Base de dados : LILACS
Pesquisa : B04.820.630.590.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 5 [refinar]
Mostrando: 1 .. 5   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 5 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Martins, N. R. S
Texto completo
Id: lil-660232
Autor: Rios, R. L; Marin, S. Y; Gomes, A. M; Resende, J. S; Bonfim, M. R. Q; Gomes, A. D; Resende, F. M. S; Horta, R. S; Resende, M; Martins, N. R. S.
Título: The occurrence of orthoreovirus, rotavirus and chicken anemia virus in chickens of the poultry industry in Minas Gerais, Brazil / Ocorrência de orthoreovirus, rotavirus e vírus da anemia das galinhas em frangos de corte da indústria avícola de Minas Gerais
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;64(6):1613-1620, Dec. 2012. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Fifty-four fecal samples taken from broiler chickens from 1 to 45 days of age, and of pullets from 10 to 13 weeks of age, original from eight different poultry regions in the state of Minas Gerais, Brazil, were collected from March 2008 to January 2010 for avian Orthoreovirus (ARV) and avian Rotavirus (AvRV) analyses. For the assay of ARV, RNA was immediately extracted (Trizolâ) and transcribed into cDNA for assaying in a nested-PCR with ARV-specific primers. For AvRV, polyacrylamide gel electrophoresis (PAGE) was performed with RNA extracts obtained by phenol-chloroform extraction. CAV was additionally investigated through a nested-PCR of thymus and spleen. Results found 5.55% positive for ARV and 9.25% for AvRV. Also, CAV and ARV genomes were detected in co-infection, in a highly prostrated and claudicating chicken flock. No ARV or AvRV infections were detected in pullets. Material of a clinically affected flock was inoculated into SPF embryos, resulting in embryonic hemorrhage, whitish foci in the chorio-allantoic membrane and death. Sequencing of ARV amplicons and isolate cDNA grouped local strains with the ARV S1133 strain, historically used in live vaccines, suggesting the continued circulation of this vaccine virus strain in intensive poultry regions. Detection rates for ARV and AvRV, as well as the presence of CAV, were additionally indicative of failing biosecurity strategies for the intensive poultry regions examined.

Avaliou-se a ocorrência de Orthoreovirus (ARV) e Rotavirus (AvRV) aviários na avicultura industrial de Minas Gerais. Foram colhidas cinquenta e quatro amostras de fezes de frangos de corte entre um e 45 dias e de frangas de postura de 10 a 13 semanas de idade. Para análise de ARV, o RNA foi imediatamente extraído (Trizol), transcrito em cDNA e avaliado em uma PCR com oligonucleotídeos iniciadores específicos para ARV. Para a investigação de AvRV, os extratos de RNA foram obtidos por fenol-clorofórmio e submetidos à eletroforese em gel de poliacrilamida. Todas as amostras foram também avaliadas para o DNA do vírus da anemia das galinhas (CAV) em uma nested-PCR específica. Em frangos de corte, a positividade encontrada para ARV foi de 5,55% e para AvRV de 9,25%. CAV foi detectado em coinfecção em um plantel com refugagem, claudicação e prostração. Nenhuma amostra de poedeiras foi positiva para ARV ou AvRV. Material de plantel com sinais clínicos foi purificado e inoculado em ovos SPF embrionados, sendo obtidas lesões hemorrágicas e focos brancos na membrana cório-alantóide. O sequenciamento dos produtos de PCR e de embrião agrupou os isolados de ARV com a estirpe S1133, historicamente usada como vacina viva. Os resultados sugerem a continuada circulação da infecção por estirpes assemelhadas a ARV S1133 nas regiões de avicultura industrial. Os índices de detecção de ARV, AvRV e CAV indicam que a intensificação nas regiões produtoras tem resultado em falhas de biosseguridade.
Descritores: Aves Domésticas/prevenção & controle
Galinhas
Orthoreovirus Aviário
Rotavirus
-Vírus da Anemia da Galinha
Reação em Cadeia da Polimerase/veterinária
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-495103
Autor: Santos, Helton Fernandes dos; Lovato, Luciane Teresinha; Flôres, Maristela Lovato; Trevisol, Iara Maria; Mazzutti, Ketty Cristina; Pan, Kleitton Adolfo.
Título: Anticorpos contra vírus em galinhas de terreiro do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil / Antibodies against avian viruses in backyard poultry from the Rio Grande do Sul State, Brazil
Fonte: Ciênc. rural;38(7):1932-1937, out. 2008. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: No Brasil, a população de aves conhecida como galinhas de terreiro encontra-se fora do sistema de biosseguridade aplicada às criações comerciais. Para investigar a presença de anticorpos contra alguns vírus específicos nesta população, foram coletadas amostras de sangue de 867 aves não-vacinadas em 60 propriedades de 22 municípios do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. O soro foi testado para a presença de anticorpos contra o vírus da bronquite infecciosa das galinhas (IBV), reovírus aviário (ARV) e o vírus da doença infecciosa da bolsa (IBDV) pela técnica de soroneutralização. Anticorpos contra IBV foram detectados em 65 por cento (564/867) das amostras, contra ARV em 21,6 por cento (187/867) e contra IBDV em 80,2 por cento (695/867) das aves. Todas as propriedades avaliadas apresentavam uma ave positiva para anticorpos contra IBV e IBDV e 88,3 por cento delas eram positivas para ARV. Os resultados demonstram que esses vírus estão presentes em galinhas de terreiro nas criações avícolas não-industriais da região central do Estado. Os resultados indicam a necessidade de um programa de vigilância permanente nessa população e ainda indicam a necessidade de avaliar o impacto destas infecções nos próprios plantéis e o risco associado à transmissão destas às criações comerciais.

The backyard poultry are not included in the biosecurity system applied in commercial flocks in Brazil. To investigate the presence of antibodies to specific viral pathogens in this population, blood samples were collected from 867 non-vaccinated birds, from 60 flocks in 22 counties of the Rio Grande do Sul State, Brazil. The samples were tested to detect antibodies against infectious bronchitis virus (IBV), avian reovirus (ARV) and infectious bursal disease virus (IBDV), through the virus neutralization test. Antibodies to IBV were detected in 65 percent (564/867), against ARV in 21.6 percent (187/867), and against IBDV in 80.2 percent (695/867) of the samples. All the flocks had chickens positive to IBV and IBDV antibodies, and 88.3 percent of them harbored antibodies to ARV. The results show the presence of these viruses in backyard poultry from the central region of the State. It also indicates the need for additional studies aimed to evaluate the real importance of these infections for this type of flocks.
Descritores: Anticorpos Antivirais/sangue
Doenças das Aves Domésticas/epidemiologia
Vírus da Bronquite Infecciosa
Vírus da Doença Infecciosa da Bursa
Orthoreovirus Aviário
Viroses
-Brasil/epidemiologia
Galinhas
Limites: Animais
Feminino
Responsável: BR409.1 - Biblioteca


  3 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Alfieri, Alice Fernandes
Alfieri, Amauri Alcindo
Texto completo
Id: lil-364054
Autor: Tamehiro, Claudia Yurika; Alfieri, Alice Fernandes; Médici, Kerley Cristina; Alfieri, Amauri Alcindo.
Título: Segmented double-stranded genomic RNA viruses in fecal samples from broiler chicken
Fonte: Braz. j. microbiol;34(4), Oct.-Dec. 2003. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: A técnica de eletroforese em gel de poliacrilamida foi utilizada com o objetivo de identificar vírus com genoma contituído por RNA de fita dupla (dsRNA) segmentado, em material fecal de frangos de corte. Foram analisadas 378 amostras de fezes de aves, com idade entre a primeira e sétima semanas de vida, provenientes de granjas avícolas localizadas no Estado do Paraná, Brasil. dsRNA com perfil de migracão característico de rotavírus (AvRV), reovírus (ARV) ou picobirnavírus (PBV), foi identificado em 32 (8,5 per center), 7 (1,8 per center) e 13 (3,4 per center) amostras, respectivamente. AvRV e ARV ocorreram com maior freqüência em aves com até um mês de idade e estiveram diretamente relacionados a fezes diarréicas e pastosas, provenientes de aves com sinais clínicos de enterite. Considerando-se apenas as amostras de fezes colhidas em aves com diarréia, o AvRV foi detectado em 37,8 per center (14/37) e o ARV em 13,5 per center (5/37) da amostragem analisada. Em fezes com aspectos normais (controle) obtidas de aves clinicamente sadias, o AvRV foi identificado em apenas 1,5 per center (4/274) e o ARV não foi detectado. O ácido nucléico do PBV foi detectado com maior freqüência em fezes pastosas colhidas de aves com duas a sete semanas de vida. O AvRV apresentou grande variabilidade eletroforética dos segmentos de dsRNA, tendo sido identificados nove eletroferotipos distintos. Não foram observadas variacões no perfil genômico nas amostras de ARV e também de PBV.
Descritores: Aves Domésticas/microbiologia
Técnicas In Vitro
Infecções por Rotavirus/diagnóstico
Infecções por Rotavirus/patologia
Orthoreovirus Aviário
Picobirnavirus
Rotavirus
-Eletroforese em Gel de Poliacrilamida
Métodos
Tipo de Publ: Revisão de Integridade Científica
Estudo Comparativo
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  4 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-324283
Autor: Vasconcelos, Simone Bertozi de Souza; Bottino, José Américo; Guerra, José Luiz; Jerez, José Antonio.
Título: Lesöes viscerais induzidas experimentalmente pela inoculaçäo de uma amostra artrotrópica de reovírus em frangos de corte (Gallus gallus) / Visceral lesion induced experimentally by an artrotropic strain of reovirus in broiler (Gallus gallus)
Fonte: Braz. j. vet. res. anim. sci;38(2):84-87, 2001. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho descreve as lesöes viscerais induzidas pela inoculaçäo oral e podal de uma amostra artrotrópica de reovírus aviário (S-1133) em pintos de corte de um dia de idade. Realizou-se o exame histopatológico de fragmentos da Bursa de Fabricius, intestinos, fígado, baço e miocárdio utilizando-se cinco aves dos grupos inoculados e do grupo controle, nos períodos de 24, 48, 72 horas e semanalmente até a oitava semana após a inoculaçäo. No miocárdio, observou-se miocardite intersticial 48 horas pós-inoculaçäo, miocardite necrótica e pericardite na primeira semana após a inoculaçäo. Houve no pericárdio, na segunda semana após a inoculaçäo, a formaçäo de folículos linfóides e seu espessamento fibroso em períodos subseqüentes até a oitava semana. No fígado, foi observado um infiltrado inflamatório misto 72 horas após a inoculaçäo e degeneraçäo vacuolar e necrose dos hepatócitos na primeira semana pós-inoculaçäo. Observou-se, ainda, a presença de tecido linfóide ativo e de infiltrado heterofílico na segunda semana após a inoculaçäo, persistindo até o final do experimento. Verificou-se necrose progressiva do tecido esplênico de 48 horas até a primeira semana após a inoculaçäo e a partir da segunda semana observou-se hiperplasia dos folículos linfóides esplênicos. Os demais órgäos examinados näo apresentaram alteraçöes. As lesöes viscerais foram similares ocorrendo simultaneamente nos dois grupos inoculados, contudo as alteraçöes foram mais severas no grupo inoculado no coxim plantar
Descritores: Orthoreovirus Aviário
Aves Domésticas
Reoviridae
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  5 / 5 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-324282
Autor: Vasconcelos, Simone Bertozi de Souza; Bottino, José Américo; Guerra, José Luiz; Jerez, José Antonio.
Título: Lesöes articulares em frangos de corte (Gallus gallus) na infecçäo experimental pelo reovírus aviário / Articular lesion in experimental infeccion with avian reovirus in broiler (Gallus gallus)
Fonte: Braz. j. vet. res. anim. sci;38(2):80-83, 2001. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho descreve as lesöes articulares induzidas pela inoculaçäo oral e podal de uma amostra de reovírus aviário (S-1133) em pintos de corte de um dia de idade. Realizou-se o exame histopatológico de fragmentos da articulaçäo tibiotársica utilizando-se cinco aves dos grupos inoculados e grupo controle nos períodos de 24, 48, 72 horas e semanalmente até a oitava semana após a inoculaçäo. A primeira alteraçäo observada foi um infiltrado inflamatório misto nas bainhas tendinosas uma semana após a inoculaçäo. Na segunda semana após a inoculaçäo, houve fibroplasia, formaçäo de folículos linfóides e hiperplasia das células da membrana sinovial, alteraçöes progressivas observadas até o final do período experimental. As lesöes articulares foram similares, ocorrendo simultaneamente nos dois grupos inoculados, contudo as alteraçöes foram mais severas no grupo inoculado no coxim plantar
Descritores: Articulações
Aves Domésticas
Reoviridae
Tenossinovite
-Orthoreovirus Aviário
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde