Base de dados : LILACS
Pesquisa : C04.588.149.721.450.601 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 127 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 13 ir para página                         

  1 / 127 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-346160
Autor: Morales Latorre, Ricardo.
Título: Extirpación de fibroma osificante mandibular y reconstrucción simultánea / Extirpation of a mandibular ossified fibroma with a simultaneous reconstruction
Fonte: MedUNAB;1(1):43-45, 1998. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El fibroma mandibular es un tumor que se presenta con una baja incidencia, sin embargo debido a su comportamiento biológico puede generar grandes secuelas funcionales y cosméticas en la región de la cara. Esta neoplasia puede crecer ampliamente antes de generar síntomas o signos visibles, permitiendo su extensión amplia en el hueso maxilar inferior. Estas características obligan a tratamientos quirúrgicos extensos que finalmente producen los resultados previamente mencionados. La técnica quirúrgica descrita en este artículo disminuye las secuelas, permitiendo una rehabilitación para el paciente mucho más rápida y generando menor daño cosmético
Descritores: Titânio
Neoplasias Maxilares
Fibroma
Reconstrução
Responsável: CO259.1 - Biblioteca


  2 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-994529
Autor: Escobar, Roberto Carlos; Romero Alvarenga, Hugo; Aguilar, Ricardo Antonio.
Título: Ameloblastoma sólido multiquístico en mandibula y reconstrucción con placa de titanio / Solid multicystic ameloblastoma in jaw and reconstruction with titanium plate
Fonte: Rev. fac. cienc. méd. (Impr.);15(2):45-50, jul.-dic. 2018. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El ameloblastoma sólido multiquístico es una neoplasia odontogénica rara, representa el 1% de los tumoresmaxilares, es de crecimiento lento y muestra un comportamiento agresivo local; en estado avanzado es capaz de generar deformidad facial, dolor, infección de la lesión, ulceración de la mucosa, pérdida dentaria, parestesia y puede alterar la masticación y la fonética. Objetivo: determinar las características clínicas, imagenológicas e histológicas del ameloblastoma para realizar el diagnóstico correcto y tratamiento oportuno. Presentación de caso clínico: p aciente femenina de 66 años, tratada en el servicio de cirugía oral y maxilofacial del Hospital Escuela Universitario, por presentar lesión de aspecto tumoral en cavidad bucal y región mandibular izquierda de 4 años de evolución. Los resultados deexámenes complementarios confirmaron que se trataba de un ameloblastoma sólido multiquístico. Se extirpó el tumor con amplios márgenes de seguridad mediante hemimandibulectomía y reconstrucción posterior con placa de titanio 2.4 W Lorenz. Conclusión: Los ameloblastomas son neoplasias benignas que presentan comportamientos clínicos similares con debe establecer un diagnóstico diferencial exhaustivo, auxiliándose de los exámenes complementarios pertinentes para iniciar el tratamiento adecuado y oportuno...(AU)
Descritores: Ameloblastoma/diagnóstico
Neoplasias Maxilares
Osteotomia Mandibular
-Cirurgia Bucal
Dor Referida
Limites: Seres Humanos
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Responsável: HN1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  3 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-969260
Autor: Taissoun-Aslan, Zaki Antonio; Muñoz-Tamayo, Juan Fernando.
Título: Tumor odontogénico epitelial calcificante maxilar tumor de Pindborg Tratamiento conservador reporte de caso / Maxillary calcifying epithelial odontogenic tumor Pindborg tumor Conservative treatment a case report
Fonte: Acta otorrinolaringol. cir. cabeza cuello;45(2):122-126, 2017. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El tumor odontogenico epitelial calcificante (TOEC) es poco común y corresponde a menos 1% de los tumores odontogenicos. Desde su descripción por Pindborg en 1958 es considerado una lesión benigna y comúnmente se conoce como tumor de Pindborg. Presentamos el caso de un hombre 57 años edad con un tumor con TOEC en maxilar derecho tratado con maxilectomia parcial. Hoy en día sin recurrencia a 12 meses. De este caso se puede concluir que la cirugía conservadora, y acorde a los pocos casos reportados en la literatura; es adecuada, a menos que se encuentren factores de riesgo histopatológicos para malignidad.

Calcifying epithelial odontogenic tumors (CEOT) are uncommon, accounting for less than 1% of all odontogenic tumors. The CEOT, since its description by Pindborg in 1958 is considered a benign lesion, commonly known as the Pindborg tumor. We present a male 57 year old patient with a right maxillary CEOT who was treated with partial maxillectomy. Nowadays, without recurrence at 12 months. From this case we can conclude that such conservative surgery, according to few cases reported in the literature; is adequate, unless histopathologic risk factors were found for malignancy.
Descritores: Neoplasias Maxilares
-Tumores Odontogênicos
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CO361.9


  4 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-872943
Autor: Silva, Maurício dos Santos; Freire, Esdras Guimarães; Anjos, Edvaldo Dória dos; Silva, Luiz Carlos Ferreira da.
Título: Tumor Odontogênico Adenomatóide: relato de caso clínico / Adenomatoid odontogenic tumor: a case report
Fonte: Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac;4(4):246-251, out.-dez. 2004. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Os autores apresentam um caso de Tumor Odontogênico Adenomatóide em adulto do sexo feminino. Após uma breve revisão da literatura científica, a lesão é discutida e relatada através dos achados clínicos,radiográficos, histopatológicos e cirúrgicos.
Descritores: Neoplasias Maxilares
Tumores Odontogênicos
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Responsável: BR310.1 - Biblioteca Professor Guilherme Simões Gomes


  5 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-872702
Autor: Botelho, Tessa de Lucena; Araujo, Michelle B. Gomes de; Bueno, Taene Silva; Andrade, Leonardo Araújo; Pereira, Claudio Maranhão.
Título: Tumor odontogênico adenomatóide: relato de caso clínico / Adenomatoid odontogenic tumor: report of case
Fonte: Rev. bras. patol. oral;4(3):177-181, jul.-set. 2005. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O tumor odontogênico adenomatóide é uma lesão benigna, não invasiva, de crescimento lento, porém progressivo. Apresenta predileção pela região anterior de maxila e por mulheres jovens. Geralmente apresenta - se assintomático e não excede 3 cm em seu maior diâmetro. Normalmente está associado com um canino incluso sendo que molares e incisivos laterais não erupcionados raramente são envolvidos. Propusemos relatar um caso de tumor odontogênico adenomatóide associado a um incisivo lateral em uma adolescente de 14 anos assim como revisar os aspectos clínicos, radiográficos, biológicos e tratamento do tumor odontogênico adenomatóide
Descritores: Cisto Odontogênico Calcificante/diagnóstico
Cisto Odontogênico Calcificante
Neoplasias Maxilares/diagnóstico
Tumor Odontogênico Escamoso/diagnóstico
Tumor Odontogênico Escamoso/patologia
Tumor Odontogênico Escamoso
-Diagnóstico Diferencial
Radiografia Panorâmica/métodos
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  6 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Birman, Esther Goldenberg
Id: biblio-872127
Autor: Birman, Esther Goldenberg; Novelli, Moacyr Domingos; Hong, T. S.
Título: Lesao central e periferica de celulas gigantes. Uma so entidade? / Central and peripheral lesions of giant cells A single entity?
Fonte: Rev. Assoc. Paul. Cir. Dent;37(5):382-92 passim, 1983.
Idioma: pt.
Descritores: Neoplasias Gengivais
Neoplasias Maxilares
Tumor de Células da Granulosa
Limites: Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  7 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-869419
Autor: Moreno, P; Ruiz, D; Attaguile, Alberto; Benítez, J; Mozzoni, L; Trigo, Fernando; Giannunzio, Graciela Ana.
Título: Ameloblastoma maxilar superior: presentación de caso clínico / Upper maxillary ameloblastoma: report of a clinical case
Fonte: Rev. Fac. Odontol. (B.Aires);31(71):35-40, jul.-dic. 2016. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: El ameloblastoma es una entidad patológica benigna de origen odontogénico, de alta agresividad local, lo que ha sido un punto de controversia en la literatura científica. Se presenta un caso clínico, con ubicación en maxilar superior con diagnóstico de ameloblastoma sólido multiquístico. Se evalúa el caso, su posibilidad de tratamiento, revisando las características clínicas y anatomopatológicas de laentidad, basándose en una búsqueda bibliográfica.

Ameloblastoma is a benign pathological entity of odontogenic origin, very aggressive at a local level, which has become a controversial issuein cientific literature. A clinic case is presented, located in the superior maxilla diagnosed as a solid multicystic ameloblastoma. The case isevaluated, its ways of treatment, the clinical and anatomopathological characteristics of the entity with an intensive bibliographical researc.
Descritores: Ameloblastoma/cirurgia
Ameloblastoma/diagnóstico
Ameloblastoma/patologia
Neoplasias Maxilares/classificação
Procedimentos Cirúrgicos Bucais/métodos
-Argentina
Unidade Hospitalar de Odontologia
Prótese Maxilofacial
Planejamento de Assistência ao Paciente
Limites: Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  8 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-866720
Autor: Campinhos, Mariana Luiza Bittencourt.
Título: Avaliação, por tomografia computadorizada, do envolvimento do espaço mastigador por neoplasia maligna da cabeça e pescoço, correlacionando com a presença de trismo / Evaluation by computed tomography, the involvement of the chewer a malignant neoplasm of the head and neck, correlating with the presence of trismus.
Fonte: São Paulo; s.n; 2013. 56 p. ilus, tab. (BR).
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Mestre.
Símbolo: BR.
Resumo: Objetivo: Avaliar por meio da Tomografia Computadorizada singleslice, alterações nas estruturas do espaço mastigador, por disseminação loco-regional das neoplasias malignas originárias da loja tonsilar, trígono retromolar, seio maxilar e nasofaringe; correlacionar a presença de trismo com os achados tomográficos e dimensões do tumor. Material e métodos: foram selecionados prontuários de pacientes portadores de tumores malignos envolvendo as 4 regiões a serem estudadas, junto aos arquivos do Hospital Heliópolis. Foram excluídos os pacientes submetidos a terapêutica antineoplásica prévia ou com doenças inflamatórias ou infeciosas locais. Os prontuários foram revisados por um único examinador, onde foram coletadas informações relativas a idade, gênero, localização do tumor primário, tempo de evolução da doença, estadiamento do tumor e presença ou ausência de trismo. Após a administração do meio de contraste iodado, o protocolo de aquisição de imagens tomográficas foi de cortes axiais de 3mm de espessura, aquisições coronais foram feitas quando necessário. A análise das imagens foi feita por dois examinadores médicos, residentes do 3° de Radiologia médica, em momentos distintos, sem o conhecimento prévio das informações clínicas. Na avaliação do EM, os achados foram transcritos para uma planilha específica, considerando a presença ou ausência dos seguintes itens: simetria com o EM contralateral, obliteração do plano gorduroso, do trígono retromolar e do espaço faríngeo, edema e/ou atrofia dos músculos pterigoideos medial e lateral, destruição do ramo da mandíbula. Resultados:

O trismo esteve presente em 10 pacientes estudados. Na associação entre dimensão do tumor e trismo, observamos que 90% dos pacientes apresentam tamanho T4, enquanto essa porcentagem é de 43% nos pacientes sem trismo. Analisando-se em termos de razão de chances, verificou-se que pacientes com tumores T4 apresentam uma chance de trismo de 11,6 vezes maior que as demais dimensões (T0 a T3). As neoplasias da loja tonsilar e trígono retromolar perfizeram 95% das neoplasias avaliadas. Foram encontrados apenas 3 casos de neoplasia da nasofaringe, e em nenhum deles observamos a presença de trismo, e não foi encontrado nenhum caso de neoplasia de seio maxilar. Relacionando os achados tomográficos com o grupo de pacientes com trismo, observamos que 60% dos pacientes com trismo apresentaram edema e/ou atrofia dos músculos pterigoideos na TC, enquanto que essa porcentagem foi de 21,8% nos pacientes sem trismo. Em relação às dimensões do tumor e sua relação com os achados das imagens observamos associação apenas entre tumores T4 e detecção de edema e/ou atrofia dos músculos pterigoideos, neste item pacientes com edema e/ou atrofia dos músculos pterigoideos apresentam 5,4 vezes ais chance de apresentarem trismo. Conclusões: Observamos na TC as seguintes alterações no EM: obliteração do plano gorduroso em 69,2 % dos pacientes, assimetria em 27,7%, edema/atrofia em 26,2 % dos pacientes e destruição óssea em 20%. Os graus de concordância inter examinadores foram variáveis. Encontramos associação apenas entre pacientes com trismo e edema/atrofia dos músculos pterigoideos. Neste mesmo item foi observado associação com tumores de dimensão T4. Não encontramos associação do trismo com os demais itens avaliados na TC.

Objective: Evaluate by computed tomography (CT) singleslice changes in the structures of the masticator space, for loco-regional dissemination of malignancies originating in the tonsil, retromolar area, maxillary sinus and nasopharynx to correlate the CT findings with trismus and the tumor dimensions. Material and Methods: The medical records of patients with malignant tumors involving the four regions to be studied were selected from the archives of the Heliopolis Hospital. Patients submited previously to antineoplastic therapy or with local inflammatory or infectious diseases were excluded. The medical records were reviewed by a single examiner, where information was collected on age, gender, tumor location, disease evolution, tumor stage, and the presence or absence of trismus. After administration of iodinated contrast media, the protocol the image acquisition was axial slices 3mm, coronal acquisitions were made when necessary. The image analysis of the MS by two medical examiner residents in their 3rd year of Medical Radiology, at distinct moments , without prior knowledge of the clinical information. In the evaluation of the MS, the findings were transcribed to a specific worksheet, considering the presence or absence of the following items: symmetry with the contralateral MS, obliteration of the fat plane of the retromolar trigone and the pharyngeal space, edema, and/or the atrophy of the medial and lateral pterygoid muscles, and destruction of the mandibular ramus. Results: According to the adopted criteria for trismus in this study, the presence of trismus was observed in 10 patients. The association between tumor size and trismus shows that 90% of patients present size T4, while this percentage is 43% in patients without trismus. Analyzing in terms of odds ratios, the study showed that patients with T4 sized tumors had a chance of developing trismus 11.6 times greater than patients with T0 to T3 sized tumors.

The neoplasms of tonsillar crypts and retromolar trigone aggregated 95% of the neoplasms evaluated. Only 5% of the cases accounted for neoplasms of nasopharynx, in which none of them presented the existence of trismus. No cases of neoplasm of maxillary sinus was found. Correlating the CT findings with the group of patients with trismus, the observation was made that 60% of patients with trismus showed edema and/or pterygoid muscle atrophy on CT, whereas this percentage was 21.8% in patients without trismus. Regarding the dimensions of the tumor and its relationship with the image findings, the detection of edema and/or atrophy of the pterygoid muscles was observed only...
Descritores: Neoplasias Maxilares
Neoplasias de Cabeça e Pescoço/complicações
Tomografia por Raios X
Trismo/complicações
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica
BR97.1; T4.840


  9 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Biazolla, Eder Ricardo
Id: biblio-855004
Autor: Magro Filho, Osvaldo; Biazolla, Eder Ricardo; Garcia Júnior, Idelmo Rangel; Soubhia, Ana Maria Pires.
Título: Mixoma de maxila / Myxoma of the maxilla
Fonte: RGO (Porto Alegre);42(3):153-5, maio-jun. 1994. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Os autores fazem o relato de caso clínico de mixoma que acomete maxila. A curetagam associada à crioterapia foi o tratamento realizado. Frente à bibliografia, verificaram que esta terapia oferece condições para enucleação da lesão evitando seqüelas ao paciente
Descritores: Neoplasias Maxilares
Mixoma/diagnóstico
Mixoma/etiologia
Mixoma/terapia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR541.1 - Biblioteca


  10 / 127 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-851561
Autor: Naclério Homem, Maria da Graça; Deboni, Maria Cristina Zindel; Yu, Jen Kai.
Título: Carcinoma espinocelular de maxila: relato de um caso clínico / Squamous cell carcinoma of the maxilla: a clinical case report
Fonte: JBC j. bras. clin. estet. odontol;4(20):83-5, mar.-abr. 2000. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Este estudo relata um caso raro de carcinoma espinocelular de maxila. A paciente de 35 anos apresentava um crescimento de massa tumoral sintomática englobando a região de 13 a 22. O exame histopatológico revelou características de carcinoma espinocelular
Descritores: Carcinoma de Células Escamosas
Neoplasias Maxilares
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico



página 1 de 13 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde