Base de dados : LILACS
Pesquisa : C10.597.606.150.550 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 672 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 68 ir para página                         

  1 / 672 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1096004
Autor: Nascimento, Alexandre; Nascimento, Gabriel Sena.
Título: Dificuldades na aprendizagem escolar, atraso motor e prática de atividade física: revisão sistemática / Difficulties in school learning, motor delay and the practice of physical activity: a systematic review
Fonte: Arq. ciências saúde UNIPAR;24(1):61-66, jan-abr. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: O processo humano do aprendizado é marcado pelo dinamismo e complexidade, estruturado a partir do ato motor e da percepção, dando origem à cognição. Contudo, a influência da prática de atividade física e das aulas de educação física no desenvolvimento da função cognitiva ainda não são consenso entre os pesquisadores. Sendo assim, este estudo tem como objetivo verificar se crianças com problemas na aprendizagem escolar apresentam maior atraso motor e se a prática de atividade física contribui para melhora do processo cognitivo de aprendizagem. Foram selecionados neste estudo 8 artigos que investigaram (n=835) escolares de 6 a 12 anos. Os resultados demonstraram que a dificuldade na aprendizagem escolar está relacionada ao maior atraso motor e que grupos que participaram de atividades físicas e das aulas de educação física melhoraram o desempenho das funções cognitivas de aprendizagem. Portanto, torna-se fundamental a prática de atividade física e a participação das aulas de educação física, devido sua contribuição no processo de fortalecimento do desenvolvimento infantil.

Human learning is marked by dynamism and complexity. It is structured from the human motor skills and perception, and thus originating cognition. However, there is no agreement among researchers on the influence of physical activity and physical education classes on the development of cognitive function. Therefore, this work aims at verifying if schoolchildren with learning disabilities present greater human motor delay and if physical activity contributes towards a better cognitive leaning process. Moreover, this study also aims at verifying if physical activity improves cognitive learning. In this study, a total of eight (8) journal articles were chosen, which investigated (n=835) students aged from 6 to 12 years old. The results showed that learning disability is related to a higher human motor delay. It also demonstrated that groups which participated in physical activities and in physical education classes presented better human motor skills and better performance of the cognitive functions in learning. Thus, it can be concluded that physical activity and physical education classes play an important role on the progress of children development.
Descritores: Estudantes
Cognição
Deficiências da Aprendizagem/reabilitação
Atividade Motora
Destreza Motora
-Educação Física e Treinamento
Instituições Acadêmicas
Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade/psicologia
Exercício Físico
Desenvolvimento Infantil
Crescimento e Desenvolvimento
Aprendizagem
Limites: Humanos
Criança
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR513.1 - Biblioteca Central


  2 / 672 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1254887
Autor: Fonseca, Luciana Renata Moreira; Assis, Raquel Martins de; Santiago, Ana Lydia Bezerra.
Título: Impasses na aprendizagem e inibição intelectual / Impasses dans l'apprentissage et inhibition intellectuelle / Impasses in learning and intellectual inhibition
Fonte: aSEPHallus;16(31):1-13, nov.-abr.2021.
Idioma: pt.
Resumo: O presente artigo descreve os resultados de uma pesquisa-intervenção de orientação psicanalítica por meio do relato de um estudo de caso de um aluno do ensino fundamental de uma escola pública da rede estadual de ensino da cidade de Itabira-MG. O estudante enfrenta vários entraves na aprendizagem que dificultam sua alfabetização e seu processo de letramento. O caso visa demonstrar a contribuição de um dos instrumentos utilizados nessa pesquisa que é o diagnóstico clínico-pedagógico (DCP), cuja intervenção realiza a leitura daquilo que o menino ensinaao educador sobre sua subjetividade e a forma como suas particularidades podem interferir na relação com o saber. Os resultados obtidos na pesquisa permitiram perceber como a angústia de castração, os temores infantis e as fobias podem se constituir no fenômeno da inibição intelectual e comprometer toda a trajetória escolar do aluno.

Impasses dans l'apprentissage et inhibition intellectuelle: Cet article décrit les résultats d'une recherche-intervention psychanalytique à travers le rapport d'une étude de cas d'un élève dans la primaire d'une école publique de la ville d'Itabira-MG. L'élève fait face à plusieurs obstacles dans l'apprentissage qui entravent son processus d'alphabétisation. L'étude de cas vise à démontrer l'apport d'un méthode d'investigation utilisé dans cette recherche, qui est le diagnostic clinico-pédagogique (DCP), dont l'idée est d'apprendre avec le garçon ce qu'il enseigne à l'éducateur sur sadifficulté et compris les éléments de subjectivité que sont en tant d' interférer dans sa relation avec l'apprentissage. Les résultats obtenus dans la recherche ont permis de percevoir comment l'angoisse de castration, les peurs infantiles et les phobies peuvent être à l'origine de l'inhibition intellectuelle, en compromettant toute la trajectoire scolaire de l'élève.

mpasses in learning and intellectual inhibition: This article describes the results of a psychoanalytic-oriented research-intervention through the report of a case study of an elementary school student at a public school in the state school in the city of Itabira-MG. The student faces several obstacles in learning, which hinder his literacy and his literacy process. The aim is to demonstrate the contribution of one of the instruments used in this research, which is the clinical-pedagogical diagnosis (CDP). It's intervention reads what the boy teaches the educator about his subjectivity and how his particularities can interfere in the relationship with knowledge. The results obtained by the research allowed us to perceive how castration anxiety, infantile fears and phobias can constitute the phenomenon of intellectual inhibition and compromise the student's entire school journey.
Descritores: Psicanálise
Timidez
Ensino Fundamental e Médio
Aprendizagem
Deficiências da Aprendizagem
Responsável: BR1194.1 - BT - Biblioteca


  3 / 672 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1131772
Autor: Oliveira, Kryssia Layane Santos de; Feitosa, Antonio Lucas Ferreira; Depolli, Gabriel Trevizani; Pedruzzi, Cristiane Monteiro.
Título: Desempenho de leitura e escrita em usuários de implante coclear: revisão integrativa / Reading and writing performance in cochlear implant users: integrative review
Fonte: Audiol., Commun. res;25:e2298, 2020. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivos Descrever o desempenho de leitura e da escrita em usuários de implante coclear por meio de uma revisão integrativa. Estratégia de pesquisa A busca dos estudos ocorreu nas plataformas: SciELO, PubMed e Biblioteca Virtual em Saúde as quais abrangem as bases de dados: MEDLINE e LILACS. A questão norteadora desta revisão foi: como se apresenta o desempenho de leitura e da escrita em usuários de implante coclear? Critérios de seleção Estudos publicados nos últimos cinco anos, disponíveis nos idiomas português e inglês, que descreveram o desempenho de leitura e escrita em usuários de implante coclear. Dois autores revisaram e extraíram os dados como: ano, tipo de pesquisa, país, amostra, objetivo, idade de implante coclear e conclusões. Resultados Foram inclusos oito artigos. A faixa etária variou entre cinco e 18 anos de idade. Países como Espanha e Irã publicaram com mais frequência estudos nesta área. No total, foram avaliados 419 escolares, sendo que 238 eram usuários de implante coclear, que tinham como grupo controle 181 crianças com audição normal. Estudos demonstram que usuários com implante coclear possuem atrasos significativos durante o processo de desenvolvimento de leitura e de escrita, considerado ainda maior quando comparados com indivíduos de audição normal. Conclusão Mesmo com o uso do implante coclear, o desempenho de leitura e de escrita em escolares pode ser considerado pior em comparação ao de indivíduos com audição normal. Além disso, o desempenho de leitura e de escrita dos participantes está aquém do esperado para faixa etária e ano escolar.

ABSTRACT Purpose To describe the reading and writing performance of cochlear implant users, through an integrative review. Research strategy The search for studies took place on the platforms: SciELO, PubMed and Virtual Health Library, which includes the databases: MEDLINE and LILACS. The guiding question of this review was: how is the reading and writing performance of cochlear implant users? Selection criteria Studies published in the last five years, available in Portuguese and English, which described the reading and writing performance of cochlear implant users. Two authors reviewed and selected data such as: year, type of research, country, sample, objective, age of cochlear implant and conclusions. Results Eight articles were included. The age range varied between 5 and 18 years of age. Spain and Iran have published studies in this area more frequently. In total, 419 schoolchildren were evaluated, 238 of whom were cochlear implant users, with a control group of 181 children with normal hearing. Studies demonstrate cochlear implant users have delays during reading and writing development, even more when compared to people with normal hearing. Conclusion Even with the use of the cochlear implant, reading and writing performance in schoolchildren is considerably worse compared to individuals with normal hearing. In addition, the reading and writing performance of the participants is below expectations for the age group and school year.
Descritores: Leitura
Redação
Implante Coclear
Deficiências da Aprendizagem
-Estudantes
Perda Auditiva
Limites: Humanos
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR663.1 - Biblioteca da Saúde da Mulher e da Criança


  4 / 672 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1135837
Autor: Garbarino, Mariana Inés.
Título: O discurso meritocrático nas explicações parentais de crianças com queixa escolar / Meritocratic discourse in explanations provided by parents of children with school complaints / El discurso meritocrático en las explicaciones parentales de niños con queja escolar
Fonte: Psicol. ciênc. prof;40:e195858, jan.-maio 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O artigo discute a leitura meritocrática do fracasso escolar e mapeia sua emergência no discurso de participantes de um programa de extensão universitária que atende crianças com queixa escolar. Indaga-se a dimensão social do discurso sobre dificuldades de aprendizagem explorando e comparando de que modo esta ressoa nas tramas significantes de crianças e adultos. Foram analisadas 128 fichas de inscrição onde os sujeitos assinalaram o motivo da demanda de atendimento. Com base em análise qualitativa e quantitativa (não estatística) das produções discursivas, reflete-se acerca da coconstrução dos sentidos da queixa escolar. Os resultados mostram que, diferentemente dos motivos infantis, o discurso causal dos adultos tende a ser individualizante, o que se expressa na responsabilização da criança pelo "não aprender" justificada, predominantemente, por problemas de concentração e atenção. Concluiu-se que esses dados são coerentes com a atual lógica fragmentadora oriunda do crescente fenômeno da medicalização da infância, que desloca o conflito escolar para o âmbito da saúde mental.

Abstract This paper discusses the meritocratic interpretation of school failure and maps its emergence in the discourse of participants in a university extension program that serves children with school complaints. The social dimension of the discourse about learning difficulties is explored by comparing how this resonates in the significant narratives of children and adults. A total of 128 registration forms recorded their reason for the demand of a clinical care and were subsequently analyzed. Based on a qualitative/quantitative (non-statistical) analysis of discursive expression, this paper reflects on the co-construction of meanings present in school complaints. The results show that, unlike children's motives, the causal discourse of adults tends to be individualizing, which is expressed in the child's accountability for "not learning" being justified, predominantly, by problems of concentration and attention. These data are consistent with the current fragmented logic stemming from the growing phenomenon of childhood medicalization that shifts the school conflict to the mental health field.

Resumen El artículo discute la lectura meritocrática del fracaso escolar y traza su emergencia en el discurso de participantes de un programa de extensión universitario que atiende a niños con queja escolar. Se indaga la dimensión social del discurso sobre dificultades de aprendizaje explorando y comparando de qué modo resuena en las tramas significantes de niños y adultos. Se analizaron 128 fichas de inscripción en las cuales los sujetos indicaron la razón de la demanda de atención. Con base en el análisis cualitativo y cuantitativo (no estadístico) de las producciones discursivas, se reflexiona acerca de la coconstrucción de los sentidos de la queja escolar. Los resultados muestran que, diferentemente de razones infantiles, el discurso causal de los adultos tiende a ser individualizante, lo que se expresa en la responsabilización del niño por su "no aprendizaje" justificada predominantemente por problemas de concentración y atención. Se concluye que esos datos son coherentes con la actual lógica fragmentaria que proviene del creciente fenómeno de medicalización de la infancia, que traslada el conflicto escolar para el ámbito de la salud mental.
Descritores: Saúde Mental
Fracasso Acadêmico
Aprendizagem
Deficiências da Aprendizagem
-Pais
Responsabilidade Social
Universidades
Educação
Estudos de Avaliação como Assunto
Medicalização
Limites: Humanos
Criança
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1552.1 - Biblioteca Central


  5 / 672 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1223584
Autor: Campos, Roberta Xavier; Assis, Luísa Argolo; Assis, Júlia Argolo; Lombardi, Antônio Benedito(coord).
Título: A associação entre os transtornos de linguagem receptivo e expressivo e os transtornos de aprendizagem / The association between receptive and expressive language disorders and learning disorders
Fonte: Rev. méd. Minas Gerais;30(supl.5):S17-S21, 2020.
Idioma: pt.
Conferência: Apresentado em: Congresso Mineiro Online de Pediatria, 1, s.l, 04-05 dez. 2020.
Resumo: O aprendizado e a linguagem são processos neuronais complexos, os quais possuem íntima ligação entre si. Diante disso, o transtorno de linguagem (TL) também está fortemente correlacionado aos transtornos de aprendizagem (TA), uma associação inicialmente observada no projeto de extensão "Construindo Histórias...", da PUC Minas, e confirmada pela literatura. Foi realizada uma busca de publicações dos últimos 15 anos, nas bases PubMed, LILACS, Up to Date e MedLine, utilizando os descritores Language Development Disorders, Child Languages, Language Development, Learning e Learning Disorders e suas traduções em português. Foram selecionadas 18 publicações e também o foi utilizado o livro Transtornos da aprendizagem. Os TL por definição são mudanças nos padrões normais do aprendizado da linguagem e podem ser classificados em expressivo e receptivo. Como resultado desse quadro, a criança apresenta dificuldades em compreender e de se expressar, o que está diretamente relacionado ao processo de aprendizagem e pode resultar em um TA. O diagnóstico desses transtornos deve ser realizado de maneira individualizada e observando a interação de fatores genéticos, fisiológicos, socioculturais e escolares. Conclui-se que os transtornos de linguagem e de aprendizado não afetam apenas a vida acadêmica, mas também a vida social, comportamental e psicológica e, por isso, é de extrema importância que ocorra um foco maior na detecção precoce desses transtornos, para que, assim, a criança receba um tratamento adequado e, consequentemente, tenha um prognóstico melhor. (AU)

Learning and language are complex neuronal processes, which have an intimate connection with each other. Therefore, language development disorder (LDD) or language impairment is also strongly correlated with learning disorders (LD), an association initially observed in the extension project "Constructing stories" at PUC Minas and confirmed by the literature. A search for publications from the last 15 years was carried out in the following outlets: PubMed, LILACS, Up to Date and MedLine using the descriptors Language Development Disorders, child languages, Language Development, Learning and Learning Disorders and their Portuguese version. Eighteen publications were selected and the book Transtornos da aprendizagem, 2016 was also used. LDD by definition are changes in normal language learning patterns and can be classified as expressive and receptive. Because of this situation, children have difficulties in understanding and expressing themselves, this is directly related to the learning process, which can result in an LD. The diagnosis of these disorders must be done individually and observing the interaction of genetic, physiological, sociocultural and school factors. It is worth noting that language and learning disorders not only affect academic life, but also social, behavioral and psychological life, and therefore it is extremely important that there is a greater focus on the early detection of these disorders, thus, children receive an appropriate treatment and, consequently, have a better prognosis. (AU)
Descritores: Linguagem Infantil
Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem
-Desenvolvimento da Linguagem
Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem
Deficiências da Aprendizagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1561.1 - Biblioteca Virtual AMMG


  6 / 672 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1089022
Autor: Klumpp, Carolina Ferreira Barros; Vilar, Manuela; Pereira, Marcelino; Andrade, Márcia Siqueira de.
Título: Estudos de fidedignidade para o Desenho da Família Cinética / Reliability studies for the Kinetic Family Drawing / Estudios de confiabilidad para el Dibujo Kinético de la Familia
Fonte: Aval. psicol;19(1):48-55, jan.-abr. 2020. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Esta pesquisa teve como objetivo realizar estudos de fidedignidade para o Desenho da Família Cinética, sendo estes relativos aos parâmetros de fidedignidade entre avaliadores, intra-avaliador e estabilidade temporal/teste-reteste. Os instrumentos utilizados foram o Desenho da Família Cinética e o Teste das Matrizes Progressivas Coloridas de Raven. Participaram desses estudos dois juízes e 66 crianças, sendo 16 com problemas de aprendizagem. Para a análise de dados, utilizou-se o coeficiente kappa de Cohen, a correlação ρ de Spearman e a diferença estatística entre as médias dos pontos por meio do Teste Wilcoxon. Os resultados mostraram índices substanciais a perfeitos de concordância nos estudos de fidedignidade entre avaliadores e intra-avaliador para todos os itens de análise do Desenho da Família Cinética e, no teste-reteste, não houve diferenças estatisticamente significativas entre as médias das pontuações entre as duas aplicações. Conclui-se pela robustez psicométrica do Desenho da Família Cinética, em termos de indicadores de fidedignidade.(AU)

This study aimed to perform reliability analyses for the Kinetic Family Drawing, in relation to inter- and intra-rater reliability parameters and temporal/test-retest stability. The instruments used were the Kinetic Family Drawing and the Raven Colored Progressive Matrix Test. Twelve judges and 66 children participated in this study, 16 of whom had learning problems. For the data analysis, Cohen's kappa coefficient, Spearman's correlation coefficient ρ, and the statistical difference between the means of the points through the Wilcoxon test were used. The results showed substantial perfect agreement indices in the inter- and intra-rater reliability analyses for all items of the Kinetic Family Drawing, and in the test-retest there were no statistically significant differences between the mean scores of the two applications. The psychometric robustness of the Kinetic Family Drawing, in terms of reliability indicators, was confirmed.(AU)

Esta investigación tuvo como objetivo realizar estudios de confiabilidad para el Dibujo Kinético de la Familia, que se relaciona con los parámetros de referencia entre los evaluadores, intra-evaluadores y estabilidad temporal/test-retest. Los instrumentos utilizados fueron el Dibujo Kinético de la Familia y la Test de Matrices Progresivas de Raven. Participaron de los estudios 2 jueces y 66 niños, siendo que 16 de ellos poseían problemas de aprendizaje. Para el análisis de los datos, se utilizó el coeficiente kappa de Cohen, la correlación de Spearman ρ y la diferencia estadística entre las medias de los puntos por medio de la prueba de Wilcoxon. Los resultados mostraron índices de concordancia considerables en los estudios de confiabilidad entre evaluadores e intra-evaluadores para todos los ítems de análisis del Dibujo Kinético de la Familia y, en el test-retest, no hubo diferencias estadísticamente significativas entre las medias de las puntuaciones entre las dos aplicaciones. Se concluye por la robustez psicométrica del Dibujo Kinético de la Familia, en términos de indicadores de confiabilidad.(AU)
Descritores: Técnicas Projetivas
-Reprodutibilidade dos Testes
Deficiências da Aprendizagem/psicologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  7 / 672 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Ciasca, Sylvia Maria
Texto completo
Id: biblio-1055223
Autor: Roama-Alves, Rauni Jandé; Pellisson, Sofia; Nakano, Tatiana de Cassia; Salgado-Azoni, Cintia Alves; Dias, Tatiane Lebre; Ciasca, Sylvia Maria.
Título: Test for identification of signs of dyslexia: effects of developmental variables / Teste para identificação de sinais de dislexia: efeitos de variáveis desenvolvimentais / Prueba de identificación de señales de dislexia: efectos de variables de desarrollo
Fonte: Aval. psicol;18(3):219-228, jul.-set. 2019. tab, il.
Idioma: en.
Resumo: This study aimed to verify the effects of developmental variables as age, school grade and gender in the performance of the Test for Identification of Signs of Dyslexia (TISD). In particular from the analysis of the first two, it was also sought to verify validity evidence based on external variables. Participants were 515 children, randomly selected, ages between six and 13 years old (Mean = 8.46; SD = 1.52), and 52% of males. Through the Univariate Analysis of Variance, only effects of age and school grade were found. It was observed that TISD was able to differentiate groups of six, seven, and eight years old and the school grade of the 1st to 4th grade of elementary school. From these results, it was possible to add positive validity evidence to the instrument, in order to motivate the conduction of other research studies of its psychometric qualities. (AU)

Este estudo objetivou verificar efeitos das variáveis desenvolvimentais de idade, ano escolar e gênero no desempenho do Teste para Identificação de Sinais de Dislexia (TISD). Especificamente, a partir da análise das duas primeiras, buscou-se também averiguar evidências de validade desse instrumento baseadas em variáveis externas. Participaram 515 crianças, selecionadas aleatoriamente, com idades entre seis e 13 anos (M = 8,46; DP = 1,52) e 52% pertencentes ao gênero masculino. Por meio da análise univariada da variância, foram encontrados somente efeitos das variáveis idade e ano escolar. Observou-se que o TISD foi capaz de diferenciar grupos de seis, sete e oito anos e também os anos escolares do primeiro ao quarto ano. A partir desses resultados, foi possível adicionar evidências positivas de validade para o instrumento, de modo a motivar a condução de outros estudos de investigação de suas qualidades psicométricas. (AU)

Este estudio objetivó comprobar los efectos de las variables del desarrollo de edad, año escolar y género en la ejecución del "Prueba de Identificación de Señales de Dislexia" (TISD). Específicamente a partir del análisis de las dos primeras, se buscó también verificar evidencias de validez de dicho instrumento basadas en variables externas. Participaron 515 niños, seleccionados al azar, con edades comprendidas entre seis y 13 años (M = 8.46; DS = 1.52) y 52% de hombres. Por medio del Análisis Univariado de Varianza, sólo se encontraron efectos de las variables edad y año escolar. Se observó que el TISD fue capaz de diferenciar grupos de seis, siete y ocho años y también los años escolares del primer hasta el cuarto año. A partir de estos resultados, fue posible añadir evidencias positivas de validez para el instrumento, con la finalidad de motivar la conducción de otros estudios de investigación de sus cualidades psicométricas. (AU)
Descritores: Dislexia/psicologia
-Reprodutibilidade dos Testes
Deficiências da Aprendizagem/psicologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Estudo de Validação
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  8 / 672 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Ciasca, Sylvia Maria
Texto completo
Id: biblio-1056983
Autor: Pestun, Magda Solange Vanzo; Roama-Alves, Rauni Jandé; Ciasca, Sylvia Maria.
Título: Neuropsychological and educational profile of children with dyscalculia and dyslexia: a comparative study / Perfil neuropsicológico e escolar de crianças com discalculia e dislexia: estudo comparativo / Perfil neuropsicológico y educativo de los niños con discalculia y dislexia: estudio comparativo
Fonte: Psico USF;24(4):645-659, out.-dez. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: This paper aims to compare the neuropsychological and educational profiles of Brazilian children with dyscalculia (n = 8), dyslexia (n = 13) and without learning disabilities (n = 12). The neuropsychological profile was composed of: (a) intelligence - assessed by the Wechsler Intelligence Scale for Children (WISC-III); (b) attention - WISC-III Coding and Symbol Search subtests; (c) executive functions - Digit Span (backward order) and WISC-III Arithmetic subtests, Pseudoword Repetition Test for Brazilian Children, Stroop Test and Wisconsin Card Sorting Test; (d) memory - WISC-III Digit Span subtest (forward order) and Rey Complex Figures. The educational profile was composed of reading, writing and mathematics, assessed by the Academic Performance Test and the Arithmetic Test. It was found that the groups with dyscalculia and dyslexia did not differentiate in any of the neuropsychological abilities, only in the reading and writing abilities. Neuropsychological variables that could explain these results were discussed. (AU)

Objetivou-se comparar os perfis neuropsicológico e escolar de crianças brasileiras com discalculia (n = 8), dislexia (n = 13) e sem dificuldades escolares (n = 12). O perfil neuropsicológico foi composto por: (a) inteligência: avaliada pela Escala de Inteligência Wechsler para Crianças (WISC-III); (b) atenção: subtestes Códigos e Procurar Símbolos da WISC-III; (c) funções executivas: subtestes Dígitos (ordem inversa) e Aritmética da WISC-III, Teste de Repetição de Pseudopalavras para Crianças Brasileiras, Teste de Stroop e Teste Wisconsin de Classificação de Cartas; (d) memória: subteste Dígitos (ordem direta) da WISC-III e Figuras Complexas de Rey. O perfil escolar foi composto por leitura, escrita e matemática, avaliado pelo Teste de Desempenho Escolar e pela Prova de Aritmética. Verificou-se que os grupos com discalculia e com dislexia não se diferenciaram em nenhuma das habilidades neuropsicológicas, somente nas habilidades escolares de leitura e escrita. Variáveis neuropsicológicas que pudessem explicar esses desempenhos intergrupos foram discutidas. (AU)

El objetivo de este trabajo fue comparar los perfiles neuropsicológicos y escolares de niños brasileños con Discalculia (n = 8), Dislexia (n = 13) y niños sin dificultades escolares (n = 12). El perfil neuropsicológico fue compuesto por: (a) inteligencia: evaluada por Escala de Inteligencia Wechsler para Niños (WISC-III); (b) atención: subtests Códigos y Búsqueda de Símbolos de la WISC-III; (c) funciones ejecutivas: subtests Dígitos (orden inverso) y Aritmética de la WISC-III, Test de Repetición de Pseudopalabras para Niños Brasileños, Test de Stroop y Test Wisconsin de Clasificación de Cartas; (d) memoria: subtest Dígitos (orden directo) de la WISC-III y Figuras Complejas de Rey. El perfil escolar fue compuesto por lectura, escritura y matemática, evaluado por el Test de Desempeño Escolar y por la Prueba de Aritmética. Se verificó que los grupos con Discalculia y con Dislexia no se diferenciaron en ninguna de las habilidades neuropsicológicas, sólo en las habilidades escolares de lectura y escritura. Fueron discutidas variables neuropsicológicas que pueden explicar esos desempeños intergrupales. (AU)
Descritores: Escalas de Wechsler
Dislexia/psicologia
Teste de Stroop
Discalculia/psicologia
Teste de Classificação de Cartas de Wisconsin
Deficiências da Aprendizagem/psicologia
-Inquéritos e Questionários
Anamnese
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1249.1 - Coordenadoria do Sistema de Bibliotecas


  9 / 672 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1133628
Autor: Bouzaboul, Mounir; Amri, Abdeslam; Abidli, Zakaria; Saidi, Hassan; Faiz, Noureddine; Ziri, Rabea; Ahami, Ahmed.
Título: Relationship between executive functions and academic performance among Moroccan middle school students / Relação entre funções executivas e desempenho acadêmico em estudantes marroquinos do ensino médio
Fonte: Dement. neuropsychol;14(2):194-199, Apr.-June 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT. Executive functions (EF) play a central role in the development of social and cognitive skills and academic learning. Objective: For this reason, this study aims to determine the relationship between executive functions and academic performance among middle school students in the Middle Atlas of Morocco. Methods: This study focuses on 137 middle school students studying at four colleges located in the Middle Atlas of Morocco. The sample studied was divided into two groups: the first consisting of students with learning difficulties; and the second considered a control. To assess EF, three tests were administered to learners in both groups (Tracking Test, Stroop Test and Number Span Test). Results: In the sample, average age of the learners was 14.5±1.3 years and sex ratio was balanced. The students with learning difficulties had lower performance on tests measuring cognitive flexibility, inhibitory processes and working memory compared to the control group. Conclusion: From these results, it can be concluded that students with learning disabilities performed poorly on the three basic components of executive functions. Therefore, thorough neuropsychological diagnosis would be desirable to identify learners who may have cognitive or behavioural disorders and allow adequate intervention to improve their executive functions and subsequently their academic success.

RESUMO. As funções executivas (FEs) desempenham um papel central no desenvolvimento de habilidades sociais e cognitivas e no aprendizado acadêmico. Objetivo: Por esse motivo, nosso estudo teve como objetivo determinar a relação entre FEs e desempenho acadêmico entre estudantes do ensino médio no Atlas Médio de Marrocos. Métodos: Nosso estudo se concentrou em 137 alunos do ensino médio que estudavam em quatro colégios localizados no Atlas Médio de Marrocos. A amostra estudada foi dividida em dois grupos, o primeiro composto por alunos com dificuldades de aprendizagem e o segundo considerado como controle. Para avaliar os FEs, três testes foram administrados aos alunos de ambos os grupos (Testes de Trilhas, Teste de Stroop e Teste de Extensão de Dígitos). Resultados: A idade média dos alunos em nossa amostra foi de 14,5±1,3 anos, com uma relação entre gêneros equilibrada. Em nosso estudo, os alunos com dificuldades de aprendizagem apresentaram desempenho inferior nos testes que mediram flexibilidade cognitiva, processo inibitório e memória de trabalho em comparação ao grupo controle. Conclusão: Do ​​nosso resultado, podemos concluir que alunos com dificuldades de aprendizagem apresentam um desempenho fraco nos três componentes básicos das FEs. Por esse motivo, seria desejável um diagnóstico neuropsicológico completo, para identificar alunos que possam ter distúrbios cognitivos ou comportamentais para uma correção adequada para melhorar seus FEs e, posteriormente, seu sucesso acadêmico.
Descritores: Função Executiva
-Estudantes
Ensino Fundamental e Médio
Deficiências da Aprendizagem
Marrocos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR15.3 - Biblioteca Emília Bustamante


  10 / 672 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1224658
Autor: Villalba-Heredia, Mª Lorena; Rodríguez Pérez, Celestino; Santana Amador, Zaira.
Título: Perfiles conductuales del alumnado con TDAH: Dominios y Subdominios del Cuestionario Five to Fifteen (FTF) / Behavioral profiles of students with ADHD Behavioral profiles of students with ADHD in Domains and Subdomains through the FTFPhoto By/Foto: Colored Lights
Fonte: Rev. iberoam. psicol. (En línea);13(3):56-64, 2020. graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: El Trastorno por Déficit de Atención con o sin Hiperactividad (TDAH) es un trastorno neurobiológico en el que se presentan una serie de síntomas o patrones de indicadores más o menos estables como hiperactividad, impulsividad y déficit de atención que se empiezan a manifestar en la infancia, solapados en muchos casos con problemas comórbidos. En este artículo se presenta un estudio empírico, realizado con una muestra de 64 alumnos entre los 5 y 15 años de edad, con diagnóstico clínico en TDAH, con una media de edad de 10.27 años (DT=2.76), de los cuales 51 eran niños y 13 eran niñas. Para el estudio se empleó una metodología con técnicas cuantitativas, en la que los participantes fueron evaluados mediante el Cuestionario Five to Fifteen (FTF) de Kadesjö. El cuestionario fue completado por los padres, ya que que ofrece la posibilidad de descubrir los problemas propios de un niño con TDAH y aquellos que se pueden asociar. Se aplicó el software SPSS para la obtención de los resultados de los 179 ítems correspondientes a los dominios y subdominios del TDAH. El objetivo era definir el perfil de los dominios y subdominios del TDAH a través del cuestionario FTF, además de conocer de forma diferenciada las similitudes y diferencias que presentan los sujetos con TDAH en cuanto a sus dominios y subdominios en función del sexo. Entre los resultados hallados se encontró que algunas de las características clave de los niños que presentan este trastorno son las dificultades de aprendizaje y la problemática de estos niños con la interacción social.

Attention Deficit Disorder with or without Hyperactivity (ADHD) is a neurobiological disorder in which there are a series of symptoms or patterns of more or less stable indicators such as hyperactivity, impulsivity and attention deficit that begin to manifest in childhood, overlapping in many cases with comorbid problems. This paper presents an empirical study, carried out with a sample of 64 students between 5 and 15 years of age, with a clinical diagnostic in ADHD, with a mean of 10.27 years old (SD = 2.76), of whom 51 are boys and 13 are girls. The study has used a methodology with quantitative techniques, in which the participants were evaluated using the Five to Fifteen test (FTF) of Kadesjö. The questionnaire was completed by their parents which offers the possibility of discovering a child's own problems with ADHD and those that can be associated. The SPSS software is applied to obtain the results of the 179 items corresponding to ADHD domains and subdomains. The aim was to define the profile of the ADHD domains and subdomains through the FTF questionnaire, in addition to knowing in a differentiated way the similarities and differences that subjects with ADHD present in terms of their domains and subdomains according to sex. Among the results found, it was found that some of the key characteristics of children with this disorder are learning difficulties and the problems of these children with social interaction
Descritores: Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade
Deficiências da Aprendizagem
-Atenção
Estudantes
Comportamento Impulsivo
Aprendizagem
Responsável: CO666.1



página 1 de 68 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde