Base de dados : LILACS
Pesquisa : C10.597.751.791 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 22 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 22 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1254623
Autor: Rodrigues, Esther Cunha; Wendland, Eliana Márcia Da Ros; Vidor, Deisi Cristina Gollo Marques; Santos, Karoline Weber dos.
Título: Diagnostic properties of sensitivity changes in patients with maxillofacial fractures: a systematic review
Fonte: Braz. j. oral sci;20:e211223, jan.-dez. 2021. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Aim: Verify the accuracy of objective assessments compared to subjective tests in detecting changes in somatosensory perception in individuals affected by maxillofacial trauma. Methods: The review (PROSPERO n ° CRD42019125546) used the databases: MEDLINE, Cochrane, EMBASE, LILACS and other bibliographic resources. Prospective and retrospective studies that used objective and subjective methods of assessing facial sensitivity in maxillofacial fractures were included. There was no restriction on language or publication date. Risk of bias was assessed using the QUADAS-2. Data extraction and analysis were performed using a form developed for the study. Results: 21 studies were included. The clinical objective examination mainly includes assessments of: tactile sensitivity (95.24%) and nociceptive sensitivity (57.14%). The subjective assessment was based on the patient's report, spontaneously (61.90%), guided by structured questionnaires (33.33%) and/or using scales (9.52%) to measure the degree of impairment. In risk of bias assessment, were observed no adequate interpretation and classification of changes in subjective sensitivity, subject to inappropriate analysis of the data. In addition, the studies bring several instruments without standardization for assessing sensory modalities. Conclusion: The objective assessment is a complement to the subjective assessment, using the touch assessment as the main parameter in the profile of the facial peripheral integrity, associated or not with nociceptive assessment. Lack of consensus on the indication of specific instruments for testing is a limiting factor. Thus, based on the studies, is proposed a minimum battery of sensitivity assessment to obtain an overview of the patient's peripheral nervous situation
Descritores: Fraturas Zigomáticas
Transtornos das Sensações
Distúrbios Somatossensoriais
Traumatismos Faciais
Revisões Sistemáticas como Assunto
Fraturas Maxilomandibulares
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR218.1 - Biblioteca Carlos Henrique Robertson Liberalli


  2 / 22 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-978801
Autor: Jara, Paula; Matamala, José Manuel; Verdugo, Renato.
Título: Compromiso neuropático y autonómico en Enfermedad de Fabry: presentación de casos clínicos / Neuropathy and Fabry's disease: report of five cases
Fonte: Rev. méd. Chile;146(9):1079-1084, set. 2018. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Fabry's disease is an X-linked multisistemic lisosomal storage disorder caused by deficiency or absence in α-Galatosidase A. Symptoms develop early in childhood with small fiber neuropathy, autonomic disorders and skin lesions (angiokeratomas). More severe in males, patients develop over years heart disease (hypertrophic cardiomyopathy, bradycardia), proteinuria, renal failure, transient ischemic attacks and stroke, associated with decreased life expectancy. We report five patients with Fabry's disease aged between 21 to 56 years and with family history. Neuropathic symptoms are described and neurophysiological testing findings of nerve conduction studies, quantitative sensory testing, autonomic testing and sympathetic skin response are presented.
Descritores: Doença de Fabry/diagnóstico
-Carbamazepina/uso terapêutico
Sensibilidade e Especificidade
Doença de Fabry/tratamento farmacológico
Doenças do Sistema Nervoso Periférico/diagnóstico
Analgésicos não Narcóticos/uso terapêutico
Distúrbios Somatossensoriais/diagnóstico
Terapia de Reposição de Enzimas
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  3 / 22 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Battistella, Linamara Rizzo
Texto completo
Id: biblio-1022904
Autor: Dias, Caren da Silva; Alfieri, Fábio Marcon; Battistella, Linamara Rizzo.
Título: Utilização de monofilamentos para avaliação sensorial em pacientes com sequela de Acidente Vascular Encefálico (AVE) - uma revisão sistemática / Use of monofilaments for sensory evaluation in patients with sequelae of stroke - a systematic review
Fonte: Rev. bras. neurol;55(3):22-28, jul.-set. 2019. tab.
Idioma: pt.
Resumo: FUNDAMENTO: A estesiometria é um teste quantitativo para avaliar o desempenho tátil sensorial, verificar o grau de sensibilidade cutânea por meio dos monofilamentos de nylon ao toque leve e à pressão. OBJETIVO: Verificar a utilização dos monofilamentos como instrumento de avaliação da sensibilidade de pacientes com sequela de AVE na literatura. MÉTODO: Estudo de revisão sistemática, realizado com artigos indexados na base de dados PubMed, Lilacs e Scielo, sem limitação por data de publicação, sendo a busca realizada no mês de outubro de 2018. RESULTADOS: Foram elencados dezessete estudos, após análise destes, nove foram excluídos por não preencherem os critérios de inclusão, e oito foram lidos na íntegra. Após leitura dos artigos, foram obtidos os dados referentes a: número da amostra, instrumentos de avaliação, se houve ou não intervenção, e a conclusão do estudo. CONCLUSÃO: Por mais promissor que seja o uso dos monofilamentos para avaliação sensorial, esta revisão mostrou que existem poucos estudos avaliando os pacientes com sequela de AVE com este método de avaliação, principalmente estudos clínicos.

BACKGROUND:The esthesiometry is a quantitative test to evaluate the tactile sensory performance, to verify the degree of cutaneous sensitivity through nylon monofilaments to light touch and pressure. OBJECTIVE: To verify the use of monofilaments as a tool to assess the sensitivity of patients with a sequel to stroke in the literature. METHOD: A systematic review study was carried out with articles indexed in the PubMed, Lilacs and Scielo database, without limitation by date of publication. The search was carried out in October 2018. RESULTS: Seventeen studies were analyzed, after analyzing nine were excluded because they did not meet the inclusion criteria, and eight were read in full. After reading the articles, data were obtained regarding: sample number, evaluation instruments, whether or not there was intervention, and the conclusion of the study. CONCLUSION: As promising as it may be the use of monofilaments for sensory evaluation, this review showed that there are few studies evaluating patients with sequelae of stroke with this method of evaluation, mainly clinical studies.
Descritores: Acidente Vascular Cerebral/complicações
Acidente Vascular Cerebral/diagnóstico
Exame Neurológico/métodos
-Limiar Sensorial
Sensibilidade e Especificidade
Distúrbios Somatossensoriais/etiologia
Distúrbios Somatossensoriais/fisiopatologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão Sistemática
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central


  4 / 22 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1055182
Autor: Cengiz, Gül ferda; Sacmaci, Hikmet; Aktürk, Tülin; Hacimusalar, Yunus.
Título: Comparison of patients with migraine and tension-type headache in terms of somatosensory amplification and health anxiety / Estudo comparativo de pacientes com enxaqueca e cefaleia do tipo tensional em relação à amplificação somatossensorial e à ansiedade associada à saúde
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;77(11):768-774, Nov. 2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Although it is known that anxiety and depressive disorders frequently accompany migraine and TTH, the role of somatic amplification (SSA) and health anxiety in these diseases is not adequately known. Objective: The aim of this study is to compare SSA and health anxiety in patients with migraine or TTH, and healthy controls and to investigate the relationships between SSA, health anxiety, headache characteristics, anxiety and depressive symptoms. Methods: Fifty-four migraine, 50 TTH patients from the outpatient unit of the neurology department and 53 healthy volunteers were recruited for the study. The somatosensory amplification scale (SSAS), health anxiety inventory, Beck depression (BDI) and anxiety inventory (BAI) were administered to all participants. Results: The SSAS scores were significantly higher in migraineurs compared with the healthy controls. The health anxiety scores were significantly higher in both migraine and TTH groups. The BDI and BAI scores were also significantly higher in migraine and TTH groups compared with the controls. A significant positive correlation was found between headache frequency and BAI scores, the visual analogue scale scores and SSAS and BDI scores in migraineurs. The SSAS scores were also significantly correlated with the BDI and BAI scores in both of the headache groups. A similar correlation was determined with the health anxiety scores. Conclusions: While patients with migraine and TTH evalute, taking into account the SSA and health anxiety may contribute to the prognosis and treatment of these diseases.

RESUMO Embora se saiba que os distúrbios de ansiedade e depressão frequentemente acompanhem a enxaqueca e a TTH, o papel da amplificação somatossensorial (somatosensory amplification, SSA) e da hipocondria nessas doenças ainda não é bem conhecido. Objetivo: O presente estudo faz uma comparação entre pacientes que sofrem de enxaqueca e TTH com um grupo de controle saudável em termos de SSA e hipocondria e investiga a relação entre os achados e as características da cefaleia, a ansiedade e os sintomas depressivos. Métodos: O estudo incluiu 54 pacientes com enxaqueca, 50 pacientes com TTH e 53 voluntários saudáveis que se cadastraram na clínica de neurologia. A escala de amplificação somatossensorial (somatosensory amplification scale, SSAS), o inventário de hipocondria, o Inventário de Depressão de Beck (Beck Depression Inventory, BDI) e o Inventário de Ansiedade de Beck (Beck Anxiety Inventory, BAI) foram aplicados aos participantes. Resultados: Quando comparados com os controles saudáveis, as pontuações da SSAS dos pacientes com enxaqueca foram significativamente maiores, enquanto as pontuações de hipocondria foram significativamente maiores em ambos os grupos de enxaqueca e TTH. As pontuações do BAI e do BDI foram significativamente maiores em ambos os grupos de pacientes que no grupo de controle. No grupo da enxaqueca, foi identificada uma correlação positiva entre frequência de cefaleia e ansiedade, bem como entre a Escala Analógica Visual (EVA), a SSAS e a depressão. Em ambos os grupos de pacientes, a SSA foi correlacionada positivamente com a depressão e a ansiedade, e uma correlação semelhante foi encontrada entre a SSA e a hipocondria. Conclusão: Em avaliações dessas doenças, a hipocondria e a SSA devem ser levadas em consideração, pois se acredita que essa abordagem possa contribuir positivamente para o prognóstico e tratamento da doença.
Descritores: Transtornos de Ansiedade/psicologia
Cefaleia do Tipo Tensional/psicologia
Distúrbios Somatossensoriais/psicologia
Transtornos de Enxaqueca/psicologia
-Escalas de Graduação Psiquiátrica
Valores de Referência
Fatores Socioeconômicos
Índice de Gravidade de Doença
Medição da Dor
Estudos de Casos e Controles
Estudos Transversais
Análise de Variância
Estatísticas não Paramétricas
Transtorno Depressivo/psicologia
Autorrelato
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 22 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Caovilla, Heloisa Helena
Texto completo
Id: biblio-1001549
Autor: Gorski, Leslie Palma; Silva, Adriana Marques da; Cusin, Flávia Salvaterra; Cesaroni, Suelen; Ganança, Mauricio Malavasi; Caovilla, Heloisa Helena.
Título: Body balance at static posturography in vestibular migraine / Equilíbrio corporal à posturografia estática na migrânea vestibular
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);85(2):183-192, Mar.-Apr. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Introduction: Migraine is one of the most frequent and incapacitating headaches, with a high degree of impairment in quality of life. Its association with vestibular symptoms is common, including imbalance and postural instability. Objective: To evaluate the body balance of patients with vestibular migraine through a static posturography test. Methods: An experimental group of 31 patients with a medical diagnosis of vestibular migraine in the intercritical period of the disease, and a control group of 31 healthy individuals, matched for age and gender, were submitted to the eight sensory conditions of the Tetrax Interactive Balance System. The parameters analyzed were: stability index, which measures the amount of sway, global stability and ability to compensate postural modifications; weight distribution index, which compares deviations in weight distribution; synchronization index, which measures the symmetry in the weight distribution; postural sway frequency, which indicates the frequency range with more sway; and fall risk index, which expresses the probability of falls. Results: The stability index was higher in the experimental group in all eight sensory conditions, with a significant difference between the groups in six of them. The weight distribution index was higher in the experimental group in all conditions, with a significant difference in three of them. The number of cases with preferential sway in F2-F4 was significantly higher in the experimental group in three conditions, and in F5-F6 in two, while the fall risk was significantly higher in the experimental group than in the control group. Conclusion: Patients with vestibular migraine showed compromised body balance at the static posturography test.

Resumo Introdução: Migrânea é uma das cefaleias mais frequentes, incapacitante e com elevado grau de comprometimento na qualidade de vida. É comum sua associação a sintomas vestibulares, inclusive desequilíbrio e instabilidade postural. Objetivo: Avaliar o equilíbrio corporal de pacientes com migrânea vestibular por meio de uma posturografia estática. Método: Foram submetidos às oito condições sensoriais da posturografia do Tetrax Interactive Balance System um grupo experimental de 31 pacientes com diagnóstico médico de migrânea vestibular no período intercrítico da afecção e um grupo controle de 31 indivíduos hígidos pareado quanto à idade e sexo. Os parâmetros analisados foram: índice de estabilidade, que mede a quantidade de oscilação, estabilidade global e habilidade para compensar modificações posturais; índice de distribuição de peso, que compara os desvios na distribuição do peso; índice de sincronização, que mede a simetria na distribuição de peso; frequência de oscilação postural, que aponta a faixa de frequência com mais oscilação; e índice de risco de queda, que expressa à probabilidade de ocorrerem quedas. Resultados: O índice de estabilidade foi maior no grupo experimental em todas as oito condições sensoriais, com diferença significante entre os grupos em seis delas; o índice de distribuição de peso foi maior no grupo experimental em todas as condições, com diferença significante em três delas; o número de casos com oscilação preferencial em F2-F4 foi significantemente maior no grupo experimental em três condições, e, em F5-F6, em duas; o índice de risco de queda foi significantemente maior no grupo experimental do que no grupo controle. Conclusão: Pacientes com migrânea vestibular apresentam comprometimento do equilíbrio corporal à posturografia estática.
Descritores: Doenças Vestibulares/fisiopatologia
Equilíbrio Postural/fisiologia
Posição Ortostática
Transtornos de Enxaqueca/fisiopatologia
-Valores de Referência
Peso Corporal/fisiologia
Acidentes por Quedas
Estudos de Casos e Controles
Vertigem/fisiopatologia
Estudos Transversais
Fatores de Risco
Estatísticas não Paramétricas
Medição de Risco
Distúrbios Somatossensoriais/fisiopatologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 22 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Chianca, Tânia Couto Machado
Texto completo
Id: biblio-961119
Autor: Cardoso, Ana Carolina Lima Ramos; Araújo, Diego Dias de; Chianca, Tânia Couto Machado.
Título: Risk prediction and impaired tactile sensory perception among cancer patients during chemotherapy / Predição de risco e incidência de percepção sensorial tátil alterada em pacientes oncológicos durante quimioterapia / Predicción de riesgo e incidencia de percepción sensorial táctil alterada en pacientes oncológicos durante quimioterapia
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);25:e2957, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objectives: to estimate the prevalence of impaired tactile sensory perception, identify risk factors, and establish a risk prediction model among adult patients receiving antineoplastic chemotherapy. Method: historical cohort study based on information obtained from the medical files of 127 patients cared for in the cancer unit of a private hospital in a city in Minas Gerais, Brazil. Data were analyzed using descriptive and bivariate statistics, with survival and multivariate analysis by Cox regression. Results: 57% of the 127 patients included in the study developed impaired tactile sensory perception. The independent variables that caused significant impact, together with time elapsed from the beginning of treatment up to the onset of the condition, were: bone, hepatic and regional lymph node metastases; alcoholism; palliative chemotherapy; and discomfort in lower limbs. Conclusion: impaired tactile sensory perception was common among adult patients during chemotherapy, indicating the need to implement interventions designed for early identification and treatment of this condition.

RESUMO Objetivos: Estimar a prevalência de percepção sensorial tátil alterada, identificar os fatores de risco e estabelecer modelo de predição de risco para seu desenvolvimento, em pacientes adultos, submetidos à quimioterapia antineoplásica. Método: Coorte histórica realizada a partir de informações obtidas em prontuários de 127 pacientes atendidos em uma unidade oncológica de um hospital privado de um município de Minas Gerais, Brasil. Os dados foram analisados por estatística descritiva, bivariada, com análise de sobrevida e multivariada por regressão de Cox. Resultados: Dos 127 pacientes analisados 57% desenvolveu percepção sensorial tátil alterada. As variáveis independentes que impactaram, de forma significativa e conjunta, com o tempo para ocorrência do desfecho foram: metástases óssea, hepática e de linfonodo regional, alcoolismo, quimioterapia paliativa e desconforto nos membros inferiores. Conclusão: A percepção sensorial tátil alterada foi um achado comum em pacientes adultos durante o tratamento quimioterápico, apontando para a necessidade da implementação de intervenções que visem identificar precocemente e prevenir ou tratar o problema.

RESUMEN Objetivos: estimar la prevalencia de percepción sensorial táctil alterada, identificar los factores de riesgo y establecer un modelo de predicción de riesgo para su desarrollo, en pacientes adultos sometidos a quimioterapia antineoplásica. Método: estudio de cohorte histórica, realizado a partir de informaciones obtenidas de fichas médicas de 127 pacientes atendidos en unidad oncológica de un hospital privado, en municipio de Minas Gerais, Brasil. Los datos fueron analizados con estadística descriptiva, bivariada, con análisis de sobrevivencia y multivariado con la regresión de Cox. Resultados: de los 127 pacientes analizados, 57% desarrollaron percepción sensorial táctil alterada. Las variables independientes que causaron impacto de forma significativa, y conjuntamente con el tiempo para ocurrencia del resultado, fueron: metástasis ósea, hepática y de linfoma regional; alcoholismo; quimioterapia paliativa; e, incomodidad en los miembros inferiores. Conclusión: la percepción sensorial táctil alterada fue un hallazgo común en pacientes adultos durante el tratamiento quimioterápico, lo que apunta para la necesidad de la implementación de intervenciones que objetiven identificar precozmente y prevenir o tratar el problema.
Descritores: Transtornos da Percepção/induzido quimicamente
Transtornos da Percepção/epidemiologia
Distúrbios Somatossensoriais/induzido quimicamente
Distúrbios Somatossensoriais/epidemiologia
Percepção do Tato/efeitos dos fármacos
Neoplasias/tratamento farmacológico
Antineoplásicos/efeitos adversos
-Prognóstico
Prevalência
Estudos de Coortes
Medição de Risco
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  7 / 22 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886995
Autor: Duarte, Ida; Silveira, Jéssica Eleonora P S; Hafner, Mariana de Figueiredo Silva; Toyota, Raquel; Pedroso, Debora Midori M.
Título: Sensitive skin: review of an ascending concept
Fonte: An. bras. dermatol;92(4):521-525, July-Aug. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract: Sensitive skin is a condition characterized by stinging, burning and itching sensations. The diagnosis, pathophysiology and treatment of sensitive skin are still under discussion. In the last years, studies on its epidemiology have been performed, showing a high prevalence and impact on quality of life. Brazilian population was also considered in these studies. Cosmetics, climate changes and skin barrier impairment are the main factors that contribute for skin hyperreactivity. New studies are trying to bring new knowledge about the theme. This review will describe data on epidemiology, triggering factors, pathophysiology, diagnosis and treatment.
Descritores: Dermatopatias
Distúrbios Somatossensoriais
-Dermatopatias/diagnóstico
Dermatopatias/etiologia
Dermatopatias/terapia
Dermatopatias/epidemiologia
Brasil/epidemiologia
Testes Cutâneos/métodos
Causalidade
Inquéritos e Questionários
Cosméticos/efeitos adversos
Distúrbios Somatossensoriais/diagnóstico
Distúrbios Somatossensoriais/etiologia
Distúrbios Somatossensoriais/terapia
Distúrbios Somatossensoriais/epidemiologia
Dermatite/diagnóstico
Dermatite/fisiopatologia
Dermatite/epidemiologia
Meio Ambiente
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 22 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-950589
Autor: Medeiros, Jessica da Silva Andrade; Santos, Stephanie Mayra de Moraes; Teixeira, Letícia Caldas; Gama, Ana Cristina Côrtes; Medeiros, Adriane Mesquita de.
Título: Sintomas vocais relatados por professoras com disfonia e fatores associados / Vocal symptoms reported by teachers with dysphonia and associated factors
Fonte: Audiol., Commun. res;21:e1553, 2016. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: RESUMO Objetivo Verificar o número de sintomas vocais relatados por professoras e a relação com a autopercepção das limitações das atividades diárias associadas à voz, aspectos pessoais, ocupacionais e clínicos. Métodos Trata-se de estudo realizado por meio da análise de dados secundários dos prontuários das professoras atendidas no ambulatório de voz de um hospital de ensino. As informações de interesse foram: idade, número de turnos lecionados, atividades paralelas à docência, uso de ventilador, ruído de conversação, poeira, ruído de obras, ruído externo, hábito de gritar, tabagismo, hidratação, uso de pastilha, prática de atividade física associada à fala, tipo e grau da disfonia, sintomas vocais proprioceptivos e respostas ao Protocolo do Perfil de Participação e Atividades Vocais (PPAV). Foi realizada análise descritiva e inferencial. Resultados Foram coletadas informações de 103 prontuários, nos quais se verificou elevada prevalência de sintomas vocais, sendo os mais frequentes: fadiga após o uso prolongado da voz, garganta seca, pigarro e ardência. Observou-se associação entre o número de sintomas vocais e o hábito de gritar, ruído de conversação e percepção do impacto da disfonia pelas docentes. O número de sintomas vocais autorrelatados foi positivamente correlacionado com todos os parâmetros avaliados pelo PPAV. Conclusão Há elevada frequência de sintomas vocais proprioceptivos entre as professoras. O ruído por conversação e o hábito de gritar estão associados ao número de sintomas vocais, assim como os parâmetros de autopercepção do impacto da disfonia, segundo o PPAV.

ABSTRACT Purpose Check the number of vocal symptoms reported by teachers and the relationship with the self-perception of the limitations of daily activities associated to the voice, personal, occupational and clinical aspects. Methods Refers to a study performed by the analysis of secondary data from medical records of teachers attended at the voice ambulatory of a teaching hospital. The informations of interest were: age, number of taught shifts, parallel activities to teaching, fan use, conversational noise, dust, construction noise, external noise, screaming, smoking habit, hydration, pellet use, physical activity associated with speech, type and degree of dysphonia, proprioceptive vocal symptoms and responses to the Protocol of the Profile of Participation and Vocal Activities (PPVA). It was realized a descriptive and inferential analysis. Results Were collected informations of 103 medical records, where it was found high prevalence of vocal symptoms, with the most frequent: fatigue after prolonged use of the voice, dry throat, throat clearing and burning. It was observed an association between the number of vocal symptoms and the scream habit, conversational noise and perception of the impact of dysphonia by teachers. The number of self-reported vocal symptoms was positively correlated with all parameters evaluated by PPVA. Conclusion There is high frequency of proprioceptive vocal symptoms among the teachers. The noise of conversation and scream habit are associated with the number of vocal symptoms, as well as the parameters of self-perception of the impact of dysphonia contained in the PPVA.
Descritores: Distúrbios da Voz
Saúde do Trabalhador
Disfonia
Serviços de Saúde do Trabalhador
-Qualidade de Vida
Qualidade da Voz
Epidemiologia Descritiva
Distúrbios Somatossensoriais
Promoção da Saúde
Hospitais de Ensino
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 22 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Yacubian, Elza Márcia Targas
Texto completo
Id: lil-451668
Autor: Rahal, Márcio Andriani; Araújo Filho, Gerardo Maria de; Caboclo, Luís Otávio Sales Ferreira; Rosa, Vivianne Pellegrino; Centeno, Ricardo da Silva; Carrete Junior, Henrique; Garzon, Eliana; Sakamoto, Américo Ceiki; Yacubian, Elza Márcia Targas.
Título: Somatosensory aura in mesial temporal lobe epilepsy: semiologic characteristics, MRI findings and differential diagnosis with parietal lobe epilepsy
Fonte: J. epilepsy clin. neurophysiol;12(3):155-160, Sept. 2006. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: Somatosensory auras (SSAs) are more usually described in patients with parietal lobe epilepsy (PLE), producing more commonly a localized cutaneous tingling sensation, involving hands and fingers followed by tonic or clonic focal seizures. These usually originate in the contralateral hemisphere. Etiology includes dysplasias, tumours, ischemic or postencephalitic gliosis. However, other focal epilepsies, such as frontal and temporal, may also originate SSAs. Although this type of aura is reported as rare in patients with mesial temporal lobe epilepsy (MTLE), this association has not been systematically studied.OBJECTIVES: The aim of this article was to describe the cases of four patients with refractory MTLE and SSAs, reporting their clinical characteristics and MRI findings. We discuss the localizing and lateralizing value of SSAs, particularly in the context of MTLE. METHODS AND RESULTS: Four patients with refractory MTLE and SSAs followed-up in the outpatient's clinic at the Epilepsy Section, Universidade Federal de São Paulo, were submitted to presurgical evaluation and corticoamygdalohippocampectomy. MRI in all cases showed unilateral mesial temporal sclerosis (MTS). Regarding seizure semiology, tingling sensation involving the upper extremity was the most prevalent symptom. Three of the four patients had SSAs contralateral to the MTS. Following the SSAs all patients most of the time presented other symptoms such as autonomic or psychic auras evolving to psychomotor seizures. After surgical treatment, two of the patients presented infrequent auras, and two were rendered seizure-free. CONCLUSION: Although rare, SSAs can be present in MTLE. The characteristics of autonomic or psychic auras, psychomotor seizures, neuropsychological deficits, and typical neurophysiologic and MRI findings may help differentiate patients with MTLE from those with PLE

INTRODUÇÃO: Auras somatossensoriais (AS) são mais frequentemente descritas em pacientes com epilepsia de lobo parietal (ELP), produzindo sensação de formigamento cutâneo envolvendo mão e dedos seguida de sinais motores focais tônicos ou clônicos. Estas crises habitualmente originam-se no hemisfério cerebral contralateral. Displasias, tumores, patologias vasculares ou gliose pós encefalite constituem as etiologias mais prováveis. Outras epilepsias focais, como as de lobo frontal e temporal podem também originar (AS). Embora este tipo de aura seja considerada rara em pacientes com epilepsia mesial do lobo temporal (EMLT), esta associação ainda não foi sistematicamente estudada. OBJETIVOS: A proposta deste artigo foi descrever quatro casos de EMLT refratária ao tratamento clínico, apresentando AS, reportar as características clínicas comuns, achados de neuroimagem e estudar o valor localizatório e lateralizatório das mesmas. MÉTODOS E RESULTADOS: Quatro pacientes com EMLT refratária e AS acompanhados no ambulatório de Epilepsia, Universidade Federal de São Paulo, foram submetidos a avaliação pré-cirúrgica. Sensação de formigamento envolvendo a extremidade superior foi o sintoma predominante em todos. Em três (75%) as auras foram contralaterais à esclerose mesial temporal (EMT). Em todos as AS eram, com maior freqüência, seguidas por outras auras autonômicas e psiquícas e evoluiam para crises parciais complexas (crises psicomotoras). CONCLUSÃO: Embora raras, AS podem estar presentes em EMLT. A associação de auras autonômicas e psíquicas, presença de crises parciais complexas (psicomotoras), déficits neuropsicológicos distintos, além de achados neurofisiológicos e de neuroimagem podem diferenciar pacientes com EMLT daqueles com ELP.
Descritores: Esclerose
Distúrbios Somatossensoriais
Epilepsia do Lobo Temporal
-Neuroimagem/instrumentação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 22 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-998360
Autor: Noronha, Juliana Andreia Fernandes.
Título: Fatores associados a alteração da percepção sensorial tátil nos pés de pacientes com diabetes mellitus / Facrors associated with altered tactile sensory perception in the feet of patients with diabetes mellitus.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2019. 177 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A alteração na percepção sensorial tátil é a complicação neurológica e microvascular mais prevalente da diabetes mellitus, sendo frequentemente subnotificada e subtratada, o que pode levar a um aumento no risco de morbidade e mortalidade. É um problema que antecede a neuropatia diabética, uma das principais causas de ulcerações e amputações. O objetivo deste estudo foi analisar sinais, sintomas e fatores etiológicos da alteração da percepção sensoril tátil em pacientes com diabetes mellitus. Foi conduzido estudo metodológico em duas etapas: revisão integrativa da literatura e validação clínica com estudo transversal de abordagem quantitativa. A revisão integrativa da literatura foi realizada no período de agosto a setembro de 2016, nas principais bases de dados nacionais e internacionais, utilizando os descritores: neuropatias diabéticas, tato, percepção tátil, transtornos da percepção, distúrbios somatossensoriais e enfermagem. De 1371 publicações identificadas, obteve-se uma amostra de 23 estudos que subsidiaram, com as variáveis pertinentes, o instrumento de coleta de dados da etapa clínica. As publicações ocorreram entre 1992 e 2015, com maior produção nos Estados Unidos, com 17,3%. Os estudos (56,5%) foram do tipo transversal, prevalecendo nível de evidência IV (56,5%). A pesquisa clínica foi desenvolvida no ambulatório de endocrinologia do hospital de referência no Município de Campina Grande/PB, no período de maio a outubro de 2017. Foi realizado estudo piloto para determinar a confiabilidade entre avaliadores na coleta de dados utilizando na análise o coeficiente Kappa. O instrumento de coleta de dados continha aspectos sociodemográficos, dados clínicos gerais, a história clínica do diabetes mellitus e avaliação clínica dos pés através de teste do monofilamento de Semmes-Weinstein, teste de sensibilidade dolorosa, teste de sensibilidade vibratória com o diapasão e reflexo aquileu. Foram incluídos no estudo 224 pacientes. A prevalência global de alteração da percepção sensorial tátil foi de 53,1%. Na análise multivariada foi identificado que sexo feminino (p=0,019), diabetes mellitus tipo 2 (p=0,002), úlcera prévia (p=0,001), sensação de queimação (p=0,003), rachaduras e fissuras (p=0,017), calosidades (p=0,033) e pé de Charcot (p=0,019) foram associados à presença de alteração da percepção sensorial tátil. Constatou-se uma alta prevalência de alteração na percepção sensorial tátil entre os diabéticos. A identificação precoce de sinais, sintomas e fatores etiológicos podem subsidiar o enfermeiro no planejamento de intervenções baseadas em evidência na prevenção de ulcerações e amputações futuras.(AU)

The change in tactile sensory perception is the most prevalent neurological and microvascular complication of diabetes mellitus, often under-reported and under-treated, which may lead to an increased risk of morbidity and mortality. It is a problem that predates diabetic neuropathy, a major cause of ulceration and amputation. The objective of this study was to analyze the signs, symptoms and etiological factors of altered tactile sensory perception in patients with diabetes mellitus. A methodological study was conducted in two stages: integrative literature review and clinical validation with a cross - sectional quantitative approach. The integrative literature review was carried out from August to September 2016, in the main national and international databases, using the descriptors: diabetic neuropathies, touch, tactile perception, perceptual disorders, somatosensory disorders and nursing. Of 1371 publications identified, a sample of 23 studies was obtained that subsidized, with the pertinent variables, the instrument of data collection of the clinical stage. The publications occurred between 1992 and 2015, with higher production in the United States, with 17.3%. The studies (56.5%) were of the transverse type, with a level of evidence IV (56.5%). The clinical research was carried out in the endocrinology outpatient clinic of the reference hospital in the city of Campina Grande / PB, from May to October 2017. A pilot study was conducted to determine the reliability among raters in the data collection using the Kappa coefficient . The data collection instrument contained sociodemographic aspects, general clinical data, clinical history of diabetes mellitus and clinical evaluation of the feet through the Semmes-Weinstein monofilament test, pain sensitivity test, vibration sensitivity test with tuning fork, and aquileu reflex . A total of 224 patients were included in the study. The overall prevalence of altered tactile sensory perception was 53.1%. In the multivariate analysis, the female gender (p = 0.019), type 2 diabetes mellitus (p = 0.002), previous ulcer (p = 0.001), burning sensation (p = 0.003), cracks and fissures (p = 0.033) and Charcot's foot (p = 0.019) were associated with the presence of altered tactile sensory perception. There was a high prevalence of alteration in the tactile sensorial perception among diabetics. Early identification of signs, symptoms, and etiological factors may support nurses in the planning of evidence-based interventions for the prevention of future ulcerations and amputations.(AU)
Descritores: Pé Diabético/complicações
Neuropatias Diabéticas/etiologia
Percepção do Tato
-Transtornos da Percepção
Fatores Socioeconômicos
Inquéritos e Questionários
Dissertação Acadêmica
Distúrbios Somatossensoriais
Pesquisa Qualitativa
Diabetes Mellitus
Limites: Humanos
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1; T-WK835NOFA



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde