Base de dados : LILACS
Pesquisa : B01.650.940.800.575.912.250.875.177.769 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 78 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 8 ir para página                    

  1 / 78 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1025914
Autor: Paiva, Paulo Eduardo Branco; Yamamoto, Pedro Takao.
Título: Survival analyses of Diaphorina citri immatures on young citrus orchard in São Paulo, Brazil / Análises de sobrevivência de imaturos de Diaphorina citri em pomar jovem de citros em São Paulo, Brasil
Fonte: Arq. Inst. Biol;86:e1302018, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The survival of eggs and nymphs of Diaphorina citri Kuwayama (Hemiptera: Liviidae) was estimated on young plants (< 1 year) of Citrus sinensis (cultivar Valencia) grafted on Citrus limonia in 3 seasons (Winter and Spring 2013; and Autumn 2014) in Ribeirão Preto, São Paulo State, Brazil. Young shoots with eggs were selected from natural or artificial infestations. Eggs, small nymphs (1st to 3rd instar), and large nymphs (4th and 5th instar) were counted every 3 days. Shoots with large nymphs were caged until the emergence of the adults. The lowest eggs and nymph survival were observed during Winter (0.0%), and Autumn (0.4%); the highest survival rates were recorded during Spring (12.2%). The biotic factor of mortality identified was the parasitism of large nymphs by Tamarixia radiata Waterston (Hymenoptera: Eulophidae), observed in all seasons. Air temperatures (minimum and maximum), and air relative humidity (minimum) could not explain the immature survival differences between Spring (12.2%) and Autumn (0.4%). Rainfall during Spring (165 mm) was higher than during Autumn (48 mm) and may have favored the survival of D. citri in the Spring. Adverse abiotic factors seem to be more important on immature D. citri survival than the biotic factor (parasitism).(AU)

A sobrevivência de ovos e ninfas de Diaphorina citri Kuwayama (Hemiptera: Liviidae) foi estimada em plantas jovens (< 1 ano) de Citrus sinensis (cultivar Valencia) enxertadas em Citrus limonia em 3 estações (inverno e primavera de 2013, e outono de 2014) em Ribeirão Preto, estado de São Paulo, Brasil. Ramos novos com ovos foram selecionados a partir de infestações naturais ou artificiais. Ovos, ninfas pequenas (ínstar 1 ao 3) e ninfas grandes (ínstar 4 e 5) foram contados a cada 3 dias. Ramos com ninfas grandes foram colocados em gaiolas até a emergência dos adultos. As menores sobrevivências de ovos e ninfas foram observadas no inverno (0,0%) e no outono (0,4%), e a maior sobrevivência ocorreu na primavera (12,2%). O principal fator biótico de mortalidade identificado foi o parasitismo de ninfas grandes por Tamarixia radiata Waterston (Hymenoptera: Eulophidae), observado em todas as estações. As temperaturas (mínima e máxima) e umidade relativa (mínima) do ar não explicaram as diferenças nas sobrevivências de imaturos entre a primavera (12,2%) e o outono (0,4%). As chuvas na primavera (165 mm) foram maiores que no outono (48 mm) e podem ter favorecido a sobrevivência de D. citri na primavera. Fatores abióticos adversos parecem ser mais importantes na sobrevivência de imaturos de D. citri que o fator biótico (parasitismo).(AU)
Descritores: Mortalidade
Citrus
Ninfa
-Citrus sinensis
Hemípteros
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  2 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1048637
Autor: Santos, Karina Gama dos.
Título: Efeito da administração dos sucos de laranja, cvs. Pera e Moro, sobre o estresse oxidativo e lipídios plasmáticos em indivíduos obesos com resistência à insulina / Effect of orange juice administration, cvs. Pera and Moro, on oxidative stress and plasma lipid profile in obese individuals with insulin resistance.
Fonte: São Paulo; s.n; 2019. 102 p. graf, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A obesidade é um dos principais fatores etiológicos do desenvolvimento da resistência à insulina, e ambos são responsáveis, em parte, pelo aumento do estresse oxidativo e diabete mellitus tipo 2. Vários estudos têm mostrado os benefícios de uma dieta rica em vegetais e frutas, devido à ação dos compostos bioativos sobre os parâmetros clínicos e estresse oxidativo. O objetivo deste estudo foi verificar os efeitos dos sucos de laranja, obtido das variedades Pera e Moro, sobre os marcadores bioquímicos e de estresse oxidativo, em indivíduos com resistência à insulina, classificados através do índice HOMA-IR. Os voluntários foram suplementados durante 15 dias com os sucos de laranja em um ensaio crossover, com washout de 40 dias. Nos dias 0 e 16 de cada ensaio, foram registrados parâmetros antropométricos e de consumo alimentar, e coletadas amostras de sangue e urina pra análises bioquímicas e de estresse oxidativo. A composição de flavonoides entre as variedades de suco foi similar, diferindo no conteúdo de ácido ascórbico e antocianinas do suco de laranja Moro. Não foram observadas mudanças nos parâmetros de estresse oxidativo após a administração dos sucos de laranja, com exceção do 8-OHdG urinário, um marcador de dano oxidativo ao DNA que apresentou-se reduzido após ambas as intervenções. Dados clínicos não foram significativamente modificados, entretanto, observou-se grande variabilidade interindividual nos valores de pressão arterial e lipídios séricos. A partir desta premissa, foi realizada a análise lipidômica do plasma com amostras do ensaio com o suco de laranja cv. Pera e observaram-se reduções significativas nos triglicérides, principalmente aqueles compostos de ácidos graxos saturados ou monoinsaturados, ou contendo ao menos uma cadeia de ácido linoleico, além do aumento de espécies de acilcarnitinas de cadeia longa. O consumo de ambos os sucos de laranja parece exercer um efeito protetor contra o dano oxidativo ao DNA, provavelmente por ação não-enzimática. A análise lipidômica do plasma sugere que o suco de laranja cv. Pera pode modular o metabolismo de lipídios, relacionados à lipogênese de novo e beta-oxidação

Obesity is one of the main etiological factors of insulin resistance development, and both are responsible, in part, for the increase on oxidative stress and Diabetes mellitus type 2 development. Several studies have showed the benefits of a diet rich in vegetables and fruits, due to the action of bioactive compounds on biochemical and oxidative stress parameters. The aim of this study was to study the effects of orange juices obtained by varieties Pera and Moro on oxidative stress and clinical biomarkers, in obese subjects with insulin resistance, classified through the HOMA-IR index. The volunteers consumed both orange juices for 15 days with in a crossover design, with 40-day washout period. On days 0 and 16 of each trial, anthropometric and food consumption parameters were registered, and blood and urine samples were collected to analyze biochemical parameters and oxidative stress biomarkers. The flavonoids content of both juices was similar, but only orange juice from Moro variety contained anthocyanins and higher ascorbic acid content. No changes in oxidative stress markers were found after juice administration, except for urinary 8-OHdG, an oxidative DNA damage marker, which was reduced after both interventions. Clinical data were not significantly modified, but a high interindividual difference was observed in blood pressure and serum lipids. From this point of view, plasma lipidomic analysis was performed with samples of clinical trial with orange juice cv. Pera and showed significant decrease in triglycerides, mainly those with saturated or monounsaturated fatty acids, or containing at least one linoleic acid (related with inflammatory processes), besides the increase of long chain acylcarnitines. The intake of both orange juices appears to have a protective effect against DNA damage, probably by non-enzymatic action. Plasma lipidomic analysis suggests that Pera orange juice can modulate lipid metabolism related to de novo lipogenesis and fatty acid beta-oxidation
Descritores: Resistência à Insulina
Estresse Oxidativo
Citrus sinensis/efeitos adversos
Sucos de Frutas e Vegetais/efeitos adversos
-Obesidade/classificação
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T641.1, S237e. 30100022660-F


  3 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1048416
Autor: Silva, Lívia Beatriz Aparecida Ribeiro.
Título: Influence of paternal consumption of a high-fat/high-sugar diet and/or orange juice during preconception on C57BL/6 female mice offspring breast cancer risk / Influência do consumo paterno de uma dieta hiperlipídica/hiperglicídica e/ou suco de laranja durante a preconcepção no risco de câncer de mama na prole feminina de camundongos C57BL/6.
Fonte: São Paulo; s.n; 2019. 90 p. tab, graf.
Idioma: en.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Breast cancer is the most frequent cancer in women worldwide. Paternal consumption of a highfat diet has been shown to program breast cancer risk in female offspring. Orange juice is widely consumed and is known for its content of bioactive compounds that may have a role in regulating epigenetic processes. Therefore, the aim of the present study was to evaluate the effects of paternal obesity and orange juice consumption on female offspring susceptibility to chemically-induced breast carcinogenesis. Three-week-old C57BL/6 male mice were distributed in control (CO), control-orange juice (CJ), obese (OB) and obese-orange juice (OJ) groups, fed either a standard chow or a high-fat/high-sugar diet (45% lard-based diet supplemented with sweetened condensed milk), with water or orange juice, for 11 weeks before mating. Female offspring were weaned onto standard chow until 7 weeks of age and then were initiated with 7,12-dimethyl-benzo[a]anthracene to induce mammary tumors. CJ female offspring presented higher multiplicity of mammary tumors (p≤0.05) compared to CO offspring. Female offspring from OB group showed higher tumor latency (p≤0.05), lower tumor incidence (p≤0.05), higher multiplicity of tumors (p≤0.05), lower cell proliferation (Ki67) in the mammary ducts (p≤0.05) and lower global levels of H3K27me3 in the mammary gland (p≤0.05) when compared to CO offspring. No differences (p≥0,05) were observed between OB and OJ female offspring regarding these parameters. Consumption of orange juice by non-obese fathers during preconception increased susceptibility of female offspring to mammary carcinogenesis. Although paternal consumption of a high-fat/high-sugar diet during preconception decreased incidence and increased latency of tumors, the multiplicity of lesions increased. In addition, the data indicates that the response to orange juice consumption depends of the paternal metabolic context

O câncer de mama é o mais frequente entre as mulheres em todo o mundo. Foi demonstrado que o consumo paterno de uma dieta hiperlipídica aumenta o risco de câncer de mama nas filhas. O suco de laranja é amplamente consumido e é conhecido pelo seu conteúdo de compostos bioativos que podem ter um papel na regulação dos processos epigenéticos. Portanto, o objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos da obesidade paterna e do consumo de suco de laranja na suscetibilidade da prole feminina à carcinogênese mamária quimicamente induzida. Camundongos C57BL/6 machos com três semanas de idade foram distribuídos nos grupos controle (CO), controle de suco de laranja (CJ), obeso (OB) e obeso suco de laranja (OJ), alimentados com ração controle ou com ração hiperlipídica e hiperglicídica (45% das calorias proveniente de lipídeos, a base de banha de porco) suplementada com leite condensado, com água ou suco de laranja, durante 11 semanas antes do acasalamento. A prole feminina foi desmamada e recebeu ração controle até 7 semanas de idade e, então, foi iniciada com 7,12- dimetil-benzo[a]antraceno para induzir tumores mamários. A prole feminina CJ apresentou maior multiplicidade de tumores mamários (p≤0.05) em relação a prole feminina CO. A prole feminina OB apresentou maior latência tumoral (p≤0.05), menor incidência tumoral (p≤0.05), maior multiplicidade de tumores (p≤0.05), menor proliferação celular (Ki67) nos ductos mamários (p≤0.05) e menores níveis globais de H3K27me3 na glândula mamária (p≤0.05), quando comparada a prole feminina CO. Não foram observadas diferenças (p≥0,05) entre a prole feminina do OB e OJ em relação a esses parâmetros. O consumo de suco de laranja por pais não obesos durante o período pré-concepcional aumentou a susceptibilidade da prole feminina à carcinogênese mamária. Embora o consumo paterno de uma dieta hiperlipídica e hiperglicídica durante a preconcepção tenha diminuído a incidência e aumentado a latência, a multiplicidade dos tumores mamários aumentou. Ainda, os resultados indicam que a resposta ao consumo de suco de laranja depende do contexto metabólico paterno
Descritores: Neoplasias da Mama/dietoterapia
Citrus sinensis/classificação
Pai/classificação
Dieta Hiperlipídica/efeitos adversos
Sucos de Frutas e Vegetais/análise
-Início da Vida Humana
Epigenômica
Obesidade/fisiopatologia
Limites: Animais
Masculino
Camundongos
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T641.1, S586i. 30100022667-F


  4 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-964600
Autor: Tedesco, Marília; Kuhn, Andrielle Wouters; Boligon, Aline Augusti; Laughinghouse IV, Haywood Dail; Athayde, Margareth Linde; Silva, Antonio Carlos Ferreira da; Tedesco, Solange Bosio.
Título: Chromatographic analysis, antiproliferative effect and genotoxicity of aqueous extracts of Citrus sinensis (L) osbeck on the Allium cepa L test system / Análise cromatográfica, efeito antiproliferativo e genotoxicidade de extratos aquosos de Citrus sinensis (L) osbeck sobre o sistema teste de Allium cepa L
Fonte: Biosci. j. (Online);31(4):1213-1221, july/aug. 2015.
Idioma: en.
Resumo: The species Citrus sinensis (L.) Osbeck (orange) is used in folk medicine as an infusion (tea) for the treatment of nerve irritation, insomnia, spasms, whooping cough, flue, and gastrointestinal problems. The aim of this study was to evaluate the antiproliferative and genotoxic potential of aqueous extracts of C. sinensis testing by Allium cepa L., as well as to determine the components in the complex mixture (tea). Leaves from two populations of this species were used in the preparation of infusions at two concentrations: 6g.L-1 and 24g.L-1, besides using distilled water as a negative control and 9.6% glyphosate as a positive control. Six groups of four bulbs of A. cepa were used, each group corresponding to one of the treatments. The bulbs were rooted in distilled water and then transferred to the respective treatments where they remained for 24 hours (the bulbs of the negative control remained in distilled water). The rootlets were collected, fixated in ethanol-acetic acid (3:1) for 24 hours and stored in 70% alcohol. 4,000 cells were analyzed per group of bulbs, and the calculated mitotic indices were submitted to statistical analysis using the c 2 test. The aqueous extracts of C. sinensis have as main components flavonoids and phenolic acids. The values of the mitotic index decreased with increasing concentration of the extracts relative to the control in water. The results indicated that the orange aqueous extracts in the studied concentrations in both populations have antiproliferative and genotoxic effects on the cell cycle of A. cepa.

A espécie Citrus sinensis (laranjeira) (L.) Osbeck é usada na medicina popular como infusão (chá) para o tratamento de irritações nervosas, insônia, espasmos, tosse convulsa, gripes e problemas gastrointestinais. O objetivo desse estudo foi avaliar o potencial antiproliferativo e genotóxico dos extratos aquosos de Citrus sinensis pelo teste de Allium cepa L., bem como determinar os componentes na mistura complexa (chá). Folhas de duas populações dessa espécie foram utilizadas no preparo das infusões em duas concentrações: 6g.L-1 e 24g.L-1, além de serem usados água destilada como controle negativo e glifosato 9,6% como controle positivo. Utilizaram-se seis grupos de quatro bulbos de A. cepa, cada grupo correspondendo a um dos tratamentos. Os bulbos foram enraizados em água destilada e então transferidos para os respectivos tratamentos onde permaneceram por 24 horas (os bulbos do controle negativo permaneceram em água destilada). As radículas foram coletadas, fixadas em etanol-ácido acético (3:1) por 24 horas e armazenadas em álcool 70%. Foram analisadas 4,000 células por grupo de bulbos, e os índices mitóticos calculados submetidos à análise estatística pelo teste c 2. Os extratos aquosos de C. sinensis têm como componentes principais flavonoides e ácidos fenólicos. Os valores dos índices mitóticos diminuíram com o aumento das concentrações dos extratos, em relação ao controle em água. Os resultados indicaram que os extratos aquosos de laranjeira nas concentrações estudadas das duas populações possuem ação antiproliferativa e genotóxica sobre o ciclo celular de A. cepa.
Descritores: Cebolas
Citrus sinensis
Genotoxicidade
Índice Mitótico
Mutagênicos
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  5 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-963912
Autor: Moline, Ederlon Flávio da Veiga; Falcão, Newton Paulo de Souza; Silva, Darcilene Pereira da; Clement, Charles Roland; Lavres Júnior, José.
Título: Efeito da aplicação de biocarvão, cama de frango e formulado NPK no estado nutricional foliar de laranjeira em terra mulata / Effect of biochar, poultry litter and NPK on the nutritional status leaf of orange on terra mulata
Fonte: Biosci. j. (Online);31(2):362-369, mar./abr. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: O cultivo de laranjeira em Terra Mulata tem apresentado limitações nutricionais sendo necessário o uso de adubos nas áreas agrícolas. A aplicação de biocarvão associado à outra fonte de nutrientes pode ser uma alternativa viável para aumentar a eficiência dos adubos e diminuir perdas nestas áreas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do biocarvão, da cama de frango e do formulado NPK, no estado nutricional de laranjeiras Pera-Rio cultivadas em um Latossolo Amarelo distrófico com horizonte A antrópico (Terra Mulata). O estudo foi desenvolvido em uma propriedade rural de terra firme em Manacapuru (AM) em um delineamento de blocos casualizados com oito tratamentos utilizando biocarvão, cama de frango e formulado NPK (4-14-8) aplicados de maneira isolada e associados. Para avaliação foram retiradas duas amostras em períodos distintos de folhas para determinação do estado nutricional. Os adubos aplicados não aumentaram a eficiência na disponibilidade dos teores de N, P, Fe e Zn, ficando este último abaixo da faixa de teor adequado. Já para os teores de K, o adubo cama de frango e suas combinações aumentaram sua disponibilidade, e os maiores teores de Mg foram encontrados no tratamento controle.

Growing in orange on Terra Mulata has been submitted nutrient limitation requiring correction in agricultural areas. The application of biochar associated with another source of nutrients can be a viable alternative to increase the efficiency of fertilizers and reduce losses in the areas. The objective of this study was to evaluate the effect of biochar, poultry litter and NPK in the nutritional status of orange trees grown in an Oxisol with anthropogenic A horizon (Terra Mulata). The study was conducted in a rural property landfall in Manacapuru (AM) in a randomized block design with eight treatments using biochar, poultry litter and NPK (4-14-8) applied in isolation and associates. To review two samples were taken at different periods of sheets to determine the nutritional status. Fertilizers applied did not increase the efficiency in the availability of contents of N, P, Fe and Zn, being the latter below the range of suitable content. As for the K, compost chicken manure and their combinations increased their availability, and the highest levels of Mg were found in the control treatment.
Descritores: Plantas
Solo
Ecossistema Amazônico
Citrus sinensis
Fertilizantes
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1000151
Autor: Anjos, Márcia Maria; Ruiz, Suelen Pereira; Abreu Filho, Benício Alves.
Título: Evaluation of different culture media and enrichment in orange juice upon the growth of Alicyclobacillus spp / Avaliação de diferentes meios de cultura e enriquecimento em suco de laranja sobre o crescimento de Alicyclobacillus spp
Fonte: Arq. Inst. Biol;81(2):113-118, abr.-jun. 2014. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Bacteria of the genus Alicyiclobacillus spp. form spores and develop in acid media, leading to the spoilage of citrus juices. Brazil is the largest exporter of orange juice concentrate, and yet, it has been extensively studied due to changes in taste and smell. Several investigations have reported different culture media used to detect and enumerate Alicyiclobacillus spp. The objective of the present study was to evaluate the recovery of Alicyiclobacillus spp. spores grown in ALI, BAT, K agar and YSG media using the methodology suggested by ABECitrus. Five inocula were used, two from reference strains and three from pasteurized concentrated orange juice. Cell recovery after the enrichment in reconstituted orange juice was also analyzed. An initial population of 6 log CFU/mL was inoculated. ALI, BAT and YSG media were able to recover the initial population of all different inocula, with no significant differences between the results. When compared to BAT, however, the preparation of ALI and YSG media was simpler and had more advantages. The recovery with K agar medium was lower than the other media for all the tested inocula, with significant differences found for Alicyclobacillus acidocaldarius0298T (3.66 log CFU/mL) and Alicyclobacillus pomorum-like CBMAI 0278 (4.11 log CFU/mL).(AU)

As bactérias do gênero Alicyiclobacillus spp. formam esporos e se desenvolvem em meios ácidos, podendo causar deterioração em sucos cítricos. O Brasil é o maior exportador de suco de laranja concentrado do mundo e, assim, este gênero vem sendo estudado por causar alterações de odor e sabor. Vários estudos relatam diferentes meios de culturas empregados para a detecção e enumeração de Alicyclobacillus spp. Este estudo teve como objetivo avaliar a recuperação de esporos de Alicyclobacillus spp. nos meios ALI, BAT, K ágar e YSG, utilizando a metodologia indicada pela ABECitrus. Cinco inóculos diferentes foram utilizados, sendo dois de linhagens-referência e os outros três isolados de suco concentrado de laranja pasteurizado. Também foi verificada a recuperação das células após o enriquecimento em suco de laranja reconstituído. Foi inoculada uma população inicial de 6 log UFC/mL. Os meios ALI, BAT e YSG conseguiram recuperar esta população nos diferentes inóculos, não existindo diferenças significativas entre os resultados. Contudo, devido à facilidade do preparo, os meios ALI e YSG mostraram-se mais vantajosos quando comparados ao meio BAT. O meio K ágar apresentou recuperação inferior aos outros meios para todos os inóculos, porém, houve diferença significativa apenas para Alicyclobacillus acidocaldarius 0298 T (3,66 log UFC/mL) e Alicyclobacillus pomorum-like CBMAI 0278 (4,11 log UFC/mL).(AU)
Descritores: Esporos Bacterianos
Citrus sinensis
Alicyclobacillus
-Bactérias
Responsável: BR1942.1 - NID - Biblioteca - Núcleo de Informação e Documentação


  7 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-997286
Autor: Nishioka, Alessandra Harumi.
Título: Estudo comparativo da excreção de flavonoides entre indivíduos eutróficos e obesos, após a ingestão de sucos de laranja, cv. Pera e cv. Moro / Comparative study of excretion of flavonoids among eutrophic and obese individuals, after ingestion of orange juice, cv. Pera and cv Moro.
Fonte: São Paulo; s.n; 2019. 106 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: As laranjas e seus derivados, principalmente os sucos, possuem compostos bioativos, tais como os flavonoides, entre eles as flavanonas hesperidina e narirutina, que podem estar relacionados à promoção e benefícios à saúde. A absorção e metabolização de flavonoides podem ser afetadas por diversos fatores como a microbiota e fatores antropométricos, o que pode afetar a sua bioatividade. Assim, o objetivo deste estudo foi comparar o metabolismo e excreção dos flavonoides entre indivíduos eutróficos e obesos após a ingestão de sucos de laranja pasteurizado obtidos das cvs. Pera e Moro. Em um estudo cross-over randomizado 20 voluntárias eutróficas e 10 voluntárias obesas, com idade entre 19 e 40 anos, consumiram em dose única 600 mL de cada suco, que contém as flavanonas narirutina e hesperidina, além das antocianinas no suco Moro. Os metabólitos de flavanonas e de antocianinas foram identificados e quantificados em urina coletada em diferentes períodos de tempo durante 24 horas. Não foi observada diferença significativa na permeabilidade intestinal entre os grupos. Foram detectados e identificados 8 metabólitos de fase II da hesperitina e naringenina, principalmente mono e diglicuronidados e sulfatos, além de três ácidos fenólicos catabólitos de flavanonas formados pela microbiota intestinal, entre elas o ácido hipúrico, ácido protocatecuico e ácido 3-(3-hidroxifenil)-3-hidroxipropiônico. Os ácidos fenólicos foram os metabólitos majoritários recuperados na urina, principalmente o ácido hipúrico. Ainda, os metabólitos de fase II apresentaram maior excreção entre o período de 4-8h e 8-12h (13 a 27% do total de metabólitos excretados). Não foi observada diferença significante (p<0,05) no total de metabólitos de naringenina e hesperitina excretados na urina durante o período de 24 h entre os dois grupos e para os sucos de laranja, nem para o total de metabólitos, provavelmente devido à grande variabilidade interindividual na excreção. Assim, não foi observada diferença entre a metabolização de flavanonas de laranja entre os eutróficos e obesos e nenhuma correlação com os parâmetros antropométricos avaliados

Oranges and orange juices contain bioactive compounds, such as flavonoids, mainly the flavanones hesperidin and narirutin, which may be related to the promotion and health benefits. The absorption and metabolization of flavonoids can be affected by several factors such as the gut microbiota and anthropometric parameters, which may affect its bioactivity. Thus, the aim of this study was to compare the metabolism and excretion of flavonoids among eutrophic and obese people after ingestion of two pasteurized orange juice obtained from cvs. Pera and Moro. In a randomized cross-over study 20 eutrophic volunteers and 10 obese volunteers, aged 19-40 years, consumed a single dose of 600 mL of each juice. The metabolites of flavanones and anthocyanins were identified and quantified in urine collected at different time points for 24 hours. No significant difference in intestinal permeability was observed between groups. Eight Phase II metabolites of hesperitin and naringenin, mainly mono and diglycerides and sulfates, and three phenolic catabolites of flavanones formed by the gut microbiota were detected and identified, among them hippuric acid, protocatecuic acid and 3- (3-hydroxyphenyl) ) -3-hydroxypropionic acid. Phenolic acids were the major metabolites recovered in urine, mainly hippuric acid. Furthermore, phase II metabolites had greater excretion between the period of 4-8h and 8-12h (13-27% of total metabolites excreted). No significant difference (p <0.05) was observed in the total of naringenin and hesperitin metabolites excreted in the urine during the 24 h period between the two groups, probably due to interindividual variability in excretion. Thus, no difference was observed on metabolism of flavanones between the eutrophic and obese and no correlation was observed with the anthropometric parameters evaluated
Descritores: Flavonoides/análise
Citrus sinensis/efeitos adversos
Sucos de Frutas e Vegetais/efeitos adversos
-Flavanonas/classificação
Estilo de Vida Saudável
Hesperidina/classificação
Obesidade/dietoterapia
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T641.3431, N724e. 30100022558-F


  8 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-997272
Autor: Pereira, Jessica Ramos Rocha.
Título: Efeito da ingestão de sucos de laranja, variedades Moro e Pera, sobre o estresse oxidativo de camundongos saudáveis e com resistência à insulina induzida por dieta hiperlipídica e hiperglicídica / Effect of orange juices intake, cv. Moro and Pera, in oxidative stress of healthy and insulin resistant mice induced by high-fat and high carbohydrate diet.
Fonte: São Paulo; s.n; 2019. 92 p. graf, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: As laranjas, das variedades Moro e Pera, são conhecidas por sua composição de flavonoides, em especial, a subclasse flavanona, além das antocianinas na laranja Moro. Ambas as subclasses apresentam capacidade antioxidante, anti-inflamatória e hipolipidêmica, podendo atenuar as alterações metabólicas decorrentes do consumo de uma dieta hiperlipídica e hiperglicídica. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da ingestão de sucos de laranja, das variedades Moro e Pera, sobre os parâmetros oxidativos de camundongos saudáveis e com resistência à insulina, esta última induzida por uma dieta hiperlipídica e hiperglicídica. Camundongos machos, da linhagem C57Bl/6, foram distribuídos em seis grupos, três grupos receberam uma dieta controle e três grupos uma dieta hiperlipídica e hiperglicídica, durante 12 semanas. Concomitante às dietas, dois grupos de cada tratamento receberam suco de laranja Pera e o outro suco de laranja Moro em substituição à água de beber. Na 10ª e 11ª semana, foram realizados o ipITT e o ipGTT. No final do tratamento, foram coletados o sangue, fígado e coração. As flavanonas majoritárias caracterizadas em ambos os sucos foram a narirutina e hesperitina. Além das flavanonas, a cianidina 3-glucosídeo foi a antocianina majoritária no suco de laranja Moro. O consumo de dieta hiperlipídica e hiperglicídica acarretou em ganho de peso e adiposidade corporal, além de alterações metabólicas, como intolerância à insulina e a glicose, com o desenvolvimento da resistência insulínica, de acordo com o índice de HOMA-IR. Contudo, o suco de laranja, da variedade Pera, foi capaz de atenuar os parâmetros metabólicos como a sensibilidade à insulina, além da adiposidade e peso corporal. No tecido hepático, foi observado redução da peroxidação lipídica e da expressão proteica da enzima catalase nos animais tratados com dieta hiperlipídica e hiperglicídica, quando comparado à dieta controle; e aumento na atividade de superóxido dismutase no tecido cardíaco. Não se observou diferenças significativas nas demais enzimas antioxidantes, bem como no dano oxidativo ao DNA avaliado pelo ensaio do cometa. No tecido cardíaco, foi observado aumento da peroxidação lipídica e de glutationa peroxidase nos animais tratados com dieta controle mais suco de laranja Pera e suco de laranja Moro, respectivamente. Assim, a dieta hiperlipídica e hiperglicídica não acarretou em estresse oxidativo e, de maneira geral, os sucos não alteraram este quadro. Como conclusão, o suco de laranja Pera, atenuou as alterações metabólicas relacionadas ao metabolismo de carboidratos, mas não alterou os parâmetros de estresse oxidativo

Oranges, Moro and Pera varieties, are known for their composition of flavonoids, especially the subclass flavanone, beyond the anthocyanins in the Moro variety. Both subclasses present antioxidant, anti-inflammatory and hypolipidemic capacities, and may attenuate the metabolic alterations due to the consumption of a hyperlipidemic and hyperglycemic diet. Thus, the objective of this study was to evaluate the effect of orange juice intake, Moro and Pera varieties, on the oxidative parameters of insulin resistant mice induced by a high-fat and high carbohydrate diet. Mice (C57Bl/6 strain) were distributed in six groups: three groups received a control diet and three groups received a high-fat and high carbohydrate diet during 12 weeks. Concomitantly to the diets, two groups of each treatment received Pera and Moro orange juice in replacement of water. The ipITT and ipGTT were done at 11 e 12 week. At the ending of the treatment, blood, liver and heart were collected. The flavanones narirutine and hesperitin were the major flavanones in both juices. In addition, cyanidin 3-glycoside was the major anthocyanin in Moro orange juice. The consumption of high-fat and high carbohydrate diet resulted in weight gain and body adiposity, and metabolic alterations, such as decrease in insulin tolerance and development of insulin resistance, according to the HOMA-IR index. However, orange juice of the Pera variety was able to attenuate metabolic parameters increasing insulin sensitivity and decreasing adiposity and body weight. In hepatic tissue, decrease on lipid peroxidation and protein expression of the catalase were observed in animals treated with high-fat and high carbohydrate diet when compared to the control diet; and an increase activity of the superoxide dismutase in cardiac tissue. No significant differences were observed in the other antioxidant enzymes, as well as in the oxidative DNA damage assessed by the comet assay. In cardiac tissue, lipid peroxidation and glutathione peroxidase were increased in animals treated with control diet plus Pera and Moro orange juice, respectively. Thus, the high-fat and high carbohydrate diet did not promote oxidative stress and, in general, the juices did not alter oxidative parameters. In conclusion, Pera orange juice attenuate the metabolic alterations related to the metabolism of carbohydrates, but not alter oxidative stress parameters
Descritores: Estresse Oxidativo
Citrus sinensis/classificação
Dieta Hiperlipídica/efeitos adversos
Sucos de Frutas e Vegetais/efeitos adversos
-Resistência à Insulina
Comportamento de Ingestão de Líquido
Obesidade
Limites: Animais
Masculino
Camundongos
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T641.3431, P436e. 30100022556-F


  9 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-951865
Autor: Nunes, Patrícia Mayra Pavan; Silva, Cristiane Bezerra da; Paula, Cristiane da Silva; Smolarek, Fernanda Ferreira; Zeviani, Walmes Marques; Chaves, Suelen Cristina; Lorini, Fernando; Dias, Josiane de Fátima Gaspari; Miguel, Obdulio Gomes; Zanin, Sandra Maria Warumby; Miguel, Marilis Dallarmi.
Título: Residues of Citrus sinensis (L. ) Osbeck as agents that cause a change in antioxidant defense in plants
Fonte: Braz. j. pharm. sci;51(2):479-493, Apr.-June 2015. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: This work aimed to verify the allelopathic potential of the extract of Citrus seeds, for the purpose of adding a sustainable value to the fruit seeds toward their use as industrial residues. The extract was obtained with a Soxhlet apparatus by using hexane, chloroform, and methanol as solvents. The hexane extract of the Citrus seeds primarily consisted of linoleic acid (36.6%), followed by α-linoleic acid (25.3%), oleic acid (17.8%), palmitic acid (9.7%), and estearic acid (3.3%). The analysis results indicate that the oil is similar to those used in the cosmetics and food industries and has an economic value from its industrial application. In addition, the use of the oil causes changes in the oxidant balance, germination, and growth of plants

Este trabalho teve como objetivo verificar o potencial alelopático do extrato de sementes de Citrus, com o objetivo de agregar valor sustentável para a semente de frutas para a sua utilização como resíduo industrial. O extrato foi obtido com aparelho de Soxhlet, utilizando hexano, clorofórmio e metanol como solventes. O extrato hexânico das sementes de Citrus constituiu principalmente por ácido linoleico (36,6%), seguido por ácido α-linoleico (25,3%), ácido oleico (17,8%), ácido palmítico (9,7%) e ácido esteárico (3,3%). As análises indicam que o óleo é semelhante aos utilizados na indústria de cosméticos e de alimentos, tem valor econômico para a utilização na indústria e seu uso provoca alterações no equilíbrio oxidativo, germinação e crescimento
Descritores: Citrus sinensis/efeitos adversos
Alelopatia
Antioxidantes
-Sementes/classificação
Óleos Vegetais/classificação
Resíduos Industriais/análise
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas


  10 / 78 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-780751
Autor: León Méndez, Glicerio; Osorio Fortich, María del Rosario; Martínez Useche, Sonia Ruby.
Título: Comparación de dos métodos de extracción del aceite esencial de C itrus sinensis L / Comparison of two methods for extraction of essential oil from Citrus sinensis L
Fonte: Rev. cuba. farm;49(4):0-0, oct.-dic. 2015. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Objetivos: evaluar la composición química, propiedades fisicoquímicas del aceite esencial de la especie vegetal Citrus sinensis L, obtenidos mediante hidrodestilación e hidrodestilación asistida por la radiación con microondas, así mismo realizar una comparación entre los dos métodos de extracción utilizados. Método: los aceites esenciales se obtuvieron por hidrodestilación e hidrodestilación asistida por radiación con microondas, a partir del pericarpio de los frutos; se determinó densidad relativa a 20 °C, índice de refracción; solubilidad de los aceites esenciales en etanol 70 por ciento (v/v). La composición química se evaluó mediante cromatografía de gases/espectrómetro de masa. Resultados: los rendimientos oscilaron entre 0,51 y 0,42 por ciento, dependiendo del método de extracción utilizado. El aceite esencial extraído del Citrus sinensis L presentó como componente mayoritario el limoneno, independientemente de la metodología de extracción utilizada. Se obtuvo un mayor contenido de aceite esencial cuando se empleó la extracción mediante hidrodestilación asistida por microondas, en comparación con la hidrodestilación convencional. Conclusiones: el rendimiento del aceite esencial de Citrus sinensis L (Naranja) es dependiente del método de extracción utilizado para su obtención, se demuestra que la hidrodestilación asistida por microondas es un método rápido y eficiente en comparación con la hidrodestilación convencional(AU)

Objectives: to assess the chemical composition and physicochemical properties of essential oil of the plant species Citrus sinensis L, obtained by hydrodistillation and microwave radiation-assisted hydrodistillation, and to make a comparison between two extraction methods used. Methods: essential oils were extracted by distillation and microwave radiation-assisted hydrodistillation from the fruit pericarp; relative density at 20 °C, refractive index and the essential oils solubility in ethanol (70 percent v/v) were determined. The chemical composition was assessed using chromatography mass spectrometer/gas. Results: the yields ranged from 0,51 to 0,42 percent, depending on the extraction method used. The essential oil of Citrus sinensis L. by both methods had limonene as a major component. A higher content of essential oil was obtained when the microwave radiation-assisted method was used compared with the conventional hydrodistillation. Conclusions: the yield of the essential oil from Citrus sinensis L. (Orange) depends on method of extraction used; microwave-assisted hydrodistillation is faster and more efficient method than the conventional hydrodistillation(AU)
Descritores: Óleos Voláteis/uso terapêutico
Citrus sinensis
-Colômbia
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional



página 1 de 8 ir para página                    
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde