Base de dados : LILACS
Pesquisa : C02.256.466.382.290 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 151 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 16 ir para página                         

  1 / 151 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1001143
Autor: Siqueira, Stella Meireles; Gonçalves, Bruna Barroso; Loss, Julia Bozetti; Estrella, Rogerio Ribeiro.
Título: Vegetative chronic genital herpes with satisfactory response to imiquimod
Fonte: An. bras. dermatol;94(2):221-223, Mar.-Apr. 2019. graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Vegetative chronic genital herpes is an atypical presentation of herpes simplex 2 that it is usually seen in patients coinfected with human immunodeficiency virus. Clinically, it is characterized by extensive ulcers that evolve to chronification and hypertrophic pseudotumor forms. Antiviral drugs are recommended for the treatment, and acyclovir is the most used one. Foscarnet is the treatment of choice to resistant cases, although treatment failure has been reported. We report a male patient, previously diagnosed with human immunodeficiency virus who developed vegetative chronic genital herpes resistant to acyclovir and successfully treated with imiquimod.
Descritores: Herpes Genital/tratamento farmacológico
Adjuvantes Imunológicos/uso terapêutico
Infecções Oportunistas Relacionadas com a AIDS/tratamento farmacológico
/uso terapêutico
AMERICAN HEART ASSOCIATIONACEBUTOLOL/uso terapêutico
-Herpes Genital/diagnóstico
Adjuvantes Imunológicos/administração & dosagem
Doença Crônica
Resultado do Tratamento
Relação Dose-Resposta a Droga
/administração & dosagem
AMERICAN HEART ASSOCIATIONACEBUTOLOL/administração & dosagem
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-964040
Autor: López, P; Mato, R; Arazi Caillaud, S; Berberian, G.
Título: Haga su diagnóstico [Herpes Simple genital] / Make your diagnosis [Genital Herpes Simplex]
Fonte: Med. infant;25(3):283-284, Sept.2018. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Pênis/patologia
Herpes Genital/diagnóstico
Herpes Genital/tratamento farmacológico
Doenças Sexualmente Transmissíveis/diagnóstico
-Aciclovir/uso terapêutico
Herpesvirus Humano 2/isolamento & purificação
Herpesvirus Humano 1/isolamento & purificação
Diagnóstico Diferencial
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR305.1 - SID - Servicio de Información y Documentación


  3 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-882331
Autor: Campos, Renato Teixeira de; Ribeiro, Ana Eliza Teixeira; Campos, Luis Carlos Elejalde de.
Título: Úlceras genitais / Genital ulcers
Fonte: Acta méd. (Porto Alegre);33(1):[8], 21 dez. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho visa agrupar as informações mais importantes a cerca das úlceras genitais sexualmente transmitidas, para o correto diagnóstico e tratamento destas afecções, visto que podem provocar grandes morbidades para os pacientes, além de ser um problema de saúde pública.

This work aims to group the most important particularity about sexually transmitted genital ulcers, to a correct diagnosis and treatment of this disorders that can cause severe morbidity for the patients, as well as being a health public problem.
Descritores: Doenças dos Genitais Femininos
Doenças dos Genitais Masculinos
Doenças Sexualmente Transmissíveis
-Cancroide
Granuloma Inguinal
Herpes Genital
Linfogranuloma Venéreo
Sífilis
Úlcera
Responsável: BR1323.1 - Biblioteca Central Irmão José Otão


  4 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Coelho, Ivo Castelo Branco
Texto completo
Id: biblio-878802
Autor: Arruda, Pâmela Mendes; Santiago, Muse de Oliveira; Nóbrega, Marcus Vinícius Dantas da; Coelho, Raquel Autran; Cavalcante, Diane Isabelle Magno; Coelho, Ivo Castelo Branco.
Título: Herpes genital crônico: relato de caso e revisão da literatura / Chronic genital herpes: case report and literature review
Fonte: DST j. bras. doenças sex. transm;29(1):25-27, 20170805.
Idioma: pt.
Resumo: Úlceras genitais são manifestações clínicas de etiologias diversas, o que pode dificultar o diagnóstico. Este relato de caso trata­se de mulher de 64 anos, com histórico de úlcera genital dolorosa há 4 meses, progressiva apesar do uso prévio de antiviral. Apresentava lesão ulcerada com comprometimento perianal. Histopatológico revelou neovascularização, edema e infiltrado inflamatório. Realizou tratamento com aciclovir endovenoso por 14 dias, com melhora parcial. O herpes simples crônico manifesta­se como verruga ou úlcera de pelo menos um mês, geralmente em imunossuprimidas. A resistência a agentes antivirais é uma complicação encontrada, mas a resposta ao tratamento costuma ser mais lenta do que nas infecções comuns.

Genital ulcers are clinical manifestations of diverse etiologies, which can make diagnosis difficult. This case report is about a 64­year­old woman with a history of progressive genital ulcer pain for 4 months, despite prior antiviral use. The ulcerated lesion showed perianal involvement. Histopathology revealed neovascularization, edema and inflammatory infiltrate. Despite the use of intravenous acyclovir for 14 days, the improvement was partial. Chronic herpes simplex reveals wart or ulcer of at least one month, usually in immunosuppressed patients. A resistance to antiviral agents is a complication factor, but the treatment response to common infections is usually slower.
Descritores: Antivirais
Herpes Genital/complicações
Herpes Genital/terapia
Imunossupressão
Úlcera/complicações
Limites: Seres Humanos
Feminino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Responsável: BR846


  5 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-781863
Autor: Fernandes, Luis Eduardo Barros Costa.
Título: Prevalência e fatores associados à presença de infecções sexualmente transmissíveis em gestantes infectadas pelo HIV acompanhadas em um centro especializado na Baixada Fluminense / Prevalence and factors associated with the presence of sexually transmitted infections in hiv-infected pregnant women attending a specialized center in the Baixada Fluminense area.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2014. xiv,78 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A transmissão sexual é responsßvel por aproximadamente 90 por cento dos casos novos de infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) no mundo. As infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) constituem um importante cofator na aquisição deste vírus. Dados acerca da co-infecção HIV/ISTs em gestantes, população considerada de alto risco para sua aquisição, são escassos. O objetivo principal do nosso estudo foi descrever as características sociodemogrßfica se aspectos clínicos de uma coorte de gestantes infectadas pelo HIV e avaliar a prevalência de diversas ISTs e fatores associados à co-infecção HIV/ISTs, além de estabelecer correlações entre a ocorrência destas infecções e a morbimortalidade perinatal neste grupo de pacientes. Métodos: Estudo de coorte prospectivo comgestantes infectadas pelo HIV, recrutadas entre 2005 e 2007, no Hospital Geral deNova Iguaçu, centro de referência de atendimento de HIV/ISTs. As diversasvarißveis de interesse foram coletadas por meio de formulßrio pré-estruturado.Resultados: Ao todo, 210 pacientes, a maioria com baixos níveis de escolaridade erenda familiar, participaram do estudo; destas, 137 (65,2 por cento) possuíam ao menosuma IST além do HIV. A média de idade foi de 26 anos. As prevalências de infecçãopor vírus herpes simplex tipo 2 (HSV-2), sífilis, infecção por clamídia e pelo vírus da hepatite B foram, respectivamente, 66 por cento, 10,5 por cento, 5,3 por cento e 2,9 por cento; menos de 1 por cento das pacientes apresentava sorologia reagente para vírus da hepatite C ou infecção gonocócica...

Sexual transmission accounts for approximately 90 percent of all newhuman immunodeficiency virus (HIV) infections in the world. Sexually transmittedinfections (STIs) are an important cofactor in the acquisition of this virus. Dataregarding HIV/STI co-infection in pregnant women, a high-risk population for theiracquisition, are scarce. Our studyÆs primary aim was to describe social-demographiccharacteristics and clinical aspects of a cohort of HIV-infected pregnant women andto evaluate the prevalence of STIs and factors associated with HIV/STI co-infection.We also aimed to establish correlations between the diagnosis of STIs duringpregnancy and perinatal morbidity and mortality in this group of patients. Methods:Prospective cohort study with HIV-infected pregnant women, recruited between 2005and 2007 in the Hospital Geral de Nova Iguaçu, a referral center for HIV/STI patients.Variables were collected through a pre-structured questionnaire. Results: Overall,210 patients, the majority of which had low educational levels and household income,participated in this study. One-hundred thirty-seven (65.2 por cento) tested positive for atleast one STI besides HIV...
Descritores: Herpes Genital/epidemiologia
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Sífilis/epidemiologia
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/epidemiologia
-Comorbidade
Limites: Gravidez
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  6 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-776147
Autor: Torres Ibérico, Rosario; Condori Troncoso, Julio César; Olivares Marcos, Nancy; Rivas Souza, Ángelica; Sánchez Ramos, Víctor Manuel.
Título: Infección intrauterina por Herpes virus simplex y aplasia cutis / Intrauterine Herpes simplex virus infection and aplasia cutis
Fonte: Dermatol. pediátr. latinoam. (En línea);12(1):15-20, ene.-abr. 2014. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Presentamos un caso de infección por Herpes virus simplex adquirido por vía transplacentaria en un neonato nacido a las 34 semanas de gestación por parto vaginal. La madre presentó un único episodio de infección genital por herpes virus en la décima semana de gestación.En el momento del nacimiento el niño presentódos ampollas y lesiones de aplasia cutis que semejaba una epidermólisis bullosa. Además, se evidenciaron múltiples anomalías congénitas del sistema nervioso central, oftalmológicas y cardíacas que sustentan la infección herpética intrauterina. El test de Tzanck y la serología para Herpes virus simplex 2 (IgG) fueron positivas. La infección intrauterina por virus herpes está asociada a alta morbilidad y mortalidad pero responde a la terapia antiviral. Este diagnóstico debe ser considerado en todo neonato con una enfermedad ampollar o piel erosionada.

We present a case of Herpes simplex virus infection acquired by transplacental route in a neonate born at 34 weeks of gestation by vaginal delivery. The mother presented a single episode of genital herpes simplex virus infection in the tenth week of pregnancy. At birth, the neonate presented two blisters and lesions of aplasia cutis resembling epidermolysis bullosa. In addition, he presented multiple congenital anomalies of the brain, eyes and heart, supporting the intrauterine infection. Tzanck test and serology for Herpes simplex virus 2(IgG) were positive. Intrauterine infection by herpes virus is associated with high morbidity and mortality, however it responds to antiviral therapy. This diagnosis should be considered in any neonate with blisters or denuded skin.
Descritores: Displasia Ectodérmica
Epidermólise Bolhosa
Herpes Genital
Herpes Simples
Simplexvirus
Simplexvirus/patogenicidade
-Anormalidades Congênitas
Anormalidades da Pele
Limites: Seres Humanos
Masculino
Recém-Nascido
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR338.1 - Biblioteca


  7 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Cavalcanti, Silvia Maria Baêta
Texto completo
Id: lil-754445
Autor: Passos, Mauro Romero Leal; Eleutério Junior, José; Cavalcanti, Silvia Maria Baeta; Salles, Roberto de Souza.
Título: Genital herpes on the penis and topicuse of uncaria tomentosa: case report / Herpes genital peniano e uso tópico gel de uncaria tomentosa: relato de caso
Fonte: DST j. bras. doenças sex. transm;26(1/4):29-31, 2014.
Idioma: en.
Resumo: Genital herpes is an infectious sexually transmitted disease that affects people from different socioeconomic strata, it is widespread throughout the world and a frequent cause of painful genital lesions in men and women. Objective and Methods: to report a case of a patient with penile ulcers initially treated with various topical and oral products, who finally used Uncaria tomentosa gel topically. The final diagnosis was genital herpes. Results:The symptoms of pain and burning had rapid remission. The clinical course was satisfactory and after a week, the patient, with no lesion, reported having had sexual intercourse without discomfort and returned to professional activities. Conclusion: the topical use of Uncaria tomentosa gel 50 mg/g in penile ulcers was well tolerated, and showed no side effects with relief of local symptoms.

Herpes genital é uma doença infectocontagiosa de transmissão sexual que acomete pessoas das mais diversas camadas socioeconômicas e está disseminada em todo o mundo, sendo uma causa frequente de lesões genitais dolorosas em homens e em mulheres. Objetivo e Métodos: descrever caso de paciente com úlceras penianas inicialmente medicado com vários produtos tópicos e orais que por último usou, topicamente, gel de Uncaria tomentosa e o diagnóstico final foi herpes genital. Resultados: os sintomas de dor e ardor tiveram rápida remissão. A evolução clínica foi satisfatória e após uma semana o paciente, já sem lesão, informou ter tido relação sexual sem incômodos e retomado as atividades profissionais de forma plena. Conclusão: o uso tópico de gel de Uncaria tomentosa 50 mg/g em úlceras penianas foi bem tolerado, não teve efeitos colaterais com alívio dos sintomas locais.
Descritores: Unha-de-Gato
Herpes Genital/terapia
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Limites: Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-751649
Autor: Rodrigues, Junia.
Título: Prevalência e fatores de risco para a infecção pelo herpes simples vírus tipo-2 em uma coorte de homens que fazem sexo com homens no Rio de Janeiro / Prevalence and risk factors for herpes simplex type-2 virus in a cohort of men who have sex with men in Rio de Janeiro.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2006. xii,119 p. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O HSV-2 é a principal causa de herpes genital, sendo a maior parte destas infecções assintomática. A infecção pelo HSV-2 pode ser um fator de risco para a aquisição e transmissão de outras DST, inclusive da infecção causada pelo HIV. Objetivo: Estimar a prevalência e identificar os fatores de risco associados à infecção pelo HSV-2 em uma coorte de homens que fazem sexo com homens da Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, Brasil. Métodos: Estudo transversal, com avaliação de dados sócio-demográficos, comportamentais e laboratoriais referentes à linha de base de 403 voluntários incluídos na referida coorte, no período de 1994-1998. As amostras foram testadas através do ELISA para detecção de anticorpos tipo-específicos contra a gG2 do HSV-2 (HerpeSelect - Focus Technologies)Resultados: A prevalência para anticorpos anti-HSV-2 encontrada nesta população foi de 65,2 por cento. Após análise multivariada, os fatores que se mostraram independentemente associados à infecção pelo HSV-2 foram idade mais elevada (maior ou igual a 26 anos), raça não branca, ter sorologia positiva para sífilis (TPHA), ter feito sexo desprotegido com parceria sexual masculina e ter feito sexo desprotegido com parceria sexual feminina nos seis meses que antecederam a visita. Conclusão: Este estudo mostra uma elevada prevalência da infecção pelo HSV-2 neste grupo e associação dessa infecção com outras DST, em concordância com outros estudos. Estes dados podem ter uma importante contribuição no sentido de avaliar estratégias que possam contribuir para a prevenção desta infecção na população de homens que fazem sexo com homens, que é tida como uma população vulnerável e central à dinâmica da disseminação do HSV-2 em todo o mundo...

HSV-2 is the primary cause of genital herpes and most of the infections are asymptomatic. The infection by HSV-2 may be a risk factor to acquisition and transmission of other sexually transmitted diseases (STD), including infection by HIV virus. Objective: Estimate the prevalence and identify the risk factors associated of infection by HSV-2 in a cohort of men who have sex with men (MSM) in Fundação Oswaldo Cruz [Oswaldo Cruz Foundation], Rio de Janeiro, Brazil.Methods: Cross-sectional study, evaluating sociodemographic, behavioral, and laboratorialdata from baseline of 403 volunteers included in this cohort, in the period of 1994-1998. The samples were tested by ELISA to detect type-specific antibodies against HSV-2 gG2 (HerpeSelect - Focus Technologies). Results: The prevalence to antibodies anti-HV2-2 observed in this population was 65.2 percent.After multivariate analysis, the factors independently associated to HSV-2 infection were older age (> 26 years), non-white race, positive serology for syphilis (TPHA), history of unprotected sex with male partners and history of unprotected sex with female partners inthe last six months before the visit.Conclusion: This study shows a high prevalence of HSV-2 infection in this group and association with other STD, consistent with other studies. This data may have a significant contribution to evaluate strategies that may contribute to prevent this infection amongMSM, as this is considered a vulnerable core-population to the dynamics of HSV-2 spreading all over the world...
Descritores: Homossexualidade Masculina
Herpes Genital/diagnóstico
Herpes Genital/epidemiologia
Doenças Virais Sexualmente Transmissíveis
Simplexvirus/patogenicidade
-Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
HIV
Prevalência
Testes Sorológicos
Limites: Masculino
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  9 / 151 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-718983
Autor: Lama D., Francisco; Clavería P., Pedro; Gajardo G., Constanza; Aranibar D., Ligia.
Título: Herpes perianal en pediatría: reporte de un caso / Perianal herpes in children
Fonte: Rev. chil. dermatol;28(2):186-186, 2012. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Canal Anal
Herpes Genital/diagnóstico
Herpes Genital/tratamento farmacológico
-Aciclovir/uso terapêutico
Antivirais/uso terapêutico
Limites: Seres Humanos
Masculino
Lactente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CL325.1 - Biblioteca


  10 / 151 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-693972
Autor: Figueiredo, Márcia Cançado; Marset, Viviane Martinez; Kuroczka, Wladimir Fabre; Silva, Kátia Valença Correia Leandro da.
Título: Diagnosticando e alertando para as enfermidades bucais e cérvico-vaginais / Diagnosing and raising awareness about oral and cervicovaginal diseases
Fonte: Stomatos;18(34):16-28, Jan.-Jun. 2012. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Little is known today about the possible correlations between oral and cervicovaginal diseases although some diseases affect these two regions of the human body. This study extensively investigated the pathologies caused by the Candida fungus and the herpes virus to establish the correlation between oral and cervicovaginal diseases. A questionnaire and a cytopathology test (Pap smear) were used to collect data from 118 women whose mean age was 41.51 years and who lived in the coastal city of Xangri-La, Brazil. Descriptive statistics and the Pearson correlation coefficient were used to analyze data (p=0.3 to p=0.7). The Pearson correlation coefficient showed that 16.9% of the women had oral herpes and oral candidiasis. Of the women who had oral herpes, 10% also had genital herpes, but there was no significant correlation between these diseases (χ2 = 0.255, p = 0.614); of those with oral candidiasis, 15% also had vaginal candidiasis, but there was also no significant correlation between these diseases (χ2 = 0.558, p = 0.455). After the cytopathology (Pap smear) results were reviewed, 45.8% of the women in the sample were referred to a gynecologist. Oral and cervicovaginal diseases, especially those that are sexually transmitted, have gained great importance in public health due to their growing incidence and because they affect women in all age groups. Their sequelae may be irreversible and, therefore, should be considered by dentists that treat women.

Pouco se sabe hoje em dia sobre possíveis correlações entre doenças bucais e as doenças cérvico-vaginais. Pode-se afirmar, contudo, que existem doenças que atingem ambas as regiões do corpo humano. O presente estudo foi direcionado para o aprofundado das patologias geradas por fungos Candida e vírus Herpes, com o objetivo de realizar uma correlação entre a presença e ausência de enfermidades bucais e cervico-vaginais, a partir de dados obtidos através de questionário e do exame citopatológico (Papanicolau) coletado de 118 mulheres, com uma média de idade de 41,51 anos, residentes na cidade litorânea de Xangri-Lá, Rio Grande do Sul. O teste de correlação de Pearson demonstrou que 16,9% das mulheres já tiveram herpes labial e candidíase bucal, sendo as mulheres que já apresentaram herpes labial, 10% apresentaram herpes vaginal, mas o resultado não apresentou correlação signifi cativa entre estas doenças (χ2=0,255; p=0,614) e, das mulheres que apresentaram candidíase bucal, 15% já tiveram candidíase vaginal, mas também não se encontrou correlação significativa entre as mesmas (χ2=0,558; p=0,455). 45,8% das mulheres da amostra foram encaminhados para um ginecologista. As enfermidades bucais e cérvico-vaginais femininas, em especial as sexualmente transmissíveis, adquiriram uma grande importância na área de saúde pública por sua crescente incidência, e, por acometerem mulheres em todas as faixas etárias. Suas sequelas podem ser irreversíveis e, deste modo, torna-se importante à atuação do cirurgião dentista durante o atendimento a estas mulheres no sentido de dar-lhes informações mediante a estas enfermidades bucais.
Descritores: Candidíase
Candidíase Vulvovaginal
Candida/patogenicidade
Candidíase Bucal/epidemiologia
Doenças Sexualmente Transmissíveis/diagnóstico
Doenças Sexualmente Transmissíveis/epidemiologia
Herpes Genital
Herpes Labial/epidemiologia
Esfregaço Vaginal
-Interpretação Estatística de Dados
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica



página 1 de 16 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde