Base de dados : LILACS
Pesquisa : C10.597.606.150 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 137 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 14 ir para página                         

  1 / 137 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1254695
Autor: Severo, Amanda Holanda.
Título: Revisão de conteúdo do diagnóstico de enfermagem comunicação verbal prejudicada em pacientes com Esclerose Lateral Amiotrófica / Review of contents of nursing diagnosis impaired verbal communication in patients with Amyotrophic Lateral Sclerosis.
Fonte: Fortaleza; s.n; jul. 2016. 230 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O estudo tem por objetivo revisar o conteúdo do diagnóstico de enfermagem Comunicação Verbal Prejudicada em pacientes com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), fundamentandose em questionamento quanto à adequação da definição do diagnóstico, das características definidoras (CD) e dos fatores relacionados (FR) bem como quanto à existência de outros indicadores clínicos, além dos já definidos pela NANDA-I. A revisão de conteúdo foi realizada utilizando-se a primeira etapa do Modelo de Lopes, Silva e Araujo (2012) para a revisão de diagnósticos de enfermagem denominada Análise de conceito. Para a execução da Análise de conceito utilizou-se a revisão integrativa da literatura baseada no método de Whittemore e Knafl (2005) a partir de seis bases de dados (PUBMED, SCOPUS, COCHRANE, SCIENCE DIRECT, LILACS e CINAHL), com os seguintes descritores: Esclerose amiotrófica lateral and Transtornos da comunicação e seus respectivos em inglês e espanhol. Após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão restaram 21 estudos que subsidiaram a análise do conceito. Diante desses 21 estudos selecionados aplicou-se o método da análise de conceito de Walker e Avant (2011) que subsidiou a elaboração da definição do conceito Comunicação verbal prejudicada, dos FR e CD para pacientes com ELA. Esse processo de revisão conduziu aos seguintes resultados, recomenda-se a definição: refere-se ao prejuízo na produção da fala, da voz ou da escrita devido a problema em transmitir e/ou compreender uma mensagem. A proposta da análise de conceito incorpora dezesseis FR, a saber: "degeneração de neurônios motores"; "traqueostomia"; "labilidade emocional"; "dispnéia"; "paresia muscular espástica facial"; "paresia muscular flácida facial"; "paresia da língua"; "velocidade da língua reduzida"; "hiperadução de pregas vocais"; "hipoadução de pregas vocais"; "fraqueza da musculatura respiratória"; "incompetência velofaringea"; "atrofia muscular da língua"; "fasciculações na língua"; "sialorréia"; "déficits cognitivos". Os três primeiros são os fatores relacionados que já compõem a taxonomia II. O quarto fator relacionado corresponde ao que é posicionado na NANDA-I dentro das características definidoras. Com relação às CD, recomenda-se a incorporação de doze, a saber: "disartria"; "diminuição da capacidade e/ou disposição para interação soc ial"; "afasia"; "anartria"; "disgrafia"; "agrafia"; "fadiga de conversação"; "prejudicada inteligibilidade da fala"; "declínio da taxa de falar"; "redução da produtividade do discurso"; "comunicação aumentativa e alternativa"; "emoções negativas". As três primeiras já compõem a taxonomia II da NANDA-I, sendo que se propõe a modificação da nomeação de "dificuldade para formar palavras" para "disartria", "recusa em falar" para "diminuição da capacidade e/ou disposição para interação social" e "dificuldade para expressar verbalmente os pensamentos" para "afasia". Considera-se que o processo de revisão de conteúdo subsidiou uma direção para a eficiência diagnóstica de indicadores clínicos de Comunicação Verbal Prejudicada, contribuindo com o refinamento e o aprimoramento desse diagnóstico e de seus componentes presentes na taxonomia II da NANDA-I. Porém, faz-se ainda necessária a realização da validação por especialistas e da validação clínica para a acurácia dos resultados encontrados. Assim, é imprescindível à enfermagem apropriar-se desse diagnóstico em diferentes contextos para uma assistência de enfermagem mais segura e com vistas a amplificar o conhecimento e a autonomia profissional.
Descritores: Diagnóstico de Enfermagem
Enfermagem
Transtornos da Comunicação
Estudos de Validação como Assunto
Esclerose Amiotrófica Lateral
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  2 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-974904
Autor: Lima Antão, Jennifer Yohanna Ferreira de; Oliveira, Acary Souza Bulle; Almeida Barbosa, Renata Thaís de; Crocetta, Tânia Brusque; Guarnieri, Regiani; Arab, Claudia; Massetti, Thaís; Antunes, Thaiany Pedrozo Campos; Silva, Alan Patrício da; Bezerra, ĺtalla Maria Pinheiro; Mello Monteiro, Carlos Bandeira de; Abreu, Luiz Carlos de.
Título: Instruments for augmentative and alternative communication for children with autism spectrum disorder: a systematic review
Fonte: Clinics;73:e497, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Higher Education Personnel Training Coordination.
Resumo: New technologies designed to improve the communication of autistic children can also help to promote interaction processes and cognitive and social development. The aim of this study was to analyze the instruments used to improve the communication skills of children with autism spectrum disorder. We searched the PubMed and Web of Science databases using the descriptors "autism", "Asperger", "education", "children" and "assistive technology" and selected articles that met the following inclusion criteria: (i) original research; (ii) written in English; (iii) based on participants with a primary diagnosis of autism spectrum disorder; and (iv) tested an instrument designed to promote communication in children with autism spectrum disorder. Our search retrieved 811 articles, of which 34 met the inclusion criteria. Data on 26 instruments were extracted, and the measurement properties of the instruments were combined with information about their outcomes and presentation. The most commonly used interventions were the Treatment and Education of Autistic and Related Communication Handicapped Children program and the Picture Exchange Communication System. The Treatment and Education of Autistic and Related Communication Handicapped Children program was shown to produce improvements in the communication skills, socialization and self-care skills of children with autism spectrum disorder. The Picture Exchange Communication System produced inconsistent results. The results of the identified studies confirm the significant importance of these instruments in improving the communicative process of autistic children.
Descritores: Auxiliares de Comunicação para Pessoas com Deficiência
Educação de Pessoa com Deficiência Intelectual/métodos
Transtorno do Espectro Autista/reabilitação
-Reprodutibilidade dos Testes
Transtornos da Comunicação/fisiopatologia
Transtornos da Comunicação/reabilitação
Transtorno do Espectro Autista/fisiopatologia
Limites: Humanos
Criança
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1151924
Autor: Matus R, Paulina; Tapia S, Sara.
Título: Trastornos de la comunicación en personas con esclerosis múltiple e instrumentos de evaluación / Communication disorders in people with multiple sclerosis and evaluations instruments
Fonte: Rev. Hosp. Clin. Univ. Chile;32(1):52-59, 2021.
Idioma: es.
Resumo: Communication is an essential part of our social participation and the need to know how to evaluate and deal with its alterations is essential when working with people with neurological pathologies such as Multiple Sclerosis (MS). Purpose: to carry out a bibliographic review and group information related to communication problems, describing useful instruments for timely evaluation in the different areas involved. Material and method: bibliographic review related to the subject. Results: People with MS can face differents communication problems (aphasia, dysarthria or cognitive communicative disorder), it is important to have the characterization of these disorders and with tools that specifically carry out a pertinent evaluation with common language among experts. Conclusions: considering the importance of communication, its disorders as a consequence of MS and the forms of evaluation are a priority when intervening with this population. (AU)
Descritores: Transtornos da Comunicação
Esclerose Múltipla/complicações
-Afasia
Transtornos Cognitivos
Disartria
Esclerose Múltipla/fisiopatologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CL36.1 - Biblioteca Hospital Clínico


  4 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1003677
Autor: Mac-Kay, Ana Paula M G.
Título: Afasia y esquizofrenia: aspectos lingüístico-comunicativos / Aphasia and schizophrenia: linguistic-communicative aspects
Fonte: Rev. chil. neuro-psiquiatr;57(1):52-56, mar. 2019.
Idioma: es.
Resumo: Resumen La comunicación es un proceso dinámico multidimensional y que involucra contexto y sujeto. El funcionamiento del cerebro, lenguaje, audición, producción del habla, sistema estomatognático y laringe, entre otros, afecta directamente la viabilidad y calidad de la comunicación humana. Un trastorno de la comunicación de tipo cognitivo se produce por el deterioro del funcionamiento de uno o más procesos cognitivos, como atención, memoria, percepción, organización, lenguaje, procesamiento, resolución de problemas, funcionamiento ejecutivo y metacognición entre otros. La afasia es un trastorno del lenguaje, consecuente de una lesión cerebral focal, que afecta distintos aspectos de la comunicación, de la producción y de la comprensión del lenguaje oral y/o escrito. En la esquizofrenia, los trastorno del lenguaje y comunicación traen como consecuencias desventajas sustanciales porque inciden en las habilidades y relaciones interpersonales, en el reconocimiento personal, en la integración social y en el trabajo. Actualmente es importante distinguir las señales que diferencian los dos cuadros clínicos, desde una perspectiva fonoaudiológica clínica, para que la atención a el sujeto/paciente sea desarrollada con más eficiencia y la relación con otros profesionales más dinámica.

Communication is a multidimensional dynamic process that involves context and subject. The functioning of the brain, language, hearing, speech production, stomatognathic system and larynx, among others, directly affects the viability and quality of human communication. A cognitive communication disorder is caused by the deterioration of the functioning of one or more cognitive processes, such as attention, memory, perception, organization, language, processing, problem solving, executive functioning and metacognition among others. Aphasia is a language disorder, caused by a focal brain injury, which affects different aspects of communication, production and understanding of oral and / or written language. In schizophrenia, language and communication disorders are the basis of substantial disadvantages because they affect interpersonal skills and relationships, personal recognition, social integration and work. It is currently important to distinguish the signals that differentiate the two pathologies, from a speech and language pathology perspective, so that the attention to the subject/patient may be developed with more efficiency and the relationship with other professionals more dynamic.
Descritores: Afasia
Esquizofrenia
Fala
Patologia da Fala e Linguagem
Comunicação
Transtornos da Comunicação
Idioma
Limites: Humanos
Responsável: CL58.1 - Biblioteca


  5 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1234722
Autor: Ogusku, Eliana Fonseca.
Título: O discurso-saúde em hanseníase, sob o prisma da teoria estética da recepçao / ?.
Fonte: Bauru; s.n; 1995. 144 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Estadual \"Julio de Mesquita Filho\". Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicaçao para obtenção do grau de Master.
Resumo: Através do prisma da Estética da Recepçao, procura-se elucidar o percurso gerativo do sentido das mensagens relacionadas ao evento hanseníase, expresso nas condiçoes de produto dos conceitos lepra/hanseníase regidas pela evoluçao histórico-social do homem, suas reaçoes frente à doença e suas consequências para o doente e para a sociedade. Pelos conceitos em discussao busca-se situar o paciente nas diferentes formas de abordagem da problemática de controle e erradicaçao da enfermidade, adotadas pelos sistemas sociais e de saúde vigentes em cada época e em conformidade com os conhecimentos próprios destes períodos. Menciona-de intervençoes de diferentes profissionais, bem como suas contribuiçoes ao encaminhamento do indivíduo para cura e reitegraçao social
Descritores: Aceitação pelo Paciente de Cuidados de Saúde
Atitude Frente a Saúde
Atitude do Pessoal de Saúde
Auxiliares de Comunicação para Pessoas com Deficiência
Barreiras de Comunicação
Comportamentos Relacionados com a Saúde
Comunicação
Comunicação Persuasiva
Comunicação não Verbal
Confidencialidade
Saúde
Sistemas de Comunicação no Hospital
Transtornos da Comunicação
-Equipe de Enfermagem
Hanseníase/história
Responsável: BR191.1 - Biblioteca e Centro de Documentação Luiza Keffer
[{"text": "BR191.1", "_a": "WC335.18", "_b": "O9d"}]


  6 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1234721
Autor: Ogusku, Eliana Fonseca.
Título: O discurso-saúde em hanseníase sob o prisma da teoria estética da recepçao / ?.
Fonte: Bauru; s.n; 1995. 144 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Estadual Paulista para obtenção do grau de Master.
Resumo: Através do prisma da Estética da Recepçao, procura-se elucidar o percurso gerativo do sentido das mensagens relacionadas ao evento hanseníase, expresso nas condiçoes de produçao dos conceitos lepra/hanseníase regidas pela evoluçao histórico-social do homem, suas reaçoes frente à doença e suas consequências para o doente e para a sociedade. Pelos conceitos em discussao busca-se situar o paciente nas diferentes formas de abordagem da problemática de controle e erradicaçao da enfermidade, adotadas pelos sistemas sociais e de saúde vigentes em cada época e em conformidade com os conhecimentos próprios destes períodos. Menciona-se intervençoes de diferentes profissionais, bem como suas contribuiçoes ao encaminhamento do indivíduo para cura e reintegraçao social
Descritores: Barreiras de Comunicação
Comunicação
Comunicação Persuasiva
Comunicação não Verbal
Confidencialidade
Hanseníase/história
Hanseníase/psicologia
Sistemas de Comunicação no Hospital
Transtornos da Comunicação
-Equipe de Enfermagem
Hanseníase/história
Responsável: BR191.1 - Biblioteca e Centro de Documentação Luiza Keffer
[{"text": "BR191.1", "_W": "C335.18", "_b": "09d"}]


  7 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1165153
Autor: Tellechea Rotta Newra.
Título: Trastorno del espectro autista y trastorno específico del lenguaje ¿Dos entidades diferentes o un continuo de manifestaciones neuropsicológicas? / [Autism spectrum disorder and specific language disorder. Are two different entities or a continuum of neuropsychological manifestations?].
Fonte: Medicina (B.Aires);73 Suppl 1:10-5, 2013.
Idioma: es.
Resumo: Follow-up of children with delayed language development underscores the fact that, in several cases, language difficulties coexist with other symptoms such as social behavior changes. Autism spectrum disorder (ASD) and language specific disorder (LSD) are developmental disorders that are defined differently, but have some common language and social behavior characteristics which impose diagnostic difficulties. For this reason it is believed that they may share not only symptomatic but also ethiological aspects. With that in mind, we performed a literature search of works that discussed and, with their results, clarified this issue. Although several studies have allowed clearer and frequent diagnosis of both ASD and LSD, many cases persist in which the question in this article's title cannot be clearly answered, especially in children younger than two years of age.
Descritores: Transtornos Globais do Desenvolvimento Infantil/diagnóstico
Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem/diagnóstico
-Criança
Diagnóstico Precoce
Fatores Etários
Feminino
Humanos
Masculino
Transtornos Globais do Desenvolvimento Infantil/fisiopatologia
Transtornos da Comunicação/fisiopatologia
Transtornos do Comportamento Social/fisiopatologia
Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem/fisiopatologia
Tipo de Publ: Resumo em Inglês
Artigo de Revista
Revisão
Responsável: AR5.1 - Centro de Gestión del Conocimiento y las Comunicaciónes


  8 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1148401
Autor: Salazar Barra, Felipe; Tobar-Fredes, Rodrigo; Briceño Meneses, Belén; Venegas-Mahn, Macarena; Orellana Villouta, Marisis; Fuentealba Miranda, Inés; Pavez Reyes, Axel; González Varas, Ariela; Wang, Ying; Vera-González, Rocío; Vásquez Lara, Pablo; Saá-Barra, Nelson; Zúñiga Reyes, Javiera; Salgado Maldonado, Gabriel; Jiménez Rojas, Felipe; Opazo-García, Pilar; Gutiérrez Cifuentes, Edison; Heusser Sagredo, Pamela.
Título: Consideraciones clínicas para fonoaudiólogos en el tratamiento de personas con COVID-19 y traqueostomía. Parte II: Mejorando la fonación para facilitar la comunicación / Clinical considerations for speech-language pathologists in the treatment of people with COVID-19 and tracheostomy. Part II: Improving phonation to facilitate communicatio
Fonte: Rev. chil. fonoaudiol. (En línea);19:1-9, nov. 2020. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La enfermedad COVID-19 fue declarada pandemia por la Organización Mundial de la Salud. Su presentación más severa genera una condición que requiere tratamiento en unidades de cuidados intensivos, condición que al prolongarse en el tiempo requiere la implementación de una traqueostomía para facilitar la entrega de soporte ventilatorio invasivo. Si bien este dispositivo posee importantes ventajas que favorecen la recuperación y rehabilitación, también es cierto que genera diversas complicaciones en la comunicación de las personas, condición que se suma a los efectos propios del COVID-19 y la frecuente historia de intubación endotraqueal previa. El objetivo de este artículo es proveer orientaciones y herramientas clínicas para el tratamiento de la fonación para la comunicación en personas con traqueostomía y COVID-19. Se considera para ello las recomendaciones de la literatura existentes a la fecha, bajo un análisis pragmático y basado en nuestra experiencia de atender a más de 561 personas con esta condición. Se exponen las características de la comunicación en esta población, su tratamiento, consideraciones para el uso de técnicas específicas y orientaciones para la mejora de la calidad de vida. Siempre con un enfoque orientado al cuidado y protección de las/os usuarias/os y el equipo de salud, en particular fonoaudiólogas y fonoaudiólogos del país.

The COVID-19 disease was declared a pandemic by the World Health Organization. When most severe, it generates a condition that requires treatment in intensive care units, which, when extended in time, requires implementing of a tracheostomy to facilitate invasive ventilatory support. Although ventilatory support has important advantages that favor recovery and rehabilitation, it generates various complications for patients' communication, a condition that adds to the effects of COVID-19 and the frequent history of previous endotracheal intubation. The aim of this article is to provide guidance and clinical tools for the treatment of phonation to facilitate communication in people with tracheostomy and COVID-19. For this, the recommendations of the existing available literature are considered, under a pragmatic analysis and based on our experience of treating more than 561 infected patients. The characteristics of communication in this population, its treatment, considerations for the use of specific techniques and guidelines to improve quality of life are exposed. Always with an approach oriented to the care and protection of users and the health team, in particular speech-language pathologists in the country.
Descritores: Pneumonia Viral/cirurgia
Traqueostomia/efeitos adversos
Distúrbios da Voz/etiologia
Infecções por Coronavirus/cirurgia
Transtornos da Comunicação/etiologia
Fonoaudiologia/normas
-Fonação
Pneumonia Viral/complicações
Pneumonia Viral/reabilitação
Qualidade de Vida
Relações Hospital-Paciente
Distúrbios da Voz/reabilitação
Infecções por Coronavirus/complicações
Infecções por Coronavirus/reabilitação
Comunicação
Transtornos da Comunicação/reabilitação
Cuidados Críticos
Fonoaudiologia/métodos
Pandemias
Betacoronavirus
Intubação Intratraqueal
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  9 / 137 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-486682
Autor: Santana, Rosimere Ferreira; Figueiredo, Nébia Maria de Almeida; Ferreira, Márcia Assunção; Alvim, Neide Aparecida Titonelli.
Título: A formação da mensagem na comunicação entre cuidadores e idosos com demência / La formación del mensaje en la comunicación entre cuidadores y ancianos con demencia / Message formation in comunication between caregivers and elderly with dementia
Fonte: Texto & contexto enferm = Texto e contexto enfermagem;17(2):288-296, abr.-jun. 2008.
Idioma: pt.
Resumo: Pesquisa qualitativa cujos objetivos foram: descrever a formação da mensagem entre cuidadores principais e idosos com demência; e analisar os fatores que conferem a efetividade da comunicação dos cuidadores. Aplicou-se o Método Criativo Sensível com duas dinâmicas de criatividade e sensibilidade, nas quais desenvolveram-se a discussão grupal, a observação participante e a produção de imagens no decorrer de oito encontros com 25 cuidadores que freqüentaram um Núcleo de Neurogeriatria da cidade do Rio de Janeiro, de agosto de 2005 a abril de 2006. Para a organização e tratamento dos dados utilizou-se a análise de discurso. Os resultados apontaram que a formação da mensagem do cuidador ao idoso se dá pela intencionalidade da ação desejada pelos cuidadores, levando em conta três fatores para sua construção: o conteúdo, o tratamento e o código. Isso implica que os profissionais da saúde, e em especial, as enfermeiras, orientem os cuidadores a se comunicarem efetivamente.

The objectives of this qualitative research are to describe message formation between caregivers and elderly with dementia and to analyze the factors that certify the caregivers' communication effectiveness. The Sensible Creative Method was applied in two creativity and sensitivity group dynamics which developed group discussion, participative observation, and image production in eight meetings with 25 Neurogeriatric Center caregivers, in Rio de Janeiro, RJ, Brazil from August, 2005 to April, 2006. Discourse analysis was used to organize and treat the data. The results pointed out that message formation from the caregiver to the elderly is affected through the intentionality of the caregivers' desired action, considering three factors in its construction: its content, its treatment, and its code. This implies that health care professionals, especially nurses, should orient caregivers in effective communication.

Investigación cualitativa cuyos objetivos son: describir la formación del mensaje entre los cuidadores principales y los ancianos con demencia; y, analizar los factores que producen efectividad en la comunicación de los cuidadores. Para el estudio se empleó el Método Creativo Sensible con la realización de dos dinámicas de creatividad y sensibilidad, en las cuales se desarrollaron la discusión grupal, la observación participante y la producción de imágenes, en el transcurso de ocho encuentros con 25 cuidadores que frecuentan un Núcleo de Neurogeriatría, de la ciudad de Rio de Janeiro, en el período de agosto de 2005 a abril de 2006. Para el análisis de los datos se utilizó el análisis del discurso. Los resultados indicaron que la formación del mensaje del cuidador al anciano se produce por la intencionalidad de la acción deseada por los cuidadores, teniéndose en cuenta tres factores para su construcción: el contenido, la atención y el código. Eso significa que los profesionales de salud, y en especial, las enfermeras, orienten los cuidadores a comunicarse de manera efectiva.
Descritores: Saúde do Idoso
Cuidadores
Comunicação
Transtornos da Comunicação
Enfermagem Geriátrica
Limites: Humanos
Idoso
Responsável: BR17.1 - Biblioteca Setorial Centro de Ciências da Saúde (BSCCSM)


  10 / 137 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-614456
Autor: Vanegas, Blanca Cecilia; Castro, Luz Helena; Páez, Mercy Paola; Ramírez, Norlis Sulai; Salcedo, Lorena Julie.
Título: Comunicación del profesional de enfermería con pacientes que tienen dificultad en la expresión verbal por sordera / Nursing professional communication with patients who have difficulties in verbal expression because of deafness
Fonte: Rev. colomb. enferm;3(3):13-20, ago. 2008. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: El presente estudio, con abordaje cualitativo y enfoquefenomenológico, se llevó a cabo con el propósito de determinar la manera como se realiza la comunicación del profesional de enfermería con pacientes que tienen dificultad en la expresión verbal por sordera. Los datos fueron obtenidos a través de entrevistas semiestructuradas profundas grabadas, realizadas en dos instituciones de salud y teniendo en cuenta lasconsideraciones éticas establecidas en la Resolución Nº 008430 de 1993, del Ministerio de Salud de Colombia.La unidad de análisis estuvo constituida por siete profesionales de enfermería, que en los últimos dos años, habían tenido la oportunidad de brindar cuidado a pacientes con dificultad en la comunicación verbal por sordera. El estudio permitió concluir que la mayoría de los profesionales de enfermería participantes, consideran que no cuentan con las herramientas necesarias para comunicarse con un paciente conalteración en la expresión verbal por sordera, lo que en ocasiones conlleva a sentimientos de impotencia frente a su cuidado y a considerarlo como un “paciente difícil”; no obstante, hacen grandes esfuerzos para buscar estrategias que les permita establecer algún tipo de comunicación para indagar sobre las necesidades del paciente y hacer aportes para la solución de sus problemas.
Descritores: Cuidados de Enfermagem
Barreiras de Comunicação
Comunicação não Verbal
Administração dos Cuidados ao Paciente
Pessoas com Deficiência Auditiva
Relações Enfermeiro-Paciente
Transtornos da Comunicação
Ética em Enfermagem
Responsável: CO120.1 - Biblioteca Juan Roa Vásquez



página 1 de 14 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde