Base de dados : LILACS
Pesquisa : C10.597.606.150.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 423 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 43 ir para página                         

  1 / 423 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1011380
Autor: Costa, Mariana de Oliveira; Carvalho, Carolina Alves de Ferreira; Hackerott, Maria Mercedes Saraiva; Avila, Clara Regina Brandão de.
Título: Consistência interna e fatores latentes na variabilidade da competência sintática no ensino fundamental I / Internal consistency and latent factors in the variability of syntactic competence in elementary school students
Fonte: Audiol., Commun. res;24:e1986, 2019. tab.
Idioma: pt.
Projeto: CAPES.
Resumo: RESUMO Objetivo Apresentar o estudo de consistência interna e de fatores latentes responsáveis pela variabilidade de respostas a uma tarefa de avaliação de competências sintáticas, aplicada em crianças escolares do 2º ciclo do ensino fundamental I. Métodos Elaborou-se uma prova de complementação oral de sentenças, a partir de 30 orações subordinadas adverbiais. Participaram 113 escolares típicos (55,7% sexo feminino), entre 9 anos e 11 anos e 1 mês (média de idade = 9,5; desvio padrão = 0,6), matriculados no 4º (59,3%) e 5º (40,7%) anos do ensino fundamental da rede pública. Foram avaliados quanto à discriminação e processamento auditivo, memória fonológica, vocabulário expressivo e complementação oral de sentenças. Três juízes (dois fonoaudiólogos e um linguista) avaliaram 3390 respostas. Analisou-se por coeficiente Kappa de Fleiss (α=0,6), coeficiente de Alpha de Cronbach (α=0,4) e realizou-se análise fatorial com coeficiente Phi (α=0,7), com método de componentes principais. Resultados A concordância entre os três juízes mostrou k=0,61<x>1 para 6 itens. A análise dos dois fonoaudiólogos mostrou concordância perfeita para 2 itens e k=0,69<x>0,89 para 23 itens. Na análise da consistência interna, as categorias condicional e final mostraram α=0,43 e α=0,47, respectivamente. As demais categorias não mostraram consistência. Dos 13 fatores latentes identificados, apenas 1 mostrou ser responsável (12%) pela variância total de respostas. Conclusão A concordância entre juízes fonoaudiólogos foi substancial, os itens de teste não se mostraram correlacionados dentro da mesma categoria gramatical. O uso do modo subjuntivo na resposta complementar à oração principal parece ser um fator latente, condutor da variabilidade de resposta dos escolares.

ABSTRACT Purpose Present a study on the internal consistency and latent factors that promote response variability in an assessment task of syntactic competence applied to Elementary School students. Methods An oral sentence complementation task containing 30 main adverbial subordinate clauses was prepared. Participants were 113 students with typical development (55.7% girls), aged 9 years to 11 years and 1 month (M=9.5; SD=0.6), regularly enrolled in the 4th (59.3%) and 5th (40.7%) grades of a public Elementary School. The schoolchildren were evaluated with respect to auditory discrimination and processing (simplified assessment), phonological short-term and working memory, expressive vocabulary, and oral sentence complementation. Data were analyzed using the Fleiss' Kappa (α=0.6) and Cronbach's Alpha (α=0.4) coefficients. Phi coefficient (α=0.7) factor analysis with the principal components method was also performed. Results Inter-rater concordance between the three judges was α=0.61<x>1 for six clauses. Concordance between the two speech-language pathologists was perfect for two clauses and k=0.69<x>0.89 for 23 clauses. In the internal consistency analysis, the condition and purpose subordinate clause categories showed α=0.43 and α=0.47, respectively. Of the 13 latent factors identified, only one (12%) promoted total response variance. Conclusion Inter-rater concordance between the speech-language pathologists was significant, task items were not correlated within the same grammatical category, and the use of the subjunctive mood in the complementation response to the main clause seems to be a latent factor promoting the response variability of students.
Descritores: Testes de Discriminação da Fala
Linguagem Infantil
Estudos de Validação
Transtornos da Linguagem
Testes de Linguagem
-Estudos de Linguagem
Limites: Seres Humanos
Criança
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  2 / 423 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-983909
Autor: Ferreira, Sandra Cristina Araújo; Cruz-Santos, Anabela.
Título: Processos de designação e substituição semântica usados por crianças falantes de Português Europeu numa prova de vocabulário / Designation processes and semantic substitutions used by European Portuguese children in a vocabulary test
Fonte: Audiol., Commun. res;23:e2006, 2018. tab.
Idioma: pt.
Projeto: CIEd.
Resumo: RESUMO Objetivo Este estudo teve por objetivo a análise e quantificação dos processos de designação e substituição semântica apresentados na prova do vocabulário do Teste de Linguagem Infantil ABFW, padronizado no Brasil e adaptado para Português Europeu (PE), assim como a comparação dos resultados obtidos nos dois países, de forma a analisar a pertinência da sua extensibilidade à população portuguesa. Métodos A prova foi aplicada a 150 crianças de 5 e 6 anos de idade, de desenvolvimento típico, na Região Norte de Portugal. A prova é constituída por nove categorias conceituais e cada categoria formada por diferentes vocábulos, que foram avaliados sempre pela mesma ordem sequencial. Resultados A amostra mostrou desempenho inferior, em relação à norma, apenas nas categorias semânticas vestuário, locais e alimentos. Todas as outras categorias revelaram desempenho superior. As categorias do vocabulário que apresentaram maior percentagem de respostas corretas foram: animais, formas e cores e brinquedos e instrumentos musicais . As categorias que apresentaram percentagem superior de processos de substituição, em relação à norma, foram alimentos e locais. Os processos de substituição mais utilizados foram: substituição por co-hipônimo, vocábulos que designam atributos semânticos, valorização do estímulo visual, hiperônimos e parassinônimos. Conclusão Dada a homogeneidade dos resultados deste estudo com os resultados obtidos em outros estudos no Brasil, esta prova revela potencialidades como instrumento de avaliação do vocabulário em Portugal.

ABSTRACT Purpose This research study focus on the designation processes and semantic substitutions of each word on the vocabulary sub-task from the language test for children - ABFW, standardized in Brazil and adapted to European Portuguese, as well as the comparison of the results obtained in the two countries, to analyze the relevance of their extensibility to the Portuguese population. Methods The test was applied to 150 children from 5 to 6 years old, of typical development. The test consists of 9 conceptual categories. Each category consists of different words, which were always assessed in the same sequential order. Results The sample of this study showed a lower performance only in clothes, places and food semantic categories. All the other categories have outperformed the standard. The categories of vocabulary with higher percentage in the right designation of the words were colors and shapes, animals and toys and music instruments. The categories with a higher percentage of substitution processes, from the reference results, were: food and locations. The most recurrent substitution processes were the co-hyponym, words that designate semantic attributes, valorization of the visual stimulus, hypernym and parasynonyms Conclusion Given the homogeneity of the results of this study with the results obtained with other studies in Brazil, this test reveal potentiality as an instrument for vocabulary assessment in Portugal.
Descritores: Linguagem Infantil
Desenvolvimento da Linguagem
Testes de Linguagem
-Portugal
Transtornos da Linguagem
Limites: Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  3 / 423 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-950634
Autor: Sousa, Maria da Glória Canto de; Ganança, Cristina Freitas; Lobo, Laíse dos Santos; Souza, Melka de Almeida; Sena, Eduardo Pondé de.
Título: Propriedades psicométricas do dizziness handicap inventory-child/adolescent - versão reduzida / Psychometric properties of the dizziness handicap inventory-child/adolescent (DHI-CA) - short form
Fonte: Audiol., Commun. res;22:e1817, 2017. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: RESUMO Introdução A tontura na infância e adolescência interfere no comportamento psicológico e pode levar a consequências, como mau rendimento escolar e distúrbios de linguagem. Objetivo Desenvolver e verificar a aplicabilidade da versão reduzida do Dizziness Handicap Inventory-Child/Adolescent (DHI-CA) em crianças e adolescentes em fase escolar. Métodos Estudo metodológico de validação, desenvolvido nas unidades de ensino da rede pública municipal do Distrito Sanitário Cabula/Beiru de Salvador, Bahia. Os dados foram coletados por meio do Dizziness Handicap Inventory Child/Adolescent (DHI-CA) e da proposta reduzida, denominada Dizziness Handicap Inventory Child/Adolescent-short form (DHI-CA/SF). O DHI-CA/SF é composto de 15 questões objetivas, divididas em subescalas correspondentes aos aspectos emocionais, físicos e funcionais. Resultados A amostra foi composta por 97 crianças e adolescentes. Destas, 69 eram do sexo feminino (71,1%) e 28 (28,9%) eram do sexo masculino. A faixa etária esteve entre 7 e 15 anos, com média de 11 anos. A consistência interna referente à escala total foi de α=0,84 e α=0,66, para a subescala funcional, α=0,61 para a emocional e α=0,65 para a física. Quanto à concordância das duas aplicações do DHI-CA/SF, foi verificado que os coeficientes de correlação intraclasse, intraexaminadores, demonstraram concordância satisfatória e de satisfatória a excelente para os itens, na segunda aplicação. Os valores de concordância na segunda aplicação foram os seguintes: emocional: 0,70; funcional: 0,93 e física: 0,80. Conclusão A partir do Dizziness Handicap Inventory Child/Adolescent DHI-CA, foi possível obter uma versão reduzida, denominada Dizziness Handicap Inventory Child/Adolescent-short form (DHI/CA-SF), aplicável em crianças ou adolescentes com queixas de tontura.

ABSTRACT Introduction Dizziness during childhood and adolescence interferes with psychological behavior, and can lead to consequences such as poor academic performance and language disorders. Purpose To develop and verify the applicability of the short version of the Dizziness Handicap Inventory-Child/Adolescent (DHI-CA) in school-going children and adolescents. Methods A methodological validation study developed in municipal public network teaching units of Cabula Sanitary District/ Beiru de Salvador, Bahia. Data were collected by means of the Dizziness Handicap Inventory Child/Adolescent (DHI-CA) and proposed short version denominated Dizziness Handicap Inventory Child/Adolescent-short form (DHI-CA/SF). The DHI-CA/SF is composed of 15 objective questions divided into subscales corresponding to emotional, physical and functional aspects. Results The sample of 97 children and adolescents was composed of 69 girls (71.1%) and 28 (28.9%), boys. The age-range was from 7 to 15 years with mean age of 11 years. Internal consistency relative to the total scale was α=0.84; and α=0.66 for the functional; α=0.61, emotional, and α=0.65 for the physical subscale. Relative to agreement between the two applications of DHI-CA/SF, the authors verified that the intra-examiner intraclass correlation coefficients demonstrated satisfactory agreement, and satisfactory to excellent agreement for the items in the second application. Agreement values in the second application were: - emotional: 0.70; - Functional: 0.93, and Physical: 0.80. Conclusion By means of the Dizziness Handicap Inventory Child/Adolescent DHI-CA it was possible to obtain a short version denominated Dizziness Handicap Inventory Child/Adolescent-short form (DHI/CA-SF) applicable in children or adolescents with complaints of dizziness.
Descritores: Psicometria/métodos
Tontura
Vestibulopatia Bilateral
-Baixo Rendimento Escolar
Vertigem
Transtornos da Linguagem
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 423 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-53511
Autor: Ferreira, Léslie Piccoloto; Barros, Maria Carolina Prado Paes de; Gomes, Ivone Carmen Dias; Proença, Maristela Gnecco de; Limongi, Suelly Cecilia Olivan; Spinelli, Vera P; Trenche, Maria Cecilia Bonini; Pacheco, Eunice Caldeira de Freitas Chaves; Caraça, Eliane Bier; Massari, Ivani Corbó.
Título: Temas de fonoaudiologia / Themes of phonoaudiology.
Fonte: s.l; Loyola; 1984. 209 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Transtornos da Articulação/terapia
Transtornos da Linguagem/terapia
Distúrbios da Voz/terapia
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/1078.00; BR28.1; 616.855 T24; BR66.1; WV500 T278 1984


  5 / 423 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-1006102
Autor: Rodríguez, Estela(coord); Cafiero, Pablo(coord); Abraldes, Karina; Alsina, Rosario; Álvarez, María del Pilar; Bertotto, Verónica; Ducros, María Clemencia; González, Adriana Inés; Lejarraga, Celina; Maiocchi, Alicia; Muscolino, María Magdalena; Nápoli, Silvana; Olivera, Laura; Pedernera Bradichansky, Paula; Toja, Noelia; Santos, Silvia(edt); Vassallo, Juan Carlos(edt); Rodríguez, Susana(edt); Villa, Alejandra(edt).
Título: Series de Pediatría Garrahan. El niño con trastornos del neurodesarrollo / Garrahan Pediatrics Series. The child with neurodevelopmental disorders.
Fonte: Buenos Aires; Médica Panamericana; 2019. 190 p. tab, ilus.
Idioma: es.
Resumo: La infancia es una etapa vital clave, ya que en ella se forman los cimientos que luego determinarán el desarrollo físico y mental de las personas. Por eso, brindar las herramientas necesarias para satisfacer las necesidades y los derechos del niño es fundamental para garantizar la inclusión y la igualdad de oportunidades de todos. El desarrollo del niño conlleva cambios biológicos, psicológicos y emocionales que ocurren desde el nacimiento hasta la adolescencia, a medida que el individuo pasa de la dependencia al aumento de la autonomía. La frecuencia de los trastornos del neurodesarrollo es importante y creciente y el pediatra desempeña un papel crucial en su detección oportuna, asesoría a las familias y estrategias de manejo o derivación para asegurar las mejores posibilidades de prevención y asistencia. Asimismo, la elevada morbilidad pediátrica asociada al concepto de enfermedad crónica requiere una actitud diagnóstica anticipatoria de la disfunción neurocognitiva y madurativa a la que están expuestos estos niños. En este nuevo volumen de las Series de Pediatría Garrahan destacados profesionales estudian la temática del desarrollo desde un abordaje interdisciplinario centrado en el rol del pediatra. Entre sus características se destacan: Presentación mediante casos y ejemplos de la práctica clínica de los trastornos más frecuentes del desarrollo infantil estructurados según las diferentes etapas de lactante, preescolar y escolar, así como el abordaje de la discapacidad intelectual, el impacto de la enfermedad crónica en el aprendizaje y los marcos normativos en educación. El cierre de cada capítulo con un recordatorio de puntos clave y lecturas recomendadas, además del material complementario disponible en el sitio web. Una obra sólida y práctica, que transmite la experiencia de los profesionales del Hospital de Pediatría Prof. Dr. Juan P Garrahan, dedicada a los pediatras, dondequiera que trabajen al servicio de la salud de los niños.
Descritores: Ensino de Recuperação
Desenvolvimento Infantil
Educação Especial
Insuficiência de Crescimento
Transtornos do Neurodesenvolvimento
Transtorno do Espectro Autista
Testes Auditivos
Transtornos da Linguagem
Transtornos de Aprendizagem
Deficiência Intelectual
-Doença Crônica
Limites: Seres Humanos
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Responsável: AR305.1 - SID - Servicio de Información y Documentación
305.1


  6 / 423 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1011375
Autor: Altmann, Raira Fernanda; Silveira, Arieli Bastos da; Pagliarin, Karina Carlesso.
Título: Intervenção fonoaudiológica na afasia expressiva: revisão integrativa / Speech-language intervention in expressive aphasia: integrative review
Fonte: Audiol., Commun. res;24:e2100, 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Introdução Por meio da intervenção fonoaudiológica, é possível diminuir os sintomas da afasia. Objetivos Verificar os métodos de intervenção fonoaudiológica na afasia expressiva. Estratégia de pesquisa Trata-se de uma revisão integrativa da literatura. Realizou-se a busca nas bases SciELO, PubMed e PsycINFO, no período de fevereiro a abril de 2018. Para as bases de dados PubMed e PsycINFO foram estabelecidos os descritores em inglês "non-fluent aphasia", OR "broca" OR "transcortical motor aphasia" OR "motor aphasia" OR "amnestic aphasia" OR "semantic aphasia" OR "dymanic aphasia" OR "anomi*" AND "intervention" OR "therapy" OR "rehabilitation" OR "treatment". Para base SciELO, apenas o descritor "aphasia". Critérios de seleção Artigos publicados nos últimos dez anos (de 2009 a 2018) em português, inglês ou espanhol foram incluídos, sendo ou não de periódicos de acesso livre, além de estudos com indivíduos com idade superior a 19 anos. Foram excluídos artigos não relacionados à terapia tradicional, estudos que não apresentassem indivíduos com afasia expressiva e aqueles que tratavam de distúrbios motores de fala, como disartria e apraxia pura. Estudos de revisão de literatura e que envolvessem participantes bilíngues também foram excluídos. Resultados Um total de 174 artigos foram encontrados. Após análise e aplicação dos critérios de seleção estabelecidos, foram selecionados 32 artigos completos. Entre as terapias tradicionais encontradas, observaram-se: terapia de recuperação de palavras, terapia melódica e terapia conversacional. Conclusão A terapia de recuperação de palavras foi o método tradicional mais utilizado.

ABSTRACT Introduction Aphasia symptoms can be improved via speech and language therapy. Purpose To analyze speech-language intervention methods in expressive aphasia. Research strategy An integrative review of the literature was performed using SciELO, PubMed and PsycINFO databases, from February to April 2018. The following search terms: "non-fluent aphasia", OR "broca" OR "transcortical motor aphasia" OR "motor aphasia" OR "amnestic aphasia" OR "semantic aphasia" OR "dymanic aphasia" OR "anomi*" AND "intervention" OR "therapy" OR "rehabilitation" OR "treatment" were used for PubMed and PsycINFO databases. In SciELO database, only the search term "aphasia" was used. Selection criteria Articles published in the last ten years (from 2009 to 2018) in Portuguese, English or Spanish, whether or not they were open access journals. Studies with participants older than 19 years were selected. Articles not related to traditional therapy were excluded, as well as those which did not present participants with expressive aphasia and those which treated speech motor disorders such as pure dysarthria and pure apraxia. Literature review studies and studies involving bilingual participants were also excluded. Results One hundred and seventy-four articles were found. After analysis and application of the established selection criteria, 32 complete articles were selected. Word retrieval therapy, melodic intonation therapy and conversation therapy were the traditional methods found in this study. Conclusion Word retrieval therapy was the method most commonly used.
Descritores: Afasia/reabilitação
Afasia/terapia
Fonoterapia
Transtornos da Linguagem
Testes de Linguagem
-Brasil
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  7 / 423 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-670613
Autor: Fontoura, Denise Ren da; Rodrigues, Jaqueline de Carvalho; Sá Carneiro, Luciana Behs de; Monção, Ana Maria; Salles, Jerusa Fumagalli de.
Título: Rehabilitation of language in expressive aphasias: literature review / Reabilitação da linguagem nas afasias expressivas: uma revisão da literatura
Fonte: Dement. neuropsychol;6(4), oct.-dec. 2012.
Idioma: en.
Resumo: This paper reviews the methodological characteristics of studies on rehabilitation of expressive aphasia,describing the techniques of rehabilitation used. Methods: The databases Medline, Science Direct and PubMed were searchedfor relevant articles (January 1999 to December 2011) using the keywords Expressive / Broca / Nonfluent Aphasia, combinedwith Language or Speech Rehabilitation / Therapy / Intervention. Results: A total of 56 articles were retrieved describingrehabilitation techniques, including 22 with a focus on lexical processing, 18 on syntax stimulation, seven with the aim ofdeveloping speech and nine with multiple foci. Conclusion: A variety of techniques and theoretical approaches are available,highlighting the heterogeneity of research in this area. This diversity can be justified by the uniqueness of patients? languagedeficits, making it difficult to generalize. In addition, there is a need to combine the formal measures of tests with measuresof pragmatic and social skills of communication to determine the effect of rehabilitation on the patient?s daily life.

Revisar as características metodológicas dos estudos sobre a reabilitação da afasia expressiva,descrevendo as técnicas de reabilitação utilizadas. Métodos: Foram pesquisados artigos nas bases de dados Medline,Science Direct e PubMed (Janeiro de 1999 a Dezembro de 2011), utilizando as palavras-chave Expressive / Broca /Nonfluent Aphasia, combinado com Language or Speech Rehabilitation / Therapy / Intervention. Resultados: Foramencontrados 56 artigos descrevendo técnicas de reabilitação, incluindo 22 com foco no processamento lexical, 18 naestimulação da sintaxe, sete com objetivo de desenvolver a fala e nove com múltiplos focos. Conclusão: Há variedadede técnicas e abordagens teóricas, destacando a heterogeneidade da investigação nesta área, que pode justificar-se pelasingularidade dos déficits linguísticos dos pacientes, tornando-se difícil a generalização. Existe também necessidade decombinar as medidas formais de testes com medidas de habilidades pragmáticas e sociais da comunicação, para determinaro efeito da reabilitação na vida diária do paciente.
Descritores: Afasia
Reabilitação
Transtornos da Linguagem
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  8 / 423 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1007967
Autor: Pimentel, Bianca Nunes; Boff, Uiliam Ferreira; Vargas, Marta Romero de.
Título: Características neuroanatômicas e linguísticas na dislexia adquirida / Neuroanatomical and linguistic characteristics of acquired dyslexia / Características neuroatómicas y linguísticas en la dyslexia adquirida
Fonte: Distúrb. comun;31(2):187-195, jun. 2019. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: a dislexia adquirida caracteriza-se pela perda da capacidade de compreender o significado de palavras escritas desenvolvida previamente. Esta afecção pode ter origem em acidentes vasculares, traumatismos e outras doenças cerebrais. Objetivo: investigar as características da dislexia adquirida, explorando as correlações neuroanatômicas nas encefalopatias que as produzem, por meio de uma revisão de literatura. Método: Para a realização do estudo, os autores seguiram os critérios sugeridos pela Cochrane Handbook. Primeiramente, formulou-se uma pergunta, seguida da localização e seleção criteriosa dos artigos. Em seguida, ocorreu a avaliação crítica de cada estudo, finalizando com a análise, interpretação e apresentação dos resultados encontrados. Foram consultadas as bases de dados Science Direct, Pubmed/Medline e Scopus, com a utilização dos descritores "brain diseases", "brain injuries", "traumatic brain injuries" e "stroke" com o operador booleano OR, associado aos descritores "alexia" e "acquired dyslexia" por meio do operador booleano AND. Revisão de Literatura: A primeira busca eletrônica contabilizou 137 artigos científicos, dos quais 11 foram eleitos por se tratar de estudos contendo a relação anatômica das lesões e/ou sinais clínicos e linguísticos da dislexia adquirida. Conclusão: A principal causa da dislexia adquirida foi o acidente vascular cerebral, sobretudo no lobo occipital, em ambos os hemisférios, repercutindo na percepção e, posteriormente, no reconhecimento visual da palavra. Faz-se necessário ampliar as pesquisas sobre a dislexia adquirida, a fim de aprofundar o conhecimento sobre a mesma, instrumentalizando os clínicos para o processo de reabilitação.

Introduction: acquired dyslexia is characterized by the loss of the capacity to understand the meaning of written words previously developed. This condition can be caused by strokes, trauma and other brain diseases. Objective: to investigate the characteristics of acquired dyslexia, exploring the neuroanatomical correlations in the encephalopathies that produce them, through a literature review. Method: For the study, the authors followed the criteria suggested by the Cochrane Handbook. Firstly, a question was asked, followed by the location and careful selection of the articles. Then, the critical evaluation of each study occurred, ending with the analysis, interpretation and presentation of the results found. The databases Science Direct, Pubmed / Medline and Scopus, using the descriptors "brain diseases", "brain injuries", "traumatic brain injuries" and "stroke" with the Boolean operator OR, associated with the descriptors "alexia" and "acquired dyslexia" through the Boolean operator AND. Literature Review: The first electronic search counted 137 scientific articles, of which 11 were chosen because they were studies containing the anatomical relationship of lesions and/or clinical and linguistic signs of acquired dyslexia. Conclusion: The main cause of acquired dyslexia was stroke, especially in the occipital lobe, in both hemispheres, affecting the perception and subsequent visual recognition of the word. It is necessary to broaden the research on acquired dyslexia in order to deepen the knowledge about it, instrumentalizing the clinicians for the rehabilitation process.

Introducción: la dislexia adquirida se caracteriza por la pérdida de la capacidad en comprender el significado de palabras escritas desarrollada previamente. Esta afección puede originarse en accidentes vasculares, traumatismos y otras enfermedades cerebrales. Objetivo: investigar las características de la dislexia adquirida, explorando las correlaciones neuroanatómicas en las encefalopatías que las producen, por medio de una revisión de literatura. Metodos: Para la realización del estudio, los autores siguieron los criterios sugeridos por la Cochrane Handbook. Primero, se formuló una pregunta, seguida de la localización y selección criteriosa de los artículos. A continuación, ocurrió la evaluación crítica de cada estudio, finalizando con el análisis, interpretación y presentación de los resultados encontrados. Se han consultado las bases de datos Science Direct, Pubmed / Medline y Scopus, con la utilización de los descriptores "brain diseases", "brain cura", "traumatismo cerebrovascular" y "stroke" con el operador booleano OR, asociado a los descriptores "alexia" y "adquirido dyslexia" a través del operador booleano AND. Revisión de Literatura: La primera búsqueda electrónica contabilizó 137 artículos científicos, de los cuales 11 fueron elegidos por tratarse de estudios que contenían la relación anatómica de las lesiones y/o signos clínicos y lingüísticos de la dislexia adquirida. Conclusión: La principal causa de la dislexia adquirida fue el accidente cerebrovascular, sobre todo en el lobo occipital, en ambos hemisferios, repercutiendo en la percepción y posterior reconocimiento visual de la palabra. Se hace necesario ampliar las investigaciones sobre la dislexia adquirida, a fin de profundizar el conocimiento sobre la misma, instrumentalizando a los clínicos para el proceso de rehabilitación.
Descritores: Revisão
Acidente Vascular Cerebral
Dislexia Adquirida
Lesões Encefálicas Traumáticas
Transtornos da Linguagem
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri


  9 / 423 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-996364
Autor: Beber, Bárbara Costa.
Título: Proposta de apresentação da classificação dos transtornos de linguagem oral no adulto e no idoso / Proposal for the classification of oral language disorders in the adult and elderly / Propuesta de presentación de la clasificación de los trastornos de lenguaje oral en el adulto y en el anciano
Fonte: Distúrb. comun;31(1):160-169, mar. 2019. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: Indivíduos adultos e idosos acometidos por lesões ou disfunções do Sistema Nervoso Central podem apresentar como consequência quadros diversos de transtornos de linguagem. Definir o tipo de transtorno de linguagem que ocorre em cada paciente tem grande relevância clínica e científica. A literatura descreve variados tipos de transtornos de linguagem oral, porém não apresenta um sistema de classificação com o maior número possível de tipos de transtornos de linguagem. Objetivo: Propor uma forma de apresentação abrangente da classificação dos transtornos de linguagem oral que podem ocorrer em adultos e idosos. Método: Revisão não sistemática de literatura. A apresentação dos transtornos de linguagem foi realizada a partir do agrupamento dos diversos tipos de transtornos de linguagem já descritos na literatura, mas com taxonomia organizada considerando critérios como a manifestação linguística e etiologia. Resultados: Os tipos de transtornos de linguagem oral que acometem a população em questão foram classificados em três grandes categorias, os transtornos de linguagem afásicos, os transtornos de linguagem não afásicos, e os transtornos cognitivos da comunicação. O grupo de transtornos de linguagem afásicos recebeu uma subclassificação própria. Conclusão: A utilização desta classificação poderá auxiliar a comunicação entre os profissionais, permitir a caracterização dos pacientes e facilitar o raciocínio clínico. É esperado que o avanço científico na área acarrete em mudanças na classificação destas condições e no próprio paradigma de estabelecimento dos diagnósticos médico e fonoaudiológico.

Introduction: Adult and elderly individuals that were affected by lesion or dysfunction of the Central Nervous System may present language disorders as consequence. The definition of the language disorder type is of relevance to the clinical and scientific practices. The literature reports a variety of types of language disorders but does not present a classification system with as many types of language disorders as possible. Objective: To propose a comprehensive presentation of the classification of oral language disorders that can affect adults and elderly. Methods: Non-systematic literature review. The presentation of language disorders was made by grouping the different types of language disorders already described in the literature, but with an organized taxonomy that considered criteria such as linguistic manifestation and etiology Results: The types of oral language disorders that can occur in this population were classified into three categories: the aphasic language disorders, non-aphasic language disorders and cognitive-communication disorders. The category aphasic language disorder received its own subclassification. Conclusion: This classification might help the communication among professionals, might allow the characterization of patients, and might facilitate the clinical reasoning. It is expected that the scientific advance in this field leads to changes in the classification systems, and also in the paradigm of establishing medical and speech-language diagnoses.

Introducción: Individuos adultos y ancianos acometidos por lesiones o disfunciones del Sistema Nervioso Central pueden presentar como consecuencia cuadros diversos de trastornos del lenguaje. Definir el tipo de trastorno de lenguaje que ocurre en cada paciente tiene gran relevancia clínica y científica. La literatura describe variados tipos de trastornos de lenguaje oral, pero no presenta un sistema de clasificación con el mayor número posible de tipos de trastornos de lenguaje. Objetivo: Proponer una forma de presentación completa de la clasificación de los trastornos de lenguaje oral que pueden ocurrir en adultos y ancianos. Método: Revisión no sistemática de literatura. La presentación de los trastornos del lenguaje fue realizada a través de la agrupación de los diversos tipos de trastornos de lenguaje ya descritos en la literatura, pero con taxonomía organizada considerando criterios como la manifestación lingüística y etiologia. Resultados: Los tipos de trastornos de lenguaje oral que afectan a la población en cuestión, se clasificaron en tres grandes categorías, los trastornos del lenguaje afásicos, los trastornos del lenguaje no afásicos, y los trastornos cognitivos de la comunicación. El grupo de trastornos de lenguaje afásicos recebió una subclasificación propia. Conclusión: La utilización de esta clasificación podrá auxiliar la comunicación entre los profesionales, permitir la caracterización de los pacientes y facilitar el raciocinio clínico. Se espera que el avance científico en el área acarrete en cambios en la clasificación de estas condiciones y en el propio paradigma de establecimiento de los diagnósticos médico y fonoaudiológico.
Descritores: Afasia
Lesões Encefálicas
Comunicação
Transtornos da Linguagem/classificação
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri


  10 / 423 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-996319
Autor: Nazario, Camila Gomes; Rechia, Inae Costa; Fattore, Isabela de Moraes; Nunes, Sabrina Felin; Souza, Ana Paula Ramos de.
Título: Comparação entre avaliações de linguagem na infância e sua relação com risco psíquico / Comparison between language assessments in childhood and its relationship to psychic risk / Comparación entre las evaluaciones lingüísticas en la niñez y su relación con el riesgo psíquico
Fonte: Distúrb. comun;31(1):104-118, mar. 2019. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Comparar os resultados das avaliações de linguagem obtidas por protocolos centrados nas habilidades das crianças com os resultados de uma análise enunciativa em casos de atraso de linguagem, relacionando-os ao psiquismo. Método: Estudo de caso longitudinal, qualitativo, com três crianças de 24 meses. Elas foram avaliadas em suas habilidades linguísticas por meio dos protocolos DENVER II e BAYLEY III. A avaliação enunciativa foi realizada por meio da análise dos vídeos das interações entre as mães e os bebês a partir dos quais foram identificados os mecanismos e estratégias enunciativas. O risco psíquico foi avaliado por meio dos Indicadores Clínicos de Referência ao Desenvolvimento Infantil (IRDI) e Sinais PREAUT e comparado aos resultados do MCHAT. Resultados: As avaliações de linguagem demonstraram que o teste Bayley III é mais sensível ao atraso no domínio gramatical do que o Denver II. As análises enunciativas demonstraram a limitação nos mecanismos enunciativos no caso de risco psíquico mais grave, mas também as potencialidades linguísticas das crianças. Conclusão: A comparação permitiu identificar a diferença entre testes padronizados e a avaliação enunciativa, pois a limitação em mecanismos enunciativos e em alguns itens relacionados ao endereçamento da fala ao outro no teste Bayley III permitiu identificar as limitações de linguagem relacionadas com as alterações na intersubjetividade.

Objective: To compare the results of language assessments obtained by protocols centered on children's abilities with the results of an enunciative analysis in cases of language delay, relating them to the psychism. Method: A qualitative, longitudinal case study with three 24-month-old children. They were evaluated in their language skills through the DENVER II and BAYLEY III protocols. The enunciative evaluation was carried out by means of the analysis of the videos of the interactions between the mothers and the babies from which the enunciative mechanisms and strategies were identified. The psychological risk was evaluated through the Clinical Indicators for Infant Development (IRDI) and PREAUT Signs, and it was compared with M-CHAT. Results: The language evaluations demonstrated that the Bayley III test is more sensitive to delay in the grammatical domain than the Denver II. The enunciative analyzes demonstrated the limitation in the enunciative mechanisms in the case of more severe psychic risk, but also the linguistic potential of the children. Conclusion: The comparison made it possible to identify the difference between standardized tests and the enunciative evaluation, since the limitation in enunciative mechanisms and some items related to speech addressing to the other in the Bayley III test allowed to identify the language limitations related to the changes in intersubjectivity.

Objetivo: Comparar los resultados de lãs evaluaciones de lenguaje obtenidas porprotocolos centrados en las habilidades de los niños com los resultados de um análisis enunciativo em casos de retraso Del lenguaje, relacionando los al psiquismo. Método: Estudio de casos longitudinal, cualitativo, contresniños de 24 meses. Se evaluaron en sus habilidades lingüísticas a través de losprotocolos DENVER II y BAYLEY III. La evaluación enunciativa fue realizada por médio del análisis de los videos de lãs interacciones entre las madres y los bebés a partir de loscuales se identificaron lós mecanismos y estratégias enunciativas. El psiquismo fue evaluado por medio de los Indicadores Clínicos de Referencia al DesarrolloInfantil (IRDI)y Señales PREAUT, y se ha comparado com M-CHAT.Resultados: Las evaluaciones de lenguaje demostraron que la prueba Bayley III ES más sensible al retraso em el domínio gramatical que el Denver II. Los análisis enunciativos demostraron La limitación en los mecanismos enunciativos enel caso de riesgopsíquicomás grave, perotambién las potencialidades lingüísticas de los niños. Conclusión: La comparación permitió identificarla diferencia entre pruebas estandarizadas y La evaluación enunciativa, pues La limitación em mecanismos enunciativos y em algunos ítems relacionados al direccionamientodelhabla al outro em laprueba Bayley III permitieron identificar lãs limitaciones de lenguaje relacionadas con los câmbios em La intersubjetividad.
Descritores: Linguagem Infantil
Sintomas Psíquicos
Transtornos da Linguagem
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Responsável: BR195.3 - Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri



página 1 de 43 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde