Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.650.940.800.575.912.250.822.844 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-828103
Autor: Hilário, R R; Toledo, J J.
Título: Effects of climate and forest structure on palms, bromeliads and bamboos in Atlantic Forest fragments of Northeastern Brazil / Efeitos do clima e da estrutura da vegetação em palmeiras, bromélias e bambus em fragmentos de Mata Atlântica no nordeste brasileiro
Fonte: Braz. j. biol;76(4):834-844, Oct.-Dec. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Palms, bromeliads and bamboos are key elements of tropical forests and understanding the effects of climate, anthropogenic pressure and forest structure on these groups is crucial to forecast structural changes in tropical forests. Therefore, we investigated the effects of these factors on the abundance of these groups in 22 Atlantic forest fragments of Northeastern Brazil. Abundance of bromeliads and bamboos were assessed through indexes. Palms were counted within a radius of 20 m. We also obtained measures of vegetation structure, fragment size, annual precipitation, precipitation seasonality and human population density. We tested the effects of these predictors on plant groups using path analysis. Palm abundance was higher in taller forests with larger trees, closed canopy and sparse understory, which may be a result of the presence of seed dispersers and specific attributes of local palm species. Bromeliads were negatively affected by both annual precipitation and precipitation seasonality, what may reflect adaptations of these plants to use water efficiently, but also the need to capture water in a regular basis. Bamboos were not related to any predictor variable. As climate and forest structure affected the abundance of bromeliads and palms, human-induced climatic changes and disturbances in forest structure may modify the abundance of these groups. In addition, soil properties and direct measurements of human disturbance should be used in future studies in order to improve the predictability of models about plant groups in Northeastern Atlantic Forest.

Resumo Palmeiras, bromélias e bambus são importantes elementos das florestas tropicais e, entender os efeitos do clima, pressão antrópica e estrutura da floresta nesses grupos é crucial para prever alterações estruturais em florestas tropicais. Portanto, nós investigamos os efeitos desses fatores na abundância desses grupos vegetais em 22 fragmentos de Mata Atlântica no nordeste brasileiro. Abundâncias de bromélias e bambus foram registradas através de índices. Palmeiras foram contadas em um raio de 20 m. Nós também obtemos medidas da estrutura da vegetação, tamanho de fragmento, precipitação anual, sazonalidade na precipitação e densidade populacional humana. Nós testamos os efeitos desses preditores nos grupos vegetais através de análises de caminhos. A abundância de palmeiras foi maior em florestas mais altas, com árvores mais grossas, dossel fechado e sub-bosque aberto, o que deve refletir a presença de dispersores de sementes e atributos específicos das espécies de palmeiras locais. Bromélias foram negativamente afetadas pela precipitação anual e pela sazonalidade na precipitação, o que deve refletir adaptações dessas plantas para o uso eficiente da água, mas também a necessidade de captar água regularmente. Bambus não estiveram relacionados com nenhum dos preditores avaliados. Dado que clima e estrutura florestal afetaram a abundância de bromélias e palmeiras, as mudanças climáticas e distúrbios na estrutura das matas causados por ações antrópicas podem alterar a abundância desses grupos. Adicionalmente, propriedades do solo e medidas diretas de distúrbios antrópicos devem ser usadas em estudos futuros para melhorar o poder preditivo dos modelos sobre a abundância de plantas na Mata Atlântica do nordeste brasileiro.
Descritores: Florestas
Clima
Arecaceae/fisiologia
Bromeliaceae/fisiologia
Sasa/fisiologia
-Solo/química
Árvores/fisiologia
Brasil
Densidade Demográfica
Atividades Humanas/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde