Base de dados : LILACS
Pesquisa : C10.597.742.143 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 3 [refinar]
Mostrando: 1 .. 3   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 3 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-508029
Autor: Seibel, Sergio Dario.
Título: Urgências psiquiátricas: alterações relacionadas ao uso de álcool / Psychiatric emergencies: changes related to the use of alcohol
Fonte: Diagn. tratamento;9(1):22-23, jan.-mar. 2004. tab.
Idioma: pt.
Descritores: Convulsões por Abstinência de Álcool
Intoxicação Alcoólica
Serviços de Emergência Psiquiátrica
-Alcoolismo
Psiquiatria
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  2 / 3 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-362398
Autor: Araujo, Renata Brasil; Oliveira, Margareth; Piccoloto, Luciane B; Szupszynski, Karen P. D. R.
Título: Sonhos e craving em alcoolistas na fase de desintoxicação / Dreams and craving in alcohol addicted patients in the detoxication stage
Fonte: Rev. psiquiatr. clín. (São Paulo);31(2):63-69, 2004.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo desta pesquisa foi avaliar a presença da relação entre os sonhos e craving em alcoolistas nos três primeiros dias de desintoxicação em unidades de internação hospitalar. Verificou-se se aqueles que tinham o craving aumentado relatavam sonhos com o tema "álcool" e analisou-se a qualidade do sono desses sujeitos. Foi um estudo transversal, de associação entre variáveis. A amostra foi de 77 sujeitos adultos do sexo masculino, dependentes de álcool, sem comorbidades clínicas ou psiquiátricas e não-dependentes de outras substâncias psicoativas, salvo a nicotina. Os instrumentos foram: entrevista estruturada; escala de avaliação do craving; questionário de avaliação do sono e dos sonhos; Mini-Mental State Examination e questionário Short-Form Alcohol Dependence Data. Quanto à fase inicial do sono, 67,6 por cento considerou no mínimo satisfatória, 80,5 por cento emitiu a mesma opinião quanto ao seu final, porém apenas 22,1 por cento nunca apresentou interrupções durante o sono. Sonhar com álcool não foi um comportamento freqüente (27,3 por cento), e a média de pontuação do craving foi "fraca", havendo associação entre sonhar com álcool e um aumento no craving (p < 0,001). Os sonhos podem ser mais bem aproveitados pelos profissionais da dependência química, devendo ser utilizados elementos sinalizadores de uma "situação de risco" nas técnicas de prevenção à recaída.
Descritores: Convulsões por Abstinência de Álcool
Alcoolismo
Inativação Metabólica
-Distribuição de Qui-Quadrado
Sonhos
Demografia
Sono
Limites: Humanos
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  3 / 3 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-315702
Autor: Del Ben, Marta Cristina; Vilela, José Antônio Alves; Marques, Joäo Mazzoncini de Azevedo.
Título: Síndrome de abstinência alcoólica / Alcohol abstinence syndrome
Fonte: Medicina (Ribeiräo Preto);32(supl.1):46-52, jun. 1999. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O alcoolismo é um dos problemas mais importantes de Saúde Mental no Brasil, com uma prevalência durante a vida variando de 7,6 a 9,2 por cento, sendo 10 vezes mais freqüente em homens do que em mulheres (ALMEIDA FILHO e col, 1997). Considerando-se o conceiro mais almplo de "bebedores problemas", ou seja, pessoas que ainda näo desenvolveram uma nítida dependência ao álcool, mas já apresentam alguma conseqüência do seu uso abusivo, pode-se estimar um aumento de quatro vezes destas proporçöes (JORGE, 1987)
Descritores: Alcoolismo
Síndrome de Abstinência a Substâncias
-Convulsões por Abstinência de Álcool
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR26.1 - Biblioteca Central



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde