Base de dados : LILACS
Pesquisa : B03.510.024.049.525.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 187 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 19 ir para página                         

  1 / 187 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1147225
Autor: Carvalho, Natalia Fernandes Garcia de.
Título: Utilização do sistema MGIT 960 TB eXIST como teste de suscetibilidade a fármacos para Mycobacterium abscessus e análise de possível interferentes genéticos no perfil de resistência / Use of the MGIT 960 TB eXIST system as a drug susceptibility test for Mycobacterium abscessus and analysis of possible genetic interferences in the resistance profile.
Fonte: São Paulo; s.n; 2019. 116 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: As espécies do grupo Mycobacterium abscessus (MAG) podem causar infecções em diferentes órgãos e tecidos, sendo M. abscessus a terceira micobactéria não tuberculosa mais isolada, e são responsáveis por 80% das infecções pulmonares causadas pelas micobactérias de crescimento rápido (MCR). Suas infecções são de difícil resolução devido a sua resistência intríseca e adquirida à maioria das classes de antibióticos usualmente utilizados, tornando este grupo de grande preocupação para a saúde pública. O teste de suscetibilidade aos antimicrobianos (TSA) é recomendado para auxiliar na escolha terapêutica e a única metodologia validada é a concentração inibitória mínima, recomendada pelo Clinical & Laboratory Standards Institute. Este projeto teve como objetivo avaliar o TSA pelo sistema automatizado BACTEC MGIT 960/TB eXiST para isolados do MAG. Além disso, foi avaliada a presença de plasmídeos. A cepa M. abscessus ATCC 19977 foi utilizada para desenvolver o protocolo e, subsequentemente, o TSA foi realizado para 31 isolados de MAG frente a quatro antibióticos tanto pelo sistema BACTEC MGIT 960/TB eXiST quanto pelo método padrão REMA. A comparação entre os dois métodos mostrou que não houve erros críticos. No geral, o sistema BACTEC MGIT 960/TB eXiST forneceu corretamente as informações clinicamente relevantes, com a única exceção sendo uma discrepância menor. Todos os isolados testados foram sensíveis (4 µg/mL) a amicacina, com a exceção de um isolado resistente. Para imipenem, todos os isolados foram resistentes (32 µg/mL), enquanto para cefoxitina apenas dois isolados foram sensíveis (16 µg/mL). Em relação a claritromicina, 14 isolados foram sensíveis (2 µg/mL) enquanto os restantes foram resistentes (8 µg/mL). A ánalise genômica evidenciou que apenas dois isolados apresentaram plasmídeos. O isolado 381 apresentou dois contigs, sendo um deles idêntico ao fago Adler, enquanto o isolado 1189 apresentou um único contig com diversos mecanismos de defesa celular, incluindo uma metalo beta-lactamase. Este estudo descreve um 7 protocolo de TSA para MCR pelo sistema MGIT 960/TB eXiST e que a aplicação do método a um conjunto de isolados clínicos demonstrou que o sistema é confiável e altamente reprodutível.
Descritores: Mycobacterium abscessus
Anti-Infecciosos
Mycobacterium
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4


  2 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1145869
Autor: Pedace, Carolina Salgado.
Título: Desenvolvimento de método rápido de detecção de gene de resistência a claritromicina para o grupo Mycobacterium abscessus por PCR em tempo real / Development of a rapid method for detecting the clarithromycin resistance gene for the Mycobacterium abscessus group by real-time PCR.
Fonte: São Paulo; s.n; 2020. 125 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O grupo Mycobacterium abscessus (MAG) é a principal causa de infecções pulmonares e extrapulmonares entre as micobactérias de crescimento rápido. Para determinar a resistência à claritromicina (CLA), o método de concentração inibitória mínima (CIM) é realizado, no entanto, as leituras são feitas após três e 14 dias de incubação para detectar a resistência induzida (RI). A suscetibilidade a CLA é detectada pela deleção ou polimorfismo no gene erm(41). Quando o genótipo é selvagem (T28), a RI à claritromicina é verificada, enquanto para C28 não é observada. O presente estudo tem como objetivo padronizar um ensaio Taqman de PCR em tempo real (qPCR) para detecção do polimorfismo T28C e compará-lo aos resultados obtidos do sequenciamento do gene erm(41). O total de 207 isolados de MAG que preencheram os critérios bacteriológicos da American Thoracic Society, foi recebido no IAL entre 2010 e 2012. Os isolados foram identificados pelo método PRA-hsp65 como M. abscessus tipo 1 (n=135, 65,2%) e M. abscessus tipo 2 (n=72, 34,8%) e submetidos ao CIM para CLA com leitura nos dias três e 14. A PCR convencional foi utilizada para detecção da deleção; o sequenciamento do gene erm(41) foi realizado para detectar a mutação T28C; o sequenciamento dos genes rpoB e hsp65 foram utilizados para identificação das subespécies e o sequenciamento do gene rrl foi feito para detecção da mutação A2058G (resistência adquirida). A sequência de MAG EU590129 foi submetida ao Centro de Treinamento da empresa Thermo Fisher Scientific, a qual customizou o ensaio e forneceu os parâmetros de corrida. Dos 207 isolados, 33 eram M. a. massiliense, 136 M. a. abscessus e 38 M. a. bolettii pelo sequenciamento do gene rpoB, que apresentou sete (3,38%) isolados discordantes em relação ao sequenciamento do gene hsp65. Nenhum isolado apresentou mutação no gene rrl. No sequenciamento de erm(41), 197 isolados foram T28 e 10 C28, assim como na qPCR. Na comparação dos perfis genéticos com o perfil de suscetibilidade foram encontrados 10 isolados com resultados discordantes (4,8%), sendo nove isolados sensíveis com gene erm(41) selvagem e um...(AU)
Descritores: Suscetibilidade a Doenças
Mutação
Mycobacterium
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, P371d


  3 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1128537
Autor: García, Ada Yosleny; Jiménez, Pedro Luis; Rodríguez M, Gaspar.
Título: Caracterización clínica epidemiológica de tuberculosis infantil, Región Sanitaria Metropolitana del Distrito Central, Honduras / Epidemiological and clinical characteristics of tuberculosis in children, Central District Metropolitan Health Region, Honduras
Fonte: Rev. méd. hondur;88(1):22-26, ene.- jun. 2020. tab.
Idioma: es.
Resumo: En 2015, la tasa global de incidencia de tuberculosis por 100,000 habitantes fue 43 en Honduras y 29 en el Municipio del Distrito Central. Objetivo: Caracterizar clínica y epidemiológicamente los casos de tuberculosis infantil, Región Sanitaria Metropolitana del Distrito Central (RSMDC), 2016. Métodos: Estudio descriptivo transversal. Se revisaron las Fichas de Notificación de Casos de Tuberculosis en pacientes menor o igual a18 años, registrados durante 2016. Se analizaron variables sociodemográficas y clínicas. Se diseñó una base de datos en EpiInfo 7.2.1. Se obtuvo autorización institucional. La información personal de los casos se manejó confidencialmente. Resultados: Del total de 400 fichas registradas, 13 (3.2%) contenían información completa. La caracterización se realizó a partir de estos 13 casos, 53.8% eran niñas, 46.2% entre 15 y 18 años. En 67% el diagnóstico fue clínico, 27% tenía tuberculosis pulmonar y 16.7% extrapulmonar. El método de diagnóstico más utilizado fue baciloscopía (38.5%). Todosrecibieron tratamiento básico primario, sin comorbilidades, no vivían en condición de riesgo o pertenecían a grupo de riesgo; no presentaron recaídas ni co-infección VIH. Discusión: El sistema de notificación de casos en RSMDC denota un déficit extraordinario e inaceptable en el registro de la información. Aunque la caracterización realizada puede estar sesgada por el número reducido de casos, sus características son similares a lo descrito para la tuberculosis infantil. Es imperativo fortalecer la vigilancia epidemiológica de la tuberculosis en Honduras con énfasis en la tuberculosis infantil y la detección y tratamiento de los contactos...(AU)
Descritores: Tuberculose/epidemiologia
Mycobacterium
-Tuberculose dos Linfonodos/complicações
Tuberculose Pulmonar
Limites: Humanos
Criança
Adolescente
Responsável: HN1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  4 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1041815
Autor: Tützer, Silvia; Posse, Tamara; Paul, Roxana; Monteserin, Johana; Pérez, Hector; Kaufman, Sara.
Título: Endocarditis infecciosa por Mycobacterium mageritense asociada a dispositivo cardíaco electrónico / Electronic cardiovascular device-associated to infective endocarditis caused by Mycobacterium mageritense
Fonte: Rev. argent. microbiol;51(1):22-25, mar. 2019. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Las micobacterias de crecimiento rápido son una rara causa de endocarditis bacteriana. Durante las últimas décadas han aumentado las infecciones debido a este tipo de micobacterias, en especial las postraumáticas y las posquirúrgicas. Estas infecciones pueden ser localizadas o diseminadas, y también pueden producir brotes nosocomiales debido a la contaminación del equipamiento médico. Por lo general, las tinciones para bacterias ácido-alcohol resistentes no se emplean de rutina en el procesamiento de hemocultivos positivos. Sin embargo, el microbiólogo debe estar atento al ver un bacilo gram positivo, ya que podría tratarse de una micobacteria de crecimiento rápido. Describimos un caso de endocarditis por de Mycobacterium mageritense en una paciente con parche pericárdico autógeno y un catéter para medir la presión en la aurícula izquierda. La bacteria fue identificada por espectrometría de masas (MALDI-TOF MS), score 2,3, y luego confirmada por secuenciación y análisis del gen ARNr 16s con las bases de datos del NCBI y EzTaxon, con una concordancia del 99,8 y el 100%, respectivamente.

Rapidly growing non-tuberculosis mycobacteria are a rare cause of bacterial endocarditis. During the last decades, there has been an increase in infections due to rapidly growing mycobacteria, mainly after trauma and post-surgical procedures, both localized and disseminated, as well as nosocomial outbreaks due to contamination of medical equipment. Routine acid-fast staining for blood culture bottles is not always performed; however, the microbiologist should be aware of potential RGM infections especially when gram positive bacilli are observed. We describe a case of endocarditis caused by Mycobacterium mageritense in a patient with an autologous pericardial patch and a pressure catheter in the left auricle. The bacterial species was identified as Mycobacterium mageritense by mass spectrometry (MALDI-TOF MS), score 2.3, and confirmed by 16S rRNA analysis with 99.8 and 100% agreement, respectively.
Descritores: Endocardite Bacteriana/microbiologia
Infecções Relacionadas a Cateter/diagnóstico
Mycobacterium/isolamento & purificação
-Espectrometria de Massas/métodos
RNA Ribossômico 16S/análise
Infecções Relacionadas a Cateter/terapia
Hemocultura/métodos
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR635.1 - FCVyS - Servicio de Información y Documentación


  5 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-688223
Autor: Carvalho, Natalia Fernandes Garcia de; Ferrazoli, Lucilaine; Riveron, Maria Beatriz Acosta; Chimara, Erica.
Título: Caracterização dos surtos causados pelo grupo Mycobacterium abscessus / Characterization of the outbreaks caused by the Mycobacterium abscessus
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;71(2):228-236, abr.-jun. 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O gênero Mycobacterium contempla espécies do complexo M. tuberculosis e as denominadas micobactérias não tuberculosas (MNT). As micobactérias, quando em contato com o homem e alguns animais, podem causar doenças por meio de quebra da barreira do hospedeiro. Em virtude de sua natureza ambiental e muitas vezes oportunista, as micobactérias de crescimento rápido podem causar infecções nosocomiais, e com maior frequência pela espécie Mycobacterium abscessus. O M. abscessus causa diversos tipos de infecções teciduais e é altamente resistente à maioria dos quimioterápicos. Foi realizada uma revisão da literatura sobre os surtos de ocorrência nacional e internacional, com o objetivo de averiguar as principais causas que facilitaram a sua proliferação. Em 28 publicações, foram descritas as características das MNTe 15 trabalhos foram referentes ao relato de surtos, dos quais três nacionais associados aos procedimentos clínicos invasivos e 12 internacionais, correlacionados aos procedimentos médicos não invasivos. Todos os artigos relataram a frequente ocorrência de práticas inadequadas de limpeza, de procedimentos ede desinfecção. Estes fatos mostram a necessidade de sistema de qualidade mais eficiente e de estudosadicionais sobre a natureza do agente patogênico para tomada de medidas profiláticas mais efetivas.
Descritores: Crescimento Bacteriano
Mycobacterium
Surtos de Doenças
Responsável: BR76.1 - Biblioteca


  6 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-688206
Autor: Souto, Aline da Silva Soares; Sabagh, Bruna Peres; Abreu, Alessandra Oliveira de; Silva, Sérgio Alves da; Pereira, Daniella Cristina Rodrigues; Neves, Marta de Campos; Pinheiro, Rodrigo Rollin; Duarte, Rafael Silva; Miyazaki, Neide Hiromi Tokumaru; Villas Bôas, Maria Helena Simões.
Título: Tolerância de Mycobacterium abscessus subsp. bolletii a desinfetantes de alto nível / Tolerance of Mycobacterium abscessus subsp. bolletii to high-level disinfectants
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;71(2):362-371, abr.-jun. 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Mycobacterium abscessus subps. bolletii (clone BRA100), entre outras micobactérias de crescimento rápido (MCR), tem sido isolada como agente etiológico de infecções localizadas e sistêmicas no Brasil. Neste estudo, foi avaliada a suscetibilidade de MCR pelo método confirmatório para Avaliação da Atividade Micobactericida de Desinfetantes frente a produtos à base de glutaraldeído, ácido peracético e ortoftalaldeído. Todos os produtos foram utilizados nas concentrações recomendadas pelos fabricantes.Foram avaliadas cinco cepas clínicas pertencentes ao clone BRA100, juntamente com as cepas de referência M. abscessus ATCC 19977, M. chelonae ATCC 35752, M. fortuitum ATCC 6841 e M. abscessus subps.bolletii INCQS 00594. Os três desinfetantes à base de glutaraldeído não foram eficazes contra M. abscessuse M. abscessus subps. bolletii. Os desinfetantes à base de ácido peracético demonstraram eficácia para todasas micobactérias empregadas, embora as cepas do clone BRA100 tenham demonstrado suscetibilidade reduzida ao ácido peracético B. O produto à base de ortoftalaldeído foi eficaz apenas frente a M. chelonae.Visando a redução de infecções nosocomiais, sugere-se que seja suspenso o uso de produtos à base de glutaraldeído como desinfetante de alto nível para quaisquer finalidades.
Descritores: Desinfetantes
Infecção Hospitalar
Mycobacterium
Responsável: BR76.1 - Biblioteca


  7 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-719131
Autor: Ramonda C, Paulina; Pino Z, Paulina; Cantillana R, Patricia.
Título: Formularios de baciloscopía: ¿son un instrumento adecuado para el diagnóstico oportuno y seguimiento de la tuberculosis? / Smear forms: an appropriate instrument for early diagnosis and monitoring of tuberculosis?
Fonte: Rev. chil. enferm. respir;30(2):103-110, jun. 2014. tab.
Idioma: es.
Resumo: Background: Smear forms (BK) should provide some crucial patient's information that permits the laboratory to select the appropriate bacteriological techniques for each case, a process that would fail if such information was inaccurate or omitted. Objective: To evaluate the quality of information contained in BK forms sent to laboratory for individual's diagnosis or treatment monitoring of tuberculosis (TB) in the Chilean Health Services. Methods: Descriptive study based on secondary data of all forms of smear-positive (BK+) in 2012 (n = 232) obtained from the population allocated to the South Metropolitan Health Service. BK+ forms were matched to BK+ cases handled in the TB program to assess the validity or omission of information on treatment situation (previous or current) and the current follow-up time. Results: Diagnostic BK were 62.9% (16.4% with previous treatment); of these 74.7% correctly reported a history of TB treatment but in patients previously treated the percentage falls to 66.7%. Among those under treatment control 26.7% were classified as previously treated and 43% did not recorded the follow-up time. Discussion: BK forms omit or incorrectly recorded fundamental information that should lead the laboratory procedures. As the finding of TB involves each and every one in the health personnel, we recommend continuous training stressing the inclusion of treatment's history and risk factors while the forms should avoid ambiguity.

Introducción: El formulario de baciloscopía (BK) debe aportar información esencial para que el laboratorio seleccione las técnicas bacteriológicas correspondientes, las cuales dejan de realizarse si ésta es incorrecta u omitida. Objetivo: Evaluar la calidad de la información contenida en los formularios de BK enviados al laboratorio para diagnóstico o control de tratamiento de la tuberculosis (TB) en los servicios de salud en Chile. Métodos: Estudio descriptivo con datos secundarios, de todos los formularios de BK con resultado positivo (BK+) en 2012 (n = 232), obtenidos de la población asignada al Servicio de Salud Metropolitano Sur. Los formularios de BK+ del laboratorio se cotejaron con los casos BK+ manejados en el programa-TB, para evaluar la validez u omisión de la situación de tratamiento (previo o actual) y el tiempo de tratamiento. Resultados: Las BK+ de diagnóstico fueron 62,9% (16,4% con tratamiento anterior); 74,7% reporta correctamente el antecedente de tratamiento antituberculoso, pero en los pacientes tratados anteriormente esa proporción baja a 66,7%. De las BK+ de control de tratamiento (37,1%), el 26,7% se catalogan como pacientes antes tratados y el 43% no registra el tiempo que está bajo tratamiento. Discusión: En los formularios de BK se omite o registra erróneamente información clave para el proceder del laboratorio. Puesto que la pesquisa de casos involucra a todo el personal de salud, se recomienda un entrenamiento constante que preconice la inclusión de antecedentes de tratamiento y de factores de riesgo en los formularios, al tiempo que estos deben evitar ambigüedades.
Descritores: Escarro/microbiologia
Tuberculose/diagnóstico
Tuberculose/microbiologia
Técnicas de Laboratório Clínico/normas
Formulário
-Controle de Qualidade
Tuberculose Pulmonar/diagnóstico
Tuberculose Pulmonar/microbiologia
Chile
Serviços de Laboratório Clínico/normas
Mycobacterium/isolamento & purificação
Limites: Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  8 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-661239
Autor: Ferreira, Ana Paula; Dias, Alyria Teixeira; Alves, Caio César de Souza.
Título: Infecções helmínticas crônicas aumentam a susceptibilidade ao Mycobacterium tuberculosis e reduzem a eficácia da vacina BCG / Chronic helminths infections increases susceptibility to Mycobacterium tuberculosis and diminishes BCG vaccination effectiveness
Fonte: HU rev;37(4):495-501, dez. 2011.
Idioma: pt.
Resumo: A eficácia do Bacilo Calmette Guerin (BCG) é baixa e a incidência de tuberculose é elevada em áreas onde os helmintos são endêmicos. Enquanto a proteção contra a tuberculose exige forte imunidade celular, infecções helmínticas crônicas induzem respostas caracterizadas pelo perfil Th2, bem como o aumento da atividade de células T reguladoras. Portanto, infecções helmínticas crônicas poderiam modular a resposta imunológica necessária para controlar a infecção por micobactérias e/ou a eficácia da vacinação com BCG.
Descritores: Tuberculose
Mycobacterium tuberculosis
-Vacina BCG
Vacinação
Suscetibilidade a Doenças
Helmintos
Imunidade Celular
Infecções
Mycobacterium
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  9 / 187 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-475324
Autor: Barrón, Helí; Monteghirfo Gomero, Mario; Rivera, Nelson.
Título: Diagnóstico molecular de Mycobacterium tuberculosis en biopsias pleurales embebidas en parafina / Molecular Diagnosis of Mycobacterium tuberculosis in paraffin-embedded pleural biopsies
Fonte: An. Fac. Med. (Perú);67(1):11-18, ene. 2006. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo: Determinar la sensibilidad de la prueba de reacción en cadena de la polimerasa (TB-PCR) frente a la tinción de fluorocromo auramina (AFB-auramina) en muestras histológicas de biopsias pleurales embebidas en parafina, en el diagnóstico de tuberculosis pleural. Materiales y Métodos: Se usó 48 bloques de parafina obtenidos de los archivos de Patología del Hospital San José del Callao y del Instituto Nacional de Enfermedades Neoplásicas, 30 de los cuales tenían diagnóstico clínico de tuberculosis y 18 presentaron diagnóstico diferente de tuberculosis. Resultados: De los 30 casos con diagnóstico clínico de tuberculosis, 29 resultaron ser TB-PCR positivos. Los 18 casos negativos para tuberculosis resultaron también negativos para TB-PCR. La sensibilidad y el valor predictivo negativo para TB-PCR fueron 96,7 por ciento y 94,7 por ciento . La sensibilidad y el valor predictivo negativo para AFB-auramina fueron 58,6 por ciento y 56,7 por ciento . En ambos casos, el valor predictivo positivo fue de 100 por ciento . Conclusión: TB-PCR ha resultado ser un método muy sensible en el diagnóstico de tuberculosis en muestras histológicas embebidas en parafina.
Descritores: Tuberculose
Tuberculose Pleural
Biópsia
Mycobacterium
Diagnóstico Clínico
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: PE13.1 - Oficina de Biblioteca, Hemeroteca y Centro de Documentación


  10 / 187 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-260098
Autor: Bammann, Ricardo Helbert.
Título: A broncoscopia como método diagnóstico das afecçöes pulmonares nos pacientes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana: análise comparativa entre o lavado broncoalveolar e a biópsia transbrônquica em 287 exames / Broncoscopy how diagnostic method of the lungs afections in patients infected with human immunodeficiency virus: comparative analysis between bronchoalveolar lavage and the transbronchial biopsy.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 1997. 88 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de Säo Paulo. Faculdade de Medicina. Departamento de Cardio-Pneumonia para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Com o objetivo de avaliar a broncoscopia com lavado broncoalveolar (LBA) e biópsia transbrônquica (BTB) no contexto da síndrome de imunodeficiência adquirida (AIDS), estudou-se os resultados de 287 exames relizados em 267 pacientes infectados pelo virus da imunodeficiência humana (HIV). A idade dos doentes variou entre 16 e 78 anos (mediana de 37,2), sendo 228 homens (85,4 porcento) e 39 mulheres. Dispnéia foi a queixa principal em 198 casos (69,0 porcento) e o infiltrado intersticial (difuso ou localizado) à radiografia simples de torax foi o achado radiológico mais freqüente, em 179 ocasiöes (62,4 porcento). Em todos os pacientes procedeu-se à coleta padronizada do LBA seguida da BTB no pulmäo ipsilateral. As amostras foram submetidas a técnicas laboratoriais (microbiologia e estudo histológico) de rotina. A inspeçäo endoscópica das vias respiratórias foi normal em 246 casos (85,7 porcento). Lesöes mucosas características de sarcoma de Kaposi foram visualizadas em 12 doentes (4,2 porcento). O LBA permitiu a identificaçäo de 97 agentes infecciosos, havendo associaçäo de duas etiologias num mesmo doente em 3 casos. A BTB diagnosticou 165 infecçöes (9 das quais associadas), implicando uma maior positividade que o LBA no diagnóstico de pneumocistose (84 e 51, respectivamente) e de citomegalovirose (35 e 0). Os resultados tardios do lavado semeado em meio de cultura para micobactérias foram concordantes aos resultados imediatos obtidos pela pesquisa direta de BAAR associada ao estudo histológico. A biópsia permitiu ainda o diagnóstico das neoplasias extrabrônquicas e a classificaçäo histológica das pneumopatias de origem inespecífica. O método endoscópico "completo" (broncoscopia com LBA e BTB) alcançou um diagnóstico definitivo em 271 exames (94,4 porcento). Os agentes etiológicos identificados foram: P. carinii em 105 doentes (36,6 porcento), Mycobacterium sp em 40 (13,9 porcento), Cytomegalovirus em 35 (12,2 porcento), C. neoformans em 13 (4,5 porcento), pneumonias devido a bactérias aeróbicas em 6 pacientes (2,1 porcento), S. stercoralis em 3 (1,0 porcento) e um caso cada de T. gondii, H. capsulatum, Bartonella henselae, Rhodococus equi, Cryptosporidium sp e Rhodotorula sp. Neoplasias foram identificadas em 16 exames (5,6 porcento). Associaçöes de múltiplos diiagnósticos estiveram presentes em 28 doentes (9,8 porcento). Pneumonites inespecíficas foram diagnosticadas em 56 pacientes (19,5 porcento). Pulmäo normal foi o resultado final em 20 casos...
Descritores: Biópsia
Broncoscopia
Lavagem Broncoalveolar
Técnicas de Laboratório Clínico
Pneumopatias/diagnóstico
Pneumopatias/etiologia
Infecções Oportunistas Relacionadas com a AIDS/diagnóstico
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/complicações
-Rhodotorula
Toxoplasma
Rhodococcus equi
Strongyloides stercoralis
Bartonella henselae
Cryptosporidium
Citomegalovirus
Pneumocystis carinii
Mycobacterium
Limites: Humanos
Responsável: BR31.1 - SIDC - Serviço de Informação e Documentação Científica
BR31.1; WD308, B219b, 1997



página 1 de 19 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde