Base de dados : LILACS
Pesquisa : B03.510.024.049.525.500.720 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 141 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 15 ir para página                         

  1 / 141 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-510177
Autor: Rosenzweig, Sergio D; Holland, Steven M.
Título: Interferon-gamma/Interleuquina-12 (IFN gamma/IL12): una vía relacionada con la susceptibilidad a infecciones, la fisiopatogenia de enfermedades autoinmunes y el control de neoplasias / Gamma-Interferon/Interleukine 12(IFN/IL-12): a pathway connected with infections susceptibility, autoinmune diseases and control of neoplasia
Fonte: Med. infant;11(3):205-213, sept. 2004. tab, graf, ilus.
Idioma: es.
Descritores: Doenças Autoimunes
Interferon gama
INTERLEUCINA-ABETALIPOPROTEINEMIA
INTERLEUCINA-1ABDOMINAL NEOPLASMS
Micobactérias não Tuberculosas
Mycobacterium bovis
Limites: Criança
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  2 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1116582
Autor: Mederos Cuervo, Lilian María; Rodríguez Delgado, Francisco; Pomier Suárez, Olga; Reyes Pérez, Angélica; Sardiñas Aragón, Misleydis; García León, Grechen; Martínez Romero, María Rosarys.
Título: Micobacteriosis en el tracto orofaríngeo en un paciente inmunocompetente / Mycobacteriosis in the oropharyngeal tract in an immunocompetent patient
Fonte: Salud(i)ciencia (Impresa) = Salud(i)ciencia (En linea);22(1):57-60, jun. 2016.
Idioma: es.
Descritores: Orofaringe
Infecções Bacterianas
HIV
Imunocompetência
Micobactérias não Tuberculosas
Infecções por Mycobacterium
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  3 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1096361
Autor: Mederos Cuervo, Lilian María; Fleites González, Gilberto; Acosta Suárez, Miguel Ángel; Romero Rodríguez, Jesús Manuel; Valdés Alonso, Lidunka; León Canga, Reinaldo; Martínez Romero, María Rosarys; Díaz Rodríguez, Raúl.
Título: Micobacteriosis peritoneal en un paciente con síndrome de inmunodeficiencia adquirida / Peritoneal mycobacteriosis in an acquired immunodeficiency syndrome patient
Fonte: Salud(i)ciencia (Impresa) = Salud(i)ciencia (En linea);22(4):352-356, dic.-mar. 2017. ilus..
Idioma: es.
Descritores: Complexo Mycobacterium avium
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Cuba
Micobactérias não Tuberculosas
-Infecções por Mycobacterium
Limites: Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  4 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-947435
Autor: Jorquera Pinto, Pablo; Madrid Henao, Ricardo.
Título: Micobacterias no tuberculosas en pacientes con fibrosis quística / Non-tuberculous mycobacteria in cystic fibrosis patients
Fonte: Neumol. pediátr. (En línea);13(3):92-95, sept. 2018. tab.
Idioma: es.
Resumo: In recent years there has been a global increase in nontuberculous mycobacteria isolates, especially in patients with cystic fibrosis. As its clinical and radiological characteristics overlap with other infectious agents, diagnostic guidelines were generated based on evidence from patients who do not present cystic fibrosis. A long-term treatment is necessary, involving multiple antibiotics, and the response rate is low. There are variations in the criteria adopted by different centers with regard to lung transplantation in this group of patients.

En los últimos años se ha producido un aumento a nivel mundial del aislamiento de micobacterias no tuberculosas, especialmente en pacientes con fibrosis quística. Como sus características clínicas y radiológicas se superponen con las de otros agentes infecciosos se generaron orientaciones diagnósticas basadas en evidencia de pacientes que no presentan fibrosis quística. El tratamiento es prolongado, involucra múltiples antibióticos y la tasa de respuesta es baja. Existen variaciones en los criterios adoptados por los distintos centros con respecto al trasplante pulmonar en este grupo de pacientes.
Descritores: Fibrose Cística/microbiologia
Infecções por Mycobacterium não Tuberculosas/diagnóstico
Infecções por Mycobacterium não Tuberculosas/terapia
-Micobactérias não Tuberculosas/isolamento & purificação
Micobactérias não Tuberculosas/patogenicidade
Infecções por Mycobacterium não Tuberculosas/microbiologia
Limites: Humanos
Criança
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  5 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-756283
Autor: Carvalho, Natalia Fernandes Garcia de.
Título: Caracterização fenotípica e molecular de cepas de Mycobacterium abscessus quanto ao perfil de resistência à Claritromicina / Phenotypic and Molecular characterization of Mycobacterium abscessus isolates by clarithromycin resistance profile.
Fonte: São Paulo; s.n; 2014. 88 p. tab, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Programa de Pós-Graduação em Ciências da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Mycobacterium abscessus é a espécie entre as micobactérias de crescimento rápido (MCR) mais comum como agente etiológico de doença pulmonar, apresentando elevada resistência aos antibióticos utilizados no tratamento. É uma das espécies mais frequentes isoladas, sendo responsável por 80% das infecções pulmonares causadas por MCR. Alguns estudos relataram resistência adquirida e induzida a claritromicina, um dos principais fármacos utilizados no tratamento. O objetivo deste trabalho foi caracterizar os isolados do grupo M. abscessus quanto ao perfil de resistência a claritromicina de pacientes do Estado de São Paulo, isolados no período de 2010 a 2011, pelo padrão de mutação nos genes erm(41) e rrl. Foram incluídos no estudo os isolados identificados como M. abscessus tipo 1 e tipo 2 pela técnica PRA-hsp65 na rotina diagnóstica do Instituto Adolfo Lutz. A confirmação da espécie foi realizada pelo sequenciamento do gene rpoB. O teste de suscetibilidade a claritromicina foi realizado de acordo com as recomendações do CLSI (2011) e com incubação estendida por 14 dias com leituras nos dias 5, 7 e 10. A préincubação dos isolados com 0,01 e 0,1ug/ml de claritromicina foi testada para verificar se uma incubação prévia era capaz de induzir a resistência. O perfilgenético dos isolados foi obtido por meio do sequenciamento dos genes rrl e erm(41). Foram selecionados 151 isolados, mas somente 135 foram viáveis para análise. Destes, 78 eram M. abscessus tipo 1 e 57 tipo 2. Dos isolados M. abscessus tipo 1, todos foram identificados como “M. abscessus” pelo sequenciamento do gene rpoB, e daqueles identificados como tipo 2, dois foram identificados como “M. abscessus”, 27 “M. massiliense”, 27 “M. bolletii” e um M. porcinum, este último, excluído da análise. O CIM foi padronizado para ser lidocom o corante vital resazurina, apresentando elevado valor de correlação com a leitura visual (93,3%). No CIM com leitura em 14 dias, 10 isolados de “M. abscessus” foram sensíveis...

Mycobacterium abscessus is the most common etiological agent of pulmonary disease among the rapidly growing mycobacteria (RGM), exhibiting high resistance to the antibiotics used in the treatment. It is one of the most frequently isolated species, accounting for 80% of lung infections caused by RGM. Some studies reported acquired and induced resistance to clarithromycin, a major drug used in the treatment. The aim of this study was to characterize M. abscessus isolates according to the clarithromycin resistance profile from patients of the State of São Paulo, isolated in the period from 2010 to 2011, by mutations patterns in the erm(41) and rrl genes. Isolates identified as M. abscessus type 1 and type 2 by PRA-hsp65 technique for the routine diagnosisat Institute Adolfo Lutz were included in the study. Species confirmation was performed by rpoB gene sequencing. The clarithromycin susceptibility test was performed according to the CLSI recommendations (2011), and with extendedincubation for 14 days with readings on days 5, 7, and 10. Pre-incubation of the isolates with 0.01 and 0.1µg/ml of clarithromycin was tested to verify if the preincubation could induce resistance. The genetic profile of the isolates was obtained by sequencing rrl and erm(41) genes. We selected 151 isolates, but only 135 were viable for analysis. Of these, 78 were M. abscessus type 1 and 57type 2. The isolates M. abscessus type 1, all were identified as “M. abscessus” by sequencing the rpoB gene, and among those identified as type 2, two were identified as “M. abscessus”, 27 “M. massiliense”, 27 “M. bolletii” and one M. porcinum, the last being excluded from the analysis. The MIC was standardized to be read with the vital dye resazurin, showing high correlation value with visual readings (93.3%). In MIC with readings after 14 days, 10 isolates of “M. abscessus” were susceptible (S), 64 with inducible resistance (IR) and four 10 resistant (R). Among “M. bolletii” isolates, five...
Descritores: Claritromicina
Especiação Genética
Micobactérias não Tuberculosas
Resistência a Medicamentos
-Brasil
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  6 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-672285
Autor: Bertoletti, Ariane Christine Degasperi; Alves, Kaizer José Ferreira; Chimara, Erica; Aily, Dalva Cristina Girello.
Título: Isolamento de micobactérias provenientes de amostras clínicas da região de Rio Claro: análise da frequência / Mycobacterial isolates from patients clinical samples from Rio Claro region: frequency analysis
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;70(4):622-630, out.-dez. 2011. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os agentes etiológicos da tuberculose pertencem ao Complexo Mycobacterium tuberculosis (MT), porém outras espécies do gênero e de importância médica, denominadas micobactérias não causadoras de tuberculose (MNT), são frequentemente isoladas. A identificação correta e rápida das MNT é obrigatória para o diagnóstico, auxiliando o clínico na conduta terapêutica. A frequência da MT e MNT foi avaliada no período de 2003 a 2009, analisando-se 6.460 amostras clínicas, sendo 5.696 (88,2 por cento) culturas negativas para micobactéria, 715 (11,1 por cento) culturas positivas e 49 (0,7 por cento) não avaliadas. Os isolados mais frequentes foram MT 78,6 por cento (562). Dentre as MNT, a espécie mais isolada foi M. gordona e em 3,09 por cento(22) das amostras, seguida por M. fortuitum em 2,39 por cento (17), Complexo M. avium (MAC) em 2,25 por cento (16),M. kansasii em 1,97 por cento (14) e M. abscessus em 1,83 por cento (13). Quando relacionado ao número de pacientes,o complexo MAC foi o mais isolado (19,4 por cento). Foi observado um declínio na frequência de isolamento de MT no período estudado, enquanto a frequência de MNT teve um aumento de 22,8 por cento. A alta frequênciade MT nas amostras é uma constante preocupação para a saúde pública, mas o aumento de doentes com MNT salienta a importância da notificação e do monitoramento epidemiológico desses pacientes.
Descritores: Micobactérias não Tuberculosas
Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis/isolamento & purificação
Tuberculose
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  7 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-484244
Autor: Huarcaya Castilla, Erick Fernando; Infante, Berónica; Chaparro Dammert, Eduardo; Merello, Jenny; Ventosilla López, Palmira R.
Título: Linfadenomegalia cervical por Mycobacterium kansasii en un paciente inmunocompetente / Cervical lymphademegaly by Mycobacterium kansasii in one inmunocompetent patient
Fonte: Rev. Soc. Peru. Med. Interna;15(2):104-109, 2002.
Idioma: es.
Resumo: Se describe un paciente de 1 año 3 meses, procedente de Lima, sin antecedente de viajes ni enfermedades previas de importancia, quien desarrolló en forma brusca malestar general y adenomegalias submaxilar, preauricular y cervical izquierdos, siendo el resto del examen no contributorio. Sus exámenes serológicos, a toxoplasmosis y CMV, y los hemocultivos fueron negativos; y, el PPD de o mm. El diagnóstico de Mycobacterium spp. Se realizó en base a un cultivo del aspirado ganglionar y PCR y se identificó M. kansasii mediante la prueba para Micobacterias INNO-LiPA. Se discute la presentación inusual de M. kansasii en un paciente pediátrico inmunocompetente, un análisis por PCR probado en la muestra del paciente y que permitiría la identificación rápida del agente etiológico como Mycobacterium spp. en casos similares, y el diagnóstico diferencial con Enfermedad por Arañazo de Gato.
Descritores: Linfadenite
Micobactérias não Tuberculosas
Mycobacterium kansasii
Limites: Humanos
Masculino
Lactente
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  8 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-483774
Autor: Del Solar Chacaltana, Manuel; Salomón Neira, Martin; Bravo Puccio, Francisco G; Seas Ramos, Carlos Ignacio; Gotuzzo Herencia, José Eduardo; Culqui, Dante; Munayco, Cesar; Bolarte, José; Suárez Ognio, Luis.
Título: Infección cutánea por micobacterias atípicas de crecimiento rápido (MACR) debido a mesoterapia cosmética. Reporte de casos y revisión de la literatura / Rapidly growing mycobacteria-related skin infection after cosmetic mesotherapy. Case report and literature review
Fonte: Folia dermatol. peru;16(3):127-135, sept.-dic. 2005. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Durante la primavera del año 2004, se registraron en el Servicio de Dermatología del Hospital Nacional Cayetano Heredia en Lima, nueve pacientes con nódulos subcutáneos y abscesos dolorosos, causados por micobacterias de crecimiento rápido. Se hace un reporte de los casos y revisión del tema.
Descritores: Carnitina
Micobactérias não Tuberculosas
Técnicas Cosméticas
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  9 / 141 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Martins, Maria Conceiçäo
Ueki, Suely Yoko Mizuka
Id: lil-280115
Autor: Martins, Maria Conceiçäo; Ueki, Suely Yoko Mizuka; Palhares, Maria Cecilia de Almeida; Hadad, David Jamil; Telles, Maria Alice Silva; Placco, Anna Luiza Nunes; Ferrazoli, Lucilaine; Curcio, Melissa; Gomes, Aquila Maria Lourenço; Palaci, Moisés.
Título: An alternative biphasic culture system for recovery of mycobacteria and for differentiation of species other than M. tuberculosis complex from blood specimens
Fonte: Rev. microbiol;28(3):183-9, jul.-set. 1997. graf.
Idioma: en.
Resumo: Micobacteremia constitui uma das manifestaçöes oportunísticas mais frequentes dos estágios mais avançados da infecçäo pelo virus da imunodeficiência humana. Diversas metodologias tem sido propostas para o seu diagnóstico, no entanto, a maioria destas apresentam custo elevado ou complexidade de operaçäo técnica. Baseados nestes fatos nos propusemos a avaliar um sistema alternativo de cultura bifásico contendo Middlebrook 7H9 modificado Lowenstein Jensen (mod 7H9/LJ), especificamente adaptados para (i) o isolamento de micobacterias, (ii) triagem de outras espécies que näo as do complexo Mycobacterium tuberculosis (MOTT) através da adiçäo de ácido p-nitrobenzoico aos meios (mod 7H9/LJ + PNB). Para a primeira etapa do estudo comparou-se os meios mod 7H9/LJ e 7H9/LJ convencional, realizando-se curva de crescimento das espécies M. tuberculosis e M. intracellulare em ambos os meios. Na segunda etapa do estudo isolou-se um total de 64 cepas de micobacterias a partir de 537 espécimes de sangue (11,9 por cento), das quais 64 (100,0 por cento) em 7H9/LJ e 62,0(96,9 por cento) em mod 7H9/LJ. Verificou-se um tempo semelhante de detecçäo destas micobacterias em ambos os sistemas. Para a terceira etapa do estudo, cultivou-se um total de 1091 espécimes de sangue nos sistemas mod 7H9/LJ e 7H9 mod/LJ contendo 500µml de ácido p-nitrobenzoico, constatando-se que um total de 72 por cento dos organismos isolados e pertencentes ao complexo Mycobacterium avium puderam ser presuntivamente identificados como MOTT em 27 dias. Estes resultados, associados a simplicidade e baixo custo destes sistemas bifásicos constituem elementos potenciais para sua aplicabilidade na rotina diagnóstica em países em desenvolvimento
Descritores: Infecções Oportunistas Relacionadas com a AIDS
Técnicas In Vitro
Micobactérias não Tuberculosas/isolamento & purificação
Responsável: BR734.1 - Biblioteca Central Cesar Lattes - BCCL


  10 / 141 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Ueki, Suely Yoko Mizuka
Id: lil-461282
Autor: Ueki, Suely Yoko Mizuka; Geremias, Ana Lívia; Moniz, Letícia Lisboa; Latrilha, Fabio Oliveira; Brito, Artemir Coelho de; Giampaglia, Carmen Maria Saraiva; Simeão, Fernanda Cristina dos Santos; Telles, Maria Alice Silva.
Título: Cabine de segurança biológica: efeito da luz ultravioleta nas micobactérias / Biological safety cabinet: utraviolet radiation effect on mycobacteria
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;65(3):222-224, set.-dez. 2006. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A cabine de segurança biológica (CSB) é o principal equipamento para efetuar a contenção de aerossóis produzidos nos procedimentos laboratoriais e a descontaminação com lâmpada UV, 15 minutos antes do início das atividades e 15 minutos após utilização da cabine é parte das boas práticas de laboratório. O objetivo deste estudo foi avaliar a ação da lâmpada UV da CSB classe II B2, em diversas espécies de micobactérias e correlacionar com o tempo de exposição. Cepas de referência foram subcultivadas, semeadas e incubadas a 37ºC até produzir turvação compatível com o tubo 1 da escala de MacFarland. Foram semeados 100L de suspensão bacteriana em placas com meio 7H11; as placas foram cobertas parcialmente com papel alumínio e expostas à radiação UV durante 5 e 10 minutos. Após exposição, os papéis foram retirados e as placas incubadas a 37ºC por 30 dias. Todas as placas apresentaram inibição de crescimento de bactérias na porção da placa em que houve exposição direta à radiação UV. Os resultados obtidos mostraram que a prática de utilização da radiação UV por 15 minutos após o uso da cabine e antes de iniciar outra atividade técnica, garante descontaminação adequada da CSB. Esta prática de biossegurança é recomendável para descontaminar a própria CSB e os materiais que são retirados da cabine.
Descritores: Contaminação Biológica
Micobactérias não Tuberculosas
Raios Ultravioleta
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação



página 1 de 15 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde