumaru", especially the fruits, and the development of more long term studies, fundamental for understanding the reproductive phenological patterns as well as the resource offering patterns in tropical forests.
Descritores: Reprodução
Ecossistema Amazônico
Flores
Dipteryx
Frutas
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  3 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-688217
Autor: Sousa, Amanda Goulart de Oliveira; Fernandes, Daniela Canuto; Naves, Maria Margareth Veloso.
Título: Eficiência alimentar e qualidade proteica das sementes de baru e pequi procedentes do Cerrado brasileiro / Food efficiency and protein quality of baru and pequi seeds from Brazilian savanna
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;71(2):274-280, abr.-jun. 2012. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho avaliou a eficiência alimentar e a qualidade proteica das sementes de baru e pequi nativas do Cerrado brasileiro. Ratos Wistar machos, recém-desmamados (n = 24), distribuídos em quatro grupos,foram alimentados com diferentes dietas, contendo 10% de proteína: padrão (caseína, 7% de lipídios);controle (caseína, 15% de lipídios); baru (semente de baru, 15% de lipídios) e pequi (semente de pequi,15% de lipídios). Determinaram-se os teores proteicos e lipídicos e estimou-se o teor de fibra alimentar total das dietas. A eficiência alimentar foi avaliada pelo Fator de Conversão Alimentar (FCA), e o valor proteico, por meio do PER (Protein Efficiency Ratio). O FCA variou de 2,8 (dieta padrão) a 10,5 (dieta de semente de pequi); e a dieta de semente de baru (FCA = 5,17) foi mais eficiente do que a dieta de semente de pequi. O valor de PER da semente de baru (2,11) foi superior ao da semente de pequi (1,0), e os valores de RPER (qualidade proteica relativa) dessas sementes foram, respectivamente, de 70% e 30%. A semente de baru possui melhor eficiência alimentar e qualidade proteica do que a semente de pequi, e sua proteína pode ser classificada como de qualidade intermediária a boa.
Descritores: Proteínas de Armazenamento de Sementes
Pradaria
Dipteryx
Responsável: BR76.1 - Biblioteca


  4 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888806
Autor: Ragusa-Netto, J.
Título: Seed removal of Dipteryx alata Vog. (Leguminosae: Faboidae) in the edge and interior of Cerrado / Remoção de sementes de Dipteryx alata Vog. (Leguminosae: Faboidae) na borda e interior do Cerrado
Fonte: Braz. j. biol;77(4):752-761, Nov. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Post-dispersal seed agents of mortality include pathogens, invertebrates, and vertebrates, which may shape tropical tree populations and communities. In this study I experimentally evaluated Dipteryx alata endocarp removal both in the interior and edge of Cerrado vegetation. Specifically, I simulated primary dispersion of endocarps by bats and evaluated secondary removal intensity according to habitat, season, and endocarp number. This study was developed in the Pombo Natural Municipal Park, a large Cerrado remnant with an area of 9,000 ha, located in the Western Brazil. In each of the two habitat types, I set down 45 points in which D. alata piles of 1, 3, 7, 15, and 40 endocarps were positioned. On average, endocarp removal in the interior was higher than in the edge, so that the intensity of removal varied from positive density-dependent (interior: rains), to negative density-dependent (edge: both seasons). Also, at both habitat types and seasons non removed endocarps were intensely attacked by fungus. Indeed, seed mortality by fungus infestation was positive density-dependent. The results indicate high propensity of endocarps to escape from removal in the edge, in principle, a defaunated area. As Dipteryx species strongly rely on caviomorph rodents for their dispersal, the scarcity of these vectors might reduce recruitment chances of D. alata in remnants of Cerrado. This imply in future changes in the vegetation structure from the edge to the interior towards low tree diversity.

Resumo A mortalidade pós-dispersão de sementes é causada por agentes como patógenos, invertebrados e vertebrados, os quais influenciam a dinâmica de populações e comunidades arbóreas. Nesse estudo, avaliei experimentalmente intensidade de remoção, por roedores, de endocarpos de Dipteryx alata na borda e interior da vegetação do Cerrado. Simulando a dispersão primária por morcegos, posicionei pilhas com diferentes números de endocarpos nos dois hábitats do cerrado e avaliei a remoção secundária, tanto na estação seca quanto na chuvosa. Os experimentos foram desenvolvidos no Parque Natural Municipal do Pombo, um grande remanescente com 9000 ha (Três Lagoas, MS, Brasil). Em cada um dos habitat defini 45 pontos nos quais pilhas com 1, 3, 7, 15 e 40 endocarpos foram posicionadas. A remoção de endocarpos foi significativamente maior no interior em relação à borda, tal que a intensidade de remoção variou de positivamente dependente da densidade (interior: chuvas), a negativamente dependente da densidade (borda: ambas as estações). Além disso, tanto na borda, quanto interior, bem como nas duas estações os endocarpos não removidos foram intensamente infestados por fungos. Consequentemente, a mortalidade causada por esses patógenos foi densidade dependente. Os resultados sugerem que os endocarpos de D. alata teriam maiores chances de escapar à remoção na borda, em princípio, depauperada em termos de roedores dispersores. A escassez desses vetores reduziria as chances de recrutamento de D. alata, favorecendo mudanças futuras na estrutura da vegetação, a partir da borda, em termos de menor diversidade arbórea.
Descritores: Árvores/fisiologia
Ecossistema
Cadeia Alimentar
Dipteryx/fisiologia
Dispersão de Sementes
-Roedores/fisiologia
Estações do Ano
Brasil
Quirópteros/fisiologia
Dinâmica Populacional
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-830666
Autor: Alves, Aline Medeiros; Fernandes, Daniela Canuto; Borges, Jullyana Freitas; Sousa, Amanda Goulart de Oliveira; Naves, Maria Margareth Veloso.
Título: Oilseeds native to the Cerrado have fatty acid profile beneficial for cardiovascular health / Oleaginosas nativas do Cerrado apresentam perfis de ácidos graxos favoráveis à saúde cardiovascular
Fonte: Rev. Nutr. (Online);29(6):859-866, Nov.-Dec. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To assess and compare the fatty acid composition of edible seeds and a nut native to the Cerrado (Brazilian savannah) to that of traditional oilseeds. Methods: Baru almonds, Cerrado cashew nuts, and pequi almonds were extracted from the fruits using appropriate equipment. All edible seeds and nuts were roasted, except for the Brazil nut. The sample lipids were extracted via cold pressing. The fatty acids were esterified, and the fatty acid esters were analyzed by gas chromatography. Results: The native and traditional edible seeds and nuts contain mostly monounsaturated fatty acids (42.72 g to 63.44 g/100 g), except for the Brazil nut, which showed predominance of polyunsaturated fatty acids (45.48 g/100 g). Pequi almond had the highest saturated fatty acid content (36.14 g/100 g). The fatty acids with the highest concentration were oleic and linoleic acids, and palmitic acid was also found in considerable concentration in the oilseeds studied. The Cerrado cashew nut and the traditional cashew nut have similar fatty acid profiles. As for the ratio of ω-6 to ω-3, the baru almond showed the highest ratio, 9:1, which was the closest to the recommended intake of these fatty acids. Conclusion: The fatty acid profile of the edible seeds and nuts native to the cerrado is similar to those of traditional oilseeds. We suggest the inclusion of native oilseeds in the diet aiming at reducing the risk of cardiovascular disease, especially the baru almond and the cerrado cashew nut, due to the fact they have high ratio of monounsaturated fatty acids to saturated fatty acids.

RESUMO Objetivo: Avaliar a composição de nozes e sementes comestíveis nativas do cerrado, no que diz respeito aos ácidos graxos, e comparar com oleaginosas tradicionais. Métodos: A amêndoa de baru, a castanha-de-caju-do-cerrado e a amêndoa de pequi foram extraídas dos frutos com equipamentos apropriados. Todas as nozes e sementes comestíveis foram torradas, exceto a castanha-do-brasil. Os lipídeos das amostras foram extraídos a frio, os ácidos graxos foram esterificados e os ésteres de ácidos graxos foram analisados por cromatografia gasosa. Resultados: As nozes e sementes comestíveis tradicionais e nativas possuem, predominantemente, ácidos graxos monoinsaturados (42,72 g a 63,44 g/100 g), exceto a castanha-do-brasil, que apresentou predominância de ácidos graxos poli-insaturados (45,48 g/100 g). A amêndoa de pequi apresentou o maior teor de ácidos graxos saturados (36,14 g/100 g). Os ácidos graxos encontrados em maior concentração nas oleaginosas foram o ácido oleico e o linoleico; o ácido palmítico foi também detectado em proporções consideráveis. O perfil de ácidos graxos da castanha-de-caju-do-cerrado é comparável ao da castanha-de-caju tradicional. Quanto à relação entre ácidos graxos w-6 e w-3, a amêndoa de baru apresentou o valor de 9:1, mais próximo ao recomendado para consumo. Conclusão: O perfil de ácidos graxos das nozes e sementes comestíveis nativas do cerrado se assemelha ao das tradicionais. Sugere-se, portanto, a inclusão das oleaginosas nativas em planos alimentares que visem a redução do risco de doenças cardiovasculares, sobretudo a amêndoa de baru e a castanha-de-caju-do-cerrado, por suas elevadas concentrações de ácidos graxos monoinsaturados em relação aos ácidos graxos saturados.
Descritores: Ácidos Graxos/uso terapêutico
-Arachis
Sementes
Doenças Cardiovasculares/dietoterapia
Anacardium
Bertholletia
Dipteryx
Nozes
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR13.3 - Biblioteca das Faculdades de Odontologia e Nutrição


  6 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-966101
Autor: Pinhal, Hernane Fernandes; Araruna, Elequisandra da Costa; Carneiro, Pedro Augusto Porto; Asmar, Simone Abreu; Melo, Berildo de; Luz, José Magno Queiroz.
Título: Concentration of ms medium and cutting of seeds on in vitro establishment of baruzeiro (Dipteryx alata Vog. ) / Concentração do meio ms e corte da semente no estabelecimento in vitro do baruzeiro (Dipteryx alata Vog. )
Fonte: Biosci. j. (Online);33(2):306-313, mar./apr. 2017. graf, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Savannah is the second biome in biodiversity in Brazil, presenting great vegetation endemism. Baruzeiro (Dipteryx alata Vog.), native from this biome, is an economically important species, with an incipient market due to the lack of commercial plantations. This highlights the need to develop and provide the basis for the domestication of this species. Thus, this study evaluated different concentrations of MS medium, using baruzeiro intact or cut seeds for in vitro establishment. Seeds from baruzeiro ripe fruits were decontaminated and were left intact or partially cut; subsequently, the seeds were inoculated into flasks with different concentrations of MS culture medium. The experimental design was completely randomized as a 5 x 2 factorial, consisting of 5 MS medium concentrations (0, 25, 50, 75 or 100%) and 2 types of seeds (intact or partially cut seeds), with three replications. Each experimental unit consisted of five flasks and 10 plants. After five months of incubation, the contamination of explants, seed germination, the number of fully developed plants and the dry masses of shoot and root of baruzeiros were evaluated. Intact seeds provided better results for all characteristics evaluated. The increased concentration of MS medium resulted in mass gain of plants; however, the use of MS medium 0% provided greater percentage of fully developed plants, the most interesting feature for baruzeiro in vitro establishment.

O Cerrado é o segundo bioma em biodiversidade do Brasil, apresentando grande endemismo vegetal. O baruzeiro (Dipteryx alata Vog.) é uma espécie economicamente importante, com mercado incipiente devido à escassez de cultivos comerciais. Isto deixa notória a necessidade de desenvolver e aperfeiçoar subsídios para a domesticação dessa espécie. Assim, neste trabalho, objetivou-se avaliar diferentes concentrações do meio MS, utilizando sementes de baruzeiro (Dipteryx alata Vog.) íntegras e com corte para o estabelecimento in vitro. Sementes retiradas de frutos maduros de baruzeiro foram descontaminadas e mantidas intactas ou receberam cortes parciais, sendo posteriormente inoculadas em frascos, com diferentes concentrações de meio de cultivo MS. O experimento foi instalado em sistema de delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 5 x 2 - meio MS (0, 25, 50, 75 e 100%) x tipos de sementes (sementes íntegras e sementes com corte) com três repetições, totalizando 30 parcelas. Cada unidade experimental foi constituída de cinco frascos e 10 plantas. Após cinco meses, foram avaliados: a contaminação dos explantes, a germinação das sementes, o número de plantas totalmente desenvolvidas e as massas secas da parte aérea e da raiz dos baruzeiros. As sementes íntegras proporcionaram melhores resultados, para todas as características avaliadas. O aumento da concentração do meio MS colaborou no ganho de massa das plantas, no entanto, o uso do meio MS 0% foi o que proporcionou maior percentual de plantas formadas, a característica mais interessante para o estabelecimento in vitro do baruzeiro.
Descritores: Sementes
Técnicas In Vitro
Cultivos Agrícolas
Pradaria
Dipteryx
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  7 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965683
Autor: Silva, Herick Fernando de Jesus; Asmar, Simone Abreu; Oliveira, Rayssa Camargo de; Luz, José Magno Queiroz; Melo, Berildo de.
Título: Alternative supplements and ms medium concentrations in the in vitro establishment of Dipteryx alata Vog / Suplementos alternativos e concentrações de meio ms no estabelecimento in vitro de Dipteryx alata Vog
Fonte: Biosci. j. (Online);32(5):1138-1146, sept./oct 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Dipteryx alata Vog. (barueiro) is a native fruit of the Cerrado used in food and medicine. The species has never been domesticated and is currently at risk of extinction. Plant tissue culture is an important tool for the conservation of germplasm and for quick, large-scale propagation of quality seedlings. While, this technique has never been used with barueiro, it could be a valuable tool in the domestication of this species. The objective of this work is to evaluate concentrations of MS medium salts (25, 50, 75 and 100%) supplemented with coconut water (100 mL L-1), dwarf banana pulp (60 g L-1) or the absence of any supplement in the in vitro establishment of barueiro seeds (Dipteryx alata Vog). The experiment used a completely randomized design (CRD) with a 3x4 factorial scheme (three cultivation media types and four concentrations of MS salts) and three repetitions. The following characteristics were evaluated: germination rate, shoot length , largest root length , stem diameter , number of leaves , chlorophyll A , chlorophyll B , total chlorophyll, and the fresh and dry mass of the seedlings. The coconut water and banana pulp supplements did not improve the in vitro development of the barueiro seedlings and the full concentration of MS salts did not improve the initial development of the seedlings. However, the pure MS medium at a concentration of 25% MS salts was the best option for the in vitro establishment of Dipteyx alata.

O barueiro (Dipteryx alata Vog.) é uma fruteira nativa do bioma Cerrado e possui várias aplicabilidades, desde alimentares até medicinais. No entanto ainda não é uma espécie domesticada e encontra-se sob risco projetado de extinção. A cultura de tecidos vegetais constitui uma importante ferramenta para a conservação de germoplasma, além de proporcionar a rápida propagação de mudas de qualidade em larga escala. Porém, esta técnica não vem sendo utilizada em barueiro, podendo ser aplicada de forma valiosa contribuindo para seu processo de domesticação. Objetivou-se neste trabalho avaliar concentrações de sais do meio MS (25, 50, 75 e 100%) suplementados com água de coco (100 mL L-1), polpa de banana nanica (60 g L-1) ou ausência de suplemento no estabelecimento in vitro de sementes de barueiro (Dipteryx alata Vog). O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado (DIC) em esquema fatorial 3x4 (três meios de cultivo e quatro doses de sais MS) com três repetições. Foram avaliadas as características: taxa de germinação, comprimento da parte aérea e da maior raiz, diâmetro do caule, número de folhas, teores de clorofila A, B e total , massa fresca e massa seca das plântulas. A água de coco e a polpa de banana como suplementos não forneceram vantagens no desenvolvimento in vitro de plântulas de barueiro e a concentração plena dos sais MS não forneceram vantagens ao desenvolvimento inicial das plântulas. Portanto, o meio MS puro a uma concentração de 25% dos sais MS é a formulação que melhor se aplica para o estabelecimento in vitro de Dipteyx alata.
Descritores: Técnicas In Vitro
Suplementos Nutricionais
Pradaria
Dipteryx
Frutas
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  8 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Alves, Edna Ursulino
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-914700
Autor: Guedes, Roberta Sales; Alves, Edna Ursulino; Costa, Emanuela Márcia Tavares da; Santos- Moura, Sueli da Silva; Silva, Rosemere dos Santos da; Cruz, Flávio Ricardo da Silva.
Título: Avaliação do potencial fisiológico de sementes de Amburana cearensis (Allemão) A.C. Smith / Evaluation of physiological potential of Amburana cearensis (Allemão) A.C. Smith seeds
Fonte: Biosci. j. (Online);29(4):859-866, july/aug. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A semente é insumo básico que deve atender aos requisitos de qualidade fisiológica para garantir o estabelecimento de cultivos com alta produtividade. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência de métodos que permitam separar as sementes em níveis de vigor, sendo utilizados para isso, quatro lotes de sementes de Amburana cearensis (Allemão) A.C. Smith (cumaru). As variáveis analisadas foram: teor de água, o peso de 1.000 sementes, porcentagem de germinação, emergência em campo, índice de velocidade de germinação e de emergência, comprimento e massa seca de plântulas do laboratório e campo. O peso de mil sementes não permitiu a separação dos lotes de sementes de A. cearensis em níveis de vigor, enquanto os testes de campo (emergência de plântulas, primeira contagem, índice de velocidade de emergência, comprimento e a massa seca das plântulas) são eficientes na separação dos lotes de sementes de A. cearensis em níveis de vigor.

Seed is the basic input, so requirements of physiological quality to guarantee the establishment of cultivations with high productivity is essential. This study aimed to evaluate the effectiveness of methods to separate the seeds at levels of vigour being used to it, four seed lots Amburana cearensis (Allemão) AC Smith (cumaru). In four lots of A. cearensis seeds were evaluated water content, weight of 1000 seeds, germination, field seedling emergence, index of germination speed and index emergence speed, and length and dry mass of seedlings from both the laboratory and from the field. The weight of 1000 seeds did not allowed the separation of the lots in vigor levels. Field tests (seedling emergence, first count, speed emergence index, length and dry mass of the seedlings) are efficient in the separation of the seed lots of A. cearensis in vigor levels.
Descritores: Sementes
Sementes/fisiologia
Germinação
Dipteryx
Responsável: BR396.4


  9 / 20 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-972992
Autor: Ortolan, Amanda Volz; Eing, Karolyne Kruger Carvalho; Santos, Mirelly Marques Romeiro; Candido, Camila Jordão; Santos, Elisvânia Freitas dos; Novello, Daiana.
Título: Adição de farinha de baru em cupcakes: caracterizaçãofísico-química e sensorial entre crianças / Baru flour in cupcakes: physico-chemical and sensorycharacterization among children
Fonte: Mundo saúde (Impr.) = Mundo saude (Impr);40(2):[213-220], fev., 25, 2016. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo objetivou verificar a aceitabilidade sensorial de cupcakes adicionados de farinha de baru (FB) entrecrianças e determinar a composição físico-química da formulação padrão e daquela contendo FB com aceitaçãosensorial semelhante a padrão. Foram desenvolvidas as seguintes formulações de cupcakes: F1 - 0% (padrão) e asdemais adicionadas de 6% (F2), 12% (F3) e 18% (F4) de FB. Participaram da avaliação sensorial 59 provadores nãotreinados, de ambos os gêneros, com idade entre 8 e 10 anos. Maiores notas foram verificadas para F1 e F2 comparadasa F4 no atributo aparência. Para as características aroma, sabor, textura, cor, aceitação global e intenção de compra,F1 apresentou maior aceitação que F4, sem diferença entre as demais. Foram verificados maiores teores de umidade,cinzas, proteínas, lipídios, calorias e fibra alimentar em F3 comparado a F1, porém menor teor de carboidratos foiconstatado em F3. Assim, a elaboração dos produtos permitiu comprovar que um nível de adição de até 12% de FB emcupcakes (redução de 50% de farinha de trigo refinada) foi bem aceito pelos provadores infantis, obtendo-se aceitaçãosensorial semelhante ao produto padrão e com boas expectativas de comercialização.

The present study aimed to determine the sensory acceptability of cupcakes added baru flour (BF) among children anddetermine the physico-chemical composition of the standard formulation and that containing BF with similar sensoryacceptance standard. The following formulations were developed cupcake: F1 - 0% (standard) and other added 6%(F2), 12% (F3) and 18% (F4) of BF. Participated in the sensory evaluation 59 untrained, of both genders, aged between8 and 10 years. Higher scores were observed for F1 and F2, compared to F4 the appearance attribute. For aroma, taste,texture, color, overall acceptance and purchase intent, F1 to F4 showed greater acceptance, with no difference betweenthe others. Higher contents of moisture, ash, protein, lipid, dietary fiber and calories in F3 compared to F1 were checked,but lower carbohydrate content was observed in F3. Thus, the development of products able to prove that an additionlevel of 12% BF cupcakes (50% reduction of refined wheat flour) was well accepted by the children tasters, yieldingsimilar sensory acceptance to the product standard expectations and good marketing.
Descritores: Dipteryx
Criança
Farinha
Triticum
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Criança
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)


  10 / 20 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-911831
Autor: Venturoli, Fabio; Fagg, Christopher William; Felfili, Jeanine Maria.
Título: Desenvolvimento inicial de Dipteryx alata Vogel e Myracrodruon urundeuva Allemão em plantio de enriquecimento de uma floresta estacional semidecídua secundária / Initial development of Dipteryx alata Vogel and Myracrodruon urundeuva Allemão in enrichment planting in a semi-deciduous secondary forest
Fonte: Biosci. j. (Online);27(3):482-493, may./jun. 2011.
Idioma: pt.
Resumo: Nesse estudo avaliou-se o desenvolvimento inicial de Dipteryx alata e Myracrodruon urundeuva plantadas em sistema de enriquecimento de floresta estacional semidecídua secundária, seguindo um gradiente ambiental de umidade, em direção a áreas de cerrado. As avaliações da sobrevivência e do crescimento em altura total e diâmetro do coleto foram feitas 12 meses após o plantio e foram constatados 10% de mortalidade para M. urundeuva e 45% para D. alata. Vinte e cinco meses após o replantio, a mortalidade foi de 15% para ambas as espécies. Não houve associação entre mortalidade das espécies e gradiente ambiental (χ²) e também não foram encontradas diferenças estatísticas nos incrementos diamétricos entre as espécies (ANOVA). O crescimento médio em diâmetro de Myracrodruon urundeuva e D. alata foi de 0,96 e 0,52 mm.ano-1, respectivamente. O crescimento médio em altura foi de 9,6 e 4,0 cm.ano-¹ em M. urundeuva e D. alata, respectivamente, diferentes estatisticamente. O menor crescimento em altura de D. alata em relação a M. urundeuva não deve ser utilizado para julgar a adaptação dessa espécie ao ambiente, podendo estar relacionado a diferentes padrões de crescimento, estratégias de adaptação ou diferentes necessidades ecológicas, demonstrando diferenças quanto à eficiência no uso dos recursos disponíveis. Este estudo destacou o potencial dessas espécies para compor sistemas de enriquecimento de capoeiras.

Initial development of Dipteryx alata Vogel and Myracrodruon urundeuva Allemão planting in enrichment in a semideciduous secondary forest. This study evaluated the initial development of Dipteryx alata and Myracrodruon urundeuva planted in enrichment system in a secondary semi-deciduous seasonal forest along an environmental gradient. The survival and growth in height and diameter were made 12 months after planting. There was 10% mortality for M. urundeuva and 45% for D. alata. Twenty-five months after replanting, the mortality was 15% for both species. There was no association between mortality of the species and environmental gradient (²) and also there were no statistical differences in diameter increment between species (ANOVA). Myracrodruon urundeuva and D. alata grew on average 0.96 and 0.52 mm.yr-1, respectively. The average growth in height was 9.6 and 4.0 cm.yr-¹ for M. urundeuva and D. alata, respectively, statistically different. The smaller growth in height of D. alata versus M. urundeuva should not be used determine the adaptation to the environment and may be linked to different patterns of growth, adaptation strategies, or different ecological needs, showing differences in efficiency in the use of available resources. This study highlighted the potential use of these species in enrichment systems.
Descritores: Anacardiaceae
Conservação dos Recursos Naturais
Dipteryx
Regeneração
Manejo de Espécimes
Responsável: BR396.4



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde