Base de dados : LILACS
Pesquisa : C07.793.099.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 78 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 8 ir para página                    

  1 / 78 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1147494
Autor: Hermida, María Laura; Cortese, Silvina Gabriela; Kalil Bussadori, Sandra; Ferreira, Roxana; Spatakis, Lorena.
Título: Tratamiento del bruxismo del sueño en niños / Tratamento do bruxismo do sono em crianças / Treatment of sleep bruxism in children
Fonte: Rev. odontopediatr. latinoam;10(1):65-72, 2020.
Idioma: es.
Resumo: Los enfoques actuales para el tratamiento del Bruxismo del Sueño en niños se focalizan en el manejo de los síntomas y la prevención de complicaciones, siendo muy amplio el espectro de alternativas, para utilizar en forma individual o combinada. Se recomienda identificar y controlar los factores causales asociados al bruxismo. Las posibilidades de tratamiento varían desde la educación del paciente y la familia, el uso da apara-tos intraorales, y las técnicas psicológicas hasta la medicación. Teniendo en cuenta lo complejo del tema se hace necesario un abordaje multidisciplinario para el trata-miento del Bruxismo del Sueño en niños

As abordagens atuais para o tratamento do bruxismo do sono em crianças se concentram no manejo dos sintomas e na prevenção de complicações, sendo o espectro de alternativas muito amplo, a ser utilizado individualmente ou emcombinação. Recomenda-se identificar e controlar os fatores causais associados ao bruxismo. As possibilidades do tratamento variam da instrução do paciente e da família, do aparelhos ortopédicos, e de técnicas psicológicas à medicamentação. Tendo em conta a complexidade do tema, é necessária uma abordagem multidisciplinar para o tratamento do bruxismo do sono em crianças

Current approaches for Sleep Bruxism treatment in children focus on symptom management and prevention of related complications. A broad spectrum of alternatives is identified that can be used individually or in combination. It is recommended to identify and control the causal factors associated with sleep bruxism. Treatment possibilities range from patient and family education, orthopedic appliances, psychological techniques up to medication. Taking into account the complexity of this topic, a multidisciplinary approach is needed for Sleep Bruxism management in children
Descritores: Bruxismo do Sono
-Aparelhos Ortopédicos
Terapêutica
Bruxismo
Técnicas Psicológicas
Técnicas
Controle
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Responsável: CO5.1 - Centro de Información y Conocimiento


  2 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Rosenblatt, Aronita
Texto completo
Id: biblio-974361
Autor: Magalhães, Bruno Gama; Freitas, Jaciel Leandro de Melo; Barbosa, André Cavalcanti da Silva; Gueiros, Maria Cecília Scheidegger Neves; Gomes, Simone Guimarães Farias; Rosenblatt, Aronita; Caldas Júnior, Arnaldo de França.
Título: Temporomandibular disorder: otologic implications and its relationship to sleep bruxism / Disfunção temporomandibular: implicações otológicas e sua relação com o bruxismo do sono
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);84(5):614-619, Sept.-Oct. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction: Temporomandibular disorder is an umbrella term for various clinical problems affecting the muscles of mastication, temporomandibular joint and associated structures. This disorder has a multifactor etiology, with oral parafunctional habits considered an important co-factor. Among such habits, sleep bruxism is considered a causal agent involved in the initiation and/or perpetuation of temporomandibular disorder. That condition can result in pain otologic symptoms. Objective: The aim of the present study was to investigate the relationship between temporomandibular disorder and both otologic symptoms and bruxism. Methods: A total of 776 individuals aged 15 years or older from urban areas in the city of Recife (Brazil) registered at Family Health Units were examined. The diagnosis of temporomandibular disorder was determined using Axis I of the Research Diagnostic Criteria for temporomandibular disorders, addressing questions concerning myofascial pain and joint problems (disk displacement, arthralgia, osteoarthritis and osteoarthrosis). Four examiners had previously undergone training and calibration exercises for the administration of the instrument. Intra-examiner and inter-examiner agreement was determined using the Kappa statistic. Individuals with a diagnosis of at least one of these conditions were classified as having temporomandibular disorder. The diagnosis of otologic symptoms and bruxism was defined using the same instrument and a clinical exam. Results: Among the individuals with temporomandibular disorder, 58.2% had at least one otologic symptom and 52% exhibited bruxism. Statistically significant associations were found between the disorder and both otologic symptoms and bruxism (p < 0.01 for both conditions; OR = 2.12 and 2.3 respectively). Otologic symptoms and bruxism maintained statistical significance in the binary logistic regression analysis, which demonstrated a 1.7 fold and twofold greater chance of such individuals have temporomandibular disorder, respectively. Conclusion: The logistic regression analysis demonstrated strong associations between the disorder and both otologic symptoms and bruxism when analyzed simultaneously, independently of patient age and gender.

Resumo Introdução: A disfunção temporomandibular é um termo que engloba vários problemas clínicos que afetam os músculos da mastigação, a articulação temporomandibular e estruturas associadas. Esse distúrbio tem uma etiologia multifatorial, com hábitos parafuncionais orais considerados um importante cofator. Entre esses hábitos, o bruxismo do sono é considerado um agente causador envolvido no desenvolvimento e/ou na perpetuação de disfunção temporomandibular. Esse problema pode resultar em sintomas otológicos dolorosos. Objetivo: Investigar a relação entre disfunção temporomandibular e os sintomas otológicos e bruxismo. Método: Foram examinados 776 indivíduos com idade igual ou superior a 15 anos de áreas urbanas da cidade de Recife (Brasil) registrados nas Unidades de Saúde da Família. O diagnóstico da disfunção foi determinado utilizando o Eixo I dos Critérios de Diagnóstico de Pesquisa para Distúrbios Temporomandibulares, abordando questões relativas a dor miofascial e problemas articulares (luxação discal, artralgia, osteoartrite e osteoartrose). Quatro examinadores foram treinados para a administração do instrumento. A concordância intraexaminador e interexaminador foi determinada usando a estatística Kappa. Os indivíduos com diagnóstico de pelo menos uma dessas condições foram classificados como tendo disfunção temporomandibular. O diagnóstico de sintomas otológicos e bruxismo foi definido utilizando o mesmo instrumento de diagnóstico e exame clínico. Resultados: Entre os indivíduos com a disfunção, 58,2% apresentaram pelo menos um sintoma otológico e 52% apresentaram bruxismo. Foram encontradas associações estatisticamente significativas entre a disfunção temporomandibular e ambos os sintomas otológicos e bruxismo (p < 0,01 para ambos os problemas, OR = 2,12 e 2,3, respectivamente). Os sintomas otológicos e o bruxismo mantiveram significância estatística na análise de regressão logística binária, o que demonstrou uma probabilidade de 1,7 e 2 vezes maior chance de que esses indivíduos tenham disfunção temporomandibular, respectivamente. Conclusão: A análise de regressão logística demonstrou associações fortes entre disfunção temporomandibular e sintomas otológicos e bruxismo quando analisados simultaneamente, independentemente da idade e do sexo do paciente.
Descritores: Transtornos da Articulação Temporomandibular/diagnóstico
Transtornos da Articulação Temporomandibular/etiologia
Bruxismo do Sono/complicações
Bruxismo do Sono/diagnóstico
Técnicas de Diagnóstico Otológico
-Comorbidade
Estudos Transversais
Otopatias/diagnóstico
Otopatias/etiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Rode, Sigmar de Mello
Texto completo
Id: biblio-1145297
Autor: Azevedo, Marila Rezende; Beaini, Thiago Leite; Rode, Sigmar de Mello.
Título: Anxiety, emotion and dentistry ­ the digital media world affecting our patients / Ansiedad, emoción y odontología: el mundo de los medios digitales que afecta a nuestros pacientes
Fonte: J. oral res. (Impresa);8(2):94-96, abr. 30, 2019.
Idioma: en.
Descritores: Ansiedade
Odontologia
Emoções
-Estresse Psicológico
Sistema Estomatognático
Bruxismo do Sono
Acesso a Medicamentos Essenciais e Tecnologias em Saúde
Acesso à Internet
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: CL30.1 - Biblioteca


  4 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1129910
Autor: Alejandri Gamboa, Jaime; Gómez Moreno, Estefany Yessenia.
Título: Bruxismo nocturno y síndrome de dolor miofascial / Sleep bruxism and myofascial pain syndrome
Fonte: Rev. ADM = ADM;77(4):203-208, jul.-ago. 2020. tab.
Idioma: es.
Resumo: El bruxismo es un factor iniciador y coadyuvante de alteraciones de la región temporomandibular, entre las que se incluye el síndrome de dolor miofascial. Sin embargo, en los diversos estudios realizados en la literatura científica no hay homogeneidad en los métodos diagnósticos, en la clasificación de bruxismo o en las alteraciones temporomandibulares, lo que no permite asegurar que existe una relación causa-efecto entre el bruxismo y los diferentes desórdenes temporomandibulares. Para intentar aclarar la relación entre el bruxismo y el síndrome de dolor miofascial se realizó una revisión sistemática de la literatura sobre estudios que hayan buscado identificar la asociación entre las dos condiciones. Los estudios que han sugerido una relación causal entre bruxismo nocturno y dolor miofascial han utilizado métodos diagnósticos variables, apoyándose, principalmente, en encuestas de corte transversal, lo cual ha limitado la posibilidad de lograr conclusiones firmes; mientras que aquéllos que usan métodos objetivos, como polisomnografía, no han encontrado una concluyente relación causal (AU)

Bruxism is an initiating and coadjuvant factor of temporomandibular disorders, including myofascial pain syndrome. However, in the various studies conducted in the scientific literature, there is a lack of consistency in diagnostic methods, the classification of bruxism, or temporomandibular disorders, which has prevented to ensure that there are a cause and effect relationship between bruxism and the different temporomandibular disorders. To try to clarify the relationship between bruxism and myofascial pain syndrome, a systematic review of the literature was carried out on studies that have sought an association about these two conditions. Studies that have found a causal relationship between nocturnal bruxism and myofascial pain have used variable diagnostic methods, relying mainly on surveys, which has limited the possibility of reaching firm conclusions; while those who used objective methods, such as polysomnography, have not found a conclusive causal relationship (AU)
Descritores: Transtornos da Articulação Temporomandibular
Bruxismo do Sono
-Inquéritos e Questionários
Polissonografia
Síndromes da Dor Miofascial
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  5 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1130172
Autor: Moraes, Bruna Mello de; Scheffelmeier, Bruna; Duarte, Joyce; Fraiz, Fabian Calixto; Souza, Juliana Feltrin de.
Título: Auriculotherapy for sleep bruxism in children: a series of cases
Fonte: Rev. Cient. CRO-RJ (Online);5(1):42-48, Jan.-Apr. 2020.
Idioma: en.
Resumo: Sleep bruxism is defined as a behavior that causes masticatory muscle activities during sleep. Sleep bruxism in childhood leads to consequences, which may vary from teeth wear in deciduous dentition to temporomandibular disfunction symptoms. There's no data that demonstrates improvement of children with sleep bruxism during and after auricular acupuncture treatment. Objective: Therefore, this case report series aimed to evaluate the effect of auriculotherapy on children presenting sleep bruxism. Methods: Twelve patients were included in this study, in the mean age of 6,9. The diagnosis was evaluated by the question: "Does your kid grind their teeth while sleeping?". Treatment was performed by an acupuncture specialist in a standardized way. The therapy was given for three weeks and the effect was evaluated through a sleep diary, in which the parents noted whether or not their child grinded teeth while sleeping before (baseline) and during therapy (T1 to T3). Sleep bruxism was categorized as presence or absence of nocturnal teeth grinding and the frequency varied from 0 to 7 (baseline), 0 to 5 (T1), 0 to 7 (T2) and 0 to 4 (T3) between patients. The intensity of the reported sleep bruxism was compared according to the periods by pared T-test ( =0.05). Results: It was observed that the frequency of reports decreased significantly from baseline to T3. Conclusion: These results suggest that ear acupuncture may be an alternative therapy for sleep bruxism in childhood, once it demonstrated to reduce its frequency in this study, although patients may present different effects to therapy due to biological variability.

Introdução: Bruxismo do sono é definido como um comportamento que causa atividades musculares durante o sono. Na infância, leva a consequências que podem variar de desgaste dentário na dentição decídua a sintomas de disfunção temporomandibular. Não há estudos que demonstrem melhora de casos de crianças com bruxismo do sono durante e após tratamento com auriculoterapia. Objetivo: portanto, esta série de casos visou avaliar o efeito da auriculoterapia em crianças apresentando este quadro. Métodos: Doze pacientes foram inclusos neste estudo, com a media de idade de 6,9. O diagnóstico foi avaliado pela pergunta "Seu filho range os dentes quando dorme?". O tratamento foi executado por um especialista em acupuntura de forma padronizada. A terapia foi feita por três semanas e o efeito foi avaliado através de um diário do sono, no qual os pais anotavam se a criança rangeu os dentes enquanto dormia antes (baseline) e durante a terapia (T1 a T3). Bruxismo do sono foi categorizado como presença ou ausência de ranger de dentes e a frequência variou de 0 a 7 (baseline), 0 a 5 (T1), 0 a 7 (T2) e 0 a 4 (T3) entre os pacientes. A intensidade foi comparada de acordo com os períodos pelo teste-T pareado (=0,05). Resultados: Foi observado que a frequência de relatos diminuiu significativamente de baseline a T3. Conclusão: Estes resultados sugerem que auriculoterapia pode ser uma terapia alternativa para o bruxismo do sono na infância, uma vez que demonstrou reduzir sua frequência neste estudo, embora os pacientes possam apresentar efeitos diferentes devido à variabilidade biológica.
Descritores: Doenças Estomatognáticas
-Doenças Dentárias
Bruxismo
Criança
Odontopediatria
Bruxismo do Sono
Auriculoterapia
Responsável: BR1356.1 - Biblioteca Prof Antonio F Ribeiro da Silva Filho


  6 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1120997
Autor: Raby, Ian; Quiroz, Diego; Galleguillos, Paulina.
Título: Freely available or over-the-counter occlusal splints obtainable in commercial outlets: a reality dentists should know
Fonte: J. oral res. (Impresa);7(7):279-286, sept. 22, 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: Aim and objective: bruxism is defined by The american sleep disorders association as "tooth grinding during sleep plus tooth wear, sounds or jaw muscle discomfort in absence of medical disorder. people are obtaining over the counter splints (OTC) as a possible alternative to manage bruxism without the need for dental assessment. the aim of this study is survey OTC bruxism splints available in Chile through the internet or other commercial outlets, categorize their characteristics, claims, safety warnings and contrast it with scientific evidence. materials and methods: an internet search was made for OTC bruxism splints available in Chile. only chilean domains were evaluated. information recorded was manufacture, name of the device, splint design, material, adjustability, price, claims and safety warnings. results: five devices were found in our search. only one is from a chilean laboratory, being the most accessible. all devices have a full coverage splint design. the material made of is only described in one and their prices in the market are very dissimilar. the most usual advertising was "eliminate bruxism. stop night-time Grinding & Clenching". two manufactures suggest that the device will help to sleep better. no manufacture provided a guide for how long each day the splint must be worn. conclusion: dentists should be aware to keep this market in mind when reviewing patients if there have been unexplained occlusal changes or other problems. bruxism is often a long-term problem and with any type of bruxism appliance the importance of regular review by a professional is critical.
Descritores: Placas Oclusais/efeitos adversos
Comércio
Internet
Bruxismo do Sono/terapia
-Chile
Epidemiologia Descritiva
Estudos Transversais
Segurança do Paciente
Limites: Humanos
Responsável: CL30.1 - Biblioteca


  7 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-958822
Autor: Sousa, Heloísa Clara Santos; Lima, Marina de Deus Moura de; Dantas Neta, Neusa Barros; Tobias, Raissa Quaresma; Moura, Marcoeli Silva de; Moura, Lúcia de Fátima Almeida de Deus.
Título: Prevalência e fatores associados ao bruxismo do sono em adolescentes de Teresina, Piauí / Prevalence and associated factors to sleep bruxism in adolescents from Teresina, Piauí
Fonte: Rev. bras. epidemiol;21:e180002, 2018. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO: Introdução: Bruxismo do sono (BS) é uma atividade muscular repetitiva cuja epidemiologia em adolescentes tem sido pouco estudada. Este estudo observacional transversal objetivou determinar a prevalência e os fatores associados ao BS em adolescentes. Metodologia: A amostra foi constituída de 594 escolares na faixa etária de 11 a 14 anos de Teresina, Piauí, Brasil. Os instrumentos de coleta dos dados foram questionário direcionado aos pais/responsáveis e exame clínico dentário. Para se verificar associação entre BS e variáveis independentes, o teste qui-quadrado de Pearson foi aplicado, bem como análise de regressão de Poisson com variância robusta, com resultados expressos em razão de prevalência (RP). Resultados: A prevalência de BS foi de 22,2%. Na análise multivariada foi observada maior prevalência de BS em adolescentes do sexo masculino (RP = 1,41; intervalo de confiança de 95% - IC95% 1,04 - 1,89), com relato de ronco (RP = 1,39; IC95% 1,02 - 1,89) e dificuldades para dormir (RP = 1,92; IC95% 1,38 - 2,66). Conclusão: BS é uma condição frequente em adolescentes, e os fatores associados à sua prevalência foram: sexo masculino, ronco e dificuldades para dormir.

ABSTRACT: Introduction: Sleep bruxism (SB) is defined as a repetitive jaw muscle activity whose epidemiology in adolescents has been little studied. This cross-sectional study aimed to determine the prevalence of sleep bruxism and associated factors in adolescents. Methodology: The sample consisted of 594 students aged 11 to 14 years old from Teresina, Piauí, Brazil. Self-administered questionnaire was answered by parents/caregivers and dental clinical examination was performed. Pearson's chi-squared test was used to assess the association between SB and independent variables. Poisson regression analysis with robust variance was applied, with results expressed in prevalence ratio (PR). Results: The prevalence of SB in adolescents was 22.2%. Multivariate analysis showed a higher prevalence of SB in male gender adolescents (PR = 1.41; 95%CI 1.04 - 1.89), presenting snoring (PR = 1.39; 95%CI 1.02 - 1.89) and difficulty falling asleep (PR = 1.92; 95%CI 1.38 - 2.66). Conclusion: SB is a frequent condition in adolescents, and the factors associated with its prevalence were: male sex, snoring and difficulty falling asleep.
Descritores: Bruxismo do Sono/epidemiologia
-Brasil/epidemiologia
Prevalência
Estudos Transversais
Fatores de Risco
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Prietsch, Sílvio Omar Macedo
Texto completo
Id: biblio-1003488
Autor: Pontes, Leandro da Silveira; Prietsch, Sílvio Omar Macedo.
Título: Bruxismo do sono: estudo de base populacional em pessoas com 18 anos ou mais na cidade de Rio Grande, Rio Grande do Sul / Sleep bruxism: population based study in people with 18 years or more in the city of Rio Grande, Brazil
Fonte: Rev. bras. epidemiol;22:e190038, 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO: Objetivos: Avaliar a prevalência do bruxismo do sono, bem como seus principais sinais e sintomas, na cidade de Rio Grande, Rio Grande do Sul. Avaliar a associação do bruxismo do sono com sexo, idade, escolaridade e estresse psicológico. Método: O estudo foi do tipo transversal. Uma amostra representativa da população (1.280 pessoas residentes na zona urbana da cidade com idade maior ou igual a 18 anos de idade) foi entrevistada. A avaliação do bruxismo do sono foi realizada por meio de questionário baseado nos critérios diagnósticos da Classificação Internacional de Distúrbios do Sono. Resultados: A prevalência de bruxismo do sono encontrada na população foi de 8,1% (intervalo de confiança de 95% - IC95% - 6,6 - 9,5). Entre os sinais e sintomas da disfunção utilizados para o diagnóstico de bruxismo do sono, o desgaste dentário (70,3%) e a dor nos músculos mastigatórios (44,5%) foram os mais frequentemente relatados pelas pessoas que declararam ranger os dentes durante o sono. Não houve diferença significativa na prevalência de bruxismo do sono entre os sexos. A faixa etária com mais de 40 anos teve maior prevalência de bruxismo do sono. A disfunção foi associada a um maior nível de escolaridade (razão de prevalência - RP = 1,92; IC95% 1,35 - 2,72) e de estresse psicológico (RP = 1,76; IC95% 1,11 - 2,81). Conclusão: O bruxismo do sono tem uma importante prevalência na população em geral, causando diversos danos ao sistema estomatognático. O estresse psicológico é um fator de risco para essa disfunção.

ABSTRACT: Objective: To evaluate the prevalence of sleep bruxism, as well as its principal signs and symptoms, in the city of Rio Grande. Evaluate the association of sleep bruxism with gender, age, education and psychological stress. Method: The study was cross-sectional type. A representative sample of the population (1280 people residing in the urban area of the city aged greater than or equal to 18 years old) were interviewed. The evaluation of sleep bruxism was by mean of questionnaire based on diagnostic criteria of the International Classification of Sleep Disorders. Results: The prevalence of sleep bruxism found in the population was 8,1% (confidence interval of 95% - 95%CI - 6,6 - 9,5). Among the signs and symptoms of dysfunction used for the diagnosis of sleep bruxism, tooth wear (70,3%) and pain in masticatory muscles (44,5%) were the most frequently reported by people who report teeth grinding during sleep. There was no significant difference in the prevalence of sleep bruxism between sexes. People older than 40 had a higher prevalence of sleep bruxism. The dysfunction was associated with a higher level of education (prevalence ratio - PR = 1.92; 95%CI 1,35 - 2,72) and psychological stress (PR 1,76; 95%CI 1,11 - 2,81). Conclusion: There was a significant prevalence of sleep bruxism in the general population, causing various damages to the Stomatognathic system. The psychological stress is a risk factor for this dysfunction.
Descritores: Bruxismo do Sono/epidemiologia
-Estresse Psicológico/complicações
Brasil/epidemiologia
Fatores Sexuais
Prevalência
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Análise de Regressão
Fatores de Risco
Fatores Etários
Bruxismo do Sono/etiologia
Bruxismo do Sono/psicologia
Escolaridade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-873366
Autor: Bisi, Maurício André; Selaimen, Caio Marcelo Panitz; Martins, Eleutério Araújo; Pinto, Daiane Vanin; Butzke, Karine Wagner; Valente, Helen Rose.
Título: Características polissonográficas em pacientes bruxômanos / Polysomnographic characteristics in patients with bruxism
Fonte: RFO UPF;12(3):74-78, set.-dez. 2007. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O bruxismo do sono é um movimento orofacial incomun, descrito como uma parafunção em odontologia e como uma parassonia na medicina do sono. A observação dos pacientes mostra que existe uma associação entre o despertar do sono e o bruxismo e que uma mudança na macro e/ou na microestrutura do sono pode preceder a parafunção. Diversos estudos feitos com exames polissonográficos identificaram e caracterizaram o bruxismo, relacionando-o com alterações conjugadas com distúrbios do sono e/ou deles decorrentes. Os artigos revisados demonstram uma associação entre bruxismo e despertares do sono e revelam ser uma atividade motora exagerada e involuntária. Concluem também sobre a importância do diagnóstico, por meio de polissonografia, do bruxismo do sono e de sua relação com outros distúrbios que ocorrem durante esse período.
Descritores: Bruxismo do Sono
Polissonografia
Transtornos do Sono-Vigília
Limites: Humanos
Responsável: BR337.1 - Biblioteca


  10 / 78 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Leite, Isabel Cristina Gonçalves
Texto completo
Id: biblio-850176
Autor: Dias, Isabela Maddalena; Mello, Lívia Marins Ramalho de; Maia, Ingrid Duque; Reis, Larissa de Oliveira; Leite, Isabel Cristina Gonçalves; Leite, Fabíola Pessôa Pereira.
Título: Avaliação dos fatores de risco do bruxismo do sono / Evaluation of the risk factors of sleep bruxism
Fonte: Arq. odontol;50(03):113-120, 2014. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Verificar, em uma amostra de pacientes da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Juiz de Fora, se determinados fatores de risco descritos pela literatura se associam com a ocorrência do bruxismo do sono. Materiais e Métodos: Foram selecionados 100 pacientes por meio de um formulário construído com base na literatura, 50 deles com bruxismo do sono e outros 50 livres desta parafunção. Após a seleção dos pacientes foi feita a avaliação da exposição a fatores de risco associados ao bruxismo do sono em ambos os grupos: consumo de álcool/cigarro, cafeína, uso de determinados medicamentos (fluoxetina,paroxetina e sertralina), dormir em ambientes com exposição a ruídos e/ou luz, relato de situações de estressee ansiedade. Em seguida, foi avaliada a associação entre a presença dos fatores de risco e a ocorrência ou não do bruxismo do sono, por meio dos valores de OR (odds ratio), correlação de Sperman e Fisher. Resultados: Quando os fatores de risco foram avaliados de forma isolada, não foi verificada associação significativa entre as variáveis estudadas (fatores de risco e bruxismo do sono): bebida alcoólica (p = 0,887), cigarro (p = 0,251),medicamentos (p = 0,967), cafeína (p = 0,179), ruídos (p = 0,952), luz (p = 0, 147), estresse/ansiedade (p =0, 362). Os fatores investigados só se mostraram como risco para o bruxismo do sono quando os pacientes estavam expostos a mais de um deles (OR=5,159) (p = 0,028). Conclusão: De acordo com os resultadosencontrados, destaca-se que o indivíduo pode estar adaptado e resistente frente a determinados fatores que nãoaumentaram o risco e ocorrência do bruxismo do sono, mas a exposição a mais de um dos fatores aumentaconsideravelmente a chance de ocorrência da parafunção avaliada.
Descritores: Bruxismo do Sono/diagnóstico
Bruxismo do Sono/terapia
Seleção de Pacientes
-Fatores de Risco
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR365.1 - BIB - Biblioteca



página 1 de 8 ir para página                    
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde