Base de dados : LILACS
Pesquisa : C01.252.400.780.790 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 41 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 5 ir para página              

  1 / 41 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-895459
Autor: Guimarães, Maíra F; Araujo, Andreina de C; Freire, Davi P; Machado, Dália M. R; Martins, Nara N. V. M; Moraes-Filho, Jonas; Horta, Mauricio C.
Título: Investigação sorológica de Rickettsia rickettsii e Coxiella burnetii em caprinos e ovinos no entorno do Parque Nacional da Serra das Confusões, Piauí / Infection survey of Rickettsia rickettsii and Coxiella burnetii in sheep and goats from National Park of Serra das Confusões, Piauí
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(6):555-560, jun. 2017. tab.
Idioma: pt.
Projeto: CAPES.
Resumo: As doenças causadas por bactérias dos gêneros Rickettsia e Coxiella possuem como vetores artrópodes hematófagos, na sua maioria carrapatos, que atuam diretamente na transmissão de patógenos responsáveis por enfermidades de grande impacto na medicina veterinária e humana. O presente estudo objetivou realizar uma investigação sorológica de Rickettsia rickettsii e Coxiella burnetii em caprinos e ovinos criados no entorno do Parque Nacional da Serra das Confusões (PNSC), localizado no estado do Piauí, região nordeste do Brasil. Amostras de soro de 202 caprinos e 153 ovinos foram testadas pela Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI) para detecção de anticorpos anti-R. rickettsii e anti-C. burnetii, sendo consideradas positivas quando apresentaram títulos ≥ 64. Carrapatos em fase de parasitismo foram coletados e identificados. Todas as amostras de caprinos e ovinos foram soronegativas para antígenos de R. rickettsii. Foi verificado soropositividade em 2% (3/153) das amostras de ovinos para C. burnetii, com títulos variando de 64 a 4.096. As amostras de caprinos não foram reagentes ao referido antígeno. Não foi observado parasitismo em caprinos por carrapatos. No total, foram coletados 56 carrapatos parasitando 15 ovinos (9,8%), todos identificados como Rhipicephalus microplus. O estudo demonstrou a ausência de anticorpos anti-R. rickettsii nas amostras de caprinos e ovinos, ausência de anticorpos anti-C. burnetii em caprinos; e possibilitou o primeiro relato da ocorrência sorológica de C. burnetii em ovinos nesta região do Brasil.(AU)

The diseases caused by bacteria from the genera Rickettsia and Coxiella have hematophagous arthropods as vectors, mostly by ticks, which act directly on the transmission of pathogens that are responsible for diseases with major impact on veterinary and human medicine. The present study aimed to survey the infection of Rickettsia rickettsii and Coxiella burnetii in sheep and goats surrounding in the National Park of Serra das Confusões (NPSC), located in the state of Piauí, Northeast of Brazil. Serum samples from 202 goats and 153 sheep were tested by Indirect Immunofluorescence Assay (IFA) for the detection of antibodies against R. rickettsii and C. burnetii. The samples were considered positive when they showed titers ≥ 64. Ticks in parasitic stage were collected and identified. All samples from sheep and goats were seronegative for R. rickettsii. Seropositivity was verified in 2% (3/153) of the samples of sheep for C. burnetii, with titers ranging from 64 to 4096. The serum samples obtained from goats were seronegative to the above antigens. In total, 56 ticks were collected from 15 sheep (9.8%) all identified as Rhipicephalus microplus. The study demonstrated absence of infection by R. rickettsii in samples of sheep and goats, absence of infection of C. burnetii in goats; and the first report of serological occurrence of C. burnetii in sheep in this region of Brazil.(AU)
Descritores: Febre Q/epidemiologia
Rickettsia rickettsii/isolamento & purificação
Infecções por Rickettsia/epidemiologia
Ruminantes/virologia
Febre Maculosa das Montanhas Rochosas/veterinária
Ovinos/virologia
Coxiella burnetii/isolamento & purificação
-Testes Sorológicos/veterinária
Técnica Indireta de Fluorescência para Anticorpo/veterinária
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1045967
Autor: Paes, Carina de Barros.
Título: Avaliação do risco de transmissão de Rickettsia (Rickettsia rickettsii) por carrapatos do gênero Amblyomma na área do Parque Estadual do Juquery, Franco da Rocha, estado de São Paulo, Brasil / Risk assessment of transmission of Rickettsia (Rickettsia rickettsii) by Amblyomma ticks in Juquery State Park area, Franco da Rocha, São Paulo state, Brazil.
Fonte: São Paulo; s.n; 2019. 68 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A Febre Maculosa é uma doença de importância crescente na Saúde Pública, especialmente no estado de São Paulo, onde a transmissão ocorre em áreas que sofreram ação humana. Rickettsia rickettsii é uma bactéria intracelular obrigatória e no ser humano causa uma enfermidade febril conhecida no Brasil como Febre Maculosa Brasileira. O principal vetor do agente etiológico no Brasil é o carrapato da espécie Amblyomma sculptum, porém no estado de São Paulo também se destaca como vetor, o carrapato Amblyomma aureolatum, principalmente em áreas urbanas próximas a fragmentos de mata. Foi realizada uma caracterização da área do Parque Estadual do Juquery, Franco da Rocha, com coletas de espécimes de locais com e sem a presença de hospedeiros (capivaras) e verificação do vetor em hospedeiros em cães que circulam nas áreas de mata do parque e na sua Zona de Amortecimento. Foram empregadas técnicas laboratoriais para inquérito soroepidemiológico em animais domésticos (hospedeiros/sentinelas) através da técnica da Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI). Os carrapatos coletados nas técnicas empregadas no ambiente estão relacionados às capivaras presentes na área. As coletas realizadas nos cães foram positivas para Amblyomma aureolatum. No inquérito soroepidemiológico pela técnica de RIFI, houve uma soroprevalência de 60%. As variáveis de paisagem, quando comparadas à soroprevalência determinam a existência de relação entre elas, sendo a cobertura florestal a variável de maior influência. Nas duas áreas havia cães positivos na Reação de Imunofluorescência Indireta para Rickettsia rickettsii. A área de estudo passou de uma classificação de área silenciosa para área de risco para a Febre Maculosa Brasileira no município de Franco da Rocha, sendo indicadas ações de vigilância compatíveis para essa classe de risco.

Brazilian spotted fever is a disease of growing importance in public health, especially in the state of São Paulo, where transmission occurs in areas that have suffered human action. Rickettsia rickettsii is a mandatory intracellular bacterium and in humans causes a febrile illness known in Brazil as Brazilian Spotted Fever. The main vector of the etiological agent in Brazil is the tick Amblyomma sculptum, but in the state of São Paulo also stands out as a vector, the tick Amblyomma aureolatum, mainly in urban areas near forest fragments. A characterization of the area of the Juquery State Park, Franco da Rocha, was performed with specimens collected from places with and without the presence of hosts (capybaras) and vector verification in hosts in dogs that circulate in the forest areas of the park and in the region. its buffer zone. Laboratory techniques were used for seroepidemiological investigation in domestic animals (hosts / sentinels) using the Indirect Immunofluorescence Reaction (IFAT) technique. The ticks collected in the techniques used in the environment are related to the capybaras present in the area. Dog collections were positive for Amblyomma aureolatum. In the seroepidemiological survey by the IFAT technique, there was a 60% seroprevalence. Landscape variables, when compared to seroprevalence, determine their relationship, with forest cover being the most influential variable. In both areas there were dogs positive for the Rickettsia rickettsii Indirect Immunofluorescence Reaction. The study area went from a silent area classification to a risk area for Brazilian Macular Fever in the city of Franco da Rocha, and compatible surveillance actions were indicated for this risk class.
Descritores: Infecções por Rickettsia
Febre Maculosa das Montanhas Rochosas
Doenças Transmitidas por Carrapatos
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência


  3 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Ahid, Silvia M. M
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-895463
Autor: Paiva, Kaliane A. R; Pereira, Josivania S; Fonseca, Zuliete A. A. S; Coelho, Wesley A. C; Teixeira, Guilherme M. S. L; Oliveira, Moacir F. de; Ahid, Sílvia M. M.
Título: Rickettsia amblyommii associado a roedores e marsupiais nativos da Estação Experimental Rafael Fernandes da UFERSA, Rio Grande do Norte / Rickettsia amblyommii associated with rodent and marsupials native of Raphael Fernandes Experimental Station da UFERSA, Rio Grande do Norte, Brazil
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(6):621-626, jun. 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo teve como objetivo registrar a ocorrência de Rickettsia sp. em roedores e marsupiais nativos da Estação Experimental Rafael Fernandes da UFERSA, Mossoró/RN. O trabalho consistiu em uma pesquisa de campo, com roedores e marsupiais silvestres, com os dados expressos em frequência simples e porcentagem através do programa estatístico IBM SPSS (Armonk, NY: IBM Corp.), versão 22.0. Coletaram-se amostras de plasma sanguíneo de marsupiais (36) e de roedores (5). Destes, 64 continham Amblyomma auricularium, 7 Amblyomma parvum e 12 Amblyomma sp. As amostras de plasma sanguíneo foram analisadas através da técnica de Reação de Imunofluorescência Indireta. Exemplares de A. auricularium e a A. parvum foram macerados e submetidos a Técnica de Reação em Cadeia da Polimerase. Das amostras de plasma testadas, 17,60% apresentaram soropositividade para Rickettsia amblyommii. Oito exemplares de A. auricularium estavam positivos para R. amblyommii na análise de fragmentos dos genes gltA (350 bp) e ompA (587 pb), com 100% de similaridade com Candidatus R. amblyommii estirpe Bahia e AaPE, corres­pondendo a uma baixa circulação do agente dentre os vetores e hospedeiros. Esta pesquisa registra pela primeira vez a ocorrência de R. amblyommii em marsupiais Gracilinanus agilis e Monodelphis domestica pertencentes a Família Didelphidae, e roedores das Famílias Echimyidae e Cricetidae, cujas espécies foram Thrichomys sp. e Wiedomys sp., respectivamente, em Mossoró, estado do Rio Grande do Norte.(AU)

The study aimed to register the occurrence of Rickettsia sp. in rodents and marsupials native of the Rafael Fernandes Experimental Station of UFERSA, Mossoró/RN, Brazil. The study consisted of field research on small wild mammals, with data expressed in simple frequency and percentage through IBM SPSS (IBM Corp., Armonk, NY), version 22.0. Samples of blood plasma from 36 marsupials and 5 rodents were collected. From these, 64 contained Amblyomma auricularium, 7 Amblyomma parvum and 12 Amblyomma sp. All blood plasma samples were analyzed by indirect immunofluorescence technique, and 16 macerated specimens of A. auricularium and 3 of A. parvum were analyzed by reaction technique Polymerase Chain. From the tested plasma samples 17.60% were seropositive for Rickettsia amblyommii, 8 were positive for A. auricularium e R. amblyommii in gene gltA analysis of the fragments (350 bp) and ompA (587 bp) with 100% similarity with Candidatus R. amblyommii Bahia and AAPE strain, what corresponded to a low circulation of the agent from the vectors and hosts. This study registers for the first time the occurrence of R. amblyommii in marsupials Gracilinanus agilis and Monodelphis domestica belonging to the Didelphidae family, and in rodents of the Echimyidae and Cricetidae families, the species of which were Thrichomys sp. and Wiedomys sp. respectively, in Mossoró, Rio Grande do Norte.(AU)
Descritores: Rickettsia/isolamento & purificação
Infecções por Rickettsia/epidemiologia
Marsupiais/microbiologia
-Gambás/microbiologia
Monodelphis/microbiologia
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  4 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-876836
Autor: Oliveira, Stefan Vilges de; Caldas, Eduardo Pacheco de; Limongi, Jean Ezequiel; Gazeta, Gilberto Salles.
Título: Avaliação dos conhecimentos e atitudes de prevenção sobre a febre maculosa entre profissionais de saúde no Brasil / Knowledge and attitudes of prevention evaluation of spotted fever among health care professionals in Brazil
Fonte: J. Health Biol. Sci. (Online);4(3):152-159, jul-set/2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A febre maculosa (FM) é uma doença transmitida por carrapatos, o que, no Brasil, preocupa as autoridades do Sistema Único de Saúde (SUS) por apresentar elevados coeficientes de letalidade. Objetivo: Descrever os conhecimentos e as atitudes de prevenção sobre a FM entre profissionais do SUS. Métodos: Foi realizado entre os meses de outubro a dezembro de 2015, um inquérito sobre os conhecimentos e as atitudes de prevenção sobre a FM entre os profissionais da saúde. Um questionário na plataforma FormSUS foi submetido a 426 profissionais de todo o Brasil que previamente já haviam participado de capacitações e atividades que envolviam o tema em questão. Resultados: vinte unidades federadas foram respondedoras da pesquisa (112/426). Foi possível verificar que a maioria dos profissionais de saúde conhece as condutas de notificação e de investigação epidemiológica. As incorporações recentes no programa de vigilância epidemiológica são de conhecimento da maioria dos respondentes. A rotatividade dos profissionais foi mencionada como principal dificultador das ações de vigilância da doença. Ações de fortalecimento dos programas de vigilância são realizadas de forma esporádica, somente no momento da ocorrência de casos de FM e não ocorrem de forma integral no âmbito do SUS. Conclusão: Cabe a cada segmento do SUS buscar seguir as diretrizes do sistema de vigilância epidemiológica da FM para que, de forma integral, se consiga reverter o panorama de morbimortalidade desta importante doença no Brasil. (AU)

Introduction: Spotted fever (SF) it's a tick-borne disease, that in Brazil worries the Unified Health System (named as SUS), because of its high fatality rates. Objective: Describe the knowledge and attitudes of prevention on SF between SUS professionals. Methods: It was realized in 2015, between October and December, an inquiry of the knowledge and attitudes of prevention on SF between health professionals. A questionnaire on FormSUS platform was subjected to 426 professionals from all over Brazil, who previously has participated in training and activities involving the present issue. Results: Twenty federal units answered the inquiry (112/426). It was possible to verify that most health professionals know the conduct of notification and epidemiological research. Recent incorporations in the surveillance program are known to most respondents. The turnover of professionals was mentioned as main complication on the surveillance actions of the disease. Strengthening actions regarding surveillance programs are performed occasionally, only at the time of the incident occurrence, and do not occur integrally in SUS. Conclusion: It's up to each SUS segment seek to follow the guidelines of epidemiological surveillance system for SF, to be able of reverse in full the scenario of morbidity and mortality of this important disease in Brazil. (AU)
Descritores: Doenças Transmitidas por Carrapatos
-Inquéritos Epidemiológicos
Capacitação em Serviço
Infecções por Rickettsia
Zoonoses
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1780.2


  5 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-837455
Autor: Oliveira, Caroline S; Bräunig, Patricia; Krawczak, Felipe; Labruna, Marcelo B; Botton, Sonia A; Vogel, Fernanda S. F; Sangioni, Luis A.
Título: Detecção de proteínas imunorreativas de Rickettsia sp. cepa Mata Atlântica / Detection of immunoreactive proteins of Rickettsia sp. Atlantic Forest strain
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(1):52-57, jan. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: A Febre Maculosa Brasileira (FMB) é uma doença infecciosa, transmitida por carrapatos ao homem. Uma nova riquetsiose humana foi descrita como causadora de Febre Maculosa no Estado de São Paulo, sendo denominada de Rickettsia sp. cepa Mata Atlântica. O presente trabalho teve como objetivo detectar e identificar proteínas com potencial de estimular o sistema imune de hospedeiro mamífero, desta nova cepa descrita. Para tanto, foi realizado a extração proteica total de Rickettsia sp. cepa Mata Atlântica. As proteínas extraídas foram fracionadas por eletroforese. As bandas proteicas foram transferidas para membranas de nitrocelulose por migração elétrica e submetidas à técnica de Western-blot, para detecção proteica. Ao todo sete proteínas imunorreativas foram detectadas. Duas proteínas apresentaram maior abundancia, com peso molecular, de 200 e 130 kDa respectivamente. Através da comparação de mapas proteômicos existentes e pelo peso molecular que estas proteínas apresentaram, sugere-se que as duas proteínas detectadas representem rOmpA (200 kDa) e rOmpB (130 kDa). As demais proteínas detectadas apresentaram menor ocorrência e peso molecular inferior a 78 kDa, podendo representar membros da família de antígenos de superfície celular (Sca - Surface cell antigen). As proteínas detectadas poderão servir como base de estudo na elaboração de métodos diagnósticos sensíveis e específicos, no desenvolvimento de vacinas, além de possibilitarem novos estudos para terapias mais eficazes.(AU)

Brazilian Spotted Fever (BSF) is an infectious disease transmitted by ticks to humans. A new human rickettsial infection was reported to cause spotted fever in the State of São Paulo and was named Rickettsia sp. Strain Atlantic Forest. This study aimed to detect and identify proteins with potential to stimulate the immune system of mammalian host of this new strain described. Therefore, we performed total protein extraction Rickettsia sp. Strain Atlantic Forest. The extracted proteins were fractionated by electrophoresis. The protein bands were transferred to nitrocellulose membrane by electrical migration and subjected to Western blot for protein detection. In all, seven immunoreactive proteins were detected. Two proteins showed higher abundance, with molecular weight of 200 and 130 kDa respectively. By comparing existing proteomic maps and the molecular weight of these proteins showed that, it is suggested that the two proteins detected representing rOmpA (200 kDa) and rOmpB (130 kDa). The other detected proteins had lower occurrence and molecular weight less than 78 kDa, which may represent members of the cell surface antigens Family (Sca - Surface cell antigen). The detected proteins may serve as a study based on the development of sensitive and specific diagnostic methods in the development of vaccines and they enable further studies to more effective therapies.(AU)
Descritores: Fenômenos Imunogenéticos
Proteínas/imunologia
Infecções por Rickettsia/imunologia
Rickettsia/imunologia
-Febre Maculosa das Montanhas Rochosas/diagnóstico
Febre Maculosa das Montanhas Rochosas/imunologia
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-836734
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS.
Título: Doxicilina injetável e o cloranfenicol suspensão para terapêutica da febre maculosa brasileira e outras riquetsioses / Doxycycline and chloramphenicol suspension for therapy of Brazilian spot fever and other rickettsial.
Fonte: s.l; CONITEC; [2014]. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A febre maculosa brasileira (FMB) é uma doença infecciosa febril aguda, de transmissão vetorial exclusiva, de gravidade variável, cuja apresentação clínica pode variar desde formas leves e atípicas até formas graves, com elevada taxa de letalidade, sendo por isso considerada um problema de saúde pública e doença de notificação compulsória no Brasil. Tendo em vista a limitação das técnicas laboratoriais atuais em possibilitar o diagnóstico específico imediato e a rápida progressão para formas graves da doença, a recomendação formal é de que frente a casos suspeitos da doença, que apresentem os critérios clínicos e laboratoriais compatíveis com os critérios de definição vigentes, a terapêutica específica (doxiciclina ou cloranfenicol), seja em âmbito ambulatorial ou hospitalar, deve ser prontamente instituída. O sucesso do tratamento está relacionado à precocidade e à especificidade de sua instalação. Os únicos fármacos com comprovada ação e eficácia são as tetraciclinas e o cloranfenicol. A escolha entre a tetraciclina (doxiciclina) e o cloranfenicol relaciona-se à gravidade da doença, devendo-se priorizar a tetracilina em função de sua superioridade. Considerando o alto potencial de letalidade da FMB e frente às evidências científicas sob a eficácia do uso da doxiciclina e do cloranfenicol, o Ministério da Saúde, em seu material instrucional (Guia de Vigilância Epidemiológica) da Secretaria de Vigilância em Saúde, recomenda estes medicamentos para o tratamento de pacientes com sinais e sintomas clínicos da febre maculosa brasileira. No entanto, não estão disponíveis a doxiciclina injetável e o cloranfenicol solução, por desinteresse comercial de laboratórios produtores e indisponibilidade de registro dos medicamentos no Brasil, o que motiva a aquisição destas drogas via \r\nimportação e disponibilização como medicamentos do componente estratégico do Ministério da Saúde para o tratamento da FMB e outras riquetsioses. Conforme avaliação realizada pela área técnica de vigilância epidemiológica da FMB e outras riquetsioses e Departamento de Assistência Farmacêutica do MS, estes \r\nmedicamentos poderão ser adquiridos de forma centralizada pelo Ministério da Saúde com recurso próprio e destinados às áreas endêmicas do país. Nesta avaliação, considerando as opções terapêuticas existentes no Brasil (doxiciclina comprimidos e cloranfenicol injetável), será necessária para atender a demanda anual a aquisição do quantitativo de 24.000 mil ampolas de doxiciclina injetável (100 mg) e 4.000 frascos de cloranfenicol solução (125 mg), o que promoverá um impacto orçamentário anual na ordem de US$ 126.000,00 mil dólares, estimativa anual baseada nas notificações de casos da FMB, que deverão ser tratados com os \r\nrespectivos medicamentos. Diante do exposto, os membros da CONITEC, presentes na reunião ordinária do \r\ndia 1º de agosto de 2013, decidiram, por unanimidade, pela incorporação da doxiciclina injetável e cloranfenicol solução para terapêutica antimicrobiana em pacientes com febre maculosa brasileira e outras riquetsioses.
Descritores: Cloranfenicol/uso terapêutico
Doxiciclina/uso terapêutico
Infecções por Rickettsia/terapia
Febre Maculosa das Montanhas Rochosas/terapia
-Brasil
Análise Custo-Benefício
Avaliação da Tecnologia Biomédica
Sistema Único de Saúde
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Estudos de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-755800
Autor: McIntosh, Douglas; Bezerra, Rodrigo Alves; Luz, Hermes Ribeiro; Faccini, João Luiz Horacio; Gaiotto, Fernanda Amato; Giné, Gastón Andrés Fernandez; Albuquerque, George Rego.
Título: Detection of Rickettsia bellii and Rickettsia amblyommii in Amblyomma longirostre (Acari: Ixodidae) from Bahia state, Northeast Brazil
Fonte: Braz. j. microbiol;46(3):879-883, July-Sept. 2015. tab.
Idioma: en.
Resumo:

Studies investigating rickettsial infections in ticks parasitizing wild animals in the Northeast region of Brazil have been confined to the detection of Rickettsia amblyommii in immature stages of Amblyomma longirostre collected from birds in the state of Bahia, and in immatures and females of Amblyomma auriculariumcollected from the striped hog-nosed skunk (Conepatus semistriatus) and armadillos (Euphractus sexcinctus) in the state of Pernambuco. The current study extends the distribution of R. amblyommii (strain Aranha), which was detected in A. longirostre collected from the thin-spined porcupine Chaetomys subspinosus and the hairy dwarf porcupine Coendou insidiosus. In addition, we report the first detection of Rickettsia bellii in adults of A. longirostre collected from C. insidiosus in the state of Bahia.

.
Descritores: Ixodidae/microbiologia
Infecções por Rickettsia/microbiologia
Rickettsia/genética
Rickettsia/isolamento & purificação
Infestações por Carrapato/microbiologia
-Animais Selvagens
Tatus
Sequência de Bases
Aves
Brasil
Proteínas da Membrana Bacteriana Externa/genética
Proteínas de Bactérias/genética
Citrato (si)-Sintase/genética
DNA Bacteriano
Proteínas de Choque Térmico/genética
Mephitidae
Dados de Sequência Molecular
Tipagem Molecular
Porcos-Espinhos
Proteínas Periplásmicas/genética
Análise de Sequência de DNA
Serina Endopeptidases/genética
Limites: Animais
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-730274
Autor: Abarca, Katia; Oteo, José A.
Título: Aproximación clínica y principales rickettsiosis transmitidas por garrapatas presentes en Latinoamérica / Clinical approach and main tick-borne rickettsiosis present in Latin America
Fonte: Rev. chil. infectol;31(5):569-576, oct. 2014. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Tick-borne rickettsial diseases are potentially life threatening infections that in Latin America have an emerging and reemerging character. Until few years ago, Rickettsia rickettsia was the only tick-borne rickettsia present in America; but nowadays several other species such as R. parkeri and R. massiliae are causing disease in humans in the region. In addition, new species are being described; although their pathogenicity has not been confirmed they should be considered as potential pathogens. Since the microbiological diagnosis of rickettsioses can take days or weeks, a high clinical suspicion and early start of appropriate treatment are crucial. In this review the distribution and main clinical manifestations of tick-borne rickettsial diseases in Latin America are detailed. Since R. felis has been found in ticks and the role of this vector has not been clarified, we have included a section about this pathogen.

Las rickettsiosis transmitidas por garrapatas son infecciones potencialmente letales, que en Latinoamérica tienen carácter emergente y re-emergente. Hasta hace escasos años, la única rickettsiosis transmitida por garrapatas era causada por Rickettsia rickettsii, pero en la actualidad existen otras especies como R. parkeri y R. massiliae que están provocando enfermedad en humanos en la región. Por otro lado, se están describiendo candidatos a nuevas especies de Rickettsia, que aunque no han probado su patogenicidad deben considerarse como potencialmente patógenos. Dado que el diagnóstico microbiológico puede tardar días o semanas, resulta fundamental una alta sospecha clínica y la instauración precoz de un tratamiento adecuado. En esta revisión se detalla la distribución y principales manifestaciones clínicas de las rickettsiosis transmitidas por garrapatas en Latinoamérica. Se ha incluido una sección sobre la infección por R. felis, por haberse encontrado esta especie en garrapatas, y no haberse aclarado el papel de este vector en su ciclo epidemiológico.
Descritores: Infecções por Rickettsia/classificação
Rickettsia/classificação
Doenças Transmitidas por Carrapatos/classificação
Carrapatos/microbiologia
-América Latina
Infecções por Rickettsia/microbiologia
Rickettsia/isolamento & purificação
Doenças Transmitidas por Carrapatos/microbiologia
Limites: Animais
Seres Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  9 / 41 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-730273
Autor: Cicuttin, Gabriel L; Vidal, Pablo; Nazarena De Salvo, M; Beltrán, Fernando J; Gury Dohmen, Federico E.
Título: Detección molecular de Rickettsia massiliae y Anaplasma platys en garrapatas Rhipicephalus sanguineus y caninos domésticos del municipio de Bahía Blanca (Argentina) / Molecular detection of Rickettsia massiliae and Anaplasma platys infecting Rhipicephalus sanguineus ticks and dogs, Bahía Blanca (Argentina)
Fonte: Rev. chil. infectol;31(5):563-568, oct. 2014. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Background: Rickettsioses, ehrlichioses and anaplasmoses are caused by Gram negative obligate intracellular bacteria and transmitted mainly by arthropods. Aim: To detect and perform the molecular characterization of these pathogens in ticks and domestic dogs in Bahia Blanca City (Buenos Aires, Argentina). Methods: Fifty six blood samples from dogs and 82 ticks (75 Rhipicephalus sanguineus and 7 Amblyomma tigrinum) were studied. The samples were analyzed by PCR for Rickettsia (intergenic space 23S-5S rRNA), Ehrlichia/Anaplasma (16S rRNA), and Anaplasma platys (16S rRNA). Results: 12% of R. sanguineus resulted positive for Rickettsia, identified by sequencing as Rickettsia massiliae; and 37.5% of the canine blood samples analyzed were positive for A. platys. Molecular characterization was also performed by amplification of the fragment of the citrate synthase gene (gltA) (Rickettsia genus) and the groESL gene (A. platys). Phylogenetic trees were constructed using the neighbor-joining method. These trees revealed that sequences obtained are similar to those from other geographical regions. Conclusion: The results indicate the presence of R. massiliae in R. sanguineus ticks for the second time in an urban area of South America and A. platys infection in dogs, being the southernmost region of Argentina where it has been notified.

Introducción: Las rickettsiosis, ehrlichiosis y anaplasmosis son causadas por bacterias gramnegativas, intracelulares obligadas y transmitidas principalmente por artrópodos. Objetivo: Detectar y caracterizar molecularmente estos patógenos en garrapatas y caninos domésticos del municipio de Bahía Blanca (provincia de Buenos Aires, Argentina). Material y Métodos: Se estudiaron 56 muestras sanguíneas de caninos, 75 garrapatas Rhipicephalus sanguineus y 7 Amblyomma tigrinum. Las muestras fueron analizadas por RPC para Rickettsia (espacio intergénico 23S-5S ARNr), Ehrlichia y Anaplasma (16S ARNr), y Anaplasma platys (16S ARNr). Resultados: Se detectó positividad a Rickettsia en 12% de R. sanguineus, identificándose por secuenciación a Rickettsia massiliae. Las muestras sanguíneas de los caninos resultaron en 37,5% positivas a A. platys. También se caracterizaron molecularmente por la amplificación del fragmento del gen citrato sintasa (gltA) (género Rickettsia) y del gen groESL (A. platys). Se construyeron árboles filogenéticos utilizando el método del vecino más cercano (neighbor-joining) revelando que las secuencias obtenidas son similares a las de otras regiones geográficas. Conclusión: Los resultados indican la presencia de R. massiliae en garrapatas R. sanguineus en una segunda zona urbana de Sudamérica y la infección por A. platys en caninos, siendo la región más austral de Argentina donde ha sido notificada.
Descritores: Anaplasma/genética
Anaplasmose/epidemiologia
Doenças do Cão/epidemiologia
Rhipicephalus sanguineus/microbiologia
Infecções por Rickettsia/veterinária
Rickettsia/genética
Infestações por Carrapato/veterinária
-Argentina/epidemiologia
Doenças do Cão/microbiologia
Doenças do Cão/parasitologia
Filogenia
Infecções por Rickettsia/epidemiologia
Infestações por Carrapato/epidemiologia
Infestações por Carrapato/microbiologia
Limites: Animais
Cães
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  10 / 41 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-716988
Autor: Faccini-Martínez, Álvaro A; Hidalgo, Marylin.
Título: A propósito de las Guías Latinoamericanas de la RIICER para el diagnóstico de las rickettsiosis transmitidas por garrapatas / Speaking of Latin American guidelinesfor the diagnosis of tick-transmitted rickettsiosis
Fonte: Rev. chil. infectol;31(3):354-354, jun. 2014.
Idioma: es.
Descritores: Guias de Prática Clínica como Assunto
Infecções por Rickettsia/diagnóstico
Doenças Transmitidas por Carrapatos/diagnóstico
-América Latina
Limites: Animais
Seres Humanos
Tipo de Publ: Carta
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 5 ir para página              
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde