Base de dados : LILACS
Pesquisa : B04.820 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 47 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 5 ir para página              

  1 / 47 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1003132
Autor: Vieira-Gonçalves, Ricardo; Fagundes-Silva, Giselle Aparecida; Heringer, Júlia Furtado; Fantinatti, Maria; Da-Cruz, Alda Maria; Oliveira-Neto, Manoel Paes; Guerra, Jorge Augusto Oliveira; Gomes-Silva, Adriano.
Título: First report of treatment failure in a patient with cutaneous leishmaniasis infected by Leishmania (Viannia) naiffi carrying Leishmania RNA virus: a fortuitous combination?
Fonte: Rev. Soc. Bras. Med. Trop;52:e20180323, 2019. graf.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: Abstract We report the case of a 32-year-old man from Rio de Janeiro, who was infected in the Amazon region of Brazil by Leishmania (Viannia) naiffi. Generally, patients with L. naiffi cutaneous leishmaniasis exhibit a good therapeutic response to either pentavalent antimonials or pentamidine. However, after pentamidine treatment, this patient's infection evolved to therapeutic failure. To understand this clinical outcome, we investigated the presence of the Leishmania RNA virus (LRV) in parasites isolated from the cutaneous lesion; herein, we discuss the possible association between a poor response to pentamidine therapy and the presence of the LRV.
Descritores: Pentamidina/uso terapêutico
Vírus de RNA/genética
Tripanossomicidas/uso terapêutico
Leishmaniose Cutânea/tratamento farmacológico
Leishmania/virologia
-Pentamidina/efeitos adversos
Tripanossomicidas/efeitos adversos
Reação em Cadeia da Polimerase
Falha de Tratamento
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 47 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1003653
Autor: Corvalán L, Pablo; Arias B, Guisselle; Morales S, Paola; González M, Raquel; Inostroza S, Jaime; Fuenzalida I, Loreto.
Título: Inmunofluorescencia indirecta versus reacción de polimerasa en cadena para el diagnóstico de virus respiratorios en niños ingresados en un hospital de la Región Metropolitana / Indirect immunofluorescence technique versus polymerase chain reaction for the diagnosis of respiratory viruses in children admitted to a hospital in the Metropolitan Region
Fonte: Rev. chil. infectol;36(1):26-31, feb. 2019. tab, graf.
Idioma: es.
Projeto: CONICYT Fondecyt.
Resumo: Resumen Introducción: La temprana detección viral en infecciones respiratorias agudas (IRA) es esencial para establecer una terapia apropiada y prevenir el contagio intrahospitalario. Objetivo: Comparar la eficacia de la técnica de inmunofluorescencia indirecta (IFI) con la reacción de polimerasa en cadena (RPC) para identificar virus respiratorios en niños hospitalizados por IRA. Métodos: Se incluyeron 47 aspirados nasofaríngeos de niños ≤ 2 años con IRA. La IFI incluyó virus respiratorio sincicial (VRS), adenovirus, influenza A y B y parainfluenza. La RPC incluyó, además, la detección de metapneumovirus, enterovirus/rinovirus, bocavirus y coronavirus. Se estimó sensibilidad, especificidad, valor predictor positivo y negativo (VPP/VPN) y correlación kappa para VRS mediante IFI en comparación a la RPC. Resultados: La IFI detectó únicamente VRS (29; 61,7%). La RPC detectó diversos virus, entre ellos VRS en 26 casos (55,3%), seguido por bocavirus (29,8%), enterovirus/ rinovirus (21,3%), adenovirus (14,9%) y parainfluenza (4,3%) entre otros, con 35,5% de co-infección. La IFI presentó sensibilidad: 85,7%, especificidad: 73,6%, VPP: 82,7%, VPN: 77,7% y kappa: 0,5990 (IC 95%; 0,36360,8346) para VRS. Conclusión: La IFI presenta buena sensibilidad, pero moderada especificidad para VRS. Sin embargo, falla en la detección de otros virus respiratorios. La introducción de RPC permitiría mejorar el diagnóstico etiológico de las IRA de origen viral.

Background: Early viral detection in acute respiratory infections (ARI) is essential to establish appropriate therapy and prevent nosocomial transmission. Objective: To compare the efficacy of indirect immunofluorescence technique (IIF) with the polymerase chain reaction (PCR) to identify respiratory viruses in children hospitalized for ARI. Methods: 47 nasopharyngeal aspirates of children ≤ 2 years with ARI were included. IFI included respiratory syncytial virus (RSV), adenovirus, influenza A and B and parainfluenza. PCR also included the detection of metapneumovirus, enterovirus/rhinovirus, bocavirus and coronavirus. Sensitivity, specificity, positive and negative predictive value (VPP/NPV) and kappa correlation for RSV were estimated by IIF compared to PCR. Results: The IIF detected only RSV (29; 61.7%). PCR detected several viruses, including RSV in 26 cases (55.3%), followed by bocavirus (29.8%), rhinovirus/enterovirus (21.3%), adenovirus (14.9%) and parainfluenza (4,3%) among others, with 35.5% of coinfection. The IIF presented sensitivity: 85.7%, specificity: 73.6%, PPV: 82.7%, NPV: 77.7% and kappa: 0.5990 (95% CI, 0.3636-0.8346) for RSV. Conclusion: The IIF presents good sensitivity, but moderate specificity for RSV. However, IIF fails to detect other respiratory viruses. The introduction of PCR would improve the etiological diagnosis of ARI of viral origin.
Descritores: Vírus/isolamento & purificação
Nasofaringe/virologia
Reação em Cadeia da Polimerase/métodos
Técnica Indireta de Fluorescência para Anticorpo/métodos
-Infecções Respiratórias/virologia
Vírus de RNA/isolamento & purificação
Chile
Estudos Transversais
Estudos Prospectivos
Reprodutibilidade dos Testes
Sensibilidade e Especificidade
Vírus de DNA/isolamento & purificação
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  3 / 47 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1181686
Autor: Perú. Ministerio de Salud. Dirección Técnica de Salud Ambiental. Dirección de Protección de Alimentos y Zoonosis.
Título: Manual de control de roedores / Manual control of rodents.
Fonte: Lima; Perú. Ministerio de Salud. Dirección Técnica de Salud Ambiental. Dirección de Protección de Alimentos y Zoonosis; 1990. 41 p. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La presente publicación describe las pautas que orientan técnicamente las acciones de control y un programa integrado en cada ámbito regional y local
Descritores: Controle de Roedores
Doenças dos Roedores
Vírus de RNA
-Peru
Limites: Ratos
Tipo de Publ: Manual de Referência
Responsável: PE18.1 - Biblioteca Central
[{"text": "PE18.1", "_a": "MS/DIGESA 0077"}]


  4 / 47 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1154394
Autor: Gomez Marín, Jorge Enrique; Castaño Osorio, Jhon Carlos; Patarroyo, Manuel Alfonso; Mejía-Oquendo, Manuela; Valdivia-Granda, Willy; Álvarez, Carlos; Castellanos, Jaime; Sepúlveda-Arias, Juan Carlos.
Título: Una hoja de ruta para la Vacuna COVID 19 en Colombia, un reto posible / A roadmap for the COVID-19 vaccine in Colombia, a possible challenge
Fonte: Infectio;25(1):7-10, ene.-mar. 2021. tab.
Idioma: es.
Descritores: Vírus de RNA
-Vacinação em Massa
Responsável: CO359.1 - ACIN - Asociación Colombiana de Infectologia


  5 / 47 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1056608
Autor: Constancio, Natasha Silva; Ferraz, Maria Lucia Gomes; Martins, Carmen Tzanno Branco; Kraychete, Angiolina Campos; Bitencourt, Paulo Lisboa; Nascimento, Marcelo Mazza do.
Título: Hepatitis C in Hemodialysis Units: diagnosis and therapeutic approach / Hepatite C nas Unidades de Hemodiálise: diagnóstico e abordagem terapêutica
Fonte: J. bras. nefrol;41(4):539-549, Out.-Dec. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract According to data from the last census of the Brazilian Society of Nephrology (SBN), the prevalence of hepatitis C virus (HCV) in Brazilian hemodialysis units (HU) is 3.3%, about three times higher than what is reported for the Brazilian general population. Often, professionals working in HU are faced with clinical situations that require rapid HCV diagnosis in order to avoid horizontal transmission within the units. On the other hand, thanks to the development of new antiviral drugs, the cure of patients with HCV, both in the general population and in patients with chronic kidney disease and the disease eradication, appear to be very feasible objectives to be achieved in the near future . In this scenario, SBN and the Brazilian Society of Hepatology present in this review article a proposal to approach HCV within HUs.

Resumo De acordo com os dados do último censo da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), a prevalência de portadores do vírus da hepatite C (HCV) nas unidades de hemodiálise (UH) no Brasil é de 3,3%, cerca de três vezes maior do que é observado na população geral brasileira. Muitas vezes, os profissionais que trabalham nas UH deparam-se com situações clínicas que demandam rápido diagnóstico do HCV, a fim de evitar uma transmissão horizontal dentro das unidades. Por outro lado, a cura dos pacientes portadores do HCV, tanto na população geral como na portadora de doença renal crônica e a erradicação da doença, em virtude do desenvolvimento de novas drogas antivirais, parecem ser objetivos bastante factíveis, a ser alcançados em futuro próximo. Nesse cenário, a SBN e a Sociedade Brasileira de Hepatologia apresentam neste artigo de revisão uma proposta de abordagem do HCV dentro das UH.
Descritores: Diálise Renal/estatística & dados numéricos
Hepatite C/epidemiologia
Transmissão de Doença Infecciosa/prevenção & controle
Insuficiência Renal Crônica/terapia
-Antivirais/uso terapêutico
Vírus de RNA/genética
Brasil/epidemiologia
Infecção Hospitalar/transmissão
Prevalência
Hepatite C/diagnóstico
Hepatite C/tratamento farmacológico
Hepacivirus/efeitos dos fármacos
Hepacivirus/genética
Taxa de Filtração Glomerular/fisiologia
Nefrologia/organização & administração
Nefrologia/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 47 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-894910
Autor: Grybchuk, Danyil; Kostygov, Alexei Y; Macedo, Diego H; d'Avila-Levy, Claudia M; Yurchenko, Vyacheslav.
Título: RNA viruses in trypanosomatid parasites: a historical overview
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;113(4):e170487, 2018. graf.
Idioma: en.
Projeto: Grant Agency of Czech Republic; . Grant Agency of Czech Republic.
Resumo: Viruses of trypanosomatids are now being extensively studied because of their diversity and the roles they play in flagellates' biology. Among the most prominent examples are leishmaniaviruses implicated in pathogenesis of Leishmania parasites. Here, we present a historical overview of this field, starting with early reports of virus-like particles on electron microphotographs, and culminating in detailed molecular descriptions of viruses obtained using modern next generation sequencing-based techniques. Because of their diversity, different life cycle strategies and host specificity, we believe that trypanosomatids are a fertile ground for further explorations to better understand viral evolution, routes of transitions, and molecular mechanisms of adaptation to different hosts.
Descritores: Vírus de RNA
Trypanosomatina/virologia
Microscopia Eletrônica de Transmissão e Varredura
Leishmaniavirus/fisiologia
-Especificidade de Hospedeiro
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 47 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-841791
Autor: Zambenedetti, Miriam Ribas; Pavoni, Daniela Parada; Dallabona, Andreia Cristine; Dominguez, Alejandro Correa; Poersch, Celina de Oliveira; Fragoso, Stenio Perdigão; Krieger, Marco Aurélio.
Título: Internal control for real-time polymerase chain reaction based on MS2 bacteriophage for RNA viruses diagnostics
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;112(5):339-347, May 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: BACKGROUND Real-time reverse transcription polymerase chain reaction (RT-PCR) is routinely used to detect viral infections. In Brazil, it is mandatory the use of nucleic acid tests to detect hepatitis C virus (HCV), hepatitis B virus and human immunodeficiency virus in blood banks because of the immunological window. The use of an internal control (IC) is necessary to differentiate the true negative results from those consequent from a failure in some step of the nucleic acid test. OBJECTIVES The aim of this study was the construction of virus-modified particles, based on MS2 bacteriophage, to be used as IC for the diagnosis of RNA viruses. METHODS The MS2 genome was cloned into the pET47b(+) plasmid, generating pET47b(+)-MS2. MS2-like particles were produced through the synthesis of MS2 RNA genome by T7 RNA polymerase. These particles were used as non-competitive IC in assays for RNA virus diagnostics. In addition, a competitive control for HCV diagnosis was developed by cloning a mutated HCV sequence into the MS2 replicase gene of pET47b(+)-MS2, which produces a non-propagating MS2 particle. The utility of MS2-like particles as IC was evaluated in a one-step format multiplex real-time RT-PCR for HCV detection. FINDINGS We demonstrated that both competitive and non-competitive IC could be successfully used to monitor the HCV amplification performance, including the extraction, reverse transcription, amplification and detection steps, without compromising the detection of samples with low target concentrations. In conclusion, MS2-like particles generated by this strategy proved to be useful IC for RNA virus diagnosis, with advantage that they are produced by a low cost protocol. An attractive feature of this system is that it allows the construction of a multicontrol by the insertion of sequences from more than one pathogen, increasing its applicability for diagnosing different RNA viruses.
Descritores: Vírus de RNA/genética
Hepatite C/diagnóstico
Hepacivirus/genética
Escherichia coli/genética
Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real/métodos
-Levivirus/genética
Modelos Biológicos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 47 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-940888
Autor: Ferreira, Jorge Gomes Goulart.
Título: Análise de alterações na expressão de genes relacionados com a imunidade inata em células humanas infectadas com Apeu virus.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2015. XV, 79 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Centro de Pesquisas René Rachou para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A família Bunyaviridae consiste em uma das maiores e mais diversificadas famílias de vírus de RNA, contendo cerca de 350 vírus sorologicamente distintos. O Apeu virus (APEUV) é um vírus da família Bunyaviridae que se destaca por seu grande potencial emergente. Isolado pela primeira no Brasil, este vírus pode causar uma doença que apresenta sintomas semelhantes aos da gripe, como febre alta, dor de cabeça e mialgia, associadas geralmente a náuseas, vômitos, fraqueza e fotofobia. Entretanto, apesar de seu potencial patogênico, pouco se sabe sobre a sua interação com o sistema imunológico humano. Com o objetivo de estudar alguns aspectos da resposta imune, principalmente a reposta inata desencadeada pela infecção do APEUV, a expressão de 19 genes (TLR3, TLR7, TLR8, TLR9, MyD88,IRF3, IRF5, IRF7, IRF9, IRAK4, TRAF3, TRAF6, TICAM1, JUN, ROBO-3(RIG-1),IFIH1(MDA-5), IFNα, IFNβ, IFNy) foi analisada. Para tal, foram feitos ensaios de qPCR baseados na metodologia TaqMan®, utilizando cDNA obtido a partir de RNA total extraído de células mononucleares do sangue periférico (PBMC) e de células A549 (linhagem derivada de carcinoma pulmonar humano), infectadas ou não com APEUV por períodos de 4 ou 8 horas.

Como controles, foram utilizadas células infectadas com o vírus da estomatite vesicular (VSV) como controle positivo de uma infecção por vírus de RNA fita simples, e células tratadas com o mock das amostras de vírus como controle negativo. Os dados obtidos foram analisados em software específico. Nossos resultados indicam que PBMC infectadas com APEUV por 4horas (m.o.i.=1 e m.o.i.=3) induzem um aumento na expressão de TLR9 e IFNβ. Quando quantificada a expressão de genes em células A549 infectadas com APEUV(m.o.i.=1 por 4 horas) comparadas com o mock, verificou-se um aumento da expressão dos genes TLR9, IRF3 e IRF7 e no período de 8 horas, também comparando com o mock, verificou-se aumento de forma significativa na expressão de TLR 9, além de um aumento na expressão de TLR3, TLR7, TRAF3 , IRF7 e IFNβ.Verificamos ainda que, após escolher um gene housekeeping através de método estatístico, células A549 infectadas com APEUV em uma m.o.i.=1, tende a aumentara expressão dos genes IFNβ e TICAM-I, fundamentais na indução de um estado celular antiviral. Estudos posteriores são necessários para a determinação dos mecanismos envolvidos na resposta imune inata humana contra o Apeu virus.
Descritores: Bunyaviridae/isolamento & purificação
Infecções por Vírus de RNA/imunologia
Vírus de RNA/patogenicidade
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; 579.25, F383a, 2015


  9 / 47 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-766282
Autor: Ito, Marcos Massayuki; Catanhêde, Lilian Motta; Katsuragawa, Tony Hiroshi; Silva Junior, Cipriano Ferreira da; Camargo, Luis Marcelo Aranha; Mattos, Ricardo de Godoi; Vilallobos-Salcedo, Juan Miguel.
Título: Correlation between presence of Leishmania RNA virus 1 and clinical characteristics of nasal mucosal leishmaniosis / Correlação entre a presença de Leishmania RNA Vírus 1 e as características clínicas da leishmaniose de mucosa nasal
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);81(5):533-540, Sept.-Oct. 2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT INTRODUCTION: Mucosal leishmaniosis (ML) is a severe clinical form of leishmaniosis. Complex factors related to the parasite and the host are attributed to the development of mucosal lesions. Leishmania RNA virus 1 (LRV1) can disrupt immune response, and may be the main determinant of severity of the disease; it should be investigated. OBJECTIVE: To study the existence of clinical differences between patients with ML with endosymbiosis by LRV1 and. those without it. METHODS: A cross-sectional cohort study with clinical evaluation, polymerase chain reaction (PCR) detection of Leishmania, species classification, and search of LRV1 was performed. Only patients with confirmed diagnosis of ML by positive PCR and with nasal mucosa injuries were included in this analysis. RESULTS: Out of 37 patients, 30 (81.1%) were diagnosed with Leishmania braziliensis, five (13.5%) with Leishmania guyanensis, and two (5.4%) with mixed infection of L. braziliensis and L. guyanensis. LVR1 virus was present in 26 (70.3%) of the cases. CONCLUSION: Correlation between clinical phenotype and presence of LRV1 was not observed, although the frequency of the virus is two-fold higher in mucosal lesions than that found in the literature on skin lesions in the same geographical area.

RESUMO Introdução: A leishmaniose de mucosa (LM) é uma forma clínica grave da leishmaniose. Fatores complexos ligados ao parasita e ao hospedeiro são atribuídos ao desenvolvimento das lesões de mucosa. Leishmania RNA Vírus 1 (LRV1) pode subverter a resposta imune, podendo ser o principal determinante da gravidade da doença e deve ser pesquisado. Objetivo: Estudar a existência de diferenças clínicas entre pacientes portadores de LM com endosimbiose por LRV1 e as que não possuem. Métodos: Foi realizado um estudo de coorte histórica com corte transversal com avaliação clínica, detecção da Leishmania por técnica de PCR, classificação da espécie e pesquisa de LRV1. Foram incluídos na análise da pesquisa somente os pacientes com diagnóstico confirmado de LM com PCR positivo, com lesão de mucosa nasal. Resultados: Dos 37 pacientes, 30 (81,1%) foram diagnosticados com L. braziliensis, 5 (13,5%) com L. guyanensis e 2 (5,4%) com infecção mista de L. braziliensis e L. guyanensis. O vírus LVR1 estava presente em 26 casos (70,3%). Conclusão: A correlação entre o fenótipo clínico e a presença do LRV1 não foi constatada, porém a frequência do vírus é duas vezes maior em lesão de mucosa do que encontrado em trabalho, da mesma região, sobre lesão cutânea.
Descritores: Leishmania/virologia
Leishmaniose Mucocutânea/virologia
Leishmaniavirus/genética
Mucosa Nasal/parasitologia
Vírus de RNA/genética
-Estudos de Coortes
Estudos Transversais
Leishmania/classificação
Leishmaniose Mucocutânea/genética
Fenótipo
Reação em Cadeia da Polimerase
Índice de Gravidade de Doença
Limites: Adolescente
Adulto
Idoso
Criança
Pré-Escolar
Feminino
Humanos
Lactente
Recém-Nascido
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 47 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-760551
Autor: Ferreira, Jorge Gomes Goulart.
Título: Análise de alterações na expressão de genes relacionados com a imunidade inata em células humanas infectadas com Apeu virus / Analysis of changes in the expression of genes related to innate immunity in human cells infected with virus Apeu.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2015. XV, 79 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Centro de Pesquisas René Rachou para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A família Bunyaviridae consiste em uma das maiores e mais diversificadas famílias de vírus de RNA, contendo cerca de 350 vírus sorologicamente distintos. O Apeu virus (APEUV) é um vírus da família Bunyaviridae que se destaca por seu grande potencial emergente. Isolado pela primeira no Brasil, este vírus pode causar uma doença que apresenta sintomas semelhantes aos da gripe, como febre alta, dor de cabeça e mialgia, associadas geralmente a náuseas, vômitos, fraqueza e fotofobia. Entretanto, apesar de seu potencial patogênico, pouco se sabe sobre a sua interação com o sistema imunológico humano. Com o objetivo de estudar alguns aspectos da resposta imune, principalmente a reposta inata desencadeada pela infecção do APEUV, a expressão de 19 genes (TLR3, TLR7, TLR8, TLR9, MyD88,IRF3, IRF5, IRF7, IRF9, IRAK4, TRAF3, TRAF6, TICAM1, JUN, ROBO-3(RIG-1),IFIH1(MDA-5), IFNα, IFNβ, IFNy) foi analisada. Para tal, foram feitos ensaios de qPCR baseados na metodologia TaqMan®, utilizando cDNA obtido a partir de RNA total extraído de células mononucleares do sangue periférico (PBMC) e de células A549 (linhagem derivada de carcinoma pulmonar humano), infectadas ou não com APEUV por períodos de 4 ou 8 horas...

Como controles, foram utilizadas células infectadas com o vírus da estomatite vesicular (VSV) como controle positivo de uma infecção por vírus de RNA fita simples, e células tratadas com o mock das amostras de vírus como controle negativo. Os dados obtidos foram analisados em software específico. Nossos resultados indicam que PBMC infectadas com APEUV por 4horas (m.o.i.=1 e m.o.i.=3) induzem um aumento na expressão de TLR9 e IFNβ. Quando quantificada a expressão de genes em células A549 infectadas com APEUV(m.o.i.=1 por 4 horas) comparadas com o mock, verificou-se um aumento da expressão dos genes TLR9, IRF3 e IRF7 e no período de 8 horas, também comparando com o mock, verificou-se aumento de forma significativa na expressão de TLR 9, além de um aumento na expressão de TLR3, TLR7, TRAF3 , IRF7 e IFNβ.Verificamos ainda que, após escolher um gene housekeeping através de método estatístico, células A549 infectadas com APEUV em uma m.o.i.=1, tende a aumentara expressão dos genes IFNβ e TICAM-I, fundamentais na indução de um estado celular antiviral. Estudos posteriores são necessários para a determinação dos mecanismos envolvidos na resposta imune inata humana contra o Apeu virus...
Descritores: Bunyaviridae/isolamento & purificação
Infecções por Vírus de RNA/imunologia
Vírus de RNA/patogenicidade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR



página 1 de 5 ir para página              
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde