Base de dados : LILACS
Pesquisa : C01.252.400.625.391 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 278 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 28 ir para página                         

  1 / 278 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1046497
Autor: Gonçalves, Ana Katherine; Eleutério Junior, José; Costa, Ana Paula Ferreira; Giraldo, Paulo César.
Título: Cervicites e uretrites / Cervicitis and urethritis
Fonte: Femina;47(2):101-104, 20190228. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Uretrite
Cervicite Uterina
Chlamydia trachomatis
-Gonorreia
Doença Inflamatória Pélvica
Neisseria gonorrhoeae
Limites: Seres Humanos
Feminino
Gravidez
Tipo de Publ: 57801
Responsável: BR1365.1 - Biblioteca Biomédica A - CB/A


  2 / 278 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-887355
Autor: Pereira-Ospina, Rocío del P; Pinzón-Salamanca, Javier Y; Suescún-Vargas, José M; Guzmán-Prado, Yuli.
Título: Neisseria gonorrhoeae: un agente causal infrecuente de celulitis periorbitaria en un niño / Neisseria gonorrhoeae: an infrequent causal agent of periorbital cellulitis in a child
Fonte: Arch. argent. pediatr;115(4):e243-e246, ago. 2017. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La celulitis periorbitaria es una patología muy frecuente en la población pediátrica. Se define como la infección que compromete los tejidos blandos adyacentes a la órbita sin atravesar el septum orbitario. Después de la introducción de la vacuna contra Haemophilus influenzae, los patógenos involucrados, generalmente, son cocos Gram-positivos. A continuación, se presenta un caso de celulitis periorbitaria asociada a conjuntivitis purulenta por Neisseria gonorrhoeae en un niño de 2 años y 10 meses. Existen pocos casos descritos en la literatura en los que este microorganismo aparece como agente causal de celulitis periorbitaria. Con este caso, se quiere resaltar la importancia de la toma de cultivo en los pacientes que concomitantemente presenten conjuntivitis bacteriana y secreción purulenta, ya que esto facilitó el diagnóstico de esta patología por un agente etiológico poco frecuente.

Periorbital cellulitis is a very common disease in pediatric population, it describes an infection involving the adjacent soft tissues anterior to the orbital septum. Pathogens involved are generally Gram-positive cocci after introduction of Haemophilus influenzae vaccine. We report a case of Neisseria gonorrhoeae periorbital cellulitis associated with bacterial conjunctivitis in a child. There are few cases reported in the literature with this microorganism as the causal agent. With this case, we would like to emphasize the importance to do a culture of the ocular secretion (if it exists) because this allowed us to determine an infrequent agent of this disease.
Descritores: Gonorreia
Celulite Orbitária/microbiologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Pré-Escolar
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  3 / 278 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-961812
Autor: Korenromp, Eline L; Ríos, Cielo; Apolinar, Amparo Liliana Sabogal; Caicedo, Sidia; Cuellar, Diego; Cárdenas, Iván; Nuñez, Ricardo Luque; Cuéllar, Norma Constanza; Ruíz, Martha; Cruz, Adriana; Gaitan-Duarte, Hernando; Valderrama, Carolina Duarte; Forero, María Isabel Bermúdez; Taylor, Melanie; Rowley, Jane; Gómez, Bertha; Alonso, Mónica.
Título: Prevalence and incidence estimates for syphilis, chlamydia, gonorrhea, and congenital syphilis in Colombia, 1995-2016 / Estimaciones sobre la prevalencia y la incidencia de sífilis, clamidiasis, gonorrea y sífilis congénita en Colombia, 1995-2016 / Estimativas da incidência e prevalência de sífilis, clamídia, gonorreia e sífilis congênita na Colômbia, 1995-2016
Fonte: Rev. panam. salud pública = Pan am. j. public health;42:e118, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objectives To estimate adult (15-49 years old) prevalence and incidence of active syphilis, gonorrhea, and chlamydia, and incidence of congenital syphilis (CS) and adverse birth outcomes (ABOs) in Colombia, over 1995-2016. Methods The Spectrum-STI epidemiological model tool estimated gonorrhea and chlamydia prevalences as moving averages across prevalences observed in representative general population surveys. For adult syphilis, Spectrum-STI applied segmented polynomial regression through prevalence data from antenatal care (ANC) surveys, routine ANC-based screening, and general population surveys. CS cases and ABOs were estimated from Spectrum's maternal syphilis estimates and proportions of women screened and treated for syphilis, applying World Health Organization case definitions and risk probabilities. Results The Spectrum model estimated prevalences in 2016 of 0.70% (95% confidence interval (CI): 0.15%-1.9%) in women and 0.60% (0.1%-1.9%) in men for gonorrhea and of 9.2% (4.4%-15.4%) in women and 7.4% (3.5%-14.7%) in men for chlamydia, without evidence for trends over 1995-2016. The prevalence of active syphilis in 2016 was 1.25% (1.22-1.29%) in women and 1.25% (1.1%-1.4%) in men, decreasing from 2.6% (2.1%-3.2%) in women in 1995. Corresponding CS cases in 2016 (including cases without clinical symptoms) totaled 3 851, of which 2 245 were ABOs. Annual CS and ABO estimates decreased over 2008-2016, reflecting decreasing maternal prevalence and increasing cases averted through ANC-based screening and treatment. Conclusions The available surveillance and monitoring data synthesized in Spectrum-STI— and the resulting first-ever national STI estimates for Colombia—highlighted Colombia's persistently high STI burden. Adult syphilis and congenital syphilis are estimated to be falling, reflecting improving screening efforts. Strengthened surveillance, including with periodic screening in low-risk populations and future refined Spectrum estimations, should support planning and implementation of STI prevention and control, including CS elimination.

resumen está disponible en el texto completo

RESUMO Objetivos Estimar a incidência e a prevalência na população adulta (com idade de 15-49 anos) de sífilis ativa, gonorreia e clamídia e a incidência de sífilis congênita (SC) e desfechos adversos congênitos na Colômbia no período de 1995 a 2016. Métodos O modelo epidemiológico Spectrum-STI foi o instrumento usado para estimar a prevalência de gonorreia e clamídia como médias móveis nas prevalências observadas em pesquisas representativas da população geral. A sífilis em adultos foi estimada com a regressão polinomial segmentada aplicada ao modelo Spectrum-STI com dados de prevalência obtidos de pesquisas da atenção pré-natal, exames pré-natais de rotina de detecção precoce e pesquisas da população geral. Casos de SC e desfechos adversos congênitos foram estimados a partir das estimativas de sífilis materna do modelo Spectrum e percentuais de mulheres que fizeram testes de detecção e foram tratadas para sífilis, segundo as definições de casos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e probabilidades de risco. Resultados O modelo Spectrum estimou, para 2016, uma prevalência de gonorreia de 0,70% (intervalo de confiança de 95% [IC 95%] 0,15%-1,9%) no sexo feminino e 0,60% (0,1%-1,9%) no sexo masculino e uma prevalência de clamídia de 9,2% (4,4%-15,4%) no sexo feminino e 7,4% (3,5%-14.7%) no sexo masculino, sem evidência de tendências no período 1995-2016. A prevalência de sífilis ativa em 2016 foi de 1,25% (1,22-1,29%) no sexo feminino e 1,25% (1,1%-1,4%) no sexo masculino, demonstrando um declínio da prevalência de 2,6% (2,1%-3,2%) observada em 1995 para o sexo feminino. Houve, ao todo, 3.851 casos correspondentes de SC em 2016 (incluindo casos assintomáticos), dos quais 2.245 foram desfechos adversos congênitos. Observou-se uma redução nas estimativas anuais de SC e desfechos adversos congênitos em 2008-2016, refletindo a diminuição da prevalência materna e o número crescente de casos evitados com exames pré-natais de detecção e tratamento. Conclusões Os dados disponíveis de vigilância e monitoramento condensados no modelo Spectrum-STI, e as resultantes estimativas nacionais de infeções sexualmente transmissíveis (IST) obtidas pela primeira vez na Colômbia, evidenciam a alta carga persistente de IST no país. Estima-se que a ocorrência de sífilis do adulto e sífilis congênita esteja diminuindo em decorrência da melhoria nos esforços de detecção precoce. A vigilância reforçada, consistindo também de exames periódicos de detecção precoce nas populações de baixo risco e estimavas futuras aprimoradas do instrumento Spectrum, deve sustentar o planejamento e a implementação de controle e prevenção de IST e a eliminação da SC.
Descritores: Infecções por Chlamydia/diagnóstico
Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle
-Gonorreia
Sífilis/diagnóstico
Colômbia/epidemiologia
Vigilância
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 278 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-982778
Autor: García, Susana Diana; Casco, Ricardo Hugo; Losada, Mirta Olga; Perazzi, Beatriz Elizabeth; Vay, Carlos Alberto; Famiglietti, Ángela María Rosa.
Título: Estado actual de la gonorrea / Current state of gonorrhea
Fonte: Rev. Asoc. Méd. Argent;129(2):6-9, jun. 2016. graf.
Idioma: es.
Resumo: La gonorrea es una infección de transmisión sexual conocida desde la antigüedad que se ha perpetuado en el tiempo. Su agente etiológico, Neisseria gonorrhoeae, fue adquiriendo resistencia a la mayoría de los antimicrobianos utilizados para su tratamiento empírico. Las resistencias emergentes en los últimos años son a fluorquinolonas, macrólidos y cefalosporinas orales y parenterales. Hay aislamientos multirresistentes que plantean un desafío para su tratamiento. En países donde estos hallazgos ocurrieron precedentemente, la experiencia de tratamientos con antibióticos no convencionales, por ejemplo aminoglucósidos, es limitada y también emergieron cepas resistentes. Una de las estrategias utilizadas frente a la sensibilidad disminuida a ceftriaxona es aumentar la dosis o utilizar tratamientos combinados. En el marco actual de la multirresistencia de este microorganismo es importante promover la prevención de la infección, realizar vigilancia epidemiológica y buscar nuevas estrategias para su tratamiento.

Gonorrhea is a sexually transmitted infection known since antiquity that has been perpetuated over time. Its etiologic agent, Neisseria gonorrhoeae, was becoming resistant to most antimicrobials agents used for empiric therapy. Emerging resistance in recent years are fluoroquinolones, macrolides, oral and parenteral cephalosporins. There are multiresistant isolates that represent a challenge for its treatment. In countries where these findings occurred previously, the experience with unconventional treatments such as aminoglycosides is limited and resistant strains have emerged. One of the strategies used against the reduced susceptibility to ceftriaxone is to increase the dose or use combined treatments. In the current context of multidrug resistance of this organism it is important to promote the prevention of infection, epidemiological surveillance and look for new strategies for treatment.
Descritores: Gonorreia/tratamento farmacológico
Gonorreia/epidemiologia
Neisseria gonorrhoeae
Neisseria gonorrhoeae/patogenicidade
-Farmacorresistência Bacteriana
Gonorreia/terapia
Incidência
Doenças Bacterianas Sexualmente Transmissíveis
Limites: Seres Humanos
Responsável: AR1.1 - Biblioteca Rafael Herrera Vegas


  5 / 278 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-937750
Autor: Pinto, Valdir Monteiro.
Título: Prevalência e fatores de risco para Chlamydia trachomatis em parturientes, de 15 a 24 anos, no Brasil.
Fonte: Vitória; s.n; 2012. 102 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Espírito Santo. Centro de Ciências da Saúde para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Objetivo: Estimar a prevalência e fatores de risco para a infecção por Chlamydia trachomatis (CT) em parturientes jovens no Brasil. Material e Método: Estudo transversal, nacional, em parturientes de 15 a 24 anos de idade, que buscaram atendimento nas maternidades públicas do país em 2009. Participantes responderam um questionário contendo dados sóciodemográficos, comportamentais e clínicos. Foi coletada uma amostra de urina para testagem de CT e Neisseria gonorrhoeae (NG) usando a reação em cadeia da polimerase COBAS Amplicor CT/NG (Roche Molecular Systems, Branchburg, NJ, USA). Resultados: De um total de 2400 mulheres selecionadas, 2071 (86,3%) foram incluídas no estudo. A média de idade foi de 20,2 anos (desvio padrão = 2,7). As taxas de prevalência de CT e NG foram 9,8% (IC95% 8,5–11,1) e 1,0% (IC95% 0,6%–1,4%), respectivamente. Quatro por cento das mulheres com infecção por CT também tinham infecção por NG. Os fatores associados à infecção por CT foram: idade entre 15 e 19 anos [OR=1,6 (95% IC: 1,15–2,17)]; início de atividade sexual antes de 15 anos de idade [OR= 1,4 (95% IC: 1,04–6,24)]; ter tido mais de uma parceria sexual na vida [OR= 1,6 (95% IC: 1,13–2,26)]; ter realizado citologia oncótica cervical há mais de um ano [OR= 1,5 (95% IC: 1,08–2,05)]; e ter infecção por NG [OR= 7,6 (95% IC: 3,05–19,08)]. Conclusão: Este estudo mostrou uma alta prevalência de infecção por CT entre parturientes jovens no Brasil. Nós sugerimos que o rastreamento para a infecção por CT deva ser incluído na rotina de acompanhamento pré-natal para este grupo populacional no Brasil
Descritores: Chlamydia trachomatis
Gonorreia
Gravidez
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR1310.1 - Núcleo de Biblioteca
BR1310.1; Formato Eletrônico


  6 / 278 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-936678
Autor: Sittart, José Alexandre de Souza(org); Pires, Mario Cezar(org); Mattos, Roberto Adilson de(org).
Título: DST. doenças sexualmente transmissíveis.
Fonte: São Paulo; Novartis; s.d. 16 p.
Idioma: pt.
Descritores: Linfogranuloma Venéreo/diagnóstico
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Sífilis/transmissão
-Cancro
Gonorreia
Limites: Masculino
Feminino
Seres Humanos
Responsável: BR276.2 - Biblioteca Doutor Orlando Costa
BR276.2; 616.97, S623d, F, AG


  7 / 278 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-935660
Autor: Anon.
Título: Gonorréia: a doença das civilizações.
Fonte: s.n; Winthrop; s.d. 18 p.
Idioma: pt.
Descritores: Gonorreia/transmissão
Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle
Limites: Masculino
Feminino
Seres Humanos
Responsável: BR276.2 - Biblioteca Doutor Orlando Costa
BR276.2; 616.973, G639, F, AG


  8 / 278 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Moreira, Beatriz Meurer
Texto completo
Id: biblio-889182
Autor: Costa-Lourenço, Ana Paula Ramalho da; Santos, Késia Thaís Barros dos; Moreira, Beatriz Meurer; Fracalanzza, Sergio Eduardo Longo; Bonelli, Raquel Regina.
Título: Antimicrobial resistance in Neisseria gonorrhoeae: history, molecular mechanisms and epidemiological aspects of an emerging global threat
Fonte: Braz. j. microbiol;48(4):617-628, Oct.-Dec. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Neisseria gonorrhoeae is the agent of gonorrhea, a sexually transmitted infection with an estimate from The World Health Organization of 78 million new cases in people aged 15-49 worldwide during 2012. If left untreated, complications may include pelvic inflammatory disease and infertility. Antimicrobial treatment is usually effective; however, resistance has emerged successively through various molecular mechanisms for all the regularly used therapeutic agents throughout decades. Detection of antimicrobial susceptibility is currently the most critical aspect for N. gonorrhoeae surveillance, however poorly structured health systems pose difficulties. In this review, we compiled data from worldwide reports regarding epidemiology and antimicrobial resistance in N. gonorrhoeae, and highlight the relevance of the implementation of surveillance networks to establish policies for gonorrhea treatment.
Descritores: Farmacorresistência Bacteriana
Gonorreia/microbiologia
Neisseria gonorrhoeae/efeitos dos fármacos
-Gonorreia/epidemiologia
Gonorreia/história
Neisseria gonorrhoeae/classificação
Neisseria gonorrhoeae/genética
Neisseria gonorrhoeae/isolamento & purificação
Limites: Seres Humanos
Animais
História do Século XX
História do Século XXI
Tipo de Publ: Revisão
Artigo Histórico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 278 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-879000
Autor: Guimarães, Denise Alves; Oliveira, Cândida Amélia Marinho de; Silva, Leandro César da; Gama, Carlos Alberto Pegolo da.
Título: Promotion of sexual rights and health education: knowledge of sexually transmitted infections / Promoção de direitos sexuais e educação em saúde: conhecimento sobre infecções sexualmente transmissíveis
Fonte: DST j. bras. doenças sex. transm;29(2):59-66, 20171010.
Idioma: pt.
Resumo: As Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) são mundialmente reconhecidas como um importante problema de saúde pública devido ao seu impacto na qualidade de vida das pessoas. Objetivo: Analisar o conhecimento da população sobre métodos de transmissão, tratamentos e possível cura de algumas DST e da AIDS, e compará-las entre si assim como quanto ao seu conhecimento sobre outras doenças. Métodos: Estudo exploratório e descritivo através do uso de um questionário em amostra de conveniência composta por 403 homens e mulheres de diferentes faixas etárias, 252 (62,5%) mulheres e 151 (37,5%) homens. Os resultados foram compilados e analisados pelo software IBM SPSS Statistics 22. Resultados: Foi observado um diferente nível de conhecimento sobre formas de transmissão e prevenção de DST/AIDS. Perguntas sobre AIDS tiveram o maior número de respostas corretas, acima de 80%. Quanto à transmissão de certas doenças, as publicadas pela mídia, como a AIDS e a dengue, são mais conhecidas e apresentam melhores níveis, acima de 90%. No entanto, houve alta falta de familiaridade dos participantes quanto às doenças pouco divulgadas por ações e campanhas governamentais de saúde, apesar de sua alta prevalência, como é o caso da gonorreia e da sífilis. Conclusão: Informação sobre DSTs e outras doenças altamente divulgadas pela mídia e por campanhas de saúde pública foram incorporadas pelos participantes dessa pesquisa, mostrando o poder e a importância de campanhas de educação da saúde.

The Sexually Transmitted Diseases (STD) are recognized throughout the world as an important public health problem due to their impact on people's life quality. Objective: To survey the population knowledge of transmission ways, treatment and possible cure of some STDs and AIDS, and compare them with each other as well as with the knowledge of other diseases. Methods: An exploratory and descriptive study by the use of a questionnaire in a convenience sample composed of 403 men and women of different age groups, 252 (62.5%) women and 151 (37.5%) men. The results were compiled and analyzed by the IBM SPSS Statistics 22 software. Results: A different knowledge degree regarding the ways of transmission and prevention of STD/ AIDS was observed. Questions about AIDS had the highest right answers' rates, above 80%. As for the transmission of certain diseases, the ones published by the media, as Aids and dengue fever, are better known and also shown high levels, above 90%. However, there was a high degree of unfamiliarity of the participants regarding those diseases not so well divulged by the health actions and government campaigns, despite their high prevalence, such as gonorrhea and syphilis. Conclusion: Information on STD and other widely disseminated diseases by the media and public health campaigns were incorporated by the participants of this research, showing the power and significance of health education campaigns.
Descritores: Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/terapia
Educação em Saúde
Direitos Sexuais e Reprodutivos
Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle
Doenças Sexualmente Transmissíveis/transmissão
-Dengue
Gonorreia
Sífilis
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR846


  10 / 278 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-874949
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS.
Título: Ceftriaxona 500mg para tratamento da Neisseria gonorrhoeae resistente à ciprofloxacina / Ceftriaxone 500mg for treatment of Neisseria gonorrhoeae resistant to ciprofloxacin.
Fonte: Brasília; CONITEC; 2015. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: CONTEXTO: A gonorreia é uma das infecções bacterianas mais frequentes e é causada pela Neisseria gonorrhoeae. Encontra-se atualmente entre as cinco principais infecções sexualmente transmissíveis mais notificadas na população masculina. Dentre as mudanças propostas pelo PCDT para Infecções Sexualmente Transmissíveis - IST em discussão, recebe destaque a alteração do esquema terapêutico atualmente em uso para o controle da Neisseria gonorrhoeae no Brasil, que prevê a substituição da ciprofloxacina 500mg, dose única via oral, pela ceftriaxona 500mg, dose única via intramuscular. Essa alteração tem como principal objetivo conter o desenvolvimento de maior resistência bacteriana aos antibióticos disponíveis na rede pública para o tratamento desse agravo. TRATAMENTO: Para a escolha do tratamento da infecção gonocócica a OMS estabelece critérios de eficácia, segurança, custo, adesão e disponibilidade, nos seguintes termos: -Eficácia: os medicamentos utilizados devem ter uma taxa de cura de pelo menos 95%. Esquemas terapêuticos com eficácia entre 85% e 95% devem ser utilizados com cautela e abaixo de 85% são considerados inaceitáveis. -Segurança: a presença de efeitos colaterais é a segunda maior preocupação na escolha dos tratamentos e desempenha papel de extrema relevância em mulheres grávidas ou em aleitamento, portanto, o nível de toxicidade deve permanecer dentro de padrões aceitáveis para a saúde do paciente, do feto e do bebê. -Custo: o custo do medicamento deve ser analisado e comparado aos custos de retratamento, eventuais complicações, e risco de transmissão e resistência. -Observância e aceitabilidade: os tratamentos devem ser de preferência em dose única e administrados por via oral. -Disponibilidade: os tratamentos selecionados devem levar em conta a aprovação sanitária no país. Além desses critérios, devem ser consideradas as co-infecções existentes e o risco de redução da eficácia para outras indicações terapêuticas. A TECNOLOGIA: A ceftriaxona é um antibiótico de terceira geração da família da cefalosporina registrado na ANVISA, por meio da Resolução 252 de 5 de março de 2001. O medicamento está disponível no mercado em diferentes apresentações, todas injetáveis, sendo indicado para o tratamento de eventos de sepsemia; meningite; infecções intra-abdominais (peritonites, infecções do trato gastrintestinal e biliar); infecções ósseas, articulares, tecidos moles, pele e feridas; infecções em pacientes imunocomprometidos; infecções renais e do trato urinário; infecções do trato respiratório, particularmente pneumonia e infecções otorrinolaringológicas; infecções genitais, inclusive gonorreia; profilaxia de infecções pré-operatórias; Borreliose de Lyme (Doença de Lyme). RECOMENDAÇÃO DA CONITEC: Na 34ª Reunião da CONITEC, realizada no dia 2 de abril de 2015, os membros do plenário deliberaram por unanimidade recomendar a incorporação da ceftriaxona 500mg injetável para o tratamento de gonorreia resistente à ciprofloxacina, conforme normas técnicas definidas pelo Ministério da Saúde. Foi assinado o Registro de Deliberação nº 110/2015. DECISÃO: PORTARIA Nº 58, de 1 de outubro de 2015 - Torna pública a decisão de incorporar a ceftriaxona 500mg injetável para o tratamento de gonorreia resistente à ciprofloxacina, conforme normas técnicas definidas pelo Ministério da Saúde, no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS.
Descritores: Ceftriaxona/administração & dosagem
Ciprofloxacino/efeitos adversos
Gonorreia/tratamento farmacológico
Neisseria gonorrhoeae/efeitos dos fármacos
-Brasil
Análise Custo-Benefício/economia
Resistência Microbiana a Medicamentos
Avaliação da Tecnologia Biomédica
Sistema Único de Saúde
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Relatório Técnico
Estudos de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 28 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde