Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.650.940.800.575.912.250.822.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 39 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 39 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886759
Autor: DIAS, ANA MARIA O; MENEZES, LUIS F G DE; PARIS, WAGNER; SANTOS, PRISCILA V DOS; BIESEK, RONALDO R; MAFIOLETTI, RENAN D; MARCHESAN, RENATO.
Título: Productive performance of Holstein calves finished in feedlot or pasture
Fonte: An. acad. bras. ciênc;89(3):1935-1942, July-Sept. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT The use of animals from dairy farms is an alternative to meat production since it provides an increment of total income for farmers. This study aims to evaluate the performance of Holstein calves finished in two feeding systems (feedlot or pasture). Forty-three animals with 58 days old and 57 kg were divided in two treatments: 23 animals finished in feedlot with corn silage plus concentrate based on corn and soybean meal (40:60); 20 animals kept in cultivated pastures according to the period of the year: Italian ryegrass (Lolium multiflorum) and pearl millet (Pennisetum americanum) with supplementation with the same feedlot-concentrate at 1% body weight. Animals were slaughtered with 200 kg. Dry matter and nutrient intake were determined, with the use of chromium oxide for estimating pasture intake. Feedlot animals had greater total intake and total digestible nutrients, resulting in higher average daily gain (0.949 vs 0.694 kg day-1). Crude protein intake, neutral detergent fiber and feed conversion did not show significant differences. Holstein calves have improved performance when finished in feedlot.
Descritores: Silagem/análise
Ingestão de Energia/fisiologia
Ração Animal
Criação de Animais Domésticos
-Estações do Ano
Lolium
Bovinos
Pennisetum
Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal
Valor Nutritivo
Limites: Animais
Masculino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1038626
Autor: Amaral Neto, L. G; Pötter, L; Rocha, M. G; Silva, M. F; Vicente, J. M; Salvador, P. R; Sichonany, M. J. O; Rosa, V. B.
Título: Análise bioeconômica do farelo de arroz na recria de bezerras de corte em azevém / Bioeconomics analyses of rice brain use for reaning of beef heifers on Italian ryegrass pasture
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(4):1403-1410, jul.-ago. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se avaliar a economicidade, o desempenho produtivo e o desenvolvimento das estruturas corporais relacionadas ao trato reprodutivo de bezerras de corte mantidas exclusivamente em pastagem de azevém (Lolium multiflorum Lam.) ou em pastagem de azevém recebendo 0,5 e 1,0% do peso corporal (PC) de farelo de arroz integral (FAI) como suplemento. O método de pastejo foi o rotativo, e o intervalo entre pastejos foi estabelecido considerando-se a soma térmica necessária para a emissão de 1,5 folha de azevém (187,5ºC). O delineamento experimental foi o inteiramente ao acaso, com medidas repetidas no tempo. O ganho médio diário das bezerras não diferiu entre os sistemas alimentares. A taxa de lotação e o ganho de peso por área foram maiores quando as bezerras receberam 1,0% do PC de farelo de arroz integral. A maior margem bruta foi observada quando as bezerras receberam 0,5% de FAI. O custo variável obtido para os diferentes sistemas alimentares apresentou comportamento crescente em função dos níveis de FAI, superando o uso exclusivo do azevém em 49,4% e 81,8%. O peso corporal final, o escore de condição corporal e o escore do trato reprodutivo não diferiram entre os sistemas alimentares. Considerando-se um animal adulto com peso corporal médio de 450kg, as bezerras ao início do experimento apresentaram 34% do peso corporal adulto e peso corporal final médio de 56% do peso adulto. A utilização de níveis de farelo de arroz integral (FAI) na recria de bezerras de corte sob pastejo rotativo em azevém não modifica o ganho médio diário e o escore do trato reprodutivo. O fornecimento de 1% de FAI mostrou efeito substitutivo, proporcionando um incremento de 31,2% na taxa de lotação e de 38,3% no ganho por área. O sistema alimentar AZ0,5 permitiu uma maior margem bruta; já o retorno financeiro direto foi positivo em todos os sistemas alimentares, com melhor retorno calculado para o uso exclusivo do azevém.(AU)

The experiment was carried out with the objective of evaluating the gross margin, the productive and reproductive performance of beef heifers kept exclusively on ryegrass pasture (Lolium multiflorum Lam.) or ryegrass receiving 0.5 and 1.0% of body weight (BW) of whole rice bran as supplement. The grazing method was the rotational and the interval between grazings was set by the thermal sum required for the appearing of 1.5 ryegrass leaf (187.5ºC). The experimental design was completely randomized with repeated measures. Heifers average daily gain did not differ between the feeding systems. The stocking rate and weight gain per area were higher when heifers received 1.0% BW of whole rice bran. The higher gross margin was observed when heifers received 0.5% BW. The variable cost obtained for the different feeding systems showed increasing behavior depending on the WRB levels, surpassing the exclusive use of ryegrass in 49.4% and 81.8%. The final body weight, body condition score and reproductive tract score did not differ between the feeding systems. Considering an adult animal with an average body weight of 450kg, the heifers at the beginning of the experiment showed 34% of mature body weight and final average body weight of 56% of adult weight. The use of rice bran levels (FAZ) in the rearing of beef heifers under rotational grazing on ryegrass does not change the average daily gain and the reproductive tract score. The supply of 1% FAI showed substitutive effect, providing an increase in capacity of 31,2% and 38.3% rate of the gain per area. The food system AZ0,5 allowed a higher gross margin, as the economic return was positive in all food systems, with better return calculated for the exclusive use of ryegrass.(AU)
Descritores: Oryza/efeitos adversos
Lolium
Ganho de Peso
Genitália Feminina/crescimento & desenvolvimento
Ração Animal/economia
-Suplementos Nutricionais/economia
Suplementos Nutricionais/efeitos adversos
Limites: Animais
Feminino
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-967032
Autor: Ghavidel, Akbar; Rad, Summayah Naji; Alikhani, Hossein Ali; Yakhchali, Bagher; Pourbabai, Ahmad Ali.
Título: Presence of Eisenia fetida enhanced phytoremediation of anthracene by Lolium perenne / Presença de Eisenia fetida aumentou a fitorremediação do antraceno por Lolium perene
Fonte: Biosci. j. (Online);34(4):888-898, july/aug. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The efficiency of co-application of Eisenia fetida and ryegrass was evaluated in a process called earthworm-assisted phytoremediation. Anthracene was used as a model compound for polycyclic aromatic hydrocarbons (PAHs). The experiments were conducted on a loamy soil in greenhouse conditions. At the end of the experiment, the soil samples were analyzed for residual anthracene by HPLC. Results showed that, phytoremediation using ryegrass could remove 81% of anthracene; however, the rate of removal was 92% when E. fetida was applied simultaneously. E. fetida alone could also remove the initial concentration of anthracene by 40%. Although ryegrass itself could remove anthracene significantly, the employment of earthworm, together with plant was more efficient than each of them individually. The application of E. fetida could also enhance the growth parameters of ryegrass significantly. In comparison to the control, the presence of E. fetida increased plant dry weight (7.8%), root length (47%), shoots length (32%), and root volume (12%). The number of live earthworms was also increased in the planted pots, indicating the helpfulness of the plant for survival of the earthworm in the PAH-contaminated soil. Although plant and earthworm use completely different mechanisms for anthracene degradation, they improve efficiency and survival of the three-component-system.

A eficiência da co-aplicação de Eisenia fetida e azevém foi avaliada em um processo denominado fitorremediação assistida por minhocas. O antraceno foi usado como um composto modelo para hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (PAHs). Os experimentos foram conduzidos em um solo argiloso em condições de estufa. No final da experiência, as amostras de solo foram analisadas quanto ao antraceno residual por HPLC. Os resultados mostraram que, a fitorremediação com azevém pode remover 81% do antraceno; no entanto, a taxa de remoção foi de 92% quando E. fetida foi aplicada simultaneamente. E. fetida sozinha também foi capaz de remover a concentração inicial de antraceno em 40%. Embora o próprio azevém pudesse remover significativamente o antraceno, o emprego da minhoca, juntamente com a planta, foi mais eficiente do que cada um deles individualmente. A aplicação de E. fetida também pode melhorar significativamente os parâmetros de crescimento do azevém. Em comparação com o controle, a presença de E. fetida aumentou o peso seco da planta (7,8%), o comprimento da raiz (47%), o comprimento da parte aérea (32%) e o volume radicular (12%). O número de minhocas vivas também aumentou nos vasos plantados, indicando a utilidade da planta para a sobrevivência da minhoca no solo contaminado com PAH. Embora plantas e minhocas usem mecanismos completamente diferentes para a degradação do antraceno, eles melhoram a eficiência e a sobrevivência do sistema de três componentes.
Descritores: Oligoquetos
Biodegradação Ambiental
Antracenos
-Lolium
Hidrocarbonetos
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  4 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-967311
Autor: Costa, Olmar Antônio Denardin; Ferreira, Otoniel Geter Lauz; Silva, Jamir Luís Silva da; Fluck, Ana Carolina; Kröning, Alexsandro bahr; Oliveira, Lucas Vargas; Coelho, Régis Antonio Teixeira; Brondani, William Cardinal.
Título: Yield, structural composition and nutritive characteristics of ryegrass cultivars used to haymaking in lowland soils / Rendimento, composição estrutural e características nutritivas de cultivares de azevém utilizadas para fenação em solos de várzea
Fonte: Biosci. j. (Online);34(5):1232-1238, sept./oct. 2018.
Idioma: en.
Resumo: This research aimed to evaluate the dry matter yield, structural composition and nutritive characteristics of diploid and tetraploid annual ryegrass cultivars on different phenological development to haymaking on lowland soils. The experimental design was developed based on randomized blocks with split plots, four cultivars of annual ryegrass (BRS Ponteio and FEPAGRO São Gabriel, diploid; INIA Escorpio and KLM 138, tetraploid), and three phenological crop phases (vegetative, pre-blossoming and blossoming). Were evaluated, dry matter yield, leaf:stem ratio, leaf weight ratio, tiller population density, specific leaf area, crude protein, neutral detergent fiber, and acid detergent fiber. All data were submitted to analysis of variance and the means were compared by Tukey-Kramer test (p< 0,05). Highest forage mass is obtained with harvest in blossoming stage. Tetraploid cultivars present better leaf proportion and higher content of crude protein during vegetative stage. The decrease the in concentration of protein with the change of phenological stage is less evident on diploid cultivars. The vegetative stage enables harvest forage with high nutritional value, with lower production of biomass.

O objetivo do trabalho foi avaliar o rendimento de matéria seca, composição estrutural e características nutritivas de cultivares de azevém anual, diploides e tetraploides em diferentes estádios fenológicos, para fenação, em solos de várzea. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com parcelas divididas, com quatro cultivares de azevém anual (BRS Ponteio e FEPAGRO São Gabriel, diploides; INIA Escorpio e KLM 138, tetraploides) e três estádios fenológicos (vegetativo, pré-florescimento e florescimento). Foram avaliadas: rendimento de matéria seca, relação folha/colmo, razão de peso foliar, densidade populacional de perfilhos, área foliar específica, proteína bruta, fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste Tukey-Kramer (p <0,05). A maior massa de forragem é obtida com a colheita no estádio de florescimento. As cultivares tetraploides apresentam melhor proporção foliar e maior teor de proteína bruta durante o período vegetativo. A diminuição na concentração de proteína, com a mudança de estádio fenológico é menos evidente nas cultivares diploides. O estágio vegetativo possibilita a colheita de forragem com alto valor nutricional, mas com menor produção de biomassa.
Descritores: Ploidias
Solo
Lolium
Análise de Variância
Biomassa
Valor Nutritivo
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  5 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-967312
Autor: Fluck, Ana Carolina; Costa, Olmar Antônio Denardin; Schafhauser Junior, Jorge; Rosa, Patrícia Pinto da; Cardozo, Leila; Rizzo, Fábio Antunes; Scheibler, Rudolf Brand; Alfaya Junior, Hero.
Título: In vitro and in situ digestibility of annual ryegrass silage from distinct phenological growth stages and pre-dehydration times / Digestibilidade in vitro e in situ de silagem de azevém anual oriunda de diferentes estádios fenológicos e tempos de pré-secagem
Fonte: Biosci. j. (Online);34(5):1239-1247, sept./oct. 2018.
Idioma: en.
Resumo: The aim was to evaluate how the fodder pre- dehydration time and its phenological stages influence on ruminal degradability and digestibility of ryegrass silage. The evaluated samples consisted of treatments: Vegetative: Cut and ensiled; cut + 4 hours pre-drying and ensiled and; cut + 7 hours pre-drying and ensiled; Pre-flowering: Silage cutting and ensiled and 4 hours pre-drying and ensiled; Flowering: cut and ensiled, no pre-drying, with four replications each treatment. Silage was storage for four months. It was carried out three in situ digestibility assays to determine the curve of ruminal degradability at different times (3, 6, 9, 12, 24, 48 and 72 hours), like in situ digestibility and other three assays of 24 hours and 48 hours to determinate in vitro digestibility of silage. The digestibility of ryegrass silage was influenced by both the pre-dehydration times and phenological stage, and the dehydration time of cut and silage had a high proportion of degradable components, with higher degradation rate by 24 hours of incubation. The in vitro digestibility of the ryegrass silage was greater than that in situ for up to 48 hours. The digestibility of the ensiled ryegrass biomass was influenced by the dehydration times, as well as the plant growth stage, regardless of the methodology used, being higher values for the treatment without previous drying of the vegetative stage.

O objetivo foi determinar como o tempo de emurchecimento e o ciclo da planta influenciam na digestibilidade in vitro e degradabilidade in situ da silagem de azevém. As amostras foram provenientes de experimento a campo, com delineamento experimental de blocos ao acaso, com seis tratamentos (Vegetativo: cortar e ensilar; cortar + pré-secagem de 4 horas e ensilar e; cortar + pré-secagem de 7 horas e ensilar. Pré-florescimento: cortar e ensilar e présecagem de 4 horas. Florescimento: cortar e ensilar) e quatro repetições. A armazenagem foi de quatro meses. Foram realizados três ensaios de digestibilidade in situ para determinar a degradabilidade ruminal em diferentes tempos (3, 6, 9, 12, 24, 48 e 72 horas) e três ensaios de in vitro. A digestibilidade da silagem de azevém foi influenciada, tanto pelos tempos de desidratação, quanto pela idade da planta, sendo que, o tempo 0 do vegetativo apresentou alta proporção de componentes degradáveis, apresentando maior taxa de degradação até as 24 horas de incubação. A digestibilidade in vitro da silagem foi maior que degradabilidade in situ até às 48 horas. Maior digestibilidade da biomassa foi apresentada pelo tempo 0 do estádio vegetativo, para ambas as técnicas empregadas.
Descritores: Silagem
Ruminantes
Lolium
Ração Animal
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-968925
Autor: Mattei, Eloisa; Oliveira, Paulo Sérgio Rabello de; Rampim, Leandro; Egewarth, Jonas Francisco; Rego, Carlos Augusto Rocha de Moraes; Piano, Jeferson Tiago; Herrera, Juan López de.
Título: Remaining straw and release of nutrients from oat managed in integrated crop-livestock / Palhada remanescente e liberação de nutrientes da aveia preta manejada em sistema de integração lavoura-pecuária
Fonte: Biosci. j. (Online);34(6 Supplement 1):206-215, nov./dec. 2018.
Idioma: en.
Resumo: This study aimed to evaluate the decomposition and nutrient release from residues of the culture of oats and fallow in crop-livestock integration system. The experimental design was a randomized complete block design with two replications, as parcels being formed by four managements (fallow, oats without grazing, oats grazed once and twice), and the subplots for evaluation periods along the soybean crop in succession (0, 10, 20, 30, 50, 100 and 120 days after sowing). The residual amounts of dry matter and the contents of Carbon (C), Nitrogen (N), Phosphorus (P) and Potassium (K) were determined. Oats without grazing and fallow with natural reappearance of turnip + ryegrass were the treatments that presented the highest amount of dry matter remaining, reaching 5,219 and 6,781 kg ha-1, respectively. The amount of nutrients, N, P and K released from the residues, were similar independent from the management adopted, with exponential reduction proportional to the reduction of the remaining dry matter. K was the nutrient released faster from the residues and should be considered at the time of fertilization calculation of the culture to be implanted. The integrated crop-livestock system in which takes place one and two grazing oats, even reducing soil cover, enables high nutrient cycling.

O objetivo do trabalho foi avaliar a decomposição e liberação de nutrientes dos resíduos da cultura da aveia preta e do pousio conduzidos em sistema de integração lavoura-pecuária. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, em esquema de parcelas subdivididas, com duas repetições, sendo as parcelas constituídas por quatro manejos (pousio, aveia sem pastejo, aveia pastejada uma e duas vezes) e as subparcelas, pelas épocas de avaliação ao longo do cultivo da soja em sucessão (0, 10, 20, 30, 50, 100 e 120 dias após a semeadura). Foram determinadas as quantidades residuais de matéria seca e os teores de Carbono (C), Nitrogênio (N), Fósforo (P) e Potássio (K). A aveia sem pastejo e o pousio com ressemeadura natural de aveia + azevém, foram os manejos que apresentaram as maiores quantidades de matéria seca remanescentes, chegando a 5.219 e 6.781 kg ha-1, respectivamente. A quantidade dos nutrientes, N, P e K liberados dos resíduos, foram semelhantes independente do manejo adotado, com redução exponencial e proporcional à redução da matéria seca remanescente. O K foi o nutriente liberado mais rapidamente dos resíduos e deve ser considerado no momento do cálculo de adubação da cultura a ser implantada. O sistema de integração lavoura-pecuária no qual se realiza um e dois pastejos da aveia, mesmo reduzindo a cobertura do solo, possibilita elevada ciclagem de nutrientes.
Descritores: Resíduos
Lolium
Alimentos
Avena
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  7 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965137
Autor: Silveira, Magali Floriano da; Dias, Ana Maria Osório; Menezes, Luís Fernando Glasenapp de; Martinello, Clederson; Vonz, Douglas; Caregnatto, Nakali Evelize.
Título: Produção e qualidade da forragem de cornichão sobressemeado em diferentes densidades de semeadura em pastagem de estrela africana e azevém / Production and quality of forage of birdsfoot overseeding in different densities in pasture of cynodon nlenfuensis and ryegrass
Fonte: Biosci. j. (Online);31(6):1801-1808, nov./dec. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial produtivo e as características qualitativas de uma pastagem de cornichão semeado em diferentes densidades de semeadura em mistura com estrela africana e azevém. Os tratamentos avaliados foram: 0, 50, 100, 150 e 200% a mais da quantidade de semente de cornichão recomendada. Para a semeadura do cornichão e do azevém foram utilizados 6 e 30 kg/ha de semente conforme recomendação, respectivamente. Ambas as espécies foram sobressemeadas na pastagem de estrela africana que já se encontrava estabelecida na área. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado com cinco tratamentos e quatro repetições. A produção total de matéria seca foi semelhante entre as densidades de semeadura avaliadas. A produção de cornichão se ajustou ao modelo quadrático, sendo que as densidades de 50 e 100% a mais da recomendação apresentaram as menores produções de forragem. A taxa de acúmulo e as produções individuais das espécies não foram influenciadas pelos tratamentos. A produção total de MS foi superior para o mês de dezembro, e as menores produções para os meses de agosto, setembro e outubro, sendo intermediário para o mês de janeiro. A composição botânica entre as espécies do consórcio diferiu entre os meses avaliados. Para estrela africana e azevém os teores de PB foram similares e o teor de PB para cornichão foi superior entre as espécies avaliadas. A utilização de 150 e 200% a mais da recomendação da densidade de semeadura do cornichão aumenta a sua produção de forragem, porém não afeta a produção total de forragem do consórcio.

The objective of study was evaluate the performance productive and the qualitative characteristics of pasture birdsfoot sown with different seeding densities in mixture with ryegrass and Cynodon nlenfuensis. The trataments evaluated was: 0, 50, 100, 150 and 200% the more the amount of seed birdsfoot recommended. For seeding birdsfoot and ryegrass were used 6 and 30 kg/ha seed as recommended, respectively. Both species were overseeded pasture Cynodon nlenfuensis who was already established in the area. The experimental design was completely randomized with five treatments and four replications. The total dry matter production was similar between plant densities evaluated. The production of birdsfoot adjusted to the quadratic model, with densities of 50 and 100% more of the recommendation had the lowest forage production. The accumulation rate (kg DM-1ha-1 dia) and the production of individual species (kg DM / ha) were not influenced by different plant densities. The total dry matter production was higher for the month of december, and decrease productions for months of august, september and october, is intermediate for the month january. The botanical composition of the consortium species differed between the evaluated months. For Cynodon nlenfuensis and ryegrass the CP were similar and the content CP for birdsfoot was higher among species evaluated. The use of 150 and 200% more the proportion of recommended seeding rate of birdsfoot increased forage production, but did not affect the total forage production consortium.
Descritores: Sementes
Lolium
Pastagens
Cynodon
Lotus
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  8 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-966622
Autor: Gai, Guilherme Pegoraro; Pötter, Luciana; Rocha, Marta Gomes da; Sichonany, Maria José de Oliveira; Salvador, Paulo Roberto; Amaral Neto, Luiz Gonzaga do; Moura, Érica Dambros de; Cadó, Lucas Munareto.
Título: Ingestive behavior and forage intake of heifers receiving corn grain with or without crude glycerin on italian ryegrass pasture / Comportamento ingestivo e ingestão de forragem por bezerras recebendo grão de milho com ou sem glicerina bruta em pastagem de azevém
Fonte: Biosci. j. (Online);34(1):162-171, jan./feb. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: The objective was to analyze the ingestive behavior, forage intake and pasture characteristics when beef heifers are kept exclusively on ryegrass pasture (Lolium multiflorum Lam.) or receiving ground corn grain as supplement (0.9% of body weight (BW )) with or without addition of crude glycerin (0.2% BW). Experimental animals were Angus heifers with initial age and body weight of eight months and 166.2 ± 9.5 kg, respectively. The grazing method was continuous with variable number of animals. The experimental design was completely randomized with repeated measures. Dry matter intake was estimated using chromium oxide as an indicator of fecal output. Heifers ingested a similar amount of dry matter and neutral detergent fiber. Forage intake was 19.0% lower when heifers receiving ground corn grain as supplement with or without addition of crude glycerin and these reduction in dry matter intake of forage provided increase of 38.2% in the stocking rate. Heifers that received crude glycerin as a supplement spent more time in the trough than heifers that received only ground corn grain.

Objetivou-se avalizar o comportamento ingestivo, ingestão de forragem e as características da pastagem quando bezerras de corte são mantidas exclusivamente em pastagem de azevém (Lolium multiflorum Lam.) ou recebendo grão de milho quebrado como suplemento (0,9% do peso corporal (PC)) com ou sem adição de glicerina bruta (0,2% PC). Os animais experimentais foram bezerras Angus com idade e peso inicial de oito meses e 166,2 ± 9,5 kg, respectivamente. O método de pastejo foi o contínuo com número variável de animais. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado com medidas repetidas no tempo. A ingestão de matéria seca foi estimada usando óxido de cromo como indicador de produção fecal. As bezerras ingeriram similares quantidades de matéria seca e fibra em detergente neutro. A ingestão de forragem foi 19.0% menor quando as bezerras recebem grão de milho quebrado como suplemento com ou sem adição de glicerina bruta e essa redução na ingestão de matéria seca de forragem promove aumento de 38,2% na taxa de lotação. Bezerras que recebem glicerina bruta como suplemento permanecem mais tempo no cocho do que bezerras que recebem somente grão de milho quebrado.
Descritores: Lolium
Bovinos
Alimentos
Pastagens
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  9 / 39 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-963897
Autor: Oliveira, Lucas Vargas; Ferreira, Otoniel Geter Lauz; Pedroso, Carlos Eduardo da Silva; Costa, Olmar Antônio Denardin; Alonzo, Luis Alberto Griffith.
Título: Características estruturais de cultivares diplóides e tetraplóides de azevém / Structural characteristic of diploid and tetraploid ryegrass cultivars
Fonte: Biosci. j. (Online);31(3):883-889, may./jun. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do estudo foi determinar, em casa de vegetação, as características estruturais de cultivares de azevém diplóides e tetraplóides, em regime de corte. Os tratamentos constaram de três cultivares diploides [Comum-RS (Lolium multiflorum), Pronto® (L. multiflorum var. westerwoldicum) e Conquest® (L. multiflorum var. italicum)]; e quatro tetraploides [INIA Titan® (L. multiflorum var. italicum), Winter Star® (L. multiflorum var. westerwoldicum), KLM 138® (L. multiflorum var. italicum) e Banquet II® (L. perenne)], alocados em delineamento completamente ao acaso com seis repetições. As cultivares foram semeadas na densidade de 10 sementes vaso-1 de 2500g de solo, com correção e fertilização realizada em dose única antes da semeadura. Quando as plantas atingiram 20 cm de altura foi realizado o primeiro corte, para dar condições ao adequado estabelecimento, enquanto os demais foram realizados quando era atingida altura média de 15 cm, deixando-se sempre resíduo de 7 cm. Por análise de variância e comparação de médias pelo teste de Tukey (P<0,05), foram analisadas as variáveis estruturais: Comprimento final da folha, número de folhas vivas por perfilho, densidade populacional de perfilhos, comprimento da planta e relação folha:colmo, avaliadas no dia de cada corte, momentos antes da execução deste. As cultivares Comum-RS, INIA Titan®, Winter Star®, Conquest®, KLM 138®, Pronto® e Banquet II® diferem quanto às características estruturais estudadas. A cultivar Banquet II® apresenta as melhores características estruturais, todavia as cultivares Winter Star®, Conquest® e KLM 138® também apresentam estrutura adequada ao pastejo durante todo seu ciclo, enquanto Pronto® e Comum-RS, ao final do ciclo, têm a acessibilidade das folhas comprometida.

The main goal was to determine, under defoliation, in greenhouse, ryegrass structural traits of diploid and tetraploid cultivars. Treatments consisted of three diploid cultivars [Comum-RS (Lolium multiflorum), Pronto® (L. multiflorum var. westerwoldicum) and Conquest® (L. multiflorum var. Italicum)], and four tetraploids [INIA Titan® (L. multiflorum var. Italicum), Winter Star® (L. multiflorum var. westerwoldicum), KLM 138® (L. multiflorum var. italicum) and Banquet II® (L. perenne)], in a completely randomized design with six replications. Cultivars were sown at a density of 10 seeds pot-1 2500g of soil; correction and fertilization was performed in a single dose before sowing. When plants reached 20 cm height the first cutting was made, to allow for appropriate establishment. The following cuttings were made when when plants reached 15 cm average height, always leaving a residue of 7 cm. Data were submitted to analysis of variance and means compared by Tukey test (P<0.05). Variables evaluated were: Final length leaf, number of life leaves, population tillers density, plant length and leaf/sheath ratio, evaluated on each cut, moments before the execution of this. Cultivars Comum-RS, INIA Titan®, Winter Star®, Conquest®, KLM 138®, Pronto® e Banquet II® differ as to structural characteristics studed. Banquet II® cultivar presents the best structural features, however the Winter Star®, Conquest® and KLM 138® cultivars also have adequate structure to grazing throughout your cycle, while Pronto® and Comum-RS, to the end of the cycle, have accessibility leaves compromised.
Descritores: Plantas
Lolium
Cultivos Agrícolas
Diploide
Tetraploidia
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  10 / 39 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-970772
Autor: Fluck, A. C; Schafhäuser Júnior, J; Alfaya Júnior, H; Costa, O. A. D; Farias, G. D; Scheibler, R. B; Rizzo, F. A; Manfron, J. A. S; Fioreze, V. I; Rösler, D. C.
Título: Composição química da forragem e do ensilado de azevém anual em função de diferentes tempos de secagem e estádios fenológicos / Chemical composition of annual ryegrass forage and silage for different drying times and phenological phases
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);70(6):1979-1987, nov.-dez. 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo do presente estudo foi determinar como o tempo de secagem e o estádio fenológico da planta influenciam na composição química e qualidade da silagem de azevém (Lolium multiflorum, Lam.). O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com seis tratamentos (vegetativo: cortar e ensilar; cortar + pré-secagem de 4 horas e ensilar; cortar + pré-secagem de 7 horas e ensilar; pré-florescimento: ensilagem, cortar e ensilar e pré-secagem de 4 horas; florescimento: cortar e ensilar) e quatro repetições, com quatro meses de conservação da silagem. Foram determinados: desaparecimento de massa após o corte, rendimento de massa seca, proteína bruta e frações fibrosas. Além disso, foram determinados na silagem: pH, lipídios totais, nitrogênio insolúvel em detergente neutro e ácido. O manejo empregado auxilia na desidratação da forragem, com perda na quantidade de nitrogênio no vegetativo. No pré-florescimento, essa perda não ocorre. O avanço do ciclo da forrageira ocasiona diminuição na quantidade de nutrientes na biomassa, entretanto a produção de forragem é aumentada. A silagem apresentou composição bromatológica semelhante à observada na massa verde de azevém, o que demonstra a eficiência do método de conservação. A ensilagem em estádios mais avançados é aconselhada quando se busca maior quantidade de biomassa ensilada, porém com qualidade inferior.(AU)

The aim was how to define the effect of pre-drying time and the plant phase's influence on chemical composition and quality of ryegrass silage. The experimental design was randomized blocks with six treatments (Vegetative: Cut and ensiled; cut + pre-drying 4 hours and ensiled and; cut + pre-drying of 7 hours and ensiled; Pre-flowering: Silage cutting and ensiled and pre-drying 4 hours Flowering:. cut and ensiled) and four repetitions. The silage was stowed for four months. It were determined the mass disappearance after cutting, dry matter yield, crude protein and fiber fractions. Moreover, it was determined on silage pH, total lipids and insoluble protein content. The management used aids in dehydration of fodder, resulting in losses on the amount of nitrogen on vegetative phase. For pre-flowering, this loss has not occur. The advance of fodder cycle causes a decrease in the amount of nutrients in biomass, but fodder yield increased. Ryegrass silage presented chemical composition similar to that observed on green mass of ryegrass, evinced the efficiency of fodder conservation method. The silage in more advanced phases is advised when seeking greater amount of ensiled biomass, but lower quality.(AU)
Descritores: Lolium/química
Conservação de Alimentos/classificação
-Silagem/microbiologia
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde