Base de dados : LILACS
Pesquisa : C10.597.690 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 28 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 28 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-994765
Autor: Gomes, M. da Mota.
Título: From the "small doll" until "prostitute's pupil" through Argyll Robertson: the Argyll Robertson's sign, one hundred fifty years from his findings (1869) / Da "pequena boneca" até "pupila da prostituta" através de Argyll Robertson: o sinal de Argyll Robertson, cento e cinquenta anos de seus achados (1869)
Fonte: Rev. bras. neurol;55(1):38-41, jan.-mar. 2019. ilus.
Idioma: en.
Resumo: A tiny structure, the pupil, attracts too much attention, since the antiquity. The pupil as part of the "'window of/to the soul", the eyes, it can demonstrate a clinical disorder sign, or simply a psychological expression. In this paper, it is studied the situation in which the pupillary reflex to light is compromised, but the accommodation reflex is preserved, what is named after Argyll Robertson, the frst Scottish ophthalmologist, who besides described the signal (1869), he also tried to defned its clinical signifcance. Afterwards, it was clearly demonstrated its relationship with tertiary neurosyphilis.

Uma estrutura minúscula, a pupila, atrai muita atenção, desde a antiguidade. A pupila como parte da "'janela da alma'", os olhos, poderia demonstrar um sinal de desordem clínica, ou, simplesmente, uma expressão psicológica. Neste trabalho, estuda-se a situação em que o reflexo pupilar à luz é comprometido, mas o reflexo de acomodação é preservado, o que leva o nome de Argyll Robertson, o primeiro oftalmologista escocês que além de descrever o sinal (1869), também tentou defniu seu signifcado clínico. Posteriormente, foi claramente demonstrada sua relação com a neurossíflis terciária.
Descritores: Oftalmologia/história
Reflexo Pupilar
Distúrbios Pupilares/diagnóstico
Distúrbios Pupilares/fisiopatologia
-Sistema Nervoso Autônomo
Acomodação Ocular/fisiologia
Neurossífilis
Limites: Humanos
História do Século XXI
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central


  2 / 28 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-994767
Autor: Gomes, M. da Mota.
Título: On the shoulders of giants: the case of the Claude Bernard Horner syndrome
Fonte: Rev. bras. neurol;55(1):42-46, jan.-mar. 2019. ilus.
Idioma: en.
Resumo: The syndrome called mainly in the French world as Claude Bernard Horner was frst described by Francois Pourfour du Petit, in 1727, but more thoroughly defned by the French physiologist, Claude Bernard, in 1852, followed by several physicians who offered different interpretations, mainly Silas Weir Mitchell (1864). The clinical and pharmacological implications, with the fnal wrap-up of the syndrome, were presented by a Swiss ophthalmologist, Johann Friedrich Horner, in 1869. This is a cooperative defnition of a syndrome of the sympathetic disruption of the ocular inervation, with fnal addings mainly about pharmacological approach by Horner, but with credits to many others clinicians and physiologists. This is the case of repeated presentations of a "new sign" in neurology with few additions from one to another.

A síndrome chamada principalmente no mundo francês como Claude Bernard Horner foi descrita pela primeira vez por François Pourfour du Petit, em 1727, mas mais profundamente defnida pelo fsiologista francês, Claude Bernard, em 1852, seguido por vários médicos que ofereceram interpretações diferentes, principalmente Silas Weir Mitchell (1864). As implicações clínicas e farmacológicas, com o desfecho fnal da síndrome, foram apresentadas por um oftalmologista suíço, Johann Friedrich Horner, em 1869. Esta é uma defnição cooperativa de uma síndrome da ruptura da inervação simpática ocular, com adições fnais principalmente sobre a abordagem farmacológica por Horner, mas com créditos para muitos outros médicos e fsiologistas. É o caso de repetidas apresentações de um "novo sinal" na neurologia, com poucas adições de um para o outro.
Descritores: Síndrome de Horner/diagnóstico
Síndrome de Horner/etiologia
Síndrome de Horner/história
Distúrbios Pupilares/diagnóstico
-Sistema Nervoso Autônomo
Olho/inervação
Limites: Humanos
História do Século XXI
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central


  3 / 28 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1126754
Autor: Rodríguez Peinado, Nazareth; Mourelle Martínez, María Rosa; Diéguez Pérez, Montserrat.
Título: Síndrome de Marcus-Gunn / Marcus Gunn syndrome
Fonte: Rev. cuba. pediatr;92(2):e912, abr.-jun. 2020. graf.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: El síndrome de Marcus-Gunn se manifiesta con retracción o elevación del párpado ptótico ante la estimulación del músculo pterigoideo del mismo lado y el término "guiño mandibular" es inapropiado ya que el párpado no siempre desciende. Puede producirse en la apertura bucal, masticación, avance mandibular, al sonreír, silbar, bruxar, sacar la lengua, deglutir, chupar, cantar, en la contracción esternocleidomastoidea, maniobra de Valsalva, respirar o inhalar. Es congénito y de modalidad rara y autosómica dominante. Objetivo: Contribuir al conocimiento de esta rara enfermedad y a su relación con el ámbito odontológico. Presentación del caso: Se trata de un niño de 3 años diagnosticado de síndrome de Marcus-Gunn en el periodo neonatal, por la observación de la madre de una apertura palpebral izquierda durante la succión nutritiva. No presenta otras enfermedades ni antecedentes de interés. En la exploración extraoral se advierte una ptosis palpebral derecha y apertura palpebral izquierda en los movimientos mandibulares y deglución. La intensidad del reflejo se incrementa en estados de ansiedad derivados del tratamiento dental. Conclusiones: el síndrome de Marcus-Gunn es una entidad rara en pediatría, en la cual sus hallazgos clínicos determinan el diagnóstico. Teniendo en cuenta que en ocasiones presentan alteraciones oculares, nada nos hace sospechar la presencia de una enfermedad oral específica(AU)

Introduction: Marcus Gunn syndrome manifests with retraction or elevation of the eyelid ptotico while stimulation of the pterygoid muscle on the same side and the term jaw-winking is inappropriate because the eyelid does not always goes down. It can occur during mouth opening, mastication, mandibular advancement, while smiling, whistling, bruxing, sticking out the tongue, swallowing, sucking, singing, during the sternocleidomastoid contraction, the Valsalva maneuver, breathing or inhaling. This syndrome is congenital and rare, and of autosomal dominant modality. Objective: To contribute to the knowledge of this rare disease and its relationship with the odontologic field. Presentation of the case: 3 years old boy diagnosed with Marcus Gunn syndrome in the neonatal period by the observation of the mother of a left palpebral opening during the nutritive sucking. He does not present other diseases or a background of interest. In the extraoral exploration, it is noticed a right palpebral ptosis and a left palpebral opening in the jaw movements and in swallowing. The intensity of the reflex increases in anxiety states arising from the dental treatment. Conclusions: Marcus Gunn syndrome is a rare entity in pediatrics, in which its clinical findings determine the diagnosis. Taking into account that sometimes it presents ocular alterations, nothing makes us suspect the presence of a specific oral disease(AU)
Descritores: Distúrbios Pupilares/diagnóstico
Distúrbios Pupilares/epidemiologia
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  4 / 28 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-787331
Autor: Magalhães, Otavio A; Kronbauer, Claudia L; Müller, Eduardo G; Sanvicente, Carina T.
Título: Update and review of Urrets-Zavalia syndrome / Atualizando e revisando a síndrome de Urrets-Zavalia
Fonte: Arq. bras. oftalmol;79(3):202-204graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT For more than half a century, Urrets-Zavalia syndrome (fixed dilated pupil) has been described as a postoperative complication of ophthalmic surgery. Since first reported as a complication of penetrating keratoplasty for keratoconus in patients receiving atropine, the characteristic features of Urrets-Zavalia syndrome have been expanded. In previous literature, a total of 110 cases resulted in a fixed and dilated pupil. Increased intraocular pressure (IOP) in the immediate postoperative period, phakia, and air or gas in the anterior chamber appear to be the most important risk factors for Urrets-Zavalia syndrome following ophthalmic procedures. Mannitol, IOP control, the removal of air or gas in the anterior chamber, and iridectomy have all demonstrated utility in managing Urrets-Zavalia syndrome.

RESUMO Por mais de meio século, a síndrome de Urrets-Zavalia (pupila fixa e dilatada) foi descrita como uma complicação pós-operatória em oftalmologia. Desde o primeiro relato após ceratoplastia penetrante em pacientes portadores de ceratocone em uso de atropina, seu conceito foi ampliado. Na literatura, um total de 110 casos resultaram em pupila fixa e dilatada. Aumento da pressão intraocular (PIO) no pós-operatório imediato, facia, ar ou gás na câmara anterior parecem ser fatores de risco importantes para o aparecimento da síndrome. Sua prevenção pode ser alcançada com o uso de manitol, controle adequado da PIO e quantidade de ar ou gás na camâra anterior e iridectomia.
Descritores: Distúrbios Pupilares/etiologia
Distúrbios Pupilares/prevenção & controle
Ceratoplastia Penetrante/efeitos adversos
-Síndrome
Fatores de Risco
Tomografia de Coerência Óptica
Pressão Intraocular
Doenças da Íris/etiologia
Doenças da Íris/prevenção & controle
Ilustração Médica
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 28 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-838759
Autor: Bardak, Handan; Ercalik, Nimet Yesim; Gunay, Murat; Bolac, Ruveyde; Bardak, Yavuz.
Título: Pupilloplasty in a patient with true polycoria: a case report / Pupiloplastia em um caso de policoria verdadeira
Fonte: Arq. bras. oftalmol;79(6):404-406, Nov.-Dec. 2016. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Here we report a case of surgical pupilloplasty in an adult with true polycoria. A 44-year old man was referred to our clinic with a best-corrected visual acuity (BCVA) of 0.5 diopters (D) in his left eye. Biomicroscopy revealed two pupils within a 2.5-mm central zone, with diameters of 1.2 and 1.1 mm. Both pupils had real iris sphincters and responded to light and chemical stimulation. Therefore, we surgically cut the bridge between the two pupils without any intraoperative or postoperative complications. One month after the surgery, BCVA had improved to 0.9 D, and the final pupil was almost round, measuring 2.7 mm in diameter.

RESUMO Relatamos um caso de pupiloplastia cirúrgica em um paciente adulto com policoria verdadeira. Um homem de 44 anos de idade foi encaminhado ao nosso serviço com acuidade visual melhor corrigida (BCVA) de 0,5 em seu olho esquerdo. Biomicroscopia revelou 2 pupilas, dentro de uma zona central de 2,5 milímetros com dimensões de 1,2 mm e 1,1 mm de diâmetro. Ambas as pupilas apresentavam esfíncteres irianos reais que respondiam à luz e a drogas. A ponte entre as 2 pupilas foi cortada cirurgicamente. Não houve complicações transoperatórias ou pós-operatórias. A BCVA melhorou para 0,9, e a pupila ficou quase circunferencial com 2,7 mm de diâmetro, um mês após a cirurgia.
Descritores: Iris/anormalidades
Iris/cirurgia
Distúrbios Pupilares/cirurgia
-Pupila
Limites: Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 28 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1019407
Autor: Koch, Camila R; Sena, Paulo Vinicius de Carvalho; Almeida, Paula Caroline Matos; Fernandes, Matheus Borges; Kara-Junior, Newton.
Título: Urrets-Zavalia Syndrome following cataract surgery in a case of anterior megalophthalmos / Síndrome de Urrets-Zavalia após cirurgia de catarata em um caso de megaloftalmo anterior
Fonte: Arq. bras. oftalmol;82(4):329-331, July-Aug. 2019. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Intraoperative and postoperative cataract surgery in eyes with anterior megalophthalmos are challenging procedures. Herein we describe the case of a 53-year-old male with anterior megalophthalmos who developed unilateral Urrets-Zavalia Syndrome following cataract surgery.

RESUMO O intraoperatório e o pós-operatório de cirurgia de catarata em olhos com megaloftalmo anterior é desafiador. Descrevemos o caso de um homem de 53 anos com megaloftalmo anterior que desenvolveu a Síndrome de Urrets-Zavalia unilateral após cirurgia de catarata.
Descritores: Oftalmopatias Hereditárias/cirurgia
Distúrbios Pupilares/etiologia
Facoemulsificação/efeitos adversos
Doenças Genéticas Ligadas ao Cromossomo X/cirurgia
-Complicações Pós-Operatórias
Síndrome
Acuidade Visual
Oftalmopatias Hereditárias/complicações
Distúrbios Pupilares/patologia
Doenças Genéticas Ligadas ao Cromossomo X/complicações
Pressão Intraocular
Câmara Anterior/cirurgia
Limites: Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 28 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1019439
Autor: Ferreira, Bruno Fortaleza de Aquino; Schmidt, Marina Brandão; Barbosa, Leonardo José; Oyamada, Maria Kiyoko; Carricondo, Pedro Carlos.
Título: Phacoemulsification and 1% atropine eye drops for treatment of antimetropic congenital microcoria associated with cataracts / Facoemulsificação e colírio de atropina a 1% para tratamento de microcoria congênita antimetrópica associada a catarata
Fonte: Arq. bras. oftalmol;82(5):425-428, Sept.-Oct. 2019. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT A rare case of bilateral congenital microcoria associated with antimetropia in a 47-year-old man is here described. The patient presented with a chief complaint of progressive vision loss in his right eye over the past five years. A slit-lamp examination and ultrasound biomicroscopy confirmed congenital microcoria and cataracts. Phacoemulsification was performed using an iris expansion device and the anterior capsule was stained using the "trypan down under" technique. Preoperative considerations, the surgical approach, and postoperative management are discussed.

RESUMO Um caso raro de microcoria congênita bilateral associada à antimetropia em um homem de 47 anos de idade é descrito aqui. O paciente queixava-se de perda visual progressiva em seu olho direito nos últimos 5 anos. Um exame com lâmpada de fenda e biomicroscopia ultrassônica confirmaram microcoria congênita e catarata. A facoemulsificação foi realizada usando dispositivo de expansão iriana, e a cápsula anterior foi corada através da técnica "trypan down under". Considerações pré-operatórias, abordagem cirúrgica e manejo pós-operatório são discutidos.
Descritores: Soluções Oftálmicas/administração & dosagem
Atropina/administração & dosagem
Catarata/complicações
Extração de Catarata
Distúrbios Pupilares/congênito
Facoemulsificação/métodos
-Distúrbios Pupilares/cirurgia
Distúrbios Pupilares/complicações
Microscopia Acústica
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 28 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-833
Autor: Rolim, José Daniel de Albuquerque Lins; Rovaris, Diego Antonio; Chia, Chang Yung.
Título: Fenômeno de Marcus Gunn recidivado: relato de caso e revisão bibliográfica / Surgical treatment of relapsed Marcus Gunn syndrome: a case report and literature review
Fonte: Rev. bras. cir. plást;29(4):578-581, 2014. ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: INTRODUÇÃO: O fenômeno de Marcus Gunn é uma ptose congênita rara e pouco conhecida, de origem neurogênica, de fisiopatogenia ainda não esclarecida. Os autores relatam um caso de ptose acentuada e recidivada após quatro correções cirúrgicas, e fazem uma breve revisão bibliográfica. RELATO DE CASO: Adulto jovem de 19 anos, sexo masculino, foi submetido a quatro tentativas de correção de ptose palpebral a direita em outros serviços, sem diagnóstico da origem da ptose congênita. O paciente apresentava abertura palpebral do olho direito ao abrir a boca, ao lateralizar o olhar para o lado ipse-lateral, e ao fechamento do olho contra-lateral. A última cirurgia foi realizada 2 anos antes, com posicionamento e fixação de fitas de silicone. O paciente não apresentava nenhum déficit neurológico ou visual. Foi submetido à cirurgia para remoção das fitas de silicone anteriormente posicionadas, confecção de enxertos em fita de técido fibroconectivo da fáscia lata do membro inferior direito, miectomia do musculo elevador da pálpebra ptosada, fixação dos enxertos da fáscia lata na borda superior do tarso com tração e fixação ao musculo frontal ipsilateral. Evoluiu com movimentos sincrônicos das pálpebras bilateralmente, e sem recidiva do ptose até o presente momento.

INTRODUCTION: Marcus Gunn syndrome is a rare and little known congenital ptosis of neurogenic origin. Its physiopathological mechanism has not been clarified. The authors report a case of pronounced ptosis that relapsed after four surgical corrections, along with a brief literature review. CASE REPORT: A 19-year-old young adult underwent four surgical corrections of the right palpebral ptosis in other services, without a definite diagnosis of the origin of the congenital ptosis. The patient showed eyelid opening in the right eye on opening the mouth, when the eye is lateralized to the ipsilateral side, and with contralateral eye closure. The last surgery was performed 2 years prior, during which silicone bands were placed and fixated. The patient did not present any visual or neurological deficit. He underwent surgery in order to remove the silicone bands that were previously placed, to prepare the strip grafts made of fibrous connective tissue from the fascia lata of the right inferior limb, and to perform myectomy of the levator muscle of the palpebral ptosis, fixation of the fascia lata grafts at the upper edge of the tarsus with traction and fixation to the ipsilateral frontal muscle. The patient progressed with synchronic movements of the eyelids bilaterally, and without relapse of the ptosis until the present date.
Descritores: Silicones
Blefaroptose
Relatos de Casos
Distúrbios Pupilares
Blefaroplastia
Pálpebras
Fixação Ocular
-Silicones/uso terapêutico
Silicones/química
Blefaroptose/cirurgia
Blefaroptose/patologia
Distúrbios Pupilares/cirurgia
Distúrbios Pupilares/patologia
Blefaroplastia/métodos
Pálpebras/cirurgia
Pálpebras/patologia
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
História do Século XXI
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  9 / 28 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Sousa, Regina Marcia Cardoso de
Id: lil-155968
Autor: Sousa, Regina Marcia Cardoso de; Koizumi, Maria Sumie.
Título: O tamanho das pupilas e os métodos utilizados na medida do diâmetro pupilar / The pupillary diameter and the effectiveness of instruments used as pupillary diameter gauge
Fonte: Rev. paul. enferm;9(3):109-13, set.-dez. 1990.
Idioma: pt.
Resumo: As autoras mostram a importância da realizaçäo de exame pupilar nos pacientes com distúrbios neurológicos, descrevem as reaçöes pupilares normais e sua base fisiológica e abordam especificamente o aparecimento das anomalias pupilares nos pacientes com alteraçäo de nível de consciência. Comentam também a confiabilidade das diferentes técnicas de medida de diâmetro pupilar utilizadas.
Descritores: Pupila/fisiologia
Exame Neurológico/enfermagem
-Distúrbios Pupilares/diagnóstico
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  10 / 28 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-906253
Autor: Fandiño, A; Sampor, C; Sgroi, M; Esquivel, J.
Título: Haga su diagnóstico [Leucocoria] / Make your diagnosis [Leucocoria]
Fonte: Med. infant;22(2):196-198, Junio 2015. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Distúrbios Pupilares/diagnóstico
Neoplasias da Retina/diagnóstico por imagem
Retinoblastoma/diagnóstico por imagem
-Ultrassonografia
Limites: Humanos
Feminino
Pré-Escolar
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR305.1 - SID - Servicio de Información y Documentación



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde