Base de dados : LILACS
Pesquisa : C05.500.460.457 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 33 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 33 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-989409
Autor: Massi, Giselle; Vieira, Sammia Klann; Guarinello, Ana Cristina; Silva, Ana Paula Berberian Vieira da; Tonocchi, Rita; Wosiacki, Frances Tockus.
Título: A linguagem na Síndrome de Treacher Collins: uma análise dialógica / Language in Treacher Collins Syndrome: a dialogical analysis
Fonte: Audiol., Commun. res;24:e2047, 2019. tab.
Idioma: pt.
Projeto: CAPES.
Resumo: RESUMO A Síndrome de Treacher Collins ou Disostose Mandibulofacial é decorrente de mutações genéticas e caracterizada por malformações craniofaciais. Crianças com essa síndrome podem apresentar dificuldades cognitivas, linguísticas e psicomotoras. São raras as publicações que discorrem sobre a complexidade de seus aspectos terapêuticos, especialmente, voltados à evolução clínica vinculada à linguagem. O presente estudo objetiva analisar o processo terapêutico voltado à oralidade de um menino com essa síndrome, considerando a natureza dialógica da linguagem. Trata-se de um estudo de caso longitudinal e prospectivo, realizado em uma clínica-escola de uma Universidade, situada no sul do Brasil, durante quatro anos, desde 2012 até 2016. Os dados foram coletados a partir de gravações semanais do paciente em interação com os seus terapeutas, sendo, também, considerados os registros arquivados em seu prontuário. Os resultados indicam que a criança apresentou evolução no que se refere à apropriação da linguagem oral. Apesar das dificuldades na produção vocal e na articulação de fonemas, decorrentes de alterações craniofaciais próprias da síndrome em questão, as atividades dialógicas estabelecidas entre o menino, seus terapeutas e sua família, propiciaram mudanças gradativas no seu posicionamento em relação ao outro e à linguagem. Inicialmente, ele fazia uso de gestos, mímicas faciais, apontamentos, os quais eram compreendidos apenas pelas pessoas que faziam parte do seu cotidiano. Atualmente, além dos recursos gestuais, ele passou a usar a oralidade para participar de práticas interativas, indicando mais autonomia para interagir com seus interlocutores.

ABSTRACT The Treacher Collins Syndrome or Mandibulofacial dysostosis is due to genetic mutations and characterized by craniofacial malformations. Children with this syndrome may present cognitive, linguistic and psychomotor difficulties. There are few publications that discuss the complexity of its therapeutic aspects, especially those focused on language clinical evolution. The present study aims to analyze a speech - language clinical work on oral language of a boy who has this syndrome, considering the dialogical nature of language. This is a longitudinal and prospective case study, carried out in a university clinic located in the south of Brazil, during four years, from 2012 to 2016. Data were collected from weekly recordings of the patient interacting with his therapists, and also from his record files. The results indicate that this child presented oral language appropriation evolution. Despite his vocal production and phonemes articulation´s difficulties, due to his craniofacial alterations that characterize this syndrome, the dialogical activities established between the child, his therapists and his family, caused gradual changes in his language use. Initially, he used gestures, facial mimics, pointing, which were understood only by people who were part of his daily life. Nowadays, he still uses gestures, but he also began to use oral language to participate in interactive practices, which indicates his autonomy to interact with other people.
Descritores: Inteligibilidade da Fala
Evolução Clínica
Disostose Mandibulofacial/terapia
Micrognatismo
-Relações Médico-Paciente
Relações Profissional-Família
Brasil
Linguagem Infantil
Estudos Prospectivos
Estudos Longitudinais
Limites: Humanos
Criança
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  2 / 33 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1015972
Autor: Cardim, Vera Lúcia Nocchi; Peixoto, Jullyana Heinen; Silva, Alessandra Dos Santos.
Título: "Ortoglossopelveplastia" e o algoritmo de sua utilização na sequência de Pierre-Robin / "Orthoglossopelveplasty" and the algorithm for its use in the Pierre Robin sequence
Fonte: Rev. bras. cir. plást;34(2):228-236, apr.-jun. 2019. ilus, tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Introdução: Muitos pacientes portadores de sequência de Pierre Robin (micrognatia, glossoptose e obstrução de via aérea) apresentam o músculo genioglosso alterado, encurtado e retrátil, que impede a protração lingual, mantendo a parte anterior da língua verticalizada e seu volume deslocado em direção posterior. Isso pode corroborar para obstrução supraglótica, dificuldade alimentar e inversão das forças de estímulo do crescimento do corpo mandibular. Métodos: Estudo retrospectivo de pacientes com Pierre Robin tratados entre 2012 e 2017 pela equipe, com descrição da "ortoglossopelveplastia", que propõe uma modificação na glossopexia, soltando o genioglosso anômalo da sua inserção, liberando a língua para elevar seu terço anterior e avançar o volume de sua base, sendo auxiliada por ponto de tração da base lingual à sínfise mandibular. Apresentamos um algoritmo de tratamento proposto que prioriza a necessidade desta cirurgia, associada ou não à distração mandibular, de acordo com a gravidade da dificuldade respiratória e/ou alimentar. Resultados: São apresentados 12 casos de obstrução da orofaringe atendidos de 2012 a 2017, discutem-se suas prioridades, a ortoglossopelveplastia e se aplica o algoritmo proposto. Conclusão: A reorganização anatômica da musculatura em uma posição anteriorizada correta proporciona protração e funcionalidade à língua, com desobstrução da via aérea na orofaringe, melhora da função alimentar e do desenvolvimento mandibular, com baixa morbidade cirúrgica e poucas complicações.

Introduction: Several patients with the Pierre Robin sequence (micrognathia, glossoptosis, and airway obstruction) have an altered, shortened, and retractable genioglossus muscle that prevents protraction of the tongue and keeps the anterior part of the tongue vertical and its volume posteriorly displaced. This can contribute to supraglottic obstruction, feeding difficulty, and inversion of the growth stimulation forces of the mandibular body. Methods: A retrospective study of patients with the Pierre Robin sequence treated between 2012 and 2017 with "orthoglossopelveplasty," which includes modification of glossopexy, releasing the anomalous genioglossus of its insertion and releasing the tongue to raise its anterior third and advance the volume of its base using a traction suture of the tongue base to the mandible symphysis. We present a treatment algorithm that prioritizes the need for surgery associated, or not, with mandibular distraction in accordance with respiratory and/or feeding difficulty severity. Results: Twelve cases of oropharyngeal obstruction treated from 2012 to 2017 are presented, their priorities and orthoglossopleoplasty are discussed, and the proposed algorithm is applied. Conclusion: Anatomical reorganization of the musculature in a correct anterior position provides protraction and functionality to the tongue, clears the airway in the oropharynx, and improves the feeding function and mandibular development, with low surgical morbidity rates and few complications.
Descritores: Síndrome de Pierre Robin/cirurgia
Síndrome de Pierre Robin/complicações
Osteogênese por Distração/métodos
Doenças do Nervo Glossofaríngeo/cirurgia
Doenças do Nervo Glossofaríngeo/complicações
Obstrução das Vias Respiratórias/cirurgia
Obstrução das Vias Respiratórias/complicações
Obstrução das Vias Respiratórias/diagnóstico
Glossoptose/cirurgia
Glossoptose/patologia
Micrognatismo/cirurgia
Micrognatismo/complicações
Soalho Bucal/anormalidades
Soalho Bucal/cirurgia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  3 / 33 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-882460
Autor: Hegner, Christina Cruz; Barcelos, Fernanda Lavagnoli; Ferreira, Juliana Neves; Smiderle, Roberta Petroni; Almeida, Patrícia Casagrande Dias de.
Título: Diagnóstico tardio de síndrome de DiGeorge em criança hipocalcêmica: relato de caso / Late diagnosis of DiGeorge syndrome in hypocalcemic child: case report
Fonte: Rev. méd. Minas Gerais;26(supl. 2):53-56, 2016. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A Síndrome de DiGeorge (SDG) decorre de uma microdeleção 22q11.2, sendo considerada uma das microdeleções mais frequentes em humanos. Caracteriza-se por espectro fenotípico bastante amplo, incluindo dificuldade de aprendizado, fácies dismórfica, anomalias cardíacas, hipocalcemia, hipoparatireoidismo, fenda palatina, anomalias do timo, insuficiência imunológica e problemas de fala e alimentação. Contudo, nenhum achado é patognomônico ou mesmo obrigatório. Este relato de caso pretende chamar a atenção para essa síndrome como causa potencial de hipocalcemia e convulsões hipocalcêmicas mesmo após o período neonatal. Reporta-se a história clinico-laboratorial e manejo de um menino de 12 anos, diagnosticado aos sete com SDG em decorrência de facies típica e crise convulsiva hipocalcêmica. O paciente apresentava diagnóstico prévio de transtorno do déficit de atenção e hiperatividade, atraso no desenvolvimento neuropsicomotor e fácies suspeita (micrognatia, orelhas de implantação baixa, hipertelorismo, nariz angular). A hipocalcemia que deflagrou a crise convulsiva foi secundária ao hipoparatireoidismo, sendo tratado com carbonato de cálcio e calcitriol. Houve melhora clínica, porém se manteve hipocalcêmico, apesar de dose otimizada da medicação. O caso é atípico, já que o diagnóstico de SDG foi feito tardiamente, visto que a maioria dos casos é diagnosticada no período neonatal. Além disso, o quadro demonstra a variabilidade de achados clínicos que podem ser encontrados nessa síndrome e a importância de se investigar a SDG em pacientes que apresentem hipocalcemia, mesmo em idades mais avançadas. Salienta-se que o diagnostico tem relevância na implicação dos cuidados à saúde, devido aos riscos imunológicos e cardiológicos apresentados pelos pacientes portadores, devendo ser realizado o mais precocemente possível.(AU)

The DiGeorge Syndrome (DGS) stems from a 22q11.2 microdeletion and is considered one of the most frequent microdeletions in humans. It is characterized by very wide phenotypic spectrum, including learning disability, dysmorphicfacies, cardiac abnormalities, hypocalcemia, hypoparathyroidism, cleft palate, thymus abnormalities, immune impairment and speech and feeding problems. However, any finding is pathognomonic or even mandatory. This case report aims to draw attention to this syndrome as a potential cause of hypocalcemia and hypocalcemic seizures even after the neonatal period. Refers to clinical and laboratory history and management of a boy of 12, diagnosed at 07 with DGS due to typical facies and hypocalcemic seizure. The patient had a previous diagnosis of attention deficit hyperactivity disorder, developmental delay and suspected facies (micrognathia, low-set ears, hypertelorism, angular nose). Hypocalcemia that triggered the seizure was secondary to hypoparathyroidism, being treated with calcium carbon- ate and calcitriol. There was clinical improvement, but hypocalcemic remained despite optimal medication dose. The case is atypical, since the diagnosis DGS was made later, as the majority of cases are diagnosed in the neonatal period. In addition, the table shows the variability of clinical findings that can be found in this syndrome and the importance of investigating the DGS in patients who have hypocalcaemia, even at older ages. Please note that the diagnosis is relevant in the involvement of health care due to immunological and cardiac risks posed by patients and should be done as early as possible.(AU)
Descritores: Convulsões/complicações
Síndrome de DiGeorge/diagnóstico
Hipocalcemia/complicações
-Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade/complicações
Fissura Palatina/complicações
Síndrome de DiGeorge/complicações
Hipertelorismo/complicações
Hipoparatireoidismo/complicações
/complicações
LEARNING DISORDERS/complicações
Micrognatismo/complicações
Limites: Humanos
Masculino
Criança
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  4 / 33 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-908012
Autor: Tiol Carrillo, Agustín.
Título: Secuencia malformativa de Pierre Robin: informe de un caso y revisión de la literatura / Pierre Robin sequence: case report and literature review
Fonte: Rev. ADM = ADM;74(3):146-151, mayo-jun. 2017. ilus.
Idioma: es.
Resumo: Durante la infancia es muy frecuente encontrar alteraciones del desarrollo,las cuales derivan de una defi ciente formación de las estructurasanatómicas durante la embriogénesis. Puede encontrarse un sinnúmerode alteraciones del desarrollo que afectan la región bucal y maxilofacial.La gran mayoría de estas alteraciones han sido catalogadas como síndromes de orden genético; sin embargo, no todas pueden describirse como tales, pues existen anomalías del desarrollo que aparecen como consecuencia de una deficiente embriogénesis de la región facial, provocando alteraciones anatómicas y funcionales, pero que se apartan de componentes genéticos y cromosómicos específi cos. La secuencia malformativa de Pierre Robin es una de ellas, ya que esta condición es producida por una afección inicial, de la cual derivarán otras afeccionesadicionales a nivel del paladar y de la mandíbula que ocasionarán en elpaciente dificultad para la alimentación y respiración. Debido a que las alteraciones de esta condición afectan directamente la cavidad bucal,es crucial que el odontólogo se encuentre familiarizado con esta anomalía. El objetivo del presente artículo es describir las característicasque configuran esta entidad nosológica mediante la exposición de un caso clínico y revisión de la literatura.

During childhood, it is frequent to find development disorders whichare linked to the weak formation of anatomic structures duringembryogenesis. It is possible to find a plethora of developmentdisorders that aff ect the oral and maxillofacial region. The majorityof these disorders has been classifi ed as genetic malformations butnot all can be described as such. That is because some developmentdisorders appear as a result of a defi cient embryogenesis of the face,producing thus anatomic and functional malformations but that standapart from genetic and chromosomic specifi c components. The Pierre Robin sequence is one of them, given that this condition is producedby an initial disorder, followed by other disorders in the palate andjaw; provoking alimentary and breathing disabilities in the patient.Due to these disorders and their impact on the mouth, it is crucial thatdentists be familiarized with such anomalies. The aim of this article isto describe the key characteristics that defi ne this disease through thepresentation of a clinical case and a literature review.
Descritores: Assistência Odontológica para Doentes Crônicos/métodos
Cuidado do Lactente/métodos
Síndrome de Pierre Robin/etiologia
Síndrome de Pierre Robin/genética
Síndrome de Pierre Robin/patologia
-Fissura Palatina/etiologia
Transtornos de Deglutição/etiologia
México
Desenvolvimento Maxilofacial/fisiologia
Micrognatismo/etiologia
Obturadores Palatinos
Limites: Masculino
Humanos
Recém-Nascido
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Relatos de Casos
Revisão
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  5 / 33 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-906501
Autor: Mercado Montañez, Francisco.
Título: Tratamiento de anquilosis temporomandibular con materiales aloplásticos en niños: reporte de 3 casos / Treatment of temporomandibular joint ankylosis with alloplastic materials in children: report of 3 cases
Fonte: Rev. ADM = ADM;75(1):55-60, ene.-feb. 2018. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La anquilosis de la articulación temporomandibular en niños continúa siendo una patología presente a pesar de los avances médicos y sociales. El tratamiento de esta patología en niños tiene como objetivos restablecer la apertura bucal y mejorar la estética facial, cuando se presentan hipoplasias o micrognatias asociadas. El objetivo del uso de materiales aloplásticos para el tratamiento de esta patología en niños es evitar la morbilidad y los gastos que ocasiona la toma y aplicación de injertos, para esto, durante 15 años, en la Unidad Médica de Alta Especialidad del Instituto Mexicano del Seguro Social, Torreón, Coahuila, México, Departamento de Cirugía Maxilofacial, se ha establecido el protocolo de tratar esta patología en niños con el uso de prótesis metálicas de cavidad glenoidea, en lugar de injertos costales o de otro tipo, además de tratar las hipoplasias o micrognatias en un mismo tiempo quirúrgico con el uso de aparatos distractores óseos, teniendo excelentes resultados a mediano plazo, sin daño a estructuras anatómicas ni a los procesos de crecimiento y desarrollo de los pacientes. Se utilizan prótesis prediseñadas de cromo, cobalto, molibdeno, que se adaptan adecuadamente a las estructuras óseas, siendo un material utilizado ya en otras áreas de la ortopedia en niños, concluyendo que se trata de una buena opción de tratamiento que disminuye el riesgo, frecuencia y costos de cirugías de mayor complejidad y que puede llevarse a cabo de manera segura y predecible. En este artículo se reportan tres casos de niños con anquilosis temporomandibular tratados con este método con buenos resultados (AU)

Temporomandibular joint ankylosis in children is actually a pathology still present despite the medical and social advances. The treatment of this pathology in children has restored the buccal opening and improve the facial aesthetics when hypoplasia and micrognathia are present. The purpose of using alloplastic material for treatment of this disease in children is to prevent morbidity and expenses related to making and implementing grafts, for this, for 15 years in the Medical Unit of High Specialty the Mexican Institute of Social Security, Torreon, Coahuila, Mexico, Department of Maxillofacial Surgery, has been established protocol to treatment this pathology in children with the use of metal glenoid prosthesis instead of rib grafts or otherwise in addition to treating hypoplasias or micrognatias in the same surgical time with the use of distracting devices bone, having excellent results in the medium term without damage to anatomical structures or processes of growth and development of patients. The prosthesis used predesigned chromium, cobalt, molybdenum, which are suitably adapted to the bone structures, with a material already used in other areas of orthopedics in children, concluding that this is a good treatment option that reduces the risk, and surgeries often cost more complex and can be performed safely and predictably. In this paper, three cases of children with temporomandibular ankylosis treated with this method with good results are reported (AU)
Descritores: Anquilose
Materiais Biocompatíveis
Prótese Maxilofacial
Micrognatismo
Transtornos da Articulação Temporomandibular
-Ligas de Cromo
Planejamento de Prótese Dentária
México
Molibdênio
Osteogênese por Distração
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  6 / 33 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-869343
Autor: Mercado Montañez, Francisco.
Título: Distracción ósea mandibular con aparatos reabsorbibles: reporte de tres casos / Mandibular distraction osteogenesis with resorbable devices: report of three cases
Fonte: Rev. ADM = ADM;73(6):315-319, nov.-dic. 2016. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La micrognatia e hipoplasia unilateral mandibulares son un rasgo característico en algunos síndromes que incluyen defectos faciales, pero también se pueden presentar como secuelas de traumatismo sobre los tejidos duros del complejo maxilofacial. Dichas alteraciones adquiridas o congénitas, ocasionan grandes trastornos estéticosy funcionales. La distracción ósea descrita por Ilizarov como un método de elongación de los huesos largos, aplicado al área maxilofacial en años recientes, ha demostrado ser una técnica eficaz para la corrección de estos defectos. En este artículo se reportan tres casos de corrección de deformidades mandibulares en niños mediante la técnica de distracción ósea utilizando aparatos reabsorbibles, siendouna de sus ventajas el que no se requiere una segunda intervenciónquirúrgica para su retiro. Los pacientes fueron intervenidos en la Unidad Médica de Alta Especialidad (UMAE) No. 71 del Instituto Mexicano del Seguro Social, en donde desde hace 10 años se ha estadoutilizando el método de distracción ósea para manejo de deformidades mandibulares en niños con muy buenos resultados.

Mandibular micrognathia and unilateral mandibular hypoplasia are atypical feature of certain facial deformity syndromes, though can alsoappear as sequelae of maxillofacial hard tissue trauma. Acquired orcongenital alterations of this nature can have a signifi cant aestheticand functional impact. Ilizarov describes distraction osteogenesis as amethod for lengthening long bones, one that in recent years has beenapplied to the maxillofacial region and proved an eff ective technique forcorrecting these defects. This article reports three cases of mandibulardeformity correction in children, carried out using the distraction osteogenesistechnique with resorbable devices. One of the advantagesof using such devices is that the need for a second surgical interventionto remove them is eliminated. All patients were treated at AdvancedSpecialty Medical Unit (UMAE) 71 of the Mexican Institute of SocialSecurity, which, for the last ten years, has been using the distractionosteogenesis method to correct mandibular deformities in children,with optimal results.
Descritores: Micrognatismo/cirurgia
Osteogênese por Distração/instrumentação
Osteogênese por Distração/métodos
-Implantes Absorvíveis
Assimetria Facial/cirurgia
Estética Dentária
México
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  7 / 33 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-673574
Autor: Olivares-Espinoza, Jimmy; Morales-Solórzano, Raffi Daniel.
Título: Secuencia de Pierre Robin: reporte de caso / Pierre Robin Sequence: report of a case
Fonte: Odontol. pediatr. (Lima);11(2):149-153, jul.-dic. 2012. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La secuencia de Pierre Robin (SR) es una malformación congénita presentada al nacer caracterizada por la presencia de una triada de anomalías; micrognatia, paladar hendido y glosoptosis. Estas anomalías pueden llevar a una complicación con las vías respiratorias del recién nacido pudiendo causar la muerte. El propósito de este reporte es describir el rol que cumple el odontopediatra como solución temprana del paladar hendido para evitar el ahogamiento del recién nacido y estimular la succión del lactante.

Pierre Robin sequence (RS) is a congenital and glososptosis. These anomalies can lead a of a triad anomaly; micrognathia, cleft palate malformation characterized by the presence a respiratory complication the newborn may cause death. The purpose of this report is to describe the rol played by the pediatric dentist as a solution early to cleft palate and the drowing newborn and stimulate a suckling infant.
Descritores: Fissura Palatina
Micrognatismo
Síndrome de Pierre Robin
Limites: Humanos
Feminino
Recém-Nascido
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  8 / 33 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-583805
Autor: Bergamo, Ana Zilda Nazar; Andrucioli, Marcela Cristina Damião; Romano, Fábio Lourenço; Ferreira, José Tarcísio Lima; Matsumoto, Mírian Aiko Nakane.
Título: Orthodontic-surgical treatment of class III malocclusion with mandibular asymmetry
Fonte: Braz. dent. j;22(2):151-156, 2011. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Class III skeletal malocclusion may present several etiologies, among which maxillary deficiency is the most frequent. Bone discrepancy may have an unfavorable impact on esthetics, which is frequently aggravated by the presence of accentuated facial asymmetries. This type of malocclusion is usually treated with association of Orthodontics and orthognathic surgery for correction of occlusion and facial esthetics. This report presents the treatment of a patient aged 15 years and 1 month with Class III skeletal malocclusion, having narrow maxilla, posterior open bite on the left side, anterior crossbite and unilateral posterior crossbite, accentuated negative dentoalveolar discrepancy in the maxillary arch, and maxillary and mandibular midline shift. Clinical examination also revealed maxillary hypoplasia, increased lower one third of the face, concave bone and facial profiles and facial asymmetry with mandibular deviation to the left side. The treatment was performed in three phases: presurgical orthodontic preparation, orthognathic surgery and orthodontic finishing. In reviewing the patient's final records, the major goals set at the beginning of treatment were successfully achieved, providing the patient with adequate masticatory function and pleasant facial esthetics.

A maloclusão esquelética de Classe III pode apresentar diversas etiologias, sendo a deficiência maxilar a mais frequente. Discrepâncias esqueléticas podem ter impacto estético desfavorável, muitas vezes agravadas pela presença de assimetrias faciais acentuadas. Este tipo de maloclusão é geralmente tratado com a associação de Ortodontia e cirurgia ortognática para a correção da oclusão e da estética facial. Este relato de caso apresenta o tratamento de um paciente com 15 anos e 1 mês de idade, com maloclusão esquelética de Classe III, atresia maxilar, mordida aberta posterior do lado esquerdo, mordida cruzada anterior e mordida cruzada posterior unilateral, acentuada discrepância dento-alveolar negativa acentuada no arco maxilar e desvios das linhas médias superior e inferior. Ao exame clínico o paciente também apresentava deficiência maxilar, aumento do terço inferior da face, perfil ósseo e facial côncavos e assimetria facial, com desvio da mandíbula para o lado esquerdo. O tratamento foi realizado em três fases: preparo ortodôntico pré-cirúrgico, cirurgia ortognática e finalização ortodôntica. Analisando os registros finais do paciente, os principais objetivos estabelecidos ao início do tratamento foram alcançados com sucesso, promovendo ao paciente adequada função mastigatória e estética facial agradável.
Descritores: Assimetria Facial/complicações
Má Oclusão de Angle Classe III/complicações
Má Oclusão de Angle Classe III/terapia
Procedimentos Cirúrgicos Ortognáticos
-Assimetria Facial/cirurgia
Ossos Faciais/anormalidades
Incisivo/patologia
Má Oclusão de Angle Classe III/cirurgia
Mandíbula/cirurgia
Maxila/anormalidades
Maxila/cirurgia
Micrognatismo/complicações
Micrognatismo/terapia
Ortodontia Corretiva
Mordida Aberta/complicações
Mordida Aberta/terapia
Técnica de Expansão Palatina
Erupção Ectópica de Dente/complicações
Dimensão Vertical
Limites: Adolescente
Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 33 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-578474
Autor: Ogando, Patrícia Barcelos; Pires, Fábio; Krummenauer, Rita Carolina Pozzer; Collares, Marcus Vinícius Martins; Lubianca Neto, José Faibes.
Título: Malformações laríngeas na síndrome de Richieri-Costa-Pereira com obstrução de via aérea / Laryngeal malformations in the Richieri Costa and Pereira syndrome with airway obstruction
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);77(1):138-138, jan.-fev. 2011. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Obstrução das Vias Respiratórias/etiologia
Epiglote/anormalidades
Laringomalácia/complicações
Micrognatismo
-Obstrução das Vias Respiratórias/cirurgia
Laringomalácia/cirurgia
Síndrome
Traqueostomia
Limites: Adulto
Feminino
Humanos
Recém-Nascido
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 33 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-567922
Autor: Dantas, Antônio Flávio M; Riet-Correa, Franklin; Medeiros, Rosane M. T; Galiza, Glauco José N. de; Pimentel, Luciano da A; Anjos, Bruno L. dos; Mota, Rinaldo A.
Título: Malformações congênitas em ruminantes no semiárido do nordeste Brasileiro / Congenital malformations in ruminants in the semiarid of the Brazilian northeast
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;30(10):807-815, out. 2010. ilus, graf, tab.
Idioma: pt.
Projeto: Programa Institutos do Milênio; . Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para o Controle das Intoxicações por Plantas; . Programa de Apoio a Núcleos de Excelência.
Resumo: Congenital malformations caused by the ingestion of Mimosa tenuiflora have been reported in ruminants in the semiarid of the Brazilian Northeast. This paper reports malformations diagnosed in ruminants, from 2000 to 2008, by the Veterinary Pathology Laboratory of the Federal University of Campina Grande, Patos, PB, in municipalities of the states of Paraíba, Pernambuco and Rio Grande do Norte. During the period, 47 (3.48 percent) out of 1.347 ascensions were reported as malformations. Based in the type of malformation and in the origin of the animals, malformations were divided in: 1) caused by the ingestion of M. tenuiflora, and 2) sporadic malformations of unknown causes. In sheep, 21 out of 418 ascensions were malformations, being 18 (4.3 percent) of malformations caused by M. tenuiflora and 3 (0.71 percent) of sporadic malformations. In cattle, 14 out of 434 ascensions were malformations, from these 8 (1.84 percent) were caused by M. tenuiflora and 6 (1.38 percent) were sporadic malformations. In goats, 12 out of 495 ascensions were malformations, being 9 (1.81 percent) malformations related with the ingestion of M. tenuiflora and 3 (0.6 percent) sporadic malformations. More frequent malformations caused by M. tenuiflora were arthrogryposis, micrognatia, palatoschisis, microphtalmia and unilateral or bilateral hypoplasia or aplasia of the incisive bones. Sporadic malformations were acephaly and hermaphrodite, dicephaly and malformations of mesenteric vessel in sheep; atresia ani in three goats; and hydranencephaly, atresia ani, ribs malformation with eventracion, cerebellar hypoplasia with hydrocephalus, pulmonary choristoma and meningocele, and siamese twins in cattle. A case of cerebellar hypoplasia with hydrocephalus was negative on immunohistochemistry to bovine viral diarrhea virus. Malformations caused by M. tenuiflora occurred during the whole year...

Malformações congênitas causadas pela ingestão de Mimosa tenuiflora têm sido observadas em ruminantes no semiárido do Nordeste Brasileiro. Neste trabalho foram estudadas as malformações congênitas em ruminantes diagnosticadas entre 2000 e 2008, em municípios da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Durante o período foram recebidos 1.347 materiais de ruminantes para diagnóstico, desses 47 (3,48 por cento) foram dignosticados como malformações congênitas. Com base no tipo de malformação e na procedência do animal as malformações foram divididas em: 1) causadas pelo consumo de M. tenuiflora; e 2) malformações esporádicas, sem causa conhecida. De 418 materiais de ovinos, 21 corresponderam a malformações, sendo 18 (4,3 por cento do total de materiais) de malformações causadas por M. tenuiflora e 3 (0,71 por cento) de malformações esporádicas. De 434 materiais de bovinos, 14 foram diagnosticados como malformações, sendo 8 (1,84 por cento) causadas por M. tenuiflora e 6 (1,38 por cento) malformações esporádicas. De 495 materiais de caprinos, 12 apresentaram malformações, sendo 9 (1,81 por cento) causadas pela ingestão de M. tenuiflora e 3 (0,6 por cento) malformações esporádicas. As principais malformações causadas por M. tenuiflora foram artrogripose, micrognatia, palatosquise, microftalmia e hipoplasia ou aplasia unilateral ou bilateral dos ossos incisivos. As malformações esporádicas incluiram: acefalia e hermafroditismo, dicefalia e malformações de vasos intestinais em ovinos; atresia anal em três caprinos; e hidranencefalia, atresia anal, malformações de costelas com eventração, hipoplasia cerebelar e hidrocefalia, coristoma pulmonar e meningocele, e gêmeos siameses em bovinos. O caso de hipoplasia cerebelar com hidrocefalia foi negativo pela imuno-histoquímica para o vírus da diarreia viral bovina. Malformações congênitas causadas por M. tenuiflora ocorreram durante todo o ano...
Descritores: Artrogripose/diagnóstico
Artrogripose/veterinária
Micrognatismo/diagnóstico
Micrognatismo/veterinária
Plantas Tóxicas/citologia
Plantas Tóxicas/efeitos adversos
Plantas Tóxicas/envenenamento
-Coleta de Tecidos e Órgãos/métodos
Coleta de Tecidos e Órgãos/veterinária
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde