Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.650.940.800.575.912.250.822.680 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 54 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 54 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1048623
Autor: Oliveira, Jacqueline dos Santos; Emerenciano Neto, João Virgínio; Difante, Gelson dos Santos; Lista, Fabio Nunes; Santos, Rodrigo da Silva; Bezerra, Jessica Daisy do Vale; Bonfim, Breno Ramon de Souza; Milhomens, Larissa Bezerra Soares; Ribeiro, Juliani Stephanie Medeiros.
Título: Structural and productive features of panicum cultivars submitted to different rest periods in the irrigated semiarid region of Brazil / Características estruturais e produtivas em cultivares de Panicum submetidas a intervalos de corte sob irrigação no semiárido
Fonte: Biosci. j. (Online);35(3):682-690, may./jun. 2019. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: The objective of this study was to evaluate the structural and productive features of Panicum maximum cultivars (Tanzânia, Mombaça, Massai, and Zuri) in three rest periods (30, 45 and 60 days), in the semiarid region of Brazil. The experiment was carried out in a completely randomized design with three replicates. The length of the leaf blade and the diameter of the stem increased as a function of the cut intervals. Leaf blade width and number of live leaves (3.86 leaves tiller-1) were not affected by cut intervals. The height of the canopy increased with the ages, with effect in the mass of forage, being the cv. Zuri the most productive with 148,75 cm e 18.297,49 kg ha-1 DM at 60 days. The highest masses of leaves and stems were obtained in the longest rest period, while the leaf/stem ratio decreased. In the cut-off interval of 45 days, the cultivars of Panicummaximum have shown satisfactory yield, and the smaller cut interval provides a reduction in canopy height and stem thickness.

Objetivou-se avaliar as características estruturais e produtivas de cultivares de Panicum maximum (Tanzânia, Mombaça, Massai e Zuri) em periodos de descanso (30, 45 e 60 dias) no semiárido brasileiro, sob irrigação. O experimento foi realizado em delineamento inteiramente ao acaso, com trêsrepetições. O comprimento da lâmina foliar e o diâmetro do colmo aumentaram em função dos intervalos de corte. A largura da lâmina foliar e o número de folhas vivas (3,86 folhas/perfilho) não foram afetados pelos intervalos de corte. A altura do dossel aumentou com as idades, com efeito na massa de forragem, sendo a cv. Zuri superior com 148,75 cm e 18.297,49 kg/ha de MS, aos 60 dias. As maiores massas de lâminas e colmos foram obtidas no maior período de rebrotação, enquanto que a relação folha/colmo diminuiu. No intervalo de corte de 45 dias, as cultivares de Panicum maximum apresentaram produção satisfatória, sendo que o menor intervalo de corte proporciona redução na altura do dossel e na espessura do colmo
Descritores: Zona Semiárida
Irrigação Agrícola
Panicum
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  2 / 54 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1038612
Autor: Lopes, M. N; Cândido, M. J. D; Pompeu, R. C. F. F; Silva, R. G; Carneiro, M. S. S; Morais Neto, L. B; Peixoto, M. J. A; Carvalho, T. C. F.
Título: Biomass components and structure of massai grass fertilized with nitrogen and grazed by sheep / Componentes da biomassa e estrutura do capim-massai adubado com nitrogênio e pastejado por ovinos
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(4):1411-1420, jul.-ago. 2019. graf.
Idioma: en.
Resumo: To evaluate the biomass components of massai grass subjected to nitrogen (N) fertilization levels (control - 0; 400; 800 and 1200 kg ha-1 year-1 of N) and under rotational stocking with sheep, this study was undertaken using a completely randomized design with measurements repeated in time. A quadratic response was observed reaching maximum values as the levels of nitrogen fertilization increased for green forage biomass, green leaf biomass, green stem biomass (5,172.9; 4,146.3; 1,033.9 kg ha-1 cycle-1, respectively), forage total density (179.1 kg ha-1 cm-1), canopy height (36.8 cm) and live material/dead material ratio (4.0) at levels 896; 934; 797; 879.2; 751.4 and 1,161 kg ha-1 year-1 of N, respectively. For all variables, oscillation was observed between the grazing cycles studied. Nitrogen fertilization has a positive response on the biomass components and canopy structure of massai grass.(AU)

Objetivou-se avaliar os componentes da biomassa do capim-massai sob lotação rotativa com ovinos e adubado com doses de nitrogênio (controle - 0; 400; 800 e 1200 kg de N ha -1 ano -1 ), em delineamento inteiramente ao acaso, com medidas repetidas no tempo. Constatou-se resposta quadrática, alcançando valores máximos com o incremento das doses de nitrogênio para as produções de biomassa de forragem verde, de lâmina foliar verde, de colmo verde (5172,9; 4146,3; 1033,9 kg ha -1 ciclo -1 , respectivamente) e para a densidade total de forragem (179,1 kg ha -1 cm -1 ), altura do dossel (36,8 cm) e relação material vivo/material morto (4,0) nas doses 896; 934; 797; 879,2; 751,4 e 1161 kg ha -1 ano -1 de N, respectivamente. Para todas as variáveis, verificou-se oscilação entre os ciclos de pastejo estudados. A adubação nitrogenada exerce respostas positivas sobre os componentes da biomassa e a estrutura do dossel do capim-massai.(AU)
Descritores: Ovinos
Pastagens/análise
Compostos de Nitrogênio/administração & dosagem
Biomassa
Panicum
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 54 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-966624
Autor: Trindade, Thiago Felipe de Medeiros; Difante, Gelson dos Santos; Emerenciano Neto, João Virgínio; Fernandes, Leonardo Santana; Araújo, Itânia Maria Medeiros de; Véras, Emmanuel Lievio de Lima; Costa, Marcone Geraldo; Silva, Maria Gabriela da Trindade; Medeiros, Mariana Campelo.
Título: Biometry and carcass characteristics of lambs supplemented in tropical grass pastures during the dry season / Biometria e características da carcaça de cordeiros suplementados em pastos de gramíneas tropicais na época seca
Fonte: Biosci. j. (Online);34(1):172-179, jan./feb. 2018. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: The objective of this study was to evaluate the biometry and carcass characteristics of finished Santa Inês crossbred sheep grazed on tropical grass pastures during the dry season. The study was carried out at the Grupo de Estudos em Forragicultura (GEFOR/UFRN), in Macaíba ­ RN, Brazil. Four forage treatments were evaluated: Brachiaria brizantha cvs. Marandu e Piatã, Panicum maximum cvs. Aruana e Massai. The 2.88 ha-area used was divided in two blocks of 1.44 ha; each one was composed of four plots corresponding to each cultivar, and each plot was subdivided into six paddocks with an area of 0.06 ha. The pastures were managed under intermittent stocking with seven days of occupation and 35 days of rest, with variable stocking rate. No significant difference was observed in the biometric measurements evaluated in the animals, except for chest width in which animals kept in Marandu pastures obtained higher values than those in the Aruana cultivar. The lowest values of average daily gain, final weight and weight at slaughter values were observed in the animals kept in Aruana cultivars. Cut weights of the shoulder, the loins, short legs/shanks and ribs were higher in the animals kept in Marandu grass and lower in those kept in the Aruana grass; however, no differences were observed for the yield of the cuts and for the biometric measurements of the carcass. The evaluated pasture cultivars did not modify the finished sheep carcasses, however, the lower forage mass from Aruana grass pastures in the dry season affected animal performance and the sheep carcass composition.

Objetivou-se avaliar a biometria e as características da carcaça de ovinos mestiços de Santa Inês terminados em pastos de gramíneas tropicais na época seca. O trabalho foi realizado no Grupo de Estudos em Forragicultura (GEFOR/UFRN), em Macaíba ­ RN, Brasil. Os tratamentos avaliados foram quatro forrageiras: Brachiaria brizantha cvs. Marandu e Piatã, Panicum maximum cvs. Aruana e Massai. A área utilizada foi de 2,88 ha dividida em dois blocos de 1,44 ha, onde cada um desses foi constituído de quatro parcelas correspondente a cada cultivar, e cada parcela subdivida em seis piquetes com área de 0,06 ha. Os pastos foram manejados sob lotação intermitente com sete dias de ocupação e 35 dias de descanso, com taxa de lotação variável. Não houve diferença significativa nas medidas biométricas avaliadas nos animais, exceto para a largura do peito, em que os animais mantidos nos pastos da cultivar Marandu obtiveram valores maiores que aqueles da cultivar Aruana. Os menores valores de ganho médio diário, peso final e peso ao abate foram observados nos animais mantidos na cultivar Aruana. Os pesos dos cortes paleta, lombo, pernil e costela foram maiores nos animais mantidos no capim-marandu e menores naqueles mantidos no capim-aruana, porém não foram observadas diferenças para o rendimento dos cortes e para as medidas biométricas na carcaça. As cultivares avaliadas não modificam as carcaças de ovinos terminados em pasto, porém a menor massa de forragem dos pastos da cultivar Aruana na época seca comprometem o desempenho animal e a composição das carcaça de ovinos.
Descritores: Ovinos
Biometria
Brachiaria
Panicum
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  4 / 54 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965813
Autor: Basso, Lohany Sthéfany da Silva; Torres, Francisco Eduardo; Teodoro, Paulo Eduardo; Lopes, Adriano da Silva; Margatto, Alisson Rodrigo Almeida; Kraeski, Marcos Jefferson.
Título: Response of tropical forages to irrigation in Cerrado/Pantanal ecotone / Resposta de forragens tropicais à irrigação no ecótono Cerrado/Pantanal
Fonte: Biosci. j. (Online);32(6):1578-1585, nov./dec. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: This work aimed to evaluate the irrigation influence on the forage production of Panicum maximum, Pennicetum pupureum, Urochloa brizantha and Urochloa ruziziensis during the rainy and dry seasons in Cerrado-Pantanal ecotone. Trial was conducted at experimental area of irrigated agriculture of Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unit of Aquidauana. We assessed the interaction between irrigation versus tropical forage species in the rainy and dry seasons. The first factor is the irrigation or non-irrigation, while the second factor comprises the species. Experimental design used was randomized complete with four replications in factorial scheme 2x4. There were two forage collections during the dry the rainy" interval for standardization cutting and harvest at 45 days after. Traits evaluated dry matter of leaves (DML), dry matter of stems (DMS), total dry matter (DMT) and leaf/stem ratio (L/S) were assessed. Irrigation management influences the production of the assessed forage species only in dry seasons. Urochloa brizantha is the most recommended forage for the Cerrado-Pantanal ecotone region, due to its high forage production, especially when it comes to sheets. In dry seasons, P. purpureum has increased DMT under an irrigated system, but with lower L/S ratio.

O objetivo desta pesquisa foi avaliar a influência da irrigação sobre a produção de forragem das espécies Panicum maximum cv. Mombaça, Pennisetum pupureum cv. Napier, Urocloa brizantha cv. Xaraés e Urochloa ruziziensis, nas épocas das "águas" e seca na região do ecótono Cerrado-Pantanal. A pesquisa foi desenvolvida na área experimental de agricultura irrigada e fitotecnia da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Aquidauana. Foi avaliada a interação entre irrigação versus espécies forrageiras tropicais nas épocas das águas e da seca. O primeiro fator consistiu na utilização ou não da irrigação, enquanto o segundo fator foi composto pelas espécies. Foi utilizado delineamento inteiramente casualizados com quatro repetições no esquema fatorial 2x4. Foram realizadas duas coletas de forragem nas épocas seca e das "águas" com intervalo para roçada de uniformização e a colheita 45 dias após, avaliando os caracteres massa seca das folhas (MSF), massa seca dos colmos (MSC), massa seca total (MST) e a relação folha/colmo (F/C). A irrigação influencia a produção de forragem das espécies avaliadas somente na época da seca. A espécie Urochloa brizantha é a mais recomendada para a região do ecótono Cerrado-Pantanal devido a sua alta produção de forragem, sobretudo de folhas. Na seca, Pennisetum purpureum apresenta maior MST quando irrigado, porém com menor relação F/C.
Descritores: Pastagens
Ecossistema
Irrigação Agrícola
Panicum
-Pradaria
Zonas Úmidas
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  5 / 54 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965801
Autor: Torres, Francisco Eduardo; Teodoro, Paulo Eduardo; Ribeiro, Larissa Pereira; Oliveira, Elisa Pereira de; Oliveira, Marcus Vinicius Morais de; Silva Junior, Carlos Antonio da; Corrêa, Caio Cezar Guedes.
Título: Doses of phosphorus on initial development and forage production of cultivars of Panicum maximum / Doses de fósforo no desenvolvimento inicial e produção de forragem de cultivares de Panicum maximum
Fonte: Biosci. j. (Online);32(6):1537-1544, nov./dec. 2016. tab.
Idioma: en.
Resumo: Phosphorus shortage in the Savanna is one of the main limiting factors for forage production and directly responsible for the degradation of pastures in this Brazilian region. Thus, the aim of this study was to evaluate the effect of increasing doses of P on the initial development and forage production of four cultivars of P. maximum. The experiment was conducted during the months of December 2010 to May 2011 at Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unit of Aquidauana-MS. It was used the completely randomized design in a factorial scheme 4x5, with four replications. The experimental unit consists of polyethylene pots with 5 L capacity arranged in countertop in greenhouse. The first factor consisted of four P. maximum cultivars (Massai, Mombaça, Áries and Atlas), while the second factor consists of five doses of phosphorus (0, 5, 10, 30 and 45 mg dm-3). It was evaluated the following morphometric traits: plant height, length and width of the leaf blade, number of tillers, dry mass of shoot and of roots at 60 DAS. The approximate dose of 25 mg dm-3 of phosphorus provided better initial development and forage production in all cultivars evaluated of Panicum maximum. Mombaça cultivar has better initial development and forage production about to the others.

A escassez de fósforo no Cerrado é um dos principais fatores limitantes para a produção de forragem e responsável diretamente pela degradação das pastagens nesta região brasileira. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de doses crescentes de P sobre o desenvolvimento inicial e produção de forragem de quatro cultivares de Panicum maximum. O experimento foi conduzido durante os meses de dezembro de 2010 a maio de 2011 na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Aquidauana, MS. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, no esquema fatorial 4x5, com quatro repetições. A unidade experimental consistiu de potes de polietileno com capacidade de 5 L dispostos em bancadas na estufa. O primeiro fator foi composto por quatro cultivares de P. maximum (Massai, Mombaça, Áries e Atlas), enquanto o segundo fator consistiu de cinco doses de fósforo (0, 5, 10, 30 e 45 mg dm-3). Foram avaliados os seguintes caracteres morfométricos: altura de plantas, comprimento e largura da lâmina foliar, número de perfilhos, massa seca da parte aérea e das raízes aos 60 dias após a semeadura. A dose aproximada de 25 mg dm-3 de fósforo proporcionou melhor desenvolvimento inicial e produção de forragem em todas as cultivares de Panicum maximum avaliadas. A cultivar Mombaça apresentou melhor desenvolvimento inicial e produção de forragem em relação às demais.
Descritores: Fósforo
Pastagens
Pradaria
Panicum
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 54 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965690
Autor: Costa, Claudio Hideo Martins da; Crusciol, Carlos Alexandre Costa; Soratto, Rogério Peres; Ferrari Neto, Jayme.
Título: Phytomass decomposition and nutrients release from pearl millet, guinea grass and palisade grass / Taxas de decomposição e liberação de nutrientes da fitomassa de milheto, capim colonião e capim-braquiária
Fonte: Biosci. j. (Online);32(5):1325-1332, sept./oct 2016.
Idioma: en.
Resumo: The objective of this study was to evaluate the production and persistence of biomass of pearl millet (Pennisetum glaucum), guinea grass (Panicum maximum) and palisade grass (Urochloa brizantha), as well as the release rate of macronutrients and Si and changes in cellulose, lignin and the C/N and C/Si ratios of biomass. The experimental design was a randomized block design, with four replications, in a factorial constituted by three cover crops (pearl millet, guinea grass and palisade grass) and six sampling times (0, 14, 34, 41, 51 and 68 days after desiccation (DAD). The pearl millet produced more biomass and accumulated more N, P, K, Ca, Mg, S, Si and C than the guinea grass and palisade grass. The maximum release rate of macronutrient occurred soon after the desiccation of the cover crops. The decomposition and release rate of nutrients and Si was higher in the biomass of pearl millet, compared to other cover crops. Over time there was an increased C/N ratio, cellulose and lignin content and reduction in the C/Si and decomposition rate of the biomass. The K is the nutrient most quickly available to the soil, and Si has the lowest release rate. Plants with higher biomass production and lower C/Si are more interesting to be used under no-till by offering greater and more persistent ground cover.

O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção e persistência da biomassa de milheto (Pennisetum glaucum), capim colonião (Panicum maximum) e capim braquiária (Urochloa brizantha), bem como, a taxa de liberação dos macronutrientes e Si e as alterações na celulose, lignina, relação C/N e C/Si. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições, em esquema fatorial constituído por três tipos de cobertura vegetal (milheto, capim colonião e capim-braquiária) e seis épocas de coleta (0, 14, 34, 41, 51 e 68 dias após a dessecação (DAD)). O milheto produziu maior quantidade de fitomassa e acumulou mais N, P, K, Ca, Mg, S, C e Si que o Panicum e Urochloa. A máxima taxa de liberação diária dos macronutrientes ocorreu logo após a dessecação da fitomassa das coberturas vegetais do solo. A taxa de decomposição e liberação de macronutrientes e Si foi maior na fitomassa do milheto, em relação às demais coberturas vegetais. Com o passar do tempo ocorreu aumento da relação C/N, teor de celulose e lignina e redução na relação C/Si e na taxa de decomposição da fitomassa. O K é o nutriente mais rapidamente disponibilizado ao solo, e o Si apresenta a menor taxa de liberação. Plantas com maior produção de fitomassa e com menor relação C/Si são mais interessantes para utilização no sistema plantio direto, por proporcionarem maior e mais persistente cobertura do solo.
Descritores: Alimentos
Biomassa
Pennisetum
Milhetes
Panicum
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  7 / 54 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965637
Autor: Silva, Larissa Fernanda do Nascimento; Difante, Gelson dos Santos; Fernandes, Leonardo Santana; Araujo, Itânia Maria Medeiros de; Emerenciano Neto, João Virgínio; Costa, Marcone Geraldo; Felisberto, Nívea Regina de Oliveira.
Título: Ingestive behavior of sheep in Panicum and Brachiaria pastures in dry season / Comportamento ingestivo de ovinos em pastos de Panicum E Brachiaria na época seca
Fonte: Biosci. j. (Online);32(4):1018-1024, july/aug. 2016. graf, tab.
Idioma: en.
Resumo: The ingestive behavior of sheep supplemented with concentrate in Brachiaria brizantha and Panicum maximum pastures were evaluated during the dry season. Twenty four male sheep of ½ Santa Inês x ½ undefined breed genotypes were used. The treatments were four feeds of cultivar grasses: B. brizantha cvs. Marandu and Piatã, P. maximum cvs. Massai and Aruana. The ingestive behavior of the animals was recorded during two periods of 24 hours. The grazing time, rumination, idleness (minutes day-1), bite rate (bites minute-1), and the frequency of the animals activities in relation to defecation, urination and search for water, concentrated and mineral salt were observed. There was interaction between time of the day and evaluated cultivars based on the grazing time and bite rate response. Sheep grazing on marandu-grass showed higher grazing time between 11 am to 4 pm (257 minutes), compared to animals grazing on aruana-grass (217 minutes). The bite rate was higher for sheep on massai-grass between 11 am to 4 pm (34.32 bits minute- 1). There was no grass effect for idleness and rumination, which can highlight the similarity of chemistry characterization and high percentage of structural components in evaluated pastures. The structural limitations and feed mass composition in the dry season caused effects on the ingestive behavior of idleness and bite rate of supplemented sheep in Brachiaria and Panicum pastures.

Avaliou-se o comportamento ingestivo de ovinos, suplementados com concentrado, em pastos de Brachiaria brizantha e Panicum maximum durante a época seca. Foram utilizados 24 animais, machos inteiros do genótipo ½Santa Inês x ½ sem padrão racial definido. Os tratamentos corresponderam a quatro cultivares de gramíneas forrageiras, sendo B. brizantha cultivares. Marandu e Piatã e P. maximum cultivares. Massai e Aruana. O comportamento ingestivo dos animais foi registrado durante dois períodos de 24 horas. Observou-se o tempo de pastejo, ruminação, ócio (minutos/dia), taxa de bocados (bocados/minuto) e a frequência dos animais em relação à defecação, micção e busca pela água, concentrado e suplemento mineral. Houve interação entre o período do dia e as cultivares avaliadas sobre as respostas de tempo de pastejo e taxa de bocado. Os animais sob pastejo no capim-marandu apresentaram maior tempo de pastejo no período de 11-16h (257 minutos) em relação aos animais do capim-aruana (217 minutos). A taxa de bocados foi maior para os animais do grupo do capim-massai no período 11-16h (34,32 bocados/minuto). Não houve efeito de tratamento para as variáveis de ócio e ruminação, o que pode evidenciar a semelhança da caracterização química e elevada porcentagem de constituintes estruturais nos pastos avaliados. As limitações estruturais, de composição e massa de forragem na época seca provocam efeitos sobre as variáveis de comportamento ingestivo de ovinos suplementados em pastos de Brachiaria e Panicum.
Descritores: Ovinos
Pastagens
Brachiaria
Panicum
-Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  8 / 54 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965635
Autor: Luna, Alano Albuquerque; Difante, Gelson dos Santos; Montagner, Denise Baptaglin; Emerenciano Neto, João Virgínio; Araujo, Itânia Maria Medeiros de; Fernandes, Leonardo Santana.
Título: Tillering dynamic and structural characteristics of tropical grasses under cutting management / Dinâmica de perfilhamento e características estruturais de gramíneas tropicais sob corte
Fonte: Biosci. j. (Online);32(4):1008-1017, july/aug. 2016. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: This paper aimed to evaluate the dynamics of tillering, tiller density and structural characteristics of Brachiaria brizantha, Panicum maximum and Cenchrus ciliaris under a cutting regime. The utilized design was randomized blocks with six treatments (cultivars) and three replications. The evaluations were conducted from May to September 2011, with the data grouped into two periods, rainy season and beginning of the dry season. The greatest tiller population density was observed in the Massai cultivar, averaging 1,019 tillers.m-2. The tiller mortality rate was higher for Mombaça and less for Piatã cultivars. The highest values for forage mass, percentage of leaf blades and relations between green mass:dead mass were observed in Brachiaria brizantha and Panicum maximum cultivars. Panicum and Brachiaria cultivars have shown to be promising for cultivation in the transition areas between the Atlantic Forest and Caatinga biomes in Northeastern Brazil. Cenchrus cultivars are less productive in environments without restriction of abiotic factors.

Objetivou-se avaliar a dinâmica de perfilhamento, a densidade populacional de perfilhos e as características estruturais de cultivares de Brachiaria brizantha, Panicum maximum e Cenchrus ciliaris em regime de corte. O delineamento utilizado foi em blocos ao acaso com seis tratamentos (cultivares) e três repetições. As avaliações foram realizadas de maio a setembro de 2011, sendo os dados agrupados em dois períodos, águas e início da seca. A maior densidade populacional de perfilhos foi observada na cultivar Massai com média de 1019 perfilhos/m2. A taxa de mortalidade de perfilhos foi maior na cultivar Mombaça e menor na Piatã. Os maiores valores para massa de forragem, percentual de lâminas foliares e relações entre massa verde:massa morta foram observados nas cultivares de Brachiaria brizantha e Panicum maximum. As cultivares de Panicum e Brachiaria se mostraram promissoras à utilização em áreas de transição entre os biomas de Mata Atlântica e Caatinga na Região Nordeste do Brasil. As cultivares de Cenchrus são menos produtivas em ambientes sem restrição de fatores abióticos.
Descritores: Brachiaria
Cenchrus
Poaceae
Panicum
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  9 / 54 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965580
Autor: Silva Junior, Antonio Carlos da; Martins, Cibele Chalita; Martins, Dagoberto.
Título: Effects of sugarcane straw on grass weeds emergence under field conditions / Efeito da cobertura de palhiço de cana-de-açúcar na emergência de gramineas infestantes em condições de campo
Fonte: Biosci. j. (Online);32(4):863-872, july/aug. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: This study aimed to assess the effects of sugarcane straw soil cover on Brachiaria plantaginea, Panicum maximum and Digitaria nuda seedlings emergence. The experiment was carried out in a soil classified as Red Nitosol. Seven different amounts of sugarcane straw soil cover were assessed (0, 3, 6, 9, 12, 15 and 18 ha-1). SP83-2847 variety straw was used. The experiment was arranged in a randomized blocks design, with four replications. Each experimental unit contained three species, which were allocated in the center of each plot, sown at 1 cm depth in a demarcated area. Different amounts of straw were distributed in this area. The sowing rate was used in order to obtain 1200 plant m-2. Two phases comprised the study. In the first phase, weeds emerged in sugarcane straw cover soil were assessed at 9, 12, 19, 34 and 43 days after sowing (DAS) and the second phase assessed plant emergence after straw removal, at 89, 130, 175, 196, 217 and 234 DAS. Seedlings that had over 1 cm shoot and were visible in all assessments were considered emerged. Soil cover sugarcane straw amount influenced the different species germination dynamics. In the first phase, species differential response was observed regarding used straw amount. In the second phase, after straw removal, there was higher germination for B. plantaginea and D. nuda, while P. maximum showed lower emergency, regardless of the used straw amount.

O presente estudo teve por objetivo avaliar os efeitos da cobertura do solo com palhiço de cana-deaçúcar sobre a emergência de Brachiaria plantaginea, Panicum maximum e Digitaria nuda. O experimento foi conduzido em um solo classificado como Nitossolo Vermelho. Foram avaliadas sete diferentes quantidades de coberturas do solo com palhiço de cana-de-açúcar (0, 3, 6, 9, 12, 15 e 18 t ha-1). Utilizou-se o palhiço da variedade SP83-2847. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados com quatro repetições. Cada unidade experimental continha as três espécies e foram alocadas na região central das parcelas, semeadas a 1 cm de profundidade em uma área demarcada, que posteriormente foram cobertas pelas diferentes quantidades de palhiço distribuídas uniformemente. A taxa de semeadura utilizada foi para obter-se 1.200 planta m-2. O estudo foi compreendido por duas fases. Na primeira fase foi avaliada a emergência das plantas daninhas sob cobertura de palhiço de cana aos 9, 12, 19, 34 e 43 dias após a semeadura (DAS) e a segunda, avaliou-se a emergência das plantas após a remoção do palhiço aos 89, 130, 175, 196, 217 e 234 DAS. Foram consideradas germinadas as plântulas visíveis em cada avaliação com mais de 1 cm de altura de parte aérea. A quantidade de palhiço de cana-de-açúcar utilizada como cobertura do solo influenciou a dinâmica de germinação das diferentes espécies. Na primeira fase observou-se uma resposta diferencial das espécies quanto a quantidade de palhiço utilizada. Na segunda fase, após a remoção do palhiço, verificou-se maior germinação para B. plantaginea e D. nuda, enquanto P. maximum apresentou menor emergência, independente da quantidade de palhiço utilizada.
Descritores: Solo
Brachiaria
Saccharum
Banco de Sementes
Poaceae
Panicum
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  10 / 54 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-998444
Autor: Lima, Suzete Fernandes; Pereira, Leandro Spíndola; Sousa, Gustavo Dorneles; Vasconcelo, Simonny Araújo; Jakelaitis, Adriano; Oliveira, José Franklin Athayde.
Título: Influence of glyphosate underdoses on the suppression of Panicum maximum cultivars / Subdoses de glifosato na supressão de cultivares de Panicum maximum
Fonte: Arq. Inst. Biol;85:e0812017, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The use of herbicide underdoses allows minimizing the competition of grasses on annual crops, enabling simultaneous cultivation. In this context, the objective of this study was to investigate glyphosate underdoses on the suppression of the initial growth of three Panicum maximum cultivars aiming at the integrated cultivation, in addition to the effects of forage species on the incidence and development of weeds. Three field experiments were conducted. The experimental design was a randomized block design with four replications and eight treatments consisting of increasing glyphosate doses (0, 54, 108, 270, 378, 540, 756, and 1,080 g a.e. ha−1). An atrazine dose of 1,200 g a.i. ha−1 was added to each treatment. Plant phytotoxicity assessments were performed at 7, 14, 21, and 28 days after application. At 80 and 125 days after sowing, the assessments of total dry matter production, leaf dry matter, stem dry matter, and leaf to stem ratio were carried out, in addition to density and dry matter production of weed community. Glyphosate underdoses below 215, 65, and 90 g a.e. ha-1 have a potential to be investigated aiming at the management of P. maximum cv. Atlas, P. maximum cv. Mombasa, and P. maximum cv. Tanzania under intercropping. The three forage species are effective in suppressing weeds.(AU)

A utilização de subdoses de herbicidas permite amenizar a competição exercida pelas gramíneas sobre a cultura anual, viabilizando o cultivo simultâneo. Neste contexto, objetivou-se pesquisar subdoses de glifosato na supressão do crescimento inicial de três cultivares de Panicum maximum, almejando o cultivo integrado, além dos efeitos das forrageiras sobre a incidência e o desenvolvimento das plantas daninhas. Foram conduzidos três ensaios em campo. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com quatro repetições e oito tratamentos, formados por doses crescentes do herbicida glifosato (0; 54; 108; 270; 378; 540; 756 e 1.080 g de e.a. ha-1). Em todos os tratamentos foram adicionados 1.200 g de i.a. ha-1 de atrazine. Foram realizadas avaliações de fitointoxicação de plantas aos 7, 14, 21 e 28 dias após a aplicação. Aos 80 e 125 dias após a semeadura foram realizadas avaliações de produção de matéria seca total, matéria seca de folha, matéria seca de colmos e relação folha: colmo, além da densidade e produção de matéria seca da comunidade de plantas daninhas. Subdoses de glifosato abaixo de 215, 65 e 90 g de e.a. ha-1 possuem potencial para serem pesquisadas visando ao manejo de Panicum maximum cv. Atlas, Panicum maximum cv. Mombaça e Panicum maximum cv. Tanzânia em consórcio. As três forrageiras são eficientes na supressão de plantas daninhas.(AU)
Descritores: Plantas Daninhas
Herbicidas
-Poaceae
Panicum
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde