Base de dados : LILACS
Pesquisa : C10.574 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 196 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 20 ir para página                         

  1 / 196 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-1094085
Autor: Ugalde, Felipe Hernández; Martínez Leyva, Grecia; Blanco Pereira, María Elena; Pérez García, Aralys; Rocha Hernández, Ketia.
Título: El preembrión humano: ¿destrucción o vida? / The human pre-embryo: destruction or life?
Fonte: Rev. medica electron;41(3):770-774, mayo.-jun. 2019.
Idioma: es.
Descritores: Doenças Neurodegenerativas
Destinação do Embrião/ética
Tecnologia Biomédica
Técnicas de Reprodução Assistida
Valor da Vida
Pesquisas com Embriões/ética
Início da Vida Humana
Doenças Genéticas Inatas
-Doença de Parkinson/terapia
Biotecnologia/normas
Leucemia/terapia
Diabetes Mellitus/terapia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: CU424.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas


  2 / 196 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-844188
Autor: Longaray, Vanessa K; Padoan, Carolina S; Goi, Pedro D; da Fonseca, Rodrigo C; Vieira, Daniel C; Oliveira, Francine H de; Kapczinski, Flávio; Magalhães, Pedro V.
Título: Frequency of brain tissue donation for research after suicide
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;39(2):180-182, Apr.-June 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Objectives: To describe the frequency of brain tissue donation for research purposes by families of individuals that committed suicide. Methods: All requests for brain tissue donation to a brain biorepository made to the families of individuals aged 18-60 years who had committed suicide between March 2014 and February 2016 were included. Cases presenting with brain damage due to acute trauma were excluded. Results: Fifty-six cases of suicide were reported. Of these, 24 fulfilled the exclusion criteria, and 11 others were excluded because no next of kin was found to provide informed consent. Of the 21 remaining cases, brain tissue donation was authorized in nine (tissue fragments in seven and the entire organ in two). Conclusions: Donation of brain tissue from suicide cases for research purposes is feasible. The acceptance rate of 42.8% in our sample is in accordance with international data on such donations, and similar to rates reported for neurodegenerative diseases.
Descritores: Suicídio/estatística & dados numéricos
Doadores de Tecidos/estatística & dados numéricos
Encéfalo/anatomia & histologia
Pesquisa Biomédica/estatística & dados numéricos
-Autopsia/estatística & dados numéricos
Bancos de Tecidos/estatística & dados numéricos
Brasil
Doenças Neurodegenerativas/patologia
Consentimento Livre e Esclarecido/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 196 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1038762
Autor: Souza, Giovana Aparecida Dias de; Gozzer, Marina Mendes; Cola, Paula Cristina; Onofri, Suely Mayumi Motonaga; Gonçalves da Silva, Roberta.
Título: Desempenho longitudinal da deglutição orofaríngea na distrofia miotônica tipo 1 / Longitudinal performance of swallowing in myotonic dystrophy type 1
Fonte: Audiol., Commun. res;24:e2114, 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Este estudo teve por objetivo descrever o desempenho longitudinal da deglutição orofaríngea em indivíduo com distrofia miotônica tipo 1. Estudo de caso único de indivíduo de 66 anos, sexo masculino, com diagnóstico neurológico em 2010. Realizou a primeira avaliação clínica e objetiva da deglutição após quatro anos do diagnóstico neurológico. Foram realizadas sete avaliações objetivas da deglutição, por meio de videoendoscopia de deglutição, nas consistências pastosa, líquida espessada e líquida, com 3, 5, 10 ml, durante o processo de diagnóstico e gerenciamento da deglutição, por um ano e dois meses. Foram analisados sensibilidade laríngea, escape oral posterior, resíduos faríngeos, por meio da Yale Pharyngeal Residue Severity Rating Scale, penetração laríngea e/ou aspiração laringotraqueal, com aplicação da Penetration-Aspiration Scale (PAS). Constatou-se, durante o período de estudo, que não houve alteração na sensibilidade laríngea. Escape oral posterior, resíduos faríngeos e penetração laríngea estiveram presentes desde o início das avaliações objetivas. Após quatro meses da primeira avaliação, na consistência pastosa, o nível de resíduos faríngeos passou de vestígio residual para moderado, em recessos piriformes, já em valéculas, e o aumento no índice da gravidade evidenciou-se no último mês. Houve aumento na PAS em todas as consistências de alimento testadas. A presença de aspiração laringotraqueal ocorreu com líquido ralo, no último mês. Durante o período de acompanhamento da deglutição orofaríngea na distrofia miotônica tipo 1, os resíduos faríngeos e a penetração laríngea estiveram presentes desde o início das avaliações, porém, a aspiração laringotraqueal somente ocorreu no último mês do acompanhamento, com líquido ralo.

ABSTRACT The purpose of the present study was to describe the longitudinal performance of oropharyngeal swallowing in individuals with type 1 myotonic dystrophy. A single case report of a 66-year-old man with a neurological diagnosis in 2010. He was submitted to his first clinical and objective evaluation of swallowing four years after the neurological diagnosis. Seven objective evaluations of swallowing were performed by fiberopitic endoscopic evaluation of swallowing using pureed food, thickened liquid and liquid consistencies (3, 5, and 10 ml) during the diagnosis and management of swallowing over a period of one year and two months. Laryngeal sensitivity, oral spillage and pharyngeal residues were evaluated using the Yale Pharyngeal Residue Severity Rating Scale, and laryngeal penetration and/or laryngotracheal aspiration were determined using the Penetration-Aspiration Scale (PAS). No change in laryngeal sensitivity was observed during the study period, whereas oral spillage, pharyngeal residues and laryngeal penetration were observed since the beginning of the objective evaluations. Four months after the first evaluation, the level of pharyngeal residues of pureed consistency changed from trace to moderate in piriform recess, and in the vallecula the increase in the severity index was demonstrated in the last month. There was an increase in PAS score for all consistencies tested. Laryngotracheal aspiration occurred with thin liquid in the last month. During the follow-up of oropharyngeal swallowing in myotonic dystrophy type 1, pharyngeal residues and laryngeal penetration were present since the beginning of the evaluations, but laryngotracheal aspiration occurred only in the last month of follow-up and with thin liquid.
Descritores: Orofaringe/diagnóstico por imagem
Transtornos de Deglutição/fisiopatologia
Transtornos de Deglutição/diagnóstico por imagem
Endoscopia
Distrofia Miotônica
-Estudos Longitudinais
Debilidade Muscular
Doenças Neurodegenerativas
Limites: Humanos
Masculino
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  4 / 196 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-508993
Autor: Salinas, Daniel; Lewin, Sara; Perna Ramos, Abayubá; Salamano, Ronald; Ketzoian Aparikian, Carlos N; Rodríguez, Ma. Mirta; Mañana Sosa, Graciela E; Verengo, Luis.
Título: Enfermedades prionicas en el ser humano en el Uruguay: registro de los últimos 20 años / Prion diseases in the human being in Uruguay: record of the last 20 years
Fonte: Arch. med. interna (Montevideo);29(1):8-13, mar. 2007. tab, graf.
Idioma: es.
Conferência: Apresentado em: Rodríguez, Ma. Mirta, Apresentado em: Mañana Sosa, Graciela E, Montevideo, mar. 2007.
Projeto: Vernengo, Luis. Enfermedades prionicas en el ser humano en el Uruguay: registro de los últimos 20 años.
Descritores: Doenças Neurodegenerativas/epidemiologia
Doenças Priônicas/complicações
Doenças Priônicas/epidemiologia
Síndrome de Creutzfeldt-Jakob/diagnóstico
Síndrome de Creutzfeldt-Jakob/epidemiologia
-Uruguai
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: UY1.1 - BINAME - Biblioteca Nacional de Medicina


  5 / 196 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-895453
Autor: Yun, Chae-Hee; Jeong, Byung-Hoon.
Título: Calcium homeostasis modulator 1 ( CALHM1 ) polymorphisms in cattle
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(6):582-586, jun. 2017. tab, ilus.
Idioma: en.
Projeto: Ministry of Education, Science and Technology.
Resumo: The calcium homeostasis modulator 1 gene (CALHM1), which is located on chromosome 10 in humans and on chromosome 26 in cattle, is a transmembrane glycoprotein that controls the cytosolic calcium concentrations. Altered calcium homeostasis has been associated with several neurodegenerative disorders, including Alzheimer's disease (AD). In a recent study, single nucleotide polymorphisms (SNPs) of CALHM1 have been associated with sporadic Creutzfeldt-Jakob disease (CJD). The protein sequence of human CALHM1 shows 93% homology with bovine CALHM1. Although SNPs of human CALHM1 have been correlated with human prion disease, polymorphisms of the bovine CALHM1 gene have not been reported in cattle thus far. To investigate polymorphisms of the bovine CALHM1 gene in Korean native cattle, we analyzed the open reading frame (ORF) of this gene in 175 Hanwoo and 141 Holstein cattle. We observed five SNPs: c.219C>T (rs380966453), c.357C>T (rs385969338), and c.869A>G (rs516301908) within the ORF region of two exons; and c.552+92A>G (rs481706737) and c.553-3A>C (rs448524869) in the intron of bovine CALHM1. Among the three SNPs that are in the ORF region of bovine CALHM1, the genotype and allele frequencies of the c.869A>G (p.His290Arg) and c.219C>T (p.Asn73Asn) SNPs were significantly different between Hanwoo and Holstein cattle (P<0.0001). Haplotype analysis showed that haplotypes ht2, ht3 and ht5 were also significantly different in these two cattle breeds. This study provides the first genetic analysis of the bovine CALHM1 gene in cattle.(AU)
Descritores: Glicoproteínas
Canais de Cálcio
Doenças Neurodegenerativas/veterinária
Polimorfismo de Nucleotídeo Único
Homeostase
-Doenças Priônicas/veterinária
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 196 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
ANGHINAH, RENATO
Texto completo
Id: lil-538886
Autor: Kanda, Paulo Afonso de Medeiros(org); Anghinah, Renato(org); Smidth, Magali Taino(org); Silva, Jorge Mario(org).
Título: The Clinical use of quantitative EEG in cognitive disorders / A utilização clínica do EEG quantitativo nos transtornos cognitivos
Fonte: Dement. neuropsychol;3(3), Sept. 2009.
Idioma: pt.
Resumo: Abstract: The primary diagnosis of most cognitive disorders is clinically based, but the EEG plays a role in evaluating, classifying and following some of these disorders. There is an ongoing debate over routine use of qEEG. Although many findings regarding the clinical use of quantitative EEG are awaiting validation by independent investigators while confirmatory clinical follow-up studies are also needed, qEEG can be cautiously used by a skilled neurophysiologist in cognitive dysfunctions to improve the analysis of background activity, slow/fast focal activity, subtle asymmetries, spikes and waves, as well as in longitudinal follow-ups.

Resumo: O uso clínico do EEG Quantitativo nas doenças cognitivas. O diagnóstico das doenças cognitivas geralmente é clínico mas o EEG é importante como exame auxiliar na avaliação, diagnóstico e classificação de algumas delas. O debate atual refere-se ao uso clínico do EEGq. Embora muitos achados no EEGq ainda aguardem validação, o EEGq pode ser usado cautelosamente em situações específicas e por um neurofisiologista experiente. Nas doenças cognitivas ele pode contribuir na análise da atividade de base, em atividades focais lentas ou rápidas, assimetrias sutís, pontas e ondas e no acompanhamento longitudinal dos pacientes.
Descritores: Mapeamento Encefálico
Doenças Neurodegenerativas
Eletroencefalografia/estatística & dados numéricos
Senso de Coerência
Transtornos Mentais
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  7 / 196 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-751399
Autor: Matioli, Maria Niures PS; Nitrini, Ricardo.
Título: Mechanisms linking brain insulin resistance to Alzheimer's disease / Mecanismos que ligam a resistência insulínica cerebral à doença de Alzheimer: uma breve revisão
Fonte: Dement. neuropsychol;9(2):96-102, Apr-Jun/2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT. Several studies have indicated that Diabetes Mellitus (DM) can increase the risk of developing Alzheimer's disease (AD). This review briefly describes current concepts in mechanisms linking DM and insulin resistance/deficiency to AD. Insulin/insulin-like growth factor (IGF) resistance can contribute to neurodegeneration by several mechanisms which involve: energy and metabolism deficits, impairment of Glucose transporter-4 function, oxidative and endoplasmic reticulum stress, mitochondrial dysfunction, accumulation of AGEs, ROS and RNS with increased production of neuro-inflammation and activation of pro-apoptosis cascade. Impairment in insulin receptor function and increased expression and activation of insulin-degrading enzyme (IDE) have also been described. These processes compromise neuronal and glial function, with a reduction in neurotransmitter homeostasis. Insulin/IGF resistance causes the accumulation of AßPP-Aß oligomeric fibrils or insoluble larger aggregated fibrils in the form of plaques that are neurotoxic. Additionally, there is production and accumulation of hyper-phosphorylated insoluble fibrillar tau which can exacerbate cytoskeletal collapse and synaptic disconnection.

RESUMO. Atualmente, muitos estudos têm indicado que o Diabetes Mellitus (DM) pode aumentar o risco de desenvolver doença de Alzheimer (DA). Esta revisão tem o objetivo de descrever brevemente os conceitos atuais sobre os mecanismos que associam DM, resistência/deficiência de insulina à DA. Resistência à insulina/fator de crescimento similar à insulina (IGF) pode contribuir para a neurodegeneração através de vários mecanismos os quais envolvem: déficit metabólico e energético, prejuízo na função do transportador de glicose-4, estresse oxidativo e do retículo endoplasmático, disfunção mitocondrial, acúmulo de AGEs, ROS e RNS com aumento na produção da neuro-inflamação e ativação da cascata pró-apoptóptica. Prejuízo na função do receptor de insulina, aumento na expressão e ativação da enzima de degradação da insulina (EDI) também têm sido descritos. Esses processos comprometem a função neuronal e glial, com redução da homeostase de neurotransmissor. Resistência à insulina/IGF causa acúmulo de fibrilas de oligômeros de PPßA-ßA e grandes agregados fibrilares insolúveis em forma de placas que são neurotóxicos. Adicionalmente, há produção e acúmulo de fibrilas insolúveis de tau hiperfosforilada que podem exacerbar o colapso do citoesqueleto e a desconexão sináptica.
Descritores: Resistência à Insulina
Doenças Neurodegenerativas
Diabetes Mellitus
Doença de Alzheimer
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  8 / 196 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-743725
Autor: Christianne Martins Corrêa, da Silva Bahia; João Santos, Pereira.
Título: Obstructive sleep apnea and neurodegenerative diseases: a bidirectional relation / Relação entre apneia obstrutiva do sono e doenças neurodegenerativas: uma via de mão dupla
Fonte: Dement. neuropsychol;9(1), mar. 2015.
Idioma: en.
Resumo: Sleep disorders are common during the clinical course of the main neurodegenerative diseases. Among these disorders, obstructive sleep apnea has been extensively studied in the last decade and recent knowledge regarding its relationship with the neurodegenerative process points a bidirectional relationship. Neurodegenerative diseases can lead to functional changes in the respiratory system that facilitate the emergence of apnea. On the other hand, obstructive sleep apnea itself can lead to acceleration of neuronal death due to intermittent hypoxia. Considering that obstructivesleep apnea is a potentially treatable condition, its early identification and intervention could have a positive impact on the management of patients with neurodegenerative diseases.

Os distúrbios do sono são comuns ao longo do curso clínico das principais doenças neurodegenerativas. Dentre estes, a apneia obstrutiva do sono tem sido muito estudada na última década e avanços no conhecimento sobre suarelação com o processo neurodegenerativo tem apontando para uma relação bidirecional. As doenças neurodegenerativas podem levar a alterações funcionais no sistema respiratório que facilitam o surgimento da apneia, assim como, a própria apneia obstrutiva do sono, ao causar hipóxia intermitente, parece acarretar na aceleração do processo de morte neuronal.Considerando que a apneia obstrutiva do sono é uma condição potencialmente tratável, sua identificação e intervenção precoces podem ter impacto positivo no manejo de pacientes com doenças neurodegenerativas.
Descritores: Transtornos do Sono-Vigília
Doenças Neurodegenerativas
Apneia Obstrutiva do Sono
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  9 / 196 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-743724
Autor: Rodriguez, Roberta Diehl; Grinberg, Lea Tenenholz.
Título: Argyrophilic grain disease: an underestimated tauopathy / Doença com grãos argirofílicos: uma taupatia subestimada
Fonte: Dement. neuropsychol;9(1), mar. 2015.
Idioma: en.
Resumo: Argyrophilic grain disease (AGD) is an under-recognized, distinct, highly frequent sporadic tauopathy, with a prevalence reaching 31.3% in centenarians. The most common AGD manifestation is slowly progressive amnestic mild cognitive impairment, accompanied by a high prevalence of neuropsychiatric symptoms. AGD diagnosis can only be achievedpostmortem based on the finding of its three main pathologic features: argyrophilic grains, oligodendrocytic coiled bodies and neuronal pretangles. AGD is frequently seen together with Alzheimer?s disease-type pathology or in association with other neurodegenerative diseases. Recent studies suggest that AGD may be a defense mechanism against the spread ofother neuropathological entities, particularly Alzheimer?s disease. This review aims to provide an in-depth overview of the current understanding on AGD.

A doença com grãos argirofílicos (DGA) é uma taupatia esporádica distinta, bastante frequente, porém pouco reconhecida com uma prevalência atingindo 31,3% em centenários. A manifestação clínica mais comum da DGA é de um comprometimento cognitivo de lenta evolução associado a uma alta prevalência de sintomas psiquiátricos. O diagnóstico de DGA é possível somente com a análise do encéfalo post-mortem com os achados das três principais alterações patológicas: grãos argirofílicos, corpúsculos em embrião e pré- emaranhados neuronais. A DGA é, frequentemente, associada com alterações patológicas do tipo Alzheimer. Estudos recentes sugerem a AGD como um mecanismo de defesa contra a propagação de outras alterações neuropatológicas, em especial a doença de Alzheimer. Essa revisão almeja proporcionar uma visão geral do conhecimento atual sobre a DGA.
Descritores: Patologia
Doenças Neurodegenerativas
Demência
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  10 / 196 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1024040
Autor: Jotz, Geraldo Pereira.
Título: Adult Swallowing Disorders: Focus on Quality of Life
Fonte: Int. arch. otorhinolaryngol. (Impr.);23(4):371-372, Out.-Dez. 2019.
Idioma: en.
Descritores: Qualidade de Vida
Transtornos de Deglutição/fisiopatologia
-Envelhecimento
Transtornos de Deglutição/etiologia
Doenças Neurodegenerativas/complicações
Neoplasias de Cabeça e Pescoço/complicações
Limites: Adulto
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação



página 1 de 20 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde