Base de dados : LILACS
Pesquisa : B03.440.450.600.450 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 42 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 5 ir para página              

  1 / 42 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-506765
Autor: Alarco Castro, Raúl Rodrigo; Cavero Chávez, Vanessa Yohana; Hernández Díaz, Herminio Renán; Tapia Egoávil, Elena Zoraida.
Título: Sensibilidad antibiótica de cepas de Haemophilus spp aisladas de pacientes pediátricos en un hospital general entre los años 2003-2006 / Antibiotic sensitivity of Haemophilus spp strains isolated from pediatric patients at a general hospital during 2003 to 2006
Fonte: Rev. méd. hered;19(2):61-67, abr.-jun. 2008. tab.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo: Determinar la sensibilidad antibiótica de cepas de Haemophilus spp aisladas de pacientes pediátricos en unhospital general entre los años 2003 y 2006. Materiales y métodos: Estudio descriptivo retrospectivo en el que seincluyeron cultivos positivos de Haemophilus spp. Se revisaron las historias clínicas de los pacientes de los cuales provenían los cultivos. Resultados: Se encontraron 37 cultivos positivos para Haemophilus spp, entre los cuales se encontró mayor sensibilidad a levofloxacino (100%), ampicilina/sulbactam (92%), carbapenems (95%) y ciprofloxacino (85%). La sensibilidad a los antibióticos más usados contra esta bacteria fue menor: ampicilina (73%), ceftriaxona (77%), cloramfenicol (78%) y azitromicina (62%). Se comparó la resistencia de las cepas que causaron neumonía y meningoencefalitis, encontrándose similar sensibilidad a lo ya presentado. En relación a losfactores asociados a resistencia a antibióticos específicos no se encontró diferencias importantes por tratarse degrupos pequeños, pues de los 37 cultivos, sólo se encontraron 18 historias clínicas. Conclusión: La resistencia a antibióticos de primera línea (ampicilina y cloramfenicol) es baja. Ampicilina/sulbactam es el antibiótico que presentó menor resistencia. Se necesitan estudios más amplios para determinar factores asociados a resistencia.

Objective: To determine the antibiotic sensitivity of Haemophilus spp strains isolated from pediatric patients at ageneral hospital during 2003 to 2006. Material and methods: We conducted a descriptive, retrospective study. Weinclude Haemophilus spp positive cultures, as well as the medical charts of the patients which those cultures wereisolated from. Results: 37 positive cultures were found; the greatest sensitivity was recorded with levofloxacin (100%), ampicillin/sulbactam (92%), carbapenems (95%) and ciprofloxacin (85%). Sensitivity to the most commonly used antibiotics was lower: for ampicillin (73%), for ceftriaxone (77%), for cloramphenicol (78%) and for azithromycin (62%). Comparison of antibiotic resistance between strains which caused pneumonia andmeningoencefalitis was made, and results were similar to those already presented. When looking for associatedfactors to antibiotic resistance, no significant differences were found because of the small groups (only 18 charts of 37 positive cultures were found). Conclusions: The resistance to first-line antibiotics is relatively low. Ampicillin/sulbactam is the antibiotic with less resistance. Bigger studies are needed to determine relevant associated factors.
Descritores: Farmacorresistência Bacteriana
Haemophilus
Testes de Sensibilidade Microbiana
-Epidemiologia Descritiva
Estudos Retrospectivos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  2 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-463400
Autor: Irino, Kinue.
Título: Análise dos aspectos da microbiologia / Analysis of microbiologu aspects
Fonte: In: São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Centro de Vigilância Epidemiológica. Relatório do seminário sobre febre purpúrica do Brasil. São Paulo, s.n, 1986. p.55-61.
Idioma: pt.
Descritores: Haemophilus
Microbiologia
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
3BR91.2, S239r. 3BR91.2


  3 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-463399
Autor: Barbieri Neto, José.
Título: Aspectos anatomopatológicos encontrados nos casos / Anatomopathologic aspects joined at cases
Fonte: In: São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Centro de Vigilância Epidemiológica. Relatório do seminário sobre febre purpúrica do Brasil. São Paulo, s.n, 1986. p.49-54, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Estudos de Casos e Controles
Haemophilus
Meningoencefalite
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W3, S239r


  4 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-463397
Autor: Germano Neto, João.
Título: Aspectos epidemiológicos dos casos e suspeitos em Serrana / Epidemiologic aspects of cases and suspected at Serrana
Fonte: In: São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Centro de Vigilância Epidemiológica. Relatório do seminário sobre febre purpúrica do Brasil. São Paulo, s.n, 1986. p.35-45, tab, graf.
Idioma: pt.
Descritores: Estudos de Casos e Controles
Haemophilus
Perfis Sanitários
-Meningite Meningocócica
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W3, S239r


  5 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-463396
Autor: Rocha, Gutemberg de Melo.
Título: Aspectos clínicos: experiência em Ribeirão Preto / Clinical aspects: experiences at Ribeirão Preto
Fonte: In: São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Centro de Vigilância Epidemiológica. Relatório do seminário sobre febre purpúrica do Brasil. São Paulo, s.n, 1986. p.27-34, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Febre
Haemophilus
Perfil de Saúde
Limites: Humanos
Criança
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W3, S239r


  6 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-463395
Autor: Kuschnarof, Tuba Milstein.
Título: Aspectos clínicos: experiência em Promissão / Clinical aspects: Promissão experience
Fonte: In: São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Centro de Vigilância Epidemiológica. Relatório do seminário sobre febre purpúrica do Brasil. São Paulo, s.n, 1986. p.22-26.
Idioma: pt.
Descritores: Estudos de Casos e Controles
Febre
Haemophilus
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W3, S239r


  7 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-463393
Autor: São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. Centro de Vigilância Epidemiológica.
Título: Relatório do seminário sobre febre purpúrica do Brasil / Written report seminary about fever purpura from Brazil.
Fonte: São Paulo; s.n; 1986. 96 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Seminário sobre Febre Purpúrica do Brasil, São Paulo, 4 jun.1986.
Descritores: Brasil
Congresso
Haemophilus
Proteobactérias
Púrpura
Monitoramento Epidemiológico
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W3, S239r


  8 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Brandileone, Maria Cristina de Cunto
Vieira, Vera Simonsen Dias
Id: lil-157328
Autor: Vieira, Maria de Fatima Paiva; Mezzacapa Neto, Braz; Landgraf, Ilka Maria; Buschinelli, Sonia Shizue Okita; Tondella, Maria Lucia Cecconi; Brandileone, Maria Cristina de Cunto; Vieira, Vera Simonsen Dias.
Título: Bacterias do genero Haaemophilus isoladas de sangue e identificadas na Secao de Bacteriologia, Instituto Adolfo Lutz, no periodo de 1979 a 1991 / Bacteria of the genus Haemophilus isolated from blood in the Section of Bacteriology, Instituto Adolfo Lutz in the period of 1979 to 1991
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;54(2):88-92, 1994. tab.
Idioma: pt.
Resumo: De culturas de sangue foram isoladas e identificadas 267 amostras bacterianas do genero Haemophilus, na Secao de Bacteriologia do Instituto Adolfo Lutz - Sao Paulo no periodo de 1979 a 1991. H.Influenzae correspondeu a 91,0 por cento (243 cepas) da totalidade dos casos com a predominancia do biotipo I (65,9 por cento) seguido dos biotipos II(29,6 por cento), III(2,1 por cento), IV(0,8 por cento) e V(1,6 por cento). Na quase totalidade das cepas o sorotipo b prevaleceu (93,0 por cento) e apenas uma amostra bacteriana foi foi caracterizada como sorotipo f. H.Influenzae biogrupo aegyptus ocorreu em 7,5 por cento dos casos, tendo as 20 cepas isoladas apresentado as caracteristicas fenotipicas e genotipicas do agente etiologico da Febre Purpurica Brasileira. O H.parainfluenzae foi identificado em 4 amostras, 2 delas pertencendo ao biotipo I, outras aos biotipos II e V. Considerando o numero de amostras de sangue de cada paciente, pode-se observar que em 29,5 por cento dos casos o agente etiologico nao se desenvolveu na totalidade das mesmas, indicando a necessidade de amostras multiplas de sangue para o diagnostico de doencas invasivas
Descritores: Bactérias/isolamento & purificação
Sangue
Haemophilus
-Haemophilus influenzae
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  9 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Rocha, Marilu Mendes Moscardini
Id: lil-141022
Autor: Raskin, Mathilde; Rocha, Marilu Mendes Moscardini; Landgraf, Ilka Maria; Mezzacapa Neto, Braz.
Título: Incidência do gênero haemophilus nas conjuntivites purulentas em crianças na regiäo de Campinas, SP / Incidence of the genus Haemophilus in purulent conjunctivits in children in the region of Campinas, SP
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;53(1/2):59-62, 1993. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo de 354 conjuntivites purulentas, em crianças com menos de 10 anos de idade, na regiäo de Campinas, teve como objetivo principal verificar a presença do Haemophilus influenzae biogrupo aegyptius incriminado como o agente etiológico da Febre Purpúrica Brasileira nessa populaçäo. Dentre as 264 bactérias identificadas, este microorganismo foi observado em 16,29 por cento , o Haemophilus influenzae em 34,09 por cento , Staphylococcus aureus em 10,61 por cento e Staphylococcus sp. em 14,39 por cento dos casos. A maior positividade desses casos ocorreu entre a faixa etária de 0(zero) a 2(dois) anos(60,27 por cento ). A distribuiçäo sazonal indicou a prevalência do Haemophilus influenzae no período de clima frio e do Haemophilus influenzae biogrupo aegyptius no período de clima quente
Descritores: Conjuntivite Bacteriana
Haemophilus
Haemophilus influenzae
Incidência
-Brasil
Limites: Criança
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  10 / 42 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1078064
Autor: Barros Neto, Alexandre Luiz de Almeida.
Título: Vulvovaginites e cervicites / Vulvovaginitis and cervicitis
Fonte: In: São Paulo(Estado). Secretaria da Saúde. DTN. Grupo da Saúde da Mulher. Subprograma de saúde da mulher: assistência ginecológicai. São Paulo, s.n, s.d. p.86-91. (Saúde da Mulher, v.4).
Idioma: pt.
Descritores: Candidíase
Haemophilus
Trichomonas
Trichomonas vaginalis
Vaginite por Trichomonas
Vulvovaginite
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; WA309, S239a, 1986, v.4



página 1 de 5 ir para página              
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde