Base de dados : LILACS
Pesquisa : C08.381.677 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1655 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 166 ir para página                         

  1 / 1655 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1026447
Autor: Bologna, Rosa María(coord); Rosanova, María Teresa(coord); Berberián, Griselda; Epelbaum, Carolina; Gómez, Sandra; Mónaco Rodríguez, Andrea; Parra, Adriana; Pérez, María Guadalupe; Ruvinsky, Silvina; Sarkis, Claudia; Taicz, Moira; Santos, Silvia(edt); Vassallo, Juan Carlos(edt); Rodríguez, Susana(edt); Villa, Alejandra(edt).
Título: Series de Pediatría Garrahan. El niño y las infecciones / Garrahan Pediatrics Series. The child and the infections.
Fonte: Buenos Aires; Médica Panamericana; 2019. 160 p. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Las consultas pediátricas por temas infectológicos son frecuentes y relevantes durante toda la infancia, desde la etapa neonatal hasta la adolescencia. En este nuevo volumen de las Series Garrahan: El ñino y las infecciones, se han seleccionado temas específicos, sobre la base de la actualización del conocimiento, los cambios epidemiológicos y de las conductas clínicas ocurridos en los últimos años y la necesidad del manejo adecuado de estas afecciones, ya sea ambulatorio o durante la internación. Entre sus aspectos sobresalientes se incluyen: El estudio de temas destacados como el abordaje del niño febril; las infecciones de piel y partes blandas, incluidas las asociadas con mordeduras; las infecciones en el recién nacido; las infecciones respiratorias bajas, incluida la tuberculosis; y las infecciones osteoarticulares, del sistema nervioso central e intraabdominales. La inclusión de un capítulo especial sobre la prevención de infecciones para ayudar a reducir su incidencia. El enfoque práctico, con discusión de casos clínicos y definición de conductas, y ubicando al pediatra en un papel central como coordinador de la atención interdisciplinaria. Aspectos clave y lecturas recomendadas en el cierre de cada capítulo. Una obra actualizada que aporta información científica y la experiencia de los profesionales del Hospital Garrahan, dedicada a todos los miembros del equipo de salud que atienden y cuidan niños dondequiera que trabajen al servicio de la salud infantil
Descritores: Osteomielite
Peritonite
Pneumonia
Febre Recorrente
Dermatopatias Infecciosas
Tuberculose
Mordeduras e Picadas
Artrite Infecciosa
Coqueluche
Vacinação
Meningites Bacterianas
Antibioticoprofilaxia
Febre
Febre de Causa Desconhecida
Encefalite Infecciosa
Sepse Neonatal
Limites: Seres Humanos
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Responsável: AR305.1 - SID - Servicio de Información y Documentación


  2 / 1655 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-759524
Autor: Chan, Karen Anry; Fonseca, Mariana Bertoldi; Neppelenbroek, Viviane Barbosa Silva; Araújo, Daniela Sica da Silva; Ortega, Hugo Alejandro Vega.
Título: Bronquiolite obliterante com pneumonia organizada simulando síndrome de Pancoast / Bronchiolitis obliterans organizing pneumonia mimicking Pancoast syndrome
Fonte: RBM rev. bras. med;72(6), jun. 2015.
Idioma: pt.
Resumo: É descrito o caso de um paciente de 52 anos, tabagista, que procurou atendimento médico queixando-se de dor em região interescápulo vertebral direita acompanhada de parestesia distal de metacarpos ipsilateral, febre, tosse produtiva e perda ponderal. Ao exame físico, havia presença de murmúrio vesicular diminuído em ápice pulmonar direito. A radiografia de tórax evidenciava opacidade neste mesmo local e na tomografia computadorizada, havia presença de massa encapsulada lobo superior direito, com mediastino superior desviado para esquerda e presença de linfadenomegalias. Com a hipótese de neoplasia pulmonar e síndrome de Pancoast, foi solicitado uma mediastinoscopia com biópsia cujo resultado foi inconclusivo. Logo, optou-se pela toracotomia para retirada da massa e realização de biópsia cujo resultado foi confirmatório para BOOP. Para o tratamento, optou-se por prednisona, cuja resposta foi efetiva.
Descritores: Pneumonia
Bronquiolite Obliterante
Síndrome de Pancoast
Limites: Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  3 / 1655 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-725916
Autor: Barros, João Adriano de; Carvalho, Talitta Oliveira; Pupo, Melissa Zamberlan.
Título: Pneumonite actínica e bronquiolite obliterante com pneumonia em organização pós-radioterapia / Radiation pneumonitis and bronchiolitis obliterans organizing pneumonia (BOOP) after radiotherapy: case report
Fonte: RBM rev. bras. med;71(8), ago. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: A radioterapia torácica, utilizada para o tratamento de câncer de mama, pode causar lesões pulmonares como pneumonite actínica e bronquiolite obliterante com pneumonia em organização (BOOP) ou também conhecida como pneumonia em organização, sendo esta mais incomum. Isso pode ocorrer mesmo se realizada em doses dentro do limite de tolerância aceitável para a segurança do paciente.Este relato de caso descreve a história de uma paciente que foi submetida a tratamento radioterápico após a retirada cirúrgica de um tumor maligno de mama e que duas semanas após o término do tratamento apresentou quadro clínico e de imagem de pneumonite actínica. Concomitantemente foi diagnosticada com BOOP, confirmado por tomografia computadorizada de tórax e biópsia transbrônquica. Foi tratada com corticoterapia pelo período de três meses e apresentou melhora clínica e radiológica.Houve, entretanto, dois episódios de recidiva dos sintomas de BOOP após o fim do tratamento. Realizou-se, então, pulsoterapia mensal com metilprednisolona por 12 meses. Um ano após o fim do tratamento se apresenta assintomática e sem uso de medicamento algum. Estudos de imagem demonstraram apenas lesão residual actínica no lobo superior esquerdo.Concluímos que após um tratamento de radioterapia torácica, devemos ficar atentos à ocorrência de lesões pulmonares associadas. E especialmente para casos de BOOP há a necessidade de um tratamento de imunossupressão pelo período mínimo de um ano, pois melhoras iniciais e rápidas induzem o médico a parar o tratamento de forma precipitada, podendo levar a recidivas...
Descritores: Neoplasias da Mama
Pneumonia
Pneumonia em Organização Criptogênica
Pulsoterapia
Radioterapia
Limites: Seres Humanos
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  4 / 1655 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-540100
Autor: Nishiura, José Luiz; Heilberg, Ita Pfeferman.
Título: Pneumonias / Pneumonia
Fonte: RBM rev. bras. med;66(1/2), jan.-fev. 2009.
Idioma: pt.
Resumo: A infecção do trato urinário (ITU), uma das afecções mais frequentes nos Serviços de Saúde, possui espectro variável de apresentação clínica, abrangendo cistite, pielonefrite e bacteriúria assintomática. A severidade e recorrência das ITU estão relacionadas a fatores genéticos, hormonais e comportamentais juntamente com a virulência do micro-organismo invasor. Os autores revisitam o tema, chamando atenção para a importância do diagnóstico diferencial e trazem uma visão atualizada dos esquemas antibióticos propostos para tratamento e prevenção, segundo as últimas diretrizes internacionais. Outras modalidades terapêuticas alternativas são também abordadas.
Descritores: Infecção Hospitalar/complicações
Pneumonia/classificação
Pneumonia/complicações
Pneumonia/diagnóstico
Pneumonia/mortalidade
Pneumonia/terapia
-Doenças Respiratórias/complicações
Doenças Respiratórias/diagnóstico
Doenças Respiratórias/terapia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  5 / 1655 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-663122
Autor: Nienkoetter, Juliana Martins; Fernandes, Márcia; Schivinski, Camila Isabel Santos.
Título: Fisioterapia e pneumonia em crianças: uma revisão sistemática / Physical therapy and pneumonia in children: a systematic review
Fonte: Pediatr. mod;48(5), maio 2012.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Identificar evidências científicas sobre pneumonia em Pediatria e fisioterapia e discutir seus resultados a partir de uma revisão sistemática da literatura. Fontes de dados: Pesquisa em 3 bases de dados: SciELO, PEDro e Medline. Selecionados artigos publicados até março de 2011, compatíveis com critérios previamente estabelecidos: ensaios clínicos randomizados envolvendo menores de 18 anos, com diagnóstico de pneumonia, submetidos à TFR como tratamento e/ou prevenção da doença. Com base nessas especificações, os trabalhos encontrados foram analisados por 2 avaliadores, de forma independente e na seguinte ordem: leitura dos títulos, resgate dos resumos e seleção dos manuscritos compatíveis. Síntese dos dados: De 384 artigos, 84 foram selecionados pelo título e, após leitura dos resumos, 48 elencados para análise na íntegra. Destes, 43 foram excluídos (12 repetidos, 27 não se enquadraram aos critérios e 4 não encontrados). Amostra final foi composta de 5 trabalhos, sendo que 2 avaliaram a eficácia da TFR na pneumonia e não evidenciaram efeitos benéficos e os outros 3 identificaram resultados positivos dessa terapêutica como prevenção. Conclusões: São poucos e controversos os estudos envolvendo TFR em crianças com pneumonia, o que dificulta a elaboração de uma revisão. Há necessidade de mais investigações e de qualidade, viabilizando uma revisão sistemática com meta-análise, assim substanciando a indicação ou não de TFR nessa enfermidade.
Descritores: Modalidades de Fisioterapia
Pediatria
Pneumonia/reabilitação
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  6 / 1655 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-583277
Autor: Salvador Filho, Élio Ferraz; Tenório, Daniela Amâncio; Dutra, Emília Guarçoni; Miglioli, Anna Maria; Vincoletto, Davidson Cláudio; Campagna, Delmina de Souza.
Título: Perfil epidemiológico dos pacientes pediátricos com diagnóstico de pneumonia na Associação Beneficente de Campo Grande - MS/Santa Casa / Epidemiological profile of pediatrics patients with diagnosis of pneumonia in the Beneficent Association of Campo Grande - MS/Santa Casa
Fonte: Pediatr. mod;47(1), jan.-fev. 2011.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: As doenças respiratórias agudas, principalmente as pneumonias, são a causa mais importante de óbito de menores de cinco anos. Nas Américas, as infecções respiratórias agudas (IRAs) são a causa de 20% a 40% de todas as internações em menores de cinco anos. O estudo realizado tem como objetivo descrever as principais características epidemiológicas da pneumonia nos pacientes internados e acompanhados por discentes do curso de Medicina da Uniderp no Serviço de Pediatria da Santa Casa de Campo Grande - MS. Metodologia: Através da análise do livro de registro de internações dos pacientes acompanhados pelos discentes do 5º ano do curso de Medicina da Uniderp. Os dados foram trabalhados conforme faixa etária, sexo, procedência, patologia e tempo de internação, durante o período de 6 de junho de 2004 a 6 junho de 2005. Resultados: Foram internadas e acompanhadas 440 crianças no período estudado, sendo 44,05% casos de pneumonias. Houve pequena prevalência no sexo masculino, em relação ao feminino. A faixa etária mais acometida foi a que compreende o período entre 29 dias de vida e um ano completo, seguida pela faixa etária de dois a seis anos. Os meses com maior número de casos foram agosto e setembro. A grande maioria dos pacientes era da capital do Estado. Dos pacientes, 120 apresentaram, além de pneumonia, outros diagnósticos, caracterizando um quadro de comorbidade, sendo os mais prevalentes, em ordem decrescente, distúrbio hidroeletrolítico, desnutrição proteico-calórica e paralisia cerebral. Conclusões: O acompanhamento das doenças respiratórias agudas serve para mostrar sua magnitude, em termos numéricos, e estimular seu diagnóstico apropriado, tratamento precoce e prevenção, tanto das complicações quanto de sua ocorrência.
Descritores: Infecções Respiratórias/epidemiologia
Pneumonia/epidemiologia
Pneumonia/mortalidade
Saúde da Criança
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  7 / 1655 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-552465
Autor: Souza, Edna Lúcia.
Título: Pneumonias adquiridas na comunidade / Community-acquired pneumonia
Fonte: Pediatr. mod;46(2), abr. 2010.
Idioma: pt.
Descritores: Pneumonia/diagnóstico
Pneumonia/etiologia
Pneumonia/metabolismo
Pneumonia/mortalidade
Pneumonia/prevenção & controle
Pneumonia
Pneumonia/terapia
Saúde da Criança
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  8 / 1655 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-469184
Autor: Sáfadi, Marco Aurélio P..
Título: Critérios sorológicos de proteção contra doença invasiva em crianças após vacina pneumocócica conjugada / Protective serological criteria against invasive disease after pneumococcal conjugate vaccine in children
Fonte: Pediatr. mod;43(5):251-255, set-out. 2007.
Idioma: pt.
Resumo: Infecções causadas pelo S. pneumoniae são associadas à elevada morbidade e mortalidade, particularmente em lactentes e crianças pequenas. As vacinas polissacarídicas conjugadas a um complexo protéico demonstraram ser extremamente imunogênicas em lactentes, induzindo imunidade dependente de células T. Uma vacina pneumocócica conjugada heptavalente, usando como carreador protéico para os sete sorotipos o mutante diftérico CRM197, foi licenciada nos Estados Unidos no ano 2000, demonstrando ser segura, induzindo elevados títulos de anticorpos séricos, memória imunológica e ainda reduzindo, entre os vacinados, o estado de portador em nasofaringe dos sorotipos incluídos em sua composição. Neste momento, encontra-se em estágio avançado de desenvolvimento várias vacinas pneumocócicas conjugadas. Com o objetivo precípuo de estabelecer um parâmetro para ser utilizado no licenciamento de novas vacinas pneumocócicas conjugadas candidatas, em função de limitações de ordem ética e prática para realização de estudos de eficácia clínica, e baseando-se nos dados de três grandes estudos controlados, duplo-cegos, de eficácia clínica (dois nos EUA e um na África do Sul) a OMS recomendou, recentemente, a adoção de títulos de anticorpos anticapsulares polissacarídicos da classe IgG, medidos pelo método de ELISA, ³ 0,35 µg/mL, avaliados um mês após o término da imunização primária como sendo a concentração mínima de anticorpos associados à eficácia clínica protetora contra doença pneumocócica invasiva.
Descritores: Vacinas Pneumocócicas
-Otite/terapia
Pneumonia/imunologia
Pneumonia/terapia
Streptococcus
Vacinas/efeitos adversos
Limites: Seres Humanos
Criança
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  9 / 1655 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-311077
Autor: Hörnke, Lorena; Barbosa, Aída de Fátima Thomé.
Título: Aids pediátrica: clínica e tratamento / Aids pediatrics: clinic and treatment
Fonte: Pediatr. mod;36(1/2):64-68, jan.-fev. 2000. tab.
Idioma: pt.
Resumo: As autoras destacam a importância da síndrome de imunodeficiência adquirida em Pediatria, bem como a necessidade de suspeita diagnóstica precoce por parte do pediatra. Estudam as manifestações clínicas da síndrome, decorrentes de infecções oportunistas por bactérias, fungos e vírus, problemas neurológicos, cardíacos e hematológicos. Resumem os aspectos atuais do tratamento da Aids com os medicamentos anti-retrovirais em associação, apresentando os esquemas preconizados pelo Ministério da Saúde do Brasil e pelo Center for Disease Control and Prevention, dos Estados Unidos, nas várias situações clínicas e nos casos de falha terapêutica.
Descritores: Antivirais
Zidovudina
HIV-1
Didanosina
Inibidores da Protease de HIV
Transmissão Vertical de Doença Infecciosa
Inibidores da Transcriptase Reversa
Infecções Oportunistas Relacionadas com a AIDS/etiologia
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/complicações
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/diagnóstico
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/tratamento farmacológico
-Pneumonia
Tuberculose
Infecções por Micobactéria não Tuberculosa
Limites: Seres Humanos
Criança
Responsável: BR11.1 - Biblioteca


  10 / 1655 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-686617
Autor: Saidi, Hadjer; Adi-Bessalem, Sonia; Hammoudi-Triki, Djelila; Laraba-Djebari, Fatima.
Título: Effects of atropine and propranolol on lung inflammation in experimental envenomation: comparison of two buthidae venoms
Fonte: J. venom. anim. toxins incl. trop. dis;19:8-8, maio 2013. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Background: Previous works had shown that scorpion venom induced neurotransmitter elevation and an inflammatory response associated with various anatomo-pathological modifications. The most dangerous scorpions species in Algeria responsible for these effects are Androctonus australis hector (Aah) and Androctonus amoreuxi (Aam). Results: Comparison of the physiopathological effects induced by the two venoms showed differences in the kinetic of cytokine release and in lung injury. The lung edema was only observed in response to Aah venom and it was correlated with cell infiltration. In order to better understand the involved mechanism in inflammatory response, we used two antagonists, atropine (non-selective muscarinic antagonist) and propranolol (ß adrenergic antagonist), which lead to a decrease of cell infiltration but has no effect on edema forming. Conclusion: These results suggest another pathway in the development of lung injury following envenomation with Aam or Aah venom.(AU)
Descritores: Pneumonia/fisiopatologia
Atropina/farmacologia
Venenos de Escorpião/envenenamento
1-Propanol/farmacologia
-Venenos de Escorpião
Acetilcolina
Citocinas
Limites: Animais
Masculino
Camundongos
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação



página 1 de 166 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde