Base de dados : LILACS
Pesquisa : C06.405.205.731.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 653 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 66 ir para página                         

  1 / 653 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1282824
Autor: Gisbert, Javier P.
Título: Papel de los anticuerpos anticitoplasma de los neutrófilos en la enfermedad inflamatoria intestinal / Anti-cytoplasm neutrophil antibodies role in inflammatory bowel disease
Fonte: Salud(i)ciencia (Impresa) = Salud(i)ciencia (En linea);14(5):287-289, ago. 2006.
Idioma: es.
Resumo: La prevalencia media de los anticuerpos anticitoplasma de los neutrófilos con patrón perinuclear (pANCA), considerados clásicamente como marcadores característicos de la colitis ulcerosa (CU), es de poco más del 50% en los pacientes con esta enfermedad, una cifra que, aunque evidentemente más alta que la descrita en los controles sanos, dista mucho del valor ideal del 100%. Por otro lado, los pANCA se encuentran también presentes en un porcentaje considerable ­media del 17%­ de los pacientes con enfermedad de Crohn (EC). La sensibilidad de los pANCA para el diagnóstico de la CU entre los pacientes con clínica compatible posee una sensibilidad subóptima (media del 58%), pero la especificidad es considerablemente elevada (media del 93%), por lo que un resultado positivo apoya con relativa seguridad el diagnóstico de CU. En las colitis indeterminadas el uso de estos marcadores serológicos podría aportarnos alguna información relevante, no sólo desde el punto de vista diagnóstico sino también terapéutico, por lo que su cuantificación podría ser una opción adecuada en este contexto. Diversos autores demostraron que los pacientes con EC y pANCA positivos, esto es, el marcador serológico típico de la CU, tienen características fenotípicas que mimetizan en parte a las de esta última enfermedad. La mayoría de los estudios demostraron que la presencia de pANCA no guarda relación con la actividad de la CU. En resumen, los marcadores serológicos pANCA pueden considerarse en algunas circunstancias como un complemento de otros métodos diagnósticos (como la radiología, la endoscopia o la histología), tienen una utilidad limitada en la práctica clínica y en ningún caso reemplazan el buen criterio clínico
Descritores: Doenças Inflamatórias Intestinais
-Colite Ulcerativa
Doença de Crohn
Anticorpos Anticitoplasma de Neutrófilos
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  2 / 653 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Toporovski, Mauro Sérgio
Texto completo
Id: biblio-891465
Autor: Protásio, Bruna Karoline Pinheiro França; Barbosa, Camila Maria Pinheiro Machado Martins; Neufeld, Clarice Blaj; Buck, Leandro Dimasi; Laund, Lygia de Souza Lima; Toporovski, Mauro Sergio; Visoni, Thais Cristina.
Título: Specificities of presentation of Crohn's disease in childhood / Especificidades da apresentação da doença de Crohn na infância
Fonte: Einstein (Säo Paulo);16(1):eRC4070, 2018.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT The incidence of inflammatory bowel disease in the pediatric population has increased in the last years. The most common form of inflammatory bowel disease is Crohn's disease and, according to its form and age of presentation, it is possible to predict the evolution of the disease.

RESUMO A incidência de doença inflamatória intestinal aumentou na população pediátrica nos últimos anos. A forma mais comum de doença inflamatória intestinal é a doença de Crohn e, conforme sua forma e a idade de apresentação é possível prever a evolução da doença.
Descritores: Doença de Crohn/cirurgia
Fístula Intestinal/cirurgia
Obstrução Intestinal/cirurgia
-Índice de Gravidade de Doença
Doença de Crohn/complicações
Colonoscopia
Fístula Intestinal/complicações
Obstrução Intestinal/complicações
Limites: Humanos
Feminino
Criança
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 653 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-983669
Autor: Xu, Min-Min; Zhu, Ping; Wang, Hao; Yang, Bo-Lin; Chen, Hong-Jin; Zeng, Li.
Título: Analysis of the clinical characteristics of perianal fistulising crohn's disease in a single center / Análise das características clínicas da doença de crohn fistulizante perianal em um único centro
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;32(1):e1420, 2019. tab.
Idioma: en.
Projeto: Open Topic of National Chinese Medicine Clinical Research Base; . National Natural Science Foundation of China.
Resumo: ABSTRACT Background: Clinical characteristics are keys to improve identification and treatment of Crohn´s disease (CD) so that large sample analysis is of great value. Aim: To explore the clinical characteristics of perianal fistulising CD. Methods: Analysis of 139 cases focused on their clinical data. Results: The proportion of males and females is 3.3:1; the mean age is 28.2 years; 47.5% of patients had anal fistula before CD diagnosis. Patients with prior perianal surgery and medication accounted for 64.7% and 74.1% respectively. The L3 type of lesion was present in 49.6% and the B1 and B2 types for 51.8% and 48.2% respectively; complex anal fistula was diagnosed in 90.6%. Symptoms of diarrhea were found in 46% and perianal lesions alone in 29.5% of patients. Abnormal BMI values was present in 44.6%; active CD activity index in 64.7%; and 94.2% had active perianal disease activity index. A proportion of patients manifest abnormal C-reactive protein, erythrocyte sedimentation rate, platelet, hemoglobin and albumin. Conclusion: We suggest that patients with anal fistula associated to these clinical features should alert the medical team to the possibility of CD, which should be further investigated through endoscopy and imaging examination of alimentary tract to avoid the damage of anal function by routine anal fistula surgery.

RESUMO Racional: As características clínicas são fundamentais para melhorar a identificação e o tratamento da doença de Crohn (DC), de modo que a análise da amostra seja de grande valor. Objetivo: Explorar as características clínicas da DC fistulizante perianal. Métodos: Análise de 139 casos focados em seus dados clínicos. Resultados: A proporção de homens e mulheres foi de 3,3: 1; a média de idade de 28,2 anos; 47,5% dos pacientes tiveram fístula anal antes do diagnóstico de DC. Pacientes com cirurgia perianal prévia e medicação representaram 64,7% e 74,1%, respectivamente. O tipo de lesão L3 estava presente em 49,6% e os tipos B1 e B2, em 51,8% e 48,2%, respectivamente; fístula anal complexa foi diagnosticada em 90,6%. Sintomas de diarréia foram encontrados em 46% e lesões perianais isoladas em 29,5% dos pacientes. Valores anormais de IMC estavam presentes em 44,6%; índice de atividade DC ativa em 64,7%; e 94,2% tinham índice de atividade de doença perianal ativo. Proporção significativa de pacientes tinha proteína-C reativa, taxa de sedimenta do eritrócito, plaquetas hemoglobina e albumina anormais. Conclusão: Sugere-se que pacientes com fístula anal associada às essas características clínicas alertem a equipe médica para a possibilidade de DC, que deve ser investigada por endoscopia e exame de imagem do trato digestivo para evitar dano na função anal pela operação que rotineiramente é realizada no tratamento da fístula anal.
Descritores: Doença de Crohn/complicações
Fístula Retal/etiologia
-Períneo
Doença de Crohn/diagnóstico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 653 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1054591
Autor: Bernardi, Luana; Santos, Carlos Henrique Marques dos; Pinheiro, Verônica Assalin Zorgetto; Oliveira, Rodrigo Juliano; Antoniolli-Silva, Andreia Conceição Milan Brochado.
Título: Transplantation of adipose-derived mesenchymal stem cells in refractory crohn's disease: systematic review / Transplante de células-tronco mesenquimais derivadas do tecido adiposo na doença de crohn refratária: revisão sistemática
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;32(4):e1465, 2019. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: Crohn's disease is a pathological condition that has different options of treatment, but there are patients who need other therapeutic approach, such as the use of adipose-derived mesenchymal stem cells. Aim: Systematic literature review to determine the different ways of adipose-derived mesenchymal stem cells administration in humans with luminal refractory and perianal fistulizing Crohn's disease. Methods: It was conducted a search for articles (from 2008 to 2018) on PubMed and ScienceDirect databases using the keywords Crohn's disease, fistulizing Crohn's disease, luminal Crohn's disease and transplantation of mesenchymal stem cells or mesenchymal stem cells or stromal cells. Thirteen publications were selected for analysis. Results: Only one study referred to the luminal Crohn´s disease. The number of cells administered was variable, occurring mainly through subcutaneous adipose tissue by liposuction. It could be highlighted the autologous transplant with exclusive infusion of mesenchymal stem cells. The procedures involved in pre-transplant were mainly curettage, setons placement and stitching with absorbable suture, and conducting tests and drug treatment for luminal Crohn´s disease. During transplant, the injection of mesenchymal stem cells across the fistula path during the transplant was mainly on the intestinal tract wall. Conclusion: Although the use of mesenchymal stem cells is promising, the transplant on the luminal region should be more investigated. The injection of mesenchymal stem cells, exclusively, is more explored when compared to treatment with other products. The preparation of the fistulizing tract and the location of cell transplantation involve standardized health care in most studies.

RESUMO Racional: Há diferentes opções de tratamento para a doença de Crohn, porém, em alguns casos, há a necessidade de outras abordagens terapêuticas, como o uso de células-tronco mesenquimais derivadas do tecido adiposo. Objetivo: Revisar sistematicamente a literatura para determinar as diferentes formas de administração das células-tronco mesenquimais derivadas do tecido adiposo em seres humanos com doença de Crohn refratária luminal e fistulizante perianal. Método: Buscaram-se artigos publicados entre 2008 e 2018 nas bases de dados PubMed e ScienceDirect, pelos descritores: Crohn's disease, fistulizing Crohns disease, luminal Crohns disease e transplantation of mesenchymal stem cells ou mesenchymal stem cell ou stromal cells. Treze artigos foram selecionados. Resultados: Somente um trabalho se referiu à doença luminal. A quantidade de células administradas foi variável, obtendo-se principalmente do tecido adiposo subcutâneo por lipoaspiração. Destacou-se o transplante autólogo com a infusão exclusiva de células-tronco mesenquimais. Os procedimentos realizados no pré-transplante foram principalmente o de curetagem, colocação de setons e suturas com fio absorvível, e de exames e tratamento medicamentoso para a doença luminal. No transplante, ocorreu a injeção das células por todo o trajeto fistuloso, principalmente nas paredes do trato. Conclusão: Embora o uso de células-tronco mesenquimais seja promissor, o transplante na região luminal deve ser mais investigado. A injeção exclusiva de células-tronco mesenquimais é mais explorada quando comparada ao tratamento conjunto com outros produtos. A forma de preparo do trato fistuloso e o local de transplante envolvem cuidados médicos padronizados na maioria dos estudos.
Descritores: Doença de Crohn/terapia
Tecido Adiposo/citologia
Fístula Retal/terapia
Transplante de Células-Tronco Mesenquimais/métodos
-Doença de Crohn/complicações
Tecido Adiposo/transplante
Fístula Retal/etiologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 653 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1130533
Autor: Santos, Byanca Rossetti Moreira dos; Santos, Carlos Henrique Marques dos; Santos, Vitória Rossetti Moreira dos; Torrez, Claudia Yanina Garcia; Palomares-Junior, Daniel.
Título: Predictive factors for loss of response to anti-tnf in crohns disease / Fatores preditivos da perda de resposta aos anti-tnf na doença de crohn
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;33(2):e1522, 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: Anti-TNF drugs are a fundamental part of the treatment of Crohn's disease (CD), so identifying factors related to loss of response is of great importance in clinical practice. Aim: Identify potential factors related to loss of response to anti-TNF agents in Crohn's disease patients. Methods: This is a prospective study of CD patients attending a specialized outpatient clinic using a specific form, including patients with more than one year of follow-up on anti-TNF (Infliximab, Adalimumab or Certolizumab pegol). The information obtained was tabulated and analyzed to identify possible reasons for the loss of response to anti-TNF agents; results were submitted to statistical analysis by chi-square teste considering significant p<0.05. Results: Sixty-four patients were included, most of them females (56.3%), predominant age group between 26 and 55 years, of whom 25 required optimization, 23 remained in remission with the usual dose and interval, and 16 required switch; most of those who needed switch had hematological problems such as anemia and/or had already undergone surgical treatment for CD. Conclusions: Anemia and prior CD surgery have been linked to loss of anti-TNF response.

RESUMO Racional: Os anti-TNF são parte fundamental no tratamento da doença de Crohn (DC), portanto, identificar os fatores relacionados à perda de resposta tem grande importância na prática clínica. Objetivo: Identificar potenciais fatores relacionados a perda de resposta aos agentes anti-TNF em pacientes com DC. Métodos: Trata-se de um estudo prospectivo de pacientes com DC frequentadores de ambulatório especializado por meio de formulário específico, incluindo-se pacientes com mais de um ano de acompanhamento em uso de anti-TNF (Infliximabe, Adalimumabe ou Certolizumabe pegol). As informações obtidas foram tabuladas e analizadas para identificação de eventuais motivos para a perda de resposta aos agentes; os resultados foram submetidos a tratamento estatístico por meio do teste qui-quadrado considerando-se significante p<0,05. Resultados: Foram incluídos 64 pacientes, sendo a maioria do sexo feminino (56,3%), faixa etária predominante entre 26 e 55 anos, dos quais 25 necessitaram otimização, 23 se mantiveram em remissão com a dose e intervalo habituais, e 16 necessitaram troca de medicamento; a maioria dos que necessitaram troca tinham alterações hematológicas como anemia e/ou já haviam sido submetidos a tratamento cirúrgico pela doença. Conclusões: Anemia e operação prévia por DC foram relacionados a perda de resposta aos anti-TNF.
Descritores: Doença de Crohn/tratamento farmacológico
Tolerância a Medicamentos
Inibidores do Fator de Necrose Tumoral/uso terapêutico
-Doença de Crohn/cirurgia
Estudos Prospectivos
Fator de Necrose Tumoral alfa
Resultado do Tratamento
Infliximab/uso terapêutico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 653 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1130538
Autor: Scopel, Andréia Sopran; Tabushi, Fernando Issamu; Kubrusly, Luis Fernando; Poletti, Paula Bechara; Parada, Artur Adolfo; Moreira, Milena Perez; Secchi, Thiago Festa.
Título: Predictive factors for complete and incomplete evaluation of small intestine by endoscopic capsule / Fatores preditivos para avaliação completa e incompleta do intestino delgado pela cápsula endoscópica
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;33(2):e1532, 2020. graf.
Idioma: en.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: ABSTRACT Background: The small-bowel is the most difficult segment to be visualized by traditional endoscopic methods. The need for its exploration led to the development of capsule endoscopy. The percentage of the complete examination varies and still remains uncertain the factors that influence the complete and incomplete examination. Aim: Evaluate the factors that interfere with the completeness of the endoscopic evaluation by the capsule. Methods: A prospective study in which were included 939 patients divided into two groups: complete group (CG) and incomplete group (IG). The studied variables that could interfere were: age, gender, comorbidities, diagnosis of Crohn's disease, previous abdominal surgery, inadequate preparation to compare the groups reached and did not reach the cecum. Results: Of the 939 patients included 879 (93.3%) reached the cecum (CG) and 63 (6.7%) IG no. The IG was composed of 29 (46.0%) men and 34 (54.0%) women with a mean age of 49.7 years; comorbidities this group accounted for 46% of which 15.9% was Crohn's disease, previous abdominal surgery 22.2% and 17.5% inadequate preparation. Conclusion: Factors associated with complete or incomplete outcome of the examination with capsule endoscopy were: associated comorbidities, Crohn's disease, previous abdominal surgery and inadequate preparation.

RESUMO Racional: O intestino delgado é segmento de maior dificuldade na visualização pelos métodos endoscópicos tradicionais. A necessidade de explorá-lo levou ao desenvolvimento da cápsula endoscópica. A porcentagem do exame completo por ela varia e falta identificar fatores que influenciam o exame completo e incompleto. Objetivo: Avaliar os fatores que interfiram na completude do estudo endoscópico pela cápsula. Método: Estudo prospectivo onde foram incluídos 939 pacientes divididos em dois grupos: grupo completo (GC) e grupo incompleto (GI). As variáveis analisadas que pudessem interferir foram: idade, gênero, comorbidades associadas, diagnóstico de doença de Crohn, operações abdominais prévias, preparo inadequado para comparar os grupos que atingiram e não atingiram o ceco. Resultados: Dos 939 pacientes incluídos 879 (93,3%) atingiram o ceco (GC) e 63 (6,7%) GI não. O GI era composto por 29 (46,0%) homens e 34 (54,0%) mulheres com idade média de 49,7 anos; as comorbidades deste grupo corresponderam a 46%, das quais 15,9% era doença de Crohn, 22,2% operação abdominal prévia e 17,5% preparo inadequado. Conclusão: Os fatores associados ao desfecho completo ou incompleto do exame com a cápsula endoscópica foram: comorbidades associadas, doença de Crohn, operação abdominal prévia e preparo inadequado.
Descritores: Endoscopia por Cápsula
Intestino Delgado/diagnóstico por imagem
-Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório
Doença de Crohn
Comorbidade
Estudos Prospectivos
Resultado do Tratamento
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 653 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-875555
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos.
Título: Certolizumabe pegol para o tratamento da Doença de Crohn / Certolizumab pegol for the treatment of Crohn's Disease.
Fonte: Brasília; CONITEC; 2012. graf.
Idioma: pt.
Resumo: A Doença de Crohn (DC) é uma doença inflamatória crônica intestinal de origem não conhecida e caracterizada pelo acometimento focal, assimétrico e transmural. Pode afetar qualquer parte do trato gastrointestinal, da boca até o ânus, e freqüentemente provoca fibrose e sintomas obstrutivos. Apresenta-se sob três formas principais: inflamatória, fistulosa e fibroestenosante. Os segmentos mais freqüentemente acometidos são o íleo, o cólon e a região perianal. Acredita-se que a doença seja resultado de um desequilíbrio entre mediadores pró-inflamatórios e antiinflamatórios. Devido à multiplicidade de apresentações e semelhança com outras patologias, seu diagnóstico é difícil. É feito pela análise conjunta de dados endoscópicos, histológicos e radiológicos, mostrando acometimento focal, assimétrico, transmural ou granulomatoso. A seqüência dos procedimentos diagnósticos é estabelecida pela apresentação clínica. Nos exames radiológicos os achados mais característicos são o acometimento do intestino delgado e a demonstração de fístulas. A endoscopia mostra tipicamente lesões ulceradas, entremeadas de áreas com mucosa normal, acometimento focal, assimétrico e descontínuo, podendo também ser útil para a coleta de material para análise histopatológica. A análise histológica pode indicar acometimento transmural (quando da análise de ressecções cirúrgicas), padrão segmentar e presença de granulomas não caseosos, que, apesar de serem considerados patognomônicos, estão presente em menos de 50% dos casos em amostras cirúrgicas. Os principais sintomas da DC são dores abdominais, diarréia de urgência, lesões anais, sangramento retal, febre, formação de fístulas (pequenas passagens que conectam o intestino com outros órgãos ou com a pele), fadiga, perda de peso e sintomas obstrutivos intestinais. A história natural da doença é marcada por recorrências agudas com períodos de remissão entre elas. A TECNOLOGIA: O Certolizumabe pegol é um fragmento Fab' de um anticorpo humanizado recombinante inibidor do fator de necrose tumoral alfa (TNF α) expresso na Escherichia coli e conjugado com polietilenoglicol (PEG). A peguilação melhora o perfil farmacocinético e prolonga a meia-vida, permitindo uma dose subcutânea a cada quatro semanas. EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS: A busca foi refeita utilizando outras estratégias de busca nas bases de dados Medline (via Pubmed), Cochrane Library e CRD. Os termos utilizados foram "crohn disease", "certolizumab pegol", "certolizumab". Foram encontrados os mesmos estudos citados no processo: três metanálises, uma elaborada pela Colaboração Cochrane e as outras duas tiveram a sua qualidade avaliada por essa. Logo, quanto à estratégia de busca pode-se dizer que esta se apresenta pertinente quanto à adequação das bases de dados, dos desfechos selecionados, dos critérios de inclusão e exclusão, da qualidade metodológica e relevância dos estudos incluídos. Com relação a conflitos de interesse um destes três estudos (Peyrin-Biroulet et al)8 cita o apoio à pesquisa do Centocor, Laboratórios Abbott, UCB Pharma , Immunex e Serono Internacional, bem como a consultoria de parte dos autores para estas empresas e outras como a Schering-Plough. DELIBERAÇÃO FINAL: Os membros da CONITEC presentes na 1ª reunião extraordinária do plenário do dia 04/07/2012, por unanimidade, ratificaram a deliberação de não recomendar a incorporação do medicamento Certolizumabe Pegol para o tratamento da Doença de Crohn. DECISÃO: PORTARIA SCTIE/MS Nº 27, de 13 de setembro de 2012 - Torna pública a decisão de não incorporar o medicamento Certolizumabe pegol para o tratamento da Doença de Crohn no Sistema Único de Saúde (SUS).
Descritores: Doença de Crohn/tratamento farmacológico
Certolizumab Pegol/administração & dosagem
-Sistema Único de Saúde
Brasil
Análise Custo-Benefício/economia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 653 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-874919
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS.
Título: Ciclosporina oral para tratamento da Doença de Crohn / Ciclosporina oral para tratamento da Doença de Crohn.
Fonte: Brasília; CONITEC; 2015.
Idioma: pt.
Resumo: A DOENÇA: A doença de Crohn (DC) é uma doença inflamatória intestinal de origem não conhecida, caracterizada pelo acometimento focal, assimétrico e transmural de qualquer porção do tubo digestivo, da boca ao ânus. Apresenta-se sob três formas principais: inflamatória, fistulosa e fibroestenosante. Os segmentos do tubo digestivo mais acometidos são íleo, cólon e região perianal. A DC não é curável clínica ou cirurgicamente, e sua história natural é marcada por agudizações e remissões. TRATAMENTO: O tratamento clínico dessa doença é feita com aminossalicilatos, corticosteroides, antibióticos e imunossupressores e objetiva a indução da remissão clínica, melhora da qualidade de vida e, após, manutenção da remissão. EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS: Apesar de não existirem estudos controlados, alguns autores indicam ciclosporina devido à gravidade do quadro clínico, e revisão sistemática da Cochrane sobre o uso de ciclosporina oral para indução de remissão em DC concluiu por falta de evidências consistentes de benefício clínico relevante. Em apenas um dos quatro estudos incluídos na revisão foi observado benefício estatisticamente significativo com a dose média de 7,6 mg/Kg/dia. Este estudo, entretanto, teve limitações importantes, como um pequeno número de participantes, e o uso de escala de avaliação clínica não validada. Nos outros três estudos, com doses até 5 mg/Kg/dia, em esquema de uso isolado ou com corticosteroide, não foi observada superioridade em termos de melhora clínica ou obtenção de remissão comparativamente com o placebo. Efeitos adversos, entre os quais nefrotoxicidade, foram mais comuns com a ciclosporina do que com o placebo em todos os estudos. Os autores concluem que a ciclosporina oral não tem seu uso justificado no tratamento de indução ou de manutenção da Doença de Crohn. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Com a exclusão da ciclosporina oral no âmbito do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas da Doença de Crohn, vale ressaltar que a apresentação em cápsulas deve continuar compatível com os demais códigos da CID constantes do Componente Especializado da Assistência Terapêutica - CEAF/DAF, inclusive aqueles da Retocolite Ulcerativa. DELIBERAÇÃO FINAL: A CONITEC, na presença dos membros, na reunião do plenário do dia 02/07/2015 deliberou por unanimidade recomendar a exclusão da ciclosporina na apresentação oral para o tratamento da doença de Crohn conforme Protocolo Clinico e Diretrizes Terapêuticas estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Foi assinado o Registro de Deliberação nº 128/2015. DECISÃO: PORTARIA Nº 38, de 24 de julho de 2015 - Torna pública a decisão de excluir a ciclosporina na apresentação oral para o tratamento da doença de Crohn no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS.
Descritores: Doença de Crohn/tratamento farmacológico
Ciclosporina/administração & dosagem
-Sistema Único de Saúde
Brasil
Análise Custo-Benefício
Administração Intravenosa
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 653 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-874912
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS.
Título: Mesalazina enema e supositório para tratamento da Doença de Crohn / Mesalazine enema and suppository for treatment of Crohn's Disease.
Fonte: Brasília; CONITEC; 2015.
Idioma: pt.
Resumo: A DOENÇA: A doença de Crohn (DC) é uma doença inflamatória intestinal de origem não conhecida e caracterizada pelo acometimento focal, assimétrico e transmural de qualquer porção do tubo digestivo, da boca ao ânus. Apresenta-se sob três formas principais: inflamatória, fistulosa e fibroestenosante.Os segmentos do tubo digestivo mais acometidos são íleo, cólon e região perianal. A DC não é curável clínica ou cirurgicamente e sua história natural é marcada por agudizações e remissões. TRATAMENTO: O tratamento da DC é definido segundo a localização da doença, o grau de atividade e as complicações. As opções são individualizadas de acordo com a gravidade, a resposta sintomática e a tolerância ao tratamento. O tratamento medicamentoso envolve o uso de anti-inflamatórios esteroidais e não esteroidais, antibióticos, imunomoduladores, e anticorpos monoclonais anti-fator de necrose tumoral (anti-TNF). Os primeiros incluem corticosteroides e aminossalicilatos (sulfassalazina e mesalazina). JUSTIFICATIVA DA EXCLUSÃO: Aminossalicilatos e antibióticos não têm ação uniforme ao longo do trato gastrointestinal, enquanto corticosteroides, imunomoduladores e terapias anti-TNF parecem ter uma ação mais constante em todos os segmentos gastrointestinais. Os aminossalicilatos não atingem concentração terapêutica no esôfago e no estômago, pois são formulados de maneira a serem liberados em segmentos mais distais no trato digestivo. Pacientes com doença ileal devem ser tratados com corticosteroide (qualquer representante e via de acordo com a situação clínica), uma vez que a mesalazina, o aminossalicilato que atinge níveis terapêuticos nesta região, tem efeito muito modesto quando comparado ao placebo. Desta forma, aminossalicilatos são indicados apenas no tratamento de doença colônica e ileocolônica. DELIBERAÇÃO FINAL: A CONITEC, na presença dos membros, na reunião do plenário do dia 02/07/2015 deliberou por unanimidade recomendar a exclusão da mesalazina nas apresentações enema e supositório para o tratamento da doença de Crohn conforme Protocolo Clinico e Diretrizes Terapêuticas estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Foi assinado o Registro de Deliberação nº 129/2015. DECISÃO: PORTARIA Nº 36, de 24 de julho de 2015 - Torna pública a decisão de excluir a mesalazina nas apresentações enema e supositório para o tratamento da doença de Crohn no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS.
Descritores: Doença de Crohn/tratamento farmacológico
Mesalamina/administração & dosagem
-Supositórios
Sistema Único de Saúde
Brasil
Administração Oral
Análise Custo-Benefício
Enema
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 653 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1130702
Autor: Mosquera-Klinger, Gabriel; Valencia-Maturana, Julio; Pérez-Cadavid, Juan Camilo; Riaza, Víctor Quintero.
Título: Diagnóstico diferencial de obstrucción del íleon distal en mujeres jóvenes. ¿Cuál es el rol de la enterorresonancia? / Differential diagnosis of distal ileal obstruction in young women What is the role of magnetic resonance enterography?
Fonte: Acta méd. colomb;45(3):70-74, jul.-set. 2020. graf.
Idioma: es.
Resumo: Resumen La obstrucción intestinal en pacientes jóvenes es poco frecuente. La mayor parte de los casos se presentan en mujeres jóvenes (premenopáusicas) y suelen estar relacionados a enfermedad inflamatoria intestinal tipo enfermedad de Crohn, o endometriosis con compromiso intestinal. En esta serie de casos presentamos tres pacientes mujeres en etapa reproductiva, con síntomas de obstrucción intestinal, quienes tienen patologías y desenlaces diferenciales. En el abordaje inicial de la obstrucción, se realizó enterorresonancia. Hacemos la presentación de casos, discusión y revisión de la literatura del diagnóstico diferencial de la estenosis en íleon distal y del uso de la enterorresonancia en ese escenario.(Acta Med Colomb 2020; 45. DOI:https://doi.org/10.36104/amc.2020.1327).

Abstract Intestinal obstruction is uncommon in young patients. Most cases present in young (premenopausal) women and tend to be related to inflammatory intestinal disease such as Crohn's disease or endometriosis with intestinal involvement. In this case series we present three female patients of reproductive age with intestinal obstruction symptoms who have differential diseases and outcomes. The initial approach to the obstruction included magnetic resonance enterography. We present the cases, discussion and review of the literature on the differential diagnosis of distal ileal stenosis and the use of magnetic resonance enterography in this scenario.(Acta Med Colomb 2020; 45. DOI:https://doi.org/10.36104/amc.2020.1327).
Descritores: Doença de Crohn
Obstrução Intestinal
-Mulheres
Espectroscopia de Ressonância Magnética
Íleo
Enteropatias
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CO70 - Asociación Colombiana de Medicina Interna



página 1 de 66 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde