Base de dados : LILACS
Pesquisa : C10.597.606.150.500.300 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 252 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 26 ir para página                         

  1 / 252 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1050824
Autor: León, Camila Barbosa Riccardi; Paiano, Ronê; Fragoso, Analice Oliveira; Siqueira, Alisson Rogério Caetano de; Teixeira, Maria Cristina Triguero Veloz; Seabra, Alessandra Gotuzo.
Título: Construção e validação de instrumento para avaliar conhecimentos de universitários sobre transtorno específico da aprendizagem / Construction and validation of a questionnaire to assess pedagogy students' knowledge on specific learning disorder / Construcción y validación de instrumento para la evaluación de conocimientos de estudiantes de pedagogía sobre el trastorno específico del aprendizaje
Fonte: Estud. Interdiscip. Psicol;10(3):121-138, dez. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O Transtorno Específico da Aprendizagem (TEAp) caracteriza-se por dificuldades persistentes para desenvolver habilidades acadêmicas de leitura, escrita e/ou matemática, sendo fundamental que professores conheçam suas características. O estudo teve como objetivos construir um questionário que avalia conhecimentos sobre TEAp e verificar suas propriedades psicométricas, mediante estudo piloto com estudantes de pedagogia ingressantes e concluintes. Participaram 178 estudantes, entre 18 e 54 anos, de três instituições de ensino superior particulares. Resultados revelaram índice adequado de consistência interna (Alfa de Cronbach = 0,738). Houve maior conhecimento sobre TEAp dos estudantes concluintes em relação aos ingressantes, porém com resultados baixos em alguns itens. Também houve diferença significativa entre as instituições. Não houve associação dos fatores idade, ano, renda e situação de trabalho, com o nível de conhecimento. Além de contribuir com a criação do questionário, os resultados sinalizam a necessidade de incluir disciplinas sobre TEAp na grade curricular dos cursos de pedagogia (AU).

Specific Learning Disorder (SLD) is characterized by persistent difficulties in developing reading, writing, and math. It's essential that teachers know their characteristics. The study aimed to develop a questionnaire to assess knowledge on SLD and to verify its psychometric properties. It was conducted a pilot study involving incoming and graduating students of pedagogy courses. Participated 178 students aged between 18 and 54, from 3 private higher education institutions. The results revealed adequate indexes of internal consistency (Cronbach's alpha = 0.738). Graduating students showed to have more knowledge than incoming students did, but with low results on some items. There was also a significant difference between institutions. There was no association of others factors, such as age, year, income, and work situation, with the students' level of knowledge. Besides contributing to the questionnaire's development, the results indicate the need to include courses on SLD in the curriculum of the pedagogy programs (AU).

El Trastorno Específico del Aprendizaje (TEAp) se caracteriza por dificultades persistentes para desarrollar lectura, escritura y matemática, siendo fundamental que profesores conozcan sus características. El estudio tuvo como objetivos elaborar un cuestionario que evalúa conocimientos sobre el TEAp y verificar sus propiedades psicométricas. Participaron del estudio piloto 178 estudiantes de pedagogía ingresantes y concluyentes, entre 18 y 54 años, de tres instituciones privadas de enseñanza universitaria. Los resultados revelaron índice adecuado de consistencia interna (Alfa de Cronbach = 0,738). Hubo mayor conocimiento sobre TEAp en los concluyentes en relación a los ingresantes, sin embargo, con resultados bajos en algunos ítems. También hubo diferencia significativa entre las instituciones. No hubo asociación de otros factores investigados con el nivel de conocimiento. Además de contribuir con la creación del cuestionario, los resultados señalizan la necesidad de que sea incluida asignaturas sobre el TEAp en los planes de estudios de licenciaturas en pedagogía (AU).
Descritores: Transtorno de Aprendizagem Específico
Transtornos de Aprendizagem
-Dislexia/psicologia
Responsável: BR512.1 - Biblioteca Setorial do Centro de Ciências da Saúde


  2 / 252 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-952968
Autor: Gomides, Mariuche Rodrigues de Almeida; Martins, Gizele Alves; Alves, Isabela Starling; Júlio-Costa, Annelise; Jaeger, Antônio; Haase, Vitor Geraldi.
Título: Heterogeneity of math difficulties and its implications for interventions in multiplication skills / Heterogeneidade das dificuldades na aprendizagem da matemática e suas implicações para intervenções específicas nas habilidades de multiplicação
Fonte: Dement. neuropsychol;12(3):256-263, July-Sept. 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPEMIG; . CNPq; . CAPES.
Resumo: Abstract Math learning disability (MLD) is a heterogeneous condition characterized by severe and persistent difficulties in learning math, including difficulties in learning multiplication facts. Objective: In this article, we compared the responses of two MLD children to multiplication facts training. Methods: One of the children was a 9 year-old girl (HV) who presented mild math difficulties associated with lower accuracy of the Approximate Number System (ANS). The other was an 11 year-old boy (GA) who presented severe math difficulties related to impaired phonological processing due to developmental dyslexia. Both children underwent an intervention for multiplication, comprising conceptual instructions and retrieval practice of the times table. Results: HV's accuracy and response speed improved consistently on both training tasks, while GA's accuracy improved on the Simple Calculation Task only. Error analyses indicated that, after training, HV produced fewer errors of the type "close miss", and GA produced less omission but more operand errors. Conclusion: We argue that these differences between their responses to the training tasks were caused by differences in the mechanisms underlying their math difficulties. These results support the notion that individual specificities regarding math disabilities should be taken into account during preparation of training interventions.

Resumo O transtorno de aprendizagem da matemática (MLD) é uma condição heterogênea caracterizada por dificuldades acentuadas e persistentes na aprendizagem da matemática, incluindo déficits na aprendizagem dos fatos de multiplicação. Objetivo: No presente artigo, nos comparamos a resposta de duas crianças com MLD em uma intervenção da multiplicação. Métodos: Uma das crianças, HV, sexo feminino, 9 anos de idade, apresentava dificuldades menos acentuadas na matemática, associadas a um déficit no Sistema Numérico Aproximado (ANS). A outra criança, GA, sexo masculino, 11 anos de idade, apresentava dificuldades na matemática mais acentuadas associadas a um comprometimento no processamento fonológico devido a um quadro de Dislexia do Desenvolvimento. Ambas as crianças passaram por um programa de intervenção para a multiplicação, o qual se consistia em instruções conceituais e práticas de memorização da tabuada. Resultados: HV apresentou uma melhora consistente na acurácia e tempo de resposta nas duas medidas de desfecho, enquanto, GA apresentou uma melhora apenas na Tarefa de Cálculos Simples. Análises nos tipos de erros evidenciam que, após a intervenção, HV cometeu menos "erros de aproximação", ao passo que, GA cometeu menos erros por omissão, mas mais erros de operando. Conclusão: Nossa hipótese é de que as diferenças na resposta a intervenção dos participantes estão relacionadas a mecanismos subjacentes distintos à aprendizagem da matemática. Esses resultados reforçam a necessidade de que as especificidades nas dificuldades na matemática de cada paciente sejam levadas em consideração durante o planejamento das intervenções.
Descritores: Transtornos de Aprendizagem
-Criança
Dislexia
Matemática
Limites: Seres Humanos
Criança
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  3 / 252 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-895173
Autor: Oliveira, Adriana Marques de; Germano, Giseli Donadon; Capellini, Simone Aparecida.
Título: Comparison of Reading Performance in Students with Developmental Dyslexia by Sex / Comparação por Sexo do Desempenho em Leitura de Escolares com Dislexia do Desenvolvimento / Comparación por Sexo del Desempeño en Lectura de los Estudiantes con Dislexia del Desarrollo
Fonte: Paidéia (Ribeirão Preto, Online);27(68):306-313, Sept.-Dec. 2017. tab.
Idioma: en.
Projeto: São Paulo Research Foundation.
Resumo: Abstract: This study aims to compare the performance of male and female dyslexic students in tests of reading words and pseudowords, and comprehension of sentences and texts. The participants were forty-eight students with dyslexia, attending 3rd grade to 5th grade of elementary school (age range 8 to 12 years old), from public and private schools, divided into: GI - 14 girls and GII - 34 boys. The researchers applied tests of Reading process assessment: reading of words, reading of pseudowords, comprehension of sentences, and comprehension of texts. The results showed evidence of difference by sex in reading of low frequency words and sentence comprehension. It was concluded that the discussion on the difference between dyslexic students by sex could be relevant in the educational context, as among the five variables, two provided information for promoting further discussion on the subject, highlighting the importance of further studies.

Resumo: Este estudo objetiva comparar o desempenho dos escolares com dislexia entre os sexos feminino e masculino em provas de leitura de palavras e pseudopalavras, de compreensão de orações e textos. Participaram 48 escolares com dislexia do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental (8 a 12 anos de idade) de escola pública e particular divididos em: GI - 14 meninas e GII - 34 meninos. Foram aplicadas provas de avaliação de leitura de palavras e pseudopalavras, compreensão de orações e textos, das Provas de avaliação dos processos de leitura. Os resultados indicaram evidência de diferença por sexo nas provas de leitura de palavras de baixa frequência e compreensão de orações. Concluiu-se que a discussão sobre a diferença entre os escolares com dislexia por sexo pode ser relevante no contexto educacional, pois dentre as cinco variáveis estudadas, duas forneceram informações para levantar maior discussão sobre o tema, destacando a importância de mais estudos.

Resumen: Este estudio tuvo por objetivo comparar el desempeño de los estudiantes con dislexia entre los sexos femenino y masculino en las pruebas de lectura y comprensión lectora. Participaron 48 estudiantes con dislexia del 3º al 5º grado de la Enseñanza Fundamental (8 a 12 años de edad) de escuelas pública y privada, divididos en: GI - 14 niñas y GII - 34 niños. Fueron aplicadas pruebas de evaluación de lectura de palabras y pseudopalavras, comprensión de oraciones y textos, de las Pruebas de Evaluación de los procesos lectores. Los resultados indican evidencia de diferencia por sexo en las pruebas de lectura de palabras de baja frecuencia y comprensión de oraciones. Se concluyó que la discusión acerca de la diferencia entre los estudiantes con dislexia por sexo puede ser relevante en el contexto educativo, pues de las cinco variables estudiadas, dos proporcionan informaciones para alzar discusiones adicionales sobre el tema, destacando la importancia de mayores estudios.
Descritores: Leitura
Dislexia
Identidade de Gênero
Aprendizagem
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central


  4 / 252 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-891882
Autor: INÁCIO, Francislaine Flâmia; OLIVEIRA, Katya Luciane de; SANTOS, Acácia Aparecida Angeli dos.
Título: Memory and intellectual styles: Performance of students with learning disabilities / Memória e estilos intelectuais. desempenho de alunos com dificuldade para aprender
Fonte: Estud. Psicol. (Campinas, Online);35(1):65-75, Jan.-Mar. 2018. tab.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: Studies addressing issues related to information processing are necessary to understand some of the explanatory aspects of the changes in the learning process. The objective of the this study was to evaluate memory and intellectual styles in Elementary and Middle school students diagnosed with dyslexia and Attention Deficit Hyperactivity Disorder and in students without learning disabilities. A total of 370 students from public schools were individually evaluated using the Rey Complex Figure Test and the Thinking Styles Inventory - Revised II. The results showed significant differences in the memory condition between students with Attention Deficit Hyperactivity Disorder and those without learning disabilities. Significant differences in the scores of the Thinking Styles Inventory were also found between the three groups evaluated. Memory was negatively correlated with the conservative style. The difference between the groups and the correlation between these instruments pointed to the need for further research to assess these variables in the groups of students with learning disabilities.

O estudo sobre as questões relacionadas ao processamento da informação se faz necessário para entender alguns dos aspectos explicativos das alterações na aprendizagem. O objetivo da pesquisa foi avaliar a memória e os estilos intelectuais nos alunos do ensino fundamental com diagnóstico de dislexia e transtorno de déficit de atenção/hiperatividade e sem dificuldade escolar. Foram avaliados, individualmente, 370 alunos de escolas públicas. Utilizou-se o teste Figuras Complexas de Rey e o Inventário de Estilos Intelectuais - Revisado II. Os resultados apontaram diferenças significativas entre os alunos com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade e sem dificuldade escolar no item memória. No inventário de estilos houve diferenças significativas entre os três grupos. A memória apresentou correlação negativa com o estilo conservador. A diferença entre os grupos e a correlação entre os instrumentos apontaram para a necessidade de pensar em pesquisas que avaliem essas variáveis nos grupos com diagnóstico.
Descritores: Psicologia
Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade
Ensino Fundamental e Médio
Dislexia
Avaliação Educacional
Limites: Criança
Responsável: BR27.1 - Biblioteca do Campus II


  5 / 252 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Souza, Luciana Karine de
Texto completo
Id: biblio-1026728
Autor: Cortez, Marilene Tavares; Souza, Luciana Karine de; Pinheiro, Ângela Maria Vieira.
Título: É mesmo (só) Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH)?: avaliando TDAH e encontrando dislexia / Is it really (just) Attention Deficit-Hyperactivity Disorder (ADHD)?: assessing ADHD and finding dyslexia / Es mismo (sólo) Transtorno de Déficit de Atención/Hiperatividad (TDAH)?: avaliando TDAH y encontrando dislexia
Fonte: Psico (Porto Alegre);50(3):29924, 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Dado que déficits na velocidade de processamento são fator de risco para TDAH e dislexia, investigou-se o perfil cognitivo de indivíduos com TDAH e com indicadores de dislexia. Compuseram a amostra escolares com idade entre 7 e 15 anos (62% masculino), sendo 23 diagnosticados com TDAH, 17 em risco para TDAH e 31 crianças em grupo controle. A avaliação incluiu os subtestes do WISC e tarefas tais como Stroop Palavra-Cor, nomeação seriada rápida, fluência verbal, repetição de pseudopalavras, e supressão de fonemas. Após, os participantes foram reclassificados: 45 sem TDAH nem risco para dislexia; 9 com TDAH; 6 com sinais de dislexia; e 11 com TDAH e sinais de dislexia. Os sérios déficits cognitivos apresentados pelo último grupo confirmam os achados sobre o seu fracasso escolar. A comorbidade TDAH-dislexia necessita ser melhor investigada na avaliação diagnóstica de escolares com queixas de dificuldades de aprendizagem.

Given that processing speed deficits are a risk factor for ADHD and dyslexia, we investigated the cognitive profile of individuals with ADHD and with indicators of dyslexia. The sample comprised children between the ages of 7 and 15 (62% male), 23 of whom were diagnosed with ADHD, 17 were at risk for ADHD, and 31 formed the control group. The evaluation included WISC subtests and tasks such as Word-Color Stroop, rapid automatized naming, verbal fluency, pseudowords repetition, and phoneme suppression. After this procedure, the participants were reclassified: 45 without ADHD or signs of dyslexia; 9 with ADHD; 6 with signs of dyslexia; and 11 with ADHD and signs of dyslexia. The serious cognitive deficits presented by the latter justify the findings on school failure to which it is subject. ADHDdyslexia comorbidity needs to be better investigated in the diagnostic evaluation of schoolchildren with complaints of learning difficulties.

Dado que los déficits en la velocidad de procesamiento son factor de riesgo para TDAH y dislexia, se investigó el perfil cognitivo de individuos con TDAH y con indicadores de dislexia. Compusieron la muestra escolares con edad entre 7 y 15 años (62% masculino), siendo 23 diagnosticados con TDAH, 17 en riesgo para el TDAH y 31 para grupo controle. La evaluación incluyó las subpruebas del WISC y tareas tales como Stroop Palabra-Color, nombramiento seriado rápido, fluencia verbal, repetición de pseudopalabras, y supresión de fonemas. Después de ese procedimiento los participantes fueron reclasificados: 45 sin TDAH ni signos de dislexia; 9 con TDAH; 6 con signos de dislexia; y 11 con TDAH y signos de dislexia. Los serios déficits cognitivos presentados por el último grupo confirman los hallazgos sobre su fracaso escolar. La comorbilidad TDAH-dislexia necesita ser mejor investigada en la evaluación diagnóstica de escolares con quejas de dificultades de aprendizaje.
Descritores: Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade
Psicologia da Criança
-Educação Infantil
Dislexia
Responsável: BR1323.1 - Biblioteca Central Irmão José Otão


  6 / 252 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1026603
Autor: Chakraborty, Suhash.
Título: La dinámica sociocultural influye en las vías de atención de los niños con trastorno del desarrollo / Socio-cultural dynamics influence care pathways in children with developmental disorder
Fonte: Salud(i)ciencia (Impresa) = Salud(i)ciencia (En linea);22(8):766-767, dic.-mar. 2018.
Idioma: en; es.
Descritores: Dislexia
Transtorno de Aprendizagem Específico
Transtornos de Aprendizagem
-Características Culturais
Limites: Seres Humanos
Criança
Adolescente
Responsável: AR392.1 - Biblioteca


  7 / 252 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-691702
Autor: Araújo, Taís Figueiredo de; Lima, Thiago de Oliveira; D'Ottaviano, Fabiana Gonzalez.
Título: Transtornos de aprendizagem na infância: uma revisão de literatura / Learning disorders in childhood: a literature review
Fonte: Pediatr. mod;49(4), abr. 2013.
Idioma: pt.
Resumo: Os transtornos de aprendizagem se definem como a dificuldade em alcançar metas educacionais básicas em crianças com inteligência normal e sem lesões neurológicas que os justifiquem e normalmente só são detectados quando a criança está em contato com a educação formal. Em torno de 15% a 20% das crianças apresentam dificuldade de aprendizado no primeiro ano de escolaridade, chegando até 30% a 50% nos primeiros seis anos, com prevalência do sexo masculino. Na consideração do seu diagnóstico é preciso ter em mente a tríade formada pela criança, sua família e a escola, além de considerar a existência de patologias orgânicas e psicológicas na origem do quadro. A forma de apresentação mais comum é a dislexia, ou seja, o transtorno de aprendizado específico da leitura e escrita. Outras formas de apresentação menos comuns são a discalculia e a disgrafia. A avaliação dessa disfunção é multiprofissional e seu tratamento inclui técnicas diferenciadas de ensino, acompanhamento psicológico e fonoaudiológico e, em algumas situações, tratamentos específicos de comorbidades que pioram o desempenho da criança (transtornos de humor, doenças auditivas, distúrbios obstrutivos do sono etc.). O diagnóstico diferencial é muito importante, pois, na maioria dos casos, trata-se de crianças normais e passíveis de recuperação...
Descritores: Aprendizagem
Criança
Dislexia
Educação
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  8 / 252 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Barbosa, Genário Alves
Id: lil-311091
Autor: Minervino, Carla Alexandra Moita; Barbosa, Genário Alves.
Título: Identificação de crianças em risco para a dislexia: o pediatra pode ajudar / Identificacion of childreen in risk of dyslexia: the pediatrician can
Fonte: Pediatr. mod;36(4):236-242, abr. 2000. ilus, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Dislexia
Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem
Transtornos de Aprendizagem
Papel do Médico
Síndrome
-Desenvolvimento Infantil
AVALIACAO
Percepção
Limites: Seres Humanos
Pré-Escolar
Criança
Responsável: BR11.1 - Biblioteca


  9 / 252 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-722227
Autor: Cruz-Rodrigues, Camila; Barbosa, Thaís; Toledo-Piza, Carolina M. J; Miranda, Mônica Carolina; Bueno, Orlando Francisco Amodeo.
Título: Neuropsychological characteristics of dyslexic children / Características neuropsicológicas de crianças com dislexia
Fonte: Psicol. reflex. crit;27(3):539-546, 2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: The aim of this study was to identify the neuropsychological characteristics of dyslexic children. Seventy-three children underwent neuropsychological assessment and were divided into two groups: a group with dyslexia (DG; n=39) and a control group (CG; n= 34). A general linear model showed a significant difference between the groups regarding the following abilities: reading, writing and mathematics; forward and backward digit span tasks; semantic and phonological fluency; number of completed categories and total number of cards in the Wisconsin Cards Sorting Test; as well as right and left discrimination on self and on other. These results suggest impairment in executive functions, phonological working memory and semantic memory among dyslexic children, rather than impairment of just phonological abilities, as suggested in previous studies. (AU)

O objetivo deste trabalho foi identificar as características neuropsicológicas de crianças com dislexia. Foram incluídas 73 crianças divididas em dois grupos: um grupo composto por crianças disléxicas (GD; n=39), e um grupo controle (GC; n= 34). A análise de modelo linear geral mostrou diferença significativa entre os grupos nas habilidades de leitura, escrita, matemática, dígitos ordem direta, dígitos ordem inversa, fluência semântica e fonológica, número de categorias e total de cartas do Teste de Classificação de Cartas de Wisconsin, discriminação direita e esquerda em si e no outro. Esses resultados demonstram que podem existir déficits nas funções executivas, memória operacional fonológica e memória semântica e não apenas nas habilidades fonológicas. (AU)
Descritores: Dislexia/psicologia
Neuropsicologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR574.2 - Biblioteca


  10 / 252 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Bandeira, Denise Ruschel
Texto completo
Id: biblio-1019493
Autor: Sbicigo, Juliana Burges; Bosa, Cleonice Alves; Bandeira, Denise Ruschel; Teixeira, Maria Cristina Triguero Veloz; Salles, Jerusa Fumagalli de.
Título: Desempenho no teste de raven: diferenças entre crianças-adolescentes com transtorno do espectro autista e com dificuldades de leitura / Performance in raven's test: differences between children-adolescents with autism spectrum disorder and reading disabilities / Rendimiento en la prueba de raven: diferencias entre niños y adolescentes con trastorno del espectro autista y con dificultades de lectura
Fonte: Aval. psicol;18(2):192-200, jan,-mar. 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Esse estudo comparou o desempenho de crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e com Dificuldades de Leitura (DL) no Teste de Matrizes Progressivas Coloridas de Raven (MPCR). Participaram 70 crianças e adolescentes, entre sete e 14 anos, com TEA (n = 16), com DL (n = 19) e com desenvolvimento típico (DT, n = 35). Controlando o efeito da idade, houve desempenho superior do grupo TEA na Parte A do MPCR. O grupo DL apresentou desempenho inferior aos demais grupos na Parte A e no escore total do teste se comparado ao grupo DT. O desempenho do grupo TEA foi discutido a partir da Teoria da Fraca Coerência Central, enquanto o desempenho do grupo DL, a partir da hipótese dos múltiplos déficits na dislexia e considerando o impacto do menor acesso a materiais escritos nas habilidades visuoespaciais. Estudos dessa natureza podem auxiliar na caracterização cognitiva de crianças/adolescentes com TEA e com DL. (AU)

This study compared the performance of children and adolescents with Autism Spectrum Disorder (ASD) and Reading Disabilites (RD) in the Raven's Colored Progressive Matrix Test (RCPM). A total of 70 children and adolescents aged 7 to 14 years, with ASD (n=16), with RD (n=19) and with typical development (TD, n=35) participated. Controlling the effect of age, the results indicated superior performance of the ASD group. The DL group presented inferior performance than the other groups in Part A and in the total test score when compared to the DT group. The performance of the TEA group was discussed from the Theory of Weak Central Coherence, while the performance of the DL group, based on the hypothesis of multiple deficits in dyslexia and considering the impact of less access to written materials in visuospatial skills. Studies of this nature may help in the cognitive characterization of children / adolescents with ASD and DL. (AU)

Este estudio comparó el desempeño de niños y adolescentes con Trastorno del Espectro Autista (TEA) y con Dificultades de Lectura (DL) en la prueba de Matrices Progresivas Coloreadas de Raven (MPCR). Participaron 70 niños y adolescentes, entre siete y 14 años, con TEA (n =16), con DL (n=19) y con desarrollo típico (DT, n=35). Controlando el efecto de la edad, los resultados indicaron desempeño superior del grupo TEA. El grupo DL presentó desempeño inferior a los demás grupos en la Parte A y en la puntuación total de la prueba en comparación con el grupo con DT. El desempeño del grupo TEA fue discutido a partir de la Teoría de la Coherencia Central Débil, mientras que el desempeño del grupo DL, a partir de la hipótesis de los múltiples déficits en la dislexia y considerando el impacto del menor acceso a materiales escritos en las habilidades visuoespaciales. Los estudios de esta naturaleza pueden ayudar en la caracterización cognitiva de niños / adolescentes con TEA y con DL. (AU)
Descritores: Transtorno do Espectro Autista/psicologia
Testes de Inteligência
-Transtorno Autístico/psicologia
Dislexia/psicologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Criança
Adolescente
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas



página 1 de 26 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde