Base de dados : LILACS
Pesquisa : C07.793.494.630.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 63 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 7 ir para página                  

  1 / 63 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Cavalcanti, Alessandro Leite
Texto completo
Id: biblio-1153619
Autor: Farias, Lunna; Laureano, Isla Camilla Carvalho; Fernandes, Liege Helena Freitas; Forte, Franklin Delano Soares; Vargas-Ferreira, Fabiana; Alencar, Catarina Ribeiro Barros de; HonÓrio, Heitor Marques; Cavalcanti, Alessandro Leite.
Título: Presence of molar-incisor hypomineralization is associated with dental caries in Brazilian schoolchildren
Fonte: Braz. oral res. (Online);35:e13, 2021. tab.
Idioma: en.
Projeto: National Council for Scientific and Technological Development; . Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel; . Paraíba State Research Support Foundation; . Paraíba State Research Support Foundation.
Resumo: Abstract This study aimed to identify the prevalence of molar-incisor hypomineralization (MIH) in schoolchildren and its association with dental caries experience. This was a cross-sectional study with a sample of 471 children aged 8 to 10 years. Data were collected via a sociodemographic questionnaire. Intra-oral clinical examination was done to identify and diagnose MIH (EAPD Criteria) as well as dental caries (ICDAS Index). Statistical analyses were performed with Person's Chi-square, Fisher's exact, and Mann-Whitney tests, and Poisson regression models were built. Statistical significance was set at an alpha-level of 0.05. The prevalence of MIH in our participants was 9.8%, with lesions being mostly of the mild form (65.2%) and affecting the first permanent molars but not the incisors in 54.2% of the children. Dental caries was observed in 88.1% of subjects. We observed a significant association between dental caries and the following variables: presence of MIH (p < 0.01; PR = 1.13), dental visit (p < 0.02; PR=0.92), and parents or legal guardians' education level (p < 0.05; PR = 1.07). A MIH diagnosis was also significantly associated with family income (p < 0.05; PR = 4.09). Children with MIH had more caries lesions on molar surfaces (p < 0.01; PR = 4.05). The prevalence of MIH was found to be moderate, based on previous studies, and the presence of enamel defect was associated with dental caries. The teeth most affected by MIH lesions were the first permanent molars.
Descritores: Cárie Dentária/epidemiologia
Hipoplasia do Esmalte Dentário/epidemiologia
-Brasil/epidemiologia
Prevalência
Estudos Transversais
Sobremordida
Dente Molar
Limites: Humanos
Criança
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-697039
Autor: Anon.
Título: An interview with Adilson Luiz Ramos
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);18(5):14-31, Sept.-Oct. 2013. ilus.
Idioma: en.
Descritores: Ortodontia Corretiva/métodos
-Ortodontia Corretiva/instrumentação
Autoimagem
Mantenedor de Espaço em Ortodontia/métodos
Remineralização Dentária
Brasil
Perda do Osso Alveolar/prevenção & controle
Colagem Dentária
Fissura Palatina/terapia
Braquetes Ortodônticos
Avanço Mandibular
Educação em Odontologia
Estética Dentária
Procedimentos de Ancoragem Ortodôntica/instrumentação
Sobremordida/terapia
Lábio/fisiopatologia
Fluorose Dentária/terapia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Entrevista
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-751400
Autor: Pacheco, Maria Christina Thomé; Fiorott, Bruna Santos; Finck, Nathalia Silveira; Araújo, Maria Teresa Martins de.
Título: Craniofacial changes and symptoms of sleep-disordered breathing in healthy children
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);20(3):80-87, May-Jun/2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: The main cause of mouth breathing and sleep-disordered breathing (SDB) in childhood is associated with upper airway narrowing to varying degrees. OBJECTIVE: The aim of this study was to assess the prevalence of morphological and functional craniofacial changes and the main clinical symptoms of SDB in healthy children. METHODS: A cross-sectional observational study was conducted. A sample comprising 687 healthy schoolchildren, aged 7-12 years old and attending public schools, was assessed by medical history, clinical medical and dental examination, and respiratory tests. The self-perceived quality of life of mouth breathing children was obtained by a validated questionnaire. RESULTS: Out of the total sample, 520 children were nose breathers (NB) while 167 (24.3%) were mouth breathers (MB); 32.5% had severe hypertrophy of the palatine tonsils, 18% had a Mallampati score of III or IV, 26.1% had excessive overjet and 17.7% had anterior open bite malocclusion. Among the MB, 53.9% had atresic palate, 35.9% had lip incompetence, 33.5% reported sleepiness during the day, 32.2% often sneezed, 32.2% had a stuffy nose, 19.6% snored, and 9.4% reported having the feeling to stop breathing while asleep. However, the self-perception of their quality of life was considered good. CONCLUSION: High prevalence of facial changes as well as signs and symptoms of mouth breathing were found among health children, requiring early diagnosis and treatment to reduce the risk of SDB. .

INTRODUÇÃO: a principal causa da respiração bucal e dos distúrbios respiratórios do sono (DRS) está associada ao estreitamento das vias aéreas superiores, em diferentes graus. OBJETIVO: avaliar a prevalência de alterações morfológicas e funcionais da face e os principais sintomas clínicos de DRS em crianças saudáveis. MÉTODOS: estudo transversal, observacional, com amostra de 687 escolares saudáveis, provenientes de escolas públicas, com idades entre 7 e 12 anos. Foram avaliados pela história clínica, exame clínico médico e odontológico e testes respiratórios. A autopercepção da qualidade de vida dos escolares com respiração bucal foi obtida por meio de um questionário validado. RESULTADOS: na amostra total, 520 crianças eram respiradoras nasais (RN) e 167 (24,3%) eram respiradoras bucais (RB); 32,5% tinham hipertrofia das amígdalas palatinas, 18% tinham índice Mallampati obstrutivo (III e IV); 26,1% tinham overjet exagerado e 17,7%, mordida aberta anterior. Entre os RB, 53,9% tinham palato atrésico; 35,9% com ausência de selamento labial; 33,5% relataram sonolência diurna; 32,2%, espirros frequentes; 32,2%, nariz entupido; 19,6% roncavam e 9,4% relataram ter a sensação de parar de respirar durante o sono. Entretanto, a autopercepção da qualidade de vida desses escolares foi considerada boa. CONCLUSÃO: foi encontrada alta prevalência de alterações faciais, de sinais e de sintomas clínicos de respiração bucal nos escolares saudáveis examinados, necessitando diagnóstico e tratamento para reduzir o risco de DRS. .
Descritores: Síndromes da Apneia do Sono/epidemiologia
Respiração Bucal/epidemiologia
-Palato/anormalidades
Exame Físico
Qualidade de Vida
Testes de Função Respiratória
Fases do Sono/fisiologia
Espirro/fisiologia
Ronco/epidemiologia
Tonsila Palatina/patologia
Brasil/epidemiologia
Doenças Nasais/epidemiologia
Prevalência
Estudos Transversais
Mordida Aberta/epidemiologia
Sobremordida/epidemiologia
Hipertrofia
Lábio/patologia
Má Oclusão/epidemiologia
Anamnese
Respiração Bucal/psicologia
Limites: Humanos
Criança
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-751402
Autor: Machado, Gislana Braga.
Título: Treating dental crowding with mandibular incisor extraction in an Angle Class I patient
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);20(3):101-108, May-Jun/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Mandibular dental crowding often encourages patients to seek orthodontic treatment. The orthodontist should decide between protrusion of incisors or decrease in dental volume so as to achieve proper alignment and leveling. The present study reports the treatment of an Angle Class I malocclusion adolescent female brachyfacial patient with severe mandibular dental crowding, increased curve of Spee and deep overbite. The patient was treated with extraction of a mandibular incisor. This case was presented to the Brazilian Board of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics (BBO) as a requirement for the title of certified by the BBO.

O apinhamento dentário inferior, com frequência, motiva os pacientes a buscarem tratamento ortodôntico. Ao ortodontista cabe a decisão entre protruir os incisivos ou diminuir o volume dentário, a fim de obter o adequado alinhamento e nivelamento. O presente relato aborda o tratamento de uma má oclusão Classe I de Angle, em paciente adolescente, sexo feminino, braquifacial, com severo apinhamento na arcada inferior, curva de Spee e sobremordida aumentadas, e tratada com exodontia de um incisivo inferior. Esse caso clínico foi apresentado à Diretoria do Board Brasileiro de Ortodontia e Ortopedia Facial (BBO) como parte dos requisitos para a obtenção do título de Diplomado pelo BBO.
Descritores: Extração Dentária/métodos
Incisivo/cirurgia
Má Oclusão Classe I de Angle/terapia
-Planejamento de Assistência ao Paciente
Técnicas de Movimentação Dentária/instrumentação
Cefalometria/métodos
Sobremordida/terapia
Mandíbula/patologia
Limites: Humanos
Feminino
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Polido, Waldemar Daudt
Texto completo
Id: lil-751408
Autor: Rinaldi, Mariana Roennau Lemos; Rizzatto, Susana Maria Deon; Menezes, Luciane Macedo de; Polido, Waldemar Daudt; Lima, Eduardo Martinelli Santayanna de.
Título: Transdisciplinary treatment of Class III malocclusion using conventional implant-supported anchorage: 10-year posttreatment follow-up
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);20(3):69-79, May-Jun/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: Combined treatment offers advantages for partially edentulous patients. Conventional implants, used as orthodontic anchorage, enable previous orthodontic movement, which provides appropriate space gain for crown insertion. OBJECTIVE: This case report describes the treatment of a 61-year and 10-month-old patient with negative overjet which made ideal prosthetic rehabilitation impossible, thereby hindering dental and facial esthetics. CASE REPORT: After a diagnostic setup, conventional implants were placed in the upper arch to anchor intrusion and retract anterior teeth. Space gain for lateral incisors was achieved in the lower arch by means of an orthodontic appliance. CONCLUSIONS: Integrated planning combining Orthodontics and Implantology provided successful treatment by means of conventional implant-supported anchorage. The resulting occlusal relationship proved stable after 10 years. .

INTRODUÇÃO: tratamentos combinados podem oferecer vantagens em casos de edentulismo parcial. O uso de implantes convencionais como ancoragem ortodôntica permite a movimentação ortodôntica prévia, fornecendo os espaços apropriados para inserção das coroas. OBJETIVO: este relato de caso descreve o tratamento de uma paciente, com 61 anos e 10 meses de idade, que possuía um overjet negativo que tornava impossível uma reabilitação protética ideal, comprometendo a estética dentária e facial. RELATO DO CASO: após um setup diagnóstico, os implantes convencionais foram colocados na mandíbula para ancorar a intrusão e retração dos dentes anteriores. Espaços para os incisivos laterais foram abertos na maxila, usando-se aparelho ortodôntico. CONCLUSÕES: o planejamento integrado entre Ortodontia e Implantodontia propiciou um tratamento bem-sucedido, usando implantes convencionais como ancoragem. A relação oclusal obtida apresenta estabilidade 10 anos pós-tratamento. .
Descritores: Equipe de Assistência ao Paciente
Implantes Dentários
Procedimentos de Ancoragem Ortodôntica/instrumentação
Má Oclusão Classe III de Angle/terapia
-Planejamento de Assistência ao Paciente
Técnicas de Movimentação Dentária/instrumentação
Cefalometria/métodos
Seguimentos
Arcada Parcialmente Edêntula/reabilitação
Prótese Dentária Fixada por Implante
Coroas
Facetas Dentárias
Diastema/terapia
Sobremordida/terapia
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-764537
Autor: Thiesen, Guilherme.
Título: Agenesis of maxillary lateral incisor in an Angle Class II, Division 1 malocclusion patient
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);20(5):108-117tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The present case report describes the orthodontic treatment of a patient with agenesis of maxillary left lateral incisor and Angle Class II, Division 1 malocclusion. The patient also presented with maxillary midline deviation and inclination of the occlusal plane in the anterior region. Treatment objectives were: correction of sagittal relationship between the maxilla and the mandible; correction of midline deviation, so as to cause maxillary and mandibular midlines to coincide; correction of overbite and leveling of the occlusal plane, so as to create ideal conditions for esthetic rehabilitation of anterior teeth. This case was presented to the Brazilian Board of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics (BBO) as a requirement for the title of certified by the BBO.

O presente caso clínico relata o tratamento ortodôntico de um paciente portador de agenesia do incisivo lateral superior esquerdo e má oclusão de Classe II 1a divisão de Angle. Apresentava, ainda, desvio da linha média superior e inclinação do plano oclusal na região anterior. Os objetivos do tratamento foram adequar a relação sagital entre as arcadas, proporcionar a coincidência entre as linhas médias superior e inferior, corrigir a sobremordida e nivelar o plano oclusal, criando condições apropriadas para a reabilitação estética dos dentes anteriores. Este caso foi apresentado à Diretoria do Board Brasileiro de Ortodontia e Ortopedia Facial (BBO) como parte dos requisitos para a obtenção do título de Diplomado pelo BBO.
Descritores: Sobremordida/terapia
Má Oclusão Classe II de Angle/terapia
-Aparelhos Ortodônticos
Ortodontia Corretiva/métodos
Extração Dentária
Prótese Dentária/instrumentação
Prótese Dentária/métodos
Oclusão Dentária
Incisivo/anormalidades
Mandíbula/anormalidades
Maxila
Anodontia/terapia
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-828668
Autor: Fatima, Farheen; Fida, Mubassar; Shaikh, Attiya.
Título: Reliability of overbite depth indicator (ODI) and anteroposterior dysplasia indicator (APDI) in the assessment of different vertical and sagittal dental malocclusions: a receiver operating characteristic (ROC) analysis
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);21(5):75-81, Sept.-Dec. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Introduction: Differential diagnosis of skeletal and dental relationships is crucial for planning orthodontic treatment. Overbite depth indicator (ODI) and anteroposterior dysplasia indicator (APDI) had been introduced in the past for assessment of vertical and sagittal jaw relationships, respectively. Objective: The objectives of this study were to evaluate the reliability of ODI and APDI in overbite and Angle malocclusions, as well as assess their diagnostic reliability among males and females of different age groups. Material and Methods: This study was conducted using pretreatment dental casts and lateral cephalograms of 90 subjects. For ODI, subjects were divided into three groups based on overbite (normal overbite, open bite and deep bite). Likewise, the same subjects were divided for APDI into three groups, based on Angle's malocclusion classification (dental Class I, II and III malocclusions). Mann-Whitney U test was applied for comparison of study parameters regarding sex and different age groups. The mean values of ODI and APDI were compared among study groups by means of Kruskal-Wallis and post-hoc Dunnet T3 tests. The receiver operating characteristic (ROC) curve was applied to test diagnostic reliability. Results: Insignificant differences were found for ODI and APDI angles, particularly in regards to sex and age. Significant intergroup differences were found in different overbite groups and Angle's classification for ODI and APDI, respectively (p < 0.001). ROC showed 91% and 88% constancy with dental pattern in ODI and APDI, respectively. Conclusions: ODI can reliably differentiate deep bite versus normal overbite and deep bite versus open bite. APDI can reliably differentiate dental Class I, II and III malocclusions.

RESUMO Introdução: o diagnóstico diferencial das relações esqueléticas e dentárias é essencial para o plano de tratamento ortodôntico. O indicador de profundidade da sobremordida (ODI)) e o indicador de displasia anteroposterior (APDI) foram desenvolvidos, no passado, para avaliação das relações verticais e sagitais dos maxilares, respectivamente. Objetivo: o objetivo desse estudo foi avaliar a confiabilidade do ODI e do APDI em diferentes sobremordidas e más oclusões de Angle, bem como verificar sua confiabilidade diagnóstica em homens e mulheres de diferentes grupos etários. Métodos: esse estudo foi conduzido utilizando-se modelos de estudo e radiografias cefalométricas laterais pré-tratamento de 90 indivíduos. Para o ODI, os indivíduos foram divididos em três grupos, com base na sobremordida (sobremordida normal, mordida aberta, mordida profunda). Ainda, para avaliação do APDI, esses mesmos indivíduos foram divididos em três grupos baseados na classificação de Angle para as más oclusões (Classes I, II e III dentárias). O teste U de Mann-Whitney foi aplicado para comparar os parâmetros estudados, quanto ao sexo e diferentes grupos etários. Os valores médios do ODI e do APDI foram comparados entre os grupos estudados por meio dos testes de Kruskal-Wallis e post-hoc T3 de Dunnett. A curva ROC (receiver operating characteristic) foi aplicada para testar a confiabilidade do diagnóstico. Resultados: diferenças não significativas foram encontradas para os ângulos ODI e APDI, particularmente em relação ao sexo e à idade. Diferenças significativas foram encontradas entre os grupos com diferentes sobremordidas e diferentes más oclusões de Angle, para o ODI e para o APDI, respectivamente (p < 0,001). A ROC mostrou 91% e 88% de concordância com o padrão dentário, para o ODI e APDI, respectivamente. Conclusões: o ODI mostrou-se confiável para diferenciar entre a mordida profunda e a sobremordida normal, e entre a mordida profunda e a mordida aberta. O APDI é confiável para se diferenciar entre as más oclusões dentárias de Classes I, II e III.
Descritores: Curva ROC
Sobremordida/diagnóstico
-Cefalometria
Reprodutibilidade dos Testes
Estudos Retrospectivos
Diagnóstico Diferencial
Sobremordida/classificação
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-840218
Autor: Martins, Renato Parsekian.
Título: Early vertical correction of the deep curve of Spee
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);22(2):118-125, Mar.-Apr. 2017. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Even though few technological advancements have occurred in Orthodontics recently, the search for more efficient treatments continues. This paper analyses how to accelerate and improve one of the most arduous phases of orthodontic treatment, i.e., correction of the curve of Spee. The leveling of a deep curve of Spee can happen simultaneously with the alignment phase through a method called Early Vertical Correction (EVC). This technique uses two cantilevers affixed to the initial flexible archwire. This paper describes the force system produced by EVC and how to control its side effects. The EVC can reduce treatment time in malocclusions with deep curves of Spee, by combining two phases of the therapy, which clinicians ordinarily pursue sequentially.

RESUMO Apesar de haver poucos desenvolvimentos tecnológicos nos últimos anos dentro da Ortodontia, a busca por tratamentos mais eficientes não cessou. Assim, o presente artigo visa analisar, de maneira lógica, como otimizar uma das fases do tratamento ortodôntico que mais demandam tempo: a correção da sobremordida exagerada. Pretende-se demonstrar como realizá-la concomitantemente ao alinhamento inicial, por meio de uma técnica denominada correção vertical precoce (CVP). Essa técnica utiliza dois cantilevers associados ao primeiro fio de alinhamento ortodôntico, mas não restritos a ele, a fim de iniciar a planificação da curva de Spee o mais cedo possível. Assim, o tempo de tratamento pode ser diminuído, já que duas fases do tratamento, normalmente realizadas de forma independente, podem ser realizadas ao mesmo tempo. Além disso, tanto o sistema de forças quanto os efeitos colaterais e os passos da execução da técnica serão devidamente apresentados e discutidos.
Descritores: Fios Ortodônticos
Ortodontia Corretiva/métodos
Má Oclusão Classe II de Angle/terapia
Mandíbula/patologia
-Ortodontia Corretiva/instrumentação
Recidiva
Fatores de Tempo
Dimensão Vertical
Fenômenos Biomecânicos
Resultado do Tratamento
Braquetes Ortodônticos
Arco Dental/anatomia & histologia
Arco Dental/diagnóstico por imagem
Oclusão Dentária
Sobremordida/patologia
Sobremordida/terapia
Má Oclusão Classe II de Angle/diagnóstico por imagem
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 63 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-840222
Autor: Tavares, Carlos Alberto Estevanell.
Título: Agenesis of mandibular second premolar in patient with dental bimaxillary protrusion
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);22(2):106-117, Mar.-Apr. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT The present study reports the treatment carried out in a patient with mandibular second premolar agenesis associated with early loss of a deciduous second molar, deep overbite, severe overjet and dentoalveolar bimaxillary protrusion, which led to lip incompetence and a convex facial profile. The main objectives of this treatment were: to eliminate the spaces in mandibular arch, correct overbite, as well as eliminate bimaxillary protrusion and lip incompetence, thus leading to a balanced profile. The case was presented to the Brazilian Board of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics (BBO) as part of the requirements to obtain the title of BBO diplomate.

RESUMO O presente caso clínico relata o tratamento de uma paciente com agenesia de segundo pré-molar inferior associada à perda precoce do segundo molar decíduo, sobremordida profunda, sobressaliência exagerada e biprotrusão dentoalveolar, que causavam incompetência labial e perfil facial convexo. Os objetivos do tratamento foram eliminar os espaços presentes na arcada inferior, corrigir a sobremordida, eliminar a biprotrusão e a incompetência labial, harmonizando o perfil. Esse caso foi apresentado ao Board Brasileiro de Ortodontia e Ortopedia Facial (BBO) como parte dos requisitos para obtenção do título de Diplomado pelo BBO.
Descritores: Dente Decíduo/anormalidades
Dente Pré-Molar/patologia
Sobremordida/terapia
Má Oclusão/terapia
Mandíbula/patologia
Anodontia/terapia
-Brasil
Radiografia Panorâmica
Cefalometria/métodos
Braquetes Ortodônticos
Desenho de Aparelho Ortodôntico
Má Oclusão/diagnóstico por imagem
Má Oclusão Classe I de Angle/terapia
Má Oclusão Classe I de Angle/diagnóstico por imagem
Má Oclusão Classe II de Angle/terapia
Má Oclusão Classe II de Angle/diagnóstico por imagem
Maxila/patologia
Maxila/diagnóstico por imagem
Anodontia/diagnóstico por imagem
Dente Molar/patologia
Dente Molar/diagnóstico por imagem
Limites: Humanos
Feminino
Criança
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 63 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-891084
Autor: Maruo, Ivan Toshio.
Título: Class II Division 2 subdivision left malocclusion associated with anterior deep overbite in an adult patient with temporomandibular disorder
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);22(4):102-112, July-Aug. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT The orthodontic treatment of patients with chief complaint of temporomandibular disorders (TMD) presents doubtful prognosis, due to the poor correlation between malocclusions and TMDs. The present case report describes the treatment of an adult patient with Angle Class II Division 2 subdivision left malocclusion associated with anterior deep overbite and TMD. This case was presented to the Brazilian Board of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics (BBO), as part of the requirements to obtain the title of BBO Diplomate.

RESUMO O tratamento ortodôntico de pacientes com queixa principal de disfunção nas articulações temporomandibulares (DTM) apresenta prognóstico duvidoso, devido à baixa correlação entre as más oclusões e as DTMs. O presente relato de caso descreve o tratamento de um paciente adulto com má oclusão de Classe II, divisão 2, subdivisão esquerda, de Angle e sobremordida profunda, associadas à DTM. Esse caso foi apresentado à Diretoria do Board Brasileiro de Ortodontia e Ortopedia Facial (BBO), como parte dos requisitos para a obtenção do título de Diplomado pelo BBO.
Descritores: Transtornos da Articulação Temporomandibular/complicações
Sobremordida/complicações
Má Oclusão Classe II de Angle/complicações
-Ortodontia Corretiva
Sobremordida/terapia
Má Oclusão Classe II de Angle/terapia
Limites: Humanos
Masculino
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 7 ir para página                  
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde