Base de dados : LILACS
Pesquisa : C10.597.751.791 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 16 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 16 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Chianca, Tânia Couto Machado
Texto completo
Id: biblio-961119
Autor: Cardoso, Ana Carolina Lima Ramos; Araújo, Diego Dias de; Chianca, Tânia Couto Machado.
Título: Risk prediction and impaired tactile sensory perception among cancer patients during chemotherapy / Predição de risco e incidência de percepção sensorial tátil alterada em pacientes oncológicos durante quimioterapia / Predicción de riesgo e incidencia de percepción sensorial táctil alterada en pacientes oncológicos durante quimioterapia
Fonte: Rev. latinoam. enferm. (Online);25:e2957, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objectives: to estimate the prevalence of impaired tactile sensory perception, identify risk factors, and establish a risk prediction model among adult patients receiving antineoplastic chemotherapy. Method: historical cohort study based on information obtained from the medical files of 127 patients cared for in the cancer unit of a private hospital in a city in Minas Gerais, Brazil. Data were analyzed using descriptive and bivariate statistics, with survival and multivariate analysis by Cox regression. Results: 57% of the 127 patients included in the study developed impaired tactile sensory perception. The independent variables that caused significant impact, together with time elapsed from the beginning of treatment up to the onset of the condition, were: bone, hepatic and regional lymph node metastases; alcoholism; palliative chemotherapy; and discomfort in lower limbs. Conclusion: impaired tactile sensory perception was common among adult patients during chemotherapy, indicating the need to implement interventions designed for early identification and treatment of this condition.

RESUMO Objetivos: Estimar a prevalência de percepção sensorial tátil alterada, identificar os fatores de risco e estabelecer modelo de predição de risco para seu desenvolvimento, em pacientes adultos, submetidos à quimioterapia antineoplásica. Método: Coorte histórica realizada a partir de informações obtidas em prontuários de 127 pacientes atendidos em uma unidade oncológica de um hospital privado de um município de Minas Gerais, Brasil. Os dados foram analisados por estatística descritiva, bivariada, com análise de sobrevida e multivariada por regressão de Cox. Resultados: Dos 127 pacientes analisados 57% desenvolveu percepção sensorial tátil alterada. As variáveis independentes que impactaram, de forma significativa e conjunta, com o tempo para ocorrência do desfecho foram: metástases óssea, hepática e de linfonodo regional, alcoolismo, quimioterapia paliativa e desconforto nos membros inferiores. Conclusão: A percepção sensorial tátil alterada foi um achado comum em pacientes adultos durante o tratamento quimioterápico, apontando para a necessidade da implementação de intervenções que visem identificar precocemente e prevenir ou tratar o problema.

RESUMEN Objetivos: estimar la prevalencia de percepción sensorial táctil alterada, identificar los factores de riesgo y establecer un modelo de predicción de riesgo para su desarrollo, en pacientes adultos sometidos a quimioterapia antineoplásica. Método: estudio de cohorte histórica, realizado a partir de informaciones obtenidas de fichas médicas de 127 pacientes atendidos en unidad oncológica de un hospital privado, en municipio de Minas Gerais, Brasil. Los datos fueron analizados con estadística descriptiva, bivariada, con análisis de sobrevivencia y multivariado con la regresión de Cox. Resultados: de los 127 pacientes analizados, 57% desarrollaron percepción sensorial táctil alterada. Las variables independientes que causaron impacto de forma significativa, y conjuntamente con el tiempo para ocurrencia del resultado, fueron: metástasis ósea, hepática y de linfoma regional; alcoholismo; quimioterapia paliativa; e, incomodidad en los miembros inferiores. Conclusión: la percepción sensorial táctil alterada fue un hallazgo común en pacientes adultos durante el tratamiento quimioterápico, lo que apunta para la necesidad de la implementación de intervenciones que objetiven identificar precozmente y prevenir o tratar el problema.
Descritores: Transtornos da Percepção/induzido quimicamente
Transtornos da Percepção/epidemiologia
Distúrbios Somatossensoriais/induzido quimicamente
Distúrbios Somatossensoriais/epidemiologia
Percepção do Tato/efeitos dos fármacos
Neoplasias/tratamento farmacológico
Antineoplásicos/efeitos adversos
-Prognóstico
Prevalência
Estudos de Coortes
Medição de Risco
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Meia-Idade
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  2 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Yacubian, Elza Márcia Targas
Texto completo
Id: lil-451668
Autor: Rahal, Márcio Andriani; Araújo Filho, Gerardo Maria de; Caboclo, Luís Otávio Sales Ferreira; Rosa, Vivianne Pellegrino; Centeno, Ricardo da Silva; Carrete Junior, Henrique; Garzon, Eliana; Sakamoto, Américo Ceiki; Yacubian, Elza Márcia Targas.
Título: Somatosensory aura in mesial temporal lobe epilepsy: semiologic characteristics, MRI findings and differential diagnosis with parietal lobe epilepsy
Fonte: J. epilepsy clin. neurophysiol;12(3):155-160, Sept. 2006. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: Somatosensory auras (SSAs) are more usually described in patients with parietal lobe epilepsy (PLE), producing more commonly a localized cutaneous tingling sensation, involving hands and fingers followed by tonic or clonic focal seizures. These usually originate in the contralateral hemisphere. Etiology includes dysplasias, tumours, ischemic or postencephalitic gliosis. However, other focal epilepsies, such as frontal and temporal, may also originate SSAs. Although this type of aura is reported as rare in patients with mesial temporal lobe epilepsy (MTLE), this association has not been systematically studied.OBJECTIVES: The aim of this article was to describe the cases of four patients with refractory MTLE and SSAs, reporting their clinical characteristics and MRI findings. We discuss the localizing and lateralizing value of SSAs, particularly in the context of MTLE. METHODS AND RESULTS: Four patients with refractory MTLE and SSAs followed-up in the outpatient's clinic at the Epilepsy Section, Universidade Federal de São Paulo, were submitted to presurgical evaluation and corticoamygdalohippocampectomy. MRI in all cases showed unilateral mesial temporal sclerosis (MTS). Regarding seizure semiology, tingling sensation involving the upper extremity was the most prevalent symptom. Three of the four patients had SSAs contralateral to the MTS. Following the SSAs all patients most of the time presented other symptoms such as autonomic or psychic auras evolving to psychomotor seizures. After surgical treatment, two of the patients presented infrequent auras, and two were rendered seizure-free. CONCLUSION: Although rare, SSAs can be present in MTLE. The characteristics of autonomic or psychic auras, psychomotor seizures, neuropsychological deficits, and typical neurophysiologic and MRI findings may help differentiate patients with MTLE from those with PLE

INTRODUÇÃO: Auras somatossensoriais (AS) são mais frequentemente descritas em pacientes com epilepsia de lobo parietal (ELP), produzindo sensação de formigamento cutâneo envolvendo mão e dedos seguida de sinais motores focais tônicos ou clônicos. Estas crises habitualmente originam-se no hemisfério cerebral contralateral. Displasias, tumores, patologias vasculares ou gliose pós encefalite constituem as etiologias mais prováveis. Outras epilepsias focais, como as de lobo frontal e temporal podem também originar (AS). Embora este tipo de aura seja considerada rara em pacientes com epilepsia mesial do lobo temporal (EMLT), esta associação ainda não foi sistematicamente estudada. OBJETIVOS: A proposta deste artigo foi descrever quatro casos de EMLT refratária ao tratamento clínico, apresentando AS, reportar as características clínicas comuns, achados de neuroimagem e estudar o valor localizatório e lateralizatório das mesmas. MÉTODOS E RESULTADOS: Quatro pacientes com EMLT refratária e AS acompanhados no ambulatório de Epilepsia, Universidade Federal de São Paulo, foram submetidos a avaliação pré-cirúrgica. Sensação de formigamento envolvendo a extremidade superior foi o sintoma predominante em todos. Em três (75%) as auras foram contralaterais à esclerose mesial temporal (EMT). Em todos as AS eram, com maior freqüência, seguidas por outras auras autonômicas e psiquícas e evoluiam para crises parciais complexas (crises psicomotoras). CONCLUSÃO: Embora raras, AS podem estar presentes em EMLT. A associação de auras autonômicas e psíquicas, presença de crises parciais complexas (psicomotoras), déficits neuropsicológicos distintos, além de achados neurofisiológicos e de neuroimagem podem diferenciar pacientes com EMLT daqueles com ELP.
Descritores: Esclerose
Distúrbios Somatossensoriais
Epilepsia do Lobo Temporal
-Neuroimagem/instrumentação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-998360
Autor: Noronha, Juliana Andreia Fernandes.
Título: Fatores associados a alteração da percepção sensorial tátil nos pés de pacientes com diabetes mellitus / Facrors associated with altered tactile sensory perception in the feet of patients with diabetes mellitus.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2019. 177 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A alteração na percepção sensorial tátil é a complicação neurológica e microvascular mais prevalente da diabetes mellitus, sendo frequentemente subnotificada e subtratada, o que pode levar a um aumento no risco de morbidade e mortalidade. É um problema que antecede a neuropatia diabética, uma das principais causas de ulcerações e amputações. O objetivo deste estudo foi analisar sinais, sintomas e fatores etiológicos da alteração da percepção sensoril tátil em pacientes com diabetes mellitus. Foi conduzido estudo metodológico em duas etapas: revisão integrativa da literatura e validação clínica com estudo transversal de abordagem quantitativa. A revisão integrativa da literatura foi realizada no período de agosto a setembro de 2016, nas principais bases de dados nacionais e internacionais, utilizando os descritores: neuropatias diabéticas, tato, percepção tátil, transtornos da percepção, distúrbios somatossensoriais e enfermagem. De 1371 publicações identificadas, obteve-se uma amostra de 23 estudos que subsidiaram, com as variáveis pertinentes, o instrumento de coleta de dados da etapa clínica. As publicações ocorreram entre 1992 e 2015, com maior produção nos Estados Unidos, com 17,3%. Os estudos (56,5%) foram do tipo transversal, prevalecendo nível de evidência IV (56,5%). A pesquisa clínica foi desenvolvida no ambulatório de endocrinologia do hospital de referência no Município de Campina Grande/PB, no período de maio a outubro de 2017. Foi realizado estudo piloto para determinar a confiabilidade entre avaliadores na coleta de dados utilizando na análise o coeficiente Kappa. O instrumento de coleta de dados continha aspectos sociodemográficos, dados clínicos gerais, a história clínica do diabetes mellitus e avaliação clínica dos pés através de teste do monofilamento de Semmes-Weinstein, teste de sensibilidade dolorosa, teste de sensibilidade vibratória com o diapasão e reflexo aquileu. Foram incluídos no estudo 224 pacientes. A prevalência global de alteração da percepção sensorial tátil foi de 53,1%. Na análise multivariada foi identificado que sexo feminino (p=0,019), diabetes mellitus tipo 2 (p=0,002), úlcera prévia (p=0,001), sensação de queimação (p=0,003), rachaduras e fissuras (p=0,017), calosidades (p=0,033) e pé de Charcot (p=0,019) foram associados à presença de alteração da percepção sensorial tátil. Constatou-se uma alta prevalência de alteração na percepção sensorial tátil entre os diabéticos. A identificação precoce de sinais, sintomas e fatores etiológicos podem subsidiar o enfermeiro no planejamento de intervenções baseadas em evidência na prevenção de ulcerações e amputações futuras.(AU)

The change in tactile sensory perception is the most prevalent neurological and microvascular complication of diabetes mellitus, often under-reported and under-treated, which may lead to an increased risk of morbidity and mortality. It is a problem that predates diabetic neuropathy, a major cause of ulceration and amputation. The objective of this study was to analyze the signs, symptoms and etiological factors of altered tactile sensory perception in patients with diabetes mellitus. A methodological study was conducted in two stages: integrative literature review and clinical validation with a cross - sectional quantitative approach. The integrative literature review was carried out from August to September 2016, in the main national and international databases, using the descriptors: diabetic neuropathies, touch, tactile perception, perceptual disorders, somatosensory disorders and nursing. Of 1371 publications identified, a sample of 23 studies was obtained that subsidized, with the pertinent variables, the instrument of data collection of the clinical stage. The publications occurred between 1992 and 2015, with higher production in the United States, with 17.3%. The studies (56.5%) were of the transverse type, with a level of evidence IV (56.5%). The clinical research was carried out in the endocrinology outpatient clinic of the reference hospital in the city of Campina Grande / PB, from May to October 2017. A pilot study was conducted to determine the reliability among raters in the data collection using the Kappa coefficient . The data collection instrument contained sociodemographic aspects, general clinical data, clinical history of diabetes mellitus and clinical evaluation of the feet through the Semmes-Weinstein monofilament test, pain sensitivity test, vibration sensitivity test with tuning fork, and aquileu reflex . A total of 224 patients were included in the study. The overall prevalence of altered tactile sensory perception was 53.1%. In the multivariate analysis, the female gender (p = 0.019), type 2 diabetes mellitus (p = 0.002), previous ulcer (p = 0.001), burning sensation (p = 0.003), cracks and fissures (p = 0.033) and Charcot's foot (p = 0.019) were associated with the presence of altered tactile sensory perception. There was a high prevalence of alteration in the tactile sensorial perception among diabetics. Early identification of signs, symptoms, and etiological factors may support nurses in the planning of evidence-based interventions for the prevention of future ulcerations and amputations.(AU)
Descritores: Pé Diabético/complicações
Neuropatias Diabéticas/etiologia
Percepção do Tato
-Transtornos da Percepção
Fatores Socioeconômicos
Inquéritos e Questionários
Dissertações Acadêmicas
Distúrbios Somatossensoriais
Pesquisa Qualitativa
Diabetes Mellitus
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG
BR21.1; T-WK835NOFA


  4 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-950589
Autor: Medeiros, Jessica da Silva Andrade; Santos, Stephanie Mayra de Moraes; Teixeira, Letícia Caldas; Gama, Ana Cristina Côrtes; Medeiros, Adriane Mesquita de.
Título: Sintomas vocais relatados por professoras com disfonia e fatores associados / Vocal symptoms reported by teachers with dysphonia and associated factors
Fonte: Audiol., Commun. res;21:e1553, 2016. tab, graf.
Idioma: pt.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: RESUMO Objetivo Verificar o número de sintomas vocais relatados por professoras e a relação com a autopercepção das limitações das atividades diárias associadas à voz, aspectos pessoais, ocupacionais e clínicos. Métodos Trata-se de estudo realizado por meio da análise de dados secundários dos prontuários das professoras atendidas no ambulatório de voz de um hospital de ensino. As informações de interesse foram: idade, número de turnos lecionados, atividades paralelas à docência, uso de ventilador, ruído de conversação, poeira, ruído de obras, ruído externo, hábito de gritar, tabagismo, hidratação, uso de pastilha, prática de atividade física associada à fala, tipo e grau da disfonia, sintomas vocais proprioceptivos e respostas ao Protocolo do Perfil de Participação e Atividades Vocais (PPAV). Foi realizada análise descritiva e inferencial. Resultados Foram coletadas informações de 103 prontuários, nos quais se verificou elevada prevalência de sintomas vocais, sendo os mais frequentes: fadiga após o uso prolongado da voz, garganta seca, pigarro e ardência. Observou-se associação entre o número de sintomas vocais e o hábito de gritar, ruído de conversação e percepção do impacto da disfonia pelas docentes. O número de sintomas vocais autorrelatados foi positivamente correlacionado com todos os parâmetros avaliados pelo PPAV. Conclusão Há elevada frequência de sintomas vocais proprioceptivos entre as professoras. O ruído por conversação e o hábito de gritar estão associados ao número de sintomas vocais, assim como os parâmetros de autopercepção do impacto da disfonia, segundo o PPAV.

ABSTRACT Purpose Check the number of vocal symptoms reported by teachers and the relationship with the self-perception of the limitations of daily activities associated to the voice, personal, occupational and clinical aspects. Methods Refers to a study performed by the analysis of secondary data from medical records of teachers attended at the voice ambulatory of a teaching hospital. The informations of interest were: age, number of taught shifts, parallel activities to teaching, fan use, conversational noise, dust, construction noise, external noise, screaming, smoking habit, hydration, pellet use, physical activity associated with speech, type and degree of dysphonia, proprioceptive vocal symptoms and responses to the Protocol of the Profile of Participation and Vocal Activities (PPVA). It was realized a descriptive and inferential analysis. Results Were collected informations of 103 medical records, where it was found high prevalence of vocal symptoms, with the most frequent: fatigue after prolonged use of the voice, dry throat, throat clearing and burning. It was observed an association between the number of vocal symptoms and the scream habit, conversational noise and perception of the impact of dysphonia by teachers. The number of self-reported vocal symptoms was positively correlated with all parameters evaluated by PPVA. Conclusion There is high frequency of proprioceptive vocal symptoms among the teachers. The noise of conversation and scream habit are associated with the number of vocal symptoms, as well as the parameters of self-perception of the impact of dysphonia contained in the PPVA.
Descritores: Distúrbios da Voz
Saúde do Trabalhador
Disfonia
Serviços de Saúde do Trabalhador
-Qualidade de Vida
Qualidade da Voz
Epidemiologia Descritiva
Distúrbios Somatossensoriais
Promoção da Saúde
Hospitais de Ensino
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: biblio-870625
Autor: Baptista, Abrahão Fontes.
Título: Dor neuropática: avaliação e tratamento / Neuropathic pain: assessment and treatment.
Fonte: São Paulo; Casa Leitura Médica; 2012. 191 p.
Idioma: pt.
Descritores: Distúrbios Somatossensoriais/diagnóstico
Dor Crônica/epidemiologia
Traumatismos do Sistema Nervoso/terapia
Responsável: BR73.1 - Biblioteca


  6 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-790383
Autor: Kaziyama, Helena Hideko Seguchi.
Título: Síndrome dolorosa disfuncional em doentes com sensibilidade exteroceptiva assimétrica: caracterização de uma entidade clínica / Dysfunctional pain syndrome in patients with asymmetric exteroceptive sensitivity: characterization of a clinical entity.
Fonte: São Paulo; s.n; 2014. [261] p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Proporção significativa dos doentes que preenchem os critérios atuais que caracterizam a síndrome fibromiálgica apresenta dor assimétrica e alterações do exame da sensibilidade distintas dos doentes com a apresentação clássica, "simétrica", de fibromialgia (SFM). Denomina-se esta entidade clínica como Síndrome Dolorosa Disfuncional com Sensibilidade Exteroceptiva Assimétrica (SFM-SDDSEA). Este grupo de doentes apresenta particularidades quanto ao resultado do tratamento e impactos negativos na qualidade de vida significativamente distintos daqueles com o quadro de fibromialgia "clássica". O presente estudo objetivou analisar aspectos clínicos, psicofísicos e neurofisiológicos de amostra de doentes que preenchem os novos critérios diagnósticos da SFM e que apresentam SFM-SDDSEA comparando-os aos dos doentes com SFM "clássica" e aos voluntários saudáveis. Método. Foram incluídas 32 doentes (45,9±8,5 anos) do sexo feminino que preencheram os Critérios para o Diagnóstico de Fibromialgia do Colégio Americano de Reumatologia (CAR) de 2010 e 31 voluntárias saudáveis (43±2 anos). Dezenove doentes apresentavam quadro clínico "clássica" da SFM e 13, SFM-SDDSEA (dor assimétrica e definida como EVA com diferença maior que 40% entre os dois dimídios). Foram utilizados para a avaliação: a Escala Visual Analógica (EVA), a Versão Resumida do Questionário de Dor McGill, a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão (HAD), o Questionário de Impacto de Fibromialgia (QIF), o Inventário Breve de Dor (IBD), os valores dos limiares de dor à pressão nos pontos dolorosos mensurados com o algiômetro de Fischer (PD), o teste quantitativo de sensibilidade (TQS) e a excitabilidade cortical aferida com estimulação magnética transcraniana (EMT). Resultados. Os doentes com SFM-SDDSEA apresentaram maior escores de interferência da dor nas atividades diárias em relação aos com SFM (54,7±8,9 e 37,6±13,5; respectivamente, p < 0,0001) e maior impacto da dor na qualidade de vida em...

Aim of Investigation: A significant proportion of patients fulfilling the diagnostic criteria of fibromyalgia syndrome (FMS) present asymmetrical ongoing pain and abnormalities on the physical examination that are not present in patients with "classical" symmetric FMS. From the clinical perspective, this condition has been named FMS-Dysfunctional Pain Syndrome with Asymmetrical Exteroceptive Sensibility (DPSAES). Patients with DPSAES usually present higher negative impact in quality of life when compared to the more "classic" FMS patients. The present study aimed at characterizing the clinical, psychophysical and neurophysiological aspects of the FMS-DPSAES patients and compared them to those of "classic" FMS patients and healthy controls. Methods: Thirty-two patients (45.9±8.5yo) fulfilling the 2010 American College of Rheumatology FMS Diagnostic Criteria and 31 age-matched healthy controls (HC) (43.0±2.1 yo) were included. Nineteen patients had "classical" FMS and 13 had FMS-DPSAES (defined as asymmetrical pain with a more than 40% pain intensity difference between body sides). The following tools were used: The Visual Analogic Scale (VAS), the Short Version of the McGill Pain Questionnaire (MPQ), the Fibromyalgia Impact Questionnaire (FIQ), and the Brief Pain Inventory (BPI). The quantitative sensory test battery was performed and included pressure, thermal and mechanical detection and pain thresholds in both hands and suprathreshold stimulations. Cortical excitability measurements were performed in all participants with the transcranial magnetic stimulation. Results: When compared to patients with "classical" FMS patients with DPSAES presented higher scores in pain interference in daily activities (54.73±8.90 and 37.66±13.56; respectively; p < 0.0001); higher negative impact in quality of life (73.67±13.90 and 58.38±13.97; respectively, p < 0.004), and lower pressure pain thresholds on the most painful body side (27.74±7.96 and...
Descritores: Adulto
Dor Crônica
Estimulação Magnética Transcraniana/métodos
Fibromialgia
Hiperalgesia
Limiar Sensorial/fisiologia
Distúrbios Somatossensoriais
Mulheres
Limites: Seres Humanos
Feminino
Adulto
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação
BR66.1


  7 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-761541
Autor: Lima, Núbia Maria Freire Vieira; Menegatti, Karina Cândido; Yu, Érica; Sacomoto, Natália Yumi; Scalha, Thais Botossi; Lima, Illia Nadinne Dantas Florentino; Camara, Saionara Maria Aires da; Souza, Marcelo Cardoso de; Cacho, Roberta de Oliveira; Cacho, Enio Walker de Azevedo; Honorato, Donizeti Cesar.
Título: Sensory deficits in ipsilesional upper-extremity in chronic stroke patients / Déficit sensorial na extremidade superior ipsilateral em pacientes com ave crônico
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;73(10):834-839, Oct. 2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective To investigate somatosensory deficits in the ipsilesional wrist and hand in chronic stroke patients and correlate these deficits with contralesional sensorimotor dysfunctions, functional testing, laterality and handedness.Methods Fifty subjects (twenty-two healthy volunteers and twenty-eight stroke patients) underwent evaluation with Semmes-Weinstein monofilaments, the sensory and motor Fugl-Meyer Assessment, the Nottingham Sensory Assessment in both wrists and hands and functional tests.Results Twenty-five patients had sensory changes in the wrist and hand contralateral to the stroke, and eighteen patients (64%) had sensory deficits in the ipsilesional wrist and hand. The most significant ipsilesional sensory loss was observed in the left-handed patients. We found that the patients with brain damage in the right hemisphere had better scores for ipsilesional tactile sensation.Conclusions A reduction in ipsilesional conscious proprioception, tactile or thermal sensation was found in stroke subjects. Right hemisphere damage and right-handed subjects had better scores in ipsilesional tactile sensation.

Objetivo Investigar déficits somatossensoriais no punho e mão ipsilesional em pacientes com acidente vascular encefálico (AVE) crônico e correlacionar esses déficits com disfunções sensório-motoras contralesional, testes funcionais, lateralidade e preferência manual.Métodos Cinquenta indivíduos (vinte e dois voluntários saudáveis e vinte e oito pacientes com AVE) foram submetidos à avaliação com monofilamentos de Semmes-Weinstein, Avaliação Fugl-Meyer (sensorial e motora), Avaliação Sensorial Nottingham em punhos e mãos, e testes funcionais.Resultados Vinte e cinco pacientes apresentaram alterações sensoriais no punho e mão contralateral ao AVE, e dezoito pacientes (64%) apresentaram déficits sensoriais no punho e mão ipsilesional. A perda sensorial ipsilesional mais significativa foi observada nos pacientes canhotos. Pacientes com lesão cerebral no hemisfério direito tiveram melhores pontuações para sensação tátil ipsilesional.Conclusões A redução da propriocepção consciente ipsilesional, da sensibilidade tátil e térmica foi encontrada em indivíduos com AVE. Lesão no hemisfério direito e indivíduos destros apresentaram melhores pontuações na sensação tátil ipsilesional.
Descritores: Distúrbios Somatossensoriais/fisiopatologia
Acidente Vascular Cerebral/fisiopatologia
-Doença Crônica
Métodos Epidemiológicos
Lateralidade Funcional
Mãos/fisiopatologia
Desempenho Psicomotor
Paresia/fisiopatologia
Limites: Adulto
Idoso
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-725411
Autor: Silva, Paula Gabriel; Jones, Anamaria; Araujo, Pola Maria Poli; Natour, Jamil.
Título: Assessment of light touch sensation in the hands of systemic sclerosis patients
Fonte: Clinics;69(9):585-588, 9/2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: Systemic sclerosis is a relatively rare connective tissue disorder characterized by severe and progressive fibrosis of the skin. Due to the current lack of available information on this subject, the aim of the present study was to assess light touch sensations in the hands of patients with systemic sclerosis. METHODS: We completed a cross-sectional comparative study. Light touch sensations were evaluated in 30 individuals, including 15 patients with systemic sclerosis who exhibited changes in the dermis of their hands without loss of the distal phalanx and 15 subjects who did not exhibit changes in the upper limbs (control group). The groups were age- and sex-matched. Tactile sensory evaluations were performed using the Semmes-Weinstein monofilament test and the two-point discrimination test. RESULTS: Statistically significant differences were found between groups in the monofilament test. The study group had lower scores across all points of the hand when compared with the control group. Differences were also found when dominant and non-dominant hands were compared (p<0.05). Statistically significant differences were found between groups for a subset of the assessed points in the two-point discrimination test. CONCLUSIONS: The results of a monofilament test showed that tactile sensation, specifically light touch and deep pressure sensations, is altered in the hands of systemic sclerosis patients. .
Descritores: Mãos/fisiopatologia
Escleroderma Sistêmico/fisiopatologia
Distúrbios Somatossensoriais/fisiopatologia
Percepção do Tato/fisiologia
-Estudos de Casos e Controles
Estudos Transversais
Valores de Referência
Estatísticas não Paramétricas
Pele/fisiopatologia
Limites: Adulto
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-649301
Autor: Ramos, Paulo Eduardo; Abe, Gislaine Cristina; Pradella-Hallinan, Márcia; Quadros, Abrahão Augusto Juviniano; Schmidt, Beny; Oliveira, Acary Souza Bulle.
Título: Effects of Dăoyĭn Qìgōng in postpolio syndrome patients with cold intolerance / Efeitos do Dăoyĭn Qìgōng em pacientes com síndrome pós-pólio com queixa de intolerância ao frio
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;70(9):680-685, Sept. 2012. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: Postpolio syndrome (PPS) is characterized by progressive muscle weakness due to former infection with poliomyelitis and can be associated with other symptoms such as cold intolerance (CI). Dăoyĭn Qìgōng (DQ) is a technique in Traditional Chinese Medicine that impacts the circulation of energy and blood. OBJECTIVE: It was to verify the effects of DQ in PPS patients complaining of cold intolerance. METHODS: Ten PPS patients were assessed using the visual analogue scale (VAS) adapted for CI before and after intervention with DQ; patients practiced it in a sitting position for 40 minutes, 3 times per week over 3 consecutive months. Patients were reassessed three months after ceasing DQ. RESULTS: There was a statistically significant difference in local and systemic VAS-Cold both at the end of DQ training and three months past the end of this. CONCLUSION: The DQ technique ameliorated CI complaints in patients with PPS.

A síndrome pós-poliomielite (SPP) é caracterizada por instalação de nova fraqueza muscular às manifestações residuais da poliomielite, associada a outros sintomas, como intolerância ao frio (IF). O Dăoyĭn Qìgōng (DQ) é uma técnica da medicina tradicional chinesa que interfere na circulação da energia e do sangue. OBJETIVO: Foi verificar os efeitos do DQ em pacientes com SPP com queixa de intolerância ao frio. MÉTODO: Dez pacientes com SPP foram avaliados com a escala visual analógica (EVA) adaptada para IF antes e após intervenção com DQ, adaptados para a posição sentada, com duração de 40 minutos, 3 vezes por semana, durante 3 meses. RESULTADOS: Verificou-se diferença estatisticamente significante, na EVA-frio local e sistêmica, após o término do treinamento. CONCLUSÃO: O DQ é uma técnica que interferiu positivamente na queixa de IF em pacientes com SPP.
Descritores: Exercícios Respiratórios
Temperatura Baixa/efeitos adversos
Medicina Tradicional Chinesa
Síndrome Pós-Poliomielite/reabilitação
Distúrbios Somatossensoriais/reabilitação
-Estatísticas não Paramétricas
Limites: Adulto
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 16 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-596827
Autor: Scalha, Thais Botossi; Miyasaki, Erica; Lima, Núbia Maria Freire Vieira; Borges, Guilherme.
Título: Correlations between motor and sensory functions in upper limb chronic hemiparetics after stroke / Correlações entre função motora e sensorial do membro superior de hemiparéticos crônicos pós-acidente vascular encefálico
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;69(4):624-629, Aug. 2011. tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: Describe the somatosensory function of the affected upper limb of hemiparetic stroke patients and investigate the correlations between measurements of motor and sensory functions in tasks with and without visual deprivation. METHOD: We applied the Fugl-Meyer Assessment (FMA), Nottingham Sensory Assessment (NSA), and several motor and sensory tests: Paper manipulation (PM), Motor Sequences (MS), Reaching and grasping (RG) Tests Functional (TF), Tactile Discrimination (TD), Weight Discrimination (WD) and Tactile Recognition of Objects (RO). RESULTS: We found moderate correlations between the FMA motor subscale and the tactile sensation score of the NSA. Additionally, the FMA sensitivity was correlated with the NSA total; and performance on the WD test items correlated with the NSA. CONCLUSION: There was a correlation between the sensory and motor functions of the upper limb in chronic hemiparetic stroke patients. Additionally, there was a greater reliance on visual information to compensate for lost sensory-motor skills.

OBJETIVO: Descrever a função somatossensorial do membro superior afetado de hemiparéticos crônicos após acidente vascular encefálico (AVE) e verificar as correlações entre instrumentos de medida da função motora e sensorial em tarefas com e sem privação visual. MÉTODO: Aplicados o Protocolo de Desempenho Físico de Fugl-Meyer (FMA), Avaliação Sensorial de Nottingham (ASN), e os testes de: Manipulação de Papel (MP), Sequência Motora (SM), Alcance e Preensão (AP), Testes Funcionais (TF), Discriminação Tátil (DT), Discriminação de Peso (DP) e Reconhecimento Tátil de Objetos (RO). RESULTADOS: Foram encontradas correlações moderadas entre a FMA motora e itens da subescala sensação tátil da ASN; a FMA sensibilidade correlacionou-se a ASN total; e o teste DP se correlacionou com itens da ANS. CONCLUSÃO: Houve correlação entre a função sensorial e motora do membro superior em pacientes hemiparéticos crônicos pós- AVE; e maior dependência das informações visuais para compensar a perda sensório-motora.
Descritores: Destreza Motora/fisiologia
Paresia/fisiopatologia
Distúrbios Somatossensoriais/fisiopatologia
Acidente Vascular Cerebral/fisiopatologia
Extremidade Superior/fisiopatologia
-Estudos de Casos e Controles
Avaliação da Deficiência
Recuperação de Função Fisiológica
Sensação/fisiologia
Acidente Vascular Cerebral/reabilitação
Limites: Adulto
Idoso
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde