Base de dados : LILACS
Pesquisa : C10.228.140.631.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 21 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 21 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-881355
Autor: Gonzaga, Carolina.
Título: Encefalopatia hipertensiva. Fisiopatologia e abordagem terapêutica / Hypertensive encephalopathy. Pathophysiology and therapeutic approach
Fonte: Rev. bras. hipertens;21(3):148-151, jul.-set.2014.
Idioma: pt.
Resumo: A encefalopatia hipertensiva inclui-se dentre as emergências hipertensivas, ou seja, situação clínica caracterizada por elevação pressórica acentuada com lesão aguda progressiva em órgão-alvo, com maior risco de óbito, exigindo imediata redução da pressão arterial com agentes aplicados por via parenteral. Na emergência hipertensiva, ocorre elevação abrupta da pressão arterial ocasionando, em território cerebral, perda da autorregulação do fluxo sanguíneo e evidências de lesão vascular, com quadro clínico de encefalopatia hipertensiva, lesões hemorrágicas dos vasos da retina e papiledema. Na presença de elevação acentuada da pressão arterial é fundamental a identificação de lesões agudas de órgãos-alvo e o diagnóstico apropriado e precoce das emergências hipertensivas. Confirmado o diagnóstico de da encefalopatia hipertensiva e avaliadas outras condições clínicas associadas, o tratamento deve ser prontamente instituído, em unidade de terapia intensiva, preferencialmente com nitroprussiato de sódio endovenoso, mas tomando-se o cuidado para diminuição gradativa da pressão, e não necessariamente a sua normalização, com o objetivo de se evitar complicações isquêmicas.

Hypertensive encephalopathy is included among the hypertensive emergencies, that is, a clinical condition characterized by severe blood pressure elevation with acute progressive damage to the target organ, with higher risk of death, requiring immediate reduction of blood pressure with agents via parenteral application. In hypertensive emergency patients, an abrupt rise in blood pressure occurs, resulting in loss of autoregulation of blood flow and evidence of vascular injury, with clinical findings of hypertensive encephalopathy, hemorrhagic lesions of retinal vessels and papilledema in the cerebral area. In the presence of a marked elevation of blood pressure, it is essential to identify acute damages to target organs,and to diagnosis hypertensive emergencies appropriately andearly. Once the hypertensive encephalopathy diagnosis is confirmed and other associated clinical conditions are assesses, treatment should be promptly instituted in the intensive care unit, preferably with sodium nitroprusside, with special attention to keeping a gradual decrease in blood pressure, and not necessarily lowering it below the normal range, in order to prevent ischemic complications.
Descritores: Encefalopatia Hipertensiva/fisiopatologia
Hipertensão
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  2 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Uruguai
Texto completo
Id: biblio-950137
Autor: Gamio, Beatriz; Rodríguez, Andrea; Pandolfo, Soledad; Giachetto, Gustavo; Cerisola, Alfredo; Kanopa, Virginia.
Título: Encefalopatía posterior reversible en el curso de una emergencia hipertensiva, serie de cuatro niños hospitalizados en el Centro Hospitalario Pereira Rossell / Posterior reversible encephalopathy during a hypertensive emergency in 4 children hospitalized at the Pereira Rossell Pediatric Hospital / Encefalopatia reversível durante uma emergência hipertensiva em 4 crianças hospitalizadas no Centro Hospitalar Pereira Rossell
Fonte: Arch. pediatr. Urug;89(3):171-178, jun. 2018. tab, ilus.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: la encefalopatía posterior reversible (PRES) es un complejo sindromático caracterizado por cefaleas, crisis epilépticas, trastornos visuales y alteración del sensorio asociado a cambios en la sustancia blanca de lóbulos occipitales y parietales en la resonancia nuclear magnética. Se relaciona con diversas causas que provocan edema cerebral, entre las que se destaca la hipertensión arterial (HTA) y los tratamientos inmunosupresores. Descripción de casos: se incluyeron cuatro niños hospitalizados entre el 1 de enero de 2005 y el 31 de diciembre de 2015 en el Centro Hospitalario Pereira Rossell. La mediana de edad fue 11,5 años. La manifestación clínica inicial en tres de los cuatro pacientes fue disnea y edemas generalizados. Todos presentaron hipertensión endocraneana y convulsiones generalizadas. La tomografía computada fue la primera imagen solicitada en todos los pacientes, evidenciado lesiones hipodensas córtico-subcorticales occipitales, parietales y frontales. Se realizó resonancia magnética en tres casos con hallazgos característicos. Todos presentaron síndrome nefrítico con cifras de tensión arterial mayores al P99, insuficiencia renal reversible, disminución de C3 y aumento del antiestreptolisina O (AELO). El control de HTA requirió politerapia en unidad de cuidado crítico. Ninguno presentó secuelas neurológicas. Conclusiones: la PRES es una asociación o manifestación poco habitual de la emergencia hipertensiva. Es necesaria la sospecha e identificación por parte del pediatra con el fin de realizar un abordaje terapéutico adecuado y precoz.

Introduction: posterior reversible encephalopathy (PRES) is a complex syndrome characterized by headaches, epileptic seizures, visual disturbances and sensorial alterations associated to changes of white matter in parieto-occipital regions shown in magnetic nuclear resonance. It is linked to various causes that provoke cerebral edema including arterial hypertension (AH) and immunosuppressive treatments. Clinical cases: 4 children admitted between January 1st, 2005 and December 31st, 2015 at the Pereira Rossell Pediatric Hospital. Median age: 11.5 years. The initial clinical manifestation in 3 of 4 patients was dyspnea and generalized edema. All of them presented endocranial hypertension and generalized convulsions. CT was the first requested image to all patients, and it was clear that all of them had experienced occipital cortical-subcortical, parietal and frontal hypodense lesions. In three of the cases we performed a Magnetic Resonance that showed typical findings. All of them presented nephritic syndrome with arterial hypertension over P99, reversible renal failure, a decrease of C3 and an increase of Antistreptolysin O (AELO). HTA control required polytherapy at the critical care unit. None of them presented neurological sequelae. Conclusions: PRES is an association or unusual manifestation of hypertensive emergency. Early detection by pediatricians seems essential to provide an appropriate therapeutic approach.

Introdução: a encefalopatia posterior reversível (PRES) é uma síndrome complexa caracterizada por dores de cabeça, convulsões epilépticas, distúrbios visuais e alterações sensoriais associadas à mudança da substância branca nas regiões parieto-occipitais observadas na ressonância magnética nuclear. Está ligada a várias causas que provocam o edema cerebral, incluindo hipertensão arterial (HA) e tratamentos imunossupressores. Casos clínicos: 4 crianças internadas entre 1º de janeiro de 2005 e 31 de dezembro de 2015 no Hospital Pediátrico Pereira Rossell. Idade mediana: 11,5 anos. A manifestação clínica inicial em 3 dos 4 pacientes foi dispneia e edema generalizado. Todos apresentaram hipertensão endocraniana e convulsões generalizadas. A TC foi a primeira imagem solicitada e todos os pacientes mostraram lesões occipitais corticais-subcorticais, parietais e hipodensas frontais evidentes. Em três dos casos, a Ressonância Magnética mostrou achados típicos. Todos apresentaram síndrome nefrítica com hipertensão arterial acima de P99, insuficiência renal reversível, diminuição de C3 e aumento de antiestreptolisina O (AELO). O controle de HTA requereu politerapia na unidade de terapia intensiva. Nenhum dos pacientes apresentou sequelas neurológicas. Conclusões: A PRES é uma associação ou manifestação de emergência hipertensiva pouco comum. A detecção precoce do pediatra é essencial para fornecer uma abordagem terapêutica adequada.
Descritores: Encefalopatia Hipertensiva/etiologia
Síndrome da Leucoencefalopatia Posterior/etiologia
Glomerulonefrite/diagnóstico
-Criança Hospitalizada
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Responsável: UY1.1 - BINAME - Biblioteca Nacional de Medicina


  3 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-882768
Autor: García Chervo, L(edt); Solernou, V(edt); Pereira, G(edt).
Título: Hipertensión arterial / Arterial hypertension
Fonte: Med. infant;23(2):175-182, junio 2016. tab, ilus.
Idioma: es.
Descritores: Glomerulonefrite Membranoproliferativa
Hipertensão/diagnóstico
Hipertensão/tratamento farmacológico
Encefalopatia Hipertensiva/diagnóstico
Síndrome da Leucoencefalopatia Posterior
Limites: Humanos
Feminino
Criança
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR305.1 - SID - Servicio de Información y Documentación


  4 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-881354
Autor: Yugar-Toledo, Juan Carlos; Cosenso-Martin, Luciana Neves; Vilela-Martin, José Fernando.
Título: Aspectos fisiopatológicos e clínicos das emergências hipertensivas / Pathophysiology and clinical aspects of hypertensive emergencies
Fonte: Rev. bras. hipertens;21(3):140-147, jul.-set.2014.
Idioma: pt.
Resumo: Esta revisão objetivou descrever aspectos fisiopatológicos, epidemiológicos e clínicos das emergências hipertensivas (EHs). Para isso, caracterizou a emergência e a urgência hipertensiva dentro do contexto da crise hipertensiva (CH), discutiu aspectos fisiopatológicos da elevação aguda da pressão arterial (PA) e o comprometimento de órgãos-alvo envolvidos nas EHs; expôs os fatores de risco e as condições clínicas associadas a essa manifestação e apresentou uma abordagem clínica sucinta para o correto diagnóstico. Finalmente, analisou conceitos atuais sobre o tratamento das EHs, esquematizando a conduta terapêutica

This review aimed to describe the pathophysiology, epidemiology and clinical aspects of hypertensive emergencies. It addressed hypertensive emergencies and urgencies within the context of the hypertensive crisis, discussed the pathophysiology of acute elevations of blood pressure and the involvement of target organs affected by hypertensive emergencies; it described risk factors and associated clinical conditions of this event and presented a brief clinical approach to the correct diagnosis. Finally, this report analyzed current concepts on the treatment of hypertensive emergencies outlining therapy.
Descritores: Isquemia Encefálica
Hipertensão
Encefalopatia Hipertensiva
Infarto do Miocárdio
Edema Pulmonar
Acidente Vascular Cerebral
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  5 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-881333
Autor: Sousa, Márcio Gonçalves; Passarelli Júnior, Oswaldo.
Título: Emergências hipertensivas: epidemiologia, definição e classificação / Hypertensive emergencies: epidemiology, definition and classification
Fonte: Rev. bras. hipertens;21(3):134-139, jul.-set.2014.
Idioma: pt.
Resumo: Embora vários termos tenham sido aplicados para hipertensão grave, tais como crise hipertensiva, emergências ou urgências, todos eles são caracterizados por elevações agudas da pressão arterial que podem estar associados com lesão de órgão-fim (crise hipertensiva). Práticas de tratamento variam consideravelmente por causa da falta de evidências que suportam o uso de um agente terapêutico em detrimento de outro. O objetivo desta revisão foi analisar a fisiopatologia das crises hipertensivas comumente encontradas, incluindo acidente vascular cerebral (AVC), encefalopatia hipertensiva, dissecção aórtica, edema pulmonar agudo e pré-eclâmpsia/eclâmpsia, e fornecer uma abordagem racional para o seu tratamento com base em princípios fisiopatológicos e farmacológicos relevantes.

Although various terms have been applied to severe hypertension, such as hypertensive crisis, emergencies, or urgencies, they are all characterized by acute elevations in blood pressure that may be associated with end-organ damage (hypertensive crisis). Treatment practices vary considerably to because of the lack of the evidence supporting the use of one therapeutic agent over another. The purpose of this review is to examine the pathophysiology of commonly encountered hypertensive crises, including stroke, hypertensive encephalopathy, aortic dissection, acute pulmonary edema and preeclampsia/eclampsia and to provide a rational approach to their treatment based upon relevant pathophysiologic and pharmacologic principles
Descritores: Hipertensão
Encefalopatia Hipertensiva
Retinopatia Hipertensiva
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  6 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-848519
Autor: Furlani, Andrea Cangiani; Colodetti, Raíza; Cesar, Maria Cristina; Drager, Luciano Ferreira.
Título: Encefalopatia hipertensiva / Hypertensive encephalopathy
Fonte: In: Soeiro, Alexandre de Matos; Leal, Tatiana de Carvalho Andreucci Torres; Oliveira Junior, Múcio Tavares de; Kalil Filho, Roberto. Manual da condutas da emergência do InCor: cardiopneumologia / IInCor Emergency Conduct Manual: Cardiopneumology. São Paulo, Manole, 2017. p.787-787.
Idioma: pt.
Descritores: Hipertensão Maligna/tratamento farmacológico
Encefalopatia Hipertensiva/patologia
Unidades de Terapia Intensiva/classificação
-Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial/métodos
Hidralazina/administração & dosagem
Labetalol/administração & dosagem
Espectroscopia de Ressonância Magnética
Nitroglicerina/administração & dosagem
Nitroprussiato/administração & dosagem
Tomografia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Livro-Texto
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  7 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-833670
Autor: Ribeiro, Renato Niemeyer de Freitas; Martins, Wolney de Andrade; Ribeiro, Bruno Niemeyer de Freitas.
Título: Raro Caso de Crise Hipertensiva Secundária à Epilepsia Diencefálica / Rare Case of Hypertensive Crisis Secondary to Diencephalic Epilepsy
Fonte: Int. j. cardiovasc. sci. (Impr.);30(1):f:95-l:97, jan.-fev. 2017. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Epilepsia/complicações
Hipertensão/complicações
Hipertensão/terapia
Encefalopatia Hipertensiva/complicações
-Anti-Hipertensivos/administração & dosagem
Diagnóstico Diferencial
Eletroencefalografia/métodos
Enalapril
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  8 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-771047
Autor: Lee, Meng-Luen; Chiu, Ing-Sh; Yang, Albert D.
Título: Middle Aortic Syndrome Treated by Implantation of an Advanta V12 Large Diameter Stent / Síndrome da Aorta Média Tratada por Implantação de um Stent de Grande Diâmetro Advanta V12
Fonte: Arq. bras. cardiol;106(1):73-75, Jan. 2016. graf.
Idioma: pt.
Descritores: Aorta Torácica/cirurgia
Doenças da Aorta/cirurgia
Stents
-Aortografia
Aorta Torácica/patologia
Coartação Aórtica/patologia
Coartação Aórtica/cirurgia
Doenças da Aorta/patologia
Encefalopatia Hipertensiva/patologia
Desenho de Prótese
Síndrome
Tomografia Computadorizada por Raios X
Resultado do Tratamento
Limites: Criança
Feminino
Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 21 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-737465
Autor: Bortolotto, Luiz Aparecido.
Título: Urgência e emergência hipertensiva / Hypertensive urgency and emergency
Fonte: In: Bortolotto, Luiz Aparecido; Consolim-Colombo, Fernanda Marciano; Giorgi, Dante Marcelo Artigas; Lima, José Jayme Galvão; Irigoyen, Maria Claudia da Costa; Drager, Luciano Ferreira. Hipertensão arterial: bases fisiopatológicas e prática clínica. São Paulo, Atheneu, 2013. p.545-564.
Idioma: pt.
Descritores: Acidente Vascular Cerebral/complicações
Angina Instável/complicações
Encefalopatia Hipertensiva/tratamento farmacológico
Hipertensão/complicações
Hipertensão/patologia
Hipertensão/terapia
Infarto do Miocárdio/diagnóstico
-Comorbidade
Captopril/administração & dosagem
Cateterismo Cardíaco/métodos
Ecocardiografia
Eletrocardiografia
Eclampsia/prevenção & controle
Cefaleia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Livro-Texto
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt
BR44.1


  10 / 21 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-730200
Autor: Oigman, Wille.
Título: Sinais e sintomas em hipertensão arterial / Signs and symptoms of hypertension
Fonte: J. bras. med;102(5), set.-out. 2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A hipertensão arterial humana primária ou essencial abrange, na sua maioria, indivíduos no estágio I (pressão arterial sistólica [PAS] entre 140 e 160mmHg e pressão arterial diastólica [PAD] entre 90 e 100mmHg) e mesmo em estágios mais avançados (estágio II - PAS até 180mmHg, PAD até 110mmHg). Assintomática por muitos anos, tem sido cunhada como "o matador silencioso". Os sintomas e sinais mais frequentemente observados nos indivíduos hipertensos estão associados à hipertensão arterial de origem secundária ou são consequência da duração e gravidade do comprometimento dos órgãos-alvo (coração, cérebro, rim, olhos e vasos arteriais)...

The primary human arterial hypertension or essential cover mostly individuals in stage I (systolic blood pressure [SBP] between 140 and 160mmHg and diastolic blood pressure [DBP] between 90 and 100mmHg) and even in the most advanced stages (stage II - PAS until 180mmHg, PAD until 110mmHg). Asymptomatic for many years, it has been named as "the silent killer". The symptoms and signals more frequently observed in hypertensive individuals are related to arterial hypertension that has secondary orign or being consequence due duration and gravity of target organ which were affected (heart, brain, kidney, eyes and anterial vessels)...
Descritores: Cefaleia/etiologia
Encefalopatia Hipertensiva/diagnóstico
Hipertensão/diagnóstico
-Disfunções Sexuais Fisiológicas
Feocromocitoma/diagnóstico
Hiperaldosteronismo/diagnóstico
Insuficiência Renal Crônica/diagnóstico
Síndrome de Cushing/diagnóstico
Órgãos-Alvo
Transtornos da Visão/etiologia
Vômito
Vertigem/etiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1365.1 - Biblioteca Biomédica A - CB/A



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde