Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.650.940.800.575.912.250.618.875.175.170 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2 [refinar]
Mostrando: 1 .. 2   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 2 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-419908
Autor: Krummenauer, Dariano; Wasielesky Júnior, Wilson; Cavalli, Ronaldo Oliveira; Peixoto, Silvio; Zogbi, Paulo Roberto.
Título: Viabilidade do cultivo do camarão-rosa Farfantepenaeus paulensis (Crustácea, Decapoda) em gaiolas sob diferentes densidades durante o outono no sul do Brasil / Viability of culturing the shrimp Farfantepenaeus paulensis (Crustacea, Decapoda) in cages under different stocking densities during autumn in southern Brazil
Fonte: Ciênc. rural;36(1):252-257, jan.-fev. 2006. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Neste trabalho, foi estudada a possibilidade de cultivar o camarão-rosa Farfantepenaeus paulensis em gaiolas com diferentes densidades de estocagem durante o outono (abril a junho) no estuário da Lagoa dos Patos, RS. Juvenis com peso médio de 4,95g (n 1,69 dp foram estocados em gaiolas nas densidades de 20, 40, 80, 100 e 120 ind/my. Os camarões foram alimentados diariamente ad libitum com pedacos de Corvina (Micropogonias furnieri). As sobrevivências e os pesos foram observados nos tempos 20, 40 e 60 dias de experimento. Durante o período de cultivo a temperatura da água decresceu de 24 para 11ºC (média = 17,1ºC) e a salinidade oscilou entre 3 e 26 (média = 17,5). As taxas de sobrevivência nas densidades de 20, 40, 80, 100 e 120 ind/my foram 65 por cento, 68 por cento, 46 por cento, 52 por cento e 43,3 por cento respectivamente, sendo significativamente maiores nas densidades de 20 e 40 ind/my. Após 60 dias, os camarões estocados em 20 e 40 ind/my atingiram peso superior a 8,0g, sendo significativamente maiores (P<0,05) que nos demais tratamentos. A maior biomassa (356g) foi obtida na densidade de 120 ind/my. Foram produzidos de 250 a 350g de camarões com peso médio de 6,5 a 8,0g por my, mesmo em altas densidades de estocagem (40 a 120 ind/my). As taxas de sobrevivência dos camarões mantidos em 20 e 40 ind/my podem ser consideradas satisfatórias, contudo, após a temperatura ficar abaixo de 18ºC, as taxas de crescimento foram reduzidas. Os resultados confirmam o efeito negativo da densidade de estocagem sobre o crescimento dos camarões, sendo recomendada a estocagem de 40 a 120 juvenis/my. Foi, contudo, comprovada a possibilidade de cultivar F. paulensis durante o outono no sul do Brasil.
Descritores: Cultivos Agrícolas
Brasil
Colchicum
Crustáceos
Decápodes
Responsável: BR409.1 - Biblioteca


  2 / 2 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-177369
Autor: Molina, Jorge.
Título: Tratamiento de la diarrea aguda en niños con medicina homeopática: estudio clínico en Nicaragua / Treatment of the acute diarrhea in children with homeopathic medicine: clinical study in Nicaragua
Fonte: Homeopatía (Argent.);59(4):327-8, 1994.
Idioma: es.
Descritores: Diarreia Infantil/terapia
Nicarágua
-Colchicum/uso terapêutico
Podophyllum peltatum/uso terapêutico
Limites: Humanos
Lactente
Pré-Escolar
Responsável: AR144.1 - CIBCHACO - Centro de Información Biomedica del Chaco



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde