Base de dados : LILACS
Pesquisa : C08.381.483.675 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 5 [refinar]
Mostrando: 1 .. 5   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 5 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-984609
Autor: Suesada, Milena Mako; Carvalho, Heloisa de Andrade; Albuquerque, André Luis Pereira de; Salge, João Marcos; Stuart, Silvia Radwanski; Takagaki, Teresa Yae.
Título: Impact of thoracic radiotherapy on respiratory function and exercise capacity in patients with breast cancer / Impacto da radioterapia torácica na função respiratória e capacidade de exercício em pacientes com câncer de mama
Fonte: J. bras. pneumol;44(6):469-476, Nov.-Dec. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To evaluate the impact of thoracic radiotherapy on respiratory function and exercise capacity in patients with breast cancer. Methods: Breast cancer patients in whom thoracic radiotherapy was indicated after surgical treatment and chemotherapy were submitted to HRCT, respiratory evaluation, and exercise capacity evaluation before radiotherapy and at three months after treatment completion. Respiratory muscle strength testing, measurement of chest wall mobility, and complete pulmonary function testing were performed for respiratory evaluation; cardiopulmonary exercise testing was performed to evaluate exercise capacity. The total radiotherapy dose was 50.4 Gy (1.8 Gy/fraction) to the breast or chest wall, including supraclavicular lymph nodes (SCLN) or not. Dose-volume histograms were calculated for each patient with special attention to the ipsilateral lung volume receiving 25 Gy (V25), in absolute and relative values, and mean lung dose. Results: The study comprised 37 patients. After radiotherapy, significant decreases were observed in respiratory muscle strength, chest wall mobility, exercise capacity, and pulmonary function test results (p < 0.05). DLCO was unchanged. HRCT showed changes related to radiotherapy in 87% of the patients, which was more evident in the patients submitted to SCLN irradiation. V25% significantly correlated with radiation pneumonitis. Conclusions: In our sample of patients with breast cancer, thoracic radiotherapy seemed to have caused significant losses in respiratory and exercise capacity, probably due to chest wall restriction; SCLN irradiation represented an additional risk factor for the development of radiation pneumonitis.

RESUMO Objetivo: Avaliar o impacto da radioterapia torácica na função respiratória e capacidade de exercício em pacientes com câncer de mama. Métodos: Pacientes com câncer de mama com indicação de radioterapia torácica após tratamento cirúrgico e quimioterápico foram submetidas a TCAR, avaliação respiratória e avaliação da capacidade de exercício antes da radioterapia torácica e três meses após o término do tratamento. Foram realizados teste de força muscular respiratória, medição da mobilidade torácica e prova de função pulmonar completa para a avaliação respiratória; realizou-se teste de exercício cardiopulmonar para avaliar a capacidade de exercício. A dose total de radioterapia foi de 50,4 Gy (1,8 Gy/fração) na mama ou na parede torácica, incluindo ou não a fossa supraclavicular (FSC). Histogramas dose-volume foram calculados para cada paciente com especial atenção para o volume pulmonar ipsilateral que recebeu 25 Gy (V25), em números absolutos e relativos, e a dose pulmonar média. Resultados: O estudo incluiu 37 pacientes. Após a radioterapia, observou-se diminuição significativa da força muscular respiratória, mobilidade torácica, capacidade de exercício e resultados da prova de função pulmonar (p < 0,05). A DLCO permaneceu inalterada. A TCAR mostrou alterações relacionadas à radioterapia em 87% das pacientes, o que foi mais evidente nas pacientes submetidas à irradiação da FSC. O V25% correlacionou-se significativamente com a pneumonite por radiação. Conclusões: Em nossa amostra de pacientes com câncer de mama, a radioterapia torácica parece ter causado perdas significativas na capacidade respiratória e de exercício, provavelmente por causa da restrição torácica; a irradiação da FSC representou um fator de risco adicional para o desenvolvimento de pneumonite por radiação.
Descritores: Neoplasias da Mama/radioterapia
Volume Expiratório Forçado/efeitos da radiação
Tolerância ao Exercício/efeitos da radiação
Pneumonite por Radiação/diagnóstico por imagem
-Músculos Respiratórios/efeitos da radiação
Músculos Respiratórios/fisiopatologia
Irradiação Linfática/efeitos adversos
Tomografia Computadorizada por Raios X/métodos
Estudos Prospectivos
Relação Dose-Resposta à Radiação
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-684375
Autor: Morales Soto, Arturo; Calvo De La Barra, Carlos; Pinheiro De Carvalho, Graça; González Bombardiere, Sergio; Saldías Peñafiel, Fernando.
Título: Neumonía en organización por radiación en el paciente con cáncer de mama: Caso clínico / Radiation organizing pneumonia: Report of one case
Fonte: Rev. méd. Chile;141(5):664-668, mayo 2013. ilus.
Idioma: es.
Resumo: We report a 64 years-old woman who underwent sparing mastectomy with adjuvant radiotherapy for breast cancer. One month after the end of radiotherapy, she presented with malaise, fever, fatigue, cough and migratory bilateral pulmonary infiltrates on serial radiological images. The microbiological studies of broncha alveolar lavage were negative. The patient under went a trans bronchial biopsy and the pathological diagnosis was compatible with an organizing pneumonia presumably associated with radiotherapy. Systemic steroid treatment was successful with rapid and complete resolution ofclinical and radiographic manifestations.
Descritores: Pneumonia em Organização Criptogênica/etiologia
Pneumonite por Radiação/etiologia
-Neoplasias da Mama/radioterapia
Neoplasias da Mama/cirurgia
Radioterapia Adjuvante/efeitos adversos
Limites: Feminino
Humanos
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  3 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-624461
Autor: Miranda, Christiana Maia Nobre Rocha de; Santos, Carla Jotta Justo dos; Maranhão, Carol Pontes de Miranda; Farias, Lucas de Pádua Gomes de; Padilha, Igor Gomes; Andrade, Anna Carolina Mendonça de; Jatobá, Mayara Stephanie de Araujo.
Título: A tomografia computadorizada multislice é ferramenta importante para o estadiamento e seguimento do câncer de mama? / Is multislice computed tomography an important tool for breast cancer staging and follow-up?
Fonte: Radiol. bras;45(2):105-112, mar.-abr. 2012. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O câncer de mama representa o tipo de câncer mais comum em mulheres e constitui a primeira causa de morte por câncer nesta população. As alterações extramamárias relacionadas ao câncer de mama desempenham papel relevante no prognóstico e tratamento desta entidade, sendo fundamental a realização do diagnóstico correto e das diversas alterações. A maioria dessas manifestações é proveniente do tratamento adotado ou de suas complicações e pode estar associada a comprometimento linfonodal, recorrência locorregional ou metástases a distância.

Breast cancer is the most common cancer in women and the leading cause of cancer death among the female population. Extramammary findings related to breast cancer play an important role in the prognosis and treatment of such entity and the correct diagnosis of such alterations is essential for increasing the chance of cure. Most of the times, such manifestations result from complications arising from treatment, and may be associated with lymph node involvement, locoregional recurrence or distant metastasis.
Descritores: Neoplasias da Mama
Detecção Precoce de Câncer
Metástase Neoplásica
Estadiamento de Neoplasias
Recidiva
Parede Torácica
Tomografia
Tomógrafos Computadorizados
-Tratamento Farmacológico/efeitos adversos
Pneumonite por Radiação
Radioterapia/efeitos adversos
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR734.1 - Biblioteca Central Cesar Lattes - BCCL


  4 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-579168
Autor: Suesada, Milena Mako.
Título: Impacto da radioterapia torácica na capacidade funcional de pacientes com neoplasia de mama / The impact of radiation therapy on functional capacity in patients with breast cancer.
Fonte: São Paulo; s.n; 2010. [102] p. tab, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Introdução: Durante a radioterapia torácica (RT) para o câncer de mama, parte do parênquima pulmonar adjacente a caixa torácica acaba secundariamente sendo incluída no campo de tratamento, podendo cursar com lesões pulmonares e perdas na capacidade funcional. Essas seqüelas necessitam ser mais bem compreendidas, considerando o bom prognóstico da doença. Objetivos: Avaliar o impacto da RT na capacidade funcional em pacientes com neoplasia de mama. Métodos: Estudo prospectivo que incluiu 41 pacientes consecutivas entre Janeiro de 2008 a Julho de 2009. As pacientes foram submetidas a uma avaliação da capacidade respiratória, da capacidade de exercício e tomografia de tórax de alta resolução antes do início e após 3 meses do término do tratamento. Para a avaliação respiratória foram mensurados a força de músculos respiratórios, mobilidade de caixa torácica e prova de função pulmonar completa. A capacidade de exercício foi avaliada através de teste cardiopulmonar de esforço (ergoespirometria). Foram calculados a dose pulmonar média e o volume pulmonar que recebeu uma dose de 25Gy em valor absoluto (V25cm3) e em porcentagem do volume pulmonar total (V25%). Os sintomas respiratórios (pneumonite) e dermatológicos (dermatite) foram classificados de acordo com escalas previamente descritos na literatura na avaliação final. Resultados: Após 3 meses da RT foram encontrados presença de sintomas de pneumonite actínica e dermatite actínica, com piora na performace status e diminuição da tolerância aos esforços para as atividades cotidianas. Na avaliação respiratória foram encontradas significativas perdas na força de músculos respiratórios (p<0,0001), mobilidade de caixa torácica (p<0,0001) e nos volumes e capacidades pulmonares. Não foram observados alterações na difusão (p=0,56)...

Introduction: Postoperative radiotherapy (RT) in breast cancer involves part of the pulmonary parenchyma with potential losses in functional capacity. Those effects deserve to be more depth understands, considering the good prognosis of the disease. The purpose of this study was to analyze the impact of radiotherapy in functional capacity after 3 months in patients treated with breast cancer. Methods: 41 consecutive women were performed lung high resolution computed tomography, respiratory and exercise capacity evaluation before and after 3 months of the completion of RT. The respiratory evaluation included complete pulmonary function test, respiratory muscle strength and chest wall measurement. Cardiopulmonary exercise test was used to evaluate the exercise capacity. The mean lung dose of RT and the lung volume receiving 25Gy in absolute value (V25cm3) and in percentage of total pulmonary volume (V25%) were calculated. Results: After 3 months significant decreases in respiratory muscle strength, chest wall mobility, exercise capacity and PFT were observed, except the diffusion capacity. HRCT showed changes related to RT in 87%, and that change was more important in patients with supraclavicular fossa included in RT treatment. Conclusions: Local RT for breast cancer led to a significant loss in functional capacity and physical deconditioning...
Descritores: Neoplasias da Mama
Teste de Esforço
Pneumonite por Radiação
Testes de Função Respiratória
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação
BR66.1; W4.DB8, S942im, FM-2, 2010


  5 / 5 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-216272
Autor: Abal, Luis.
Título: Anestesia y cuidados críticos en pacientes con injuria por radiación / Anesthesia and critical care in patients with injury by radiation
Fonte: Rev. argent. anestesiol;54(4):280-7, jul.-ago. 1996. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: La amenaza de una guerra o un accidente nuclear nos llena de curiosidad e indiferencia. En general esto se refleja a nivel mundial con muy poca bibliografía disponible que nos dé información sobre estos eventos y las conductas más aconsejadas para su control y tratamiento. Veremos en este trabajo las características de las distintas radiaciones, nociones de lo significativamente importante para el especialista que son los efectos sobre el individuo y los criterios para diagnóstico, pronóstico y tratamiento.
Descritores: Liberação Nociva de Radioativos/mortalidade
Liberação Nociva de Radioativos/prevenção & controle
Partículas beta/efeitos adversos
Raios gama/efeitos adversos
Lesões por Radiação/diagnóstico
Lesões por Radiação/terapia
Nêutrons/efeitos adversos
Partículas alfa/efeitos adversos
Radioterapia/efeitos adversos
-Anestesia
Cegueira
Queimaduras
Hepatite/complicações
Assistência a Feridos em Massa
Nefrite/complicações
Nefrite/mortalidade
Pneumonite por Radiação/complicações
Pneumonite por Radiação
Pneumonite por Radiação/terapia
Pericardite/complicações
Cuidados Pós-Operatórios
Limites: Humanos
Responsável: AR1.1 - Biblioteca Rafael Herrera Vegas



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde