Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.650.940.800.575.912.250.618.937.555.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 107 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 11 ir para página                         

  1 / 107 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886833
Autor: MATOS, AMANDA D M; GOMES, IZABELA C P; NIETSCHE, SILVIA; XAVIER, ADELICA A; GOMES, WELLINGTON S; DOS SANTOS NETO, JOSÉ A; PEREIRA, MARLON C T.
Título: Phosphate solubilization by endophytic bacteria isolated from banana trees
Fonte: An. acad. bras. ciênc;89(4):2945-2954, Oct.-Dec. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Forty isolates of endophytic bacteria isolated from banana tree roots were assessed as to their capacity to solubilize phosphate in a solid culture medium supplemented with different inorganic and one organic source of phosphorus. The amount of phosphorus (P) in each liquid medium was quantified, and an indirect assessment of acid phosphatase activity was performed. All assays had a fully randomized design, with three repetitions. Approximately 67.5% of the 40 isolates assessed in solid medium solubilized phosphorus from tricalcium phosphate and 7.5% of the isolates solubilized phosphorus from soy lecithin; no isolates exhibited P solubilization capacity in medium supplemented with iron phosphate. Acid phosphatase activity was detected in 65% of the isolates; Aneurinibacillus sp. and Lysinibacillus sp. isolates presented with the best solubilization indexes. All of the assessed isolates exhibited a capacity to reduce the potential of hydrogen in liquid medium supplemented with tricalcium phosphate. Isolate EB. 78 (Bacillus sp.) exhibited P solubilization capacity in solid media when Ca3(PO4)2 and soy lecithin were used as P sources; this isolate significantly reduced the pH of the liquid medium and exhibited acid phosphatase activity. The results of the present study highlight isolates that exhibit variations in their capacity to solubilize P. These isolates should be used in future tests to assess their field performance.
Descritores: Fosfatos/metabolismo
Bactérias/metabolismo
Biodegradação Ambiental
Musa/microbiologia
Endófitos/fisiologia
-Bactérias/classificação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 107 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886920
Autor: LONDE, LUCIANA C N; VENDRAME, WAGNER A; SANAEI, MASSY; OLIVEIRA, ALEXANDRE B DE.
Título: Cryopreservation of banana's cv Grand Naine in vitro rhizomes
Fonte: An. acad. bras. ciênc;90(1):495-507, Mar. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT The preservation of banana genetic material is usually performed through seedlings. However, most banana cultivars do not produce seed and are propagated vegetatively. Therefore, cryopreservation is a feasible technique that allows the preservation of banana genotypes indefinitely. For the success of cryopreservation protocols, the selection of cryoprotectants and pre-freezing techniques are important factor. Therefore, the objective of this study was to verify the effects of different cryoprotectants with and without 1% phloroglucinol and pre-cooling periods on the development of a protocol for cryopreservation of in vitro rhizomes ofMusa accuminata(AAA) cv Grand Naine banana. The addition of 1% phloroglucinol to the cryoprotective solutions, such as PVS2 enhanced recovery of cryopreserved banana rhizomes. In addition, pre-cooling of explants in ice for 3 hours in PVS2 + 1% of phloroglucinol allowed efficient cryopreservation of banana rhizomes, followed by successful recovery and regeneration of in vitro shoots of banana cv Grand Naine.
Descritores: Floroglucinol/farmacologia
Criopreservação/métodos
Crioprotetores/farmacologia
Musa/citologia
Rizoma/citologia
-Valores de Referência
Sacarose/farmacologia
Fatores de Tempo
Reprodutibilidade dos Testes
Brotos de Planta/efeitos dos fármacos
Brotos de Planta/fisiologia
Musa/efeitos dos fármacos
Rizoma/efeitos dos fármacos
Glicerol/farmacologia
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 107 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1004477
Autor: Arboleda-Montoya, Luz M; Alfonso-Suárez, Roberto.
Título: El plátano: indicador de hambre y escasez de alimentos en familias beneficiarias de programas alimentarios en Vigía del Fuerte, Colombia / Plantain: indicator of hunger and food shortage in families benefiting from food programs in Vigia del Fuerte, Colombia
Fonte: Rev. salud pública;20(5):612-617, oct.-nov. 2018.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN Objetivo Interpretar la percepción de hambre y escasez de alimentos en familias beneficiarias de Programas alimentarios MANA (Mejoramiento Alimentario y Nutricional de Antioquia) en Vigía del Fuerte. Método La investigación se orientó desde el enfoque cualitativo, usando la Etnografía Focalizada como método, para la recolección de la información se utilizaron entrevistas individuales y grupos de discusión. Resultados Las comunidades de la cuenca del río Murrí están protegidas del hambre física por la disponibilidad permanente del plátano; el hambre está asociada a la ausencia de carne o "liga" y al hecho de comer "plátano vacío"; así mismo se refieren al hambre como la sensación de desasosiego, debido al dolor de cabeza y de estómago que experimentan de manera permanente e intensa. Conclusiones A pesar de que las comunidades vigieñas disponen durante todo el tiempo de plátano, protegiéndolas del hambre física; estas no lo aprecian así, como alimento que calma su hambre y los libera, de cierta manera, de la escasez, porque su presencia como único alimento disponible, les recuerda, precisamente, que tienen carencia y hambre.(AU)

ABSTRACT Objective To analyze the perception of hunger and food shortage in families benefiting from MANA (Food and Nutritional Improvement) food programs in Vigía del Fuerte, Colombia. Methods Qualitative research, using focused ethnography as a method for collecting information. Individual interviews and discussion groups were used. Results Even though the communities that live by the Murrí River basin are protected from physical hunger due to the constant availability of plantain or musa, hunger is associated with the absence of meat or liga and the fact that they feel forced to eat empty musa. They also refer to hunger as the feeling of uneasiness caused by headache and stomachache. Conclusions Despite the fact that the communities of Vigía del Fuerte have access to plantain throughout the year, thus protecting them from physical hunger, they do not consider it as food that could calm their hunger and free them from scarcity. This happens because its presence as the only food available reminds them, precisely, that they lack certain conditions and feel hunger.(AU)
Descritores: Programas de Nutrição/organização & administração
Fome/fisiologia
Diversidade Cultural
Musa/fisiologia
Alimentos
-Colômbia
Pesquisa Qualitativa
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 107 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-595554
Autor: Oliveira, Hérica Santos de; Lemos, Oriel Filgueira de; Miranda, Vicente Savonitti; Moura, Hellen Cristina da Paixão; Campelo, Meiciane Ferreira; Santos, Lana Roberta Reis dos.
Título: Estabelecimento e multiplicação in vitro de brotos no processo de micropropagação de cultivares de bananeira (Musa spp) / Establishment and in vitro multiplication of banana (Musa spp) cultivars with the use of PVP (Polyvinylpyrrolidone)
Fonte: Acta amaz;41(3):369-376, 2011. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: A banana (Musa spp.) é uma das frutas mais consumidas no mundo, e amplamente cultivada no Brasil, porém doenças como as sigatokas, negra e amarela, vêm reduzindo a sua produção. A disponibilização imediata de novas cultivares resistentes às principais doenças é limitada pela propagação convencional. A micropropagação é uma alternativa para a produção de mudas com qualidade fitossanitária e vegetativa, mas apresenta fatores que dificultam sua aplicação como a contaminação por fungos e bactérias, associada à oxidação dos explantes. O objetivo desse trabalho foi adaptar e/ou otimizar as etapas do processo de micropropagação para diferentes cultivares de bananeira, por meio do controle de oxidação, contaminação, e multiplicação de brotos, sendo utilizadas as cultivares Caipira (AAA), BRS Caprichosa (AAAB), Pacovan Ken (AAAB), Preciosa (AAAB), PV 03-76 (AAAB), Thap Maeo (AAB). No estudo foram utilizados o antibiótico sulfato de estreptomicina e o fungicida Opera® (BASF) visando reduzir a contaminação in vitro provocada por bactérias e fungos, além do anti-oxidante PVP (polivinilpirrolidona) para controlar a oxidação. Houve redução da contaminação com uso do sulfato de estreptomicina à concentração de 100 mg L-1 e da oxidação com PVP a 4 g L-1. Na fase de multiplicação de brotos, as cultivares apresentaram médias que variaram de 1,90 a 4,75 brotos/explante. A cultivar caipira (AAA) destacou-se das demais com a maior taxa de multiplicação de brotos após três subcultivos, média de 41,50 brotos por rizoma.

The banana (Musa spp) is one of the most consumed fruits in the world and is widely consumed in Brazil, but diseases such as yellow and black sigatoka have been reducing its production. The immediate availability of new cultivars resistant to major diseases is limited by conventional propagation. The micropropagation, is an alternative for the production of seedlings with phytosanitarium and vegetative quality, but presents factors that difficult its application such as contamination by fungi and bacteria, associated with oxidation of the explants. The objective of this work was to adapt and/or optimize the stages of the micropropagation of banana cultivars, through the control of oxidation, contamination, and multiplication of shoots. The cultivars used Caipira (AAA), BRS Caprichosa (AAAB), Pacovan Ken (AAAB), Preciosa (AAAB), PV 03-76 (AAAB), Thap Maeo (AAB) were subjected to different micropropagation stages. In the study we used the streptomycin sulfate antibiotic and fungicide Opera® (BASF) to reduce contamination in vitro caused by bacteria and fungi, besides the anti-oxidant PVP (polivinilpirrolidona) to control the oxidation. We found contamination reduction with the use of streptomycin sulfate in the concentration of 100 mg L-1 and of oxidation with PVP at 4 g L-1. At the stage of multiplication of shoots, the cultivates showed means ranging from 1,90 to 4,75 shoots / explant. The cultivate Caipira (AAA) stood out from the others with the highest rate of shoot multiplication after three subcultivations, 41,50 shoots per rhizome average.
Descritores: Fertilização In Vitro
Musa
Poluição Ambiental
Oxidação
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  5 / 107 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-948491
Autor: Zucolotom, Moises; Lima, Julião Soares de Souza; Coelho, Ruimário Inácio; Xavier, Alexandre Cândido.
Título: Modelos de regressão para estimação da massa do cacho de bananeira CV. prata anã / Regression models to estimate the mass of the bunch of banana tree CV. prata anã
Fonte: Biosci. j. (Online);29(6):1997-2000, nov./dec. 2013. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se com este trabalho desenvolver um modelo matemático para estimar a massa do cacho (MC) de bananeira 'Prata Anã', utilizando características morfológicas das plantas. As equações de regressão linear múltiplas foram determinadas considerando-se a massa real do cacho (MC) como variável dependente e como variáveis independentes, a largura da terceira folha (LF), número de folhas (NF), diâmetro do cacho (DC) e número de bananas por cacho (NB). O modelo linear múltiplo de regressão que melhor estimou a massa do cacho da bananeira 'Prata Anã' ao nível de 5% de significância com R2 de 0,58 foi a equação, MC = -10,96 + 0,176*(DC) + 0,0983*(NB) + 0,0928*(LF) + 0,2216*(NF).

The objective of this work was to develop a mathematician model to estimate the mass of the bunch (MC) of banana cultivar Prata Anã, using dimensions of morphological characteristics of plants. The multiple linear regressions were determined considering the actual mass of the bunch (MC) as the dependent variable and independent variables as the width of the third leaf (LF), number of leaves at tree (NF), diameter of the bunch (DC) and number of bananas per bunch (NB). The multiple linear model that best estimated mass of the bunch to the banana 'Prata Anã' at 5% level of significance was 58% with R2 of the equation, MC = -10,96 + 0,176 * (DC) + 0,0983 * ( NB) + 0,0928 * (LF) + 0,2216 * (NC).
Descritores: Modelos Lineares
Musa
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 107 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-644381
Autor: Martins, Glêndara Aparecida de Souza; Ferrua, Fabiana Queiroz; Mesquita, Karina Scatolino; Borges, Soraia Vilela; Carneiro, João de Deus Souza.
Título: Estabilidade de doces em massa de banana prata / Study on the stability of banana preserves
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;70(3):332-340, set. 2011. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Doces em massa possuem prolongada vida de prateleira, aproximadamente 12 meses, quando armazenado sem condições adequadas. No Brasil as condições de armazenamento são variáveis e a adição de conservantes é uma das técnicas mais utilizadas para ampliar a estabilidade. Devido à possibilidade da adição de conservantes induzir alterações nesses produtos, no presente trabalho foi analisada a estabilidade de doces em massa de banana prata, com e sem a adição de sorbato de potássio, durante o armazenamento, bem como os efeitos de variações de temperatura. A estabilidade das amostras de doces armazenadas foi avaliada pelo planejamento fatorial triplo com duas repetições, sendo os fatores analisados o sorbato de potássio (presença e ausência), a temperatura (20 °C, 30 °C e 40 °C) e o tempo de armazenamento (0, 30, 75, 120, 165 dias), por meio da determinação de sólidos solúveis, açúcares totais, redutores e não redutores, acidez, atividade de água, umidade, cor e textura. O tempo foi fator determinante nas alterações ocorridas. A temperatura de armazenamento influenciou todos os parâmetros, exceto a elasticidade e a adesividade. A presença do sorbato de potássio interferiu no teor de sólidos solúveis, na firmeza e na fraturabilidade e nos demais parâmetros com exceção da elasticidade, coesividade e teores de açúcares.
Descritores: Armazenamento de Alimentos
Musa
Potássio
Temperatura
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  7 / 107 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-620807
Autor: Pereira, Patricia Aparecida Pimenta; Pereira, Anirene Galvão Tavares; Borges, Soraia Vilela; Figueiredo, Luisa Pereira; Valente, Wanderson Alexandre; Dias, Marali Vilela; Queiroz, Fabiana.
Título: Effect of different ingredients contents on physical, physicochemical and sensory properties of the creamy banana marmalade cv. 'nanica'(Musa cavendishii)
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;70(2):180-184, abr.-jun. 2011. tab.
Idioma: en.
Resumo: Banana is a highly perishable fruit, with a shelf life of 7 to 10 days, and the fruits being in excess or those in non conformity to be consumed are used to produce marmalade; and it is an interesting economic alternative. This study evaluated the effect of different ingredients on the physical, physicochemical and sensory properties of creamy banana marmalade. An incomplete factorial design (24-1) with two levels of four factors (pulp/sugarratio, pectin concentration, added amount of acid and sorbate concentration). The sensorial acceptance of marmalades was evaluated using a 9-point hedonic scale, and the purchase intention by employing a 5-pointscale. The analyzed variables mostly affecting the parameters were the pulp/sugar ratio, the added amount of acid and the sorbate concentration, due to their reaction with the marmalade components. The formulation 2 was preferred by consumers because of the firmest texture and the intensified yellow color.
Descritores: Fenômenos Químicos
Frutas
Frutas em Calda
Manipulação de Alimentos
Musa
Tipo de Publ: GOVERNMENT PUBLICATIONS
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  8 / 107 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-616839
Autor: Dias, Cynthia Savassi; Borges, Soraia Vilela; Queiroz, Fabiana; Pereira, Patrícia Aparecida Pimenta.
Título: Influência da temperatura sobre as alterações físicas, físico-químicas e químicas de geleia da casca de banana (Musa spp.) Cv. Prata durante o armazenamento / Effects of temperature on the physical, physicochemical, chemical and microbiological alterations during of the storage of jelly made from Cv Prata banana (Musa spp. )peel
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;70(1):28-34, jan.-mar. 2011. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A elaboração de geleias por meio do processamento de cascas de frutas é uma alternativa para obter redução e agregação de valor aos resíduos das indústrias de alimentos; além disso, obtém-se um produto agradável sensorialmente e com vida prolongada. Sendo o Brasil um país que apresenta temperaturas bem variadas, o objetivo deste trabalho foi de avaliar o efeito da temperatura sobre as alterações físico-químicas, físicas e químicas durante o armazenamento de geleias de extrato da casca de banana. As diferentes temperaturas interferiram significativamente na estabilidade em relação aos açúcares redutores, à atividade de água e à luminosidade. A interação tempo x temperatura interferiu nos parâmetros de pH, sólidos solúveis, adesividade, firmeza, coesividade e cor *b (amarela) da geleia da casca de banana-prata até o final dos 165 dias de armazenamento. O tempo foi o fator que mais influenciou na qualidade da geleia, ocorrendo-se diminuição da atividade de água, umidade, açúcares não redutores, luminosidade, valor absoluto da adesividade e firmeza e aumento de acidez.
Descritores: Concentração de Íons de Hidrogênio
Geleia de Frutas
Musa
Métodos de Análise
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  9 / 107 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-583067
Autor: Medeiros, Marlene Jardim; Oliveira, Palmira Antonia Alves Cruz de; Souza, Joana Maria Leite de; Silva, Reginaldo Ferreira da; Souza, Maria Luzenira de.
Título: Composição química de misturas de farinhas de banana verde com castanha do brasil / Chemical composition of mixtures with green banana and nut Brazil flours
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;69(3):396-402, jul.-set. 2010. tab.
Idioma: pt.
Resumo: No presente estudo foram preparadas misturas de farinhas de banana verde e de castanha-do-brasil e analisadas suas características e os valores aditivos nutricionais. Diferentes percentuais de farinha de castanha-do-brasil (5%, 10% e 15%) foram misturadas à farinha de banana verde. Determinou-se a composição centesimal da mistura por meio de análises químicas das matérias-primas individuais e das farinhas mistas. Por se tratar de matérias-primas distintas, a composição centesimal da farinha de banana verde e de castanha-do-brasil apresentou diferença significativa para todos os constituintes químicos analisados. As farinhas mistas apresentaram aumento nos teores médios de proteínas, lipídeos, cinzas e decréscimo de carboidratos totais. A mistura de farinha de castanha-do-brasil, em até 15%, na farinha de banana verde, apresentou melhor valor nutricional quando comparada com suas matérias-primas individuais. Sugere-se a realização de mais estudos com as mesmas matérias-primas, com adição de farinhas de castanha-do-brasil, que apresentem baixos teores de lipídeos, com objetivo de aumentar ainda mais a concentração dos teores de fibras totais, proteínas e minerais nas farinhas mistas elaboradas.

The mixtures of green banana and Brazilian nut flours were prepared and characterized on food nutritionaladditive value. Varied percentage of Brazilian nut flour (5%, 10% and 15%) were combined with green banana flour. The centesimal composition of the mixture was determined by means of chemical analyses in the individual raw materials and in the mixed flours. For being distinct raw materials, the centesimal composition of both green banana and Brazilian nut flours showed significant differences in all of theanalyzed chemical constituents. An increase in the average contents of proteins, lipids, and ashes, and adecrease in total carbohydrates were found in the mixed flours. The mixture of Brazilian nut flour in up to 15% in green banana flour demonstrated the best nutritional value when compared with the respective raw materials. It is suggested to perform further studies on the same raw materials and adding Brazilian nut flours containing low lipid contents, for increasing the concentration of the total fibers, proteins and minerals contents in the prepared flours mixtures.
Descritores: Composição de Alimentos
Frutas
Misturas Alimentícias
Musa
Valor Nutritivo
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  10 / 107 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-546034
Autor: Godoy, Rossana Catie Bueno de; Matos, Edneide Luciana Santiago; Santos, Daniele de Vasconcellos; Amorim, Tatiane da Silva; Waszczynsky, Nina; Sousa Neto, Manoel Alves de.
Título: Estudo da composição físico-química e aceitação de bananadas comerciais por meio de análise multivariada / Study on physical-chemical composition and acceptance of marketed banana jams by means of multivariate analysis
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;68(3):373-380, set.-dez. 2009. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Dentre os vários produtos originários da banana, a produção de doces é um dos segmentos mais importantes com abrangência de pequenas e grandes agroindústrias, o que resulta em produtos com grande variabilidade. Com o objetivo de conhecer as principais características de doze marcas de bananadas foi feito levantamento dos principais componentes informados nos rótulos, sua composição físico-química e aceitação. Os dados foram avaliados por análises uni e multivariadas. Algumas marcas de bananadas vendidas no mercado brasileiro não estão em conformidade com a legislação que regulamenta a rotulagem de alimentos. Os produtos apresentaram diferenças significativas em todos os componentes avaliados, pH, sólidos solúveis totais, acidez total titulável, vitamina C, açúcares redutores, açúcares totais, textura e cor. A acidez total titulável e os sólidos solúveis totais foram os principais responsáveis pela divergência dos doces analisados. Com relação à aceitação foi constatada diferença significativa quanto às características de textura e desabor entre as amostras comerciais analisadas. Na análise de cluster houve a formação de dois grupos, com tendência de agrupamentos entre os doces produzidos nas mesmas regiões. O estudo mostrou a necessidadede estabelecer a regularização e padronização desses produtos.
Descritores: Agroindústria
Análise Multivariada
Análise de Alimentos
Frutas em Calda
Musa
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação



página 1 de 11 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde