Base de dados : LILACS
Pesquisa : C04.588.945.947.945 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 45 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 5 ir para página              

  1 / 45 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-938436
Autor: Santos, Guilherme Campelo Lopes dos.
Título: Sarcoma de uretra masculina: relato de caso e revisão de literatura.
Fonte: São Paulo; s.n; 2012. 29 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Hospital do Servidor Público Municipal-SP para obtenção do grau de Especialista.
Resumo: Os tumores de uretra são muitos raros e bastante agressivos, acometendo mais frequentemente mulheres (4:1) e são mais comuns na raça branca (85% dos casos). Os sarcomas de tecidos moles são um grupo heterogêneo de tumores que surgem a partir da mesoderme embrionária, que representa 1 a 2% de todos os casos de doença maligna urinária. Os sarcomas em geral possuem como formas mais comum o lipossarcoma, seguido do histiocitoma maligno e do leiomiossarcoma. Diferentemente, os sarcomas geniturinários apresentam os subtipos mais os leiomiossarcoma, seguido do lipossarcoma e do rabdomiossarcoma. O caso relatado trata-se de um homem de 73 anos, com cardiopatia isquêmica prévia e história de hematúria macroscópica há um ano, que iniciou intermitente e tornou-se constante. Na investigação de hematúria, a Ressonância Nuclear Magnética demonstrou uma lesão em uretra posterior extensa que invadia próstata, bexiga, tecido perivesical, sem alteração de trato urinário alto e metástase a distância. A uretrocistoscopia visualizou lesão acastanhada na uretra, submetida a biópsia que revelou um sarcoma uretral avançado. O paciente foi submetido a cistoprostatectomia, com emasculação, linfadenectomia pélvica, ureteroileostomia à Bricker e apresentava programação de tratamento adjuvante com radioterapia e quimioterapia, porém apresentou novo episódio de infarto agudo do miocárdio evoluindo a óbito no pós-operatório precoce
Descritores: Hematúria
Sarcoma
Uretra
Neoplasias Uretrais
Limites: Masculino
Seres Humanos
Responsável: BR75.1 - Biblioteca
BR75.1; (043), SANT59s. 3102


  2 / 45 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-933880
Autor: Khouri, Francis Roque Antônio.
Título: Tumores malignos primários de uretra feminina.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 1997. 68 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt; pt.
Tese: Apresentada a Universidade do Estado do Rio de Janeiro para obtenção do grau de Mestre em Medicina.
Resumo: Um estudo retrospectivo, sobre o tumor maligno primário de uretra feminina foi realizado em vinte e cinco pacientes no Instituto Nacional de Câncer, entre o período de março de 1982 a dezembro de 1995. O autor faz uma revisão da literatura do câncer de uretra feminina e a análise dos vinte e cinco casos estudados. A faixa etária variou de 27 a 88 anos ( média de 57.5anos), sendo 52% das pacientes da raça branca. O tipo histológico mais comum foi o adenocarcinoma (40%), carcinoma epidermóide (36%), carcinoma de células transicionais (16%) e o melanoma (8%). O sistema de estadiamento utilizado foi o proposto por Grabstald (1966) e 52% das pacientes apresentavam estádio C3 e D1 ao exame clínico. A lesão foi encontrada na uretra anterior em 44% das pacientes, na uretra posterior em 20% e em toda a extensão da uretra em 36%. Os sinais e sintomas mais freqüentes foram: hematúria (60%), disúria (48%) e o emagrecimento (36%). Várias modalidades terapêuticas foram utilizadas como: a cirurgia, a radioterapia, a quimioterapia, isoladas ou combinadas. O melhor resultado foi obtido com a paciente portadora de adenocarcinoma estádio A, submetida à exérese simples da lesão, cuja sobrevida era de 9 anos e 5 meses no último estudo. Outra paciente com adenocarcinoma, estádio C1, foi submetida à radioterapia pré-operatória e exenteração pélvica anterior e permanecia com uma sobrevida de 8 anos e 7 meses, sem doença. Uma paciente submetida à radioterapia exclusiva estádio C 1, estava com uma sobrevida de 5 anos. Duas pacientes desta série foram submetidas à uretrectomia total com apendicovesicostomia, (estádio A e C1), permanecendo com uma sobrevida de 15 e 23 meses, respectivamente, sem doença. Neste estudo, 12% das pacientes tiveram uma sobrevida superior a 5 anos. A recidiva da doença, por um período inferior a 14 meses, ocorreu em 44% destas pacientes, que tornaram-se, então, fora de possibilidades terapêuticas. Os tumores de uretra posterior ou de toda a uretra apresentaram um pior prognóstico. Aspectos relevantes deste tumor maligno primário de uretra feminina são abordados neste estudo

A retrospective study, on primary malignant tumor of the female urethra was accomplished in 25 patients, in the Instituto Nacional de Cancer, between March 1982 and December 1995. The author makes a literature review on female urethra cancer and analyzer the 25 reported cases. The ages of the studied patients ranged from 27 to 88 years old (57,5 years on average) of whom 52% of the white race. The most common histologic types of tumor found were: adenocarcinoma (40%), epidermoid carcinoma (36%), transitional cell carcinoma (16%) and melanoma (8%). The staging system followed Grabstald (1966), with 52% of the patients distributed into C3 and D1 stages after clinical examination. The lesion was found in the anterior urethra in 44% of patients, the posterior urethra in 20% and the entire urethra in 36%. The more frequent signs and symptoms observed Vlere: hematuria (60%), dysuria (48%) and loss of weight (36%). Several therapeutic modalities were used such as: surgery, radiotherapy and chemotherapy, alone or combined. The best result was obtained from a patient in stage A adenocarcinoma, who, submitted to local excision, had a survival of 9 years and 5 months after the end of the study. Another patient, with adenocarcinoma, stage C 1, submitted to preoperative radiotherapy and anterior pelvic exenteration, survived as long as a 8 years and 7 months, free of disease. A patient stage C1, submitted only to radiotherapy presented a survival of 5 years. Two other patients, of this series, stage A and C 1, were submitted to total urethrectomy with apendicovesicostomy and had a survival of 15 and 23 months, respectively, without disease. In this study, 12% of patients survived more than 5 years. Recurrent disease, in a period inferior to 14 months, occurred in 44% of the studied patients, putting them out of therapeutic possibilities. The tumors localized in the posterior or entire urethra presented the poorest prognosis. Important aspects of primary malignant tumor of the female urethra are analysed in this study
Descritores: Neoplasias Uretrais
-Prognóstico
Limites: Feminino
Seres Humanos
Responsável: BR440.1 - Biblioteca Geraldo Matos de Sá . Hospital do Câncer I
BR440.1; 616.99262, H45t D HCI


  3 / 45 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-774922
Autor: Durruty, Jaime; Chacón, Rodrigo; Coz, Fernando.
Título: Hemangioma de uretra anterior, tratamiento con láser Holmium: reporte de un caso y revisión de la literatura / Hemangioma of the anterior urethra, Holmium laser treatment. Case report and literature review
Fonte: Rev. chil. urol;78(4):68-70, ago. 2013. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El hemangioma uretral es una causa muy infrecuente de uretrorragia. Es un tumor benigno que tiende a recurrir si el tratamiento no es el adecuado. El método diagnóstico de elección es la uretrocistoscopía orientada por una adecuada y exhaustiva anamnesis. Existen diferentes modalidades de tratamiento las que deben ser individualizadas según las características del hemangioma. Presentamos el caso de un paciente joven con uretrorragia intermitente secundario a hemangioma único en uretra anterior tratado mediante fotocoagulación con láser Holmium.

Urethral hemangioma is a rare cause of urethral bleeding. It is a benign tumor that tends to recur if treatment is not adequate. The diagnostic method of choice is urethrocystoscopy guided by adequate and thorough history. There are different treatment modalities, which should be individualized according to the characteristics of the hemangioma. We report the case of a young patient with intermittent urethral bleeding due to a single hemangioma in anterior urethra treated by holmium laser photocoagulation.
Descritores: Hólmio
Hemangioma/cirurgia
Neoplasias Uretrais/cirurgia
Terapia a Laser/métodos
-Cistoscopia
Hemangioma/diagnóstico
Fotocoagulação a Laser
Lasers de Estado Sólido
Neoplasias Uretrais/diagnóstico
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Responsável: CL10.1 - Biblioteca Biomédica


  4 / 45 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-774054
Autor: Velarde Ramos, Laura; Gómez Illanes, Reynaldo.
Título: Tumores de la uretra en el adulto / Urethra tumors in adult
Fonte: Rev. chil. urol;78(2):38-47, ago. 2013. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Los tumores de uretra, benignos y malignos, en adultos de ambos sexos, son una entidad poco frecuente. La sintomatología, el exámen físico y los estudios complementarios nos permitirán realizar una orientación diagnóstica inicial, pero será la biopsia la que nos dé el diagnóstico definitivo que nos permitirá diferenciar entre un tumor benigno y el cáncer de uretra, cuyo concepto es primordial para la decisión terapéutica ulterior. En general, los tumores uretrales suelen tener una sintomatología común. Los benignos son candidatos para resección quirúrgica, siendo importante considerar aquellas entidades cuyo comportamiento es potencialmente neoplásico ya que deberán tener un seguimiento más estrecho. En cuanto al cáncer uretral hay que considerar que el pronóstico está determinado fundamentalmente por la ubicación anatómica, el tamaño y la profundidad invasora de la neoplasia siendo la histología de menor importancia en la respuesta terapéutica y en la sobrevida. El primer paso terapéutico es el control locorregional quirúrgico de la enfermedad con un margen libre de tumor de 2 cm, debiendo plantearse tratamiento adyuvante con quimioterapia y / o radioterapia en aquellos casos en los que no se pueda conseguir este margen. En casos seleccionados la radioterapia puede ser indicada en monoterapia con intención curativa.

Benign and malignant urethral tumors, in adults of both sexes, are a rare entity. Their symptoms, physical examination, and additional studies will allow us to perform an initial diagnostic approach, but it is the biopsy what will differentiate a benign tumor form cancer. In general, urethral tumors often have common symptoms. Benign tumors can usually be managed with surgical resection, but it is important to consider those entities whose behaviour is potentially neoplastic requiring a closer follow up. The prognosis of urethral cancer is determined mainly by the anatomical location, the size and depth of invasion of the tumor. Histology is of second importance in terms of therapeutic response and survival. The first step in treatment is surgical locoregional control of the disease with a tumor-free margin of 2 cm. Adjuvant chemotherapy and / or radiotherapy should be considered in those cases where this margin cannot be obtained. In selected cases, radiation therapy may be given as monotheraphy with curative intent.
Descritores: Neoplasias Uretrais/diagnóstico
Neoplasias Uretrais/patologia
Neoplasias Uretrais/terapia
-Neoplasias Uretrais/classificação
Prognóstico
Fatores Sexuais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adulto
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CL10.1 - Biblioteca Biomédica


  5 / 45 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Lopes, Ademar
Chammas, Roger
Id: lil-692034
Autor: Fonseca, Francisco Paulo da; Zequi, Stênio de Cássio.
Título: Cânceres urológicos / Urological cancers
Fonte: In: Lopes, Ademar; Chammas, Roger; Iyeyasu, Hirofumi. Oncologia para a graduação. São Paulo, Lemar, 2013. p.471-482, tab. (Oncologia para a graduação).
Idioma: pt.
Descritores: Neoplasias do Córtex Suprarrenal
Neoplasias Renais
Neoplasias Penianas
Sistema Urinário/patologia
Neoplasias Testiculares
Neoplasias Uretrais
Neoplasias da Bexiga Urinária
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR30.1 - Biblioteca
BR30.1


  6 / 45 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-683698
Autor: Tanagho, Emil A; McAninch, Jack W.
Título: Smith urologia geral / Smith's general urology.
Fonte: Rio de Janeiro; Guanabara Koogan; 1994. 559 p. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Doenças do Pênis
Sistema Urinário/anatomia & histologia
Sistema Urinário/embriologia
Sistema Urinário/patologia
Neoplasias Uretrais
Uretra/patologia
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR75.1 - Biblioteca
BR75.1; 616.6, S67. 1608


  7 / 45 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-667374
Autor: Santos, Guilherme Campelo Lopes dos.
Título: Sarcoma de uretra masculina: relato de caso e revisão de literatura / Sarcoma of the male urethra: a case report and literature review.
Fonte: São Paulo; s.n; 2012. 29 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Hospital do Servidor Público Municipal-SP para obtenção do grau de Especialista.
Resumo: Os tumores de uretra são muitos raros e bastante agressivos, acometendo mais frequentemente mulheres (4:1) e são mais comuns na raça branca (85% dos casos). Os sarcomas de tecidos moles são um grupo heterogêneo de tumores que surgem a partir da mesoderme embrionária, que representa 1 a 2% de todos os casos de doença maligna urinária. Os sarcomas em geral possuem como formas mais comum o lipossarcoma, seguido do histiocitoma maligno e do leiomiossarcoma. Diferentemente, os sarcomas geniturinários apresentam os subtipos mais os leiomiossarcoma, seguido do lipossarcoma e do rabdomiossarcoma. O caso relatado trata-se de um homem de 73 anos, com cardiopatia isquêmica prévia e história de hematúria macroscópica há um ano, que iniciou intermitente e tornou-se constante. Na investigação de hematúria, a Ressonância Nuclear Magnética demonstrou uma lesão em uretra posterior extensa que invadia próstata, bexiga, tecido perivesical, sem alteração de trato urinário alto e metástase a distância. A uretrocistoscopia visualizou lesão acastanhada na uretra, submetida a biópsia que revelou um sarcoma uretral avançado. O paciente foi submetido a cistoprostatectomia, com emasculação, linfadenectomia pélvica, ureteroileostomia à Bricker e apresentava programação de tratamento adjuvante com radioterapia e quimioterapia, porém apresentou novo episódio de infarto agudo do miocárdio evoluindo a óbito no pós-operatório precoce
Descritores: Hematúria
Sarcoma
Uretra
Neoplasias Uretrais
Limites: Seres Humanos
Masculino
Responsável: BR75.1 - Biblioteca
BR75.1; (043), SANT59s. 3102


  8 / 45 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-662789
Autor: Silveira, Arlon Breno Figueiredo Nunes da; Riccetto, Cássio Luis Zanettini; Herrmann, Viviane; Palma, Paulo César Rodrigues; Tiecher, Juliane de Fátima Agostini.
Título: Leiomioma uretral durante a gravidez: relato de caso / Urethral leiomyoma during pregnancy: a case report
Fonte: Rev. Col. Bras. Cir;39(6):560-561, nov.-dez. 2012. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: The authors report a case of urethral leiomyoma diagnosed during pregnancy, which was conservatively treated up to the 38th week, when the pregnancy was interrupted. Thirty days after delivery, exeresis of the lesion was performed from the upper border of the urethral meatus and sutured with interrupted delayed-absorbable suture. The patient evolved favorably and presented no lesion recurrence during three months of follow up.
Descritores: Leiomioma
Complicações Neoplásicas na Gravidez
Neoplasias Uretrais
-Leiomioma/parasitologia
Leiomioma/cirurgia
Complicações Neoplásicas na Gravidez/patologia
Complicações Neoplásicas na Gravidez/cirurgia
Neoplasias Uretrais/patologia
Neoplasias Uretrais/cirurgia
Limites: Feminino
Seres Humanos
Gravidez
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 45 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-608136
Autor: Kathpalia, Rohit; Goe, Apul; Singh, Bhupendra Pal.
Título: Urethral skip metastasis from cancer penis or a second malignancy?a dilemma!
Fonte: Int. braz. j. urol;37(5):657-659, Sept.-Oct. 2011. ilus.
Idioma: en.
Descritores: Carcinoma Verrucoso/secundário
Segunda Neoplasia Primária
Neoplasias Penianas/complicações
Neoplasias Uretrais/secundário
Estreitamento Uretral/etiologia
-Neoplasias Penianas/cirurgia
Estreitamento Uretral/terapia
Limites: Idoso
Seres Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 45 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-545963
Autor: Peña, G; Haemmerli, J; Riffo, C; Schalper, J; Vásquez, C; Vásquez, S.
Título: Adenocarcinoma de uretra femenina: revisión de un caso clínico / Urethral adenocarcinoma in the female: case report
Fonte: Rev. chil. urol;72(2):206-208, 2007. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El cáncer de uretra es muy infrecuente siendo además la única neoplasia urológica con predilección por las mujeres, por lo que rara vez nos vemos enfrentados a un caso. Son en general de un mal pronóstico y existe escasa literatura al respecto por lo que su manejo es siempre un desafío. Presentamos un caso de carcinoma uretral de una paciente de edad media que lleva 5 años de seguimiento sin recaída.

The cancer of urethra is very infrequent being in addition the only(unique) neoplasia urológica with predilection for them mujeres, for what rarely we meet faced a case. They are in general of an evil forecast (prediction) and scanty literature exists in the matter for what his (her,your) managing is always a challenge. Let's sense before hand a case of carcinoma uretral of a patient of middle ages who goes 5 years of follow-up without relapse.
Descritores: Adenocarcinoma/cirurgia
Adenocarcinoma/patologia
Neoplasias Uretrais/cirurgia
Neoplasias Uretrais/patologia
-Neoplasias Uretrais/classificação
Limites: Seres Humanos
Feminino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CL10.1 - Biblioteca Biomédica



página 1 de 5 ir para página              
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde