Base de dados : LILACS
Pesquisa : B04.280.650.160.650 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 7 [refinar]
Mostrando: 1 .. 7   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 7 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-526791
Autor: Schatzmayr, Hermann G; Simonetti, Bruno R; Abreu, Danielle C; Simonetti, José P; Simonetti, Sandra R; Costa, Renata V. C; Gonçalves, Márcia Cristina R; D'Andréa, Paulo Sérgio; Gerhardt, Marconny; Silva, Manuel E. Vieira; Farias-Filho, José C; Barth, Ortrud M.
Título: Animal infections by vaccinia-like viruses in the state of Rio de Janeiro: an expanding disease / Infecções animais por vírus semelhantes ao vaccínia no estado do Rio de Janeiro: uma doença em expansão
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;29(7):509-514, July 2009. ilus.
Idioma: en.
Projeto: CNPq; . FAPERJ.
Resumo: In the present study we investigated the presence of infections by vaccinia-like viruses in dairy cattle from 12 counties in the state of Rio de Janeiro in the last 9 years. Clinical specimens were collected from adult animals with vesicular/pustular lesions mainly in the udder and teats, and from calves with lesions around the nose and mouth. A plaque reduction neutralization test (PRNT) was applied to search for antibodies to Orthopoxvirus; the vesicular/pustular fluids and scabs were examined by PCR, electron microscopy (EM) and by inoculation in VERO cells for virus isolation. Antibodies to Orthopoxvirus were detected in most cases. The PCR test indicated a high nucleotide homology among the isolates and the vaccinia viruses (VACV) used as controls. By EM, typical orthopoxvirus particles were observed in some specimens. The agents isolated in tissue culture were confirmed as vaccinia-like viruses by EM and PCR. The HA gene of the vaccinia-like Cantagalo/IOC virus isolated in our laboratory was sequenced and compared with other vaccinia-like isolates, showing high homology with the original Cantagalo strain, both strains isolated in 1999 from dairy cattle. Antibodies to Orthopoxvirus were detected in one wild rodent (genus Akodon sp.) collected in the northwestern region of the state, indicating the circulation of poxvirus in this area. Nonetheless, PCR applied to tissue samples collected from the wild rodents were negative. Vesicular/pustular lesions in people in close contact with animals have been also recorded. Thus, the vaccinia-like virus infections in cattle and humans in the state seem to be an expanding condition, resulting in economic losses to dairy herds and leading to transient incapacitating human disease. Therefore, a possible immunization of the dairy cattle in the state should be carefully evaluated.

Neste estudo avaliou-se a presença de infecções por vírus semelhantes ao vírus vaccínia (VACV) em gado leiteiro em 12 municípios no estado do Rio de Janeiro, ao longo dos últimos nove anos. Amostras clínicas foram coletadas de animais com vesículas, pústulas e crostas no úbere e tetas, e da região do nariz e da cavidade oral de bezerros. Um teste de neutralização viral por redução de placas foi desenvolvido para investigar a presença de anticorpos contra Orthopoxvirus. Os fluidos de vesículas / pústulas e as crostas foram testadas por PCR, microscopia eletrônica (ME) e por inoculação em células VERO para isolamento viral. Anticorpos contra Orthopoxvirus foram detectados na grande maioria dos animais. O teste de PCR demonstrou homologia entre os vírus isolados e amostras de vírus vaccínia usados como controles. Na ME, partículas típicas de Orthopoxvirus foram observadas em vários espécimes analisados. Os vírus isolados em cultivo celular foram confirmados como Orthopoxvirus por PCR e ME. O gene HA da amostra Cantagalo/IOC isolada em nosso laboratório foi seqüenciado e comparado com outras amostras semelhantes ao vaccínia, mostrando uma alta homologia com a amostra original Cantagalo, tendo sido as duas amostras isoladas em 1999 de gado leiteiro. Anticorpos para Orthopoxvirus foram detectados em um roedor silvestre do gênero Akodon sp. coletado na região noroeste do estado, sugerindo uma circulação de poxvírus na natureza. No entanto, os testes de PCR aplicados a tecidos de roedores silvestres foram negativos. Infecções vesiculares / pustulares em humanos que mantinham contato com os animais afetados também foram relatadas. Assim, infecções por amostras semelhantes ao vírus VACV em bovinos e em humanos parecem em expansão no estado, gerando perdas econômicas em animais e quadros de doença incapacitante temporária em pacientes humanos. Dessa forma, a possibilidade da imunização do gado leiteiro no estado deve ser devidamente avaliada.
Descritores: Infecções por Poxviridae/complicações
Infecções por Poxviridae/diagnóstico
Infecções por Poxviridae/epidemiologia
Infecções por Poxviridae/veterinária
Microscopia Eletrônica/métodos
Orthopoxvirus/isolamento & purificação
Reação em Cadeia da Polimerase/métodos
-Arvicolinae
Bovinos
Brasil/epidemiologia
Testes de Neutralização/métodos
Testes de Neutralização/veterinária
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-721132
Autor: Lleras de Torres, A; Torres, R. A; LLeras, E. A.
Título: Viruela y bioterrorismo / Smallpox and bioterrorism
Fonte: Bol. venez. infectol;15(1):30-33, ene.-jun. 2004.
Idioma: es.
Descritores: Guerra Biológica
Bioterrorismo
Controle de Doenças Transmissíveis
Dermatopatias Bacterianas/etiologia
Controle de Doenças Transmissíveis
Varíola
Vacina Antivariólica
-Contaminação Biológica
EPIDEMIOLOGICAL SURVEILLANCE
Orthopoxvirus/imunologia
Prevenção e Mitigação
Terrorismo
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha


  3 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-691477
Autor: Gonçalves, Marcia Cristina Rosa.
Título: Detecção da evidência da presença de orthopoxvírus em humanos e bovinos no estado do Rio de Janeiro no período de 1999 a 2010 / Detecting the presence of evidence of orthopoxvirus in humans and cattle in the state of Rio de Janeiro from 1999 to 2010.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2012. viii,65 p. tab, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Nas últimas duas décadas a incidência de casos de poxviroses, zoonoses causadas por vírus da família Poxviridae, tem sido notificada no Brasil, principalmente na região sudeste, onde a maioria dos casos tem aumentado. Com o objetivo de verificar a presença de Orthopoxvirus em população humana e bovina, amostras biológicas procedentes de diferentes regiões do estado do Rio de Janeiro foram analisadas. As amostras humanas foram compostas por dois grupos: um grupo composto por 72 pacientes com manifestação clínica (PHC) e outro constituído por 136 profissionais clinicamente saudáveis que manuseiam animais (PHS). Quanto às amostras bovinas, um grupo constituído por 146 animais com quadro clínico compatível (GBC) e um segundo, composto por 183 bovinos assintomáticos participantes de uma triagem sorológica no âmbito de um projeto de desenvolvimento de uma vacina (GBS). Foram analisadas 210 amostras humanas, incluindo 187 amostras de soro, 2 fragmentos de pele, 6 fragmentos de crostas de lesão, 3 swabs de lesão e 8 amostras de líquido de lesões vesiculosas. Em bovinos foram analisadas 396 espécimes clínicos, incluindo 337 amostras de soro, 1 fragmento de pele, 45 fragmentos de crosta de lesão, 4 swabs de lesão e 9 amostras de líquido de lesão vesicular. Informações clínicas e epidemiológicas também foram obtidas. A detecção de anticorpos para Orthopoxvirus em amostras de soro foi realizada pela técnica de neutralização por redução de placa (PRNT). O material obtido das lesões foi submetido a evidenciação viral em células VERO, à imunofluorescência indireta, reação em cadeia da polimerase (PCR) e microscopia eletrônica. O teste sorológico, por redução de placas, foi reativo em 74,5(por cento) (41/55) e 8,8(por cento) (12/136) das amostras humanas nos grupos PHC e PHS, respectivamente. Quanto aos demais espécimes clínicos estudados de humanos, o isolamento viral em células VERO foi positivo em 81,2(por cento) (13/16), a PCR em 75(por cento) (12/16), a imunofluorescência em 100(por cento) (3/3) e a microscopia eletrônica em 58,3(por cento) (7/12). Em relação aos bovinos, o GBC apresentou 42,7(por cento) de sorologias positivas (109/255), isolamento viral positivo em 68,3(por cento) (22/41), PCR positiva em 50(por cento) (21/42), a imunofluorescência positiva em 71,4(por cento) (10/14) e microscopia eletrônica em 53,8(por cento) (7/13). O GBS, a soroprevalência atingiu 10,9(por cento) (20/183). Nenhuma das técnicas aplicadas para a detecção de orthopoxvírus foi por si só significativa. Foi confirmada a presença de Orthopoxvirus e a doença causada por este agente em humanos e bovinos em 17 municípios do estado do Rio de Janeiro. A divulgação da presença deste agente e da doença em propriedades rurais e para profissionais que manuseiam animais é necessária no intuito de reforçar as medidas de controle já estabelecidas. O desenvolvimento de uma vacina tem sido proposto para um controle efetivo da transmissão entre bovinos e de animais para o homem.
Descritores: Doenças dos Bovinos
Orthopoxvirus
Infecções por Poxviridae
Zoonoses
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas
BR15.1


  4 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-683228
Autor: Sant'Ana, Fabiano J. F. de; Leal, Antônio do A; Rabelo, Rogério E; Vulcani, Valcinir A. S; Ferreira Junior, Jair A; Cargnelutti, Juliana F; Flores, Eduardo Furtado.
Título: Outbreaks of vesicular disease caused by Vaccinia virus in dairy cattle from Goiás State, Brazil (2010-2012) / Surtos de doença vesicular causados pelo Vaccinia virus em bovinos de leite no Estado de Goiás, Brasil (2010-2012)
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;33(7):860-866, jul. 2013. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Cases of vesicular and exanthematic disease by Vaccinia virus (VACV) have been reported in dairy herds of several Brazilian regions, occasionally also affecting humans. The present article describes eight outbreaks of vesicular disease caused by VACV in dairy herds of six counties of Goiás state, Midwestern Brazil (2010-2012), involving a total of 122 cows, 12 calves and 11 people. Dairy cows (3 to 9 years old) were affected in all cases and calves (2 to 9 months old) were affected in five outbreaks, presenting oral lesions. The morbidity ranged between 8 and 100% in cows, and 1.5 to 31% in calves. In the cows, the clinical signs started with vesicles (2-7mm), painful and coalescent papules (3-8 mm), which resulted in ulcers (5-25mm) and scabs in teats, and, occasionally, in the muzzle. The clinical course lasted from 16 to 26 days. The histopathology of bovine skin samples revealed superficial perivascular inflammatory infiltrate of lymphocytes, plasma cells, neutrophils, macrophages and multifocal areas of acanthosis, spongiosis, hipergranulosis and parakeratotic or orthokeratotic hyperkeratosis with adjacent focally extensive ulcers. Eosinophilic inclusion bodies were noted in the cytoplasm of the keratinocytes. PCR to vgf gene of Orthopoxvirus was positive in samples collected from all outbreaks, and in some cases, genomic VACV sequences were identified by nucleotide sequencing of the PCR amplicons. Infectious virus was isolated in cell culture from scabs from one outbreak. Antibodies to Orthopoxvirus were detected in at least 3 or 4 animals in most outbreaks, by ELISA (outbreaks 1, 2, 3, 4, 5 and 7) or virus-neutralization (outbreak 6). Neutralizing titers ranging from 8 to 64 in outbreak 6. In all outbreaks, VACV infection was suspected based on the clinical and pathological findings and it was confirmed by laboratory tests. Upon the etiological confirmation, other agents associated with vesicular disease were discarded. In all outbreaks, at least one milker who handled the affected cows developed malaise, headache, fever, painful vesico-pustular lesions mainly in the hands, but also in the neck and nose. These results confirm the circulation of VACV in the region and call attention for a correct diagnosis and the adoption of prophylactic and control measures.

Casos de doença vesicular e exantemática associados ao Vaccinia virus (VACV) têm sido descritos em rebanhos leiteiros em diversas regiões do Brasil, ocasionalmente afetando também os ordenhadores. Este artigo descreve oito surtos de doença vesicular associados ao VACV ocorridos em rebanhos leiteiros de seis municípios do estado de Goiás (2010-2012), com o envolvimento de 122 vacas em lactação, de 12 bezerros e de 11 pessoas. Vacas em lactação (3-9 anos de idade) foram afetadas em todos os casos. Em cinco rebanhos, bezerros de 2-9 meses apresentaram lesões orais. A morbidade nos rebanhos variou entre oito e 100% (vacas) e entre 1,5 e 31% (bezerros). As lesões iniciavam como vesículas (2-7mm) ou pápulas doloridas e coalescentes (3-8mm), que progrediam para úlceras (5-25mm) e crostas, localizadas principalmente nas tetas e, eventualmente, no focinho das vacas. O curso clínico variou entre 16 e 26 dias. Histopatologia de amostras de pele coletadas de bovinos revelou dermatite perivascular superficial com infiltrado de linfócitos, neutrófilos, plasmócitos e macrófagos, além de áreas multifocais de acantose, espongiose, hipergranulose e hiperceratose ortoceratótica ou paraceratótica com úlceras focalmente extensas. No citoplasma dos ceratinócitos adjacentes às úlceras, observaram-se numerosos corpúsculos de inclusão eosinofílicos. Em todos os surtos, amostras de lesões cutâneas dos bovinos foram positivas para o gene vgf dos Orthopoxvirus por PCR, e em alguns casos, a identificação do VACV foi confirmada por sequenciamento de nucleotídeos dos amplicons. O vírus foi detectado por isolamento em cultivo celular em um dos surtos e, pelo menos 2 a 3 vacas por rebanho, apresentaram sorologia positiva para Orthopoxvirus pelos testes de ELISA (surtos 1, 2, 3, 4, 5 e 7) e soroneutralização (surto 6). No surto 6, os títulos de anticorpos neutralizantes variaram de 8 a 64. O diagnóstico da infecção pelo VACV, inicialmente suspeito com base nos achados clínicos e patológicos, foi confirmado em todos os surtos por exames laboratoriais. Em todos os surtos, pelo menos um ordenhador que teve contato com os bovinos afetados apresentou mal-estar geral, febre alta, dor de cabeça e lesões vesiculo-pustulosas doloridas, principalmente nas mãos, mas também no pescoço e nariz. Esses resultados confirmam a circulação do VACV no rebanho bovino da região centro-oeste, alertando para necessidade de diagnóstico correto e adoção de medidas profiláticas e de controle.
Descritores: Bovinos/anormalidades
Bovinos/virologia
Vesícula/veterinária
Vesícula/virologia
-Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática/veterinária
Orthopoxvirus
Vírus Vaccinia/imunologia
Limites: Animais
Feminino
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  5 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-510487
Autor: Donatele, Dirlei Molinari; Travassos, Carlos Eurico Pires Ferreira; Leite, Juliana de Almeida; Kroon, Erna Geessien.
Título: Epidemiologia da poxvirose bovina no Estado do Espírito Santo, Brasil / Epidemiology bovine poxviruses in the Espírito Santo State, Brazil
Fonte: Braz. j. vet. res. anim. sci;44(4):275-282, 2007. ilus, mapas, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O trabalho consistiu no estudo epidemiológico do surto de poxvirose bovina no Estado do Espírito Santo no período de 2002 a 2005. A coleta dos dados deu-se em 28 propriedades de gado bovino leiteiro de 08 municípios do Sul do Estado do Espírito Santo com casos de doenças pústulo-vesicular em bovinos, no período de agosto de 2002 a maio de 2005. Observou-se que a prevalência da doença no gado bovino leiteiro variou de 10,2% a 100% das propriedades com média de 52,7%. Através de isolamento viral e PCR do gene Timidina Quinase (TK), identificou-se o vírus do gênero Orthopoxvirus como o agente etiológico da poxvirose bovina. Em todas as propriedades constatou-se uma perda econômica, principalmente relacionada à queda na produção leiteira. A poxvirose bovina assumiu um caráter epidêmico no Sul do Estado do Espírito Santo, com grande impacto econômico e importância em saúde pública, como uma zoonose ocupacional entre os ordenhadores. Baseadas nos dados obtidos, medidas de cunho fiscal-sanitário e de orientação ao produtor agropecuário foram implementadas, visando conter a disseminação da doença entres as propriedades, e os outros municípios do Estado.

The purpose of this study was to investigate the epidemiological data of bovine poxviruses in the State of Espírito Santo during the years 2002 to 2005. The sample consisted of 28 properties that produce cow's milk in 08 cities from the South of the State, in wich were present cases of bonive pustulo-vesicular disease between 2002 august to 2005 may. The bovine disease was found in 10,2% to 100% of the properties with a mean of 52,7%. Throughout virus isolation techniques and PCR of the Timidin Kinase gene, an Orthopoxvirus was identified as the etiological agent of the bovine yiruses. All the properties reported economic losts related to a decrease in milk production. The bovine poxviruses assumed an epidemic feature in the South of the State of Espírito Santo promoting a big economic impact and representing an important public health worry as an occupational zoonosis mainly for the milkers. Thus, based on the obtained data, policy and sanitary statements, and educational strategies, were applied in the properties in order to stop the disease dissemination over the neighbor cities.
Descritores: Bovinos
Infecções por Poxviridae/epidemiologia
Orthopoxvirus/isolamento & purificação
Parapoxvirus/isolamento & purificação
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-464431
Autor: Mokfienski, Jessica Joy.
Título: Mapeamento imunológico de epítopos lineares de células B do vírus vaccínia, homólogos ao vírus varíola / Immunological mapping of linear of cells B of the vaccinia virus, homologous epitopes to the virus smallpox.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 1 jun. 2007. xiv,71 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A Varíola, uma doença endêmica por mais de 3000 anos e com alta taxa de mortalidade no mundo inteiro, foi erradicada em 1977 através de uma intensa campanha de vacinação usando o vírus vaccínia (VVAC), antigenicamente relacionado ao vírus varíola (VVAR). Ambos pertencem à família Poxviridae, gênero Orthopoxvirus e seus genomas compartilham de grande homologia. Importantes respostas de anticorpos estão dirigidas às proteínas de superfície das duas principais formas infecciosas de poxvirus, o vírus intracelular maduro (VMI) e o vírus extracelular envelopado (VEE). Neste trabalho foram mapeados 27 epítopos lineares de células B do VVAC, homólogos ao VVAR, das principais proteínas responsáveis pela imunidade protetora humoral conferida pela vacina a Varíola. As proteínas B5R, H3L, L1R e A33R de VVAC foram selecionadas...Spot-synthesis. Sete epítopos lineares foram... soros de indivíduos infectados por VCTG. Dez epítopos lineares foram identificados na proteína H3L de VMIs, sendo 8 reatores cruzados e 2 reatores específicos aos soros de indivíduos infectados. Sete epítopos lineares foram identificados na proteína L1R de VMIs, sendo 6 reatores cruzados e um reator específico ao soro de indivíduos infectados. No entanto, dos 4 epítopos lineares identificados na proteína A33R de VEEs, todos foram reatores tanto com o soro de indivíduos normais quanto ao soro de indivíduos infectados com VCTG. As análises de modelagem molecular empreendidas neste estudo identificaram que 3 dos 4 epítopos específicos ao VVAC estão dispostos na superfície das moléculas e fazem parte de regiões não estruturadas (coil) e um em região estruturada (alfa hélice). Sessenta e três por cento da predição teórica, por métodos computacionais, de regiões que correspondem a possíveis esítopos foram confirmados pelas análises experimentais empregando bibliotecas peptídicas. Além disso, neste estudo definimos estruturalmente todos os 27 epítopos lineares. Embora tenhamos identificado vários epítopos...
Descritores: Alergia e Imunologia
Epitopos de Linfócito B
Orthopoxvirus
Varíola
-Brasil/epidemiologia
Limites: Humanos
Animais
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas
BR15.1


  7 / 7 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Lemos, Elba Regina Sampaio de
Mazur, Carlos
Majerowicz, Selma
Texto completo
Id: lil-267889
Autor: Schatzmayr, Hermann Gonçalves; Lemos, Elba Regina Sampaio de; Mazur, Carlos; Schubach, Armando; Majerowicz, Selma; Rozental, Tatiana; Schubach, Tânia Maria Pacheco; Bustamante, Maria Cristina; Barth, Ortrud Monika.
Título: Detection of poxvirus in cattle associated with human cases in the State of Rio de Janeiro: preliminary report
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;95(5):625-7, Sept.-Oct. 2000. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: This preliminary report describes human and cow cases of poxvirus that recently ocurred in the State of Rio de Janeiro. The electron microscopic findings were consistent with parapoxviral and orthopoxviral infection. Orthopoxvirus strains were isolated from human and cow cases. Detailed viral characterization by means of genetical techniques is under investigation. Based on these informations, poxviral diseases should be also considered an emerging viral zoonosis that can affect human beings.
Descritores: Doenças dos Bovinos/virologia
Bovinos/virologia
Orthopoxvirus/isolamento & purificação
Parapoxvirus/isolamento & purificação
Infecções por Poxviridae/veterinária
-Brasil
Microscopia Eletrônica
Infecções por Poxviridae/transmissão
Infecções por Poxviridae/virologia
Limites: Humanos
Animais
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde