Base de dados : LILACS
Pesquisa : C04.588.180 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 5871 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 588 ir para página                         

  1 / 5871 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1024904
Autor: Araújo, Bruno Aparecido Dantas de.
Título: Associação dos ácidos graxos poli-insaturados da série ômega 3 com parâmetros inflamatórios e estresse oxidativo em mulheres com câncer de mama: impacto do estadiamento clínico / Association of omega-3 polyunsaturated fatty acids with inflammatory parameters and oxidative stress in women with breast cancer: impact of tumor staging.
Fonte: São Paulo; s.n; 2019. 94 p. graf, tab, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Introdução: O câncer de mama (CM) correspondeu a 29,5% das neoplasias femininas em 2018, sendo que fatores relacionados ao estilo de vida, tais como alimentação podem explicar até 35% dessa neoplasia. Embora multicausal, é provável que desequilíbrio entre a ingestão de ácidos graxos ômega-3 e ômega-6 promova aumento na inflamação e estresse oxidativo nas diferentes etapas do processo de carcinogênese. Objetivo: Avaliar o impacto do estadiamento tumoral clínico na associação dos ácidos graxos ômega 3 biodisponíveis no plasma e nas membranas eritrocitárias com o estresse oxidativo e a inflamação em mulheres com câncer de mama. Material e métodos: Estudo caso-controle, observacional e analítico, com 87 mulheres com CM e 100 mulheres controles selecionadas do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) no período de 2011/12. As pacientes Caso foram distribuídas, segundo estadiamento clínico (0-IIIc): EC = estadiamento IIa-IIIc. De ambos os grupos, foram obtidos dados demográficos e clínicos, avaliação antropométrica e composição corporal. Os marcadores de inflamação foram compostos pelas citocinas IL-1ß, IL-6, IL-10, TNF-α e MCP-1. Ao nível plasmático avaliou-se adipocinas (leptina e adiponectina), marcadores de estresse oxidativo (TBARS, LDL (-) e 8-OHdG), assim como o conteúdo de ácidos graxos no plasma e nas membranas dos eritrócitos por cromatografia a gás. Realizou-se teste de qui-quadrado, t-student, correlação de Pearson, Mann-Whitney e regressão linear e logística e adotou-se p<0,05 para todos os testes. Resultados: Não houve diferença entre a idade nos grupos Caso e Controle, nem nos parâmetros antropométricos, com exceção da circunferência da cintura que foi maior no grupo Caso (96,2 cm versus 91,2 cm). O tempo de tabagismo nos Casos foi maior que nos Controles (20,4 anos versus 13,5 anos). Nas mulheres com CM houve predominância do subtipo tumoral ductal (79,3%) e não houve diferenças entre receptores de estrógeno, progesterona, marcador HER2 e de proliferação celular Ki67, segundo estadiamento clínico. Os Casos apresentaram maiores valores de TBARS (6,0 versus 4,7 µmol) e anticorpos anti-LDL (-) (4,6 versus 2,5 U/L) e de citocinas inflamatórias MCP-1 (357,8 versus 295,8 ng/mL) e IL-1ß (2,8 versus 1,3 ng/mL). Os controles apresentaram maior concentração de IL-6 (0,9 versus 1,6 ng/mL) e IL-10 (2,8 versus 5,5 ng/mL), porém as razões entre citocinas (MCP-1, IL-1ß, TNF-α, IL-6 com a IL10) dos Casos apresentaram valores maiores que os Controles. Não houve diferença entre concentrações de citocinas nos grupos segundo estadiamento. O Grupo >EC apresentou maior razão n-6/n-3 e menor concentração de DHA e maior razão linoleico/DHA incorporado nas membranas eritrocitárias. O anticorpo anti-LDL (-) se associou negativamente com tamanho tumoral, enquanto a IL-10 positivamente. Elevado conteúdo de DHA (>= 4,3%) se associou com altas concentrações de IL-10, enquanto que o EPA, DHA e a soma desses se associaram com baixa concentração de citocinas inflamatórias. Os ácidos linoleico e araquidônico apresentaram associação com altas concentrações de marcadores inflamatórios plasmáticos. Conclusão: Mulheres com diagnóstico de CM apresentaram concentrações superiores de biomarcadores inflamatórios e de estresse oxidativo quando comparadas às mulheres saudáveis. Pacientes com maior estadiamento clínico apresentaram menores concentrações de ômega-3 e maiores de ômega-6. De modo contrário, esses ácidos graxos poli-insaturados modularam parâmetros inflamatórios e oxidativos

Introduction: Breast cancer (BC) accounted for 29.5% of female neoplasms in 2018, and lifestyle factors such as diet may explain up to 35% of this cancer. Although multicausal, imbalance between omega-3 and omega-6 fatty acid intake is likely to promote increased inflammation and oxidative stress at different stages of the carcinogenesis process. Objective: To evaluate the impact of clinical tumor staging on the association of bioavailable omega 3 fatty acids in plasma and erythrocyte membranes with oxidative stress and inflammation in women with breast cancer. Material and methods: Case-control, observational and analytical study, with 87 women with BC and 100 control women selected from the General Hospital of Fortaleza (HGF) in 2011/12. Case patients were distributed according to clinical staging (0-IIIc): EC = staging IIa-IIIc. From both groups, demographic and clinical data, anthropometric assessment and body composition were obtained. The inflammation markers were composed of cytokines IL-1ß, IL-6, IL-10, TNF-α and MCP-1. At the plasma level, adipokines (leptin and adiponectin), oxidative stress markers (TBARS, LDL (-) and 8-OHdG), as well as fatty acid content in plasma and erythrocyte membranes were evaluated by gas chromatography. Chi-square, t-student, Pearson correlation, Mann-Whitney and linear regression and logistic tests were performed and p <0.05 was adopted for all tests. Results: There was no difference between age in the Case and Control groups, nor in the anthropometric parameters, except for waist circumference which was higher in the Case group (96.2 cm versus 91.2 cm). Smoking time in Cases was longer than in Controls (20.4 years versus 13.5 years). In women with BC there was a predominance of ductal tumor subtype (79.3%) and no differences between estrogen receptors, progesterone, HER2 marker and Ki67 cell proliferation, according to clinical staging. Cases had higher values of TBARS (6.0 versus 4.7 µmol) and anti-LDL (-) antibodies (4.6 versus 2.5 U / L) and inflammatory cytokines MCP-1 (357.8 versus 295 ng / mL) and IL-1ß (2.8 versus 1.3 ng / mL). Controls had a higher concentration of IL-6 (0.9 versus 1.6 ng / mL) and IL-10 (2.8 versus 5.5 ng / mL), but ratios between cytokines (MCP-1, IL-1ß, TNF-α, IL-6 with IL10) shows higher values than Controls. There was no difference between cytokine concentrations in the groups according to staging. Group >EC presented higher n-6 / n-3 ratio and lower DHA concentration and higher linoleic / DHA ratio incorporated in erythrocyte membranes. Anti-LDL antibody (-) was negatively associated with tumor size, while IL-10 was positively associated. High DHA content (≥ 4.3%) was associated with high IL-10 concentrations, while EPA, DHA and their sum were associated with low concentration of inflammatory cytokines. Linoleic and arachidonic acids were associated with high concentrations of plasma inflammatory markers. Conclusion: Women diagnosed with BC had higher concentrations of inflammatory biomarkers and oxidative stress when compared to healthy women. Patients with higher clinical staging had lower omega-3 and higher omega-6 concentrations. Conversely, these polyunsaturated fatty acids modulated inflammatory and oxidative parameters
Descritores: Neoplasias da Mama/diagnóstico
Ácidos Graxos Ômega-3/farmacologia
Estadiamento de Neoplasias/instrumentação
-Estresse Oxidativo/fisiologia
Inflamação/complicações
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T641.1, A663a. 30100022632-F


  2 / 5871 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1024686
Autor: Faldoni, Flávia Lima Costa.
Título: Identificação de marcadores moleculares no carcinoma inflamatório de mama / Identification of molecular markers in inflammatory breast cancer.
Fonte: São Paulo; s.n; 2018. 172 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Antonio Prudente para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O carcinoma inflamatório de mama (CIM) é um tipo raro e agressivo de doença com prognóstico extremamente desfavorável e biologia molecular pouco conhecida. Neste estudo foram avaliadas alterações no número de cópias genômicas (CNA) e perdas de heterozigose de cópia neutra (cnLOH) em 24 casos de CIM. A partir destes dados foram calculados os escores (nTAI, LST e HRD-LOH) preditores da deficiência na via de recombinação homóloga (HR). Em 21 destes casos foram também avaliadas mutações em 105 genes relacionados com o câncer, sendo 13 envolvidos na via de recombinação homóloga (HR) por sequenciamento de alto desempenho (tNGS). A maioria dos CIM analisados apresentou um grande número de CNAs, demonstrando alta instabilidade genômica. Os ganhos genômicos foram mais frequentes que as perdas. As alterações mais frequentes foram ganhos em 1q32 e 8q24 e perdas em 17p13.1. As cnLOHs foram observadas em um grande número de casos, principalmente nos cromossomos 3p e 6q. Nas regiões alteradas foram identificados importantes genes incluindo aqueles envolvidos na resposta imunológica (como CD46, CD55 e CR1), de matriz extracelular, associados a processos metastáticos, entre outros. A análise de enriquecimento de vias biológicas destacou as vias envolvendo os genes MYC, SQLE e MDM4. Foram encontrados amplicons mapeados em 1q32.1 1q32.2 1q32.3, 8p23.1 e 17q12-q21.1, os quais podem estar associados com o fenótipo tumoral. Em adição, as amplificações de CD46 e CD55 podem levar a supressão da resposta imunológica, o que aponta para o potencial desses candidatos como alvos terapêuticos. Foram também identificadas mutações nos genes da via de HR: BRCA2, BRCA1, ATM, PALB2, RAD51B, RAD51D e MUS81. Ao menos um dos três escores de deficiência da via de HR foi alto em 15 dos 21 CIM, sendo 14 casos portadores de mutação em genes dessa via. Estes achados sugerem que os pacientes com CIM podem se beneficiar do tratamento com inibidores de PARP. Altos escores foram associados com menor sobrevida em relação aos casos com baixos valores (p<0,019). As mutações somáticas mais recorrentes ocorreram em TP53 (11 casos) e em BRCA2 (9 casos). Mutações no gene TP53 são frequentemente descritas em carcinomas mamários, incluindo CIM. As mutações em BRCA2 são menos frequentes em literatura do que as descritas em nosso estudo, possivelmente pelo significativo número de pacientes com história de câncer de mama. Este estudo permitiu a identificação de altos escores da via HR e mutações em genes da via de HR, os quais podem ser relevantes para o delineamento de estratégias terapêuticas mais eficazes para estas pacientes. Além disso, foram identificados novos candidatos associados com a resposta imunológica e a características de pior prognóstico, os quais precisam ser avaliados por diferentes estratégias moleculares e num grupo maior de casos de modo a contribuir para o avanço do conhecimento sobre esses raros e agressivos tumores (AU)

Inflammatory breast carcinoma (IBC) is a rare and aggressive disease with poor prognosis and its molecular biology is still poorly explored. In this report we evaluated copy number variations (CNAs) and copy neutral loss of heterozigosity (cnLOH) in 24 IBC samples. From these data, we calculated scores (nTAI, LST e HRD-LOH) predictors of Homologous Recombination Deficiency (HRD). A targeted-next generation sequencing was performed using a panel with 105 cancer-related genes (13 HR genes) in 21 samples. Most of the tumors presented a large number of CNAs showing high level of genomic instability. Genomic gains were more frequent than losses. Gains of 1q32 and 8q24 and losses of 17p13.1 were commonly detected. cnLOH was observed in almost all cases, mainly in chromosomes 3p and 6q. We have identified important genes mapped in these altered regions, including those involved in the immunological response (such as CD46, CD55 and CR1), extracellular matrix, metastatic process and others. An enrichment analysis using revealed pathways encompassing MYC, SQLE and MDM4 genes. We also detected amplicons mapped on 1q32.1 1q32.2 1q32.3, 8p23.1 and 17q12-q21.1, which may be associated with the tumor phenotype. Furthermore, amplification of CD46 and CD55 could promote immunological response suppression, which pointed out their potential as therapeutic targets. Mutations in HR genes were detected: BRCA2, BRCA1, ATM, PALB2, RAD51B, RAD51D and MUS81. At least one of three HR deficiency scores was high in 15 of 21 IBC being 14 HR mutated carriers. These findings suggest that IBC patients could benefit from PARP inhibitors treatment. Cases with high scores were associated with worse survival (p<0,019) compared with those with low scores. The mutational profile showed recurrent somatic mutations in TP53 (11 cases) and BRCA2 (9 cases). TP53 mutations are frequently reported in breast cancer, including IBC. BRCA2 mutations presented higher frequency in our CIM cases compared with the literature data, possibly by the significative number of patients with family history of breast cancer. This study allowed us to identify high scores values of HR pathway and HR gene mutations that could be translated into novel therapeutic strategies for the patients care. In addition, new candidates associated with immunological response and worse prognosis features were found. However, these findings need to be evaluated using different molecular strategies and a larger number of cases, which together has potential to contribute to better understand this rare and aggressive tumor (AU)
Descritores: Prognóstico
Neoplasias da Mama/genética
Imuno-Histoquímica
Biomarcadores Tumorais
Neoplasias Inflamatórias Mamárias/genética
Mutação
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR30.1 - Biblioteca
BR30.1


  3 / 5871 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1024682
Autor: Vaz, Daniele Copello; Silva, Viviane Reis Fontes da; Silva, Roberto Carlos Lyra da; Santiago, Luiz Carlos; Silva, Carlos Roberto Lyra da.
Título: Pictograma de fadiga durante o uso de quimioterápico no tratamento do câncer de mama / Fatigue pictogram during chemotherapy use in breast cancer treatment / Pictograma de fatiga durante el uso de quimioterapia en el tratamiento del cáncer de mama
Fonte: Rev. enferm. UFSM;9:[18], jul. 15, 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: identificar o período mais crítico da fadiga durante a quimioterapia com protocolo doxorrubicina + ciclofosfamida seguido de docetaxel em mulheres com câncer de mama utilizando o pictograma de fadiga. Método: estudo descritivo, prospectivo com abordagem quantitativa. Para um melhor monitoramento, as pacientes foram avaliadas no dia da infusão do quimioterápico e nas duas semanas seguintes por meio do contato telefônico. Resultados: na primeira etapa do tratamento, a fadiga ocorreu em menor gravidade e teve pouca interferência no desempenho das atividades diárias das mulheres. Durante a infusão do docetaxel a fadiga foi mais acentuada e recorrente, apresentando menores índices de recuperação e tendo forte impacto sobre a execução das atividades habituais. Conclusão: o pictograma de fadiga demonstrou ser um instrumento de fácil compreensão e rápida aplicação, podendo contribuir no cuidado de enfermagem na medida em que se apresenta como um importante instrumento de acompanhamento.

Objective: To identify the most critical period of fatigue during doxorubicin + cyclophosphamide protocol followed by docetaxel in women with breast cancer using the fatigue pictogram. Method: descriptive, prospective study with quantitative approach. For better monitoring, patients were evaluated on the day of chemotherapy infusion and the next two weeks by telephone contact. Results: In the first stage of treatment, fatigue was less severe and had little interference with women's daily activities. During docetaxel infusion, fatigue was more pronounced and recurrent, presenting lower recovery rates and having a strong impact on the performance of usual activities. Conclusion: The fatigue pictogram proved to be an easy to understand and quick application instrument, and can contribute to nursing care as it is an important monitoring tool.

Objetivo: identificar el período más crítico de fatiga durante el protocolo de doxorrubicina + ciclofosfamida seguido de docetaxel en mujeres con cáncer de mama utilizando el pictograma de fatiga. Método: estudio descriptivo, prospectivo, con enfoque cuantitativo. Para una mejor monitorización, los pacientes fueron evaluados el día de la infusión de quimioterapia y las siguientes de las semanas por contacto telefónico. Resultados: En la primera etapa del tratamiento, la fatiga fue menos severa y tuvo poca interferencia con las actividades diarias de las mujeres. Durante la infusión de docetaxel, la fatiga fue más pronunciada y recurrente, presentando tasas de recuperación más bajas y teniendo un fuerte impacto en el desempeño de las actividades habituales. Conclusión: El pictograma de fatiga demostró ser un instrumento fácil de entender y de aplicación rápida, y puede contribuir al cuidado de enfermería, ya que es una herramienta de monitoreo importante.
Descritores: Neoplasias da Mama
Enfermagem
Fadiga
Antineoplásicos
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR568.1 - Biblioteca Central Manoel Marques de Souza, Conde de Porto Alegre


  4 / 5871 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-1004271
Autor: García Soto, Jesús; Busto Hidalgo, Jacqueline; Hernández Menéndez, Miguel; Schery Guedez, Odalys; García Busto, Jesús Antonio.
Título: Factores pronósticos de recidiva en mujeres con cáncer de mama. Hospital "José Ramón López Tabranes". Matanzas. 2010-2015 / Recurrence prognostic factors in women with breast cancer. Hospital "Jose Ramon Lopez Tabrane". Province of Matanzas. 2010-2015
Fonte: Rev. medica electron;41(2):333-345, mar.-abr. 2019. tab.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN Introducción: la neoplasia de mama, constituye la segunda causa de mortalidad por cáncer en la mujer cubana. El conocimiento de los factores pronósticos de recaída es determinante para la toma de decisiones en el tratamiento. Objetivo: identificar los factores pronósticos de recidiva por cáncer de mama. Materiales y métodos: Se realizó un estudio observacional, analítico, retrospectivo. Participaron 264 mujeres diagnosticadas con cáncer de mama en la consulta de mastología del Hospital "José Ramón López Tabranes", de la provincia Matanzas, desde el 1 de enero del 2010 hasta el 31 de diciembre del 2015. Se utilizó el método de Kaplan Meier para determinar el tiempo libre de enfermedad, estratificado por las variables seleccionadas y un análisis bivariado para estimar la relación entre la recaída y cada una de las variables. Los datos fueron cruzados en tablas de contingencia y se calculó el riesgo relativo y los intervalos de confianza del 95 %. Se utilizó el test Chi cuadrado. El efecto independiente de las variables seleccionadas en la recaída se verificó mediante el análisis multivariado de regresión de Cox. Resultados: durante el seguimiento, 64 pacientes presentaron recaída, para una incidencia acumulada de 24,2 %. El análisis multivariado demostró peor pronóstico en aquellas mujeres con infiltración de ganglios linfáticos axilares (RR=5.65; IC: 2.21-14.44) y grado histológico III (RR=3.44; IC 1.98-5.97). Conclusiones: se identificaron como factores pronósticos de recaída: el estatus ganglionar positivo y el grado histológico III. El conocimiento de estos factores repercute directamente en la supervivencia, y es decisivo para individualizar el tratamiento.

ABSTRACT Introduction: breast neoplasm is the second cause of mortality in Cuban women. The knowledge of the recurrence prognostic factors is crucial for the treatment decision taking. Objective: to determine the recurrence prognostic factors due to breast cancer in this series. Material and methods: a retrospective, analytic, observational, cohort study was carried out; participated 264 women diagnosed with breast cancer in the mastology consultation of the hospital "Jose Ramon Lopez Tabrane", province of Matanzas, from January 1st 2010 to December 31st 2015. The Kaplan-Meier method was used to determine disease-free time, stratified according to the chosen variables, and a bi-variate analysis to estimate the relation between recurrence and each of these variables. Data were crossed in contingency tables and the relative risk (RR) and their confidence intervals (CI) of 95 % were calculated for each of them. The Chi squared test was used to find the significant statistic association. The independent effect of the chosen variables in the recurrence was verified by means of the Cox regression multivariate analysis. Results: during the follow up, 64 patients had recurrence for an accumulated incidence of 24.2 %. The multivariate analysis by means of the Cox proportional risk model showed the worst prognosis in women with infiltration of the axillary lymph nodes (RR=5.65; CI: 2.21-14.44) and histological grade III (RR=3.44; CI 1.98-5.97). Conclusions: the positive gangliar status and histological grade III were identified as recurrence risk factors. Knowing these factors directly affects survival and is decisive to individualize the treatment.
Descritores: Prognóstico
Recidiva
Neoplasias da Mama/diagnóstico
Neoplasias da Mama/terapia
-Estudos Retrospectivos
Epidemiologia Analítica
Estudo Observacional
Limites: Seres Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CU424.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas


  5 / 5871 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Andrade, Angela Nobre de
Texto completo
Id: lil-348307
Autor: Duarte, Tânia Pires; Andrade, Angela Nobre de.
Título: Enfrentando a mastectomia: análise dos relatos de mulheres mastectomizadas sobre questöes ligadas à sexualidade / Facing mastectomy: analysis of the discourse of mastectomized women about questions of sexuality
Fonte: Estud. psicol. (Natal);8(1):155-163, jan.-abr. 2003.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho se propôs a investigar como seis mulheres mastectomizadas, com idades de 37 a 55 anos, e com tempo de cirurgia de 1 ano e meio a 8 anos, percebiam a sua sexualidade. Para exame dos relatos foi aplicada a técnica de análise de conteúdo, em que foram identificadas as seguintes categorias: informaçäo sobre a doença, reaçäo ao diagnóstico, relaçäo médico-paciente, eu e o meu corpo, eu e o olhar do outro, percepçäo de si mesma e relacionamentos amorosos.A análise dessas categorias demonstrou que, após a mastectomia, as mulheres apresentaram algumas limitaçöes e dificuldades em lidar com situaçöes que envolviam a exposiçäo do próprio corpo. No entanto, apesar dos temores, algumas mulheres produziram diversos modos de (re)significarem e expressarem a sua sexualidade de uma forma potencializadora para suas relaçöes cotidianas.
Descritores: Mulheres/psicologia
Neoplasias da Mama/psicologia
Sexualidade/psicologia
Mastectomia/psicologia
-Brasil
Saúde da Mulher
Entrevista
Pesquisa Qualitativa
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR1274.1 - Biblioteca Central Zila Mamede


  6 / 5871 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1024197
Autor: Silva, Pamina Roberta da; Cruz, Lóris Aparecida Prado da; Nascimento, Talita Garcia do; Gozzo, Thais de Oliveira.
Título: Qualidade do sono e fadiga em mulheres com câncer de mama durante o tratamento quimioterápico / Sleep quality and fatigue in women with breast cancer during chemotherapy / Calidad del sueño y fatiga en mujeres com cáncer de mama durante el tratamiento quimioterápico
Fonte: Rev. enferm. UFSM;9:[18], jul. 15, 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: identificar a ocorrência de alterações no sono antes, durante e após o tratamento quimioterápico e correlacionar as alterações do sono com episódios de fadiga em mulheres com câncer de mama. Método: participaram do estudo 26 mulheres seguidas no Ambulatório de Mastologia de um hospital universitário que responderam o Pittsburgh Sleep Quality Index e a Functional Assessment of Cancer Therapy Fatigue para avaliar o sono e a fadiga respectivamente, em três momentos. Resultados: as participantes apresentaram distúrbios do sono, ao longo do tratamento, caracterizados por calor noturno e dificuldade em iniciar o sono e que influenciaram na piora da qualidade do mesmo. Houve correlação entre qualidade do sono e fadiga, sendo que a má qualidade do sono aumentou os episódios de fadiga. Conclusão: a identificação da ocorrência destes eventos durante a quimioterapia favorece que a equipe profissional realize orientações para manejo adequado dos eventos adversos.

Objective: To identify the occurrence of changes in sleep before, during and after chemotherapy treatment and to correlate sleep disorders with episodes of fatigue in women with breast cancer. Method: Twentysix women followed at the Mastology Outpatient Clinic of a university hospital who responded to the Pittsburgh Sleep Quality Index and to the Functional Assessment of Cancer Therapy Fatigue to assess sleep and fatigue, respectively, in three moments. Results: The participants presented sleep disturbances throughout the treatment, characterized by night heat and difficulty to start sleep and that influenced the quality of sleep. There was a correlation between sleep quality and fatigue, with poor sleep quality increasing episodes of fatigue. Conclusion: Identifying the occurrence of these events during chemotherapy helps the professional team to provide guidelines for an adequate management of adverse events.

Objetivo: identificar la manifestación de cambios en el sueño antes, durante y después de la quimioterapia y correlacionar las alteraciones del sueño con episodios de fatiga en mujeres con cáncer de mama. Método: participaron del estudio 26 mujeres controladas en el Ambulatorio de Mastología de un hospital universitario que respondieron el Pittsburgh Sleep Quality Index y la Functional Assessment of Cancer Therapy Fatigue para evaluar el sueño y la fatiga respectivamente, en tres momentos. Resultados: las participantes presentaron trastornos del sueño, a lo largo del tratamiento, caracterizados por calor nocturno y dificultad para iniciar el sueño, trastornos que ejercieron un efecto adverso sobre la calidad del sueño. Se registró una correlación entre la calidad del sueño y la fatiga, siendo que la mala calidad del sueño aumentó la cantidad de episodios de fatiga. Conclusión: identificar la manifestación de estos eventos durante la quimioterapia ayuda a que el equipo profesional realice orientaciones para el manejo adecuado de los eventos adversos.
Descritores: Sono
Neoplasias da Mama
Enfermagem
Quimioterapia Combinada
Fadiga
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR568.1 - Biblioteca Central Manoel Marques de Souza, Conde de Porto Alegre


  7 / 5871 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-979965
Autor: Abdala, Joel; Dutra, Alexandre Katalinic; Domingues, Mauricio Castelo; Yoshimatsu, Eduardo Koiti.
Título: Reconstrução de parede torácica com retalhos musculocutâneos e fasciocutâneos em pacientes com câncer de mama localmente avançado e metastático / Thoracic wall reconstruction using myocutaneous and fasciocutaneous flaps in patients with locally advanced and metastatic breast cancer
Fonte: Rev. bras. cir. plást;33(4):469-477, out.-dez. 2018. ilus, tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Introdução: Câncer de mama localmente avançado é caracterizado pelos estádios clínicos IIIb ou IV e representam de 20 a 25% de todos os casos. A reconstrução dos defeitos é feita com retalhos musculocutâneos e fasciocutâneos, sendo os mais utilizados o latíssimo do dorso e o reto abdominal. O objetivo é avaliar resultados das reconstruções de parede torácica em câncer de mama localmente avançados com retalhos musculocutâneos e fasciocutâneos. Métodos: Estudo retrospectivo, observacional descritivo, em único centro. Variáveis estudadas: dimensões do defeito e do retalho, tipo de retalho utilizado para a reconstrução, metástases cutâneas e viscerais, evolução pós-operatória e complicações. Resultados: 11 pacientes, com média de idade de 49 anos, com o lado esquerdo mais acometido. O tipo tumoral mais encontrado foi o carcinoma ductal invasivo. Os retalhos realizados foram: 2 latíssimos do dorso com desenho VY (LDVY), 2 latíssimos do dorso associados a retalho toracoabdominal (LDVYTA), 4 verticais do músculo reto do abdome (VRAM) e 3 toracoabdominais (TA). A área média dos defeitos foi 421,72cm2 e a área média dos retalhos utilizados foi de 451cm2. A complicação mais frequente foi deiscência parcial da ferida operatória, presente em 7 pacientes. Da amostra, 6 pacientes atingiram êxito letal. VRAM foi o retalho que apresentou mais complicações. A sobrevida média para VRAM foi de 25,5 meses, para LDVY de 17 meses, TA de 17 meses e LDVYTA de 20,5 meses. Conclusão: Os retalhos musculocutâneos e fasciocutâneos são eficazes para a reconstrução da parede torácica após a ressecção de neoplasias mamárias localmente avançadas.

Introduction: Breast cancer is the most common cancer among women worldwide. Locally advanced breast cancer is characterized by clinical stage IIIb or IV and accounts for 20­25% of all cases. Defects are reconstructed using myocutaneous and fasciocutaneous flaps, primarily from the latissimus dorsi and rectus abdominis muscles. The objective is to evaluate the results of thoracic wall reconstructions in cases of locally advanced breast cancer using fasciocutaneous and myocutaneous flaps. Methods: This was a retrospective, observational, and descriptive single-center study. Variables studied included defect size and flap dimensions, myocutaneous flap type, presence of cutaneous and visceral metastasis, postoperative evolution, and complications. Results: We selected 11 patients with a mean age of 49 years; the left side was the most commonly affected. The most common tumor type was invasive ductal carcinoma. The flaps were made of latissimus dorsi VY (LDVY) in two patients, latissimus dorsi associated with thoracoabdominal flaps (LDVYTA) in two, vertical rectus abdominus myocutaneous flap (VRAM) in four, and thoracoabdominal flaps (TA) in three. The mean defect area was 421.72 cm2, while the mean flap area was 451 cm2. The most frequent complication was partial dehiscence (seven patients). Six patients achieved lethal exit. VRAM flaps presented more complications. The mean survival for VRAM was 25.5 months, LDVY was 17 months, TA was 17 months, LDVYTA was 20.5 months. Conclusion: Myocutaneous and fasciocutaneous flaps are effective for chest wall reconstruction after locally advanced breast cancer resection.
Descritores: Complicações Pós-Operatórias/terapia
Traumatismos Torácicos/terapia
Neoplasias da Mama/cirurgia
Neoplasias da Mama/terapia
Carcinoma Ductal de Mama/cirurgia
Carcinoma Ductal de Mama/complicações
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos/métodos
Parede Torácica/cirurgia
Retalhos de Tecido Biológico/cirurgia
Retalho Miocutâneo/cirurgia
Metástase Neoplásica/terapia
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  8 / 5871 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-979964
Autor: Ribeiro, Rogério De Oliveira; Pessoa, Salustiano Gomes De Pinho.
Título: Complicações da reconstrução imediata da mama após mastectomia total com uso de prótese cônica e não cônica / Complications of immediate breast reconstruction after total mastectomy using conical and non-conical prostheses
Fonte: Rev. bras. cir. plást;33(4):463-468, out.-dez. 2018. ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: Introdução: No biênio 2016-2017 foram estimados pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA) aproximadamente 2.160 casos novos de câncer para o estado do Ceará e 57.960 casos novos para cada 100.000 mulheres no Brasil. A reconstrução mamária com implante de material aloplástico apresenta complicações cirúrgicas precoces e tardias que são direta ou indiretamente relacionadas à técnica cirúrgica utilizada para a realização da mastectomia e a implantação do material sintético. O presente estudo tem por objetivo analisar as complicações encontradas em um grupo de pacientes submetidas à reconstrução mamária imediata com uso de prótese cônica e não cônica. Métodos: Corresponde a um estudo de coorte transversal, retrospectivo, observacional com análise de prontuário de pacientes que foram submetidos à mastectomia total poupadora de pele com reconstrução imediata da mama com o uso de prótese cônica e não cônica, no período de janeiro de 2016 a janeiro de 2018, realizada pelo Serviço de Cirurgia Plástica e Microcirurgia Reconstrutiva do HUWC da Universidade Federal do Ceará. Resultados: As complicações ocorreram em 13 (54,1%). A prótese que apresentou o maior número de complicações foi a de formato cônico, com complicações em 7 (63,6%) pacientes, enquanto somente 6 (46,1%) pacientes com prótese de formato não cônica apresentaram complicações. Conclusão: O nosso estudo mostrou maior frequência de complicações com o uso de próteses cônicas em relação à não cônica devido principalmente à formação de uma área de sofrimento na ponta da prótese cônica que resultou em extrusão das mesmas.

Introduction: In the biennium 2016-2017, approximately 2,160 new cancer cases were identified by the Brazilian National Cancer Institute (Instituto Nacional do Câncer; INCA) for the state of Ceará and 57,960 new cases for every 100,000 women in Brazil. Breast reconstruction with alloplastic implants presents early and late surgical complications directly or indirectly related to the surgical technique used to perform mastectomy and implantation of the synthetic material. This study aimed to analyze the complications found in a group of patients submitted for immediate breast reconstruction using conical and non-conical prostheses. Methods: This is a cross-sectional, retrospective, observational cohort study that analyzed the medical records of patients who underwent skin-sparing total mastectomy with immediate breast reconstruction using conical and non-conical prostheses, performed by the Plastic Surgery and Reconstructive Microsurgery Service at the HUWC of the Federal University of Ceará from January 2016 to 2018. Results: A total of 13 (54.1%) patients presented with complications. The conical prostheses showed the highest number of complications, i.e., 7 (63.6%) patients, whereas only 6 (46.1%) patients with non-conical prostheses had complications. Conclusion: Our study showed a higher frequency of complications with the use of conical prostheses when compared to non-conical prostheses, mainly due to the formation of a sore area at the tip of the conical prosthesis that resulted in extrusion.
Descritores: Complicações Pós-Operatórias/cirurgia
Complicações Pós-Operatórias/terapia
Próteses e Implantes/efeitos adversos
Mama/cirurgia
Mama/lesões
Neoplasias da Mama/cirurgia
Neoplasias da Mama/complicações
Implantes de Mama/efeitos adversos
Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos/métodos
Mastectomia/métodos
-Próteses e Implantes
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Estudos de Avaliação
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  9 / 5871 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: biblio-895604
Autor: Machado, Márcia Xavier; Soares, Daniela Arruda; Oliveira, Shirley Batista.
Título: Significados do câncer de mama para mulheres no contexto do tratamento quimioterápico / Meanings of breast cancer for women undergoing chemotherapy
Fonte: Physis (Rio J.);27(3):433-451, Jul.-Set. 2017.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O significado imprimido ao processo saúde/doença/cuidado da mulher com câncer de mama localiza-se em um complexo de interações entre características socioculturais, comportamentais e biológicas e a ação singularizada de cada mulher na construção da experiência desta enfermidade. Objetiva-se compreender com este trabalho o significado que o câncer de mama tem para as mulheres portadoras e em tratamento quimioterápico. Estudo descritivo, exploratório com abordagem qualitativa, no qual participaram 18 mulheres em tratamento quimioterápico em uma Unidade de Alta Complexidade em Oncologia, em Vitoria da Conquista-BA. A coleta ocorreu por meio de entrevista semiestruturada, durante os meses de julho a setembro de 2016. A análise temática dos dados evidenciou cinco categorias analíticas: Negação da condição de doença; Sentimentos expressos frente à doença; Aproximação com a finitude da vida; Impacto na autoimagem e coping religioso/espiritual. As significações das mulheres com câncer de mama acerca desta condição são complexas, mas sua compreensão pode contribuir para a realização de práticas de cuidado que não se restrinjam às abordagens de cunho biológico, tecnicista e reificador, mas sim práticas de cuidado mais integrais e efetivas.

Abstract The meaning printed to health / disease / woman's care for breast cancer is located within complex interactions between sociocultural characteristics, behavioral and biological and action singularized every woman in the construction of personal and social meaning of the experience of this disease. This study aims to understand the meaning that breast cancer is for women with and chemotherapy. This is a descriptive, exploratory, and qualitative study, involving 18 women undergoing chemotherapy in a Unit of High Complexity in Oncology (Unacon) residing in the city of Vitoria da Conquista, state of Bahia, Brazil. The collection took place through a semi-structured interview, during the months of July to September 2016. The thematic analysis of data showed five analytical categories: Denial of disease condition, Sentiments expressed against the disease, Approach to the finitude of life, Impact on self-image and Religious / spiritual coping. The meanings of women with breast cancer over this condition are complex but their understanding may contribute to the realization of care practices that are not restricted to biological, technical, and reifying approaches but more comprehensive and effective care practices.
Descritores: Religião
Autoimagem
Mulheres
Brasil
Neoplasias da Mama/diagnóstico
Saúde Pública
Doença
Saúde da Mulher
Pesquisa Qualitativa
Tratamento Farmacológico
Saúde Suplementar
Oncologia
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Idoso
Tipo de Publ: Revisão
Entrevista
Responsável: BR433.1 - CB/C - Biblioteca Biomédica C


  10 / 5871 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Moreira, Thereza Maria Magalhäes
Texto completo
Id: biblio-974866
Autor: Almeida, Natália Gondim de; Cruz, Amanda Miranda; Rodrigues, Dafne Paiva; Moreira, Thereza Maria Magalhães; Figueiredo, Juliana Vieira; Fialho, Ana Virginia de Melo.
Título: Aspectos que podem influenciar a qualidade de vida da mulher mastectomizada / Aspectos que pueden influir en la calidad de vida de la mujer mastectomizada / Aspects that may influence on the quality of life of a mastectomized woman
Fonte: Ciênc. cuid. saúde;15(3):452-459, Jul.-Set. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO A retirada da mama pode influenciar nas dimensões da qualidade de vida da mulher com câncer de mama. Objetivou-se desvelar fatores que influenciam a qualidade de vida de mulheres mastectomizadas. Estudo descritivo de abordagem qualitativa, realizado com 21 mulheres submetidas à cirurgia de mastectomia, no período de junho a setembro de 2013, em um ambulatório de mastologia em Fortaleza/CE, Brasil, por meio de entrevistas semiestruturadas. Da análise de conteúdo emergiram duas categorias: Influência positiva e Influência negativa na qualidade de vida. Fatores que influenciam positivamente surgiram: apoio familiar, social e profissional, condição financeira e assistência médica; negativamente: assistência médica, condição financeira, hábitos de vida não saudáveis, doença e medo de morrer. Conclui-se que conhecer fatores que influenciam na qualidade de vida da mulher mastectomizada favorece uma melhora na prática do cuidado por fortalecer ações específicas, colaborando com a qualidade de vida dessas mulheres.

RESUMEN La remoción de la mama puede influir en las dimensiones de la calidad de vida de la mujer con cáncer de mama. El objetivo del estudio fue aclarar los factores que influyen la calidad de vida de mujeres mastectomizadas. Estudio descriptivo de abordaje cualitativo, realizado con 21 mujeres sometidas a la cirugía de mastectomía, en el período de junio a septiembre de 2013, en un ambulatorio de mastología en Fortaleza/CE, Brasil, a través de entrevistas semiestructuradas. Del análisis de contenido surgieron dos categorías: Influencia positiva e Influencia negativa en la calidad de vida. Factores que influyen positivamente surgieron: apoyo familiar, social y profesional, condición financiera y atención médica; negativamente: atención médica, condición financiera, hábitos de vida no saludables, enfermedad y miedo de morir. Se concluye que conocer los factores que influyen en la calidad de vida de la mujer mastectomizada favorece la mejora en la práctica del cuidado por fortalecer acciones específicas, colaborando con la calidad de vida de estas mujeres.

ABSTRACT The breast removal can influence the dimensions of women's quality of life with breast cancer. This study aimed to uncover factors that influence the quality of life of mastectomized women. Descriptive study, with a qualitative approach, conducted with 21 women undergoing mastectomy surgery from June to September 2013, in a mastology clinic in Fortaleza/CE, Brazil, through semi-structured interviews. Two categories emerged from the content analysis: positive influence and negative influence on quality of life. Factors that positively influence emerged: family, social and professional support, financial condition and medical care; negatively: medical assistance, financial condition, unhealthy lifestyle habits, disease and fear of dying. One concludes that knowing factors that influence the quality of life of mastectomized women favors an improvement in care practices to strengthen specific actions, contributing to the quality of life of those women.
Descritores: Qualidade de Vida
Neoplasias da Mama
Saúde da Mulher
Oncologia Cirúrgica
Mastectomia
Limites: Seres Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central



página 1 de 588 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde