Base de dados : LILACS
Pesquisa : C05.651.869.816 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 7 [refinar]
Mostrando: 1 .. 7   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 7 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1251346
Autor: Silva, Paulo Henrique Jeronimo da; Moraes, Vinícius Ynoe de; Segre, Nicolau Granado; Sato, Edson Sasahara; Faloppa, Flávio; Belloti, João Carlos.
Título: Diagnosis and Treatment of Trigger Finger in Brazil - A Cross-Sectional Study / Diagnóstico e tratamento do dedo de gatilho no Brasil - Estudo transversal
Fonte: Rev. bras. ortop;56(2):181-191, Apr.-June 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective The present paper aims to evaluate the therapeutic planning for trigger finger by Brazilian orthopedists. Methods This is a cross-sectional study with a population composed of participants from the 2018 Brazilian Congress on Orthopedics and Traumatology (CBOT-2018, in the Portuguese acronym), who answered a questionnaire about the conduct adopted for trigger finger diagnosis and treatment. Results A total of 243 participants were analyzed, with an average age of 37.46 years old; most participants were male (88%), with at least 1 year of experience (55.6%) and from Southeast Brazil (68.3%). Questionnaire analysis revealed a consensus on the following issues: diagnosis based on physical examination alone (73.3%), use of the Quinnell classification modified by Green (58.4%), initial nonsurgical treatment (91.4%), infiltration of steroids combined with an anesthetic agent (61.7%), nonsurgical treatment time ranging from 1 to 3 months (52.3%), surgical treatment using the open approach (84.4%), mainly the transverse open approach (51%), triggering recurrence as the main nonsurgical complication (58%), and open surgery success in > 90% of the cases (63%), with healing intercurrences (54%) as the main complication. There was no consensus on the remaining variables. Orthopedists with different practicing times disagree on treatment duration (p = 0.013) and on the complication rate of open surgery (p = 0.010). Conclusions Brazilian orthopedists prefer to diagnose trigger finger with physical examination alone, to classify it according to the Quinnell method modified by Green, to institute an initial nonsurgical treatment, to perform infiltrations with steroids and local anesthetic agents, to sustain the nonsurgical treatment for 1 to 3 months, and to perform the surgical treatment using a transverse open approach; in addition, they state that the main nonsurgical complication was triggering recurrence, and report open surgery success in > 90% of the cases, with healing intercurrences as the main complication.

Resumo Objetivo Avaliar o planejamento terapêutico para o dedo em gatilho por ortopedistas brasileiros. Métodos Estudo transversal, cuja população foi composta por participantes do Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia 2018 (CBOT-2018). Foi aplicado um questionário sobre a conduta adotada no diagnóstico e tratamento do dedo em gatilho. Resultados Foram analisados 243 participantes com média de idade de 37.46 anos, na maioria homens (88%), tempo de experiência de pelo menos 1 ano (55,6%), e da região Sudeste (68.3%). A análise dos questionários evidenciou que há consenso nos seguintes quesitos: diagnóstico somente com exame físico (73,3%), classificação de Quinnell modificada por Green (58,4%), tratamento inicial não cirúrgico (91,4%), infiltração de corticoide com anestésico (61,7%) tempo de tratamento não cirúrgico de 1 a 3 meses (52,3%), tratamento cirúrgico pela via aberta (84,4%), principalmente via aberta transversa (51%), recidiva do engatilhamento como principal complicação não cirúrgica (58%), e o sucesso da cirurgia aberta em > 90% (63%), sendo a sua principal complicação as complicações cicatriciais (54%). Sem consenso nas demais variáveis. De acordo com a experiência, foram observadas diferenças referentes ao tempo de tratamento (p = 0.013) e a taxa de complicação da cirurgia aberta (p = 0.010). Conclusões O ortopedista brasileiro tem preferência pelo diagnóstico do dedo em gatilho apenas com exame físico, classifica segundo Quinnell modificado por Green, tratamento inicial não cirúrgico, infiltrações com corticoide e anestésico local, tempo de tratamento não cirúrgico de 1 a 3 meses, tratamento cirúrgico por via aberta transversa, principal complicação não cirúrgica a recidiva do engatilhamento, e considera o sucesso da cirurgia aberta em > 90% dos casos, tendo como principal complicação as complicações cicatriciais.
Descritores: Exame Físico
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Encarceramento do Tendão
Dedo em Gatilho/cirurgia
Dedo em Gatilho/diagnóstico
Dedo em Gatilho/terapia
Cirurgiões Ortopédicos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  2 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-639014
Autor: Gerstner Garcés, Juan Bernardo.
Título: Tenosinovitis estenosante de los tendones peroneos: reporte de dos caso / Peroneal stenosing tendonitis: two case report
Fonte: Rev. colomb. ortop. traumatol;23(1), mar. 2009. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La tenosinovitis estenosante de los peroneos que resulta de la hipertrofia del tubérculo peroneo ha sido bien descrita en la literatura, pero la descripción de casos en nuestro medio es escasa. El tratamiento quirúrgico adecuado trata el tubérculo peroneo hipertrofiado, la polea peronea y cualquier patología intrínseca del tendón. Se reportan dos casos de pacientes con dolor crónico y aparición de masa en la región inframaleolar externa de un tobillo, con poca respuesta al manejo conservador. Los pacientes fueron llevados a cirugía con resolución de sus síntomas. En el primer caso, se encontró una hipertrofia de la polea sin prominencia del tubérculo y, en el segundo caso, una hipertrofia del tubérculo con un quiste retinacular (ganglión) asociado.
Descritores: Calcâneo/cirurgia

Hipertrofia
Nervo Fibular/patologia
Encarceramento do Tendão
Tenossinovite
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CO176.1 - Biblioteca Jorge Bejarano


  3 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-574310
Autor: Uribe, William Albeiro Jimenez; Buendia, Gisela Del Pilar Puentes; Rodrigues, Juan Manuel Florez; Vieira Filho, José de Gervais CavalCante.
Título: Tenossinovites De Quervain: uma nova proposta no tratamento cirúrgico / De Quervain's tenosynovitis: a new proposal of surgical treatment
Fonte: Rev. bras. cir. plást;25(3):465-469, jul.-set. 2010. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: A tenossinovite estenosante De Quervain caracteriza-se por ser a inflamação da bainha do abdutor longo e extensor curto do polegar, no primeiro compartimento dorsal do punho, acometendo mais frequentemente as mulheres na faixa etária entre 30 e 50 anos. Essa doença está associada principalmente a trauma crônico secundário e sobrecarga das atividades diárias das mãos e punho, podendo também ser causada por outros fatores, mas em muitos casos não há uma causa bem definida. Objetivo: O objetivo deste trabalho é apresentar nossa casuística de tenossinovite de De Quervain no Ambulatório de Cirurgia da Mão, os diferentes tratamentos e uma nova proposta cirúrgica utilizando um retalho fáscio-gorduroso de vizinhança. Resultados: Com a técnica proposta foram obtidos resultados satisfatórios, diminuindo as recidivas, com boa recuperação funcional e rápido retorno dos pacientes às atividades cotidianas.

Introduction: De Quervain's stenosing tenosynovitis it is characterized by being the inflammation of the hem of the long and extending abductor short of the thumb, in the 1st number compartment of the fist, more frequently attacking the women in the age group between 30 and 50 years. That pathology is associated mainly to secondary chronic trauma and overload of the daily activities of the hands and fist, could also be caused by other factors, but in many cases no there is a very defined cause. Results: All the patients had a faster and satisfactory evolution with an amazing come back to their quotidian activities.
Descritores: Doença de De Quervain
Mãos/cirurgia
Punho/cirurgia
Retalhos Cirúrgicos
Procedimentos Cirúrgicos Operatórios
Encarceramento do Tendão
Ferimentos e Lesões
-Inflamação
Métodos
Pacientes
Métodos
Limites: Humanos
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  4 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Milani, Carlo
Texto completo
Id: lil-549823
Autor: Fukushima, Walter Yoshinori; Fujiki, Edison Noboru; Ruggiero, Gustavo Mantovani; Cho, Álvaro Baik; Aita, Márcio Aurélio; Nascimento, Fabiano Prata; Mattar, Thiago da Motta; Milani, Carlo.
Título: Diagnóstico precoce e o tratamento cirúrgico do polegar em gatilho congênito na criança utilizando o sistema de internação hospital-dia / Early diagnosis and surgical treatment of congenital trigger thumb in children using the day hospital admission system
Fonte: Arq. bras. ciênc. saúde;35(1), jan.-abr. 2010.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: o polegar em gatilho congênito ou tenossinovite estenosante do polegar é a dificuldade de extensão do polegar, identificada nos primeiros meses de vida. Objetivo: a proposta deste estudo foi discutir o tratamento cirúrgico com os resultados, as complicações e as vantagens na utilização da internação hospital-dia. Método: no período de fevereiro de 2001 até janeiro de 2008, verificaram-se 25 crianças entre 3 meses e 6 anos, portadoras de polegar em gatilho congênito. Foram operadas 35 mãos, e 10 casos eram bilaterais. Observamos que a manifestação clínica quanto à dificuldade de extensão do polegar estava presente em todas as mãos operadas e nenhuma criança queixava-se de dor. As crianças foram submetidas à mesma técnica cirúrgica, anestesia geral inalatória, com incisão transversa na prega volar metacarpofalangeana do polegar acometido e abertura longitudinal da polia flexora A1. Não foi utilizado antibiótico e as crianças foram internadas pelo sistema hospital-dia. Resultados: Quinze crianças eram do sexo masculino e dez do sexo feminino. Dos pacientes com lesão bilateral, sete eram do sexo masculino e três do feminino. Quanto ao lado acometido, obtivemos sete polegares direitos, oito esquerdos e dez bilaterais. Como complicações, não houve nenhuma recidiva; um polegar evoluiu com infecção cutânea superficial e dois polegares apresentaram deiscência parcial da sutura após a retirada dos pontos. Conclusões: o polegar em gatilho congênito ou tenossinovite estenosante do polegar na criança pode ser tratado com segurança através da abertura simples da polia flexora A1, utilizando-se a internação hospital-dia.

The congenital trigger disorder or stenosing tenosynovitis of the thumb is the difficulty of extending the thumb, identified in early months of life. Objective: The purpose this study was to discuss the operative results, complications and advantages of the day hospital system. Method: This study was carried out from February 2001 to January 2008, with 25 children aging from 3 months to 6 years old with congenital trigger finger thumb. Thirty-five hands were submitted to surgery, and ten children had both hands attacked. The limited extension of the thumb was the clinical characteristic observed in all operated hands and no child had pain complaint. All children were submitted to the same surgical technique, by the use of inhalational general anesthetics, with transversal incision in the metacarpophalangeal volar pleat of the thumb and longitudinal resection of the flexor pulley A1. Antibiotic therapy was not used and all children were admitted by the day hospital system. Results: fifteen were boys and ten were girls. Seven boys and three girls had the pathology in both hands. Comparing the incidence of each side, we have found seven right congenital trigger thumbs, eight left and ten occurring in both sides. The complications found were: one thumb had superficial cutaneous infection and two thumbs presented dehiscence of the incision after the removal of the suture. There were no cases of recurrence of the disease after surgery. Conclusion: we concluded that congenital trigger disorder or stenosing tenosynovitis in children can be safely treated with simple incision of flexor pulley A1 and with day hospital system.
Descritores: Dedo em Gatilho/cirurgia
Dedo em Gatilho/diagnóstico
Encarceramento do Tendão/cirurgia
Encarceramento do Tendão/diagnóstico
Polegar/cirurgia
Tenossinovite
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1342.1 - Biblioteca da Escola de Enfermagem BENF


  5 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-511134
Autor: Monterei, Marcus Richard.
Título: Lesões por esforços repetitivos (LER) sua importância atual / Repetitive strain injuries (RSI) its importance today.
Fonte: Niterói; UFF; 1996. 30 p.
Idioma: pt.
Resumo: Atualmente na prática de Medicina do Trabalho, as queixas álgicas músculo esqueléticas associada aos movimentos repetitivos é conhecida a bastante tempo. São relacionadas ao aumento do ritmo e velocidade no trabalho, causado por aumento de produtividade no trabalho e incapacidade física. Sua incid~encia e dimensões em nossa vida, não são totalmente conhecidas. Consequência do não diagnóstico, da subnotificação e do subregistro. Nas lesões por esforços repetitivos, protocolo de investigação e estadiamento são usados. Este trabalho visa dar melhor compreensão, diagnóstico precoce e melhores condições de trabalho nos casos de LER.
Descritores: Síndrome do Túnel Carpal
Síndrome do Túnel Ulnar
Transtornos Traumáticos Cumulativos
Doença de De Quervain
Dor Lombar
Saúde do Trabalhador
Medicina do Trabalho
Tendinopatia
Encarceramento do Tendão
Cotovelo de Tenista
Limites: Humanos
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM
BR 408.1 M 616.9803 M778 1996


  6 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-511120
Autor: Comodo, José Arthur.
Título: Protocolo de investigação das lesões por esforços repetitivos (LER) / Protocol for investigation of repetitive strain injuries (RSI).
Fonte: Niterói; UFF; 1997. 67 p. tab.
Idioma: pt.
Descritores: Protocolos Clínicos
Transtornos Traumáticos Cumulativos
Saúde do Trabalhador
Medicina do Trabalho
Tenossinovite
-Artrite Reumatoide
Síndrome do Túnel Carpal
Síndrome do Túnel Ulnar
Radiculopatia
Tendinopatia
Encarceramento do Tendão
Cotovelo de Tenista
Síndrome do Desfiladeiro Torácico
Síndromes de Compressão do Nervo Ulnar
Extremidade Superior
Limites: Humanos
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM
BR408.1 M 616.9803 C735 1997


  7 / 7 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-501890
Autor: Nayak, Soubhagya R; Krishnamurthy, Ashwin; Prabhu, Latha V; Madhyastha, Sampath.
Título: Additional tendinous origin and entrapment of the plantaris muscle: [letter to the editor]
Fonte: Clinics;64(1):67-68, 2009. ilus.
Idioma: en.
Descritores: Músculo Esquelético/patologia
Encarceramento do Tendão/patologia
Tendões/anormalidades
-Cadáver
Músculo Esquelético/anormalidades
Limites: Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde