Base de dados : LILACS
Pesquisa : C04.588.614.300 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 59 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 59 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Brandao, Lenine Garcia
Texto completo
Id: biblio-839409
Autor: Santos, André Bandiera de Oliveira; Andrade, Natália Martins Magacho de; Brandão, Lenine Garcia; Cernea, Claudio Roberto.
Título: Which features of advanced head and neck basal cell carcinoma are associated with perineural invasion? / Quais características dos carcinomas basocelulares estão associados a invasão perineural?
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);83(1):94-97, Jan.-Feb. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction Perineural invasion is a unique route for tumor dissemination. In basal cell carcinomas, the incidence is low, but increases in advanced cases. Its importance is recognized but not fully understood. Objective To compare head and neck basal cell carcinomas with and without perineural invasion. Methods A retrospective medical chart review of multidisciplinary surgeries for basal cell carcinomas that required a head and neck surgery specialist in a tertiary referral center was performed. Clinical-demographics and histopathological features were analyzed. Results Of 354 cases, perineural invasion was present in 23.1%. Larger tumors and morpheaform subtype were statistically related to perineural invasion. Nodular and superficial subtypes were less frequent in positive cases. No significant difference was found in gender, age, ulceration, location, and mixed histology. Conclusion In this series of selected patients with basal cell carcinomas submitted to major resections, perineural invasion was clearly related to morpheaform subtype and to larger tumors. Other classically associated features, such as location in high-risk mask zone of the face, male gender and mixed histology, were not so strongly linked to perineural invasion.

Resumo Introdução A invasão perineural é uma via independente de disseminação tumoral. Em carcinomas basocelulares, a incidência é baixa, mas aumenta em casos avançados. Sua importância é reconhecida, mas não completamente compreendida. Objetivo Comparar os carcinomas basocelulares com e sem invasão perineural. Método Estudo retrospectivo de revisão de prontuários de pacientes submetidos a cirurgias de grande porte, conduzido por equipes multidisciplinares em centro terciário de referência de câncer. Características demográficas e histopatológicas foram analisadas. Resultados De 354 casos, 23,1% apresentaram invasão perineural. Tumores com dimensão maior e subtipo esclerodermiforme foram significativamente mais associados a invasão perineural. Os subtipos nodular e superficial foram menos frequentes em casos positivos. Não houve diferença relacionada a sexo, idade, ulceração, localização e histologia mista. Conclusão Nesta série de casos selecionados de carcinomas basocelulares submetidos a grandes ressecções, a invasão perineural foi claramente relacionada ao subtipo esclerodermiforme e tumores de maior dimensão. Outros fatores classicamente associados, como localização em zona de alto risco, sexo masculino e histologia mista, não apresentaram essa associação de modo significativo.
Descritores: Neoplasias Cutâneas/patologia
Carcinoma Basocelular/patologia
Neoplasias dos Nervos Cranianos/patologia
Neoplasias de Cabeça e Pescoço/patologia
-Estudos Retrospectivos
Invasividade Neoplásica
Limites: Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 59 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-889360
Autor: Montava, Marion; Giusiano, Sophie; Jolibert, Marianne; Lavieille, Jean-Pierre.
Título: Chorda tympani schwannoma: one new case revealed during malignant otitis externa and review of the literature / Schwannoma da corda do tímpano diagnosticado no decurso de uma otite externa maligna: relato de caso e revisão da literatura
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);84(2):252-256, Mar.-Apr. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Descritores: Otite Externa/diagnóstico por imagem
Nervo da Corda do Tímpano/diagnóstico por imagem
Neoplasias dos Nervos Cranianos/diagnóstico por imagem
Neurilemoma/diagnóstico por imagem
-Otite Externa/patologia
Imagem por Ressonância Magnética
Tomografia Computadorizada por Raios X
Nervo da Corda do Tímpano/patologia
Neoplasias dos Nervos Cranianos/patologia
Achados Incidentais
Neurilemoma/patologia
Limites: Humanos
Masculino
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 59 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1039287
Autor: Fortes, Bibiana; Beer-Furlan, André; Balsalobre, Leonardo; Vellutini, Eduardo; Stamm, Aldo.
Título: Endoscopic endonasal access for the treatment of Vidian nerve schwannoma: a case report / Acesso endoscópico endonasal para tratamento de Schwannoma do nervo vidiano: relato de caso
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);85(5):670-672, Sept.-Oct. 2019. graf.
Idioma: en.
Descritores: Neoplasias dos Nervos Cranianos/cirurgia
Cirurgia Endoscópica por Orifício Natural/métodos
Gânglio Geniculado/cirurgia
Neurilemoma/cirurgia
-Imagem por Ressonância Magnética
Neoplasias dos Nervos Cranianos/diagnóstico por imagem
Diagnóstico Diferencial
Gânglio Geniculado/diagnóstico por imagem
Neurilemoma/diagnóstico por imagem
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 59 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-44151
Autor: Avendaño Valdez, José; Contreras, Francisco.
Título: Tumores del nervio óptico / Optic nerve turmors
Fonte: Rev. oftalmol. (Lima);7(1):5-12, ene.-jun. 1986. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Se presenta las historias clínico-patológicas de 5 casos de pacientes con tumores del nervio óptico, cuyos diagnósticos fueron glioma, meningeoma, retinoblastoma, tumor carcinoide metastásico y angioblastoma del nervio óptico y tronco encefálico. Se comenta que los tumores del nervio óptico son raros y que el síntoma más frecuente que producen es la disminución visual
Descritores: Tumor Carcinoide/patologia
Neoplasias dos Nervos Cranianos/patologia
Glioma/patologia
Meningioma/patologia
Doenças do Nervo Óptico/patologia
-Peru
Retinoblastoma/patologia
Limites: Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adulto
Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  5 / 59 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-180280
Autor: Stávale, Marcos A; Miura, Flavio K.
Título: Tumores da órbita / Orbit tumors
Fonte: In: Fundaçäo Antonio Prudente. Hospital A. C. Camargo. Manual de condutas diagnósticas e terapêuticas em oncologia. Säo Paulo, Ambito Editores, 1996. p.246-246, ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Neoplasias dos Nervos Cranianos
Glioma
Hemangioma Cavernoso
Meningioma
Doenças do Nervo Óptico
Neoplasias Orbitárias
-Neoplasias dos Nervos Cranianos/cirurgia
Neoplasias dos Nervos Cranianos/diagnóstico
Glioma/cirurgia
Glioma/diagnóstico
Hemangioma Cavernoso/cirurgia
Hemangioma Cavernoso/diagnóstico
Meningioma/cirurgia
Meningioma/diagnóstico
Complicações Pós-Operatórias
Doenças do Nervo Óptico/cirurgia
Doenças do Nervo Óptico/diagnóstico
Neoplasias Orbitárias/cirurgia
Neoplasias Orbitárias/diagnóstico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/2734.35; BR75.1; 616-006, M319. 3053


  6 / 59 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Dedivitis, Rogerio Aparecido
Texto completo
Id: lil-770206
Autor: Curioni, Otávio Alberto; Souza, Ricardo Pires de; Mercante, Ana Maria da Cunha; Jesus, Ana Carolina de; Pavelegeni, Alysson; Dedivitis, Rogério Aparecido; Rapoport, Abrão.
Título: Extracranial neurogenic tumors of the head and neck, / Tumores neurogênicos extracranianos na cabeça e pescoço
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);81(6):604-609, Nov.-Dec. 2015. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: ABSTRACT INTRODUCTION: Peripheric nerve tumors typically derive from Schwann cells of the peripheral nerve sheet. Since these tumors are uncommon, they should be considered in preoperative differential diagnosis. OBJECTIVE: To report the experience of a tertiary care department. METHODS: Forty-two patients with head and neck peripheral neurogenic tumors were retrospectively analyzed and evaluated from 1977 to 2013. The preoperative diagnosis was confirmed by biopsy or imaging study. RESULTS: The mean age was 41.7 and 15 patients (36%) were male. The mean size was 5.5 cm and 26 (61%) were located laterally in the neck. Most tumors (39.9%) presented as an asymptomatic neck mass. Most (39.9%) were resected through a neck approach. Cranial nerves were the commonest site of origin. CONCLUSIONS: Extracranial neurogenic tumors presented with a mean size of 5.5 cm, were located laterally in the neck, normally had their origin from cranial nerves, and their resection approach is cervical.

Resumo INTRODUÇÃO: Tumores dos nervos periféricos tipicamente derivam das células de Schwann da bainha dos nervos periféricos. Por serem incomuns, devem ser lembrados no diagnóstico diferencial pré-operatório. OBJETIVO: Relatar a experiência de serviço de referencia terciária. MÉTODO: De 1977 a 2013, 42 pacientes com tumores neurogênicos periféricos da cabeça e pescoço foram operados e analisados retrospectivamente. A confirmação diagnóstica pré-operatória deu-se por biópsia ou método de imagem. RESULTADOS: A média da idade foi de 41,7 anos, sendo 15 indivíduos (36%) do gênero masculino. O tamanho médio foi de 5,5 cm e 26 (61%) localizavam-se na face lateral do pescoço. A maior parte (39,9%) apresentou-se como tumor palpável assintomático. A maioria (39,9%) foi ressecadapor acesso cervical. A maioria originou-se de nervos cranianos. CONCLUSÕES: Tumores neurogênicos extracranianos apresentam-se com tamanho médio de 5,5 cm, na face lateral do pescoço, costumam originar-se de nervos cranianos e ser ressecados por via cervical.
Descritores: Neoplasias dos Nervos Cranianos/diagnóstico
Neoplasias de Cabeça e Pescoço/diagnóstico
-Biópsia
Neurilemoma/diagnóstico
Neurofibroma/diagnóstico
Neurofibromatoses/diagnóstico
Neurofibrossarcoma/diagnóstico
Estudos Retrospectivos
Atenção Terciária à Saúde
Tomografia Computadorizada por Raios X
Limites: Adolescente
Adulto
Idoso
Criança
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 59 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Colli, Benedicto Oscar
Texto completo
Id: lil-745792
Autor: Passos, Ivna Mota; Massuda, Eduardo Tanaka; Hyppolito, Miguel Angelo; Colli, Benedicto Oscar; Damico, Thiago Augusto.
Título: Rare case of neurinoma of the facial nerve / Caso raro de neurinoma do nervo facial
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);81(2):226-227, Mar-Apr/2015. graf.
Idioma: en.
Descritores: Neoplasias dos Nervos Cranianos/diagnóstico
Doenças do Nervo Facial/diagnóstico
Neurilemoma/diagnóstico
Doenças Raras/diagnóstico
-Neoplasias dos Nervos Cranianos/cirurgia
Doenças do Nervo Facial/cirurgia
Imagem por Ressonância Magnética
Neurilemoma/cirurgia
Doenças Raras/cirurgia
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 59 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-734845
Autor: Fernández R, Lara; Karle P, Macarena; Stott C, Carlos.
Título: Schwannoma del nervio facial y sus ramas en el oído medio: reporte de 3 casos y revisión de literatura / Schwannoma of the facial nerve and its branches in the middle ear: a report of 3 cases and literature review
Fonte: Rev. otorrinolaringol. cir. cabeza cuello;74(3):232-236, dic. 2014. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El schwannoma del nervio facial (SNF) es un tumor infrecuente, sin embargo es el tumor más frecuente del nervio facial. Son tumores benignos de crecimiento lento que producen sintomatología otológica no específica y pueden asociar parálisis facial. No existen exámenes preoperatorios que nos permitan diagnosticar con certeza el SNF. El estudio de elección se realiza con TC de alta resolución y RM con gadolinio. El diagnóstico definitivo es histopatológico pero se puede hacer diagnóstico presuntivo si la clínica, imágenes y hallazgo intraoperatorios son concordantes. El objetivo del tratamiento debe intentar preservar la función del nervio facial por el mayor tiempo posible. En casos de pacientes asintomáticos, o sin compromiso del nervio facial, se prefiere la observación. Se presentan en este artículo casos de schwannomas del facial intratimpánico y de cuerda del tímpano.

The facial nerve schwannoma (SNF) is a rare tumor, however it is the most common tumor of the facial nerve. They are slow-growing benign tumors that produce non-specific otologic symptoms and may be associated facial paralysis. There are no preoperative tests that allow us to accurately diagnose the SNF. The study of choice is made with high resolution CT and MRI with gadolinium. Definitive diagnosis is histopathological but the physician may make a presumptive diagnosis if clinical images and intraoperative findings are consistent. The goal of treatment should try to preserve facial nerve function for as long as possible. In cases of asymptomatic patients, without facial nerve involvement, observation is prefered. Cases of schwannomas of intratympanic facial and chorda tympani are presented in this article.
Descritores: Neoplasias dos Nervos Cranianos/diagnóstico
Neoplasias dos Nervos Cranianos/cirurgia
Nervo Facial/patologia
Neurilemoma/diagnóstico
Neurilemoma/cirurgia
-Nervo Facial/cirurgia
Limites: Humanos
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  9 / 59 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-683911
Autor: Vellutini, Eduardo de Arnaldo Silva.
Título: Tratamento cirúrgico do neurinoma do acústico: fatores prognósticos na preservação da função motora do nervo facial / Surgical treatment of acoustic neuroma: prognostic factors in the preservation of motor function of the facial nerve.
Fonte: Niterói; s.n; 1994. 136 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal Fluminense. Doutorado em Neurologia para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Neste trabalho são estudados 50 pacientes portadores de NAC submetidos a tratamento cirúrgico para remoção do tumor. Estabelece-se correlação estatística entre a preservação da função motora da NFAC e achados clínicos, de neuroimagem e intra-operatórios. O objetivo é determinar quais fatores podem exercer influência significativa do ponto de vista estatístico no prognóstico da função motora do NFAC no seguimento pós-operatório, além de estabelecer a melhor época para reinvenção da musculatura da mímica facial, quando necessária. Os resultados mostraram que a probabilidade de preservação funcional do NFAC é influenciada conjuntamente pelo tamanho do tumor e pela idade do paciente. Portanto pacientes idosos e portadores de tumores volumosos apresentam menor probabilidade de preservação de função motora adequada do NFAC, definida neste trabalho como graus I e III na escala de House. A aderência tumora ao tronco encefálico, com maior probabilidade de ocorrer nos tumores volumosos e irregulares, também mostrou associação com a dificuldade de preservação funcional do NFAC.
Descritores: Neoplasias dos Nervos Cranianos/cirurgia
Neoplasias dos Nervos Cranianos/complicações
Neoplasias dos Nervos Cranianos/diagnóstico
Neoplasias dos Nervos Cranianos/patologia
Neoplasias dos Nervos Cranianos/terapia
Nervo Facial/cirurgia
Neurilemoma/cirurgia
Neurilemoma/diagnóstico
Neurilemoma/terapia
-Ângulo Cerebelopontino
Nervo Coclear
Perda Auditiva/cirurgia
Perda Auditiva/complicações
Perda Auditiva/diagnóstico
Radiocirurgia/história
Tomografia/métodos
Limites: Humanos
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM
BR408.1; T616.992715, V442, 1994


  10 / 59 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-652655
Autor: Gamarra Cabezas, Elizabeth; Layana Moreno, Dennis.
Título: Tumor de glomus yugular, presentación de un caso clínico y revisión de la literatura / Glomus juglare tumor, case study and bibliographic reference
Fonte: Medicina (Guayaquil);11(2):153-157, jun. 2006.
Idioma: es.
Resumo: Los tumores del glomus yugular o timpánicos son poco comunes. Aunque son considerados tumores benignos, de crecimiento lento y tratamiento quirúrgico, pueden llegar a adquirir grandes dimensiones. El pronóstico de estos tumores está relacionado estrechamente con su localización anatómica y el volumen de la lesión. Si la remoción quirúrgica no es posible la radioterapia constituye una alternativa de tratamiento válida con intenciones paliativas.

The glomus juglare tumors are very uncommon. They are considered as benign and slow growing tumors. The treatment of choice is surgery. The prognosis of these tumors is related to the anatomical location and size of the lesion. If surgery is not posible the next step would be radiotherapy.
Descritores: Neoplasias dos Nervos Cranianos
Paraganglioma
Nervo Vago
-Orelha Média
Glomo Jugular
Limites: Feminino
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Guia de Prática Clínica
Responsável: EC13.1 - Biblioteca



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde