Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.650.940.800.575.912.250.822.587 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 19 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 19 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1049092
Autor: Diniz, Jéssica Ferreira; Roque, Cassiano Garcia; Borges, Monica Cristina Rezende Zuffo; Barros, Pedro Paulo Vilela; Chagas, Paulo Henrique Menezes das; Godinho, Othon Lauar; Teodoro, Paulo Eduardo.
Título: Soil biomass and microbial activity in soybean crop area under different cover crops and different soil correction systems / Biomassa e atividade microbiana do solo em área de cultivo de soja sob diferentes plantas de cobertura e diferentes sistemas de correção de solo
Fonte: Biosci. j. (Online);35(6):1688-1694, nov./dec. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: This study aimed to evaluate soil biomass and microbial activity and soybean yield under different limestone and gypsum doses and different cover crops. The experiment was carried out in the experimental area of the Fundação de Apoio a Pesquisa Agropecuária de Chapadão, on a Dystrophic Red Latosol, using cultivar Desafio. The experiment consisted of a randomized blocks design, in a split-plot factorial scheme (3x4x3), with three replications. Plots consisted of three gypsum doses: control (without gypsum), recommended dose (2.3 Mg ha-1), and double dose (4.6 Mg ha-1). Subplots consisted of four limestone doses (2, 4, and 6 Mg ha-1) and the control (without limestone). Each block had three different cover crops: Brachiaria, Millet, and allow. The values obtained with the test revealed that brachiaria had better basal respiration in the absence of gypsum. Conversely, millet had better basal respiration in with the gypsum dose. Basal respiration, using brachiaria as cover crop, was higher at the dose of 2700 kg ha-1 of limestone. However, for the fallow and the millet, basal respiration was higher when using the highest limestone dose of 6000 kg ha-1. The variable microbial biomass showed differences between cover crops only in the absence of gypsum. Brachiaria and fallow presented the highest mean for microbial biomass. The use of millet as a cover crop together with gypsum doses increased the microbial biomass. The variables mass of 100 grains and grain yield had higher mean at the limestone dose of 6000 kg ha-1 .

O objetivo do trabalho foi avaliar a biomassa e atividade microbiana do solo, e produtividade da soja sob efeito das diferentes doses de calcário e gesso e diferentes coberturas de solo. O experimento foi conduzido na área experimental da Fundação de Apoio a Pesquisa Agropecuária de Chapadão, sob Latossolo Vermelho Distrófico, com a cultivar Desafio. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, em esquema fatorial (3x4x3) de parcelas subdividas, com 3 repetições. As parcelas foram constituídas por 3 quantidades de gesso agrícola, sendo: controle (sem gesso), recomendado (2,3 Mg ha-1) e o dobro (4,6 Mg ha-1), as subparcelas por 4 doses de calcário (2, 4 e 6 Mg ha-1), além do controle (sem calcário), onde cada bloco apresentou 3 coberturas diferentes: Braquiaria, Milheto e Pousio. Os resultados foram submetidos ao teste de Tukey 5%. Com os valores obtidos pudemos observar que a respiração basal foi melhor para braquiária na ausência de gesso, e na presença o milheto se saiu melhor. A respiração basal, utilizando a braquiária como cobertura, foi maior na dose de 2700 kg ha-1 de calcário. Já utilizando o pousio e o milheto foi na maior dose 6000 kg ha-1. A variável biomassa microbiana apresentou diferença entre as coberturas apenas na ausência de gesso, onde a braquiária e o pousio apresentaram as maiores médias para esta variável. A utilização do milheto como cobertura em conjunto com as doses de gesso acarretou aumento da biomassa microbiana. A massa de 100 grãos e a produtividade de grãos apresentaram maior média na dose de 6000 kg ha-1 de calcário.
Descritores: Feijão de Soja
Biomassa
-Sulfato de Cálcio
Milhetes
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  2 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1011324
Autor: Moura, F. A. S; Dourado, L. R. B; Farias, L. A; Lopes, J. B; Lima, S. B. P; Fernandes, M. L.
Título: Complexos enzimáticos sobre a energia metabolizável e digestibilidade dos nutrientes do milheto para frangos de corte / Enzyme complexes on metabolizable energy and nutrient digestibility of millet for broiler chickens
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(3):990-996, May-June 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se avaliar o efeito de complexos enzimáticos sobre a energia metabolizável e o coeficiente de digestibilidade de nutrientes do milheto para frangos de corte. Quinhentos e setenta e seis frangos machos foram distribuídos em 36 gaiolas, com três tratamentos: T1 - composição de milheto sem complexo enzimático; T2 - composição de milheto com complexo enzimático (CES) e T3 - composição de milheto com complexo enzimático (CEV). Os tratamentos foram definidos com base em seis dietas (três dietas referências e três dietas testes). As dietas testes foram obtidas pela substituição de 40% da dieta referência por milheto inteiro, e a adição de enzimas consistiu de dois complexos enzimáticos: CES, constituído pelas enzimas fitase, protease, xilanase, ß-glucanase, celulase, amilase e pectinase; e CEV. constituído pelas enzimas protease, celulase e amilase. Na fase de 11 a 20 dias, a suplementação com o CEV reduziu os valores de EMA, EMAn e CDPB. A suplementação com CES melhorou o CDPB, e não houve efeito significativo para CDMS e CDEB. Na fase de 21 a 30 dias, houve menor aproveitamento da energia e dos nutrientes com as suplementações CES e CEV. Na fase de 31 a 40 dias, as suplementações reduziram os valores de EMA, EMAn, e o complexo CEV foi efetivo em aumentar o valor de CDPB. A inclusão dos complexos enzimáticos CES (fitase, protease, xilanase, ß-glucanase, celulase, amilase e pectinase) e CEV (protease, celulase e amilase) não favoreceu a utilização da energia do milheto, no entanto melhorou o coeficiente de digestibilidade da proteína do milheto nos períodos de 11 a 20 e de 31 a 40 dias de idade.(AU)

The objective of this study was to evaluate the effect of enzymatic complexes on metabolizable energy and nutrient digestibility coefficient of millet for broilers chickens. 576 male chickens, were distributed in 36 cages with three treatments: T1 - millet composition without enzymatic complex; T2 - millet composition with enzymatic complex (ECS); and T3 - millet composition with enzymatic complex (ECV). The treatments were defined from six diets (3 reference diets and 3 test diets). The test diets were obtained from the substitution of 40% for reference diet by whole millet, and the enzyme addition consisted of two enzymatic complex, ECS constituted by phytase, protease, xylanase, ß-glucanase, cellulase, amylase and pectinase enzymes, and ECV constituted by protease, cellulase and amylase enzymes. In the 11 to 20 days phase, a supplementation with the ECV reduced the AME, AMEn and CDPB values, a ECS supplementation improved the CDPB, and there was no significant effect for CDMS and CDEB. In the 21 to 30 days phase, there were less profit of the energy and nutrients with ECS and ECV supplements. In the 31 to 40 days phase as supplements reduced the values of AME, AMEn, and the ECV complex was effective in increasing the value of CDPB. The inclusion of ECS enzymatic complexes, (phytase, protease, xylanase, ß-glucanase, cellulase, amylase and pectinase) and ECV (protease, cellulase and amylase), did not favor millet's energy utilization, however, favored the millet's protein digestibility coefficient on 11 to 20 and 31 to 40 periods.(AU)
Descritores: Galinhas
Enzimas
Milhetes
Ração Animal/análise
-Digestão
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-966646
Autor: Costa, Raoni Ribeiro Guedes Fonseca; Costa, Kátia Aparecida de Pinho; Souza, Wender Ferreira de; Epifanio, Patrícia Soares; Santos, Charles Barbosa; Silva, Jessika Torres da; Oliveira, Suelen Soares.
Título: Production and quality of silages pearl millet and paiaguas palisadegrass in monocropping and intercropping in different forage systems / Produção e qualidade da silagem de milheto e capim-paiaguás em monocultuvo e consorciado em diferentes sistemas forrageiros
Fonte: Biosci. j. (Online);34(2):357-367, mar./apr. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: With the arrival of new early genotypes and high nutritive value and productive potential, millet has been gaining prominence in recent years for the production of silage, and it promises lower costs of production. Thus, the consortium of millet with tropical forages can increase the production of silage, providing more food to be used in the offseason, where there is low availability of forage. The objective of this study was to evaluate the dry mass production, fermentative characteristics and chemical-bromatological of pearl millet silage and Paiaguas palisadegrass in monocropping and intercropping in different forage systems in the second cropping season. The experimental design consisted of randomized blocks with four replicates. The treatments consisted of silage of the following forage systems: monocropped pearl millet, monocropped Paiaguas palisadegrass, pearl millet intercropped in rows with Paiaguas palisadegrass, pearl millet intercropped inter-row with Paiaguas palisadegrass, and pearl millet oversown and intercropped with Paiaguas palisadegrass (totaling 20 experimental plots). The consortium of pearl millet with Paiaguas palisadegrass contributed to raise the dry matter contents of the silages, except in the system using the overgrowth. Pearl millet silages monocropped and intercropped with Paiaguas palisadegrass presented reductions in pH and ammoniacal nitrogen values as well as favor lactic fermentation. Pearl millet monocropped and intercropped silage exhibited better fermentative and bromatological characteristics than silage obtained from monocropped Paiaguas palisadegrass. Therefore, creating silage from intercropped forages provides an interesting supplemental roughage option that can be used during the offseason for animal feeding.

Com a chegada de novos genótipos precoces e de alto valor nutritivo e potencial produtivo, o milheto vem ganhando destaque nos últimos anos para a produção de silagens, com menor custo de produção. Com isso, o consórcio do milheto com forrageiras tropicais, pode aumentar a produção da silagem, proporcionando maior quantidade de alimento para ser utilizado na entressafra, onde se tem baixa disponibilidade de forragem. Sendo assim, objetivou-se avaliar a produção de massa seca, características fermentativas e a composição químico-bromatológica da silagem de milheto e capim-paiaguás em monocultivo e consorciado em diferentes sistemas forrageiros, na safrinha. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos da silagem dos seguintes sistemas forrageiros: milheto em monocultivo, capim-paiaguás em monocultivo, milheto consorciado com capim-paiaguás na linha, milheto consorciado com capim-paiaguás na entrelinha e milheto consorciado com capimpaiaguás na sobressemeadura, totalizando 20 silos experimentais. O consórcio do milheto com capim-paiaguás contribuiu para elevar os teores de matéria seca das silagens, exceto, no sistema utilizando a sobressemeadura. As silagens de milheto em monocultivo e consorciadas com capim-paiaguás apresentaram reduções nos valores de pH e nitrogênio amoniacal, bem como, favorecem a fermentação lática. As silagens de milheto em monocultivo e consorciadas apresentaram melhores características fermentativas e bromatológicas quando comparadas com silagem de capim-paiaguás em monocultivo. Portanto, silagens produzidas nos sistemas consorciados constitui interessante opção de volumosos suplementar para alimentação dos animais no período de entressafra.
Descritores: Silagem
Brachiaria
Pennisetum
Milhetes
Análise de Alimentos
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  4 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965135
Autor: Buso, Wilian Henrique Diniz; França, Aldi Fernandes Souza; Miyagi, Eliane Sayuri; Corrêa, Daniel Staciarini.
Título: Nitrogen in the production of green and dry mass and the efficiency of nitrogen conversion and apparent recovery of pearl millet cultivars / Nitrogênio na produção de massa verde e seca, eficiência de conversão e recuperação aparente do nitrogênio de cult
Fonte: Biosci. j. (Online);31(6):1778-1786, nov./dec. 2015.
Idioma: en.
Resumo: The potential of dry (DM) and green (GM) matter yield, plant nitrogen concentration (NC), apparent nitrogen conversion efficiency (NCE) and apparent N recovery (ANR) of pearl millet cultivars with nitrogen fertilization are analyzed. Current experiment was conducted in the municipality of Ceres GO Brazil, within the Cerrado (Brazilian savannah) biome. A 3x4x2 randomized factorial block design was employed, with three repetitions. Treatments were composed of three pearl millet cultivars (ADR-7010, ADR-500 and BRS-1501), four N doses (0, 50, 100 and 200 kg ha-1) and two sowing times (December and February). Plants from each seeding were harvested twice at a height of 0.70 m. There was a significant effect on the interaction between cultivars and N doses. GM yield of ADR-7010 cultivar increased up to 140 kg.ha-1 of N. There was a quadratic effect of N doses on DM yield, with maximum production at 158 kg ha-1 N. The quantity of N extracted by the plants varied according to the cultivar, with BRS-1501 accumulating the highest N quantities in the shoots. Maximum NC of pearl millet shoots would be achieved with 147 kg N ha-1. The highest NCE occurred with N doses of 50 kg ha-1, with a DM yield of 11.60 kg per kg of applied N. ANR was also highest for N doses of 50 kg ha-1, with a 53% maximum recovery.

O presente trabalho de pesquisa teve como objetivo avaliar o potencial produtivo de massa verde e a massa seca da planta inteira, N contido na planta, bem como a eficiência de conversão do N e a recuperação aparente do N de cultivares de milheto, sob doses de nitrogênio, em diferentes épocas de semeadura no município de Ceres, Goiás. O experimento foi instalado em delineamento de blocos casualizados em esquema fatorial 3x4x2, constituídos de cultivares de milheto (ADR-7010, ADR-500 e BRS-1501) e doses de N (0, 50, 100 e 200 kg ha-1 de N, aplicados na forma de uréia) o fatorial foi avaliado em duas épocas de semeadura (Dezembro/2010 e Fevereiro/2011). Foram realizados dois cortes em cada época quando as plantas atingiram 0,70 m de altura. Ocorreu efeito significativo da interação entre cultivares e doses de nitrogênio. A produção de massa verde para a cultivar ADR-7010 aumentou até a dose de 140 kg ha-1 de N. Ocorreu efeito quadrático da aplicação das doses de N na produção de MS, a dose para a máxima produção foi de 158 kg ha-1 de N. A quantidade de N extraído pela planta variou de acordo com a cultivar, onde a BRS-1501 acumulou maiores quantidades de N na parte aérea. O máximo teor de nitrogênio contido na parte aérea das plantas de milheto seria atingido com a aplicação de 147 kg N ha-1. A maior eficiência de conversão aparente do nitrogênio ocorreu na dose equivalente a 50 kg ha-1 de N, com produção de 11,60 kg de MS por kg de N aplicado. A recuperação aparente do nitrogênio foi maior para a dose de 50 kg ha-1 de N, com máxima de recuperação de 53%.
Descritores: Ureia
Pennisetum
Milhetes
Nitrogênio
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  5 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-964881
Autor: Bassegio, Doglas; Santos, Reginaldo Ferreira; Secco, Deonir; Werncke, Ivan; Sarto, Marcos Vinícius Mansano.
Título: Cover crops and straw management on yield components of crambe / Culturas de cobertura e manejo da palhada sobre os componentes de produção de crambe
Fonte: Biosci. j. (Online);31(5):1396-1403, sept./oct. 2015.
Idioma: en.
Resumo: The objective of this study was to evaluate the dry matter (DM) yield and nutrient accumulation in cover crops and the effect of these, as well as mechanical management of crop residues on growth and grain yield of crambe (Crambe abyssinica). The experiment was conducted in Santa Helena, Paraná, Brazil in Rhodic Hapludox (Red Latosol in the Brazilian classification) in experimental design of randomized complete blocks with four replications in a split-plot. The plots were: Pearl millet (Pennisetum glaucum), grass brachiaria (Brachiaria brizantha), forage sorghum (Sorghum bicolor) and sunn hemp (Crotalaria juncea) and an area fallow (spontaneous weed) and the sub-plots, the mechanical or not management of crop residues on the soil surface (Triton©). Grass brachiaria produced less amount of DM and showed less accumulation of nutrients. Other cover crops did not differ in DM production, but the sunn hemp showed the highest concentrations of N and Ca, while pearl millet P. The mechanical management of crop residues on the soil surface not influence the yield components of crambe, however provides higher final plant density. The crambe grown after sunn hemp showed higher DM accumulation (1,826 kg ha­1) and grain yield (1,066 kg ha­1).

Objetivou-se com este trabalho avaliar a produção de matéria seca (MS) e o acúmulo de nutrientes por culturas de cobertura e o efeito destas, bem como do manejo mecânico da palhada nos componentes da produção e produtividade de grãos de crambe. O experimento foi conduzido em Santa Helena, Paraná, Brasil, em Latossolo Vermelho distrófico típico, em delineamento experimental de blocos ao acaso com quatro repetições em parcelas subdivididas. As parcelas foram: milheto (Pennisetum glaucum (L.) R. Brown), braquiária (Brachiaria brizantha cv. Marandu), sorgo forrageiro (Sorghum bicolor (L.) Moench), crotalária (Crotalaria juncea L.) e uma área em pousio (vegetação espontânea), e as subparcelas, pela ausência e presença do manejo mecânico de palhada (Triton©). A braquiária produz menor quantidade de MS e apresenta menor acúmulo de nutrientes. As demais culturas não diferem entre si na produção de MS, contudo a crotalária apresenta os maiores acúmulos de N e Ca, enquanto que o milheto maior acúmulo de P. O manejo mecânico da palhada não influencia os componentes de produção do crambe, porém proporciona maior densidade final de plantas. O crambe cultivado em sucessão a crotalária apresenta maior acúmulo de MS (1.826 kg ha­1) e produtividade de grãos (1.066 kg ha­1).
Descritores: Alimentos
Crotalaria
Crambe (Planta)
Brachiaria
Sorghum
Milhetes
-Eficiência
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-964555
Autor: Basso, Claudir José; Somavilla, Lucindo; Santi, Antônio Luis; Lamego, Fabiane Pinto; Caron, Braulio Otomar; Muraro, Dionei Schmidt; Pansera, Edivan; Silva, Rodrigo Ferreira da.
Título: Rates and application times of nitrogen in proso millet crop / Doses e épocas de aplicação de nitrogênio na cultura do painço
Fonte: Biosci. j. (Online);31(4):1030-1036, july/aug. 2015.
Idioma: en.
Resumo: Due to its rapid growth, drought tolerance and short cycle, the proso millet crop has attracted the attention of producers and technicians as an alternative to crop rotation and formation of straw for subsequent planting of soybean in no-tillage system in some regions of the state of Rio Grande do Sul (RS), Brazil. However, there is limited information on application times and rates of nitrogen (N). Therefore, the objective of this study was to evaluate application times and rates of N in proso millet crop, under some plant parameters and in the final grain yield. The experiment was conducted in the Federal University of Santa Maria, campus of Frederico Westphalen, in the period of September to November2012. The experiment design was that of randomized blocks, in a4 x 4factorial design, with four replications. The treatments consisted of the combination of four rates of N (zero, 30, 60 and 90 kg ha-1) and four different application times of N: all at sowing, 30 % at sowing and the remaining15 days after emergence (DAE), 30 % at sowing and the remaining 30 days DAE, 30 % at sowing and the remaining45 days DAE. There was no significant response as regards the application times of Nin the proso millet crop. On the other hand, there was a significant and linear response in plant height, dry matter production, stem diameter, panicle length and in the final grain yield within crease in rates of N.

A cultura do painço pelo seu rápido crescimento, tolerância a seca e ciclo curto, tem despertado atenção de produtores e técnicos como alternativa de rotação de cultura e formação de palhada para posterior semeadura da soja no sistema plantio direta em algumas regiões do Rio Grande do Sul. No entanto, são escassas as informações sobre a época de aplicação e doses de nitrogênio (N). Por isso, o objetivo desse trabalho, foi avaliar épocas de aplicação e doses de N na cultura do painço, sobre alguns parâmetros de planta e na produtividade final de grãos. O experimento foi desenvolvido na Universidade Federal de Santa Maria, Campus de Frederico Westphalen, no período de setembro a novembro de 2012. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, num esquema fatorial 4 x 4, com quatro repetições, sendo os tratamentos constituídos da combinação de quatro doses de N (zero, 30, 60 e 90 kg ha-1) e quatro diferentes épocas de aplicação do N: todo na semeadura, 30% na semeadura e o restante 15 dias após a emergência (DAE), 30 % na semeadura e o restante 30 dias DAE, 30 % na semeadura e o restante 45 dias DAE. Não houve resposta significativa quanto à época de aplicação de N na cultura do painço. Houve uma resposta significativa e linear na altura de planta, produção de matéria seca, diâmetro do colmo, comprimento da panícula e no rendimento final de grãos com o aumento nas doses de N.
Descritores: Plantas
Feijão de Soja
Grãos Comestíveis
Eficiência
Milhetes
Nitrogênio
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  7 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-964124
Autor: Teodoro, Paulo Eduardo; Ribeiro, Larissa Pereira; Corrêa, Caio Cezar Guedes; Luz Júnior, Roque Apolinário Alves da; Souza, Mariana Conceição de; Simões, Mayara dos Santos; Torres, Francisco Eduardo.
Título: Phytosociology of weeds in millet under different soil managements in savanna sul-mato-grossense / Fitossociologia de plantas daninhas em milheto sob diferentes manejos do solo no cerrado sul-mato-grossense
Fonte: Biosci. j. (Online);31(4):988-996, july/aug. 2015.
Idioma: en.
Resumo: The millet crop in recent decades has shown an increase in planted area, mainly in the Cerrado region. However, there are few studies related to the management and phytossociology of weeds in this culture. Thus, the objective of this research was to perform a phytosociological survey in millet under different soil managements in Savanna Sul-Mato-Grossense region. The experiment was conducted in the experimental area of Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul ­ Unit of Aquidauana (UEMS/UUA), in Aquidauana-MS. The area is cultivated to five years with soybeans in first crop and corn in second. The experimental design was randomized complete block in a split-plot design consisting of four blocks with four replications. In the plots were used soil preparation systems (minimum tillage and no-tillage) and in the subplots was utilized the nitrogen fertilization at 50 kg ha-1 and absence of nitrogen on millet at 25 days after emergence (DAE). Were evaluated the parameters number of species (NS), total number and dry mass of weeds (TN and DMW, respectively), dry mass of millet (DMM) and frequency (F), density (D), abundance (A) and Importance Value (IV) of weeds. The no-tillage system provided greater dry mass of weeds, whereas the nitrogen resulted in a smaller total number of weeds (TN). Cynodon dactylon and Commelina benghalensis were the most predominant species on area.

O cultivo do milheto vem apresentando nas últimas décadas um crescimento da área plantada, sobretudo na região do Cerrado. Entretanto, são escassos os estudos relacionados ao manejo e à fitossociologia de plantas daninhas nesta cultura. Diante disto, o objetivo desta pesquisa foi realizar um levantamento fitossociológico em milheto sob diferentes manejos do solo na região do Cerrado sul-mato-grossense. O experimento foi instalado no setor de Fitotecnia da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Aquidauana (UEMS/UUA), município de Aquidauana-MS. A área é cultivada a cinco anos com soja em primeira safra e milho em segunda. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados em esquema de parcelas subdivididas, constituído por quatro blocos e quatro repetições. Nas parcelas foram avaliados os sistemas de preparo do solo (cultivo mínimo e plantio direto) e nas subparcelas a adubação nitrogenada de 50 kg ha-1 e a ausência de nitrogênio em cobertura no milheto aos 25 dias após a emergência (DAE). Foram avaliados os parâmetros número de espécies (NE), massa seca e número total de plantas daninhas (MSPD e NT, respectivamente), massa seca do milheto (MSM) e frequência (F), densidade (D), abundância (A) e Valor de Importância (IV) das espécies de plantas daninhas. O sistema de plantio direto proporcionou uma maior massa seca de plantas daninhas, enquanto que a adubação nitrogenada conferiu um menor número total de plantas invasoras. Cynodon dactylon e Commelina benghalensis foram as espécies mais predominantes na área.
Descritores: Solo
Pradaria
Pennisetum
Plantas Daninhas
Milhetes
-Feijão de Soja
Zea mays
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  8 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965953
Autor: Basso, Claudir José; Muraro, Dionei Schmidt; Girotto, Eduardo; Silva, Diecson Ruy Orsolin da; Silva, Alieze Nascimento da.
Título: Poultry litter and swine compost as nutrients sources in millet / Cama de aves e composto de suínos como fonte de nutrientes na cultura do painço
Fonte: Biosci. j. (Online);33(2):288-296, mar./apr. 2017. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: Poultry and pork farming are typical activities of small farms in southern Brazil. This production plays an important social and economic role in many of these areas as it is often the main income source. The swine compost has emerged as an alternative to reduce the volume of swine wastewater, which is transformed into a residue that can be easily transported and applied with less environment prejudice. However, there is no information in literature regarding the use of this compound as a source of nitrogen in grain crops. Therefore, the aim of this study was to evaluate poultry litter and swine compost as organic sources of nitrogen for the millet crop. The experiment was conducted in the years of 2013 and 2014 in southern Brazil, in no-tillage systems in a Hapludox soil. The treatments were: control (without nitrogen); poultry litter (PL), swine compost (SC) and mineral fertilization (NPK). The use of poultry litter resulted in better averages for almost all evaluated variables. Although the swine compost did not express results as good as the crop treated with poultry litter, the crop in which the swine compound was applied presented better results for some plant parameters than the chemical fertilizer treatment, which shows that these two residues can be viable alternatives for nitrogen fertilization in millet cultivations.

A criação de aves e suínos são atividades típicas de pequenas propriedades na região sul do Brasil e representam um papel importante sob o ponto de vista social e econômico, pois em muitas dessas unidades são as principais geradoras de receita. O composto de suínos tem surgido como alternativa que reduz o volume de dejeto liquido de suínos, e o transforma em um resíduo de fácil transporte e aplicação e menor impactante ao meio ambiente. Porém, não existe na literatura informações quanto a utilização desse composto de suínos como fonte de nitrogênio em culturas produtores de grãos. Por isso, o objetivo deste trabalho foi avaliar a cama de frango e o composto de suínos como fontes orgânicas de nitrogênio na cultura do painço. O trabalho foi conduzido nos anos de 2013 e 2014 na região Sul do Brasil, em sistema plantio direto em um Hapludox soil. Os tratamentos foram os seguintes: Testemunha (sem nitrogênio); Cama de aves (CA), Composto de suínos (CS) e Adubação mineral (NPK). A cama de aves foi a que mais impactou positivamente para quase todas as variáveis analisadas. Já o composto de suínos foi inferior a cama de aves, porém para alguns parâmetros de planta igual ou superior a própria adubação química mostrando que esse dois resíduos podem substituir totalmente a adubação mineral nitrogenada na cultua do painço.
Descritores: Alimentos
Zonas Agrícolas
Milhetes
Lixo
Nitrogênio
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  9 / 19 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965690
Autor: Costa, Claudio Hideo Martins da; Crusciol, Carlos Alexandre Costa; Soratto, Rogério Peres; Ferrari Neto, Jayme.
Título: Phytomass decomposition and nutrients release from pearl millet, guinea grass and palisade grass / Taxas de decomposição e liberação de nutrientes da fitomassa de milheto, capim colonião e capim-braquiária
Fonte: Biosci. j. (Online);32(5):1325-1332, sept./oct 2016.
Idioma: en.
Resumo: The objective of this study was to evaluate the production and persistence of biomass of pearl millet (Pennisetum glaucum), guinea grass (Panicum maximum) and palisade grass (Urochloa brizantha), as well as the release rate of macronutrients and Si and changes in cellulose, lignin and the C/N and C/Si ratios of biomass. The experimental design was a randomized block design, with four replications, in a factorial constituted by three cover crops (pearl millet, guinea grass and palisade grass) and six sampling times (0, 14, 34, 41, 51 and 68 days after desiccation (DAD). The pearl millet produced more biomass and accumulated more N, P, K, Ca, Mg, S, Si and C than the guinea grass and palisade grass. The maximum release rate of macronutrient occurred soon after the desiccation of the cover crops. The decomposition and release rate of nutrients and Si was higher in the biomass of pearl millet, compared to other cover crops. Over time there was an increased C/N ratio, cellulose and lignin content and reduction in the C/Si and decomposition rate of the biomass. The K is the nutrient most quickly available to the soil, and Si has the lowest release rate. Plants with higher biomass production and lower C/Si are more interesting to be used under no-till by offering greater and more persistent ground cover.

O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção e persistência da biomassa de milheto (Pennisetum glaucum), capim colonião (Panicum maximum) e capim braquiária (Urochloa brizantha), bem como, a taxa de liberação dos macronutrientes e Si e as alterações na celulose, lignina, relação C/N e C/Si. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições, em esquema fatorial constituído por três tipos de cobertura vegetal (milheto, capim colonião e capim-braquiária) e seis épocas de coleta (0, 14, 34, 41, 51 e 68 dias após a dessecação (DAD)). O milheto produziu maior quantidade de fitomassa e acumulou mais N, P, K, Ca, Mg, S, C e Si que o Panicum e Urochloa. A máxima taxa de liberação diária dos macronutrientes ocorreu logo após a dessecação da fitomassa das coberturas vegetais do solo. A taxa de decomposição e liberação de macronutrientes e Si foi maior na fitomassa do milheto, em relação às demais coberturas vegetais. Com o passar do tempo ocorreu aumento da relação C/N, teor de celulose e lignina e redução na relação C/Si e na taxa de decomposição da fitomassa. O K é o nutriente mais rapidamente disponibilizado ao solo, e o Si apresenta a menor taxa de liberação. Plantas com maior produção de fitomassa e com menor relação C/Si são mais interessantes para utilização no sistema plantio direto, por proporcionarem maior e mais persistente cobertura do solo.
Descritores: Alimentos
Biomassa
Pennisetum
Milhetes
Panicum
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  10 / 19 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965588
Autor: Chagas, Raquel Castro Salomão; Muraoka, Takashi; Korndörfer, Gaspar Henrique; Camargo, Mônica Sartori de.
Título: Silicon fertilization improve yield and quality of rice and pearl millet in cerrado soils / Adubação silicatada aumenta a produtividade e qualidade de arroz e milheto em solos do cerrado
Fonte: Biosci. j. (Online);32(4):899-907, july/aug. 2016. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: Although silicon (Si) fertilization in rice (Oryza sativa) plants have already been studied, most of the Brazilian studies have focused on the acidity correction effects of sources and the application rate, but not on Si supply. Moreover, beneficial effects are rarely linked to other Si-accumulation plants such as pearl millet (Pennisetum glaucum), which is extensively grown in low soluble Si of Cerrado soils. The objective of this study was to evaluate the Si sources and application rates on the yield and quality of two commonly cultivated grain crops (rice and pearl millet) in Cerrado soils. The experiments were conducted on two crops (rice and pearl millet) and two soil types (Rhodic Haplustox-LV and Quartzipsamment-RQ) in a completely randomized factorial scheme with four replicates, four Si rates (0; 200; 400, and 800 kg ha-1 Si); and three sources (calcium and magnesium silicate, wollastonite, and silicic acid). All plots received the same quantities of Ca and Mg to equilibrate these levels in both soils. Ca and Mg silicate and wollastonite produced linear increases in soluble Si (0.5 mol L-1 acetic acid), in LV, RQ, and in Si uptake by rice and pearl millet. Increases in shoot dry weight were observed in rice and pearl millet from maximum rates of 542, 550 and 480 kg ha-1 Si in RQ, respectively. Ca and Mg silicate levels were higher than wollastonite in the dry weight of both plants.

Embora já tenha sido estudada a adubação silicatada em arroz, a maioria dos estudos brasileiros tem focado nos efeitos da correção da acidez de fontes e doses aplicadas e não no fornecimento de Si. Aliado a isso, os efeitos benéficos são raramente associados a outras plantas acumuladoras como o milheto, que é intensamente cultivado nos solos com baixo Si solúvel da região do Cerrado. O objetivo desse trabalho foi avaliar fontes e doses de silício na produção e qualidade de duas culturas comumente cultivadas (arroz e milheto) em solos de cerrado. Os experimentos foram conduzidos em duas culturas (arroz e milheto) e dois solos (Neossolo Quartzarênico-RQ e Latossolo Vermelho- Amarelo-LV) em um delineamento inteiramente casualizado composto de quatro doses de silício equivalentes a 0; 200; 400 e 800 kg ha-1Si, três fontes (silicato de cálcio e magnésio-S; wollastonita-W; ácido silícico-AS) e quatro repetições. Os tratamentos receberam a mesma quantidade de Ca e Mg para equilibrar as quantidades desses nutrientes dos solos. O silicato e a wollastonita aumentaram linearmente o Si solúvel em ácido acético 0,5 mol L-1 no LV e no RQ e a absorção pela parte aérea do arroz e milheto. Silicato de cálcio e magnésio e a wollastonita aumentaram linearmente o Si solúvel no solo e a absorção de Si pelo arroz e milheto. Máxima produção de grãos e massa seca da parte aérea do arroz e milheto foram obtidas com doses de 542, 550 e 480 kg ha-1 no RQ, respectivamente. As doses de Si proporcionaram redução do número de grãos chochos e aumento na absorção de Si pela parte aérea. O silicato proporcionou maior produção de massa seca comparada a wollastonita nas duas culturas.
Descritores: Oryza
Solo
Silicatos
Pradaria
Milhetes
Poaceae
-Alimentos
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde